Previsão do Novo Concurso do TJ-MA 2019





Presidente do órgão confirma novo certame com 63 vagas.

Para os próximos meses, um novo certame público estará sendo iniciado, logo após a publicação definitiva de seu edital. Deste modo, o presidente do Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão, o TJ-MA, fez confirmar, em nota oficial, que está em processo de estruturação o novo concurso público, que proverá cargos em setores do TJ. Este próximo processo de seleção terá por meta o preenchimento de 63 postos efetivos.

Conforme os dados angariados do próprio órgão do Tribunal de Justiça daquele estado, na solicitação deste processo de seleção está anexada a elaboração de uma minuta que registra o termo de referência deste concurso, a qual constitui um procedimento obrigatório para que seja possível a contratação da instituição que atuará como banca organizadora, devendo ser anunciada nos próximos meses, pouco antes da oficialização do edital.




Assim, existe uma grande expectativa de que o texto oficial do edital, que abre o prazo de cadastro das inscrições, seja definitivamente divulgado ao público no mês de julho de 2019.

Entretanto, até o presente momento não há confirmação alguma a respeito da quantidade de postos a serem disponibilizados, e quais os cargos a serem preenchidos, dado que o processo seletivo está em fase de formação dentro de uma comissão. Uma nota publicada pelo setor conselheiro explica que as oportunidades, muito provavelmente, deverão se destinar ao cargo de oficial de justiça, embora nada tenha sido confirmado.


Outras vagas poderão ser enquadradas neste rol de oportunidades, entre elas, cargos na função de técnico e na função de analista judiciário. Observação importante: todas estas informações ainda não foram oficializadas, portanto, não há como afirmar que serão exatamente estes os cargos ofertados.

Todas as pessoas interessadas em concorrer deverão apresentar as seguintes condições:

Apresentar o certificado de conclusão de graduação em curso de nível superior, não sendo necessário apresentar formação acadêmica em uma área específica, já que qualquer área profissional cursada será aceita. O valor da remuneração inicial também não foi confirmado até o presente momento.

O histórico registrado no processo de seleção anteriormente realizado apresenta os seguintes dados:

Certame para cargos no Tribunal de Justiça do Estado do Maranhão, realizado no ano de 2009, constituindo processo seletivo no qual foram disponibilizados 74 postos de trabalho efetivos. A função de banca organizadora foi de responsabilidade do Instituto Ieses. Aquele processo de seleção se deu em várias fases, iniciando pelo que consistiu de um caderno de provas objetivas; de uma prova discursiva; de uma prova prática em habilidade de digitação e finalizou com a análise dos títulos.

O caderno de provas objetivas estava estruturado em 40 questões de múltipla escolha, das quais dez versaram sobre matéria de língua portuguesa; dez questões versaram sobre matéria de noções em informática; dez questões versaram sobre matéria de matemática e de raciocínio lógico e as demais dez questões versaram sobre matéria de organização judiciária estadual.

Com relação aos testes de conhecimentos específicos, o caderno contou com 40 questões, das quais 20 versando sobre matéria de noções de direito civil e de direito processual civil e as demais 20 questões versando sobre matéria de noções de direito penal e de direito processual penal.

Este tipo de concurso público é bastante rigoroso, sobretudo pelo tipo de conteúdo programático cobrado. Quem tem qualificação poderá participar.

A fase da prova discursiva consistiu em um caderno com cinco questões de ordem prática, as quais versaram sobre os conteúdos em conhecimentos específicos.

Será necessário, a partir de agora, aguardar mais detalhes, em breve anunciados.

Paulo Henrique dos Santos

Comentários