Previsão do Novo Concurso da Receita Federal 2018-2019




Ministério do Planejamento ainda estuda pedido de seleção.

É grande a expectativa para a abertura do concurso da Receita Federal, muitos agora estão na torcida para que o Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão acelere o processo ao máximo e venha a dar logo a autorização. O pedido para um novo concurso foi enviado pela Receita Federal do Brasil, que alega precisar preencher ao menos 2.083 vagas, para garantir um quadro de pessoal eficiente, podendo atender assim as atuais necessidades da população.

E a falta de servidores na Receita Federal pode se agravar ainda mais se o concurso demorar a ser autorizado, pois enquanto o tempo vai passando, novas vagas vão surgindo devido aos postos que são desocupados e com isso o serviço vai acumulando cada vez mais. Se esse edital demorar muito para ser lançado, pode ser que o número de vagas nem atenda mais à nova realidade do órgão. E o problema ficará mesmo sério é se o concurso não for autorizado.


No ano passado foi feito um levantamento e o resultado foi realmente surpreendente, pois foram apontados mais de 20 mil postos abertos no país e com esse número crescendo sem parar. O pedido desse concurso é para 2.083 vagas, ou seja, não chega nem à metade do que realmente seria necessário. Hoje seria preciso contratar cerca de 11 mil auditores e 10 mil analistas, mesmo assim não seria o ideal, pois mesmo assim haveriam postos a serem preenchidos.

Um outro dado que causa grande preocupação é que 20% dos funcionários da RF estão prestes a se aposentarem, o que irá gerar um número ainda maior de postos abertos.

Diante de tudo isso, muitos candidatos estão intensificando os estudos, pois acreditam que o MPDG não irá negar o pedido. Quando o edital for publicado, esses candidatos querem estar bem adiantados na preparação, pois sabem que o concurso será bastante concorrido.


Solicitação para concurso

Em maio do ano passado, o Ministério do Planejamento recebeu do Ministério da Fazenda, a solicitação para que fosse liberado o edital para o preenchimento de 2.083 vagas, sendo divididas entre analista tributário e auditor-fiscal.

A divisão seria feita da seguinte forma: 1.453 vagas seriam destinadas ao cargo de analista e 630 para auditor. Para se candidatar a qualquer um destes cargos, os candidatos precisam ter curso superior já concluído, sendo aceitas diversas áreas. A remuneração para auditor seria de R$ 16.201,64 e para analista de R$ 9.714,42. Nestes valores já estaria incluso o vale-alimentação que é de R$ 458 mensais.

Concurso para área administrativa

Também é grande a expectativa para que seja aprovado o concurso que visa preencher 400 vagas em cargos administrativos, sendo eles: assistente técnico e analista, sendo que todas as vagas também seriam para a Receita Federal. Depois que o MPDG autoriza o edital, então o Ministério da Fazenda precisa verificar e distribuir as oportunidades no quadro de pessoal da Receita.

No caso das vagas para assistente, os candidatos deverão já ter concluído o ensino médio. A remuneração inicial é de R$ 4.137,97 já incluso o vale-alimentação, que é de R$ 458 mensais. Os interessados nas vagas para analista administrativo deverão ter o nível superior completo, sendo que o salário é de R$ 5.490,09 já com o vale-alimentação.

A maior parte das vagas será destinada para o estado de São Paulo, uma vez que quando foi realizada a última seleção, não foram abertas vagas para cargos administrativos nesta região do país.

Como se preparar para este concurso

Não há dúvidas de que esse é um dos concursos mais concorridos do Brasil, então o melhor a fazer é começar a se preparar desde agora. Conquistar uma das vagas na RFB não é nada fácil, pois as provas são disputadíssimas e já tem muita gente se preparando há mais tempo.

Os interessados devem pesquisar os processos seletivos realizados anteriormente, assim podem começar os estudos, enquanto o edital não é divulgado.

Por Russel

Comentários