Novo Concurso TRF4 2019 – Seleção da Banca Organizadora





Banca Organizadora deve ser divulgada nos próximos dias.

Em abril deste ano, o Conselho de Administração do Tribunal Regional Federal da 4ª Região (TRF4), que abrange Paraná, Santa Catarina e Rio Grande do Sul, aprovou a realização do concurso público para servidores no âmbito da Justiça Federal da 4ª Região.

A Comissão do Concurso do TRF4, cujas atividades incluem análise e divulgação dos cargos, critérios, cronogramas, dentre outras, deliberada no mesmo mês, publicou por meio da portaria 309 no Diário Eletrônico Administrativo da Justiça Federal da 4ª Região sobre a ratificação do concurso. Todavia, até o presente momento, não foram divulgadas informações concretas acerca das provas, editais ou da relação de vagas e cargos disponíveis. Na última semana, entretanto, o Tribunal publicou uma nota comunicando que pretende anunciar em breve o nome da banca organizadora para o novo concurso público. Atualmente, o órgão está trabalhando para a determinação das vagas ofertadas, e a expectativa é de que o edital de abertura das inscrições seja publicado até o mês de junho.




Provas anteriores e cargos disponíveis

O último concurso realizado pelo TRF4 teve seu edital publicado no ano de 2014 no Diário Oficial da União e foi organizado pela Fundação Carlos Chagas. Abaixo seguem as vagas ofertadas na época para cadastro reserva com exigência de ensino médio para os cargos de técnico judiciário, bem como algumas de suas atribuições:

Área Administrativa – Técnico judiciário: realizar atividades de nível intermediário a fim de fornecer auxílio técnico e administrativo, favorecendo o exercício da função judicante pelos magistrados e/ou órgãos julgadores e o exercício das funções necessárias ao adequado funcionamento da organização.


Área Administrativa – Especialidade Segurança e Transporte: realizar atividades de nível intermediário a fim de zelar pela segurança dos magistrados, servidores, visitantes, instalações e bens patrimoniais do órgão, como também garantir a adequada condução de veículos oficiais.

Área Apoio Especializado – Especialidade Contabilidade: realizar atividades de nível intermediário com a finalidade de favorecer o adequado acompanhamento da situação patrimonial e financeira da organização, possibilitar a elaboração orçamentária, bem como de colaborar na liquidação de julgados e atualização de valores, títulos, guias e depósitos judiciais.

Área Apoio Especializado – Especialidade Tecnologia da Informação: prestar suporte técnico de 2º nível aos usuários, nas diversas áreas de TI.

Já para os candidatos aos cargos de analista judiciário, a escolaridade exigida era ensino superior completo para as áreas:

Área Judiciária – Analista judiciário: responsável por fornecer suporte técnico e administrativo, favorecendo o exercício da função judicante pelos magistrados e/ou órgãos julgadores.

Área Judiciária – Especialidade Oficial de Justiça Avaliador Federal: realizar atividades de nível superior a fim de possibilitar o cumprimento de ordens judiciais.

Área Apoio Especializado – Especialidade Informática: realizar atividades de nível superior a fim de garantir o adequado processamento automático de informações.

As provas eram compostas por 20 questões de conhecimentos gerais e 30 questões de conhecimento específico, englobando também as disciplinas de Língua Portuguesa, raciocínio lógico-matemático e, dependendo do cargo, noções de direito, todos com peso 1. Além disso, os candidatos foram submetidos a provas de redação ou estudo de caso, com peso 2.

Os salários eram de R$ 5.007,82 e R$ 8.178,06, respectivamente, enquanto as inscrições custaram entre R$ 78,00 e R$ 88,00. Os exames foram aplicados nas cidades de Curitiba (PR), Florianópolis (SC) e Porto Alegre (RS).

No total, foram recebidas mais de 78 mil inscrições para os 3 estados, e foram nomeados cerca de 593 candidatos, sendo a maioria deles para o Rio Grande do Sul.

Ficou animado com essa notícia sobre o concurso público para o Tribunal Regional Federal da 4ª Região? Você pode ir se preparando desde já para as provas caso deseje participar do processo! Compartilhe esse post com seus amigos para que eles também fiquem por dentro das novidades dos próximos concursos.

Gabriela P.

Comentários