Novo Concurso Público da Emater-GO 2019 – Previsão de Edital




Documento ainda depende da autorização do Governador do Estado.

Novo concurso público está em fase de tramitação na região Região Centro-Oeste do Brasil. A expectativa é grande.

Trata-se, portanto, da realização do novo certame público cuja meta está no provimento de cargos na Agência Goiana de Assistência Técnica, de Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária, a Emater, do Estado de Goiás.


Este processo de seleção foi previamente anunciado no mês de março de 2018, a partir de uma nota oficial oriunda da secretaria do governo daquele Estado. Dado bom desempenho do novo governo presidencial, que está estabelecendo-se aos poucos, com uma série de sanções favoráveis aos cargos públicos, acabando com cabides de emprego e reorganizando o bom funcionamento dos setores públicos, é muito provável que este concurso tenha o seu edital publicado em breve.

No ano passado, tal como foi citado, assim que anunciado, o governo fez esclarecer que este certame contará com a solicitação de, no mínimo, 141 postos de trabalho. Naquela ocasião, o próprio presidente do órgão, em sessão, declarou que a publicação deste novo edital deverá ser efetuada após a realização do chamado Programa de Demissão Voluntária, ou PDV, o qual está em validade desde o dia 29 de maio de 2018, sendo aquela a ocasião em que o então governador do Estado fez sancionar a lei n° 29.100.

Deste modo, a meta do Estado está fazer reduzir até ao cômputo de 363 o número de empregados atuantes na instituição. Este mesmo processo terá duração oficial de até 30 meses, sendo que iniciou a partir do dia 30 de maio de 2018. Portanto, este processo se estenderá até o dia 30 de novembro de 2020. Entretanto, nada impede que este concurso público seja iniciado antes de o programa PDV finalizar.


Assim, o processo de PDV se destina exclusivamente aos empregados deste órgão, cujo critério independente de qual a pessoa deve optar ou não optar pelo novo plano de cargos e de remunerações, seja aposentado ou não, desde que todos eles se enquadrem em alguns requisitos básicos, tais como:

Estar em idade de 65 anos ou possuir 35 anos de serviço no setor público em questão, para os servidores do sexo masculino e ter 60 anos de idade ou 30 anos de serviço público para servidoras do sexo feminino.

Esta renovação visa, além de garantir a aposentadoria compulsória, a abertura de novas oportunidades para a nova geração de servidores concursados iniciarem suas carreiras. A crise empregatícia começa a ser corrigida, porém, ainda há um longo caminho, e a fila de pessoas graduadas e selecionadas em diversos certames públicos é grande.

No ano passado, tal como foi citado, o próprio presidente da agência fez confirmar que há, pelo menos, 363 servidores em perfeitas condições de participar do processo do PDV.

A solicitação atinge, portanto, grupos de servidores que estão em idade avançada, próximos da aposentadoria. Este PDV visa, também, fazer surgir um ambiente no qual seja possível realizar a devida renovação no setor Emater.

Os responsáveis para criação do PDV acreditam que, para este mesmo ano de 2019, será estabelecida uma mais perfeita estratégia de economia para o Estado, sendo que os mesmos estimam uma ordem de até 29 milhões de reais, e ao longo dos próximos cinco anos, se atinja em torno de 60 milhões de reais em economia, neste procedimento.

Desta feita, será possível abrir espaço para novas contratações de servidores já selecionados e em espera. Novos colaboradores são necessários para alavancar a agência em questão.

Vale a pena conferir e esperar.

Paulo Henrique dos Santos

Comentários