Novo Concurso PRF 2019 segue em Análise




Pedido de Concurso segue em análise e deve ser confirmado ainda para este ano.

Novo concurso público está próximo de ter o edital definitivamente publicado, ainda neste ano de 2019. O órgão da Polícia Rodoviária Federal, o PRF, por meio de seus gestores, fez confirmar que está sendo encaminhada nova solicitação para a devida autorização de novo processo de seleção público, destinado ao Ministério da Economia.

Entretanto, ainda que a corporação tenha encaminhado uma primeira solicitação para autorização de concurso, a qual permanece em fase de tramitação, os gestores do departamento explicam que este despacho foi efetuado no ano de 2014, estando já em defasagem, não refletindo a atual situação e necessidade do mesmo órgão.


Dado que este primeiro pedido tenderá a ser engavetado, por não corresponder à atual realidade, uma nova solicitação está justificada. Todo o processo interno já passou por severas alterações, sendo nada menos que dez avanços registrados até a última segunda-feira, dia 11 do mês de março. Está passando, neste momento, por novas análises no interior da Divisão de Concursos Públicos desta pasta.

Embora exista um processo seletivo público em andamento, a necessidade de novo certame a ser realizado neste mesmo ano está em análise, também, dado que a totalidade de vagas disponibilizadas no concurso atual ainda supre toda a carência de contingente deste órgão.

A partir do dia 16 de janeiro deste ano, o próprio diretor-geral daquela corporação, fez confirmar que há grande possibilidade de se realizar novo processo de seleção, que se dará, de certo modo, em caráter complementar ao atual, destinado à sede da Fena – PRF, ou Federação Nacional dos Policiais Federais Rodoviários. Diversas autoridades deste órgão, seja da parte diretiva ou mesmo da presidência, estiveram presentes à reunião.


Naquele evento o líder sindicalista da corporação fez solicitar que o próprio diretor geral do departamento se comprometesse a atuar na gestão, em conjunto com o governo, de modo a garantir a realização de novos e urgentes concursos para o provimento de cargos no órgão. Há grande urgência em suprir as vagas disponibilizadas pela lei.

Conforme a mesma autoridade sindical, esta corporação passa por uma assombrosa dose de defasagem, na carência de, aproximadamente, três mil servidores. Se esta situação se arrastar deste modo, este contingente negativo poderá atingir um número de cinco mil servidores em falta, até o ano de 2022.

É muito importante fazer recordar que, desde o mês de novembro de 2018, o, até então, diretor-geral, havia dado uma resposta a diversos a questionamentos que lhe foram dirigidos, sendo que o mesmo confirmou, de modo antecipado, que haverá novo certame, previsto para realização neste ano de 2019. Naquela ocasião, foi declarado que uma nova seleção deverá disponibilizar um número mais elevado de postos efetivos, em relação às 500 anteriormente autorizadas para o certame de 2018, que está em andamento.

Todas as pessoas interessadas em concorrer ao cargo de policial rodoviário deverão comprovar posse de diploma de curso em nível superior, não havendo restrição para quaisquer áreas de graduação; possuir a carteira de habilitação, na modalidade “B”. O regime de trabalho está estruturado em 40 horas por semana. O valor do vencimento inicial deste cargo é de 10.357 reais, já acrescido do auxílio-alimentação, no valor de 458 reais.

O que pode ser considerado como situação favorável é que, esta corporação já realizou anterior solicitação de autorização para concurso público, que independe do atual pedido, e que foi autorizado no mês de julho de 2018; passando por trâmite no órgão do Ministério da Fazenda. Este pedido está passando por avanços internos desde o mês de agosto.

Paulo Henrique dos Santos

Comentários