Novo Concurso PRF 2018/2019 – Escolha da Banca Organizadora




Nome da Banca Organizadora deverá ser divulgado nos próximos dias.

Nos últimos dias, a PRF (Polícia Rodoviária Federal) informou que restam apenas alguns procedimentos legais para que seja divulgado o nome da banca que ficará responsável pela organização do seu novo concurso público e que isso deve ocorrer nos próximos dias. Segundo algumas fontes, a escolhida da vez foi o Cebraspe, porém, ainda não se tem a confirmação oficial.

Mesmo assim, a AGU (Advocacia Geral da União) deu um parecer positivo em relação à contratação da banca. Portanto, as expectativas podem aumentar em relação à abertura do edital de inscrições, que presume ser publicado ainda no mês de outubro. No entanto, tudo fica a critério do tempo que os procedimentos finais e a assinatura do contrato com a banca irá demandar.


Sobre o novo concurso da Polícia Rodoviária Federal

Esse novo certame tem como objetivo o preenchimento de cerca de 500 vagas do cargo de policial rodoviário. O concurso teve a sua autorização publicada no dia 27 de julho, junto com um prazo determinado para a publicação do edital, que vence no dia 27 de janeiro — um total de seis meses.

No entanto, visto que o objetivo da PRF era publicar esse edital em junho, o que não foi possível por conta do impasse referente à solicitação do aumento da oferta e, por isso, a autorização do MPDG foi atrasada, os interessados certamente não precisarão aguardar até o próximo ano para ter acesso ao edital.

Segundo o diretor geral da PRF, mesmo conseguindo esse aumento de vagas para esse novo edital, as necessidades do órgão ainda não serão supridas, visto que são necessários, no mínimo, mais 3.000 novos servidores públicos. Porém, o restante pode ser convocado por meio do aproveitamento de vagas remanescentes do novo certame, mesmo que a oferta imediata seja de apenas 500 vagas.


O principal motivo dessa crise de pessoal é o fato de que cerca de 2.000 profissionais contratados estão em processo de aposentadoria até o fim do ano vigente. Além disso, esse novo concurso foi liberado pois o objetivo do novo ministério é de combater, junto dos Estados, o alto índice de criminalidade no Brasil.

Último concurso da Polícia Rodoviária Federal

O último concurso realizado pela Polícia Rodoviária Federal, para o cargo de policial rodoviário, ocorreu no ano de 2013, sendo organizado pela banca Cespe da UnB. Nesse ano, foram oferecidas 1.000 vagas e os registros marcam quase 110 mil inscritos.

O processo de seleção foi realizado em sete fases, que foram:

  • a prova objetiva;

  • a prova discursiva;

  • o teste de capacidade física;

  • a avaliação de saúde física;

  • a avaliação de saúde psicológica;

  • a investigação social

  • a análise de títulos.

Ao total, foram 120 questões na prova objetiva, sendo que 50 se tratavam de conhecimentos básicos, enquanto as outras 70 eram sobre conhecimentos específicos. Na área de conhecimento básico, os conteúdos cobrados foram relacionados às disciplinas de Língua Portuguesa, Matemática, Ética (especializada em serviço público), Noções Básicas de Direito Constitucional e Noções Básicas de Informática.

Enquanto que na parte das questões que cobravam conhecimentos específicos, os conteúdos cobrados foram sobre Noções de Direito Penal, Noções de Legislação Especial, Noções de Direitos Humanos e Cidadania, Noções de Direito Administrativo, Legislação Relativa, Noções de Direito Processual Penal, entre outras.

Haja vista, a Polícia Rodoviária Federal já entrou com a solicitação de novas vagas para suprir seu atual déficit de servidores públicos, em vista da aposentadoria de boa parte dos atuais profissionais. Portanto, basta apenas a assinatura do contrato com a banca para que o edital seja preparado e divulgado e as expectativas é que isso ocorra ainda nesse mês.

Por isso, aproveite e antecipe seus estudos para garantir sua aprovação na tão desejada vaga!

Felicia Lopes

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 10 Média: 2.7]

Comentários