Conheça aqui mais detalhes sobre a Vunesp e o seu estilo de prova.

A Fundação Vunesp (Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista) é definida como a banca organizadora responsável por elaborar as provas de vestibulares de diversas universidades públicas e privadas e de concursos públicos. Esta banca é muito tradicional no Brasil, tendo sido criada em 1979, através do Conselho Universitário da Unesp.

A Vunesp iniciou as suas atividades elaborando provas de concursos públicos municipais e estaduais, e ao longo do tempo, alcançou repercussão nacional, o que se deve à estrutura de prova que costuma aplicar. Entender este conceito usado pela fundação é essencial para quem está se preparando para um vestibular ou concurso público com prova elaborada por ela. Confira abaixo tudo que você precisa saber sobre a banca organizadora e estilo da prova da Vunesp:

Estilo de prova da Vunesp

As provas de vestibulares e concursos públicos elaboradas pela Vunesp têm um estilo mais simples quando comparado aos testes feitos pelas demais bancas organizadoras. Geralmente, as questões construídas pela Vunesp são mais acessíveis, apresentando um grau de dificuldade menor, embora estas questões estejam frequentemente passando por um processo de evolução, visando trazer um conteúdo atualizado para o público.

Todos os exames elaborados pela Vunesp são de múltipla escolha, cuja estrutura contém cinco alternativas por questão. Os enunciados das questões são desenvolvidos de forma clara, solicitando que o candidato marque a alternativa que está incorreta ou correta, o que varia de acordo com o conteúdo e foco da questão. Embora seja simples, os candidatos devem dedicar especial atenção ao enunciado, assim evitam-se possíveis erros de interpretação, o que pode levar ao erro na escolha da resposta.

Além disso, os conteúdos abordados nas provas da Fundação Vunesp se baseiam, quase que integralmente, no conteúdo pragmático divulgado no edital do concurso público ou vestibular. Por isso, ao participar de um exame feito por esta banca organizadora, é importante que você se atente ao conteúdo informado no edital.

Disciplinas abordadas nas provas da Vunesp

A Fundação Vunesp atua frequentemente na aplicação de provas de vestibulares, o que faz com que comumente ela elabore questões provenientes das disciplinas de geografia, história e de atualidades acerca de acontecimentos nacionais e internacionais. As questões de informática também costumam ser mais acessíveis do que aquelas feitas pelas outras bancas organizadoras.

Em se tratando da disciplina de Língua Portuguesa, é aconselhável que o candidato tome mais cuidado, pois esta é a parte mais extensa da prova, visto que esta matéria tem mais questões que as outras. Sendo assim, os exames da Vunesp exigem que o candidato esteja bem familiarizado com as principais regras e uso da gramática. Também é preciso estar afiado no que diz respeito à interpretação de texto, pois há exercícios retirados de revistas e jornais de grande circulação que exigem esta habilidade específica.

Estima-se que as provas elaboradas pela Vunesp, na disciplina de Língua Portuguesa, cobram 41,5% de interpretação de texto, 11,5% de concordância verbal e nominal e 8% de sinônimos e antônimos. Por isso, dê uma atenção maior para a revisão e entendimento destes conteúdos na hora de estudar.

Quando o exame é especificamente voltado para a área de Direito, a fundação se preocupa em criar questões que testem o conhecimento específico do candidato, elaborando perguntas que exigem certo conhecimento da legislação brasileira. Em suma, pode-se dizer que a Fundação Vunesp tem um formato de prova acessível, que basicamente cobra do candidato análises das propostas e boa interpretação.

Por fim, para melhor conhecer o estilo de prova da Fundação Vunesp, o mais indicado é fazer um teste prático. Uma atividade válida para quem está se preparando para fazer um exame aplicado por esta banca organizadora é realizar vários simulados de provas elaboradas pela mesma. Assim, é possível conhecer a estrutura da prova e se familiarizar ao seu estilo.

Simone Leal

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 69 Média: 2.9]

Confira aqui algumas dicas para você se dar bem nos concursos públicos da Fundação Vunesp.

Estudar para concurso é uma tarefa que requer muita disciplina, pois a grande maioria da população sonha com cargos públicos para garantir estabilidade no emprego.

Existem diversas bancas examinados, a Fundação Vunesp é uma das bancas mais requisitadas nesse setor.

A Fundação Vunesp

O Conselho Universitário da UNESP criou em 1979 a Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista (Fundação Vunesp). Trata-se de uma banca tradicional que começou organizando seleções municipais e estaduais para concursos públicos, além de elaborar provas de vestibulares.

Com o tempo e aperfeiçoamento, passou a ter repercussão nacional e ganhou muito espaço através do reconhecimento dos profissionais da área. Professores, mestres e doutores são alguns títulos que compõem a banca examinadora.

A elaboração das provas

Constantemente a elaboração das provas passa por um processo de evolução. O grau de complexidade e dificuldade é menor em relação a outras instituições, tornando as questões mais acessíveis ao público. O que não desmerece a Fundação Vunesp, pois a mesma já possui grande renome e já provou ser eficiente.

As matérias dos exames

Geralmente, os exames da Fundação Vunesp são de múltipla escolha, contento cinco alternativas por questão. O que requer muita atenção, porque os enunciados solicitam que os candidatos assinalem a alternativa correta, sendo que apenas uma delas deve ser assinalada.

A elaboração dessas provas costuma ser completas, pois aborda todo o conteúdo do edital. São poucos os itens não contemplados.

Os exames costumam conter questões bem elaboradas e que exigem conhecimento de matérias como História, Atualidades e Geografia. Já para questões de Informática as questões são mais fáceis e acessíveis que as demais bancas.

Em Direito, não é preciso decorar jurisprudência ou doutrina, mas conhecer a íntegra dos textos ajuda bastante a responder com exatidão as questões desse bloco.

As questões de Interpretação de Texto são, geralmente, retiradas de notícias (jornais e revistas) do estado de São Paulo. O que requer leitura e conhecimento do que já passou na mídia, mas nada como em Atualidades.

A Fundação Vunesp é uma banca muito acessível, basta estudar e não desistir do objetivo. O foco principal é estar bem preparado de acordo com as publicações dos editais.

Caroline Silvério

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 25 Média: 2.6]

Seleção conta com 276 vagas. Inscrições até o dia 17 de maio de 2017.

Para todos aqueles que desejam atrativos salários, estabilidade na carreira, muitas mordomias oferecidas pelo serviço público brasileiro, além de aposentadoria especial, temos uma ótima notícia. Foi publicado nessa sexta-feira (7) o edital do Concurso do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ/SP) para o cargo de Juiz Substituto, em que serão ofertadas 276 vagas.

Podem concorrer as vagas todos os candidatos que tenham curso superior em Direito concluído há mais de três anos e que possuam o mesmo tempo em alguma atividade jurídica ou policial.

Os vencimentos iniciais são de R$ 24.818,71.

As inscrições podem ser feitas do dia 17 de abril até o dia 17 de maio, somente no site da banca organizadora do certame, que é o www.vunesp.com.br. O valor da taxa de inscrição ficou fixado em R$ 248,18 e todos os candidatos que estejam cursando graduação, pós graduação, desempregados ou que recebam menos de dois salários mínimos, estarão isentos do pagamento da mesma.

A seleção se dará através de provas objetivas, provas escritas, verificação de antecedentes criminais, sanidade física e mental, teste psicotécnico, prova oral e prova de títulos específicos. Todas as provas acontecerão na cidade de São Paulo (SP). Horário, datas e todos os locais das provas poderão ser verificados no site www.tjsp.jus.br.

A prova objetiva foi marcada para o dia 25 de junho de 2017, pontualmente às 9 horas, sendo composta de 100 questões de múltipla escolha sobre alguns conteúdos das seguintes áreas do Direito: Civil, Processual, Consumidor, Criança e Adolescente, Penal, Processual, Eleitoral, Constitucional, Tributário, Administrativo, Ambiental e Empresarial.

O certame do TJ/SP terá a validade de dois anos e pode ser postergado por igual período, conforme prevê o edital de concursos públicos no Brasil. Se você se encaixa nas exigência das vagas, não perca mais tempo e fique atento ao prazo das inscrições no TJ/SP.

Comece logo a se preparar pois a concorrência deverá ser grande em todo o estado, principalmente por causa das altas taxas de desemprego que assolam o Brasil.

Rodrigo Souza de Jesus

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 1 Média: 2]

Certame conta com 590 vagas. Inscrições podem ser feitas até o dia 17 de maio de 2017.

No último dia 31 de março foi publicado no Diário Oficial da Justiça (SP) o aguardado edital que dispõe sobre as regras de realização do Concurso Público do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo (TJ – SP).

Este concurso terá como principal objetivo efetuar o provimento de 590 cargos. Todos eles de caráter efetivo na função de Escrevente Técnico Judiciário. Para concorrer para essas vagas é necessário que o candidato tenha formação de nível médio.

Conforme aponta o edital, as vagas oferecidas irão atender as necessidades do quadro de pessoal do TJ das 1° e 4° Regiões Administrativas Judiciárias.

No caso da 1° Região, além da capital do estado, há vagas para as seguintes cidades, entre outras: Vargem Grande Paulista, Taboão da Serra, Embu Guaçu, Itapevi, Itapecerica da Serra, Itaquaquecetuba, Ferraz de Vasconcelos, Guararema, Arujá Mairiporã e Santa Isabel, São Caetano do Sul, Ribeirão Pires e São Bernardo do Campo.

Na 4ª Região Administrativa os contratados irão trabalhar nas cidades de Serra Negra e Socorro, Jaguaríuna, Pedreira, Água de Lindóia, Vargem Grande do Sul, Espírito Santo do Pinhal, São João da Boa Vista, Rio das Pedras, Laranjal Paulista, Cerquilho, Santa Rita do Passa Quatro, Porto Ferreira, Pirassununga, Artur Nogueira, Pinhalzinho, Bragança Paulista, Várzea Paulista, Franco da Rocha, Francisco Morato, Campo Limpo Paulista, Campinas entre outras.

Os candidatos que atenderem todos os requisitos que se encontram discriminados no edital e quiserem participar poderão garantir suas inscrições preenchendo o formulário de participação que está sendo disponibilizado via internet no site www.vunesp.com.br. O período de atendimento aos interessados permanecerá em aberto entre os dias 10 de abril de 2017 e 17 de maio de 2017. O valor da taxa de inscrição será de R$ 68.

Os profissionais contratados irão receber salários iniciais no valor de R$ 4.473,16. Entre os benefícios estão o auxílio saúde, auxílio transporte e auxílio alimentação. A jornada de trabalho será composta de 40h por semana.

Para a seleção e classificação dos inscritos estão previstas a aplicação de Provas Objetivas. Os exames estão previstos para serem aplicados no dia 02 de julho de 2017. Haverá uma prova prática que será composta por formatação e digitação de texto.

Para maiores informações clique aqui e acesse o edital na íntegra.

Por Denisson Soares

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 3 Média: 2.3]

Vunesp será a responsável pela organização do concurso. Seleção irá ofertar 74 vagas.

Recentemente a PM do Estado de São Paulo conseguiu definir a empresa responsável pela organização do próximo concurso público voltado a área da saúde. Dessa vez a instituição foi a Vunesp.

Agora basta que ambos, a Polícia Militar de São Paulo e Vunesp, acertem os detalhes burocráticos e assinem o contrato que permitem os próximos passos. O cronograma sobre o edital com as datas, o período para inscrições, local de aplicação de provas, regras e conteúdos propostos serão informados bem em breve.

Vale ressaltar a autorização que permite a realização do concurso aconteceu no dia 23 de dezembro do ano passado. Foram convocadas 74 vagas para as ocupações de 2º tenente médico PM, estagiário. As outras vagas serão anunciadas assim que o concurso for devidamente validado. Para as ocupações médicas, ainda há espera sobre o que deve ser anunciado.

Os requisitos básicos para os interessados em prestar o concurso são: ensino superior completo (e experiência na área, além de a formação ser na área escolhida) e ter até 35 anos de idade. As alturas mínimas para mulheres é de um metro e sessenta e para os homens um metro e sessenta e cinco.

Algumas informações sobre o último concurso da PM/SP para médico: no ano de 2010, 22 vagas foram disponibilizadas para a vaga acima relatada. Algumas das especialidades procuradas eram para estagiários de: médico generalista, ginecologia, psiquiatria, cardiologia, cirurgia plástica, hematologia, oftalmologia, endoscopia, anestesia, radiologia, cirurgia geral, pneumologia, urologia, fisiatria, ginecologia e obstetricia, otorrinolaringolista, cirurgia vascular, infectologia, endocrinologia, infectologia, medicina intensiva, traumatologia e neurologista.

Os requisitos para essa época era bem similares aos de agora. A idade continuava com a máxima de 35 anos, a altura era a mesma especificação. Porém, o salário inicial era de R$ 4.633,04.

O processo seletivo sob a resposabilidade da Vunesp era composta por investigação social, exames psicológicos, as rotineiras provas de condicionamento físico, as avaliações de escolaridade e conhecimentos práticos, além da prova oral e a análise de documentos requeridos. Todas as etapas eram e são classificatórias, obrigatórias e também eliminatórias.

Basta esperar a publicação do edital oficial para saber se existem mais mudanças sobre a natureza do concurso.

Yamí de Araújo Couto

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 4 Média: 2.3]




CONTINUE NAVEGANDO: