Interessados poderão se inscrever de 6 de fevereiro a 7 de março de 2019.

Nova oportunidade de processo seletivo para cargos públicos de grande escala está oficialmente aberta.

Trata-se do recentemente publicado documento de edital que inicia o período de inscrições para o novo concurso público, destinado ao provimento e ingresso de aspirantes ao curso de formação de oficiais, no órgão da Polícia Militar do Estado de Minas Gerais, a PM-MG, cuja realização se dará no próximo ano de 2019. Este processo de seleção tem por escopo o preenchimento de 120 postos de trabalho estáveis, dos quais 108 vagas estão previamente reservadas aos candidatos homens e as demais 12 vagas previamente reservadas para as candidatas mulheres.

Deste modo, toda pessoa interessada em iniciar uma carreira neste cargo deverá preencher os seguintes requisitos:

Apresentar o diploma de conclusão em curso de superior na área de direito; estar em idade entre 18 e 30 anos e possuir a altura mínima de 1,60 metros.

O período para o cadastro de inscrição se dará conforme o seguinte itinerário:

Todas as inscrições deverão ser efetuadas entre o dia 6 do mês de fevereiro e o dia 7 do mês de março de 2019, por meio do seguinte endereço eletrônico: www.policiamilitar.mg.gov.br/crs. A taxa de participação está estipulada no valor de 173 reais.

Este processo seletivo consistirá nas seguintes fases:

Inicia com a realização das provas versando em conhecimentos específicos e gerais, ou seja, a prova objetiva e a prova dissertativa (redação); seguidas pelas necessárias avaliações psicológicas; depois serão realizadas as necessárias avaliações de aptidão física militar e os demais exames que avaliam o estado de saúde, que constituem exames preliminares e complementares; o necessário exame toxicológico; a realização da prova oral e finaliza com análise sobre títulos.

Os cadernos de provas sobre conhecimentos serão ministrados no dia 7 do mês de abril de 2019, nos seguintes municípios do Estado de Minas Gerais: na capital Belo Horizonte (RMBH); cidade Juiz de Fora; cidade de Uberaba; cidade de Lavras; em Divinópolis; em Governador Valadares; em Uberlândia; em Patos de Minas; em Montes Claros; em Ipatinga; em Barbacena; na cidade de Curvelo; cidade de Teófilo Otoni; em Unaí; em Pouso Alegre; em Poços de Caldas e na cidade Sete Lagoas.

Sobre prova objetiva seguem as informações:

Consistirá em um caderno contendo um conjunto de questões, em múltipla escolha, as quais versarão sobre o seguinte conteúdo programático: em matéria de língua portuguesa; matéria de direito constitucional; matéria de direito penal militar; matéria de direito penal; matéria de direito processual penal militar; matéria de direito processual e penal; matéria de direito administrativo; matéria de legislação extravagante e em legislação institucional.

Sobre o Curso de formação para oficiais da PM-MG, seguem as informações:

O mesmo será realizado na própria Escola de Formação de Oficiais, a EFO, instituição pertencente à Academia de Polícia Militar, APM, localizada no seguinte endereço: Rua Diábase, nº 320, no bairro Prado.

Serão dois anos e seis meses de curso, em que os acadêmicos passarão pela formação, seguidos de mais seis meses em curso de “aspirantado”, cujo início está previsto para o mês agosto de 2019. Será realizado no tempo integral, dentro do chamado regime de dedicação exclusiva, junto das atividades escolares e de extraclasse depois das 18 horas, abrangendo os sábados, os domingos e também nos feriados.

Todo o concorrente a cadete terá direito, ao longo do período deste curso, a uma remuneração; ao abono de fardamento; à assistência médico-hospitalar; assistência psicológica e também odontológica, em plena conformidade com a legislação atualmente em vigor. O valor do salário base, inicial, pago a todo cadete em seu 1º ano é de R$ 5.769,42.

Vale a pena conferir.

Paulo Henrique dos Santos

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 1 Média: 4]

Certame oferta vagas para aspirantes ao Curso de Formação de Oficiais.

Finalmente, mais um concurso público de ampla escala está definitivamente oficializado aos estudantes e profissionais.

Trata-se da publicação, na última sexta-feira, 7 de dezembro de 2018, do novo edital de abertura do processo seletivo público para o provimento de cargos no departamento da Polícia Militar do Estado de Minas Gerais, ou concurso PM-MG de 2018, cuja meta está em encaminhar os aspirantes ao Curso de Formação de Oficiais, preparando-os para atuação no ano de 2019. Estão sendo disponibilizados cerca de 120 postos de trabalho, dos quais 108 postos serão destinados aos candidatos do sexo masculino e os demais 12 postos às candidatas do sexo feminino.

Este é o certame público para provimento de cargos no departamento da Polícia Militar do Estado de Minas Gerais. O evento terá como banca organizadora a própria Diretoria de Recursos Humanos, o DRH, atuando por meio do setor: Centro de Recrutamento e Seleção, ou CRS, da PM-MG.

Sobre as atribuições das duas fases de formação do cargo, seguem as informações sumarizadas:

Ao Cadete da PM cabe exercer a atividade estudantil, durante o regime dito de dedicação integral, além das demais tarefas executadas interna e externamente, todas atreladas à sua própria formação, ao longo do período oficial de duração deste CFO, em conformidade com as normas da instituição de Educação da Polícia Militar, que estão em vigor e com os Regulamentos da Escola.

Ao aspirante do cargo de Oficial PM, cabe exercer as tarefas inerentes ao cargo de oficial subalterno, Tenente, que possui diversas atribuições e deveres similares, que devem ser respeitados em termos de restrições já previstas nas leis, nos regulamentos e nas instruções pertinentes.

Ao 2º Tenente da PM cabe saber promover a necessária segurança pública, atuando por meio das ações e das operações policiais militares, de modo a coordenar, controlar e monitorar todos os resultados já atingidos. Para se cumprir essas tarefas, a atuação do servidor Tenente compreende diversas outras ações, entre elas, comandar o pelotão; saber coordenar o policiamento ostensivo, reservado e ou velado; atuar de modo a assessorar o comando; saber gerenciar os recursos humanos e logísticos entre outras tarefas.

O valor do vencimento básico inicial para o cargo de Cadete no 1º ano do CFO para 2019 está em R$ 5.769,42.

Sobre as vagas, seguem as informações:

Como foi anteriormente citado, serão disponibilizados 120 postos, dos quais 108 constituem vagas previamente destinadas aos candidatos do sexo masculino e as demais 12 vagas estão previamente destinadas às candidatas do sexo feminino, de acordo com o que está estabelecido sobre o percentual de cargos, conforme o art. 3º da Lei nº 22.415, sancionada em 16 de dezembro de 2016.

Observação muito importante: devido à natureza do cargo em oferta, neste certame não haverá uma reserva de postos para as pessoas que são portadoras de necessidades especiais, que eventualmente tenham interesse em participar deste concurso.

Sobre o período de inscrições, seguem as informações:

O cadastro de inscrição, para o processo de seleção da Polícia Militar do Estado de Minas Gerais, deverá ser efetuado entre o dia 6 do mês de fevereiro de 2019 ao dia 7 do mês de março de 2019, por meio do seguinte endereço eletrônico, site oficial da Polícia Militar: www.policiamilitar.mg.gov.br/crs.

A taxa de inscrição deste certame está estipulada no valor de R$ 173, sendo que não haverá ressarcimento desse mesmo valor ao candidato, apenas em caso de ocorrerem as seguintes hipóteses: um pagamento atualizado em duplicidade; um pagamento extemporâneo; o devido cancelamento; a suspensão ou o adiamento deste concurso público.

Para mais informações e atualizações acesse o site: https://www.diariooficialdf.com.br/concurso-pm-mg-oficiais.

Por Paulo Henrique dos Santos

Concurso

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 10 Média: 2.9]

Fundação Vunesp libera gabarito oficial das provas do Concurso PM-SP 2018.

Recentemente, outro concurso público de alta categoria fez divulgar os seus resultados para os candidatos.

Neste caso, a banca organizadora, cuja função estava nas mãos da Fundação Vunesp, publicou os resultados registrados no gabarito da prova objetiva ministrada no processo seletivo do departamento da Polícia Militar do Estado de São Paulo, PM-SP, destinado ao preenchimento de 270 postos iniciais na função de aluno oficial dentro da Academia do Barro Branco. As provas foram realizadas no último dia 18 de novembro de 2018 e o resultado da resolução das questões já pode ser consultado aqui.

Os cadernos de provas foram ministrados nos seguintes municípios:

Na cidade de Araçatuba; de Bauru; de Campinas; de Piracicaba; de Presidente Prudente; de Ribeirão Preto; cidade de Santos; de São José do Rio Preto; de São José dos Campos; na Capital São Paulo e na cidade de Sorocaba.

Esta carreira está sendo disputada por concorrentes que possuem ensino médio completo; em idade entre 17 e 30 anos e cuja altura mínima exigida é de 1,55 metros para as mulheres e 1,60 metros para os homens.

Todos os aprovados deverão participar de curso cuja duração será de três anos e terão direito a uma remuneração no valor inicial de 3.095,88 reais. Durante o período de formação, todos os vencimentos passarão por até três reajustes, de 3.106,99 reais para 3.414,53 reais e finalmente 3.690,23 mil reais.

Outras informações sobre o concurso em questão são:

A taxa foi estipulada no valor de 130 reais, sendo que o período de inscrições se estendeu até o dia 24 de setembro de 2018, exclusivamente por meio do site da Fundação Vunesp, banca organizadora: www.vunesp.com.br. Responsável pelo processo de seleção.

Sobre as etapas deste concurso público para a função inicial de aluno oficial PM-SP, seguem as informações:

São seis fases, sendo a primeira delas a parte da seleção, na qual os concorrentes realizaram a prova objetiva, que consistiu em um caderno contendo 80 questões em múltipla escolha, ministrada no período matutino, e a prova de redação (ou discursiva), ministrada durante o período vespertino.

Todo o conteúdo programático contou com matérias de história; de filosofia; de sociologia; de geografia; de língua portuguesa; em língua inglesa ou em língua espanhola; em matemática; sobre noções básicas de administração pública e em noções básicas na área de informática.

As demais etapas deste processo seletivo abrangerão os necessários exames de aptidão física; exames de saúde e os testes psicológicos; a avaliação histórica sobre a conduta social pregressa e sobre a idoneidade de cada candidato e finaliza com a análise sobre documentos.

Sobre as atribuições do cargo de oficial, seguem as informações:

É dever de cada oficial da Polícia Militar do Estado de São Paulo atuar na gestão e no comando de pessoas, na análise e na administração de processos, por meio da ampla utilização dos necessários conhecimentos para a correta busca das soluções dentro dos variados e inevitáveis problemas pertinentes a todas as atividades jurídicas e às atividades administrativas para a preservação da ordem pública e para garantir a atuação da polícia ostensiva, em plena conformidade com a própria filosofia do policiamento comunitário e, sobretudo, garantindo os direitos humanos, entre outras atividades definidas na lei, por meio da conclusão e com o aproveitamento do curso de Bacharelado na área de Ciências Policiais de Segurança e de Ordem Pública, que é destinado a formar, com a solidez teórica e prática, todo profissional que se tornará ocupante do dito posto inicial de Oficial.

Paulo Henrique dos Santos

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 38 Média: 2.5]

O concurso da PM de Minas Gerais recebe inscrições dos interessados entre os dias 06 de novembro de 2018 e 05 de dezembro de 2018.

A Polícia Militar do Estado de Minas Gerais anunciou recentemente a abertura do período de inscrições para a realização de mais um concurso público.

Seguindo as normas estabelecidas no edital DRH/CRS Nº 09/2018, o certame em questão tem a finalidade de efetuar a seleção de 30 candidatos.

Todas as vagas estão sendo direcionadas para o QOS – Quadro de Oficiais de Saúde da PM – MG.

A remuneração inicial básica para os selecionados e contratados será no valor de R$8.874,60 – 2° Tenente da PMMG.

Sobre as vagas oferecidas

Conforme as informações constantes no edital de abertura deste concurso as vagas oferecidas estão sendo distribuídas entre as categorias: Clínica médica, urologia, pediatria, patologia clínica, ortopedia, oftalmologia, neurologia, ginecologia, cirurgia pediátrica, anestesiologia e anátomo-patologia entre outras.

Principais requisitos de participação exigidos:

Os candidatos interessados em aproveitar essa oportunidade oferecida pela PM-MG precisam atender a uma série de requisitos. Entre os principais deles destacamos os seguintes:


  • Idoneidade moral;

  • Ser brasileiro nato;

  • Não ter pendências com as obrigações militares e eleitorais;

  • Ter no máximo 35 anos na data de inclusão;

  • Formação de nível superior completa em área que seja compatível com a função que será exercida;

  • Aptidão psicológica, física e mental;

  • Não ter tatuagens visíveis e de significado incompatíveis com a polícia quando estiver usando o uniforme.

É importante ressaltar que além de todos os requisitos exigidos o candidato precisa, obrigatoriamente, contar com registro atualizado no Conselho Regional de sua respectiva classe.

Inscrições

As inscrições permanecerão em aberto no período situado entre os dias 06 de novembro de 2018 e 05 de dezembro de 2018. O formulário de inscrição está sendo disponibilizado via internet por meio do site www.policiamilitar.mg.gov.br/crs.

Para validar a participação é exigido que o candidato efetue o pagamento da taxa no valor de R$266,64.

Composição do concurso PM-MG 2018

De acordo com o edital de abertura o concurso público PM-MG 2018 foi estruturado da seguinte maneira:

1° etapa: composta de prova de conhecimentos (10 de fevereiro de 2019);

2° etapa: composta por prova teórica-prática e de títulos;

3° etapa: exames preliminares e complementares de saúde, exames toxicológicos, avaliações psicológicas e avaliação física militar;

4° etapa: período de estágio de adaptação de oficiais.

De acordo com a organização deste concurso público ele contará com uma validade de 30 dias. Caso seja necessário poderá ser prorrogado apenas uma vez e pelo mesmo período a partir da data de publicação do resultado final.

Polícia Militar de Minas Gerais

O principal campo de atuação da PM-MG é na preservação da ordem pública e no policiamento ostensivo.

A Polícia Militar de Minas Gerais é considerada uma das mais antigas instituições, e uma das mais preparadas entre todas as PM’s do Brasil. A corporação tem 243 anos de existência e teve início no século XVIII no Regimento Regular da Cavalaria de Minas. Nessa época, sua missão era proteger e guardar as minas de ouro descobertas no estado.

Orientações para concurseiros

Seja qual for o concurso público no qual a pessoa deseja se inscrever o ponto chave é ler com atenção o edital do certame. Nele não constam apenas as datas de aplicação das provas, mas também informações fundamentais sobre as áreas que deverão ser focadas no período de estudo.

Outro aspecto extremamente importante diz respeito aos requisitos. Verificar quais são eles é essencial para que se possa ser investido na função em caso de aprovação. Uma dica interessante nesse sentido é não deixar nenhuma dúvida passar. Vale até mesmo entrar em contato com a equipe de atendimento da empresa organizadora do concurso.

É interessante guardar e-mails e telefones de contato disponibilizados pela banca organizadora do certame. Em caso de alguma eventualidade eles farão toda a diferença para um atendimento ágil.

Por fim, o que não podemos fazer é deixar que coisas simples e fáceis de serem resolvidas impeçam a realização de um sonho.

Boa sorte!

Por Denisson Soares

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 42 Média: 3.8]

Instituto AOCP será o responsável pela organização do certame.

Estamos no mês de setembro e as muitas oportunidades de concursos públicos estão em fase de preparação, neste segundo semestre de 2018. Entre os departamentos públicos prestes a oficializar novos processos seletivos está o órgão da Polícia Militar do Estado de Santa Catarina, a PM-SC, cujo próximo certame está sendo elaborado, no sentido de fazer realizar o evento que abrirá uma série de oportunidades empregatícias para o ingresso de estudantes profissionais no curso de formação de oficiais. Assim, o mesmo órgão já determinou a banca responsável pela organização deste processo de seleção.

Por meio do recurso da dispensa de licitação, a empresa encarregada da organização será o Instituto AOCP. A assinatura que firmou definitivamente o contrato para a prestação do serviço foi efetivada no mês passado, agosto de 2018.

Entretanto, ainda não foi divulgada a quantidade oficial de postos de trabalho que serão contemplados neste novo concurso público, que visa ao provimento de cargos na PM-SC. Portanto, existe a grande expectativa de que este mesmo edital venha a ser publicado após o período das eleições.

Observação importante: em caso de esse próximo certame consistir na mesma estrutura do concurso anterior, todos os concorrentes deverão comprovar, por meio de certificado, a posse de graduação em nível superior na área de direito; estar em idade de no máximo 30 anos até o último dia do cadastro da inscrição e possuir de altura mínima de 1,65m para os candidatos homens e 1,60m para as candidatas mulheres.

O histórico registrado no último concurso para o mesmo cargo, na Polícia Militar do Estado de Santa Catarina, abrange as seguintes informações:

A mesma seleção terminou sendo suspensa no mês setembro de 2017, devido a fato de ter sido levantada uma suspeita de fraude. Dado isso, na totalidade haviam sido disponibilizadas 70 ofertas de vagas, das quais 65 se destinavam ao sexo masculino e cinco destinadas para o feminino.

Naquela ocasião a remuneração estava no valor de 4.764,24 reais, para o primeiro período de formação. Após a aprovação no estágio probatório e da chegada ao posto oficial de 2º tenente QOPM, os salários mensais subiriam para o valor de 12.882,69 reais.

Naquela ocasião toda a triagem ocorreria em oito fases, iniciando pela inscrição; seguida da prova escrita; da avaliação sobre a saúde; da avaliação da condição física; da avaliação psicológica; a devida investigação social; a entrega do exame toxicológico e da documentação destinada à comprovação dos requisitos; da inclusão e da matrícula no imprescindível curso de formação de oficiais.

A prova escrita consistiu em um exame objetivo, o qual apresentou um caderno com 80 questões versando sobre a matéria de direito constitucional; matéria de direito administrativo; matéria de direito penal comum; na matéria de direito penal militar; em matéria de direito processual e direito penal comum; em matéria de direito processual e penal militar; em matéria de direito civil; em matéria de legislação institucional; em matéria de língua portuguesa; em matéria de língua inglesa e em matéria de informática.

Entre as atribuições do cargo estão:

Atuar no comando, na chefia e na direção de organizações policiais militares; na coordenação do policiamento ostensivo e sistemático, de forma reservada e velada; no assessoramento do comando; no gerenciamento dos recursos humanos e recursos logísticos; na participação de planejamentos e de execução sobre as ações preventivas e nas operações policiais; no desenvolvimento de processos e de procedimentos administrativos; na atuação e na coordenação das comunicações sociais; na promoção de estudos técnicos e na capacitação profissional; nas pautas de ações sobre os preceitos éticos, técnicos e legais, entre outras tarefas imprescindíveis ao andamento da ordem pública e institucional.

Paulo Henrique dos Santos

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 27 Média: 3]

Certame oferta 2,7 mil vagas para a carreira de Soldado da PM 2ª Classe QPPM.

Respondendo ás expectativas do público, a Polícia Militar de São Paulo (PM SP) abre um edital de concurso público para o provimento de um número total de 2.700 vagas. De acordo com o certame publicado, o concurso vem para somar 5.400 policiais militares em todo o Estado de São Paulo. A bancada organizadora do concurso é a Vunesp.

Todas as oportunidades mencionadas serão voltadas para a carreira de Soldado da PM 2ª Classe QPPM, ou seja, 2ª Classe do Quadro de Praças da Polícia Militar. As vagas são abertas para candidatos de ambos os sexos, desde que cumpram alguns requisitos básicos como idade entre 17 e 30 anos, certificado de conclusão do ensino médio em mãos, CNH na categoria "B" e altura mínima de 1,60m para candidatos homens e 1,55m para candidatas mulheres.

Atualmente, um soldado da PM recebe a remuneração de R$ 3.143,70 mensais em São Paulo, e este valor já é incluído adicionais de Regime Especial de Trabalho Policial (RETP), insalubridade e o piso salarial básico da categoria.

As etapas do concurso público a serem realizadas incluem prova com questões de múltipla escolha, avaliação dissertativa, teste de aptidão física (TAF), exame psicológico, exames médicos, análises documentais e investigação social. Lembrando que cada uma das etapas são de caráter eliminatório.

As provas objetivas e dissertativas serão realizadas no dia 21 de outubro de 2018, de acordo com a localização escolhida por cada candidato no ato da inscrição. O local e os horários para a realização das provas serão disponibilizados pela Vunesp no decorrer dos dias 10 e 12 de outubro, nesse caso, é necessário que os candidatos fiquem atentos à plataforma de inscrição para não perderem o período das provas.

A avaliação objetiva terá 60 questões de múltipla escolha, distribuídas entre matérias de língua portuguesa, noções de administração pública, matemática, noções de informática, conhecimentos gerais, atualidades, etc. A Vunesp considera como aprovado, candidatos com 50% de acertos em toda a prova. No mesmo dia, os candidatos ainda farão uma avaliação dissertativa, que será uma redação.

Quem se interessar em participar do concurso público da PM SP poderá se inscrever até o dia 10 de setembro de 2018 através do site da Vunesp, pelo link: https://www.vunesp.com.br/PMES1803. O valor da taxa de inscrição é de R$ 50.

Na inscrição, o candidato poderá optar entre diversos locais para realizar as provas, como São Paulo, Campinas, Sorocaba, Presidente Prudente, Araçatuba, São José do Rio Preto, Bauru, Piracicaba, Santos, entre outras.

Além deste concurso, foi publicado também recentemente um certame disponibilizando 270 vagas para o cargo de aluno oficial da Polícia Militar de São Paulo, na Academia do Barro Branco. O concurso foi aberto na última segunda-feira, dia 27 de agosto de 2018, e será voltado para candidatos com idade entre 17 e 30 anos, com ensino médio completo e alturas mínimas de 1,60m para candidatos homens e 1,55m para candidatas mulheres.

Os candidatos aprovados nas etapas do concurso serão convocados para um curso de três anos na academia de Barro Branco, com salário inicial de R$ 3.095,88 mensais, podendo ter reajustes de até R$ 3.690,23 durante os anos letivos.

As inscrições vão até ás 23h59 do dia 24 de setembro de 2018 no site da Vunesp, banca que também organizará este concurso, pelo link: https://www.vunesp.com.br/PMES1804. O valor da taxa de inscrição é de R$ 130.

O processo de inscrição é o mesmo do concurso da PM 2ª Classe QPPM, bem como também as etapas do processo seletivo.

O aluno oficial da PM é encarregado de lidar com todo o processo administrativo do órgão, além de atividades de gerenciamento de processos, resolução de problemas jurídicos e de ordem pública, entre outros serviços pertinentes.

Por Daniela Almeida da Silva

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 27 Média: 3.1]

Concurso recebe inscrições até 13 de agosto de 2018.

A região do nordeste brasileiro é a parte do país com mais estados e devido a isso é muito importante que indústrias e instituições ofereçam oportunidades de emprego para que as pessoas que morem nesta parte do Brasil não precisem se deslocar para regiões mais centrais. E se você mora na região norte e está à procura de uma vaga saiba que no estado do Rio Grande do Norte vai acontecer um novo concurso público que oferece 1.000 vagas. A entidade responsável por este certame é a Polícia Militar. Segundo a PM, são cargos para homens e mulheres na função de Soldado. Saiba todas as informações.

As primeiras informações sobre o concurso da Polícia Militar do Rio Grande do Norte

O último certame da Polícia Militar do Rio Grande do Norte aconteceu no ano de 2006. E alguns anos depois surgiram rumores de um novo concurso por parte da instituição. E até que em 2018 a informação de um novo processo seletivo foi confirmada. Levando em consideração todo esse tempo, é importante que se criasse um bom número de vagas. E os responsáveis definiram que vão ser oferecidas 1.000 vagas. Sendo 62 oportunidades para mulheres e 938 vagas para homens.

Requisitos para a participação dos candidatos

Em todas as instituições da Polícia Militar espalhadas pelo país se tem uma série de requisitos para que as pessoas possam entrar na corporação. E a instituição do estado do nordeste definiu que essas são as obrigações que os indivíduos precisam seguir para concorrer uma vaga na corporação:

– O nível de escolaridade exigido é o nível superior.

– Os interessados precisam ter carteira de habilitação na categoria “B”, ou seja, de carro.

– Os candidatos devem ter no mínimo 20 anos e no máximo 30 anos de idade.

– A altura dos candidatos também é algo importante. Visto que, mulheres com menos de 1,60m não podem participar da seleção e os homens com menos de 1,65m também não podem.

Além desses requisitos mais específicos citados acima, a PM como em outros concursos também tem algumas condições mais gerais como:

– Os interessados precisam ser naturalizados brasileiros.

– Todos os participantes precisam não ter faltas com a justiça eleitoral.

– Já para os interessados do sexo masculino é importante que eles também não tenham nenhuma falta com o exército e outras.

As etapas dos processos seletivos adotados para este certame

De acordo com o edital que foi publicado no Diário Oficial do Rio Grande do Norte, no dia 06 de julho. Os participantes vão passar pelos seguintes testes:

– Etapa 1: essa etapa vai ser dividida em duas fases. A primeira consiste em uma avaliação de múltipla escolha e a segunda será uma redação. A prova de múltipla escolha vai ser formada por 80 questões dos seguintes assuntos: legislação extravagante, informática, direito penal militar, direito penal, direito constitucional, raciocínio lógico, língua portuguesa legislação da Polícia Militar, geografia do Brasil e geografia do estado do Rio Grande do Norte. O assunto da redação só vai ser divulgado no dia da prova. Ambas de caráter classificatório e eliminatório.

– Etapa 2: testes de saúde.

– Etapa 3: testes físicos.

– Etapa 4: avaliações psicológicas.

– Etapa 5: investigação social.

Todas essas etapas são eliminatórias.

– Etapa 6: avaliação de títulos. Etapa de caráter classificatório.

– Etapa 7: curso de formação. Fase de caráter classificatório e eliminatório.

As etapas 1, 4 e 6 são ficar a cargo do Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo, o IBADE. O restante vai ficar ser de responsabilidade da Polícia Militar. Outra informação importante é que a primeira etapa e suas duas fases vão acontecer nas cidades de Caicó, Mossoró e Natal.

As provas acontecem no dia 23 de setembro de 2018. E os aprovados vão receber inicialmente R$ 938,00. Posteriormente, quando terminarem o curso de formação os candidatos vão receber um salário de R$ 2.904,00.

Inscrições no certame da PM do Rio Grande do Norte

As inscrições vão ser abertas no dia 16 de julho e devem ser realizadas até o dia 13 de agosto de 2018. E devem realizadas através do seguinte site: https://www.ibade.org.br. A taxa de inscrição está estipulada em R$ 100,00.

Boa sorte!

Por Isabela Castro

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 11 Média: 3.4]

Certame oferta 1.560 vagas de emprego para a função de Soldado de 2ª Classe.

Foi aberta pela Diretoria de Pessoal da Polícia Militar do Estado de Minas Gerais as inscrições para o novo concurso público que deve ocorrer com o intuito de selecionar cerca de 1.560 candidatos para preencherem as vagas para a função de Soldado PM de 2ª Classe do quadro de Praças da Polícia Militar. Desse modo, o processo seletivo oferece oportunidades para que pessoas do sexo masculino e feminino possam participar do certame. Vale ressaltar ainda que o objetivo do concurso público é distribuir os aprovados tanto em metrópoles quanto em municípios interioranos.

É isso mesmo, a PM-MG, lançou recentemente um edital para o seu novo concurso público, que oferece aproximadamente 1.560 vagas. Nesse contexto, se o leitor ficou interessado ou conhece alguém que poderia interessar-se e sonha em se integrar ao time responsável por zelar pela segurança pública dos cidadãos de bem, a hora é agora. Por isso, não deixe de acompanhar as informações a seguir, pois elas vão esclarecer alguns pontos importantes dos processos do concurso, bem como algumas curiosidades sobre a profissão.

Os interessados em participar do certame, precisam checar com antecedência se estão por dentro das exigências estabelecidas pela PM-MG, isto é, é preciso que os candidatos tenham completado o ensino superior, não importando a área de formação. Além disso, é necessário possuir entre 18 e 30 anos de idade e ainda ter altura mínima de 1,60m.
Desse modo, os interessados em participar do concurso público da PM-MG podem realizar as inscrições pela internet, através do seguinte endereço eletrônico: www.policiamilitar.mg.gov.br/crs.

Sendo assim, é preciso estar atento sobre os prazos de inscrição, que, nesse caso, tem um prazo limitado para até o dia 30 do mês de julho de 2018. É importante lembrar ainda que os candidatos que quiserem realmente participar do processo seletivo precisam pagar por uma taxa de inscrição. No concurso da PM-MG foi decidido que essa taxa seria de aproximadamente R$ 125. Desse modo, só é possível realizar a prova, caso a taxa de inscrição esteja quitada.

Durante a inscrição, que é realizada pelo site da Polícia Militar de Minas Gerais, o candidato pode escolher em qual cidade deseja realizar a prova. Nesse caso, os municípios onde as provas objetivas serão aplicadas são os seguintes: Sete Lagoas, Poços de Caldas, Pouso Alegre, Unaí, Teoófilo Otoni, Curvelo, Barbacena, Ipatinga, Montes Claros, Patos de Minas, Uberlândia, Governador Valadares, Divinópolis, Lavras, Uberaba, Juiz de Fora e, por fim, Belo Horizonte.

Sabe-se que o concurso público da PM-MG é formado por fases de caráter eliminatório e classificatório, isto é, para passar para uma nova fase, o participante precisa ter a aprovação na fase anterior. Desse modo, são três fases diferentes: sendo a primeira composta por uma prova objetiva, que é discursiva, ou seja, as questões são abertas e as respostas devem ser escritas à mão.

Ainda de acordo com o edital, a prova é composta por quase 40 questões que devem ser respondidas em um tempo determinado de três horas de duração Ela será formada por 4 questões relacionadas a Legislação Extravagante; 4 questões sobre Direitos Humanos; 4 sobre o conteúdo de estatística; 6 sobre Direito Penal Militar ; 6 a respeito de Direito Constitucional; 6 sobre Direito Penal e 10 sobre Língua Portuguesa.

Se o participante obtiver boa pontuação, passará por avaliações de cunho psicológico, avaliações para atestar a aptidão física para a formação militar, além de outros exames de saúde e, por fim, exames toxicológicos.

A Polícia Militar do Estado de Minas Gerais realçou que o maior objetivo do concurso público é investir em segurança pública para os seus cidadãos. Tendo em vista que nos últimos tempos, o efetivo militar vem trabalhando com uma capacidade bastante inferior a real necessidade dos policiais militares nas ruas.

Por Ana Paula Oliveira Coimbra

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 37 Média: 3.1]

Seleção irá ofertar 2.700 vagas para soldado.

Nos últimos dias, a Polícia Militar do Estado de São Paulo (PM/SP) divulgou o nome da banca escolhida para preparar o seu novo concurso público, que visa oferecer cerca de 2.700 vagas para o cargo de soldado. A banca escolhida, por meio de dispensa de licitação, para ser a responsável por organizar esse certame, foi a Vunesp.

Agora com a banca definida, o próximo passo a ser dado é a assinatura do contrato de prestação de serviços. Após ter assinado o contrato, a Vunesp tem alguns dias disponíveis para finalizar o edital e, logo em seguida, ele é publicado, abrindo também o período para as inscrições.

Além disso, é muito importante ressaltar que no mês de dezembro do ano passado (2017), o governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, assinou uma autorização para a realização do concurso público da PM/SP, que vinha a ofertar 5.400 oportunidades, que seriam distribuídas em, pelo menos, dois editais. O primeiro edital também está sendo organizado pela Vunesp e já foi publicado no mês de março. No momento, o processo seletivo deste edital está na etapa de triagem dos participantes.

Dessa forma, o estimado é que o novo edital seja divulgado dentro dos próximos meses, ainda no início do segundo semestre.

Acompanhe o post e saiba mais sobre o concurso público para o cargo de Soldado da Polícia Militar do Estado de São Paulo.

Concurso público da PM/SP: Soldado

Muitas são as atribuições dadas a um soldado. Por isso, é necessário que ele atenda a alguns requisitos básicos para cumprir sua função. Veja melhor o que um candidato precisa para concorrer ao cargo de soldado na PM/SP.

Sobre o cargo de soldado

Os requisitos básicos para concorrer ao posto de soldado são os seguintes:

  • ter concluído o Ensino Médio e possuir o certificado de conclusão;

  • estar na faixa etária entre 17 e 30 anos;

  • possuir a altura mínima, que é de 1,60 m para os homens e 1,55 m para as mulheres; e

  • ter carteira de habilitação (CNH) nas categorias “B” e “E”.

De início, o profissional contratado como Policial Militar da 2° classe recebe uma remuneração mensal no valor de R$ 3.049,41. Esse valor total corresponde às parcelas com valor de R$ 1.178,88 de padrão, mais R$ 1.178,88 de Regime Especial de Trabalho Policial (RETP) e ainda R$ 691,65 pelo fator insalubridade.

Atribuições do soldado

Como visto, são muitas as atribuições de um soldado da Polícia Militar. Podemos listar algumas delas, que são:

  • Efetuar o policiamento ostensivo a fim de assegurar ordem pública;

  • Agir com repressão imediata, em casos de infrações penais e administrativas;

  • Garantir a aplicação da lei;

  • Priorizar sempre pela defesa da vida, pela integridade física e pela dignidade de todas as pessoas humanas, sem exceção, independente de quem seja;

  • Estar sempre em conformidade com os princípios doutrinários da polícia comunitária, com os direitos humanos e com os prescritos da gestão pela qualidade;

  • Realizar o Curso Superior de Técnico de Polícia Ostensiva e Preservação da Ordem Pública, concluindo com aproveitamento, de modo que o profissional esteja devidamente formado, na prática e na teoria, para exercer função no ramo militar; entre muitas outras.

Concurso público da PM/SP: Provas

O esperado é que todo o processo seletivo se assemelhe com o certame que se iniciou no mês de março, devido à escolha da mesma banca. As etapas do concurso anterior consistiam em:

  • Primeira fase: exames de conhecimentos;

  • Segunda fase: exames de aptidão física;

  • Terceira fase: exames de saúde;

  • Quarta fase: exames psicológicos;

  • Quinta fase: avaliação da idoneidade, reputação e conduta social; e

  • Sexta fase: análise de documentos.

Felicia Lopes

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 9 Média: 2.4]

Seleção oferece 500 vagas. Inscrições podem ser feitas até o dia 24 de julho de 2018.

Muitos jovens desde crianças sonham com a oportunidade de um dia fazer parte da corporação da Polícia Militar. Como todos já sabem, a única forma de entrar para a PM é por meio de realização de concurso público. E se você reside no estado de Alagoas e busca perla oportunidade de prestar concurso para a Polícia Militar de seu estado, sua chance pode estar bem próxima. É que acaba de ser publicado o edital de abertura do novo concurso público da PM AL, que irá disponibilizar o total de 500 oportunidades. Continue lendo este artigo e saiba tudo sobre esta oportunidade.

As notícias que acabam de chegar são bastante animadoras para quem busca a oportunidade de realizar concurso para a Polícia Militar do estado de Alagoas, pois acaba de ser publicado o edital de abertura de um novo concurso e de acordo com o documento serão ofertadas 500 vagas, sendo que todas elas são para a carreira de soldado, afim de reforçar o efetivo que a corporação possui no estado de Alagoas.

Quem estiver interessado já pode realizar a sua inscrição, uma vez que estas foram abertas na última segunda-feira, dia 25 do mês de junho.

De acordo com as informações dispostas no edital, podem se inscrever no certame pessoas que possuam formação completa de ensino médio, com idade superior a 18 anos e inferior a 30 anos. Além disso, o candidato precisa possuir Carteira Nacional de Habilitação de categoria "B" (no mínimo) e altura mínima de 1,60 m para candidatas mulheres e 1,65 m para candidatos homens.

Os candidatos que forem aprovados nas provas terão que realizar um curso de formação, de modo que somente após a sua realização com um bom desempenho que os recrutas receberão a nomeação de soldados.

Desse modo, enquanto os selecionados estiverem realizando o curso poderão contar com uma remuneração cujo valor é de R$ 1.453,14. Quando o curso for encerrado, o então já nomeado soldado passa a receber uma remuneração no valor de R$ 3.744,47.

Quem desejar realizar o concurso poderá realizar a sua inscrição no certame até o dia 24 do mês de julho.

A empresa contratada para fazer a organização e execução do certame foi a Cespe, que disponibiliza o seu site para que os interessados realizem as suas inscrições. Assim, que quiser se inscrver deve acessar o endereço www.cespe.unb.br. Os inscritos devem pagar uma taxa de participação cujo valor é de R$ 95.

Os inscritos deverão passar por um processo de seleção que consiste na realização de uma prova objetiva composta por 120 questões, que está prevista para ser realizada nas cidades de Maceió e Arapiraca, de modo que os candidatos poderão contar com 3 horas e meia para responder a prova.

Os conteúdos a serem cobrados na prova são de matemática, língua portuguesa, informática, atualidades, ciências sociais, direito administrativo, direito processual penal, direito constitucional, direitos humanos e leis relacionadas ao policial militar.

Além da prova objetiva os candidatos ainda terão que passar por outras fases como avaliações médicas, testes de aptidão física, análise de documentação e investigação de vida social, sendo todas estas etapas de caráter eliminatório. Estas etapas do processo seletivo serão realizadas apenas na cidade de Maceió.

De acordo com o que é informado no edital de abertura, este concurso possui validade de 12 meses, sendo que esta validade pode ser prorrogada por mais 12 meses, conforme necessidade e determinação da Polícia Militar do estado de Alagoas.

Nesse sentido, se você possui interesse em realizar este concurso, não deixe de acessar o site da banca organizadora e ficar por dentro de todas as informações pertinentes ao certame.Faça a sua inscrição e prepare-se para o processo de seleção. Boa sorte.

Sirlene Montes

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 24 Média: 3.3]

Concurso oferta 580 vagas para cargos de Praça da Polícia Militar, Oficial da Polícia Militar e para o Corpo de Bombeiros de Pernambuco.

A possibilidade de ingressar na carreira pública atrai uma quantidade cada vez maior de pessoas em virtude de atrativos como, por exemplo, salários adequados, estabilidade profissional e benefícios variados.

Neste sentido, são oferecidas chances de seleções diversas com destaque para a PM PE que publicou um edital de concurso para nível médio cujos detalhes e informações específicas serão apresentadas em seguida neste texto.

Informações gerais sobre PM PE publica edital de concurso para nível médio

O concurso público para a Polícia Militar de Pernambuco está oferecendo um total de 580 vagas com a seguinte divisão:

  • 500 chances para cargo de Praça da Polícia Militar de Pernambuco
  • 60 chances para cargo de Oficial da Polícia Militar de Pernambuco
  • 20 chances para Corpo de Bombeiros de Pernambuco

É importante mencionar que deste montante geral de vagas, um total de 5% serão devidamente destinadas a portadores de deficiências físicas para cumprimento, assim, das exigências legais na atualidade.

As inscrições dos interessados na oportunidade da PM PE publica edital de concurso para nível médio podem ser feitas no período de 10 de junho de 2018 até 16 de julho de 2018 no site da banca organizadora IAUPE (Instituto de Apoio à Fundação Universidade de Pernambuco).

Com relação às remunerações, os policiais militares e oficiais, após a conclusão do curso de formação, receberão valores respectivos de R$2.819,88 e R$8.576,58 aos quais são acrescidos benefícios como assistência médica, vale-transporte, vale-alimentação e outros.

Requisitos para participação no concurso PM PE 2018

Os candidatos interessados em participar da chance relacionada com o fato de que PM PE publica edital de concurso para nível médio devem atender a alguns requisitos básicos como os seguintes:

  • Possuir entre 18 a 29 anos de idade;
  • Ensino médio completo realizado em instituição credenciada pelo Ministério da Educação;
  • Altura mínima de 1,65 metros para os homens e de 1,60 metros para as mulheres;
  • Carteira nacional de habilitação na categoria B.

Assim que os candidatos realizarem a inscrição no site da banca organizadora é preciso efetuar o seu devido pagamento no valor de R$135,00 para o cargo de Praça da PM PE e de R$150,00 para as funções de Oficiais da PM PE.

Etapas da seleção para PM PE publica edital de concurso para nível médio

Com relação ao concurso da PM PE do ano de 2018, serão realizadas no dia 26 de agosto de 2018 provas teóricas de conhecimentos básicos e específicos devidamente discriminados no edital de abertura do certame.

Os resultados quanto à esta primeira etapa serão liberados no dia 12 de setembro de 2018. Neste mesmo momento serão convocados os concorrentes com as melhores colocações para as seguintes etapas:

  • Avaliação médica;
  • Avaliação de aptidões físicas;
  • Avaliação psicológica.

Ao final de todas estas provas, os selecionados dentro do número de vagas indicado farão a partir de março de 2019 um curso de formação cuja responsabilidade de sua execução é da Secretaria de Defesa Social do estado de Pernambuco.

Atuação profissional para PM PE publica edital de concurso para nível médio

A partir da homologação do concurso da Polícia Militar de Pernambuco, esta seleção terá uma validade de dois anos que pode ser, ainda, prorrogada por uma vez para período igual.

Os candidatos aprovados, após sua devida convocação, irão receber um valor de R$1.100,00 na condição de bolsa-auxílio durante o período de realização do curso de formação que irá acontecer na cidade de Recife com previsão de 6 meses para sua finalização adequada.

Conclusão

Assim, é de conhecimento público na atualidade que a PM PE publica edital de concurso para nível médio com diversas vagas estando disponíveis para os interessados em ingressar nesta carreira específica do setor de segurança pública desta localidade do nordeste sendo preciso, para isso, a intensificação nos estudos e dedicação aos objetivos traçados para a desejada aprovação final.

Por Ana Camila Neves Morais

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 48 Média: 3.2]

Oportunidades são para o cargo de Soldado Combatente.

Segundo informes da Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag) do estado de Alagoas, o edital do próximo concurso público da Polícia Militar de Alagoas, do ano de 2018, terá divulgação até o último dia desse mês (31 de maio), com previsão de aplicação dos exames no fim do mês de agosto. A banca definida foi divulgada em uma publicação no Diário Oficial no dia 9 de maio, e a escolhida como organizadora foi o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (CEBRASPE), com quem a Seplag já está formalizando o contrato.

O anúncio da realização deste concurso público ocorreu na data de 4 de janeiro, junto da pretensão de realizar um concurso público também para o CB (Corpo de Bombeiros) do estado. Desde a divulgação da comissão responsável pelo certame, o concurso teve grande avanço, tendo, no último dia 13, a divulgação da data de publicação do edital.

Quer saber mais sobre o concurso da PM/AL? Acompanhe a seguir neste post.

Concurso da PM/AL: último concurso

O último concurso público realizado pela Polícia Militar de Alagoas foi realizado no ano de 2017, disponibilizando cerca de mil vagas para o cargo de Soldado Combatente, sobre a responsabilidade do Centro de Seleção de Promoção de Eventos (Cespe/UnB).

Os requisitos para os candidatos que desejavam ser selecionados para este cargo eram a conclusão do Ensino Médio, ter entre 18 e 30 anos de idade na data de inscrição e medir, no mínimo, 1,60 m de altura (para as mulheres) e 1,65 m de altura (para os homens). O salário inicial previsto para este cargo, após realizado o curso de formação, é no valor de R$ 3.522,88.

O processo seletivo constou com uma prova de 120 questões, de caráter objetivo, que cobravam conhecimentos gerais e específicos, junto da realização de uma redação.

O Concurso PM/AL 2018

Os requisitos necessários para concorrer a uma das vagas que serão ofertadas no concurso público da Polícia Militar de Alagoas, do ano de 2018 são:

  • Ter concluído o Ensino Médio ou equivalente, apresentando certificado de conclusão de curso, válido pela Secretaria da Educação ou órgão relacionado;

  • Possuir entre 18 e 30 anos de idade, quando for realizar a inscrição para o concurso;

  • Estar habilitado para conduzir veículos automotores, no mínimo, na categoria B, ou seja, possuir CNH ou carteira provisória; e

  • Possuir, no mínimo, a altura de 1,65 m para pessoas do sexo masculino e 1,60 m para pessoas do sexo feminino.

Confira a seguir as etapas deste concurso.

O concurso da Polícia Militar do estado de Alagoas é composto por quatro etapas, que são as seguintes:

  • Prova objetiva, de caráter classificatório e eliminatório;

  • Avaliação das condições de saúde;

  • Teste de aptidão física; e

  • Investigação social e comprovação documental.

Concurso PM/AL 2018: atribuições do soldado combatente

Após ser selecionado, o soldado deverá participar de um curso de formação integral e exclusivo, de regime de internato ou semi-internato, além de executar atividades relacionadas às suas funções. Após formado, é responsabilidade deste profissional:

  • Realizar policiamento ostensivo, de modo reservado, velado e fardado;

  • Executar assessoria aos comandantes de guarnição;

  • Ser sentinela das guardas militares;

  • Participar de operações policiais;

  • Auxiliar nos procedimentos administrativos da Polícia Militar; entre outras atribuições.

Todas suas funções devem ser realizadas com obediência à hierarquia e às leis.

Para mais informações sobre o concurso público da Polícia Militar do estado de Alagoas, aguarde a divulgação do edital, que tem previsão de ser liberado no dia 31 de maio. Portanto, fique atento às novidades do portal da CEBRASPE, do Seplag/AL e da própria Polícia Militar de Alagoas.

Felicia Lopes

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 43 Média: 2.6]

Seleção deverá ofertar vagas para Soldado e edital deverá ser publicado nos próximos meses.

O presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa do Paraná, deputado Mauro Moraes, concedeu entrevista declarando que os trâmites para o concurso da Polícia Militar do Paraná estão adiantados.

Segundo o deputado, existe uma defasagem no contingente de soldados. Moraes ressalta que após execução do certame ainda existem prazos legais para contratação efetiva dos novos policiais.

“Temos que considerar que até a contratação efetiva de um soldado passou um período de até dois anos. Nesse período, inclui a realização das provas, trâmites burocráticos e administrativos, bem como o treinamento dos soldados. Não podemos correr o risco dessa diminuição no efetivo. Certamente um contingente baixo acarreta em aumento de criminalidade”, afirma o Presidente da Comissão de Segurança Pública.

No mês de março, o deputado Mauro Moraes já tinha se reunido com o governador do Estado do Paraná, Beto Richa. Ambos tinham acertado que o concurso público para Polícia Militar/PR sairia até o final do mesmo mês.

A expectativa é que o edital possa sair nos próximos meses. O número de vagas que será ofertado está em torno de 4 mil.

Soldado da Polícia Militar/PR. Escolaridade e Requisitos do Concurso.

Para pleitear uma das prováveis quatro mil vagas do concurso público da Polícia Militar do Paraná, (PM-PR) é preciso estar quite com suas obrigações eleitorais e militares.

Também, ter ensino médio completo e possuir entre 18 e 30 anos. Além disso, os candidatos aprovados na prova objetiva da PM-PR passarão por exame físico, testes de aptidão física, exame psicológico e investigação social.

Além desses requisitos, o candidato deve ter idoneidade moral para cumprir as atividades referentes ao cargo de soldado da Polícia Militar e carteira de habilitação “B”.

No caso do exame de aptidão física, é esperada provas de corrida, barra e apoios. Maiores informações de como se preparar para o exame de aptidão físico das polícias militares pode ser conferido nesse link.

Apesar de ser referente a PM-DF, é tradição das corporações de cada estado manterem testes similares, portanto, a preparação para um estado é também válida para os outros.

O que cairá na prova do concurso da PM-PR?

Antes da publicação do edital de 2018 somente podemos nos basear nos editais anteriores, portanto, ainda não está definido qual a estrutura da prova objetiva. Mas, a corporação tem por frequência cobrar conteúdos semelhantes ao último edital publicado.

O último concurso para soldado da PM-PR contou com um total de 40 questões. A prova foi dividida da seguinte forma:

  • 10 questões de Português
  • 7 questões de Matemática
  • 6 questões de História
  • 6 questões de Geografia
  • 5 questões de Informática
  • 3 questões sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente
  • 3 questões de atualidades

Ao todo, no último concurso da Polícia Militar do Paraná foram preenchidas 4445 vagas para o cargo de Soldado PM/PR e 819 para Bombeiros.

Remuneração para o cargo de soldado PM/PR

Atualmente, a Polícia Militar do Paraná conta com um dos maiores salários para o cargo de soldado no país. Segundo informações do portal LoveMondays, um PM soldado recebe um salário de R$ 3.905.

Acrescido a esse valor ainda constam os benefícios de vale-alimentação e vale-transporte. A remuneração cheia para o aprovado nesse concurso poderá chegar próximo aos R$ 5.000.

Resta aguardar a saída do edital e seleção da banca organizadora. Se você pensa em assumir uma das prováveis 4 mil vagas ofertadas no certame da PM/PR pode já começar seus estudos. O concurso público está avançando e o edital sairá em breve!

Lembre-se de se preparar tanto para prova objetiva, como também para o teste de aptidão física. Nos concursos das Polícias, o grande funil da seleção consta exatamente na preparação física.

Ass: Matheus Griebeler

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 10 Média: 3.2]

Polícia Militar de Roraima oferta 400 vagas de emprego em seu novo Concurso Público 2018.

Quem sonha em trabalhar na área policial pode saber aqui sobre uma ótima chance. No dia 1º de maio (terça-feira), a Secretaria da Gestão Estratégica e Administração do estado de Roraima publicou o edital no diário oficial do novo certame da Polícia Militar (PM RR). O documento prevê que sejam contratados 400 servidores para o posto de Soldado Policial. Para concorrer é necessário ter concluído o ensino médio. Saiba outros detalhes na matéria a seguir.

Sobre as fases do concurso da PM de Roraima

Os candidatos serão avaliados nas seguintes etapas da seleção: 1) prova objetiva – que está prevista para ocorrer no período da manhã do dia 19 de agosto (domingo) na capital do estado, Boa Vista; 2) teste de aptidão física (TAF) e exames médicos, odontológicos e toxicológicos; 3) teste psicotécnico; 4) investigação de conduta social e 5) curso de formação policial – que terá carga horária de 6 meses.

Os concorrentes terão 4 horas disponíveis para responderem 80 quesitos sobre as seguintes matérias: legislação extravagante, atualidades, história e geografia de Roraima, português, conhecimentos específicos da polícia militar de Roraima e noções de direito administrativo, penal, constitucional e processual penal.

Nesse período, os candidatos devem ainda preencher o cartão de resposta, pois não será adicionado tempo extra para isso.

No exame de capacidade física, os homens devem realizar corrida de 2,4 km, enquanto que as mulheres devem correr 2,2 km. Além disso, é necessário nadar e realizar flexões de braço, na barra e abdominal.

O curso de formação ocorrerá na academia da Polícia Militar.

Sobre as inscrições do certame da PM de Roraima

Para concorrer a uma das 400 vagas, você deve acessar a página eletrônica cpc.uerr.edu.br/wp-content/uploads/2018/04/EDITAL-PM-2018.pdf a partir do dia 15 de maio (terça-feira), preencher o formulário de cadastro e pagar a taxa no valor de R$ 180. O prazo de inscrição terminará no dia 24 de junho (domingo). Mas lembre-se que o prazo de pagamento do boleto vai até 2 de julho (segunda-feira). Se você doar sangue com regularidade poderá ficar isento de pagar a taxa.

A Universidade Estadual de Roraima (UERR) foi contratada para ser a banca responsável por organizar o concurso público da PM RR. As etapas 1, 2 e 3 serão de responsabilidade da comissão do concurso da UERR, ao passo que a 4 e 5 será provido pela PM.

Sobre as vagas da PM RR

Do total de 400 chances disponíveis para a função de soldado, 60 são reservadas exclusivamente para mulheres. O salário ofertado para tal função é de R$ 4,7 mil. Os municípios nos quais os aprovados serão lotados são: Santa Maria do Boiaçú, Boa Vista, Campos Novos, Vila de Maracá, São Francisco, Alto Alegre, entre outras cidades do estado de Roraima, no total de 6 companhias de polícia no interior e uma unidade administrativa na capital.

Quais são os requisitos?

Os principais requisitos são: possuir escolaridade de nível médio completo, estar em dia com as exigências da justiça eleitoral e com as obrigações militares, nesse último caso, se o candidato for do sexo masculino, ter carteira nacional de habilitação (CNH) de categoria B, possuir entre 18 e 35 anos, na data da posse, estar em pleno gozo dos seus direitos políticos e civis, ser brasileiro e possuir altura mínima de 1,6 m e 1,55 m, respectivamente, se for homem e mulher.

Mais informações sobre o concurso da PM RR

Acesse mais detalhes do concurso público da Polícia Militar de Roraima no endereço eletrônico da UERR (cpc.uerr.edu.br/wp-content/uploads/2018/04/EDITAL-PM-2018.pdf).

O certame será válido por 2 anos a contar de sua homologação. Caso o governo estadual tenha interesse, poderá prorrogá-lo por mais 2 anos, uma única vez.

Por Melisse V.

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 14 Média: 3]

Concurso oferecerá 2 mil vagas de emprego.

Foi anunciado nos últimos dias pela Polícia Militar do Estado de Goiás que já houve a assinatura do contrato entre o Estado e a banca organizadora que fica responsável pelo concurso público que deve disponibilizar aproximadamente 2 mil vagas de emprego.

Não é surpresa entre aqueles que estão acostumados a prestar exames de concursos públicos, com o intuito de conseguir ocupar a vaga de soldado da PM, que fazer parte do quadro de servidores públicos é possível e, para isso, basta apenas possuir graduação, seja em qual área for, não é preciso de qualquer curso específico para desempenhar a função de soldado. Dessa forma, os participantes que alcançarem boas notas no certame e, com isso, por consequência, garantirem a vaga desejada, já podem contar com uma remuneração inicial que pode chegar a no mínimo R$ 1.500.

Nesse sentido, caso as notícias sobre o Concurso Público PM/GO seja do interesse do leitor, que pode ter ficado interessado em participar ou, então, possui o conhecimento de outras pessoas que ambicionam fazer parte dos militares para defender seu território, aqui é o local correto. Por isso é importante não deixar de se atualizar a respeito de novas informações que forem surgindo sobre o certame, já que elas podem ser cruciais, tornando-se uma ponte de conhecimentos e informações entre o futuro militar.

Sendo assim, a partir deste momento, passa a faltar menos tempo para que seja publicado o edital envolvendo o Concurso Público da PM/GO 2018, que deve realizar-se em breve. Isso porque, na segunda-feira, dia 16, foi publicado no Diário Oficial o documento que mostrava o contrato realizado entre a banca organizadora e a PM/GO. Desse modo, a instituição que foi escolhida para fazer acontecer todos os processos realizados por etapas, que constituem o processo de seleção do certame, foi a AOCP, modo como é bastante reconhecida e nomeada por inúmeras pessoas que possuem o costume de realizarem exames de concursos. Contudo, o nome oficial do órgão é Assessoria de Organização em Concursos Públicos.

Mas, sabe-se que para as pessoas que estão por dentro de todos os acontecimentos que se sucederam desde que foi anunciado pelo então governador do Estado que haveria um processo seletivo, a fim de chamar novos profissionais a preencherem os cargos, o nome da banca organizadora não é uma informação nova, uma vez que, em agosto de 2017, a área de programação de desembolso de finanças chegou a realizar essa confirmação.

Todos sabem que ainda não ocorreu a publicação do edital do certame. Por isso, até o momento, ainda não é possível afirmar de forma categórica sobre a quantidade de vagas que devem ser fornecidas, bem como cada uma das funções. No entanto, tomando como base informações que foram disponibilizadas há pouco tempo atrás, afirma-se que o concurso público visa a seleção de aproximadamente 2.000 funcionários. Ainda de acordo com essa fonte, do número total de vagas que vão ser fornecidas, acredita-se que 1920 sejam destinadas para os cargos que ocupam funções de soldados e, por consequência, as demais 80 vagas tem como destino a ocupação de futuros profissionais que almejam dedicar-se e seguir uma carreira na Polícia Militar, desempenhando as funções de cadete.

No ano passado, isto é, mais precisamente no dia 10 de maio, Marconi Perílio, governador do Estado, já havia falado em entrevistas sobre a sua vontade de realizar um concurso público, com a finalidade de admitir novos profissionais para melhorar o serviços de segurança pública do território estadual. Nesse mesmo dia, chegou a afirmar que já havia se reunido com secretários de estado, assim como os chefes de delegacias das mais variadas cidades do Estado, a fim de de decidirem qual seria a melhor medida a ser adotada, a fim de se obter melhorias no atendimento de ocorrências.

Ana Paula Oliveira Coimbra

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 6 Média: 2.2]

Concurso da Polícia Militar de Sergipe oferta 30 vagas de emprego.

Quem sonha em atuar na área policial pode saber nessa matéria sobre uma boa chance de trabalho. No estado de Sergipe, a Polícia Militar (PM SE) publicou no diário oficial do dia 4 de abril (quarta-feira) o edital do seu próximo concurso público. As inscrições encontram-se abertas. Veja outras informações do edital a seguir.

Como devo me cadastrar no processo seletivo da PM de Sergipe?

Quem estiver interessado em participar da seleção da polícia militar do estado de SE deve acessar o endereço eletrônico www.ibfc.org.br/menus/inscricoes_online a fim de realizar o seu cadastro. É necessário clicar em concursos, inscrições abertas e, em seguida, PM SE. Você deve preencher o formulário de inscrição com seus dados pessoais e imprimir o boleto bancário.

O prazo de inscrição já começou desde o dia 9 de abril (segunda-feira) e permanecerá aberto até o dia 8 de maio (terça-feira).

O valor da taxa é de R$ 100. O pagamento pode ser efetuado até o dia 9 de maio (quarta-feira). Quem pode solicitar isenção da taxa: doador de sangue, doador de medula óssea e aqueles com registro no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CAD Único).

A banca contratada pelo governo do estado de Sergipe para realizar o concurso é o Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação (IBFC).

Quais são as vagas oferecidas no edital do certame da PM SE?

O edital prevê a contratação de 300 profissionais para o cargo de soldado da Polícia Militar. O principal requisito para concorrer a essa função é possuir escolaridade de nível médio completo. A remuneração ofertada para esse posto de trabalho é de R$ 3.370,00.

O edital ainda anuncia a oferta de 30 oportunidades para o cargo de Oficial Combatente, que exige formação de nível superior em ciências jurídicas. O salário inicial para essa carreira é de R$ 9.236,39.

Confira as demais exigências: ter no mínimo 18 anos de idade, ser brasileiro, estar em dia com as obrigações eleitorais, estar em pleno gozo dos direitos políticos, estar em dia com as obrigações militares, para candidatos do sexo masculino, possuir carteira nacional de habilitação (CNH) de categoria B, possuir altura mínima de 1,65 m para homens e 1,60 m para mulheres, ser considerado apto mental e fisicamente.

Há chances para pessoas que se autodeclaram afrodescendentes.

Dentre as principais responsabilidades do oficial da PM estão: comandar o pelotão, gerenciar recursos, participar do planejamento, promover estudos técnicos, entre outras atividades.

Quem for contratado como soldado da polícia terá como atribuição: fazer policiamento ostensivo, atender ocorrências policiais, redigir boletins de ocorrências, entre outras tarefas.

Sobre as etapas do processo seletivo da Polícia Militar do Sergipe

Os candidatos serão avaliados nas seguintes etapas: 1) prova objetiva; 2) prova discursiva – apenas para o cargo de oficial combatente; 3) teste de aptidão física; 4) avaliação psicológica; 5) avaliação de conduta social.

A data prevista para aplicação da prova de múltipla escolha é em 1º de julho (domingo) e ocorrerá na capital do estado, Aracaju. Os concorrentes terão 4 horas disponíveis a fim de responderem os quesitos e ainda preencherem o cartão de respostas, pois não haverá tempo adicional para essa marcação.

As disciplinas cobradas para a função de oficial são: direito penal militar, administrativo, constitucional, processual militar, direito penal, processual penal, legislação extravagante e institucional.

No exame físico, os candidatos farão teste de natação, corrida e flexão.

Os critérios de análise da prova dissertativa são: coerência, coesão, adequação à estrutura, argumentação, acentuação e ortografia e morfossintaxe.

Mais informações sobre o concurso da PM SE

Veja outros detalhes do certame da polícia militar do estado de Sergipe previstos no edital no site do IBFC www.ibfc.org.br/menus/inscricoes_online.

O concurso terá validade de 2 anos a partir de sua homologação.

Por Melisse V.

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 4 Média: 3]

Concurso da Polícia Militar de Goiás de 2018 deverá ser realizado em breve e contará com 2 mil vagas abertas.

O edital para o novo concurso da Polícia Militar de Goiás deve ser publicado ainda no primeiro semestre de 2018. Os salários chegam a até R$ 5,4 mil. Ainda que o contrato entre a instituição organizadora do concurso e a Polícia Militar do Estado de Goiás não tenha sido assinado, tudo indica que essa etapa acontecerá em breve. A Assessoria em Organização de Concursos Públicos, conhecida como AOCP, foi divulgada no dia 16 de abril como a responsável pelo novo concurso da PM GO.

Diversos detalhes do processo já estão em andamento e a previsão é que o concurso aconteça em outubro, e o edital seja publicado nos próximos meses.

Segundo o Diário Oficial, o processo seletivo terá como objetivo fornecer profissionais para o preenchimento de 2 mil vagas na PM GO, sendo 1.920 para o cargo de Soldado 3ª Classe e as 80 vagas restantes para o cargo de Cadete.

Concurso PM GO

O último concurso da Polícia Militar GO aconteceu em 2016, com 2.500 vagas ao todo. Os vencimentos eram de até R$ 1.500 para Soldado e R$ 5.401,43 para Cadete, ambas as funções com jornadas de trabalho de 42 horas por semana. A taxa de inscrição foi de R$ 110 para Soldado e R$ 140 para Cadete. Ao que tudo indica, os valores serão semelhantes esse ano. Os dois cargos terão vagas tanto para o sexo masculino quanto feminino.

Para tomar posse do cargo é necessário ter diploma de nível superior, possuir no mínimo 18 anos e máximo 30 anos de idade para Soldado, e máximo de 29 anos para Cadete. Também é preciso possuir a estatura mínima exigida para cada sexo, apresentar CNH (Carteira Nacional de Habilitação) ou permissão para dirigir na categoria B e ser devidamente aprovado em todas as fases do certame. No caso dos futuros Soldados, é exigida a conclusão do curso superior em qualquer área. Por outro lado, os candidatos a Cadete deverão possuir diploma de Bacharel em Direito.

Seleção

A seleção dos futuros policiais acontecerá em quatro fases, sendo elas: Prova objetiva e discursiva (eliminatória e classificatória); TAF – Teste de avaliação física (eliminatório); Avaliação médica e psicológica (eliminatória); Investigação social e Avaliação da vida pregressa (eliminatória).

Os candidatos ao cargo de Soldado serão avaliados por provas contendo conhecimentos gerais sobre Língua Portuguesa, História, Geografia, Realidade política, étnica, cultural e econômica de Goiás, além de conhecimentos específicos sobre Noções de Direito Administrativo, Penal Militar, Constitucional, Penal, Processual Penal e Legislação Extravagante.

Os candidatos a Cadete realizarão provas sobre os conhecimentos específicos já listados acima e conhecimentos específicos sobre Direito Processual Penal Militar, Administrativo, Constitucional, Penal, Penal Militar e Processual Penal, além de Legislação Extravagante.

Inscrições

Antes de se inscrever é importante o candidato ler o edital com muita atenção, e verificar se preenche todos os requisitos para a posse do cargo. As inscrições devem ser realizadas online, no site da instituição administradora do concurso, no período determinado no edital. No momento da inscrição o concorrente deverá especificar o cargo pretendido e escolher o CRPM, que vai determinar o local onde as provas objetivas discursivas ocorrerão, assim como o curso de formação. As demais fases do concurso, como TAF e avaliações médicas acontecerão na cidade de Goiânia.

Na última edição do certame PM GO, todas as etapas relacionadas ao cargo de Cadete aconteceram somente em Goiânia.

No concurso PM GO de 2016 somente os candidatos que comprovaram baixa renda e insuficiência financeira puderam solicitar a isenção da taxa de inscrição. Fora esses casos, não houve isenção parcial ou total da taxa.

Este concurso não contará com vagas para portadores de deficiência devido às inaptidões para realizar as funções dos cargos.

Todas as informações oficiais do concurso PM GO serão futuramente publicadas no Diário Oficial e no site da AOCP.

Por Fabio Santos

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 16 Média: 3.4]

Edital deverá ser divulgado em breve.

Se você é do Mato Grosso do Sul e está aguardando por notícias sobre um possível novo concurso público do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar, as novidades que acabam de chegar com certeza irão lhe agradar. É que a empresa que ficará encarregada de organizar os concursos já foi definida e em breve já estarão disponíveis os editais de abertura com todas as informações sobre os certames.

A notícia foi divulgada por meio da publicação no Diário Oficial da União do nome da empresa organizadora. A publicação aconteceu no dia 28 do mês de março, última quarta-feira e de acordo com o documento trata-se da Fundação de Apoio à Pesquisa, ao Ensino e à Cultura do Mato Grosso do Sul, a conhecida Fapems.

Diante disso, o próximo passo no andamento da organização dos concursos é a publicação dos editais, que está sendo aguardado para os próximos dias.

No mês de fevereiro Reinaldo Azambuja, governador do estado, em um pronunciamento, afirmou que provavelmente no mês de março os editais seriam publicados.

Contudo, isso não aconteceu, tendo o mês de março já se encerrado, o que faz com que as expectativas sejam para a publicação dos documentos no mês de abril.

Embora ainda não tenhamos acesso aos editais com as informações sobre os concursos, algumas informações já foram confirmadas. Dentre elas está o número de vagas a ser disponibilizados.

Dessa forma serão oferecidas um total de 650 vagas para a Polícia Militar e 200 para o Corpo de Bombeiros. Sendo que haverá oportunidades para pessoas com formação de nível médio e de nível superior.

Para quem possui interesse em fazer parte da Corporação da Polícia Militar, do total de vagas disponíveis, 388 são para a carreira de soldado e 50 são para o Curso de Formação de Oficiais, para a área de saúde.

Já quem deseja ser um membro do Corpo de Bombeiros, 153 vagas são para a carreira de soldado, 23 são para o Curso de Formação de Oficiais, 12 são para a carreira de Oficial de Saúde e 12 para o quadro de oficiais especialistas.

Como se trata de dois concursos, para corporações da PM e dos Bombeiros, duas comissões foram formadas com membros das respectivas corporações.

Dessa forma, para concorrer a uma vaga no cargo de soldado, tanto da Polícia Militar quanto do Corpo de Bombeiros, os interessados precisam possuir ensino médio completo. Já quem deseja ser um oficial precisa ser graduado em curso de nível superior na área de direito. Para a carreira de oficial especialista os candidatos precisam possuir formação de nível superior em algumas áreas específicas, a serem divulgadas no edital, inclusive para graduados em Medicina.

É uma exigência que os candidatos aos cargos de soldado possuam idade mínima de 18 anos e máxima de 30 anos completos. Já para a carreira de oficial da área de saúde e outras especialidades o candidato precisa possuir idade mínima de 18 anos e máxima de 34 anos completos.

Quem já faz parte de uma das corporações, seja da PM ou do Corpo de Bombeiros, não precisa corresponder a idade exigida, contudo, para concorrer a uma das vagas será necessário que o membro possua 20 anos de corporação, tempo este máximo.

Outra informação sobre o concurso já confirmada é que o processo de seleção se dará por meio de etapas, sendo um total de 6. Dentre elas estão:

– Realização de provas de conhecimentos/ gerais e específicos;

– Exame de aptidão mental/ psicotécnico;

– Exames de saúde;

– Exames de aptidão física;

– Investigação social;

– Análise de títulos ( para o cargo de oficiais de saúde e outras especialidades).

Nesse sentido, se você possui interesse em realizar um dos concursos, fique atento à publicação dos editais, que está prevista para o mês de abril.

Sirlene Montes

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 16 Média: 2.9]

Novo concurso deverá ofertar em torno de 1 mil vagas para o cargo de Soldado.

Neste início de ano diversos concursos estão sendo oficializados e publicados, entre eles está o novo processo seletivo promovido no Estado da Paraíba, para cargos no órgão da Polícia Militar do Estado. Trata-se do Concurso da PM-PB de 2018, o qual já foi anunciado por meio de edital, ofertando 1.000 vagas. Oportunidade ímpar.

De acordo com a imprensa local, o anúncio oficial foi emitido pelo governador do Estado da Paraíba, o qual sancionou e garantiu a publicação deste edital, oficializado ainda neste mesmo mês de março, promovendo diversas oportunidades para o cargo de soldado. O órgão da Polícia Militar da Paraíba, PM-PB, estará sendo suplementado com novo reforço de colaboradores, devido à urgência de segurança. Por conseguinte, foi anunciando o edital deste novo certame público, programado para realização em data que em breve será divulgada. O projeto prevê em torno de 1.000 vagas para a carreira de Soldado. Esta é uma das melhores oportunidades para conquistar uma longa estabilidade empregatícia.

O dado informativo foi lançado ao público no dia 05 de março, segunda-feira, por meio do programa oficial intitulado: Fala Governador. O mesmo líder do poder Executivo demonstrou que este edital está agendado para, no máximo, edição definitiva até o dia 23 de março. O objetivo está na meta a ser alcançada de estabelecer uma convocação imediata de, pelo menos, 500 candidatos aprovados para este ano de 2018. A segunda metade das vagas à disposição está programada para nomeação e preenchimento no ano de 2019.

As condições e os critérios que viabilizam a concorrência para os cargos ofertados são as seguintes: possuir a devida formação em nível médio, completa, preencher o pré-requisito com relação à altura, no caso, 1,60 metros para candidatos do sexo feminino e 1,65 metros para candidatos do sexo masculino e idades entre 18 e 30 anos. O procedimento de seleção de todos os candidatos aprovados se dará por meio de testes intelectuais, testes psicológicos, exames rigorosos de saúde, teste de aptidão física e a devida investigação social.

Portanto, todos os candidatos aprovados serão matriculados e encaminhados ao Curso de Formação, sendo que ao longo do mesmo receberão a chamada bolsa auxílio dentro do valor de um salário mínimo. Assim que o programa de formação profissional for concluído os novos servidores receberão vencimentos no valor de R$ 2.548,16, sem mencionar todas as gratificações e o direito a adicional devido à quantidade de plantões exercidos, como hora extra, que chegam ao valor de R$ 1.025,46.

Conforme o mesmo governador do Estado da Paraíba, a realização deste novo concurso público possui a meta de integrar todas as ações de melhoria na Segurança Pública daquele Estado. Na Paraíba, a taxa de homicídios tem sido diminuída significativamente ao longo de seis anos ininterruptos. Com essa meta foi possível acumular até 28% de redução dentro dos chamados Crimes Violentos e Letais Intencionais, CVLI.

De acordo com as informações angariadas sobre o histórico do processo seletivo anterior, o mesmo foi realizado pelo próprio órgão da PM da Paraíba, no ano de 2014, sendo que, na ocasião, o número de vagas que foram então disponibilizadas chegou a 520. Naquele evento a banca organizadora estava sob a responsabilidade do Instituto Brasileiro de Formação e Capacitação, o IBFC. O teste classificatório e eliminatório consistiu em provas de caráter intelectual, as quais versaram sobre os seguintes conteúdos:

– Exercícios e questões em Língua Portuguesa; questões sobre Raciocínio Lógico; questões sobre História e sobre a Geografia peculiar da Paraíba; questões sobre as Noções de Direito e noções Sociologia.

Por Paulo Henrique dos Santos

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 22 Média: 2.6]

Certame ofertará 450 vagas para diferentes cargos.

Quem reside no estado do Mato Grosso do Sul e se encontra na expectativa pela abertura de um novo concurso público da Polícia Militar, as notícias que acabam de chegar são bastante favoráveis. É que o governo do estado anunciou que em breve estará disponível o edital de abertura de um novo concurso. Continue lendo este artigo e saiba tudo sobre essa excelente oportunidade que se abre para você.

É isso mesmo, quem mora no Mato Grosso do Sul que gostaria de se tornar um membro da Polícia Militar do estado, a sua chance está bem próxima de chegar, pois em anúncio oficial, Rose Modesto, que é vice-governadora do estado disse que em breve será lançado o edital de um novo concurso para a seleção de novos servidores da PM MS.

De acordo com as primeiras informações sobre o certame, serão disponibilizadas para a concorrência um total de 450 vagas, que serão distribuídas em duas das corporações que atuam no estado.

A organização do certame já vem avançando, pois as comissões que ficarão encarregadas de sua organização já foram formadas.

A realização deste concurso já havia recebido autorização do governador do estado, Reinaldo Azambuja desde o mês de dezembro de 2017, quando foi oficialmente anunciado em um evento que comemorava os 182 anos da Polícia Militar do estado.

Existe certa pressa na realização deste concurso, uma vez que a PM MS possui um grande déficit de profissionais em seu quadro, que se encontra em torno de 42%, o que não atende uma Lei Complementar do ano de 2015 em que é previsto um ideal de 9.458 servidores. A PM do Mato Grosso do Sul atua hoje com um total de 5,9 mil profissionais, que atendem uma população de 2,7 milhões de pessoas, número este que está muito abaixo do necessário.

Desse modo, o edital deste concurso terá como organizadoras a Secretaria de Administração e Desburocratização e a Secretaria de Justiça e Segurança Pública, com uma parceria com o Comando que pertence à Polícia Militar.

Desde o mês de setembro do ano passado uma banca para organização do concurso já havia sido formada, tanto que em dezembro o governador já havia dado autorização para a sua realização.

Inicialmente, a previsão era de que fossem ofertadas na concorrência 500 vagas, contudo por uma questão de orçamento foram liberadas para este ano de 2018 apenas 450 oportunidades. Desse total de vagas, 50 são para o posto de oficial combatente, 288 são para o posto de soldado e 12 são para o posto de oficial de saúde.

O próximo passo é a publicação do edital de abertura, onde estarão descritas todas as informações necessárias aos interessados, como requisitos, conteúdos a serem cobrados, validade, entre outras informações.

Ainda não se pode afirmar com precisão, mas geralmente os concursos para a Polícia Militar em geral possuem alguns pré-requisitos que devem ser observados pelos interessados. Por exemplo, é necessário que o candidato possua nacionalidade brasileira, tenha idade mínima de 18 anos de máxima de 24; tenha altura mínima de 1,65 m para os candidatos homens e 1,60 m para candidatas mulheres; tenha CNH no mínimo de categoria “B”, entre outros requisitos.

Os aprovados em todas as etapas do processo de seleção devem realizar um curso de formação, estando assim na condição de aluno-soldado, neste período de formação eles devem receber uma bolsa-auxílio no valor de R$ 1.540,95. Quando o curso for concluído esta remuneração sobe para R$ 3.325,00. Já quem se inscrever para o posto de oficial, frequentará o curso na condição de aluno-oficial, de modo que seu salário é de R$ 3.303,33, que após a realização do curso passa para R$ 7.021,63.

Nesse sentido, se você possui interesse em realizar este concurso da Polícia Militar do Mato Grosso do Sul, esteja atento a novas informações e à publicação do edital que deve acontecer em breve.

Por Ana Paula

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 13 Média: 3.1]

Seleção deverá oferecer 4.000 vagas para soldado. Edital pode ser publicado em março.

No Estado do Paraná mais um concurso público está prestes a ser oficializado. Trata-se do certame da corporação da PM-PR, cujo processo de formalização está em andamento, para que logo possa ser realizado o novo concurso, neste mesmo ano. É um processo seletivo que estava sendo aguardado há algum tempo, configurando, agora, uma expectativa de que este próximo concurso da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros disponha de um número de 4.000 vagas para o cargo de soldado.

A razão de este ser um dos concursos públicos mais esperados está na quantidade de vagas acumuladas. A corporação da Polícia Militar e a do Corpo de Bombeiros do Estado do Paraná abrirá, em breve, o novo processo de seleção, já que a demanda e a urgência de preenchimento de vagas é razoavelmente grande. Calcula-se que será em torno de 4.000 vagas ofertadas, o que é animador para os estudantes e profissionais dedicados aos concursos. São cargos e carreiras que aguardam preenchimento, devido ao baixo contingente.

De acordo com informações angariadas da presidência da Comissão de Segurança Pública pertencente à Assembleia, em reunião com o governo do Paraná, é provável que este processo de seleção seja publicado oficialmente até o fim do mês de março de 2018.

Em conformidade com a mesma comissão é necessário acelerar o processo, no sentido de buscar realizar as provas do certame ainda neste mesmo semestre, já que devido aos procedimentos extremamente burocráticos e administrativos, os aprovados nos testes poderão levar até dois anos para serem contratados efetivamente, além do necessário Curso de Formação de Soldados. Portanto, as próximas baixas dentro da corporação da PM do Paraná poderão não ser supridas em menos de dois anos, logo, essa situação contém o risco de chegar a uma alarmante redução do número de policiais na corporação, aumentando, com isso, o número de crimes. Não se pode permitir que a segurança pública deixe baixar a guarda.

Assim, o documento oficial está em trâmite para a futura liberação da contratação da banca que será responsável pela organização do certame. Para isso, será preciso a autorização de licitação. Existe urgência de que nos próximos dias ou semanas a banca organizadora esteja já determinada e liberada a sua autorização. Esse será o toque final, sendo que depois disso o edital do concurso público para cargo de soldado na PM-PR 2018 não tardará a ser publicado definitivamente.

Com relação aos pré-requisitos, os interessados em concorrer à carreira de soldado estão obrigados a apresentar diploma de ensino médio completo; estar na idade entre 18 e 30 anos; possuir a capacidade física; a sanidade física; possuir idoneidade moral; estar quite com os demais serviços militares e os serviços eleitorais, além de possuir carteira de habilitação nacional, dentro da categoria B. Estes são os requisitos básicos.

Será realizada uma triagem para todos os que pleitearem este posto de trabalho, que oferece carreira. Este processo será realizado em conformidade com as seguintes etapas: iniciando com um exame intelectual; passando, em seguida, para os exames em cima da capacidade física; seguindo com exame que verifica sanidade física; exames e avaliação psicológica dos concursados, finalizando com a devida investigação social.

De acordo com informações conquistadas sobre o anterior processo seletivo da PM do Estado do Paraná, ocorrido no ano de 2012, o mesmo contou, oficialmente, com 4.445 vagas para o posto de soldado e mais 819 vagas para o posto de bombeiro militar. A prova objetiva consistiu em um caderno contendo 40 questões com múltipla escolha, das quais, dez versaram sobre língua portuguesa; sete versaram sobre matemática; seis questões sobre história; seis questões sobre geografia; cinco questões versando sobre informática; três questões em cima do Estatuto da Criança e do Adolescente e mais três questões sobre atualidades.

Paulo Henrique dos Santos

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 88 Média: 3]

Certame deverá ofertar 330 vagas.

Se você reside no estado de Sergipe e aguarda por uma oportunidade de realizar um concurso público, as notícias que chegam são bastante animadoras. É que acaba de ser anunciado um novo concurso público da Polícia Militar do Estado. Continue lendo este artigo e saiba tudo sobre o certame.

É isso mesmo, a Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão do estado de Sergipe torna público a realização de mais um concurso público da PM -SE. O governador do estado, Jackson Barreto, assinou o documento que autoriza a realização do novo certame no dia 29 do mês de dezembro do ano passado.

De acordo com o documento, serão disponibilizadas para a concorrência o total de 330 vagas.

Assim, logo que o concurso recebeu autorização por parte do governo estadual, o próximo passo para sua organização foi eleger os membros da comissão que se tornará responsável pela sua organização. Desse modo, no dia 05 do mês de janeiro a Seplag-SE publicou oficialmente os nomes dos membros da comissão organizadora do Certame.

A comissão do certame tem como presidente o servidor Sidney Rocha da Silva e como demais membros temos a coronel Rita da Cássia dos Santos, Natália Maciel Lessa e o tenente coronel Silvio Aragão.

Como a comissão já está formada e oficialmente publicada, cabe a ela como um próximo passo definir qual será a empresa que será contratada para organizar e executar o concurso. Essa contratação está prevista para ser realizada nas semanas seguintes. Feito isto tudo estará em conformidade para que o edital de abertura seja publicado e nele os interessados possam encontrar todas as informações sobre o certame, inclusive o período para realização das inscrições.

Se tudo seguir conforme o planejado, a publicação do edital, assim como a realização das inscrições, estarão disponíveis ainda neste primeiro semestre do ano de 2018.

De acordo com as informações mais recentes sobre o certame da Polícia Militar de Sergipe, serão disponibilizadas para a concorrência o total e 330 oportunidades, sendo que desse total 300 são para a função de soldado e 30 são para a função de oficial.

Quem estiver interessado em concorrer a uma vaga no cargo de soldado da Polícia Militar deve possuir formação de nível médio completa, idade mínima de 18 anos e máxima de 35. Além disso, o candidato precisa possuir CNH entre as categorias “B”, “C”, “D” ou categoria “E”. Outro requisito importante é a altura mínima do candidato, que deve ser de 1,65 m para candidatos do sexo masculino e 1,60m para candidatos do sexo feminino.

Um soldado da Polícia Militar recebe inicialmente uma remuneração no valor de R$ 2.705,70.

Já quem estiver interessado em concorrer a uma vaga no posto de Oficial da Polícia Militar deve possuir graduação em Direito, ter idade mínima de 18 anos e máxima de 35 anos. Também é necessário possuir CNH em qualquer categoria acima de “B”, além da altura mínima de 1,65m para candidatos homens e de 1,60m para candidatas mulheres.

Este concurso estava sendo aguardado desde o mês de setembro do ano passado, quando foi anunciado pelo governador do estado em um evento realizado para a promoção de mais de 200 agentes da Polícia Militar.

O último concurso público para o cargo de Soldado no estado aconteceu no ano de 2014. Na época foram disponibilizadas 600 vagas, sendo que desse total 540 eram para homens e o restante (60) para mulheres.

Nesse sentido, se você possui interesse em realizar este concurso, esteja atento à publicação do edital de abertura que está previsto para as próximas semanas. Desse modo, não perca essa oportunidade de fazer parte da Polícia Militar do estado de Sergipe.

Sirlene Montes

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 16 Média: 2.6]

Oportunidades serão para o cargo de Soldado da PM de 2ª Classe.

No Estado de São Paulo outro importante concurso está prestes a ser oficializado. Trata-se do Concurso PM/SP. De acordo com informações do próprio departamento, a banca organizadora está sendo determinada. Este certame está oferecendo vagas para homens e mulheres, sendo obrigatório possuir nível médio completo. Todo concurso público promovido pela Polícia Militar de São Paulo, PM/SP, está entre os mais concorridos, devido à estabilidade e carreira.

O próprio órgão da Polícia Civil de São Paulo está em processo de análise da banca, que estará encarregada de organizar este novo concurso público, o qual abrirá em torno de 2.700 vagas destinadas ao cargo de soldado da PM de 2ª classe. Conforme as informações da Divisão de Seleção e de Alistamento, existe a probabilidade de que a escolha da banca finalize nas semanas vindouras, sendo que a publicação do edital depende desse passo, o que deve ocorrer neste mesmo semestre.

Para atingir a carreira de soldado no processo seletivo da PM de São Paulo de 2018, é necessário certificado que comprove a conclusão em ensino médio; outro pré-requisito é possuir altura mínima de 1,60m com relação aos candidatos do sexo masculino e altura mínima de 1,55m para candidatos do sexo feminino; é preciso estar com idade entre 17 e 30 anos e possuir carteira de habilitação em categorias que vão de “B” a “E”.

Com relação à remuneração, o valor vigente para o cargo de soldado da PM em 2ª classe é equivalente a 3.034,05 reais, pois o valor das parcelas que constituem o mesmo estão em torno de 1.178,88 reais, conforme o padrão, além de 1.178,88 reais para cargo de Regime Especial de Trabalho Policial, RETP, e mais 676,29 de abono insalubridade.

No dia 27 de novembro de 2017, o governo de São Paulo assinou a autorização para a realização deste novo processo seletivo público da PM, que visa ao preenchimento de um total de 5.400 vagas. As duas oportunidades estarão descritas nos dois editais, ambas com igual número de vagas, ou seja, 2.700 postos de trabalho. A primeira turma está programada para iniciar as atividades profissionais no mês de maio de 2019. Portanto, todos os preparativos para a finalização do edital iniciaram-se. No que tange ao segundo edital, o mesmo necessita de um cronograma, porém, ainda está em processo de elaboração, já que há necessidade de se formar mais uma turma de profissionais, programada para iniciar as atividades no mês de janeiro de 2020.

De acordo com informações angariadas da corporação, as atribuições do cargo de soldado da PM em 2ª classe são os seguintes: realização de ostensivo policiamento e preservação da ordem pública, que abrange o uso da repressão imediata sobre infrações penais e ou administrativas ocorridas, com a devida aplicação da lei, que agirá em suas várias modalidades em forma de policiamento, nas quais o profissional estará primando pela defesa da vida, defesa da integridade física e na defesa da dignidade de toda pessoa humana, agindo de pleno acordo com todos os princípios doutrinários estabelecidos na polícia comunitária, em conformidade com os direitos humanos, garantindo uma gestão de qualidade, agindo por meio de qualificação conferida pelo aproveitamento de curso superior na área de técnico de polícia ostensiva e na preservação integral da ordem pública, já que a formação em questão se destina, dentro da consistência teórica e prática, aperfeiçoar o profissional atuante em cargo inicial dentro do quadro de praças da Polícia Militar do Estado de São Paulo.

Em geral, o padrão de provas realizados neste tipo de concurso público se realiza conforme o seguinte: provas objetivas com questões de múltipla escolha, constando de 12 questões sobre matemática; dez sobre conhecimentos gerais; cinco questões versando sobre noções básicas de informática e mais cinco questões em cima de noções de administração pública. Além disso, há uma prova dissertativa, redação, que consiste na produção de texto conciso e na norma culta da língua portuguesa.

A outra fase de testes consiste em exames de aptidão física e nos devidos exames de saúde; testes psicológicos; análise de histórico de conduta social, da reputação do candidato e de sua idoneidade, junto de seus documentos.

Paulo Henrique dos Santos

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 97 Média: 3]

Certame conta com 2.024 vagas.

Por meio da publicação dos editais oficiais de abertura 21/DGP/2018 e 22/DGP/2018, tivemos o início oficial do concurso público da Polícia Militar do Distrito Federal. Com a organização do Instituto IADES, o certame tem como principal objetivo o preenchimento de 2.024 vagas para ingresso no Curso de Formação de Praças, sendo que após a conclusão do curso aprovado terá o título de graduação de Soldado Policial Militar do Quadro de Praças Policiais Militares Combatentes (QPPMC), que reserva 2.000 vagas, Especialistas Músicos ou Especialistas Corneteiros, que juntos contam com 24 vagas. Confira mais detalhes sobre este concurso público na continuação desta matéria.

Vale destacar que, em relação ao número total de vagas, apenas 500 delas serão destinadas ao preenchimento imediato, no caso das vagas para o QPPMC. Sendo assim, 450 vagas para candidatos do sexo masculino e 50 do sexo feminino devem ser preenchidas imediatamente. As demais 1.500 vagas são para formação de cadastrado de reserva, sendo 1.350 para o sexo masculino e outras 150 vagas para candidatos do sexo feminino.

Já em relação às vagas para Especialistas Músicos e Corneteiros, são 24 vagas no total. Todas as vagas são para preenchimento imediato, neste caso.

Um detalhe muito importante é que este certame é destinado a pessoas com nível superior completo, não importando a área de formação. Além disso, os candidatos também deverão atender os seguintes pré-requisitos: possuir Carteira Nacional de Habilitação (CNH), sendo que a categoria mínima aceitável é a “B”; altura mínima de 1,65m (sexo masculino) e 1,60m (sexo feminino); ter idade entre 18 e 30 anos até, no máximo, a data de inscrição.

Durante o Curso de Formação de Praças, o aluno irá ocupar o cargo de Soldado 2ª Classe, cuja remuneração inicial é de R$ 4.119,22 mais o auxílio alimentação no valor de R$ 850,00, o que contabiliza uma remuneração total de R$ 4.969,22. Uma vez concluído o CFP, a remuneração passa a ser de R$ 5.245,41 mais o auxílio alimentação no valor de R$ 850,00 e o cargo exercido é o de Soldado Policial Militar do Quadro de Praças Policiais Militares Combatentes ou Especialista Músico ou Especialista Corneteiro.

Inscrição

O período de inscrições terá início em 25 de fevereiro e seu término está previsto para o dia 04 de abril de 2018, no caso de candidatos interessados no Quadro de Praças Policiais Militares Combatentes. A taxa de inscrição para esta categoria é de R$ 88,00. A inscrição em si deverá ser efetuada por meio exclusivo da internet. Portanto, os candidatos interessados devem acessar o site oficial do Instituto IADES por meio do link www.iades.com.br/inscricao/ProcessoSeletivo.aspx?id=74e25ade.

Quanto aos cargos para o Quadro de Praças Especialistas Músicos e Corneteiros, o período de inscrição se dará de 25 de fevereiro a 26 de março de 2018, segundo consta no edital oficial de abertura. A inscrição, neste caso, também deve ser feita por da internet. Basta que o interessado acesse o site oficial do Instituto IADES na página do edital para essas vagas: www.iades.com.br/inscricao/ProcessoSeletivo.aspx?id=74e25add. A taxa de inscrição é de R$ 88,00 para todos os cargos.

Processo Seletivo

O processo seletivo para o QPPMC se dará através da realização de cinco etapas distintas. Confira aqui quais são as etapas: provas objetiva e discursiva, de caráter eliminatório e classificatório, corresponde a primeira etapa; a segunda etapa é composta pelo teste de aptidão física (caráter eliminatório); avaliação médica, de caráter eliminatório, corresponde a terceira etapa; na quarta etapa será feita a avaliação psicológica, caráter eliminatório; por fim, investigação social também de caráter eliminatório. A expectativa é de que as provas objetivas e discursiva/s sejam aplicadas em 06 de maio de 2018, com locais e horários ainda a serem confirmados.

Em relação ao Quadro de praças Especialistas Músicos e Corneteiros, o processo seletivo é bastante similar. Além das etapas já citadas acima, os candidatos neste edital também serão submetidos a: prova prática instrumental (de caráter eliminatório) e prova de títulos, de caráter classificatório.

Os dois editais podem ser encontrados através do portal oficial do Instituto IADES, através do link.

Por Bruno Henrique

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 19 Média: 3.2]

Certame deverá contar com 500 vagas.

No ano de 2017 foram realizados centenas de concursos públicos pelos mais diferentes municípios e estados brasileiros. Foram oferecidas milhares de vagas para diversas formações, desde o nível fundamental ao nível médio. Com isso, muitas pessoas puderam ocupar cargos públicos e deixaram a fila do desemprego. Para este ano, a expectativa é que se tenha ainda mais processos seletivos como este. Consequentemente mais empregos vão ser gerados e esse fato ajuda e muito na economia do Brasil. E um dos concursos públicos que promete ser um dos maiores dos últimos tempos, é o que está sendo organizado pela Polícia Militar do estado do Pernambuco. O certame ainda está em fase inicial. Mas, confira agora o que já foi divulgado e também outras informações.

Alguns órgãos como a Polícia costumam ter os concursos públicos mais disputados. Visto que, seja a Polícia Militar, a Civil, a Federal, Rodoviária, Florestal, entre outras, oferecem muitos benefícios para os candidatos que conseguem a aprovação. Ainda hoje, é muito vantajoso ser um militar no Brasil. Pois se consegue uma boa estabilidade financeira e também se tem expectativas reais de se conseguir crescer dentro da corporação e conseguir cargos cada vez mais altos, se esse for o desejo do militar. E além disso, ao se aposentar o militar também terá um bom valor como salário. O último concurso público da Polícia Militar do estado do Pernambuco aconteceu no ano de 2016. Na ocasião foram oferecidas cerca de 1500 vagas apenas para a função de soldado. Milhares de candidatos se inscreveram e obviamente os melhores colocados foram inseridos na corporação. A remuneração na época era de R$ 3.000,00 reais. A validade do concurso era de dois anos, devido a isso, se faz necessário um novo processo admissional.

Como dito acima, o novo concurso da PM/ PE ainda está em sua fase inicial. Dessa forma, não se tem informações totalmente confirmadas e alguns detalhes podem ser alterados. Mas, na grande maioria das questões, este tipo de processo seletivo costuma seguir um certo tipo de padrão. Para a edição de 2018, vão ser oferecidas cerca de 500 vagas.para a função de soldado. Como nos certames anteriores, os interessados precisam atender a algumas normas para poderem se candidatar. Dessa forma, eles precisam: ter a nacionalidade brasileira; precisam ser maiores de idade; tanto para o sexo masculino quanto para o sexo feminino os interessados precisam ter mais de 1,60 m; necessitam também possuir um exemplar da Carteira Nacional de Habilitação (CNH) para a categoria B, ou seja, de carro; ter bons antecedentes criminais; comprovar estar em gozo de boa saúde mental e corporal para preencher uma das vagas; passar em todas as etapas do processo seletivo; não ter nenhum tipo de pendência judicial ou eleitoral; participar e ser aprovado no curso de formação para oficial, dentre outros.

A expectativa é que o edital seja publicado nos próximos meses. Quando esse documento for publicado, os candidatos vão ter acesso a dados, como: dia, local e horário das provas; remuneração e benefícios para o cargo de soldado; validade do concurso; conteúdos da prova; banca organizadora, dentre outros. Por isso é de extrema importância que os interessados visitem diariamente o site da Polícia Militar do estado do Pernambuco: http://www.pm.pe.gov.br/web/pmpe. Pois é neste endereço que as informações vão ser divulgadas. Bom, é bem provável que a PM/ PE siga nesse novo concurso público as mesmas etapas de seleção do anterior. Dessa forma, os candidatos devem ser avaliados de acordo com as seguintes etapas: avaliações de múltipla escolha, testes físicos, provas médicas e psicológicas e análise social. E também eles passaram pelo curso de firmação para militares. Cada etapa teve o caráter classificatório e eliminatório. Se prepare e boa sorte!

Isabela Castro.

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 175 Média: 3.2]

Certame oferecerá 1.000 vagas para diversos cargos.

Todos os anos no Brasil são realizados centenas de concursos públicos. Esse tipo de processo seletivo costuma atrair muitas pessoas devido a todas as ótimas condições de remuneração e benefícios que ele oferece por se tratar de um processo admissional mais complexo, assim a disputa é mais acirrada. Dentre as instituições que oferece esse tipo de processo de recrutamento, as entidades ligadas às forças militares são exemplo de organizações que mais recebem inscritos. E uma das últimas unidades a anunciar que está organizando um concurso público para os próximos meses foi a Polícia Militar do estado do Rio Grande do Norte. Para saber as informações que foram divulgadas até agora, leia o texto abaixo.

A corporação da Polícia Militar do estado do Rio Grande do Norte anunciou a algum tempo que iria realizar um novo processo de seleção. Visto que o seu último concurso público aconteceu há mais de uma década. Inicialmente o processo de recrutamento iria acontecer ainda em 2017. Entretanto, as provas vão acontecer nos primeiros meses do ano de 2018. Algumas informações já divulgadas e confirmadas dão conta que vão ser oferecidas cerca de 1000 vagas para diferentes postos de trabalho. Além disso, foi anunciado que a banca organizadora do concurso público da PM/ RN vai ser o Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo, o Ibade. Esta banca é tradicional em todo o país e já realizou diferentes concursos públicos para diversas entidades em todo o território nacional. Com a escolha da banca, o próximo passo deve ser a divulgação do edital deste processo seletivo. A expectativa é que o documento seja disponibilizado ainda no mês de dezembro de 2017.

Se de fato o edital for disponibilizado em 2017, todas as informações vão ser confirmadas de forma oficial. Com isso, dados como: período de inscrições; postos de trabalho oferecidos; carga horária; remuneração para cada função; cidades que vão ser oferecidas as vagas; quantidade de vagas destinadas para cotistas; benefícios; validade do concurso público e se vai existir a possibilidade de prorrogação do vínculo empregatício; valor da taxa de inscrição; nível de escolaridade exigido para cada cargo, dentre outros detalhes que vão ser do conhecimento dos interessados neste processo seletivo.

A grande maioria dos concursos públicos das entidades militares seguem um certo padrão de realização, com isso, em todas as edições alguns pré – requisitos são instituídos e os candidatos precisam atender a todos eles. Confira agora alguns pré – requisitos que devem ser pedidos no processo seletivo da Polícia Militar do estado do Rio Grande do Norte: os candidatos precisam ter a nacionalidade brasileira; precisam ser maiores de idade; não podem estar ocupando uma função que foi conseguida através de um concurso público; precisam ser aprovados em todas as etapas do processo seletivo; precisam ser aprovados no curso de formação militar; precisam ter a formação necessária para ocupar a vaga preterida; é necessário que comprovem ter aptidão física e mental para ocupar um dos cargos; devem estar em dia com as obrigações judiciais; eleitorais e militares (para candidatos do sexo masculino), dentre outras.

Outra característica que os concursos públicos da Polícia Militar costuma seguir é quanto às formas de avaliação. Por exemplo, em seu último processo de recrutamento que aconteceu no ano de 2005, foram oferecidas mais de 1.000 vagas. Os candidatos foram avaliados por meio de um teste objetivo, ou seja, de múltipla escolha. Além de exames para avaliar as condições de saúde dos inscritos e também teste para verificar o condicionamento físico dos candidatos. A avaliação objetiva foi composta por 100 perguntas, dividas em 10 perguntas sobre questões geoeconômicas; 10 perguntas sobre questões de atualidades do Brasil e do mundo; 20 perguntas a respeito de fatos históricos; 20 perguntas de matemática e 20 de língua portuguesa. Com isso, os interessados no concurso do próximo ano precisam consultar as provas anteriores.

Para mais informações, acesse: http://www.pm.rn.gov.br/. Boa sorte!

Isabela Castro.

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 72 Média: 2.5]

Concurso deverá ofertar 2.024 vagas.

Na última terça-feira, dia 5 de dezembro, foi publicado no Diário Oficial o parecer de número 165/2017, sob responsabilidade do chefe da Secretaria Estadual de Segurança Pública e da Paz Social do Distrito Federal. Nesse, consta a aprovação da contratação da banca responsável pela organização do aguardado concurso público da Polícia Militar do Estado (PM/DF).

A escolhida para realizar o concurso é o Instituto Americano de Desenvolvimento, o Iades. No total, o certame busca preencher 2.024 vagas, sendo essas distribuídas nas seguintes funções: 18 para vagas de soldado especialista corneteiro, 6 para soldado especialista em música e 2 mil para soldados.

Com a aprovação, o processo segue agora para o comando geral da corporação, seguindo para a análise jurídica na Procuradoria Geral do Estado, a PGE/DF. Após a assinatura de contrato, serão realizadas algumas definições importantes como a data de publicação oficial do edital de abertura das inscrições.

Sendo aguardado desde o ano de 2016, quando foi realizado o anúncio pelo governador Rodrigo Rollemberg, é preciso saber que, dos cargos disponíveis para soldado, o concurso será para contratação imediata de um total de 500 servidores. Já as 1.500 restantes serão para a formação de um cadastro reserva de pessoas, tendo esse o objetivo de suprir a carência em aberto de pessoal em áreas operacionais e administrativas, conforme as necessidades.

Pré-requisitos e outras informações

Quem quiser concorrer ao cargo de soldado, por exemplo, precisa apresentar alguns pré-requisitos importantes. Sendo assim, o candidato precisa possuir formação em nível superior em qualquer área de formação e ter altura mínima de 1,60 m (para mulheres) e 1,65 m (para homens). Além disso, a idade mínima permitida é de 18 anos e a máxima de 30, considerando o último dia da inscrição.

Conforme o edital da licitação do certame, a taxa para a participação deve ser de, no máximo, R$ 93,18. Há também a previsão realizada pelo órgão de que o concurso público conte com um público total de inscritos de 28 mil pessoas.

A seleção deve contar com seis fases diferentes, sendo que na primeira os participantes serão submetidos a uma prova objetiva e a uma redação. Já na segunda, ocorre o teste de aptidão física, em seguida os exames médicos, avaliação psicológica, sindicância de vida pregressa e com investigação social e, por fim, prova prática. Essa última é destinada somente para áreas específicas, como músicos.

Sobre o último concurso da PM/DF

No último concurso da PM/DF, realizado no ano de 2012, a organização do processo foi realizada pela Fundação Universa. Na prova objetiva, os candidatos precisaram responder a 60 questões, sendo dessas 40 sobre conhecimentos específicos (peso de 2) e 20 de conhecimentos gerais (peso de 1).

Os temas gerais foram os seguintes: atualidades, língua portuguesa, raciocínio lógico e, ainda, noções básicas de informática. Já os específicos foram de noções de administração e de psicologia, noções de direito administrativo, lei orgânica do Distrito Federal, noções de direito constitucional, noções sobre direito processual penal, noções de direito penal, legislação extravagante e de noções de direito penal militar.

Sobre a remuneração inicial, o último concurso anunciou o valor de R$ 3.972,51 para durante o curso de praças (R$ 650 de auxílio-alimentação e R$ 3.322,51 de salário). Feito o ingresso, esse valor subiu para R$ 4.956,79, incluindo o salário e benefício.

Ao que tudo indica, para o novo certame o inicial deverá ser um pouco superior, já que a publicação confirmou um valor para o curso de praças de R$ 4.069,06.

Portanto, é preciso ficar ligado para não ficar de fora. Em breve, mais informações serão divulgadas sobre o concurso, bem como outros detalhes para se inscrever e atender os requisitos necessários.

Kellen Kunz

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 51 Média: 3.1]

AOCP será responsável pela seleção.

Para quem mora na cidade de Tocantins e regiões vizinhas, é bom ir se preparando, pois em breve será anunciado o edital do concurso da Polícia Militar (PM) daquele estado.

Esta é uma das notícias mais aguardadas pelos concurseiros que moram naquela cidade, principalmente porque é grande a expectativa dos sites especializados em concursos, que não deixam de anunciar que, em breve, o instrumento possa satisfazer a ansiedade de todos.

Esta espera tornou-se mais visível a partir do momento em que a própria PM divulgou a notícia de que já foi definida a banca que será a responsável pela elaboração e aplicação das provas.

De acordo com o comando da corporação no estado, a empresa que saiu vencedora do processo licitatório foi a AOCP.

Na última segunda-feira, dia 04 dezembro, um despacho feito pelo gabinete do comando da PM oficializou a empresa como a realizadora de todo o processo seletivo. No total, a mesma vai embolsar a quantia de R$ 2 milhões de reais dos cofres públicos do estado tocantinense.

De acordo com as previsões dos especialistas do governo, o edital deverá ser publicado logo no inicio de 2018.

Segundo as declarações mais recentes do governador do estado, Marcelo Miranda, a corporação apresenta atualmente um sério déficit de policiais militares que possam cobrir de modo satisfatório todo o efetivo ideal para a segurança de todos os moradores da região.

O gestor afirmou que pretende solicitar aos setores responsáveis do governo uma maior agilidade nos trâmites do concurso e talvez, por isto, o edital poderá ainda ser publicado até o final deste mês de dezembro.

Apesar de não se ter uma ideia de quando o edital vai ser anunciado, a estimativa é que para este concurso, um pouco mais de 1.000 vagas deverão ser ofertadas.

A grande maioria deverá ser destinada para o cargo de soldado, algo em torno de 1.000, sendo que aproximadamente 900 serão destinados para os candidatos do sexo masculino e as 100 restantes para quem é do sexo feminino.

Deverão ser disponibilizadas também vagas para cargos mais altos na hierarquia da corporação. Neste caso, os candidatos, ao contrário do cargo de soldado, que exige o ensino médio completo, deverão ser portadores de um diploma de curso de nível superior.

Além da exigência específica de escolaridade para cada cargo, quem se candidatar para ser soldado deverá também ter entre 18 e 30 anos. No caso de candidatos do sexo masculino, a altura mínima exigida é de 1,63m. Para os candidatos do sexo feminino, esta exigência é de 1,60m.

Para prestar o concurso, todos os candidatos, sem exceção, deverão apresentar provas de quitação de suas obrigações com os setores civis, militares e eleitorais do estado.

Uma outra exigência que deverá fazer parte do rol dos requisitos para a seleção é que o candidato apresente a carteira de habilitação para dirigir na categoria B.

No último concurso realizado, foram ofertadas pouco mais de 300 vagas para o cargo de soldado.

A seleção foi composta de seis fases que se distribuíram da seguinte maneira: provas objetivas e subjetivas, sendo esta discursiva ou de redação, prova de capacidade física, avaliação psicológica, exames médicos e odontológicos, investigação da vida social e um curso de formação para o cargo escolhido.

Na época, a remuneração inicial para o cargo de soldado era de R$ 3.000,00, mais a ajuda com vale alimentação.

Vale lembrar que durante a realização do curso de formação, os alunos recebem uma ajuda de custo no valor de mais de R$ 700,00.

As provas objetivas da primeira etapa foram compostas de questões objetivas relacionadas às disciplinas de Português, Raciocínio lógico, noções de Direito, Informática, Atualidades e sobre conhecimentos locais da região.

Emmanoel Gomes

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 40 Média: 2.8]

Seleção oferece 120 vagas. Salários chegam a R$ 5,7 mil.

Se você estava na expectativa de novas informações sobre um novo concurso público da Polícia Militar de Minas Gerais, as notícias que chegam são bastante animadoras. É que a PMMG acaba de anunciar seu mais novo concurso que disponibilizará o total de 120 vagas. Saiba como se inscrever.

O edital de abertura do certame já foi publicado e de acordo com as suas informações as 120 oportunidades disponibilizadas para a concorrência serão para o cargo de Cadete da Polícia Militar do estado de Minas Gerais.

A empresa que ficará responsável por organizar e executar o concurso é o CRS, que é o Centro de Recrutamento e Seleção que pertence à própria Polícia Militar de Minas Gerais.

Os interessados em participar do concurso poderão realizar suas inscrições a partir do dia 6 do mês de dezembro do ano de 2017. As inscrições seguem até dia 4 do mês de janeiro do ano de 2018.

Para se inscrever acesse o site https://www.policiamilitar.mg.gov.br/portal-pm/crs/concurso.action.

Para ter sua inscrição efetuada com sucesso o candidato precisará pagar uma taxa de participação no valor de R$173,00.

Como já mencionado anteriormente, serão disponibilizadas o total de 120 vagas, sendo que 108 são para homens e 12 para mulheres.

Podem se inscrever pessoas com formação em Direito (Bacharel) que tenha sido cursado em instituição de ensino que possua reconhecimento do ensino estadual, federal ou ainda do Distrito Federal. Além disso, é preciso possuir idade máxima de 30 anos, na data em que o curso se inicia. Os candidatos devem ter 1,60 m de altura mínima.

Candidatos que já tenham sido parte da PMMG, das forças armadas ou de outra instituição militar e que foram demitidos não poderão participar do concurso.

No edital estão escritos todos os pré-requisitos para participação no concurso.

Um Cadete do 1º ano do CFO de 2018 possui uma remuneração no valor de R$ 5.769,43, para o cumprimento de uma carga horária semanal de 40 horas.

De acordo com as informações do edital de abertura, o concurso terá validade de 30 dias, período este que conforme necessidade e determinação do órgão pode ser prorrogado.

Os aprovados e convocados serão contratados de acordo com o regime de estatuto da categoria o que lhes garante estabilidade.

A realização do Concurso Público da Polícia Militar de Minas Gerais será realizado por meio de duas etapas, sendo elas :

  • 1ª Realização de provas, objetiva e dissertativa;
  • 2ª Testes psicológicos; Teste/avaliação Capacitação Física (TCF) e Avaliação/ exames de saúde, exame toxicológico, Prova oral e por fim, avaliação e títulos.

A prova, que será objetiva, possui caráter eliminatório e também classificatório, e será composta por 40 questões sobre conteúdos de Língua Portuguesa, Direito Penal Militar, Direito Constitucional, Direito Penal, Direito Processual, Direito Processual Penal, Legislação Extravagante, Direito Administrativo e Legislação Institucional.

As provas, objetiva e dissertativa, estão previstas para serem realizadas no dia 4 do mês de fevereiro de 2018 ( domingo), a partir das 8h30 min.

Haverá aplicação e provas nas seguintes localidades: Belo Horizonte/RMBH, Uberaba, Juiz de Fora, Divinópolis, Lavras, Governador Valadares, Ipatinga, Uberlândia, Montes Claros, Patos de Minas, Teófilo Otoni, Barbacena, Curvelo, Unaí, Poços de Caldas, Pouso Alegre e Sete Lagoas.

No ato da inscrição o candidato deve marcar a localidade onde deseja realizar a sua prova.

Nesse sentido, se você atende aos pré-requisitos e deseja participar da concorrência, não deixe de verificar o edital completo do certame e ao chegar a data certa, realize a sua inscrição.

Além disso, é importante que os interessados já comecem a se preparar para a realização das provas e testes, pois geralmente este concurso possui um elevado número de inscrições.

Sirlene Montes

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 58 Média: 3.3]

Seleções da Polícia devem abranger mais de 23 mil vagas.

Muitas pessoas desde crianças têm o sonho de um dia fazerem parte de um órgão policial e ali construir uma carreira bem sucedida. Outras acabam se decidindo quando adultos em seguir uma dessas carreiras. Mas para ingressar em uma carreira de policial é necessário realizar um concurso público, além de atender a alguns pré-requisitos.

Estamos em uma época do ano em que se tem notícia de que muitos concursos públicos para a carreira policial estão sendo programados, o que representa novas oportunidades para quem possui ensino médio e também ensino superior.

A previsão inicial é de que sejam abertas nos próximos meses algo em torno de 23.159 vagas em todos os estados brasileiros. Os salários, a depender do cargo, podem chegar até R$ 22.102,37.

Grande parte dos concursos previstos já foi autorizada pelo Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão e se encontram na fase em que as comissões responsáveis estão sendo formadas, assim como as empresas organizadoras estão sendo escolhidas. Outros certames ainda dependem de autorização do governador para serem organizados.

Veja abaixo alguns concursos para a carreira de policial que devem ser realizados nos próximos meses:

– Concurso Polícia Rodoviária Federal: A previsão é de que sejam abertas o total de 2.778 vagas para a função de policial rodoviário federal. Para se inscrever é preciso possuir formação de nível superior. A remuneração é no valor de R$ 9.491,98. O concurso ainda não foi autorizado pelo MPDG.

– Concurso Polícia Federal: O orçamento para o concurso ainda não foi liberado. O órgão pretende disponibilizar o total de 1.748 vagas, para os cargos de escrivão, agente, delegado e perito. Todos os cargos exigem ensino superior completo e as remunerações chegam a R$ 22.102,37.

– Concurso Polícia Civil/SP: Já autorizado, o concurso vai oferecer o total de 2.710 vagas, sendo 1.100 para cargos que exigem ensino médio e 1.650 para cargos que exigem nível superior. As remunerações chegam a R$ 10.142,55.

– Concurso Polícia Civil/MG: Já autorizado, o concurso vai oferecer 76 vagas para delegado de polícia. É preciso possuir formação de nível superior em direito. A remuneração é no valor de R$ 12.500. A comissão está sendo formada.

– Concurso Polícia Civil/DF: O concurso ainda não foi autorizado, mas a expectativa é de que sejam disponibilizadas o total de 2.100 vagas.

– Concurso Polícia Militar/DF: Serão disponibilizadas o total de 2.024 vagas para os cargos de soldado, soldado especialista músico e soldado especialista corneteiro. A banca organizadora está sendo contratada.

– Concurso Polícia Civil/GO: Já está autorizado e visa oferecer 650 vagas para as carreiras de delegado, agente e escrivão. Para estes cargos é preciso formação de nível superior.

– Concurso Polícia Militar/MS: A comissão organizadora já está formada. Serão disponibilizadas 500 vagas para os cargos de soldado, que exige formação e nível médio.

– Concurso Polícia Civil/RN: A banca organizadora está sendo escolhida. Serão disponibilizadas 157 vagas para os cargos de delegado de polícia, escrivão e agente, que exigem formação de nível superior.

– Concurso Polícia Civil/AM: O edital será publicado até o próximo mês. Serão disponibilizadas 2.9394 em cargos diversos.

– Concurso Polícia Militar/AM: Serão disponibilizadas o total de 5.865 vagas para cargos de soldado, que exige ensino médio completo e oficial, que exige formação de nível superior.

– Concurso Polícia Civil/PA: Serão disponibilizadas 11 vagas para os cargos de técnico em gestão pública – assistente social, técnico em gestão de informática – engenharia de sistemas e técnico em gestão pública – contador. Todos os cargos exigem formação de nível superior. A remuneração inicial é de R$ 2.727,54. A banca organizadora está sendo escolhida.

– Concurso Polícia Civil/RR: O edital será publicado nos próximos dias. Serão disponibilizadas o total de 330 vagas para a função de policial.

– Concurso Polícia Militar/TO: A banca já foi contratada. Serão disponibilizadas 1.040 vagas para os cargos de soldado e oficial, que exigem respectivamente formação de ensino médio e superior.

– Concurso Polícia Civil/PR: Previsto para 2018, o concurso irá disponibilizar o total de 776 vagas para o cargo de investigador de polícia, que exige formação de nível superior.

– Concurso Polícia Militar/ES: Já autorizado, o concurso vai oferecer 310 vagas para as carreiras de soldado e oficial, que exigem ensino médio e ensino superior, respectivamente. A remuneração chega a R$ 6.971,84.

Nesse sentido, se você possui interesse em algum destes concurso, para mais informações acesse o site oficial da Polícia a qual deseja fazer parte.

Sirlene Montes

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 139 Média: 3.1]

Oportunidades deverão ser para os cargos de Soldado e Oficial.

A Polícia Militar do Estado de Sergipe (PM/SE) deverá promover a realização de um novo concurso público para a corporação em 2018. A expectativa crescente em torno do certame se deve também a quantidade de vagas que provavelmente serão oferecidas. Estima-se a abertura entre 500 e 600 vagas para a função de soldado.

De acordo com as informações divulgadas pela Secretaria Estadual de Planejamento (Seplag/SE), além das vagas oferecidas para soldado, também devem ser abertas chances para o cargo de oficiais.

Soldado PM

Os candidatos que forem concorrer para as vagas de soldado precisam contar com formação de nível médio. A idade mínima aceita é de 18 anos e a máxima de 35.

Será requerida também a Carteira Nacional de Habilitação nas categorias B, C, D ou E.

Por fim, a altura mínima exigida é de 1,65m para homens e de 1,60m para mulheres.

Os salários iniciais oferecidos para a função de soldado é de R$2.705,70.

Oficiais da PM

Já a função de oficiais da PM requer do candidato a formação de nível superior em direito. Os demais requisitos são os mesmos que são exigidos para a função de soldado.

Concurso Público Polícia Militar Sergipe

O concurso público da PM de Sergipe está sendo esperado desde o mês de setembro, ocasião na qual o governador do estado, Jackson Barreto, anunciou que iria abrir um novo certame para a corporação. Além das seleções que acontecerão em 2018 para a PM também estão previstas outras para os cargos de delegados e bombeiros.

Último concurso da PM de Sergipe

O último concurso público para a Polícia Militar de Sergipe aconteceu no ano de 2014. Na época foram oferecidas 600 vagas, eram 540 para homens e 60 para mulheres.

A organizadora deste concurso foi a Funcab. Para a seleção e classificação foram aplicadas provas objetivas, testes físicos, investigação social, além de avaliação psicológica.

As provas objetivas contaram com 180 questões que traziam entre outros temas os de noções de direito, conhecimentos gerais do estado, atualidades, informática básica e língua portuguesa.

O que faz um soldado da PM?

Um soldado da PM possui diversas atribuições que envolvem a proteção e a segurança tanto de pessoas físicas quanto do patrimônio público e privado. O soldado atua realizando prisões em flagrante, blitz, revistas, contravensões, autuações, assim como o controle da população em grandes aglomerações públicas como acontece nas micaretas, manifestações e no Carnaval.

O Policial Militar tem seu regime de trabalho intimamente ligado a Secretaria de Segurança Pública de cada um dos estados da federação.

Orientações

Como os concursos públicos da PM trazem várias etapas, é fundamental que o candidato comece a se preparar o quanto antes possível.

O primeiro passo é conferir todos os detalhes do edital. Afinal, é nesse documento que todas as informações relacionadas ao certame estarão discriminadas.

Realizar treinamentos práticos com provas de concursos anteriores também é muito válido. Fazendo isso, o candidato terá uma visão mais abrangente com relação ao peso, as dificuldades pessoais e quais as áreas ele tem mais facilidade.

Preparar-se fisicamente também é fundamental. Todos os concursos para o posto de soldado da PM exigem testes físicos. Apesar de que ele ocorre cerca de dois a três meses depois das provas objetivas, o candidato precisa ficar atento uma vez que é uma etapa de caráter eliminatório e classificatório.

Vale lembrar que é preciso ter um equilíbrio nos estudos. Afinal, não adianta se esforçar muito para ser aprovado em uma etapa e deixar outras a desejar.

Criar uma rotina de estudos que envolvam todas as etapas do concurso e não se esquecer de separar um tempo para descanso e lazer é uma das principais ferramentas para ser aprovado.

Por Denisson Soares

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 178 Média: 3.2]

Seleção deverá ofertar cerca de 5.800 vagas.

Um novo edital de concurso público está programado para o fim de 2017. Trata-se do processo seletivo para cargos na Polícia Militar do Amazonas, PM/AM. Este novo certame, prestes a ser oficializado, pretende abrir oportunidades para duas carreiras específicas: soldado e oficial. Dois níveis de escolaridade são exigidos, médio e superior completos.

Este novo processo de seleção tem previsão de publicação oficial do edital até o mês de dezembro de 2017. O concurso destinado a prover cargos no órgão da Polícia Militar do Estado do Amazonas, havia sido anunciado no ano de 2014, por meio do governo de José Melo, titular deste cargo naquele ano. Assim, o departamento da Secretaria de Segurança Pública, SSP/AM, anunciou, há pouco tempo, que este concurso pretende ofertar um número de vagas em torno de 5.865.

Entretanto, ainda não há muitas informações disponíveis a respeito da triagem para esta seleção, como também ainda não foi definida a banca organizadora, porém, existe grande chance de que este certame, destinado a preencher cargos na PM/AM, abra oportunidades para carreiras de soldado e de oficial, já que estas mesmas haviam sido indicadas em 2014 pelo governador do Estado do Amazonas, na ocasião.

O cargo de soldado é um emprego voltado para os profissionais que possuam ensino médio completo, sendo, portanto, uma função menos complexa que a de oficial, cujo caráter necessita, preferencialmente, de indivíduos graduados em curso superior, embora, pessoas com nível médio também tenham chance de ocupar vagas neste posto. A distribuição das vagas se dará conforme a especialidade oferecida.

O último processo seletivo destinado a prover cargos no órgão da Polícia Militar foi realizado em 2011, no qual o número de vagas ofertadas estava em torno de 2.473, das quais, 2.000 vagas estavam destinadas ao cargo de soldado, 29 vagas reservadas para o posto de praça especialista, 39 vagas destinadas ao posto de oficial da saúde e as demais 405 vagas reservadas ao posto de oficial combatente. O certame em questão teve como banca organizadora a Fundação Instituto Superior de Administração, Isae.

As vagas para cargo de soldado estavam reservadas àqueles candidatos que possuíam apenas nível médio, sendo que, outro critério utilizado na seleção foi a exigência de altura mínima de 1,65m em relação aos candidatos do sexo masculino e 1,60m em relação aos candidatos do sexo feminino. Os salários iniciais estavam em torno de 1.104,81 reais, que é o valor correspondente ao período do curso de formação e, em seguida, o valor aumentou para 1.637,33 reais, com a conclusão do mesmo curso.

No caso das vagas ofertadas para o posto de oficial combatente, estas foram distribuídas de acordo com o seguinte critério: 167 vagas destinadas aos candidatos que participaram do curso que promove formação de oficiais da PM; 188 vagas foram reservadas às pessoas que possuíam graduação na disciplina de direito e 50 vagas destinadas aos candidatos que possuíam apenas o ensino médio completo. Em relação a este mesmo cargo foi adotado um critério adicional de seleção, a posse de carteira nacional de habilitação. Ao longo de todo o curso realizado para formação de oficiais, os mesmos estavam recebendo salários no valor de 3.274,66 reais e após essa etapa, os aspirantes passaram a receber 3.400,60 reais.

Em relação aos postos que necessitam apenas do nível médio de escolaridade para serem ocupados, a remuneração inicial estava em torno de 1.685,06 reais, no caso da função de praça especialista, cujos setores estavam distribuídos em: auxiliar de enfermagem, com dez vagas; auxiliar de odontologia com seis vagas; auxiliar veterinário com três vagas e na área de músico instrumentista, que possua especialidade no clarinete, com três vagas; saxofone com uma vaga; trombone com duas vagas; trompa com duas vagas e corneta duas vagas.

Finalmente, para o cargo de oficial da saúde, estavam abertas 18 vagas na função de médico, distribuídas em muitas especialidades, ou seja: oito vagas na função de dentista, uma vaga no setor de veterinária, uma vagas destinada à função de farmacêutico-bioquímico, quatro vagas no setor de enfermagem, cinco vagas na função de psicólogo e duas vagas na função de fisioterapeuta. Estes postos só podem ser ocupados por pessoas com graduação superior completa, nas áreas citadas, sendo que a remuneração inicial estava em torno de 3.600,40 reais.

Este é um concurso que abre oportunidades para diversas classes de trabalhadores.

Paulo Henrique dos Santos

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 135 Média: 2.9]

Inscrições podem ser realizadas até 16 de novembro de 2017.

Uma boa notícia para os interessados em servir a Polícia Militar do Maranhão, estão abertas as inscrições para o concurso público da PM/MA. O certame tem como objetivo preencher 3.667 vagas em todo o território estadual, sendo que 2.453 são para formação de cadastro reserva e 1.214 são para início imediato. De todas as oportunidades disponibilizadas, 5% são para portadores de necessidades especiais e 5% para pessoas que se declaram negras.

As inscrições para o processo seletivo devem ser feitas até o dia 16 de novembro de 2017. Os cargos abertos são destinados a várias áreas, que vão desde cirurgião dentista até veterinário. Confira abaixo mais informações e como participar do concurso PM/MA:

Quem pode participar

Estão aptos a participar do concurso público PM/MA quem possui o ensino médio completo e têm CNH (Carteira Nacional de Habilitação) na categoria ‘’A’’ ou ‘’B’’. As vagas são para a carreira de soldado, apresentando 1.171 postos para ocupação imediata e 2.400 para cadastro reserva. O salário inicial é de R$ 4.019,62.

A seleção será feita para contratar soldados e profissionais para atuar como primeiro tenente no quadro de oficiais da saúde, como médico (20 início imediato e 22 CR), cirurgião dentista (15 início imediato e 17 CR), psicólogo (5 início imediato e 7 CR), e veterinário (3 início imediato e 7 CR). Para esses cargos é necessário ter curso superior e a remuneração é a partir de R$ 6.913,74.

Como será o concurso

O concurso será composto por seis etapas. A primeira delas deve acontecer no dia 28 de janeiro de 2018, quando os candidatos inscritos terão que fazer uma prova objetiva estruturada em 120 questões de múltipla escolha, que compreendem conhecimentos gerais e específicos. O exame será aplicado nas cidades de São Luís, Imperatriz e Caxias. Nas fases seguintes, serão realizados os exames odontológicos e médicos, psicotécnico, teste de aptidão física, investigação social e a realização do curso de formação.

A prova do concurso terá duração de 3 horas e 30 minutos e cobrará questões das disciplinas de Língua Portuguesa, História do Brasil, História do Maranhão, Geografia do Brasil, Geografia do Maranhão, raciocínio lógico e quantitativo, além dos conteúdos específicos de cada cargo. Para melhor se preparar para o exame, os candidatos podem fazer simulados e estudar com base nas questões cobradas nas edições anteriores do certame.

Funções do soldado

Ao ser aprovado no concurso, o soldado tem como responsabilidade cumprir de maneira direta as ações e operações específicas da Polícia Militar, colocando em prática as estratégias e comandos dados pela própria corporação. Entre as principais funções dos profissionais estão realizar o policiamento ostensivo geral, usando farda e preservando a ordem pública, podendo utilizar para isso, o emprego repressivo, visando promover a segurança física dos cidadãos e dos bens públicos e privados de possíveis atos criminosos.

Os soldados contratados também são incumbidos de guardar e proteger as sedes dos três poderes e quartéis do Maranhão, bem como fazer a segurança pessoal das personalidades importantes que atuam no Executivo, Legislativo e Judiciário. Ainda é preciso resguardar a área externa das penitenciárias, policiar o trânsito, fiscalizar as cidades conveniadas, e estar disposto e pronto para manter a ordem a qualquer hora.

Como se inscrever

Os interessados em participar do concurso público PM/MA precisam se inscrever até o dia 16 de novembro. A inscrição é feita somente no site da banca organizadora, no endereço www.cespe.unb.br/concursos. Após entrar na página, você deve selecionar o concurso da sua preferência, fazer o seu cadastro, fornecendo informações pessoais e profissionais.

Feita a inscrição, o candidato tem que imprimir e pagar a taxa de inscrição, cujo valor é de R$ 150,00 para tenente e R$ 100,00 para soldado. O boleto tem que ser pago até a data de vencimento do contrário, a sua inscrição será cancelada.

Por Simone de Paula Leal

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 33 Média: 2.7]

Inscrições podem ser realizadas de 31 de outubro a 20 de novembro de 2017.

A Polícia Militar do Rio Grande do Sul divulgou na última semana que saiu o edital do seu concurso público. Conforme o documento, publicado na última segunda-feira, dia 30 de outubro, são oferecidas um total de 4.100 vagas em Praça de Polícia Ostensiva (Soldado de 1ª Classe).

A responsabilidade do certame ficou a cargo da Fundação Universidade Empresa de Tecnologia e de Ciências, a Fundatec. E se você ficou interessado e quer saber todas as informações para não ficar de fora, nós te damos todas as dicas necessárias. Vamos a elas.

Quais os requisitos para participar?

Os candidatos que quiserem participar do processo precisarão atender uma série de exigências. Sendo assim, em primeiro lugar, os mesmos precisam ter ensino médio completo, bem como idade mínima de 18 anos e máxima de 25 anos.

Além disso, a altura mínima exigida para pessoas do sexo feminino é de 1,60m e para sexo masculino de 1,65m. Outro requisito é: CNH ou permissão para dirigir dentro de prazo de validade, permitindo a condução de um veículo automotor durante o curso de Formação Básica Policial Militar na categoria mínima de “B”.

Como faço para me inscrever?

O Concurso da Brigada Militar PM RS aceita inscrições no período entre 31 de outubro e 20 de novembro de 2017. Essas são feitas oficialmente pela internet, no endereço eletrônico disponibilizado pela organizadora, no www.fundatec.org.br. A taxa para se inscrever é de R$ 80, sendo que o pagamento pode ser feito até o prazo final de 21 de novembro de 2017.

Quais as etapas do Concurso da Brigada Militar PM RS?

São quatro as fases para o Concurso da Brigada Militar PM RS. A primeira é composta de um exame intelectual, a segunda por um exame de saúde, a terceira por um exame de capacitação física e a última etapa por um exame psicológico composto de duas etapas obrigatórias: a testagem coletiva e a entrevista individual.

Em relação ao exame intelectual, esse é de caráter classificatório e eliminatório, com provas aplicadas na data de 17 de dezembro de 2017, nas seguintes cidades: São Leopoldo, Novo Hamburgo, Cachoeirinha, Gravataí, Canoas e/ou Porto Alegre. O local e horário das provas ainda serão divulgados posteriormente por meio de Aviso ou Edital. O prazo mínimo para essa publicação é de oito dias que antecedem a data da prova.

O exame será composto por 50 questões objetivas e nas seguintes disciplinas: Informática (5), Conhecimentos Gerais (10), Legislação Específica (10), Direitos Humanos e Cidadania (5), Matemática (10) e Língua Portuguesa (10). Cada questão possui a pontuação de 2 pontos.

A aprovação para a fase seguinte será dada aos participantes que tiver, no mínimo, uma pontuação igual ou superior a 50 pontos na soma das matérias. É importante ressaltar que é necessário no mínimo um acerto em cada disciplina. Quem não atingir a meta estará automaticamente eliminado do concurso.

Ainda, é importante saber que o teste para aptidão física (terceira fase) é composto com alguns exercícios para a comprovação de condicionamento físico necessário para a vaga. São eles: exercício abdominal, de flexão na barra, de apoio e de corrida.

Qual o salário de um Soldado da Brigada Militar?

O salário de um Soldado da PM RS é equivalente a R$ 3.760,54, com vantagens e jornada de trabalho total de 40 horas por semana, com exceção de quem estiver em Curso Básico de Formação Militar, onde a jornada acontece de acordo com o currículo e o regimento interno das escolas.

No curso destinado à Qualificação Policial Militar (QPM), o soldado de 1ª Classe terá direito a ficar alojado, podendo assim se familiarizar com o regime e as atividades militares. Em relação às atribuições do cargo, o soldado é o responsável por preservar a ordem pública e por executar todas as atividades de polícia ostensiva.

Por Kellen Kunz

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 22 Média: 3.3]

Edital do novo concurso da PM-TO deverá ser divulgado em breve.

Há muito tempo se sabe que o desejo de grande parte das pessoas que estão terminando os estudos é o sonho de conseguir um bom emprego e, para alguns, isto só é possível pelo ingresso em uma carreira pública.

Um emprego no setor público é, para a grande maioria, a garantia de um salário fixo, razoável e a certeza de uma estabilidade que gera muito mais segurança.

Somando-se tudo isto, muitos candidatos ainda sonham em ingressar em uma das poucas e mais respeitadas instituições militares no país, a Polícia Militar.

Deste modo, este tão acalentado sonho move milhares de candidatos que todos os anos vivem as expectativas de ingressar numa academia de formação de oficiais que irão garantir a segurança e o cumprimento da lei em diversas cidades.

No estado de Tocantins isto não poderia se diferente. Desde o começo de 2017, todos os candidatos que já estão em ritmo frenético de estudos para enfrentar a intensa maratona de avaliações feita pela PM daquele estado para a seleção dos melhores que irão compor o seu quadro de oficiais e soldados.

Sem uma previsão de quando o edital poderá ser publicado (a expectativa é que seja esta ainda!), os candidatos aguardam ansiosamente por esta boa notícia, já que existe uma demanda muito grande de novos membros desta corporação militar para cobrir o estado. Isto se dá em virtude do grande crescimento do mesmo nos últimos tempos.

Os especialistas em concursos públicos do estado, assim como os representantes da categoria dos oficiais militares, esperam que este novo concurso possa realizar a seleção de pelo menos 1040 novas vagas para novos selecionados.

A ansiedade em torno da divulgação do edital para o concurso cresceu principalmente com a divulgação, por parte do governo do estado, que desde o dia 28 de agosto, a instituição já teria aberto um processo licitatório para a seleção da nova empresa que iria coordenar a aplicação do concurso.

Esta expectativa tomou mais forma a partir das declarações do próprio governador do Estado, Marcelo Miranda, que já se posicionou publicamente a favor do concurso, visto que, o mesmo carece de um efetivo maior de policiais militares nas ruas.

O próprio governador já declarou publicamente que ordenou um maior ritmo celeridade junto à Secretaria do Governo, para que agilize o processo de elaboração e divulgação do edital para a PM.

Segundo os dados divulgados pela PM daquele estado, caso as cerca de 1.040 vagas sejam confirmadas, elas deverão ser distribuídas em dois níveis. Um parte, 1.000 vagas serão para a formação de soldados, sendo 900 pra o sexo masculino e 100 para o sexo feminino. O restante deverá ser destinada para a formação de oficiais (40), sendo 36 para homens e as 4 restantes para mulheres).

Para concorrer ao cargo de soldado militar, o candidato deverá ter concluído o ensino médio e ter entre 18 e 30 anos de idade, além de outros requisitos necessários como uma altura adequada.

Os cargos destinados aos postos de oficiais serão destinados aos candidatos que possuem diploma de curso superior em qualquer área.

A seleção deverá constar de algumas fases, com a aplicação de provas objetivas e discursivas, avalições médicas, provas de capacidade física, mental e psicológica dos candidatos, bem como a investigação da vida pregressa de cada um.

Segundo ainda o edital do último concurso feito em 2009, os candidatos aprovados tiveram direito ao recebimento de uma ajuda de custo de R$ 800,00 enquanto faziam o curso de formação. Após a conclusão, o salário inicial de cada um passou a ser de mais de R$ 3.000,00, além do recebimento de um vale alimentação.

Liana Gifoni

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 32 Média: 3.2]

Seleção deve ofertar 2.200 vagas de trabalho. Inscrições podem ser feitas até o dia 6 de novembro de 2017.

Para quem reside no estado de São Paulo e estava na expectativa por novas informações sobre um novo concurso público da Polícia Militar do Estado, as notícias que chegam são animadoras. É que as inscrições já tiveram início e segundo o edital de abertura, serão disponibilizadas o total de 2.200 oportunidades para pessoas com formações de nível médio e superior.

Os interessados, mulheres e homens, em concorrer uma vaga na Polícia Militar de São Paulo já podem realizar suas inscrições, pois estas acabaram de ser abertas nesta quarta-feira dia 04 do mês de outubro. Assim quem quiser participar do processo seletivo tem até o dia 06 do mês de novembro para se inscrever.

Quem quiser se tornar um membro da Polícia Militar do Estado de São Paulo precisa atender a alguns pré-requisitos. Para o cargo de soldado, por exemplo, é preciso:

– Possuir formação de Nível Médio Completa;

– Possuir altura de no mínimo 1.55 m para candidatas mulheres e 1.60 m para candidatos homens;

– Possuir idade mínima de 17 anos e máxima de 30;

– Carteira Nacional de Habilitação entre as categorias “B” e “E”.

De acordo com informações do edital de abertura do certame, um profissional no cargo de Soldado da Polícia Militar de 2ª classe possui uma remuneração no valor de R$ 3.034,05, sendo que este é o valor total da soma de R$ 1.178,88, que é o valor padrão, mais R$ 1.178,88 referente ao RETP, que é o Regime Especial de Trabalho Policial e ainda R$ 676,29 recentes a insalubridade.

Sempre existem muitas dúvidas por parte dos interessados em participar do concurso, em relação as tatuagens. Assim, conforme é esclarecido no edital do certame, os interessados podem possuir tatuagem, contanto que estas não tenham nenhuma inscrição ou símbolo que fazem referencias e ofendam valores e os deveres éticos que pertencem a quem faz parte da corporação da Polícia Militar. Assim como também não podem fazer alusão a ideologias de cunho terrorista ou que sejam contrárias às instituições consideradas democráticas, ou ainda que preguem a criminalidade ou a violência, preconceito de credo, raça, origem ou sexo ou a discriminação. Ou seja, tatuagens que não agridam os direitos humanos.

A empresa contratada por meio de processo licitatório para organizar e executar o concurso foi a já conhecida Fundação Vunesp.

Quem quiser se inscrever e concorrer a uma das 2.200 vagas deve preencher um cadastro que se encontra disponível em www.vunesp.com.br, que é o site da banca organizadora.

Os inscritos no processo de seleção para novos soldados da PM SP devem pagar uma taxa de inscrição no valor de R$50, sendo que o prazo máximo para pagamento da taxa é o dia 07 do mês de novembro. Quem não realizar o pagamento até este dia não terá o seu nome efetivado para concorrência.

Os inscritos devem realizar uma prova objetiva composta por 50 questões de múltipla escolha e uma prova dissertativa, que é a produção de um texto. As provas estão marcadas para serem realizadas no dia 3 do mês de dezembro. Serão aplicadas provas nas seguintes cidades do estado de São Paulo: Bauru, Araçatuba, Campinas, Sorocaba, Piracicaba, São José dos Campos, Presidente Prudente, Santos, Ribeirão Preto, São José do Rio Preto e São Paulo.

Além das provas objetivas e dissertativas, os candidatos classificados ainda terão que passar por outras etapas como testes de aptidão física, exames de saúde; testes psicológicos; avaliação de conduta social, idoneidade e reputação e da idoneidade; e ainda análise de documentos.

Nesse sentido, se você atende aos pré-requisitos e gostaria de fazer parte da Polícia Militar do Estado de São Paulo, não deixe de fazer a sua inscrição e se preparar para a realização das provas.

Sirlene Montes

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 37 Média: 3.2]

Interessados podem se inscrever entre os dias 16 de outubro e 16 de novembro de 2017.

No Estado do Maranhão, um novo concurso público está aberto, conforme um edital já publicado. Trata-se do Concurso da Polícia Militar do Maranhão, que abre vagas com oportunidades para soldado, cargo que exige apenas ensino médio completo, e cargo de tenente para o quadro de oficiais na área de saúde, cargo que exige graduação em curso superior. O edital do novo concurso da Polícia Militar do Maranhão – PM/MA foi tornado público no dia 29 de setembro, cujo conteúdo programático se destina a promover um processo seletivo para o preenchimento de 3.667 vagas em todo o Estado. A distribuição do número de vagas se dará da seguinte forma: são 1.214 vagas para preenchimento imediato e as outras 2.453 se destinam à formação de cadastro de reserva de pessoal. Portanto, da totalidade das vagas ofertadas, a distribuição conforme as cotas raciais estão em 5% de vagas exclusivas para negros e outros 5% de vagas destinadas a pessoas com deficiência.

Para a carreira de soldado estão destinadas as vagas para candidatos possuidores de ensino médio completo e também da Carteira Nacional de Habilitação – CNH – nas categorias "A" ou "B", além da carteira de soldado, sendo 1.171 postos + 2.400 CR. O valor total da remuneração é de 4.019,00 reais.

Para o cargo de tenente ou primeiro tenente no grupo de oficiais do setor de saúde, neste concurso da PM/MA, existem vagas para cirurgião dentista com 15 + CR 17, médico com 20 + 22 CR, veterinário com 3 + 7 CR e cargo de psicólogo com 5 + 7 CR, com salários iniciais em torno de 6.913,00 reais. Neste caso, todos os candidatos devem possuir curso superior completo.

As inscrições para este certame público podem ser realizadas por meio do site: http://www.cespe.unb.br/concursos/pm_ma_17. O prazo para as inscrições se dará entre o dia 16 de outubro e o dia 16 de novembro, ou seja, um prazo relativamente longo, para que todos tenham chance de informar-se a tempo. A taxa para a inscrição está dentro dos valores, 100 reais para cargo de soldado e 150 reais para cargo de tenente.

O processo de seleção vai abranger seis fases.

Na primeira fase, no dia 21 de janeiro, os candidatos realizarão uma prova objetiva com 120 questões com múltipla escolha de respostas, abarcando conhecimentos gerais e conhecimentos específicos. Nas etapas seguintes serão realizados os devidos exames médicos e exames odontológicos, serão realizados testes de aptidão física, o exame psicotécnico, avaliação psicológica, será realizada também uma investigação social a respeito do candidato e a participação em curso de formação.

Este concurso da Polícia Militar do Maranhão terá validade de dois anos, conforme a lei, e poderá ser prorrogável por até mais dois anos, de acordo com os parâmetros adotados pelo órgão competente, estabelecido no edital.

Entre as atribuições do cargo de soldado nesse concurso da PM/MA, estão: a execução direta das ações e das operações Policiais Militares, de modo a materializar a finalidade da atuação precípua da Instituição da Polícia Militar no Maranhão, portanto, a realização de um intenso e proeminente policiamento generalizado portando farda, no sentido de manter e preservar da ordem pública dos municípios e do Estado. Toda esta atividade será realizada levando em conta o uso preventivo e mesmo, se preciso, uso repressivo da força, com a finalidade última de proteger a segurança e integridade física dos cidadãos, das pessoas e também a preservação dos bens públicos e privados, livrando-os de qualquer ação delituosa ou criminosa. Dirigir, com as devidas habilitações, os veículos pertencentes ao corpo de oficiais, manter e tomar todo o cuidado para com a sede dos quartéis, zelar pelos três poderes fundamentais do estado, atuar responsavelmente na segurança reservada dos chefes primeiros dos três poderes: o Executivo, o Legislativo e o Judiciário. Promover a segurança máxima e externa das penitenciárias do Estado, realizar um intenso policiamento do trânsito e também atividade de fiscalização dentro de todos os municípios possuidores de convênio. O compromisso do policial militar com seu cargo, no sentido de exercer suas atividades, será sempre em qualquer dia e em qualquer hora, como verdadeiros restauradores da ordem pública.

Para mais informações acesse o site do Cespe.

Paulo Henrique dos Santos

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 8 Média: 3.1]

Vagas serão para profissionais com nível médio. Salários podem chegar a R$ 1.500.

O concurso da Polícia Militar de Goiás irá ofertar cerca de 2.000 novas vagas de emprego.

De acordo com nota divulgada pela assessoria de imprensa da PM/GO, os interessados a se candidatarem pelas vagas precisam ter formação de nível supeior, seja ela em qualquer área de atuação profissional. Estima-se que no início o salário possa chegar a até cerca de R$ 1.500.

Ainda não há datas para quando será realizada a publicação do edital no Diário Oficial, pois para o certame acontecer, depende ainda das decisões tomadas pela banca organizadora. Até agora, de maneira informal, pode-se afirmar que 2.000 vagas estão sendo disponibilizadas e dessas, cerca de 80 são destinadas aos futuros cadetes e o restante das vagas visa a formação de soldados. Por isso, os interessados precisam estar atentos, uma vez que a previsão é de que o edital sai logo no início deste mês de outubro.

A banca organizadora tem o intuito de realizar o processo seletivo o mais rápido possível, pois, desde o mês de maio, o governador Marconi Perillo já havia afirmado em entrevistas a necessidade de se fazer um novo concurso público, a fim de preencher as vagas deficitárias de profissionais de segurança pública. A informação saiu em diversos veículos de comunicação, logo após o governador estadual ter reunido-se com ministros e secretários do governo Temer.

Sabe-se que a comissão criada com o objetivo de escolher a banca organizadora do concurso público é formada por tenentes coronéis e coronéis da região.

Como o governador mesmo já havia dito anteriormente, a realização desse processo seletivo é extremamente importante, pois além de garantir a segurança pública dos cidadãos do Estado de Goiás, essa também é uma oportunidade para que muitos desempregados que possuem graduação e desejam servir à sociedade possam conseguir um novo emprego.

Desse modo, as vagas oferecidas por esse concurso somadas às 2.500 de um processo seletivo feito, anteriormente, no ano passado, amplia o número de soldados.

É importante salientar ainda que os aprovados devem ter disponibilidade para realizarem viagens ou até mesmo mover-se de cidades. Isso porque a segurança deve ser reforçada não apenas nos grandes centros urbanos, mas também em outras cidades menores em que há um aumento nos índices de criminalidade. Desse modo, muitos dos profissionais devem ficar espalhados em todo o território do Estado de Goiás.

Outra informação que os interessados devem ter em mente é que a seleção ocorre em etapas. Desse modo, a primeira etapa é composta por uma prova objetiva com caráter tanto classificatório quanto desclassificatório.

Na última edição do concurso a prova objetiva era composta por 50 questões. Desse modo, a prova foi dividida do seguinte modo: aproximadamente 15 questões eram de conhecimentos gerais e exigiam que o participante tivesse domínio nas áreas de economia e política, cultura, geografia, história, etnia, sociologia e, por fim, língua portuguesa. Por outro lado, as 35 questões restantes são dedicadas aos conhecimentos específicos de cada área, nesse contexto é cobrado dos candidatos conhecimentos básicos em direito constitucional, penal, administrativo, processual e militar.

Os interessados a participarem do processo seletivo precisam estar bem preparados no dia da prova, pois a relação de números de candidatos por vagas é crescente a cada ano.

É certo que ainda não foi divulgado o edital informando qual sãos os conteúdos que devem cair na prova. No entanto, o candidato pode buscar o edital do último concurso feito no ano passado, pois mesmo que a banca organizadora não seja a mesma, não é possível haver tanta discrepância em relação às disciplinas cobradas no dia da prova.

Desse modo, é bom que os candidatos busquem refazer o máximo de provas anteriores que puderem. Sendo assim, além de estarem treinando as suas condições emocionais, o teste pode servir para que os candidatos também estabeleçam limite de tempo para cada questão. Somado a isso, eles chegam preparados e conhecendo o modelo da prova. Às vezes, pode acontecer até de cair questões reformuladas e com certa semelhança. Enfim, essa é uma técnica bastante empregada por estudantes que prestam vestibular, além, claro, de pessoas que se dedicam a prestarem exames de concurso público.

Ana Paula Oliveira Coimbra

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 65 Média: 2.9]

Inscrições podem ser feitas até o dia 6 de novembro de 2017.

Já foi divulgado o edital para o concurso da Polícia Militar de São Paulo. De acordo com o documento, serão oferecidas cerca de 2.200 vagas de soldado.

O intuito do concurso visa preencher vagas para a Polícia Militar do Estado de São Paulo. Dessa forma, além de homens, mulheres também poderão participar do processo seletivo. Contudo, é preciso possuir alguns pré-requisitos básicos, a exemplo disso está a idade, isto é, só poderão participar os candidatos que tiverem entre as idades de 17 até 30 anos.

O edital teve a sua publicação realizada no Diário Oficial, na sexta-feira, 29 de setembro.

Além de estar dentro do prazo de idade estipulado no edital, o participante deve possuir outras características que podem ser decisivas. Desse modo, ambos os sexos devem ter o certificado de conclusão do Ensino Médio emitido pelo Ministério da Educação. Somado a isso, as mulheres que desejam participar do certame devem possuir, no mínimo, a altura de 1,55 m, já os homens devem possuir uma altura mínima de 1,60 m. Outra exigência é que se tenha carteira de habilitação em diferentes categorias, ou seja, categoria ''E'' e ''B''. Essas exigências foram elaboradas pelo governador estadual de São Paulo e sancionadas para 2017.

O salário para inciantes registrados como PM de 2ª classe pode chegar a até R$ 3.100. O salário é dividido de acordo com diferentes áreas de dentro da PM, isto é, cerca de R$ 1.200 são derivados da função de polícia. São acrescidos no salário do funcionário essa mesma quantia, mas esta vem do Regime Especial de Trabalho Policial e o restante, que consiste em R$ 700, advêm de benefícios como insalubridade.

É importante salientar ainda que os participantes podem ter tatuagens. Contudo, elas não podem ter qualquer caráter ofensivo à raça, sexo, religião e não pode apresentar qualquer tipo de preconceito. Além disso, não podem fazer apologia às drogas, nem grupos extremistas. Nada que vai contra aos ideias defendidas pela Polícia Militar.

Os interessados a participar do processo seletivo precisam estar atentos aos prazos de inscrição que, por sua vez, terão início no dia 4 do mês de outubro e terminam no dia 6 do outro mês. As inscrições só poderão ser realizadas por meio da internet. Desse modo, basta acessar ao endereço eletrônico da Fundação Vunesp, que será a a banca organizadora do concurso. O link é o seguinte: www.vunesp.com.br.

É importante ressaltar ainda que o candidatos devem pagar uma taxa de inscrição, o valor corresponde a R$ 50. É preciso pagar até o dia 7 de novembro. Todas as agências bancárias do país receberão o pagamento.

É bom que o candidato tenha em mente que o concurso da PM não é realizado de forma rápida, isto é, é necessário passar por várias etapas.

A realização da prova ocorrerá no dia 3 do mês de dezembro. As cidades que em que ocorrerão as primeiras etapas de seleção são as seguintes: Sorocaba, São Paulo, São José dos Campos, São José do Rio Preto, Santos, Ribeirão Preto, Presidente Prudente, Piracicaba, Campinas, Bauru e Araçatuba. As provas devem ser realizadas em no máximo 4 horas.

A primeira etapa corresponde à prova objetiva, que é composta por cerca de 50 questões, todas de múltipla escolha. Os candidatos devem ter pleno domínio de conhecimentos gerais, matemática, administração pública e ter conhecimento básico em matemática.

Já a prova dissertativa caracteriza-se basicamente em uma redação, similar as redações do Exame Nacional do Ensino Médio. É preciso que o texto apresente argumentos consistentes, além de uma boa ortografia.

Aqueles que conseguirem ser classificados devem passar por outras etapas de seleção, como exames para testar se o candidato possui a aptidão física necessária à profissão. Além disso, é preciso fazer alguns exames de saúde básicos; testes com psiquiatras e psicólogos; outra etapa importante é quando se avalia o nome e vida social do participante e, por fim, basta apresentar os documentos para análise.

Ana Paula Oliveira Coimbra

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 16 Média: 2.8]

Seleção deverá ofertar 1.214 vagas para Soldado.

Concursos públicos são muito aguardados pela população, pois além de uma maior flexibilidade, o concurso é visto como um meio de estabilização financeira. E para quem pensava em prestar concurso público para a Polícia Militar do Maranhão (PM-MA), a espera acabou. Nesta sexta-feira, dia 29, foi divulgado o edital do concurso. No total serão 1.214 vagas, sendo 1.171 para soldados e 43 para primeiro tenente com especialidades em cirurgião dentista, médico, veterinário e psicólogo. A banca organizadora responsável é o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe).

O concurso vem sendo aguardo desde 2016, quando o governador do estado, Flavio Dino, anunciou a abertura de um novo processo seletivo para a PM-MA durante a posse dos conselheiros comunitários pela paz.

Processo Seletivo para Soldado PM-MA

Para concorrer as vagas de soldado da polícia militar é preciso ter concluído o ensino médio ou curso técnico equivalente e possuir a carteira nacional de habilitação (CNH) nas categorias “A” ou “B”. Além disso, é preciso ter idade mínima de 18 anos e máxima de 35 anos.

Para homens a altura mínima exigida é de 1,65m e para mulheres 1,60m.

Salário soldado PM0MA

O valor inicial para os aprovados no concurso é de R$ 4.019,62.

Prova para Soldado PM-MA

Os candidatos às vagas de soldado da Polícia Militar irão realizar o processo em cinco etapas, com caráter eliminatório. Primeiro, será realizada a prova objetiva composta por 120 questões, sendo questões de conhecimentos gerais e específicos. Após está etapa, os concurseiros passarão para as seguintes etapas: exames médicos e odontológicos, teste de aptidão física, exame psicotécnico e investigação social.

Local e data das provas para soldado

As provas estão previstas para acontecer no dia 21 de janeiro de 2018, na parte da tarde. Os locais e horários estarão disponíveis apenas no dia 11 de janeiro, no site da banca organizadora.

Inscrição

A inscrição para o concurso deverá ser feita apenas pela internet, no site http://www.cespe.unb.br/concursos/pm_ma_17.

A taxa de inscrição para a categoria soldado é de R$ 100

Processo Seletivo para oficiais da PM-MA

Para participar do concurso público para oficiais é preciso possuir nível superior completo e comprovar a conclusão nas áreas de odontologia, medicina, medicina veterinária ou psicologia.

Além de atender os requisitos de altura mínima de 1m65 para homens e 1m60 para mulheres. Além disso, a idade máxima é de 35 anos.

Salário para oficiais da saúde PM-M

O salário inicial para os aprovados nesta categoria é de R$ 6.913,74.

Prova para os oficiais

Os candidatos irão realizar uma prova objetiva com 120 questões de caráter eliminatório, após isso passarão por exames médicos e odontológicos, teste de aptidão física, exame psicotécnico e investigação social, que também pode desclassificar o candidato.

Local e data da prova para oficiais PM

As provas estão previstas para acontecer no dia 21 de janeiro de 2018, no período da manhã. Os horários serão divulgados apenas no dia 11 de janeiro, pelo site da banca organizadora.

Inscrição para Oficiais

As inscrições deverão ser feitas através do site http://www.cespe.unb.br/concursos/pm_ma_17.

A taxa de inscrição é de R$ 150.

Último concurso

O último concurso realizado para a Polícia Militar do Maranhão foi no ano de 2012. Na época o número de vagas ofertadas era de 2.150. Sendo 1.980 para soldados, 20 para soldados músicos e 150 para bombeiros.

Diferente do concurso deste ano, a banca organizadora responsável em 2012 foi a Fundação Getúlio Vargas e a prova contava também com etapa de prova objetiva com número menor de questões, no total eram 60 questões objetivas, além de prova de aptidão física, exames médicos e odontológicos, investigação social e avaliação psicotécnica.

Fabiane de Barros Coelho

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 8 Média: 3.4]

Seleção deverá ofertar 500 vagas.

A Polícia Militar do Mato Grosso do Sul formou uma comissão para que seja realizado o concurso em 2018, que ofertará cerca de 500 vagas.

O governador estadual Reinaldo Azamjuba declarou em nota que a autorização para a ocorrência do concurso será dada no segundo semestre de 2017, para que que em 2018 os aprovados já possam ser convocados.

Depois de Reinaldo Azambuja, governador do Mato Grosso do Sul, ter anunciado no dia 5 de setembro, em um evento que comemorava os 180 da corporação, um pedido da realização do concurso público da PM-MS, que visa preencher cerca de 500 vagas, agora no último dia 10 foi divulgada outra informação relevante.

No diário oficial foi publicada que a escolha da banca organizadora já foi realizada.

O governador estadual foi enfático ao afirmar que o concurso deve ser autorizado ainda nesse semestre, pois é preciso que os aprovados sejam convocados já no primeiro semestre de 2018. O pedido para a realização do concurso veio principalmente da Sejusp ( Secretaria de Justiça e Segurança Pública). De acordo como governador, o objetivo é realizar concursos públicos anualmente para o corpo de bombeiros e a corporação de soldados.

Nos dias de hoje, o estado do Mato Grosso do Sul conta com cerca de 6 mil militares, sendo estes mulheres e homens. Dessa fora, a média de policial/ habitante corresponde a cerca de um policial para cada 460 pessoas, isso tomando como base o fato de MS possuir aproximadamente 3 milhões de habitantes, segundo o último censo brasileiro realizado pelo IBGE.

Durante o início do seu mandato, o governador assinou uma lei que afirmava a necessidade de concursos públicos para se obter cerca de 10.000 servidores, o que seria ideal tendo em vista o elevado número de habitantes no estado. Desse modo, comparando o número atual de militares com aquilo que deveria ter oficialmente, e levando em conta que o mandato do governador Reinaldo terminará o ano que vem, percebe-se a necessidade desse concurso público sair ainda em 2017.

De acordo com o governador, sua intenção é seguir o projeto realizado pela Sejusp, que consiste basicamente, em um planejamento visando garantir que concursos públicos sejam realizados todos os anos, até os próximos 15 anos.

O último concurso público para a incorporação de novos militares para a PM-MS ocorreu em 2013, naquele ano foram abertas quase 700 vagas para soldados e oficiais para a Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros.

Os pré-requisitos exigidos no último concurso foram os seguintes: ter completado o ensino médio; possuir idade ideal que vai dos 18 até os 24 anos, com exceção os militares, pois o prazo de idade estende-se para 34 anos. Além disso, era necessário possuir altura mínima. As mulheres precisavam ter no mínimo 1,60 metros de altura. Já os homens necessitavam possuir , no mínimo 1,65 metros.

Das 700 vagas, cerca de 530 eram destinadas para soldados e dessas, 420 foram reservadas a homens e o restante de vagas para mulheres. Os aprovados seriam distribuídos em quase 110 municípios do estado do MS.

Os interessados na realização do concurso público da policial militar estadual devem buscar atualizar-se para mais novidades e informações.

No último ano, percebeu-se um aumento na procura de concursos públicos de todos os setores. Pesquisadores e estudiosos apontam como causa dessa maior procura a crise econômica brasileira, que teve origem no cenário político. Como empresas e indústrias tiveram que fazer demissões massivas, muitas pessoas estão buscando fazer concursos públicos, a fim de buscar maior estabilidade financeira.

Ana Paula Oliveira Coimbra

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 102 Média: 3]

Certame oferta 10 vagas para o cargo de Cadete Policial.

Quem reside no Estado do Paraná e sonha em seguir a carreira militar, precisa saber que Polícia Militar (PM-PR) divulgou a abertura oficial de seu concurso público. O mesmo é destinado para o preenchimento de um total de 10 vagas no cargo de Cadete Policial.

E se você ficou interessado, nós damos as dicas para você não ficar de fora e não deixar de participar. Vamos a elas:

Sobre os pré-requisitos necessários para participar

Como já falado anteriormente, são 10 oportunidades para o concurso público. Porém, é importante atentar ao fato de que é reservada uma cota de 1 vaga para candidatos afrodescendentes.

Além disso, há somente um pré-requisito que precisa ser atendido pelos interessados. Esse se refere ao grau de formação dos participantes, que precisam, por exigência, ter concluído o nível médio.

Como faço para me inscrever?

A organização do concurso público da PM-PR é realizada pelo Núcleo de Concursos da Universidade Federal do Estado do Paraná, a UFPR. Para participar, é preciso salientar que as inscrições já estão abertas, podendo elas ser feitas pelo endereço do site do núcleo, no www.nc.ufpr.br.

Leia atentamente todo o edital antes de realizar a sua candidatura. Após, preencha o formulário com as respostas às perguntas pessoais.

O prazo final para a realização das inscrições é dia 14 de setembro. O horário fixado é o das 23h. Para efetivar a participação, é preciso que seja paga uma taxa. O valor é de R$ 120, podendo ser solicitada a isenção da mesma por candidatos que comprovarem a sua situação.

Sobre o processo de seleção dos Oficiais

A UFPR irá regulamentar o processo seletivo, constituído de provas para avaliação das capacidades de articulação de ideias com clareza, bem como em relação ao domínio de todos os conteúdos das disciplinas aprendidas no ensino médio. Além disso, serão feitas relações e interpretações de fatos e de dados, buscando raciocinar de forma lógica sobre os diferentes aspectos.

Feito isso, os candidatos se submeterão às provas sobre habilidades específicas, as PHE. Essas são reguladas pelo edital e de caráter eliminatório.

Prevista para ocorrer no dia 1º de outubro, as fases desses exames compreendem as etapas de investigação social (IS), exame de capacidade física (ECAFI), avaliação psicológica (AP) e, por fim, exame de sanidade física (ESAFI).

Sobre o curso de Formação de Oficiais

O curso para a Formação de Oficiais acontece a cada ano pela Universidade Federal do Paraná. Com disciplinas voltadas para a vida militar, o processo busca adaptar melhor os cadetes para o cumprimento exemplar de suas atividades como bombeiro militar e como policial militar.

São muitos os ensinamentos passados, desde os segmentos de uso correto de armas de fogo, do direito, da psicologia, da estatística, dos direitos humanos, da educação física e do policiamento comunitário, entre outros. Ainda, são ensinadas técnicas para prevenção de incêndios, de salvamento, e muito mais.

Já logo no início do curso, os estudantes realizam os seus estágios administrativos em quartéis, sendo que no final do mesmo eles vão para as ruas. No último ano da formação, são feitos estágios operacionais e supervisionados em diversos batalhões do Estado e algumas atividades da corporação.

Com duração de três anos, no primeiro ano o cadete recebe um subsídio no valor de R$ 3.213,61. Já no segundo ano, o valor sobe para R$ 3.599,25 e no terceiro ano para R$ 4.139,14. Após a conclusão desse ano, o cadete é declarado como Aspirante à Oficial, recebendo o subsídio de R$ 7.069,95.

Realizado o estágio probatório, o participante estará apto para ser promovido para Posto de 2º Tenente. O salário pago a esse é no valor de R$ 9.544,44.

Por Kellen Kunz

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 39 Média: 3.5]

Certame irá ofertar mais de 2 mil vagas para diversos cargos.

Uma grande oportunidade foi anunciada nos últimos dias para as pessoas que querem mudar de vida através de um concurso público. Pois, a Polícia Militar do Distrito Federal pretende realizar um concurso ainda para este ano para a contração de mais 2.000 militares em diferentes funções.

Você que tem o desejo de conseguir estabilidade financeira e sonha em ingressar em uma grande corporação como a Polícia Militar essa é a sua grande oportunidade.

Mesmo sem a publicação oficial do edital do concurso da Polícia Militar do Distrito Federal, já se sabe algumas informações sobre as provas. Segundo o que foi divulgado, a banca organizadora da prova será o Instituto Americano de Desenvolvimento, o Iades, instituição muito conhecida no meio de concursos públicos e que costuma ser bem exigente em suas provas, cobrando conteúdos de atualidades e os relacionados aos concursos que organiza.

As vagas seriam para os cargos de policiais, músicos e especialistas corneteiros. Ainda não se tem a divisão de vagas para cada função. Mas, sabe-se que a remuneração pode chegar a R$ 6.000,00.

Os interessados que querem participar desse concurso precisam atender a alguns pré-requisitos como: ser maior de idade e não ter mais de 30 anos, ser brasileiro ou naturalizado; Carteira Nacional de Habilitação (CNH) para automóveis; ter a estatura superior a 1,60 para homens e mulheres; ter se formado em uma graduação e não possuir antecedentes criminais.

Não há uma data fechada com os dias das provas e nem o local, e se pode acontecer em outras cidades ou ainda outros estados. A Prova da Polícia segue algumas características, então, por exemplo, ser um teste de caráter objetivo e acredita-se que o conteúdo cobrado na prova deve ser relacionado às seguintes áreas: Língua Portuguesa (Noções de Informática, Raciocínio Lógico e Atualidades), Conhecimentos específicos (Questões sobre Direito Penal Militar, Legislação Extravagante, Noções de Direito Penal, Noções de Direito Processual, Noções de Direito Penal, Noções de Direito Constitucional, Noções de Direito Administrativo, Lei Orgânica do Distrito Federal, Psicologia e Administração).

A prova ainda deve contar com no máximo seis etapas no processo eletivo que são: prova objetiva de caráter classificatório e eliminatório; provas de resistência física; avaliação médica e psicológica; busca por antecedentes criminais e prova específica para os músicos.

O último concurso realizado pela Polícia Militar do Distrito Federal foi no ano de 2012. No último exame foram disponibilizadas mais de 900 vagas para os cargos de soldado, músico especialista corneteiro. Os interessados também passaram por todo processo seletivo que foi descrito acima e a banca organizadora também foi o Instituto Americano de Desenvolvimento, o Iades. O concurso teve a participação de mais de 20.000 pessoas. Com remuneração superior a R$ 4.000.

No concurso que está previsto ainda para acontecer em 2017, terá a validade de dois anos e o contrato vai poder ser prorrogado. Não foi informado se o aprovado vai ter plano de carreira e outros benefícios. Este concurso precisa ser realizado devido à baixa de muitos oficiais nos últimos anos da Polícia Militar do Distrito Federal.

Até agora são essas as informações sobre o concurso. Se você se interessou e quer participar da prova, confira diariamente os veículos de comunicação de Brasília, pois eles sempre avisam quando uma novidade surgir. Acesse também o site da Polícia Militar do Distrito Federal, que pode ser visitado através deste endereço: www.pmdf.df.gov.br/site. Também visite o site do Instituto Americano de Desenvolvimento, o Iades, que é o: www.iades.com.br/inscricao/Default. Nos próximos dias deve sair o edital, assim todas as informações vão ser confirmadas.

Boa sorte!

Por Isabela Castro

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 49 Média: 2.7]

Certame tem 70 vagas abertas para o Curso de Formação de Oficiais.

Após a publicação do edital nº 091/CESIEP/2017, está oficialmente em andamento o concurso público da Polícia Militar de Santa Catarina. O certame em questão visa selecionar 70 candidatos para o Curso de Formação de Oficiais (CFO), sendo que após a conclusão do CFO os mesmos irão ingressar na PM-SC integrando o Quadro de Oficiais da Polícia Militar. Confira outras informações na continuação desta matéria.

Do número total de vagas ofertadas, 65 são destinadas aos candidatos do sexo masculino e outras 05 vagas são para o sexo feminino. A remuneração do futuro aprovado já se inicia durante o CFO, sendo assim, o mesmo terá direito a R$ 4.764,24, que é o salário referente ao cargo de Aluno Oficial, ou Cadete. Uma vez concluído o CFO e devidamente aprovado no estágio comprobatório, o Cadete será promovido ao cargo de 2º Tenente, cujo salário é de R$ 12.882,69.

Devido à natureza do cargo em questão, os interessados em participar do concurso aqui destacado devem atender aos pré-requisitos estabelecidos no edital de abertura. Com isso, é preciso: ter nacionalidade brasileira; estar quite com as obrigações dos serviços militar obrigatório (candidatos do sexo masculino) e eleitoral; possuir altura mínima de 1,65 m (sexo masculino) e 1,60 m (sexo feminino); ter idade mínima de 18 anos completos até a data de inclusão e, no máximo, 30 anos completos até o último dia do período de inscrições; dentre outras exigências.

O período de inscrições já se encontra aberto e está previsto para se encerrar no dia 14 de agosto de 2017. A inscrição deve ser feita por meio exclusivo da internet. Sendo assim, é necessário acessar o portal do Instituto O Barriga Verde – www.iobv.org.br, instituição responsável pela organização e execução do certame. A taxa de inscrição é de R$ 200,00 para todos os candidatos.

O processo seletivo deste concurso será composto por oito fases, sendo que a primeira delas corresponde ao processo de inscrição e a segunda é a prova escrita. Essa segunda fase, prova escrita, é de caráter eliminatório e classificatório e conta com a prova escrita objetiva, com 80 questões objetivas, além da prova dissertativa composta por quatro questões dissertativas e uma redação. A prova escrita será aplicada em 27 de agosto e a prova dissertativa no dia 03 de setembro.

As demais fases do certame são: Exame de Avaliação de Saúde, Exame de Avaliação Física, Exame de Avaliação Psicológica, Investigação Social, Entrega do Exame Toxicológico e Documentação para Comprovação dos Requisitos e, por último, Inclusão e Matricula no Curso de Formação de Oficiais.

Outros detalhes podem ser encontrados no edital oficial de abertura, que está disponível AQUI (iobv.org.br/index.php?pg=concurso&cod=3bb35632eabbbd0058d694c2b89cd038www.iobv.org.br). É de extrema importância a leitura do edital oficial por parte do candidato.

Por Bruno Henrique

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 5 Média: 2.4]

Concurso da Polícia Militar de São Paulo foi autorizado e terá 2.421 vagas abertas.

Foi autorizado o concurso para Polícia Militar do Estado de São Paulo com 2.421 vagas e a expectativa é que o edital seja divulgado até o fim deste ano. Por isso, os interessados devem começar a estudar e aproveitar a oportunidade. A permissão para a realização do certame ocorreu durante um evento no qual a PM recebeu 72 viaturas no Palácio dos Bandeirantes.

O esperado é que sejam realizados dois certames: 221 vagas para alunos oficiais e 2.200 para o cargo de soldado. Os interessados em participar do concurso devem ter nível médio completo, idade mínima de 17 anos e máxima de 30, além de Carteira Nacional de Habilitação, pelo menos, na categoria B e 1,60m de altura para homem e 1,55m para mulher.

A remuneração inicial para o cargo de solado é de R$ 2.992,54, sendo formada por R$ 1.178,88 referente ao básico, R$ 1.178,88 devido ao Regime Especial de Trabalho Policial e também o valor de R$ 634,00 por insalubridade.

Que tal aproveitar a oportunidade?

Os candidatos serão avaliados por meio de provas objetivas que serão compostas por um total de 50 questões na modalidade múltipla escolha, sendo 18 de português, 10 de conhecimentos gerais, 5 de informática, 12 de matemática e 5 de administração pública. Além disso, o concurso da PM-SP também deve ter provas de redação, exame de aptidão física, exame de saúde, psicológico, análise de documento e investigação social.

Um dos requisitos para ser aprovado na primeira etapa do concurso é acertar, no mínimo, 50% das questões, que contam o mesmo peso: 1 ponto cada uma. O último certame ocorreu em 2016 e teve mais de 2 mil vagas. A banca responsável pelo concurso foi a Fundação Vunesp. Na ocasião, foram aplicadas provas em várias cidades como Araçatuba, Bauru, Campinas, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São Paulo, Sorocaba e São José dos Campos.

Como estudar para ser PM?

  • Faça um planejamento de estudo de acordo com o último edital publicado e organize o seu cronograma em exercícios, revisão e teoria.
  • Invista em apostilas específicas e atualizadas. Peça indicação de outros estudantes!
  • Organize o seu ambiente de estudo com uma iluminação adequada.
  • Estude com foco e muita determinação.

Boa sorte e não deixe de compartilhar a notícia com os seus amigos!

Por Babi

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 55 Média: 3.1]

Seleção deverá ofertar 2 mil vagas para soldado e cadete da PM.

Nos últimos tempos, os brasileiros têm acompanhado a crise sistêmica pela qual o país passa. Isto é, a crise política desencadeada no início de 2015 acabou por influenciar também no cenário econômico. Dessa forma, inúmeras empresas e indústrias, até mesmo aquelas consideradas de grande e médio porte, tiveram que reduzir o número de funcionários ou deixar de realizar novas contratações confirmando, dessa forma, a estatística assombrosa de quase 14 milhões de brasileiros que, no momento, estão sem emprego.

Em períodos como esses, ou seja, que há poucas oportunidades de emprego senão em órgãos públicos, as pessoas começam a pensar em novos meios de adquirir renda fixa. Dessa maneira, os concursos passam a ser ainda mais concorridos, pois às vezes são a única forma que as pessoas possuem para adquirir emprego que ofereça certa estabilidade financeira, além de outros benefícios.

Sendo assim, os concurseiros de plantão provavelmente já estão sabendo do concurso da Polícia Militar do Estado de Goiás (PM/GO), que foi publicado no diário oficial. Até o momento, sabe-se que o concurso prevê a admissão de quase 2.000 novos funcionários sendo a maior parte para soldado e o restante é para cadete da PM. Para desempenhar qualquer uma das funções é preciso possuir diploma de nível superior. A remuneração inicial pode chegar a até R$ 1.500.

Os interessados a participar do processo seletivo já podem começar a estudar tomando como base o conteúdo que caiu nas últimas provas.

As incrições poderão ser realizadas até este mês de julho. O concurso tem data para meados do mês de agosto, ou seja, está previsto para o sábado, dia 19 de agosto.

Assim, as incrições podem ser realizadas no endereço eletrônico fornecido pela banca organizadora . Para participar é preciso pagar uma taxa de incrição que pode variar, sendo R$ 100 para soldado e R$ 120 para cadete. Essa taxa pode ser paga em qualquer banco.

Para a profissão de soldado é necessário passar por provas obejetivas bem como discursivas e, obviamente, testes físicos que validam a aprovação final. Além disso, há análises psicológicas e investigação da ficha criminal e convívio social.

A prova objetiva é composta por 50 questões e dessas 15 são de conhecimentos gerais (política, atualidade, língua portuguesa, ética, história, geografia e sociedade) e o restante de conhecimento específico de cada área.

Sirlene Montes

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 15 Média: 3.2]

Edital deverá ser divulgado na próxima semana.

De acordo com informações divulgadas pelo governo estadual do Amapa, será lançado no dia 6 de julho, próxima quinta-feira, o edital para o concurso público que abrirá 900 vagas de cadastro reserva e mais 300 vagas diretas para a Polícia Militar do Amapá (PM).

Para este concurso da PM, o governo afirmou que já foram feitas as etapas "burocrática e financeira". Porém, o Poder Executivo ainda não revelou quais são as datas, os valores de inscrição e os cargos contemplados pelo concurso.

O edital para este concurso será o primeiro dos três que o governo do Amapá anunciou para o setor de segurança pública, no qual, além da Polícia Militar, também serão oferecidas vagas para cargos na Polícia Civil e na Polícia Técnico-Científica (Politec). Na próxima semana serão apresentados os números de vagas ofertadas para as duas corporações.

A quantidade de policiais militares que será ofertada no edital está de acordo com o que foi previsto pelo governo estadual em março deste ano, quando foi apontado um déficit total de 590 servidores no setor de segurança pública.

A época, Ericlaudio Alencar, titular da Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública) do Amapá, informou que o estado teria um déficit de servidores e que necessitava contratar no mínimo 590 pessoas para trabalhar nas polícias Civil, Militar e Técnico-Científica (Politec), com o objetivo de atender às demandas dessas corporações. A partir de então, foi anunciada a previsão de realização de concursos públicos ainda este ano. Os editais de tais concursos passaram pelas análises de comissões da Sead (Secretaria de Estado da Administração) a fim de que, entre outras coisas, fossem estudados os números de vagas a serem oferecidos para cada instituição.

De acordo com o que foi divulgado pela Sejusp na época, a PM necessitaria de 300 novos servidores; a Civil precisaria de 30 delegados, 120 oficiais e 120 agentes. Já a Politec precisaria de 20 médicos legistas para atender às demandas. Todavia, esses números foram apenas uma estimativa e poderão variar de acordo com os estudos do governo, que estão em breve nos editais desses concursos.

Fique atento à previsão de divulgação dos editais e prepare-se para as provas!

Iris Gonçalves

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 2 Média: 4.5]

Seleção irá ofertar 300 oportunidades de trabalho para Soldado de Terceira Classe e 70 vagas para Cadete Oficial.

No estado de Santa Catarina, o Corpo de Bombeiros Militar (CBM-SC) e a Polícia Militar (PM-SC) se preparam para realizar seus processos seletivos. Recentemente foi escolhida a banca responsável pela organização do próximo concurso do CBM-SC. Trata-se da Objetiva Concursos. No que diz respeito a PM-SC, a licitação ainda será iniciada. Se você tem interesse nesses certames, confira novidades aqui.

O processo licitatório do CBM-SC ainda não foi concluído, pois está na fase de recursos. Depois de encerrada essa etapa, será publicada a previsão para lançamento do edital do processo seletivo. O órgão pretende realizar concurso para preencher 300 vagas para o cargo de soldado de terceira classe. Os iniciantes na carreira podem receber a remuneração no valor de R$ 3.842,24. Após o curso de formação os vencimentos passam para R$ 4.520,24.

Por sua vez, a PM-SC visa oferecer 70 vagas para o curso de cadete oficial. Nesse caso, a remuneração pode chegar a R$ 4.872., Quando o candidato encerrar o curso, será promovido a aspirante oficial. O subsídio é de R$ 12.882. Se for aprovado na última fase, torna-se um oficial da polícia militar e passa a receber R$ 14.464,59.

Confira os requisitos para ser bombeiro: ter escolaridade de nível superior em qualquer área de formação, possuir idade entre 18 e 30 anos, ter carteira nacional de habilitação com categoria B e ter altura mínima de 1,65m se for do sexo masculino e 1,60m se for mulher.

Caso seu interesse seja para cadete, saiba quais são as exigências: ser formado em direito, possuir carteira nacional de habilitação em quaisquer categorias, ter idade entre 18 e 30 anos e altura de, no mínimo, 1,65m se homem e 1,60m se for do sexo feminino.

O último concurso para Bombeiros foi em 2011. Na oportunidade, os candidatos tiveram de responder a 50 quesitos na prova objetiva. Veja quais foram as disciplinas cobradas: português, matemática, história, geografia, química, informática, física, primeiros socorros, segurança e proteção contra incêndios e legislação institucional.

Para o cargo de cadete, foram 60 questões sobre as seguintes matérias: informática, direito administrativo, português, inglês, direito constitucional, legislação institucional, direito penal militar, penal comum, processual penal militar, civil e processual penal comum.

Se você sonha com a aprovação em concurso público e almeja a carreira militar, inicie sua preparação já.

Melisse V.

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 5 Média: 2.8]

Certame visa preencher 30 vagas para o Curso de Formação de Oficiais da Polícia Militar da Paraíba 2018.

Encontrar oportunidades de emprego não está fácil. Entretanto, os concursos públicos podem ser uma ótima porta para ingressar ou retornar ao mercado de trabalho. Se está procurando um certame, que tal conhecer a nova proposta da Polícia Militar do Estado da Paraíba (PMPB)? O órgão está divulgando seu mais recente concurso público.

Para quem ainda não sabe, a Polícia Militar está oferecendo, através do edital n°001/2017, o Curso de Formação de Oficiais da Polícia Militar da Paraíba 2018. O intuito do processo seletivo é, ao final do curso, o provimento de 30 vagas para cargos de Oficial da entidade. Segundo informações, podem realizar a inscrição tanto homem, com 25 vagas disponíveis, como mulheres, 5 vagas restantes.

Apesar disso, é preciso que o indivíduo se enquadre nos requisitos do edital. De acordo com informações, é necessário ter o ensino médio completo, não ter antecedentes criminais ou policiais, ser brasileiro nato; ter altura mínima de 1,65 (masculino) e 1,60 (feminino) e ainda ter idade entre 18 e 30 anos até 31 de dezembro de 2018.

Quem atender aos quesitos, que também indica que é essencial que o candidato esteja inscrito no ENEM 2017 (Exame Nacional do Ensino Médio), pode realizar a inscrição, que deve ser realizada exclusivamente pela internet.

A inscrição tem início em 04 de julho e deve chegar ao fim em 14 de agosto de 2017, podendo ser executada pelo portal www.pm.pb.gov.br. Vale destacar que haverá taxa de matrícula, no valor de R$ 50,00.

Os candidatos devem passar por exame psicológico, exame de aptidão, analise de exame intelectual (ENEM), avaliação social e exame de saúde. Quem passar pelas fases das avaliações e dos exames será selecionado. Já os selecionados atuaram por três anos, realizando o curso de formação. No final, quem for aprovado, receberá uma bolsa correspondente ao soldo da graduação de 3°sargento, 2° e 1° Sargento. A remuneração é variada, de R$ 2.487.05 a R$ 6.502,52.

A validade do concurso público da Polícia Militar da Paraíba é de um mês, após ser homologado. Contudo, pode ser que o documento seja renovado pelo mesmo prazo.

Ficou interessado? Então analise com mais calma o edital por completo: www.pm.pb.gov.br/concursos_publicos.

Por Fábio Santos

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 43 Média: 3.2]

Oportunidades são para profissionais de nível superior. Edital deverá ser publicado em breve.

Para quem reside no estado de Santa Catarina e estava na expectativa do lançamento de abertura do novo concurso público do Corpo de Bombeiros e da Polícia Militar do estado, as notícias que chegam são bastante favoráveis. É que embora o lançamento esteja ainda um pouco distante, pelo menos existe a certeza de que o concurso acontecerá, pois Raimundo Colombo, governador do estado, já assinou a autorização para que o concurso seja organizado.

A autorização do governador aconteceu no dia 06 do mês de maio e segundo as primeiras informações sobre o certame, a previsão é de que sejam disponibilizadas na concorrência o equivalente a 370 oportunidades para as corporações do Corpo de Bombeiros e Polícia Militar, CBM-SC e PM-SC.

Para o Corpo de Bombeiros serão oferecidas 300 oportunidades para o cargo de Soldado de 3ª Classe, cuja remuneração inicial durante a realização do curso é no valor de R$ 3.842,24. Já após a sua conclusão a remuneração inicial sobe para R$ 4.520,24.

Já para a Polícia Militar serão disponibilizadas 70 vagas para o Curso de Cadetes Oficiais, cuja remuneração inicial é no valor de R$ 4.746, chegando após a conclusão ao valor de R$ 4.872.

Ao concluir o curso o aluno aprovado é classificado como aspirante oficial e então possui um subsídio no valor de R$ 12.882. Por sua vez, os que forem aprovados na última fase passam a ser classificados como oficiais, com o vencimento no valor de R$ 14.464,59.

Agora que os concursos foram legalmente autorizados pelo governo do estado, a previsão é de que os editais de publicação sejam disponibilizados durante o segundo semestre deste ano de 2017.

Poderão se inscrever para a função de cadete pessoas que possuam ensino de nível superior na área de direito, que possuam altura de até 1,65m no mínimo (para homens) e 1,60m (mulheres), e que possuam idade entre 18 e 30 anos.

Já para se tornar um bombeiro é preciso curso superior (qualquer área), altura mínima de 1,65m (mulheres e homens) e CNH de categoria B, além de idade máxima de 30 anos.

Nesse sentido, os interessados podem começar a se preparar para a realização das provas, que devem acontecer ainda este ano, até que seus editais sejam publicados.

Sirlene Montes

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 0 Média: 0]

Governador autoriza abertura de 2 mil novas vagas para Polícia Militar do Estado.

Foi autorizado o Concurso da Polícia Militar do Estado de Goiás (PM-GO). A expectativa é que o certame ofereça 2 mil vagas com remuneração inicial de aproximadamente R$ 1.500,00. Para concorrer ao cargo de soldado de 3ª classe, o interessado deve ter nível superior em qualquer área, idade entre 18 e 30 anos e altura de, pelo menos, 1,65m para homens e 1,60 para mulheres. A carga de trabalho mínima é de 42 horas, sendo dedicação integral e exclusiva.

Os aprovados no concurso poderão atuar nos seguintes municípios: Luziânia, Goiânia, Anápolis, Goiás, Posse, Itumbiara, Rio Verde, entre outras. O último concurso foi realizado em 2016 e contou com 2500 vagas, sendo que 41.829 pessoas participaram da seleção.

A tendência é que as etapas do próximo concurso sejam similares as do último: provas objetivas e exames discursivos. Os aprovados nesta fase também farão teste de avaliação física, avaliação médica e psicológica, avaliação da vida pregressa e investigação social. Além disso, também terá curso de responsabilidade profissional, que será organizado pela PM-GO.

A expectativa é que os seguintes conteúdos sejam cobrados no concurso: português, realidade étnica, social, história, geográfica, cultural, política e econômica do estado de Goiás, além de direito penal, processual penal, direito penal militar, direito administrativo, constitucional e legislação extravagante.

Que tal conferir algumas dicas de preparação para mandar bem na prova?

Para começar a estudar, faça um planejamento com as últimas disciplinas cobradas no edital, para conferir é só acessar no site https://www.concursosfunrio.org.br/. Como a organizadora da atual seleção não está definida, faça exercícios da banca FUNCAB, responsável pelo último concurso.

Estude com materiais específicos e focados no conteúdo programático do edital. Peça orientações a outros estudantes. Assim, você economiza e não gasta dinheiro à toa.

Foque em passar. Por isso, aproveite os fins de semana e feriados para estudar e revisar todo o conteúdo. A matéria precisa ficar na sua memória, sobretudo detalhes como os de língua portuguesa.

Mantenha-se firme na direção do seu sonho e não perca tempo escutando pessoas negativas. Seja focado em ações.

Aproveite a oportunidade, pois espera-se 2000 vagas para este certame. Se você gostou das dicas, é só compartilhar com os seus amigos nas redes sociais. Sucesso!

Por Babi

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 28 Média: 2.9]

Certame deverá ofertar 1.040 vagas. Salários iniciais podem chegar a R$ 9 mil.

Para os concuseiros que estavam aguardando ansiosamente pelo edital do concurso da Polícia Militar do Tocantins (PM/TO), podem ler o esse artigo até o final. Foi confirmado que o edital do tão aguardado certame para a corporação, será publicado no segundo semestre desse ano.

O concurso já era aguardado por milhares de pessoas em todo o estado e foi informado pelo governo nessa quinta-feira (4), que em aproximadamente 15 dias, será feito uma licitação para a contratação da banca organizadora do concurso.

De acordo com fontes oficiais ligadas à PM do Tocantins, estão confirmadas o total de 1040 vagas, distribuídas da seguinte forma: 1000 posições para soldado e 40 posições para oficiais.

Após finalizar todo o processo licitatório, o edital deverá ser divulgado rapidamente no site da banca escolhida.

Existe um grande déficit de policiais em todo o estado do Tocantins e muitos servidores que estão na ativa, podem ir para a reforma a qualquer momento, causando um desfalque ainda maior no deficiente número de policiais. Ao todo, o Tocantins tem 3.800 policiais militares na ativa em todo o estado, o que é pouco, pela extensão territorial do mesmo e devido ao alto número de ocorrências diárias, sobrecarregando um sistema de segurança que já se encontra bastante fragilizado em todo o Brasil. A previsão é que até 2018 mais de 1.600 policiais militares devem se aposentar no Tocantins.

As exigências para se tornar um soldado da PM/TO são: ter idade entre 18 e 30 anos, estar com as obrigações civis e eleitorais em dia, possuir carteira de habilitação nas categorias AB ou B, não ter tido passagem pela polícia antes do ingresso na mesma e altura mínima para homens de 1,63m e para mulheres de 1,60m. Os vencimentos iniciais serão de R$ 4.056,67, após a conclusão do curso de formação e a exigência é o ensino médio completo. Para quem possui curso superior em qualquer área do conhecimento, pode concorrer ao cargo de oficial e o salário é de R$ 9.255,21 mais benefícios do estado.

Se você se interessou pelo certame, não perca mais tempo e comece a se preparar o mais rápido possível para esse concurso. Boa sorte a todos rumo a carreira militar.

Rodrigo Souza de Jesus

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 98 Média: 3]

Certame visa contratar 39 profissionais para integrarem o Quadro de Oficiais de Saúde da Polícia Militar de Minas Gerais.

Por meio da publicação do edital DRH/CRS nº 05/2017, a Polícia Militar do Estado de Minas Gerais deu início ao certame que tem como principal objetivo o preenchimento de 39 vagas. É importante destacar que todas as vagas deste concurso serão destinadas a candidatos de nível superior.

Dessa forma, os interessados podem disputar vagas para os seguintes cargos: Fisioterapeuta, Médico, Enfermeiro e Farmacêutico.

Os futuros contratados irão integrar o Quadro de Oficiais de Saúde da Polícia Militar de Minas Gerais. A remuneração inicial dos futuros contratados é de R$ 8.874,60 que equivale à remuneração básica inicial do cargo de 2º Tenente da PM-MG.

Para quem estiver interessado em participar do certame, saiba que o período de inscrições será entre 20 de junho a 19 de julho de 2017. O procedimento de inscrição deverá ser realizado, preferencialmente, por meio da internet. Sendo assim, bastará o candidato acessar o site oficial da PM-MG (www.policiamilitar.mg.gov.br/crs) para efetuar sua inscrição. Se preferir, o candidato pode optar pela inscrição presencial através de um dos seguintes endereços:

· Belo Horizonte – 1º BPM – Praça Marechal Floriano Peixoto, s/nº – Santa Efigênia

· Belo Horizonte – 5º BPM – Av. Amazonas, 6455 – Gameleira

· Belo Horizonte – 13º BPM – Av. Cristiano Guimarães, 2300 – Planalto

· Belo Horizonte – 16º BPM – Rua Tenente Vitorino, 71 – Santa Tereza

· Belo Horizonte – 22º BPM – Av. Arthur Bernardes, 1337 – Santa Lúcia

· Belo Horizonte – 34º BPM – Av. Américo Vespúcio, 2391 – Caiçara

· Belo Horizonte – 41º BPM – Av. Afonso Vaz de Melo, 465 – Barreiro de Baixo

· Belo Horizonte – 49º BPM – Av. Érico Veríssimo, 561 São João Batista (venda Nova)

· Juiz de Fora – 2º BPM- Rua Tenente Luiz de Freitas, s/nº – Santa Terezinha

· Diamantina – 3º BPM – Rua Pedro Duarte, s/nº – Romana

· Uberaba – 4º BPM – Praça Magalhães Pinto, 530 – Fabrício

Através desta modalidade, o atendimento é realizado das 8h30 às 17h00 (segunda, terça, quinta e sexta-feira) ou das 8h30 às 12h30 nas quartas-feiras. É preciso ter em mãos CPF e carteira de identidade. A relação completa de unidades de atendimento se encontra disponível no edital de abertura.

Para participar do certame é preciso atender aos pré-requisitos estabelecidos no edital de abertura. Dentre os quais, podemos destacar: ser brasileiro nato; possuir idoneidade moral; estar quite com as obrigações eleitorais e militares; possuir, no máximo, 35 de anos de idade até a data de admissão; ter concluído curso de graduação em nível superior na área escolhida; dentre outras exigências.

O edital oficial de abertura pode ser encontrado clicando AQUI – www.policiamilitar.mg.gov.br/portal-pm/crs/crs/conteudo.action?conteudo=132494&tipoConteudo=noticia.

Por Bruno Henrique

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 1 Média: 5]

Governador do Maranhão afirma que edital do concurso da Polícia Militar do Maranhão deve sair ainda este ano.

Mais uma boa notícia para os concurseiros de plantão do Estado do Maranhão. Foi confirmada recentemente a realização do novo concurso da Polícia Militar do Estado – Concurso PM MA. O anúncio, que aconteceu nesta terça-feira, dia 18, foi feito pelo próprio governador do estado. Flávio Dino confirmou os planos para um novo certamente enquanto concedia uma entrevista para uma emissora de rádio. Veja os principais detalhe logo a seguir.

De acordo com as palavras do próprio governador, o momento certo para um novo concurso para a PM é agora. Ainda segundo ele, a autorização já foi dada para que tanto a PM, quanto a Polícia Civil e o Corpo de Bombeiros, comecem a preparar o edital.

A previsão é de que os editais fiquem prontos logo e que o concurso público seja realizado ainda este ano, com o objetivo de que em 2018 já seja possível fazer a nomeação de novos profissionais.

Conforme aponta a Lei Orçamentária Anual de 2017, a previsão é de que sejam oferecidas, apenas para o posto de soldado, cerca de 1300 vagas.

Apesar de tudo apontar que o certame já comece a ser preparado, nenhuma informação foi dada que confirme com exatidão quando ocorrerá o lançamento dos editais. Até o presente momento, sabe-se que será em 2017.

De qualquer forma, com a previsão no orçamento e agora com a confirmação por parte do governo, a expectativa é de que banca seja apresentada nos próximos meses. As últimas informações apontam que a PM no momento está trabalhando com a parte burocrática do concurso.

Requisitos para a participação no concurso

Os candidatos que quiserem aproveitar essa oportunidade precisa ter certificado de conclusão do nível médio. A idade máxima aceita é de 28 anos. Para homens a altura mínima é de 1,65m, enquanto que para as mulheres é de 1,60m. Além disso, será necessário a carteira de habilitação nas categorias A ou B. Os salários inicias estão previstos em R$ 2.240.

Entre as principais atividades desenvolvidas pela PM estão atuar de forma preventiva com vistas que seja possível evitar danos a pessoa física, bens públicos e privados.

A contratação segue o regime estatutário e a jornada de trabalho é integral.

Por Denisson Soares

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 66 Média: 3]

Seleção agora irá ofertar 480 vagas, 430 para homens e 50 para mulheres.

Foi publicado recentemente um novo cronograma de eventos referente ao concurso público da Polícia Militar do Piauí. O concurso aqui destacado é regido pelo edital de abertura nº 001/2017. Um detalhe importante é que o certame estava suspenso, haja vista os ajustes previstos que foram realizados para que o concurso prosseguisse. Com isso, o número de oferta de vagas aumentou e a quantidade de candidatos selecionados poderá ser de até 480. São 430 vagas para candidatos do sexo masculino e 50 vagas para o sexo feminino.

É importante destacar que alguns pontos passaram por mudanças. Além das datas, para evitar o mesmo horário da prova do SEDUC, também foram modificados os locais de aplicação da prova objetiva. Dessa forma, a prova escrita objetiva será aplicada apenas na cidade de Teresina. As demais etapas, exame de saúde, teste de aptidão física e exame psicológico, também serão realizadas na capital do estado. Com a retificação, o concurso da PM-PI passou a ter uma oferta de vagas ainda maior.

Os interessados em participar do certame poderão realizar suas respectivas inscrições durante o período de 03 a 17 de abril de 2017. Além disso, saiba que o procedimento de inscrição deve ser realizado de forma exclusiva através da internet. Sendo assim, basta acessar o site oficial do NUCEPE, que é a instituição responsável pela organização do referido certame. A taxa de inscrição será de R$ 80,00 para todos os candidatos.

O concurso da Polícia Militar do Piauí tem como principal objetivo recrutar candidatos para o Curso de Formação de Soldados, sendo que os mesmos irão integrar o Quadro de Praça Policiais Militares. Portanto, os mesmos terão a graduação inicial de Soldado da PM-PI. Os futuros aprovados terão direito a remuneração inicial de R$ 3.100,00.

Para participar do concurso é preciso atender aos seguintes pré-requisitos: ter concluído o ensino médio; ser brasileiro nato ou naturalizado; possuir idade mínima de 18 anos e, no máximo, 30 anos durante o período de inscrição.

O processo seletivo será composto por várias fases. A primeira delas diz respeito à prova escrita objetiva, que deve ser aplicada no dia 21 de maio de 2017. Além disso, os candidatos aprovados na primeira etapa também serão submetidos a: exames de saúde e psicológico, teste de aptidão física e investigação social.

Por Bruno Henrique

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 8 Média: 2.9]

Certame irá ofertar 1.300 vagas com salários de R$ 2.240.

Para quem deseja uma carreira pública, salários atrativos, estabilidade financeira, está sem emprego e mora no estado do Maranhão, esse artigo pode ajudar muito aos que anseiam por um lugar ao Sol. O concurso da Polícia Militar para o estado já está no orçamento do governo para o ano de 2017, que visa ao preenchimento de 1.300 vagas para o cargo de soldado. O esperado certame já estava na pauta para ser autorizado desde o ano passado e a expectativa é que seja feito ainda esse ano, pois o déficit de policiais no Maranhão é enorme.

A Polícia Militar aguarda o parecer do governador do estado, Flávio Dino, para dar prosseguimento ao processo de liberação do concurso.

Uma boa dica é que os interessados comecem a estudar o quanto antes através do conteúdo disciplinar do último concurso, realizado em 2012 e onde foram ofertadas 2.150 vagas para soldados, músicos e bombeiros. As exigências deverão permanecer as mesmas do último certame, que foram: ensino médio completo, idade até 28 anos, altura mínima de 1,65m para o sexo masculino e 1,60m para o sexo feminino, além de carteira nacional de habilitação nas categorias A ou B. Os salários oferecidos na ocasião eram de R$ 2.240,00 mais benefícios trabalhistas, como férias prêmio, aposentadoria especial, assistência médica e odontológica para cônjuge e dependentes, clube, entre outras mordomias.

A banca organizadora do certame foi a Fundação Getúlio Vargas e contou com provas objetivas, teste físico, avaliação psicológica, investigação criminal, social, avaliação médica, odontológica e curso de formação. Quanto as provas objetivas, o certame contou com uma prova contendo 60 questões, distribuídas da seguinte forma: 20 questões de língua portuguesa, 10 de raciocínio lógico, 10 de conhecimentos de informática e 20 de conhecimentos específicos em história e geografia do Maranhão e do Brasil. Os candidatos ao cargo de soldado músico tiveram, além das citadas anteriormente, provas de conhecimentos específicos na área musical.

Não deixe para última hora e fique de olho na publicação do edital que poderá sair a qualquer momento. Boa sorte no concurso e em sua carreira.

Rodrigo Souza de Jesus

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 21 Média: 2.3]

Instituto Americano de Desenvolvimento (IADES) será a nova organizadora do certame.

Depois de desclassificar o Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistência Nacional (Idecan), no dia 14 de março, a Polícia Militar do Distrito Federal (PM/DF) anunciou por meio de uma publicação no diário oficial, do último dia 30 de março, que a segunda colocada que participou da licitação será a organizadora do concurso.

A banca escolhida foi o Instituto Americano de Desenvolvimento (IADES).

O próximo concurso da PM/DF já vem sendo esperado desde o mês de agosto do ano passado. Na época, o certame foi anunciado pelo governador do estado durante uma entrevista para um canal de televisão. Mas o certame só foi confirmado em janeiro deste ano pela Secretaria de Segurança Pública e Paz Social.

De acordo com as informações divulgadas, serão oferecidas ao todo 2.024 vagas. Desse número 2 mil serão para soldados, 18 para especialista corneteiro e 6 para soldado especialista em música.

A organização informa ainda que no caso de soldado, será feita a contratação imediata de 500 servidores. A previsão é de que esses profissionais sejam convocados já em outubro deste ano.

As demais 1.500 vagas serão direcionadas para a formação de cadastro de reservas. Esses profissionais serão convocados conforme a necessidade para atenderem a demanda nas áreas operacionais e administrativas.

Para poder concorrer para o cargo o candidato precisa ter formação de nível superior. Será válida a formação em qualquer área. A idade mínima exigida é de 18 anos e a máxima de 30 anos. Para homens a altura mínima é de 1,65m e para mulheres de 1,60m.

Os salários iniciais oferecidos, tendo como base o último concurso, foram de R$ 3.972,51 durante o decorrer do curso de praças. Após o ingresso efetivo na função a remuneração inicial passou para R$ 4.956,79. Lembrando que a esse valor já está incluído o benefício do auxílio-alimentação.

Conforme o edital de licitação, o valor da taxa de inscrição deverá ser de, no máximo, R$93,18.

A expectativa é de que cerca de 28 mil inscritos participem do concurso.

Seleção

O concurso da PM/DF contará com seis fases. Haverá provas objetivas e de redação, testes físicos, exames médicos, avaliações psicológicas, investigação de vida social e sindicância de vida pregressa.

Para maiores informações acesse o site http://www.iades.com.br/inscricao.

Por Denisson Soares

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 3 Média: 1.7]

Certame irá oferecer vagas para o cargo de Soldado.

Para todos aqueles que sonham em ter uma carreira pública, salários atrativos, estabilidade financeira e outras regalias provenientes do serviço público brasileiro, temos uma ótima notícia. O governo do estado do Alagoas está com previsão de publicar, ainda esse mês, o edital para concurso público para a Polícia Militar do estado.

O número de vagas ainda não foi definido, mas não serão poucas, devido ao enorme déficit de militares na corporação, o que vai animar muita gente a prestar o tão aguardado concurso. O edital já está em fase de tramites na Secretaria de Planejamento de Alagoas em caráter de urgência.

Os requisitos para o cargo de soldado são os seguintes: ter idade entre 18 e 30 anos, possuir residência fixa, não ter antecedentes criminais, estar em dia com as obrigações eleitorais e civis, possuir certificado de reservista (no caso do sexo masculino) e ensino médio completo.

O salário inicial será em torno de R$ 2.200,00 mais benefícios trabalhistas.

As provas serão de caráter eliminatório e serão compostas das seguintes etapas: língua portuguesa, matemática, conhecimentos gerais e específicos, teste de habilidade física, investigação criminal da vida pregressa do candidato.

Recomenda-se que todos os concurseiros fiquem atentos quanto à publicação do edital, pois a concorrência será enorme, tendo em vista a crise econômica e o desemprego em alta.

Esse concurso vai sanar apenas uma parte da área militar que se encontra deficitária no estado de Alagoas, que seria em torno de 50%.

O último concurso para soldado da Polícia Militar foi realizado em 2012, onde foram admitidos, cerca de 1.100 soldados e desde esse período, muitos militares já se aposentaram e os que ainda estão na ativa, encontram-se sobrecarregados com alto volume de serviço demandado por conta das inúmeras ocorrências diárias.

A expectativa é que seja autorizado um número semelhante de vagas do último concurso.

Não deixe a grande chance de ter uma carreira militar de sucesso e fique atento ao edital, preparando-se ao máximo para as tão aguardadas provas do concurso.

Por Rodrigo Souza de Jesus

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 1 Média: 1]

Certame está previsto para ser publicado no primeiro semestre de 2017.

No estado do Mato Grosso, a Secretaria de Segurança Pública realizará em breve o concurso para provimento dos cargos da Polícia Militar. Se você se identifica com a área policial e almeja um cargo público, confira as informações sobre essa oportunidade.

Recentemente, o Governador do estado, Pedro Taques, autorizou a realização do certame para a Polícia Militar do Mato Grosso (PM/MT). Com isso, as expectativas de lançamento do edital aumentam. Há previsão de publicação ainda no primeiro semestre de 2017. Os aprovados tomarão posse em 2018.

1.200 vagas serão disponibilizadas. Espera-se que sejam abertas vagas para as funções de investigador, bombeiro, policial, delegado e escrivão. Os candidatos devem ter escolaridade de nível superior completa em qualquer área de formação.

O último concurso realizado para a PM/MT foi em 2013. A banca organizadora naquele momento foi a Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (FUNCAB). Houve 1.080 chances para candidatos a soldado da polícia militar do sexo masculino e 120 do sexo feminino. Também foram ofertadas 300 vagas para soldado do corpo de bombeiros militar, das quais 269 eram exclusivas para homens e 31 para mulheres.

A remuneração inicialmente ofertada era de R$ 2.366, 79 para ambas as funções. Atualmente, o valor do salário é aproximadamente de R$ 4.000.

Confira outros requisitos para concorrer a essa oportunidade: altura mínima de 1,57 (mulheres) e 1,67 (homens), carteira de habilitação e idade entre 18 e 35 anos. Com relação ao último certame, houve alteração da idade máxima, pois antes era de 25 anos.

Os concorrentes de 2013 realizaram provas objetivas, exame médico, avaliação física, teste psicológico, investigação documental, exame odontológico e investigação funcional. Após todas essas fases, foi realizado o curso de formação profissional.

As cidades de lotação da última seleção foram as seguintes: Alta Floresta. Mutum, Rondonópolis, Barra do Garças, Várzea Grande, Juína Nova, Primavera do Leste, Cáceres, Cuiabá, Água Boa, Sinop, Pontes e Lacerda, Vila Rica e Tangará da Serra.

Assim como nos demais estados, o certame da polícia militar é bastante concorrido. Para conquistar uma vaga os interessados devem iniciar a preparação o quanto antes.

A realização desse concurso faz parte das medidas do estado para reforçar a segurança e reduzir os índices de violência e criminalidade.

Por Melisse V.

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 13 Média: 3.5]

Desclassificação do Idecan se deve a incompatibilidade com as condições exigidas na licitação.

Será necessário um pouco mais de paciência para os que pretendem realizar o novo concurso público da PM – DF (Polícia Militar do Distrito Federal). Isso se deve ao fato de a instituição ter anunciado, na última terça-feira, dia 14, através de publicação, que a banca organizadora determinada foi desclassificada. A empresa era o Idecan (Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistência Nacional) e acabou tendo incompatibilidade nas condições exigidas pelo edital de licitação. A decisão é passível de recurso e, se não for acatado, a instituição contratante iniciará um novo processo de licitação.

O certame já é esperado desde o dia 12 de agosto, ao ser anunciado pelo Rodrigo Rollemberg, o governador do DF. Entretanto, só foi oficializado no dia 16 de janeiro.

Serão ofertadas 2.024 vagas, onde 2 mil será para soldados, 18 para soldado especialista corneteiro e outras seis para soldado especialista músico.

Para o cargo de soldado, o certame contratará 500 servidores para início imediato, para ingressar a partir do mês de outubro. As outras 1.500 são destinadas ao cadastro reserva, com a finalidade de suprir a necessidade de profissionais nas áreas operacionais e administrativas, conforme as necessidades do órgão.

Para pleitear a um dos cargos é preciso ter diploma de nível superior em uma área de formação qualquer, ter idade entre 18 e 30 anos até o último dia de permissão para realização da inscrição e também, para homens, uma altura mínima de 1,65 m e para mulheres 1,60m.

A remuneração a princípio, do último certame, que foi realizado no ano de 2012, era no valor de R$ 3.972,51 ao decorrer do curso de praças, que inclui salário de R$ 3.322,51 e R$ 650 de auxílio alimentação. Depois de ingressar, o salário inicial foi para R$ 4.956,79, com salário base de R$ 4.306,79 e outros benefícios. Para este novo processo de seleção o valor inicial deverá ser mais alto, visto que a publicação informa um salário inicial de R$ 4.069,06 ao realizar o curso de praças.

Conforme o edital para licitação, a taxa de inscrição deverá ser de R$ 93,18, no máximo.

O órgão prevê que o certame tenha um 28 mil inscritos no total.

FILIPE R SILVA

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 0 Média: 0]

Certame da Polícia Militar do Piauí oferta 400 vagas para Soldados.

No último dia 10 de março de 2017 foi publicado o tão esperado edital para o concurso público da PM-PI. O certame da Polícia Militar irá oferecer um total de 400 vagas para soldado. Deste total, 10% são para candidatas do sexo feminino.

Os novos PMs irão ser distribuídos entre 10 cidades do estado. Entre elas estão Corrente, São Raimundo Nonato, Picos, Floriano e Parnaíba.

A organização técnica-administrativa ficou a cargo do Núcleo de Concursos e Promoções de Eventos da Universidade Estadual do Piauí – NUCEPE.

O período de inscrições para este concurso público foi aberto no dia 13/03 e seguirá até a data limite do dia 27 de março de 2017. Para validar a inscrição o candidato precisa fazer o pagamento de uma taxa que será no valor de R$80,00. Ela pode ser paga até o dia 28/03.

Requisitos para participar do concurso, salários e demais detalhes:

Para estar habilitado a ocupar a função de soldado da PM PI é necessário que o candidato tenha formação de nível médio completa. A idade mínima exigida é de 18 anos e a máxima de 30 anos.

Entre as principais atribuições do cargo estão a execução de ações e operações da PM, controlar, comandar, organizar e planejar ações que materializem atividades fim da corporação. Em outras palavras esses profissionais irão atuar de forma assertiva na preservação da ordem pública por meio de ações preventivas e de repressão com o principal objetivo de trazer proteção à pessoa física, bens públicos e privados contra qualquer ato de caráter delituoso.

O salário inicial oferecido para soldado da PM do Piauí é de R$3,1 mil.

Etapas do concurso:

De acordo com as informações constantes no edital os inscritos terão que passar por cinco etapas: Provas escritas objetivas, exames de saúde, teste de aptidão física, teste psicológico e investigação social. É importante ressaltar que há outros critérios que ainda são listados no edital.

A primeira etapa, composta pela aplicação das provas objetivas, está prevista para ser realizada no dia 30 de abril de 2017.

Último concurso da PM PI:

O último certame da PM do Piauí foi realizado em 2013 e ofereceu aos interessados 430 vagas. Foram 30 oportunidades para oficial de nível superior e 400 para soldado. Também nesta época a NUCEPE foi a organizadora.

Para se inscrever acesse o link nucepe.uespi.br.

Por Denisson Soares

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 9 Média: 3.3]

Seleção deverá ofertar 300 vagas para Soldado.

O concurso tão esperado da Polícia Militar do Estado do Amapá (PM/AP) está cada vez mais próximo de acontecer. O concurso será para o cargo de soldado do quadro de praças combatentes. De acordo com Euricláudio Alencar, Secretário Estadual de Segurança Pública do Amapá, a publicação do edital vai sair ainda neste mês com a disponibilidade de 300 vagas. Essas vagas serão para chamada imediata, contudo, segundo Alencar, a PM do Estado também terá formação para cadastro de reserva.

Para acontecer a liberação e por fim a publicação do edital, a Polícia Militar do Estado do Amapá ainda precisa ajeitar algumas informações, principalmente a escolha e inclusão de qual banca organizadora será. O concurso já vinha com uma grande expectativa desde o ano passado, quando já surgia notícias de que o edital poderia ser publicado em breve. Os interessados já estavam a espera da publicação desde o dia 25 de novembro.

A comissão organizadora será composta por profissionais da própria Polícia Militar, além da Procuradoria-Geral do Estado do Amapá, do Departamento de Desenvolvimento Pessoal, do Núcleo Setorial de Pessoal e do Departamento de Recursos Humanos.

Para conseguir angariar uma das 300 vagas de carreira de soldado que estarão disponíveis no concurso, o interessado tem que ter um curso de nível superior completo, altura mínima de 1,65m para homens e 1,60m para mulheres e idade mínima de 18 anos e máxima de 30 anos.

As atividades do policial militar são várias, entre elas fazer o policiamento preventivo e ostensivo de toda a região, além de resolver ocorrências; dirigir os veículos oficiais do comando – caso o soldado tenha a devida habilitação para isso; fazer a fiscalização e policiamento do trânsito da capital e dos municípios regionais; o soldado precisa exercer o policiamento e preservação da ordem pública; proteger a integridade física das pessoas e dos bens públicos e privados de todo o Estado caso ocorra algum ato criminoso; Executar no dia-a-dia as demandas das atividades da Polícia Militar, exercendo ações e operações do órgão, como guardar a sede de quartéis, dos três Poderes do Estado e a segurança externa de penitenciárias; por fim, o soldado também precisa proteger e patrulhar as florestas e mananciais com interação das comunidades envolvidas.

Por Carolina Costa

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 0 Média: 0]

Certame deverá ofertar 400 vagas de nível médio.

O edital para o concurso da Polícia Militar do Piauí está sendo aguardado para sair ainda nessa semana.

A PM/PI dará oportunidade para a formação de novos soldados, desde que tenham ao menos a conclusão do ensino médio.

Os próximos dias são de muita espera para os concurseiros e aqueles que sonham em servir o país militarmente. Isto é, pelo menos no Piauí, onde está previsto a divulgação do edital, ainda no início do mês de março, para um concurso público que irá selecionar novos soldados. A iniciativa veio da Polícia Federal do Estado do Piauí, que está ofertando cerca de 400 vagas.

O coronel da instituição declarou nos últimos dias que o edital vem sendo muito aguardado.

Ainda não foi divulgado o nome da banca organizadora responsável por elaborar os conteúdos da prova, bem como os critérios de seleção . É por isso que se deve tanta expectativa a respeito do concurso, pois sabendo qual é a instituição que produzirá a prova, os estudantes podem treinar por meio de provas anteriores e dessa forma, podem chegar melhor preparados e confiantes.

Sabe-se que o documento a respeito da seleção foi concluído e levado para o gabinete do secretário de Administração e Previdência, o Franzé Silva. Dessa forma, basta esperar pelo seu veredito para que o edital possa ser divulgado.

A função de soldado é mais favorecida nesse concurso público. Contudo, é necessário que os candidatos às vagas tenham concluído o ensino médio, tendo o certificado divulgado pelo Ministério da Educação.

É importante não se deixar seduzir pelo status que um soldado possui na sociedade, pois a profissão exige muito do profissional. Isso porque o soldado desempenha as seguintes funções: controlar, comandar, organizar, planejar, executar planos, além de cooperar com os demais policiais militares.

Dessa forma, o profissional deve usar farda publicamente e parte do seu trabalho se realizará nas ruas, fazendo a segurança da população.

O último concurso realizado pela PM/PI aconteceu no ano de 2013 e garantiu a efetivação de cerca de 450 vagas, sendo parte delas, quase 50, destinadas a oficial com nível superior, já as outras 400 foram destinadas a formação de soldados.

Nesse processo seletivo, não houve distinção entre os sexos.

Sirlene Montes

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 1 Média: 5]

Vunesp será a responsável pela organização do concurso. Seleção irá ofertar 74 vagas.

Recentemente a PM do Estado de São Paulo conseguiu definir a empresa responsável pela organização do próximo concurso público voltado a área da saúde. Dessa vez a instituição foi a Vunesp.

Agora basta que ambos, a Polícia Militar de São Paulo e Vunesp, acertem os detalhes burocráticos e assinem o contrato que permitem os próximos passos. O cronograma sobre o edital com as datas, o período para inscrições, local de aplicação de provas, regras e conteúdos propostos serão informados bem em breve.

Vale ressaltar a autorização que permite a realização do concurso aconteceu no dia 23 de dezembro do ano passado. Foram convocadas 74 vagas para as ocupações de 2º tenente médico PM, estagiário. As outras vagas serão anunciadas assim que o concurso for devidamente validado. Para as ocupações médicas, ainda há espera sobre o que deve ser anunciado.

Os requisitos básicos para os interessados em prestar o concurso são: ensino superior completo (e experiência na área, além de a formação ser na área escolhida) e ter até 35 anos de idade. As alturas mínimas para mulheres é de um metro e sessenta e para os homens um metro e sessenta e cinco.

Algumas informações sobre o último concurso da PM/SP para médico: no ano de 2010, 22 vagas foram disponibilizadas para a vaga acima relatada. Algumas das especialidades procuradas eram para estagiários de: médico generalista, ginecologia, psiquiatria, cardiologia, cirurgia plástica, hematologia, oftalmologia, endoscopia, anestesia, radiologia, cirurgia geral, pneumologia, urologia, fisiatria, ginecologia e obstetricia, otorrinolaringolista, cirurgia vascular, infectologia, endocrinologia, infectologia, medicina intensiva, traumatologia e neurologista.

Os requisitos para essa época era bem similares aos de agora. A idade continuava com a máxima de 35 anos, a altura era a mesma especificação. Porém, o salário inicial era de R$ 4.633,04.

O processo seletivo sob a resposabilidade da Vunesp era composta por investigação social, exames psicológicos, as rotineiras provas de condicionamento físico, as avaliações de escolaridade e conhecimentos práticos, além da prova oral e a análise de documentos requeridos. Todas as etapas eram e são classificatórias, obrigatórias e também eliminatórias.

Basta esperar a publicação do edital oficial para saber se existem mais mudanças sobre a natureza do concurso.

Yamí de Araújo Couto

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 4 Média: 2.3]

Concurso da Polícia Militar do Acre oferta vagas para Aluno Soldado Combatente, Aluno Soldado Músico e Aluno Soldado na área de Saúde.

No dia 3 de março foi publicado pelo Diário Oficial do Estado do Acre o edital de um dos concursos mais esperados da PM do Acre.

O concurso está ofertando 260 vagas para nível médio, 230 dessas para aluno soldado combatente, 10 para aluno soldado músico e 10 para aluno soldado na área de saúde.

Dessa vez, o responsável pela organização do concurso é o Instituto Brasileiro de Apoio e Desenvolvimento Executivo, o IBADE.

As inscrições já estão abertas e você pode acessá-las pelo site ww2.ibade.org.br/Home. O prazo final para inscrição é até o dia 28 de março. Existe uma taxa a ser paga de R$65,00.

Para os interessados em concorrer, é preciso que o candidato tenha ensino médio completo, idade de 18 anos (mínima), máxima de 30 anos até o momento da inscrição. A estatura mínima para concorrer é de um metro e sessenta para homens e de um metro e cinquenta e cinco para mulheres. Além disso, é necessário ter carteira nacional de habilitação, a CNH, para quaisquer vagas que desejar concorrer.

Depois do curso de formação, o salário base inicial é de R$3.319,12, com direito a benefícios.

Sobre a validade do concurso, o prazo será de 6 meses para a chamada de outros soldados, no caso da necessidade de convocação de mais profissionais para completar o quadro de prestadores de serviço a PM do Acre em 2017.

Para o processo de seleção existirá a prova objetiva, sendo realizadas nas cidades de Cruzeiro do Sul, Tarauacá, Sena Madureira, Rio Branco e Brasiléia, como o candidato optar no momento da inscrição.

Há previsão que as provas aconteçam no dia 23 de abril, sendo no período da manhã, com uma duração média de até 4 horas. Os candidatos devem ter aproveitamento de no mínimo 50% de pontuação da prova e não podem zerar nenhuma das disciplinas propostas na prova. Outras etapas obrigatórias também estarão presentes, como o teste de aptidão física, avaliação médica, toxicológica e psicológica, o curso de formação e investigação social.

Antes do lançamento oficial do edital, havia previsão para que até 500 vagas, para ambos os sexos, fossem oferecidas, com o salário base de R$3.278,65.

Por Yamí de Araújo Couto

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 1 Média: 2]

Quadro de policiais da maioria dos estados está bem abaixo do estipulado em lei.

O resultado de um estudo realizado recentemente apontou um grande problema na sociedade brasileira. É que segundo a pesquisa, muitos lugares do Brasil não possuem o número estimado de policiais militares.

Ao que pode observar, as Polícias Militares de alguns lugares do Brasil estão com menos policiais em seu efetivo, fato que vai contra as leis estaduais que determinam a quantidade de policiais que as corporações devem ter, baseando-se no número de habitantes das cidades e estados. O problema maior revelado pela pesquisa está no fato de que de 27 PMs, quase todas trabalham com o efetivo menor, o que se somam 25.

Existe uma lei que é estadual e que determina o número de militares que cada batalhão deve possuir.

De acordo com essa lei estadual que tem validade para todos os estados brasileiros, os batalhões da PM de cada estado deveriam possuir cada um o equivalente a 600 mil militares. Contudo, atualmente eles possuem em média 430 mil policiais. Além de estarem com esse número reduzido de militares, em onze estados brasileiros desde o ano de 2012, suas tropas vêm sofrendo uma diminuição gradativa.

A partir da soma dessa baixa de todos os batalhões, o déficit de policiais militares já ultrapassa a marca de 160 mil.

Percebe-se que essa redução de homens nos batalhões de todo o Brasil é uma deficiência que se encontra na lei, visto que não existem leis que especificamente determinem um número fixo de efetivos da PM.

Na realidade a Lei atual aponta para o número ideal e militares, mas não obriga a manutenção desses homens nas corporações, o que faz com que essa lei estadual seja vista apenas como o parâmetro de uma marca ideal e que passa longe de ser real.

A pesquisa revelou que dos 27 batalhões estaduais que participaram do estudo, somente os de Minas Gerais, Espírito Santo, Ceará e Minas Gerais possuem um pouco mais de 80% do número de militares apontado na lei, o restante trabalha com bem menos que isso.

Com um número menor de policiais militares a população fica desprotegida, pois cria-se buracos na segurança de toda a sociedade e inclusive dos próprios militares, que têm que se desdobrar em suas funções e mesmo assim não conseguem fazer o seu trabalho como deveriam.

Sirlene Montes

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 0 Média: 0]

Seleção irá ofertar vagas para o cargo de Soldado de 2ª Classe.

Para quem já vem se preparando e tentando ser aprovado ou deseja prestar pela primeira vez concurso público para a Polícia Militar de São Paulo, as notícias que acabam de chegar são favoráveis. É que um novo concurso já foi autorizado e as oportunidades são para pessoas que possuam ensino médio completo.

Como foi informado, a realização de mais um concurso para a PM do estado de São Paulo é para complementar o número de vagas de um processo de seleção que já havia se iniciado no ano passado. Dessa forma, para quem já havia tentado o certame do final de 2016, terá mais essa chance, já que o concurso é basicamente o mesmo, pois prevê a oferta de vagas para Soldado de 2ª classe, cujo remuneração inicial é no valor de R$ 2.929 mensais.

Segundo as primeiras informações, o novo concurso da PM de São Paulo deve acontecer, se tudo ocorrer como o planejado, ainda neste semestre, mas caso isso não seja possível, será no início do segundo semestre de 2017.

A autorização para a realização de mais esse concurso já foi dada pelo atual Governador do estado, Geraldo Alckmin, no mês de agosto do ano passado. Na ocasião a autorização foi para a disponibilidade de mais de 5 mil vagas para cargos de Soldados. Dessa forma, no ano passado o primeiro concurso ofertou quase 3 mil vagas. Sendo assim, o concurso desse ano deve disponibilizar para a concorrência o equivalente a 3.107 oportunidades para compor o quadro de soldados da Polícia Militar de São Paulo.

A concorrência é aberta para candidatos, homens e mulheres, que possuam ensino médio completo, que tenham de 17 a 30 anos de idade, altura mínima de 1,55 para mulheres e 1,60 para homens, além de carteira de motorista nas categorias “B’ e “E”.

Um soldado de 2ª classe da Polícia Militar recebe inicialmente uma remuneração no valor de R$ 2.357,76, acrescidos do adicional relacionado a insalubridade no valor de R$ 571,51.

Dessa forma, a recomendação é de que os interessados em realizar o concurso devem estar atentos, pois em breve deve ser publicado o edital e o prazo para inscrições.

Sirlene Montes

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 24 Média: 3]

Certame deve ofertar 1.040 vagas de nível médio.

É muito grande a expectativa para a abertura de um novo concurso público para a Polícia Militar do estado de Alagoas. Ao que tudo indica, a publicação do edital será em março de 2017. A previsão foi confirmada recentemente pelo Governador Renan Filho, por ocasião de uma entrevista coletiva à imprensa.

Até o presente momento não foi dada informações detalhadas sobre a quantidade de vagas que deverão ser contempladas pelo concurso. Mas é bem provável que o número oferecido seja mais ou menos igual ao apresentado pelo último processo seletivo que ofereceu aos concursandos 1.040 vagas.

Requisitos mínimos que serão exigidos:

De acordo com as informações divulgadas até agora, os candidatos que quiserem concorrer as vagas precisam contar com formação de nível médio completo. A idade mínima exigida é de 18 anos e a máxima de 30 anos. Além disso, a função requer que os profissionais tenham habilitação na categoria B. A altura mínima exigida é de 1,65m para homens e de 1,60m para mulheres.

O valor dos salários iniciais não foi divulgado.

Uma vez que a publicação do edital esta próxima, é bem provável que já nos próximos dias seja definida a banca organizadora do concurso.

O anúncio da próxima seleção para a Polícia Militar do estado foi feito no mês de outubro do ano passado, pelo próprio governo do estado. Na ocasião o governo havia destacado a situação financeira do estado. De acordo com ele, assim como diversos outros estado, Alagoas também se encontra em dificuldade. Mesmo assim, ele deu garantias de que irá promover uma nova seleção para a PM.

Recentemente foram chamados para a atividade 800 novos policiais. Segundo o governo, fazer isso é importante para deixar claro para a população que o objetivo é seguir em frente mesmo apesar das dificuldades.

Último concurso PM-AL

A última seleção para a polícia militar do estado ofereceu um total de 1.040 vagas para os cargos de soldado combatente e oficial. Na ocasião a organização do certame ficou a cargo do Cespe/UnB.

A triagem dos candidatos foi realizada por meio da aplicação de provas objetivas, testes discursivos, aptidão física, exames médicos, avaliação psicológica, comprovação de documentos e também investigação social.

Para obter maiores informações sobre está e outras oportunidades do estado de Alagoas acesse www.governo.al.gov.br.

Por Denisson Soares

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 0 Média: 0]

Seleção deverá ofertar 1.040 vagas para soldado e oficial.

O concurso da Polícia Militar do estado do Tocantins (PM/TO) vem sendo aguardado desde o ano passado e a expectativa é de que o edital seja publicado em breve. A previsão é de que sejam oferecidas aos concursandos um total de 1.040 vagas. O documento já está em fase de elaboração.

Em um primeiro momento este concurso público estava sendo previsto para ser lançado no mês de agosto, mais precisamente no dia 25, uma vez que é nessa data em que é comemorado o dia do soldado. Mas por algumas questões burocráticas ele acabou sendo adiado.

O concurso da polícia militar do Tocantins irá oferecer 1.000 oportunidades para o cargo de soldado e mais 40 para o cargo de oficial. De acordo com os setores ligados a esse concurso, a ideia é que com a realização desta seleção seja possível intensificar o combate à violência em especial na zona sul da capital do estado.

Saiba mais:

Tendo como base o último concurso público para a PM, a função de soldado pediu dos candidatos a formação de nível médio. A idade mínima exigida era de 18 anos e a máxima de 30 anos. Para candidatos do sexo masculino a altura exigida era de 1,63m e para candidatos do sexo feminino de 1,60m.

Também é fundamental que os interessados não tenham nenhuma pendência com relação aos deveres militares, eleitorais e civis.

É interessante observar que um outro requisito que deverá agora ser parte dos itens obrigatórios é a Carteira Nacional de Habilitação na categoria B.

Outra informação importante é que as oportunidades para a função de oficial serão destinadas para candidatos que tenham formação de nível superior.

Último concurso da PM/TO

No ano de 2013, a Polícia Militar de Tocantins realizou um concurso público que tinha como finalidade o preenchimento de 300 vagas para soldado. Na época a banca que ficou a cargo da organização técnica-administrativa foi a Consulplan.

Durante o período de formação a PM ofereceu aos participantes um auxílio financeiro no valor de R$ 800,00. Para quem foi aprovado no curso os salários oferecidos eram de R$ 3.057,77 mais o vale alimentação.

A seleção dos candidatos foi feita por meio de seis etapas. Foram aplicadas provas objetivas e discursivas, testes de capacidade física, avaliação psicológica, exames médicos e odontológicos, investigação social e curso de formação.

Por Denisson Soares

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 28 Média: 2.5]

Concurso contará com mais de 500 vagas e a banca responsável pelo certame será a Idecan.

Para quem pretende prestar concurso para Polícia Militar, deve ficar atento, pois a PM/DF(Polícia Militar do Distrito Federal) divulgou o nome da banca responsável pelo concurso, a publicação foi feita nesta terça feira, dia 14 de fevereiro, no Diário Oficial do DF. A instituição melhor classificada foi a Idecan (Instituto de Desenvolvimento, Cultural e Assistência Nacional). Porém, para que a confirmação tenha bom êxito será necessário que a instituição apresente em até cinco dias úteis à documentação necessária. Sendo assim, comprovará que está apta para o certame. Assim que confirmada a documentação, a previsão para a publicação do edital será para março.

A respeito dos números de vagas, estão previstas mais de 500 vagas destinadas para os seguintes cargos:

  • 500 vagas para Soldado Combatente
  • 06 vagas para Soldado Especialista – Músico
  • 18 vagas para Soldado Especialista – Corneteiro

Além dessas vagas, terão mais 1500 vagas destinadas para cadastro reserva, para a vaga de Soldado Combatente. A função do Policial Militar é atuar em diversas áreas e tem como objetivo preservar a ordem pública.

É necessário ter ensino superior em qualquer área de formação, possuir entre 18 e 30 anos de idade. No caso do sexo masculino medir 1,65m de altura e 1,60m para o sexo feminino.

Para conseguir a vaga o futuro Soldado da Polícia Militar/DF passará pelas seguintes etapas:

  • Prova Objetiva (Será de caráter eliminatório e classificatório)
  • Prova Discursiva (Redação em Língua Portuguesa)
  • Exames médicos
  • Exame psicológico
  • Exame de Aptidão física
  • Investigação da vida social e pregressa.

Conforme o último edital realizado em 2012, a prova objetiva foi composta por 60 questões divididas em Conhecimentos Gerais e Conhecimentos Específicos, distribuída da seguinte maneira:

  • Conhecimentos Gerais: Língua Portuguesa; Atualidades, Raciocínio Lógico e Noções de Informática
  • Conhecimentos Específicos: Noções de Administração e Psicologia; Lei Orgânica do Distrito Federal; Noções de Direito Administrativo; Noções de Direito Constitucional; Noções de Direito Penal; Noções de Direito Processual; Direito Penal; Legislação Extravagante e Noções de Direito Penal Militar;

A respeito dos vencimentos, segundo o reajuste de 20,00% que houve ao final de 2016, cada cargo passou a receber o seguinte valor:

  • Coronel – R$ 21.721,13
  • Subtenente – R$ 12.104,90
  • Soldado – R$7.190,98

Para um melhor resultado estude antes da divulgação do edital, sendo assim, com certeza a vaga será sua.

Boa Sorte!

Gisele Alves de Brito

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 0 Média: 0]

Seleção deverá ofertar 2.090 vagas. Edital deverá ser publicado em breve.

A Polícia Militar da Bahia anunciou no final do ano passado o edital para a realização de um concurso para a escolha de novos soldados e oficiais. Com cerca de 2.090 vagas, o exame é uma grande oportunidade para conseguir uma carreira estável no país. O concurso está previsto para ocorrer no primeiro semestre de 2017.

As vagas oferecidas estão dividas em quatro categorias distintas. Sendo 10 cargos para dentistas que possuem a patente de oficial, 20 oportunidades para médicos que possuem as mesmas condições citadas acima, 60 vagas para oficiais e 2.000 cargos para soldados. Os aprovados vão dar início a jornada de trabalho a partir de 2018, juntamente com os treinamentos disponibilizados pela organização. Um dos motivos para a realização deste exame é a preocupação em proporcionar mais segurança a população do estado da Bahia.

As provas para este tipo de concurso cobram um grande e diversificado conteúdo. Dessa forma, tradicionalmente as matérias cobradas no exame são: Entendimento de Direito Penal, Humanos, Administrativo e Constitucional; Língua Portuguesa; Consciência de questões que abordem a Igualdade Racial e de Gênero; História e Geografia Brasileira; Questões Contemporâneas; Perguntas de Raciocínio Lógico e Quantitativo; além de Redação.

Na edição de 2017 a prova será elaborada pela Fundação Carlos Chagas. Os interessados devem se preparar muito bem para esta prova, uma das dicas é buscar na internet edições anteriores de concursos para policiais. Através deste endereço www.qconcursos.com você encontra edições anteriores dos teste.

Para se tornar um militar, o candidato precisa atender alguns pré-requisitos como: ser naturalizado(a) brasileiro (a); ter entre 18 e 30 anos, não ter problemas com a justiça eleitoral; não possuir ficha criminal; caso for homem estar normalizado quanto as obrigações militares; não ter uma estatura inferior a 1,55 m (para mulheres) e 1,60 m (para homens), possuir ensino médio completo, possuir carteira de habitação para automóveis e possuir predisposição para atividades físicas e mentais, que serão comprovados a partir de exames realizados pela PM Soteropolitana.

Por fim, tentar a carreira militar possui algumas vantagens. Dentre eles podemos citar o valor do salário, cerca de R$ 2.100,00 reais – que pode variar dependo da cidade de atuação, além de planos de saúde e odontológico, que são também oferecidos para dependentes do militar. Lembrando que as inscrições ainda não foram abertas e então fique atento às notícias veiculadas pelos meios de comunicação ligados a Polícia Militar da Bahia.

Isabela Castro

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 24 Média: 3.3]

Certame deverá ofertar 2 mil vagas com salários de até R$ 6 mil.

Se você sonha em ingressar no mercado de trabalho fazendo carreira militar, fique atento a esta notícia. A Polícia Militar do Distrito Federal – PMDF irá promover a realização de um novo concurso público. O objetivo é realizar o provimento de cerca de 2 mil vagas para a carreira de soldado. De acordo com as informações anunciadas até o momento pela Secretaria de Segurança Pública, este concurso público terá uma validade total de dois anos, mas caso seja necessário, o prazo de validade poderá ser prorrogado por igual período.

Ainda segundo as informações da SSP-DF, as vagas previstas deverão ser distribuídas em três turmas. A primeira, com o ingresso de 500 policiais, deverá ser formada já em outubro de 2017. As outras duas, cada uma com 750 vagas, estão previstas para serem formadas em 2018 e 2019.

Já a publicação do edital está previsto para ser lançado entre o primeiro semestre e o segundo semestre de 2017.

É interessante observar que os interessados que não contam com graduação ainda podem aproveitar a chance. Esses profissionais podem escolher um curso superior de duração menor e com isso garantir a concorrência para alguma das turmas que vão ser abertas. Mas é bom não perder tempo, os concursos militares são amplamente concorridos devido a estabilidade que oferecem e os benefícios.

Saiba mais

O cargo de soldado da PMDF é oferecido para concursandos graduados em qualquer curso do ensino superior. É exigido também que os interessados tenham Carteira Nacional de Habilitação (mínimo) categoria B. A idade mínima de 18 anos e máxima de 30 também constam entre os requisitos.

Com relação à altura mínima exigida, a informação é de que será de 1,65m para candidatos do sexo masculino e de 1,60m para candidatos do sexo feminino.

Os salários da PMDF ficam entrem os melhores do país. Para soldado de 2ª Classe o valor chega a R$ 5.108,08. Para soldado de 1ª Classe pode atingir R$ 6.338,87.

Sobre a banca organizadora do certame a informação que temos até o momento é de que a PMDF lançou um edital para fazer a licitação e contratação da banca. O prazo para que as instituições interessadas possam entregar as propostas terminou no último dia 25 de janeiro de 2017. Apesar de não se ter um prazo de análise, a previsão é de que em 15 dias seja informada a vencedora.

Por Denisson Soares

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 7 Média: 2.9]

Seleção visa ao preenchimento de vagas para cargos de professores, monitores e também de instrutores para o Curso de Formação de Soldado.

Publicado o edital do processo seletivo da Polícia Militar do estado de Roraima (PM-RR) visando ao preenchimento de cadastro reserva para cargos de professores, monitores e também de instrutores para o curso de formação de soldado. Os aprovados serão lotados na Academia de Polícia Integrada Coronel Santiago.

Os interessados poderão fazer inscrição de forma presencial no período de 20 de janeiro a 05 de fevereiro no período da manhã: das 08h às 11h40min, no endereço: Avenida Capitão Ene Garcez, 1769, Mecejana, no Quartel do Comando Geral da Polícia Militar, em Boa Vista.

Os interessados serão avaliados por meio de três etapas sendo avaliação de título, análise curricular e aula expositiva. O resultado do processo seletivo está previsto para ser divulgado a partir do dia 12 de março. A remuneração inicial corresponde a R$ 60,00 a hora/aula e para a função de monitores este valor é de R$ 30,00 a hora/aula.

O processo seletivo tem a validade de doze meses, sendo prorrogável pelo mesmo período a critério da PM-RR. O edital completo pode ser acessado por meio deste link: www.pm.rr.gov.br.

Como fazer um bom currículo?

O currículo deve ser elaborado de forma objetiva e clara, sobretudo focada. Os seus dados pessoais devem constar de forma completa e no topo do currículo. Escreva seu nome completo, telefone celular, residencial, e-mail, endereço e estado civil.

Coloque apenas o essencial no seu currículo, ou seja, as suas experiências profissionais e acadêmicas. Concentre-se em escrever as informações que pode ser relevante, chamar a atenção e que possam te diferenciar de outros candidatos para o concurso público.

Apesar da importância do conteúdo, uma boa apresentação também é um diferencial. Desta forma, saiba organizar o documento com as informações adequadas, a fim de deixá-lo organizado.

Cautela com o português e evite o uso de abreviaturas. Além disso, revise o documento em relação aos aspectos gramaticais. Não se esqueça de usar o corretor ortográfico e peça auxílio para algum amigo.

Caso não consiga a sua aprovação neste processo seletivo simplificado continue estudando e aproveitando outras oportunidades que estão previstas na carreira pública. Foque os estudos, faça um planejamento e acredite no seu potencial.

Boa sorte e sucesso!

Por Babi

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 18 Média: 2.5]

Salários chegam a R$ 10 mil. Inscrições podem ser feitas até o dia 31 de janeiro de 2017.

Estão abertas as inscrições para o concurso da Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF), visando ao preenchimento de 04 vagas para a habilitação de oficiais capelães. Do total de vagas citadas, três é para a formação de cadastro reserva, que poderá ser aproveitada mediante a abertura de novas vagas no prazo de validade do certame, que consiste em dois anos, sendo prorrogável pelo mesmo período, a critério da PMDF.

Além disso, o concurso para capelão conta com os seguintes requisitos: uma vaga e cadastro reserva para sacerdote de igreja católica – sexo masculino – e também 2 vagas de cadastro reserva para capelão pastor evangélico – ambos os sexos. A remuneração inicial para a função é de R$ 10.147,13.

Para concorrer é fundamental ter nível superior em teologia, ser pastor de igreja evangélica cristã ou também pode ser sacerdote de igreja católica apostólica romana há três anos, além de ter idade entre 18 e 35 anos, possuir altura mínima de pelo menos 1,65m para homens e 1,60m para mulheres e ter carteira de habilitação de categoria B, pelo menos.

Ficou interessado em participar do certame ou conhece alguém que preenche os requisitos? Então não perca tempo, porque as inscrições permanecem abertas somente até o dia 31 de janeiro deste mês e podem ser feitas por meio do site da IADES, organizadora do certame: http://www.iades.com.br/inscricao.

O valor da taxa de inscrição é de R$ 92,00 e as provas estão previstas para serem aplicadas no dia 11 de março. De acordo com o edital, a duração será de 04h30 e os candidatos serão avaliados por provas objetivas e também discursivas. Em relação à fase objetiva, ela será composta por 60 questões, sendo das disciplinas de língua portuguesa, inglesa, legislação, direitos humanos e conhecimentos específicos.

Como falta poucos meses para as provas objetivas e discursivas, o candidato deve montar um planejamento de estudo, a fim de cobrir os principais pontos cobrados pelo edital do concurso. Desta forma, ele deve organizar a sua rotina, a fim de conciliar as matérias e seguir o seu roteiro de estudo com dedicação e firmeza. Além disso, deve treinar exercício da banca IADES, para conhecer a forma de cobrança e mapear as possíveis pegadinhas. Boa sorte!

Por Babi

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 5 Média: 2.6]

Seleção oferece 200 vagas. Inscrições podem ser feitas até o dia 8 de fevereiro de 2017.

Ainda se encontram abertas as inscrições para o Concurso da Polícia Militar do Distrito Federal. De acordo com o edital, serão disponibilizadas o total de 200 vagas. Contudo, somente 50 vagas são para nomeação imediata, sendo 5 destinadas a mulheres e 45 para homens. As outras 150 vagas são para preenchimento de CR, o cadastro reserva.

O concurso é voltado para jovens que possuam a idade entre 18 anos e 30 anos, tenham ensino de nível superior completo, possuam carteira de motorista (CNH mínima na categoria B) e tenham altura mínima de 1,65m para candidatos homens e 1,60m para candidatas mulheres.

O curso que forma Oficiais da Polícia Militar possui a duração prevista para 3 anos. Durante esse período os aprovados são considerados cadetes. No Distrito Federal o salário pago aos cadetes, nos dois primeiros anos, é de R$ 5.202,59. Já no último ano de curso sobe R$ 6.112,87.

Ao término do curso, os cadetes são nomeados como aspirante a oficial e com isso os salários sobem para o equivalente a R$ 10.147,13. E ainda possuem a oportunidade de serem nomeados como segundo tenente, passando a receber a remuneração de R$ 11.894,25.

As inscrições já estão abertas e são feitas somente pelo site www.iades.com.br, com o prazo final para o dia 08 do mês de fevereiro.

Para efetuar a inscrição o candidato precisa pagar uma taxa no valor de R$ 88,00.

O processo seletivo para a Polícia Militar do Distrito Federal acontecerá em diversas etapas que incluem provas escritas, exames físicos, de saúde, psicológicos, avaliação de antecedentes e análise de títulos. Tudo previsto para acontecer em sete etapas.

De acordo com o edital, as primeiras provas objetiva e discursiva devem ser realizadas no dia 12 do mês de março. As demais fases devem acontecer com data ainda não divulgada, mas os candidatos serão avisados previamente.

O concurso da PM/DF, de acordo com seu edital, será válido por dois anos e podem ter essa validade prorrogada por até dois anos a mais, o que deve ser decidido pela Polícia Militar do DF.

A única restrição que impede a entra para o curso de formação da PM é o fato de o candidato possuir tatuagens que expressem preconceito, apologia às drogas, ao crime e à violência.

Para maiores informações acesse o site da Polícia Militar do Distrito Federal.

Sirlene Montes

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 0 Média: 0]

Certame possui 1.350 vagas no Curso de Formação de Soldados. Interessados devem se inscrever até o dia 21 de janeiro de 2017.

Após a publicação de uma retificação em relação ao edital DRH/CRS nº 13/2016, o concurso público da Polícia Militar de Minas Gerais passou por algumas mudanças. É importante destacar que este certame tem como principal objetivo o recrutamento de candidatos para o ingresso no Curso de Formação de Soldados do Quadro de Praças da PM. Dessa forma, após tal retificação, o número de vagas passou a ser de 1.350, sendo que o período de inscrições também foi alterado. A remuneração inicial é de R$ 3.278,74, após o candidato ingressar no CFSd como Soldado 2ª Classe.

Quanto ao número de vagas disponíveis, saiba que 1.215 são destinadas a candidatos do sexo masculino, enquanto que as 135 vagas restantes são para candidatos do sexo feminino. Além disso, as vagas são lotadas na Região Metropolitana de Belo Horizonte, no Comando de Policiamento Especializado, o CPE. Com isso, as vagas são distribuídas entre as Regiões de Polícia Militar, com 1.080 vagas, além das Regiões do Interior do Estado para o 18ª RPM (180 vagas) e 17ª RPM (90 vagas).

Outro detalhe importante em relação à retificação publicada é quanto ao pré-requisito de escolaridade mínima para participar deste concurso. Com a mudança só poderão participar deste certame os candidatos com nível superior completo em qualquer curso de graduação. Também será exigido que o candidato atenda aos seguintes pré-requisitos: possuir idade entre 18 e 30 anos até a data de inclusão; estar em dias com as devidas obrigações militares e eleitorais; idoneidade moral; altura mínima de 1,60m (homem) ou 1,55m (mulher); o candidato deve possuir sanidade mental, física, aptidão física e ser aprovado em avaliação psicológica.

O prazo de inscrições já se encontra aberto e terá o seu encerramento em 21 de janeiro de 2017. O candidato deverá fazer a sua inscrição por meio exclusivo da internet. Portanto, basta acessar o site oficial da PM/MG, em sua página de concursos. A taxa de inscrição é de R$ 122,95 para todos os candidatos.

O processo seletivo deste certame será composto por duas etapas. A primeira delas é referente a provas de conhecimentos, objetiva e dissertativa. A mesma deve ser realizada na data provável de 19 de fevereiro de 2017, segundo o edital do concurso. A segunda etapa corresponde a avaliações psicológicas, exames de saúde, teste de aptidão física e exame toxicológico.

Por Bruno Henrique

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 2 Média: 2]

Seleção conta com 50 vagas. Inscrições podem ser feitas até o dia 15 de janeiro de 2017.

Por meio da publicação do edital nº 001/2016/PMERJ, foi dado o início oficial do concurso público da Polícia Militar do Estado do Rio de Janeiro em 2017. O certame aqui destacado tem como objetivo a admissão via processo seletivo de 50 candidatos para ingresso no Curso de Formação de Oficial do Quadro de Oficiais Policiais-Militares da PMERJ. Confira mais detalhes sobre esta oportunidade na continuação desta matéria.

Em relação ao número total de vagas, é importante destacar que 45 são destinadas ao sexo masculino e cinco vagas são para o sexo feminino. As vagas aqui destacadas são para o ano letivo de 2017, ou seja, o que corresponde ao primeiro ano do Curso de Formação de Oficiais.

Para participar deste concurso é necessário possuir o título de Bacharel em Direito, altura mínima de 1,60m (sexo feminino) ou 1,65m (sexo masculino), possuir idade entre 18 de 35 anos, dentre outros requisitos que podem ser encontrados no edital oficial.

Os candidatos aprovados no certame terão direito a remuneração inicial de R$ 2.550,00, que corresponde à atividade de Aluno-Oficial PM. Após a formação, o Aluno-Oficial PM será promovido a Aspirante-a-Oficial PM e terá direito a remuneração de R$ 5.321,22, sendo que tal vencimento pode chegar a R$ 6.595,83 após atingir o posto de 2º Tenente PM.

O período de inscrições já se encontra aberto e seu encerramento está previsto para 15 de janeiro de 2017. O interessado deverá realizar sua inscrição por meio exclusivo da internet. Sendo assim, o mesmo deve acessar o site oficial do IBADE, instituição responsável pela organização e execução deste concurso. A inscrição será devidamente efetuada após o pagamento da taxa de inscrição no valor de R$ 112,00.

O processo seletivo deste certame é composto pelas seguintes etapas: prova objetiva, redação, teste de aptidão física, exame antropométrico, exame psicológico, exame de saúde e avaliação social e documental. As provas objetivas e de redação devem ser aplicadas em 29 de janeiro de 2017, segundo consta no edital oficial, nos seguintes municípios: Angra dos Reis, Cabo Frio, Macaé, Niterói, Nova Iguaçu, Resende e Rio de Janeiro. As demais etapas serão aplicadas apenas na cidade do Rio de Janeiro.

Por Bruno Henrique

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 37 Média: 2.5]

Interessados podem se inscrever até o dia 15 de dezembro de 2016.

Quer seguir a carreira militar mas não sabe por onde começar? Pois a Polícia Militar de São Paulo está abrindo uma grande oportunidade para quem quer realizar o seu sonho.

Trata-se da contratação de mais de duas mil pessoas para preenchimento de vagas de Soldado PM de 2ª Classe. Sob a organização da Vunesp, a publicação oficial foi feita no Diário Oficial do Estado de São Paulo.

Porém, é importante ressaltar que o ingresso do candidato ocorre somente após aprovação no Curso Superior de Técnico de Polícia Ostensiva. Portanto, não basta passar no concurso, ainda é preciso realizar a formação específica.

Para o certame podem se candidatar pessoas do sexo feminino e masculino, com idade mínima de 17 e máxima de 30 anos. Além disso, é preciso ter ensino médio completo e altura de 1,60 metros no caso de homens e 1,55 metros em caso de mulheres. É indispensável ainda a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) na categoria “B”.

Para quem ficou interessado, pode se candidatar no site da organizadora, no endereço www.vunesp.com.br. O prazo de inscrição começa no dia 16 de novembro e termina no dia 15 de dezembro de 2016. Para efetivar a participação é necessário pagar uma taxa de R$ 50.

Ainda, no momento do cadastro, é preciso optar por uma das cidades para realizar as provas objetivas. São elas: Sorocaba, Bauru, Campinas, Araçatuba, Presidente Prudente, Santos, Piracicaba, Ribeirão Preto, São Paulo, São José dos Campos e São José do Rio Preto.

Além da prova objetiva, que acontece no dia 5 de fevereiro de 2017 e que engloba questões sobre matemática, língua portuguesa, conhecimentos gerais, noções de administração pública e noções básicas de informática, ainda haverão outras etapas para a seleção. São elas: prova de redação dissertativa, exame sobre a aptidão física do candidato, exame de saúde, exame psicológico, investigação sobre a situação social e, por fim, análise de documentos e outros títulos do participante.

Ainda não há data e local certo para a realização das provas. Porém, esses serão divulgados futuramente em edital de convocação para a realização do certame.

A validade do concurso público, contado da homologação do mesmo, é de 90 dias. Em caso de averiguação de necessidade, pela própria administração, o mesmo pode ser prorrogado por mesmo período, se necessário.

Kellen Kunz

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 39 Média: 2.9]

Seleção contará com 2 mil vagas. Edital deverá ser divulgado em breve.

A Polícia Militar do Estado de São Paulo publicou através do lançamento no DOU, Diário Oficial da União, na última quarta-feira, dia 26 de outubro 2016, a realização do contrato da banca organizadora do seu próximo processo público de seleção para soldados, o qual foi autorizado no dia 31 de agosto pelo governador Geraldo Alckmin. A Fundação Vunesp foi selecionada por meio de dispensa de licitação, que há algum tempo tem organizado os certames da corporação. Desta forma, o edital estava previsto para ser liberado no mês de dezembro, porém, já será agilizada para que o processo se inicie ainda no mês de novembro.

O governador autorizou 5.400 vagas, porém, o extrato de edital deverá contar com um quantidade menor, cerca de 2 mil oportunidades, reservando o restante para um próximo concurso, o qual está previsto para acontecer no primeiro semestre do ano que vem.

A seletiva para ingresso na categoria deverá seguir as novas regras, determinadas pela lei complementar de número 1.291, que foi sancionada em 22 de julho pelo governador. Neste momento se exigem ter idade mínima de 17 anos e máxima de 30 anos, além de altura mínima de 1,60m para o sexo masculino e 1,55m para o sexo feminino, ensino médio e carteira de habilitação nas categorias entre “B” e “E”. O salário inicial para os futuros soldados será de R$ 2.929,27, sendo o vencimento básico de R$ 2.357,76, mais R$ 571,71 de insalubridade.

Até o último certame da categoria, que aconteceu no primeiro semestre do ano passado, antes desta reestruturação, era cobrado altura mínima de 1,60m para mulheres.e 1,65m para homens, além da idade mínima que era de 18 anos, tendo a máxima como 30.

A lei de número 1.291 define também as condições necessárias para candidatos que possuem tatuagens concorrer aos cargos. Conforme as novas regras, os candidatos não poderão ter tatuagens que estejam enquadradas nestas condições: divulgue inscrição ou símbolo que ofenda os deveres éticos e os valores inerentes aos integrantes da Polícia Militar, ou então faça algum tipo de alusão a ideologia extremista ou terrorista que seja contrária às instituições democráticas, preconceito de raça ou discriminação, origem ou sexo, credo, ou que contenha ato ou contexto libidinoso ou então que seja ofensivo aos direitos humanos.

FILIPE R SILVA

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 25 Média: 3.4]

Certame oferta vagas para o cargo de Agente Temporário de Serviço Administrativo.

A Polícia Militar de Santa Catarina abriu concurso para o preenchimento de 163 vagas, sendo 96 para início imediato e 67 para cadastro de reserva.

As oportunidades são para o cargo de Agente Temporário de Serviço Administrativo e estão distribuídas nas cidades de Canoinhas, Florianópolis, Mafra, Correia Pinto, Curitibanos, Camboriú, Balneário do Camboriú, Luís Alves, Canelinha, Itajaí, Piçarras, Navegantes, Seara, Vargeão, Faxinal dos Guedes, Xaxim, São Domingos, Concórdia, Abelardo Luz, Joinville, São Bento do Sul, Jaraguá do Sul, Araquari, Nova Veneza, Rio Negrinho, Lauro Muller, Orleans, Urussanga, Criciúma, Blumenau, Rio do Sul, Brusque, Gaspar, Timbó, Taió, Grão Pará, Braço do Norte, Gravatal, Tubarão, Maravilha, Videira, Herval D’Oeste, Campos Novos, Joaçaba, Palhoça Biguaçu e São José.

Os participantes precisam ter no mínimo 18 anos completos e no máximo 23 anos incompletos até o último dia para realizar a inscrição. Para tanto, será necessário comparecer na Organização Policial Militar do município onde pretende prestar serviço, até o dia 10 de novembro de 2016. O atendimento será das 13h até às 19h, somente em dias úteis. Será cobrado um valor de R$ 50,00 referente à taxa de inscrição.

A remuneração no primeiro ano de contrato, após a aprovação no concurso é de R$ 1.017,00 e, caso o contrato seja renovado, no segundo ano o valor sobe para R$ 1.356,00, equivalente à jornada de 40 horas semanais.

Os candidatos serão avaliados por meio de prova escrita, que tem previsão de aplicação no dia 27 de novembro deste ano. A avaliação será composta por 40 questões, distribuídas em português, conhecimentos gerais e informática, e terá duração de 4 horas. Além desta etapa, haverá também investigação social e inspeção da saúde.

Os aprovados no referido concurso irão realizar um curso com duração de 165 horas/aula para habilitá-los ao desempenho das funções.

Os auxiliares são responsáveis pelos atendimentos telefônicos de emergência 190 e pelo registro das informações em sistema específico, monitoramento de câmeras de vigilância e repasse das ocorrências aos policiais, auxílio nas funções administrativas e na confecção de documentos, entre outros.

O concurso tem validade de 1 ano, contado da publicação do resultado final com os classificados e aprovados no certame.

Por Bruna Rocha Rodrigues

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 0 Média: 0]

Inscrições até o dia 6 de novembro.

A Polícia Militar do estado de Goiás (PM-GO) deve publicar um edital visando ao preenchimento de 2.500 vagas para soldados e cadetes. A expectativa é que o documento seja publicado, em pouco tempo. Além disso, as inscrições devem começar no dia 14 de setembro e o prazo permanece aberto somente até o dia 06 de novembro.

A organizadora do certame será a banca FUNRIO e os valores da taxa de inscrição devem ser de R$ 110, 00 a R$ 140,00, de acordo com o cargo. A expectativa é que sejam convocados ao longo da validade do certame 2.420 soldados e 80 cadetes.

A remuneração varia de acordo com o cargo e pode chegar a R$ 5.401,43. Os interessados serão avaliados por meio de provas objetivas/discursivas, teste de avaliação física, avaliação médica e psicológica, avaliação de vida pregressa e investigação social. As provas objetivas estão previstas para serem agendadas entre os dias 15 e 22 de janeiro de 2017.

A carga horária de trabalho é de 42 horas semanais e o concurso deve ser regionalizado. Como o edital deve ser lançado ainda este mês, os interessados devem focar os estudos, a fim de tentar garantir uma boa nota no concurso.

Como estudar para o concurso da PM-GO?

Organize o seu local de estudo. Um ambiente bagunçado gera distração. Portanto, antes de estudar, limpe e arrume. Deixe os livros e apostilas pertos de você, para economizar tempo.

Planeje-se: escreva o que vai estudar, o conteúdo e a forma de estudo. Faça um horário de estudo e cumpra o que estabeleceu para si mesmo.

Programe-se por meio de metas, que sejam compatíveis com a sua realidade. Por exemplo, você tem três horas de estudo? Então aproveite ao máximo o tempo que possui. Nada de desperdiça-lo, pois ele é um recurso valioso.

Combine a sua rotina com atividades físicas. Descubra algo que goste, para praticar. Pode ser corrida, caminhada, musculação ou outra atividade que sinta prazer. Os exercícios estimulam a memória, concentração e o equilíbrio.

Distribua as disciplinas dentro do seu tempo disponível de estudo. Priorize as que tenham maior peso do edital.

Foque em exercícios da banca FUNRIO, a fim de conhecer a organizadora e o estilo da prova.

Boa sorte e sucesso!

Por Babi

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 6 Média: 2.5]

Certame oferta 429 vagas para admissão ao curso de Formação de Soldados da Polícia Militar (QPPM).

Foi publicado no último 22 de agosto de 2016 o edital para o concurso público da Polícia Militar de Minas Gerais para a admissão ao curso que realiza a Formação de Soldados da Polícia Militar (QPPM) para o ano de 2017 (CFSd QPPM/2.017).

Para esse tipo de programa são ofertadas 429 vagas, com uma remuneração no valor de R$ 3.278,74 e elas são distribuídas das seguintes formas:

  • 339 vagas para a região RMBH, sendo que 305 são para o sexo masculino e 34 para o feminino, onde a unidade executora do Curso de Formação é o APM/ EFSD de Belo Horizonte;
  • 30 vagas para a região 17ªRPM, onde são disponibilizadas 27 vagas para o sexo Masculino e 03 vagas para o sexo Feminino e o Curso de Formação é na Sede do 20˚ BPM de Pouso Alegre;
  • 60 vagas para o 18ª RPM, onde temos 54 para o sexo masculino e 06 para o sexo feminino, sendo que a unidade executora do Curso de Formação, sendo que a unidade que realiza a execução do Curso de Formação é a 18ª Cia PM Ind – Alfenas.

As inscrições devem ser feitas no endereço www.policiamilitar.mg.gov.br/crs e o pagamento deve ser feito até a data de 21/11/2016 no valor de R$ 122,95, sendo que o programa conta com duas fases, sendo que a primeira é composta por Provas de Conhecimentos, tanto de caráter Objetivo e Dissertativo e a segunda é composta por Avaliações Psicológicas, junto com o TCF (Teste de Capacitação Física), os Exames de Saúde tanto preliminares e ainda complementares e por último o Exame Toxicológico.

A Prova Objetiva vai ser realizada na data de 08/01/2017 no horário das 08h30, contendo 10 questões de Língua Portuguesa, 06 de Direito Penal, 06 de Direito Constitucional, 04 de Noções de Estatística, 04 de Direitos Humanos e 04 sobre a Legislação Extravagante, sendo que a pontuação máxima é de 100 pontos.

Para a Prova Dissertativa é preciso fazer uma redação com no máximo 30 linhas e no mínimo 120 palavras, onde vai ter no máximo 100 pontos, que vão ser distribuídos da seguinte forma, ou seja, 20 pontos para Ortografia, 20 pontos com base em Morfossintaxe, 20 pontos correspondente a Pontuação e 40 pontos correspondente ao Conteúdo. Outro ponto que os quesitos para a avaliação do conteúdo contido nessa Prova Dissertativa tem o valor de 08 pontos, sendo que se considera o pertinência no tema que foi proposto, a argumentação, a adequação, a organização e a propriedade vocabular.

Por Fernanda de Godoi

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 0 Média: 0]

Certame irá ofertar vagas para Soldados de Primeira e Segunda Classe. Salários irão chegar a R$ 6 mil.

A Polícia Militar do Distrito Federal confirmou que em 2017 irá mesmo promover a realização de um novo concurso público com vagas sendo oferecidas para o posto de soldado. Os trabalhos de organização do certame já foram transferidos para o departamento de Recursos Humanos. A informação foi anunciada recentemente pela Seplag, que confirmou que o concurso em questão foi autorizado no dia 22 de julho de 2016 pela Câmara de Governança Orçamentária, Financeira e Corporativa do Distrito Federal (Governança-DF). O órgão também informou que na mesma data o processo foi apresentado na Subsecretaria do Tesouro da Secretaria da Fazenda do DF para que todas as providências a respeito do mesmo fossem tomadas. Essa ação foi necessária pois o concurso para ser realizado irá precisar de recursos provenientes do Fundo Constitucional do DF, sendo que aquela unidade é que está a cargo da gestão do mesmo.

De acordo com a Seplag, o concurso para soldado PM foi entregue para a Polícia Militar. Com isso a corporação é que ficará responsável pela realização do mesmo.

Sobre as remunerações que serão oferecidas, a informação é de que ela será no valor de R$ 5.108,08 para o cargo de Soldado de 2° classe e de R$ 6.338,87 para o posto de soldado de 1° classe.

Com relação ao número de vagas, a informação é de que serão colocadas a disposição dos concursandos interessados um total de 1900 oportunidades.

Para poder concorrer para alguma delas é necessário que os candidatos tenham graduação em curso de nível superior.

A idade mínima de dezoito anos (e no máximo 30 anos) e Carteira Nacional de Habilitação (mínimo categoria B) também se encontram entre os requisitos.

Para o sexo masculino a altura mínima aceita é de 1,65m e para mulheres de 1,60m.

Sobre o edital, a informação é de que ele deverá ser divulgado no ano que vem. A estruturação do mesmo já está em andamento com os principais aspectos sendo analisados pelas secretarias competentes.

O governo do Distrito Federal chama a atenção para a importância e necessidade de realização deste concurso. De acordo com o mesmo, o efetivo tem sofrido perdas contínuas provocadas em especial pelas aposentarias. O fato já ultrapassa as 2 mil aposentarias, o que levou a necessidade de retirar policiais do serviço administrativo para coloca-los nas ruas.

Por Denisson Soares

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 5 Média: 3]

Certame está sendo organizado pelo Instituto AOCP e as inscrições vão até o dia 22 de agosto.

Foi publicado o edital da Polícia Militar do Ceará, visando ao preenchimento de 4.200 vagas para cargo de soldado. A banca organizadora do concurso é o Instituto AOCP e as inscrições permanecem abertas somente até o dia 22 de agosto. O valor da taxa é de R$ 100,00 e a remuneração inicial na função é de R$ 3.134,58.

Para concorrer é necessário ter nível médio, altura mínima de 1,62 m para homens e 1,57 m para mulheres, além de ter carteira nacional de habilitação de categoria B, no mínimo, na data da matrícula de Curso de Formação Profissional. Para fazer parte do CFO, o candidato precisa ter no máximo 30 anos.

Os interessados serão avaliados por meio de provas objetivas, que estão previstas para serem aplicadas no dia 25 de setembro, em Fortaleza. As avaliações serão feitas por meio de assertivas de Certo e Errado, ou seja, no mesmo modelo que a tradicional banca Cespe/Unb. Com 120 itens, as provas terão os seguintes conteúdos: português, atualidade, matemática, raciocínio lógico, informática e conhecimentos específicos.

O ingresso na carreira é composto por três etapas: provas objetivas, exames médicos e curso de formação profissional. Que tal aproveitar está oportunidade e tentar conquistar uma das 4.200 vagas? Então, não perca tempo e acesse o edital por aqui: http://www.institutoaocp.org.br/concurso.jsp?id=107.

Como iniciar os estudos para este concurso?

Faça um planejamento para organizar a sua rotina. Escreva as suas obrigações diárias como faculdade, trabalho, entre outros.

Defina o seu tempo de estudo e escreva com detalhes a forma de estudo: livro, apostila, vídeo aula, entre outros. Invista em bons materiais e que sejam de acordo com o edital. No mercado, existem vários livros desatualizados, por exemplo. Portanto, fique atento antes de gastar dinheiro.

Tenha prazer em aprender. Ou seja, não estude por obrigação, mas, sim, com vontade para conquistar a sua vaga. Entenda o que está lendo, a fim de absorver a matéria.

Separe um tempo para ficar com a família e os amigos. Lembre-se de que eles torcem por você e pelo seu sucesso. Aproveite para descansar e renovar as energias ao lado das pessoas que ama.

O segredo para passar é muita persistência, dedicação e força de vontade. Acredite no seu potencial e muito sucesso na sua conquista.

Por Babi

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 5 Média: 1.8]

Certame oferece 120 vagas para o cargo de Cadete. Inscrições podem ser feitas até o dia 24 de agosto de 2016.

Foi publicado o edital da Polícia Militar do Estado de Minas Gerais (PMMG), visando ao preenchimento de 120 vagas para o cargo de cadete. O responsável pelo concurso será o Centro de Recrutamento e Seleção (CRS) da PMMG. Para participar da seleção é necessário ter entre 18 e 30 anos até a data de inclusão, além de altura mínima de 1,60m e ser bacharel em Direito.

A remuneração inicial é de R$ 5.769,43, além de outros benefícios como abono fardamento e assistência médico-hospitalar, psicológica e odontológica.

Ficou interessado em fazer este concurso? As inscrições começam no dia 25 de julho e o prazo permanece somente até o dia 24 de agosto. O valor da taxa de inscrição é de R$ 173,00.

Os candidatos serão avaliados por meio de provas objetivas, que estão previstas para serem aplicadas no dia 25 de setembro. Além disso, os interessados também serão avaliados por meio de avaliação psicológica, teste de capacitação física, exame de saúde, exame toxicológico, prova oral e prova de título.

Como estudar para este concurso?

Faça uma programação de estudo de acordo com o edital publicado, que pode ser acessado por meio deste link: http://migre.me/tZfFB.

Faça um quadro de horário com as disciplinas do seu cargo.

Escreva as suas obrigações diárias como faculdade, trabalho, academia, entre outros.

Leia todo o edital com atenção. O edital é o seu melhor amigo.

Faça a sua inscrição dentro do prazo e não deixe para a última hora.

Anote a sua forma de estudo: PDF, livro, apostila, vídeo-aula, entre outros.

Está estudando? Esteja em conexão com o conteúdo. Não perca tempo com pensamentos negativos e dê o melhor de você dentro do seu tempo disponível.

Não se compare com os outros e sim com o melhor que você pode ser. Faça a sua parte, apenas isso.

Estude por bons materiais e que estejam de acordo com o seu edital e atualizados.

Descubra a sua forma de estudo: cursos presenciais, online, livro ou apostila? Faça resumos e treine por meio de questões, para conhecer o estilo da sua prova, as pegadinhas e a forma de cobrança.

Confie no seu potencial e acredite na sua capacidade para fazer a sua aprovação acontecer. Bons estudos e sucesso!

Por Babi

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 0 Média: 0]

Oportunidades são para os cargos de Soldado, Oficial Militar, Oficial de Saúde e também para o Quadro Complementar.

Foi publicado o edital do concurso da Polícia Militar do Pará (PM-PA), visando ao preenchimento de 2.194 vagas para os postos de praças e oficiais da corporação. As vagas são divididas da seguinte maneira: 2000 para soldado, 160 para oficial militar, 26 para oficial de saúde e 8 para o quadro complementar.

Os aprovados, inicialmente, participarão do curso de formação de praças e oficiais, com remuneração inicial de R$ 788,00. Depois do curso de conclusão, o valor passa a ser de R$ 2.836,80. Além disso, no Curso de Formação de Oficial (CFO) a remuneração inicial é de R$ 1.005,71. Após o término do curso de adaptação de oficial (cabo), o oficial da área de saúde tem remuneração inicial de R$ 5.781,31. Todos os cargos da carreira contam com auxílio alimentação no valor de R$ 650,00.

Ficou interessado em aproveitar a oportunidade? Para o cargo de soldado é necessário ter, pelo menos, o ensino médio, idade de 18 a 30 anos, além de altura mínima de 1,65m para homens e 1,60m para as mulheres.

As inscrições começam no dia 24 de maio e o prazo segue aberto somente até o dia 23 de junho. A organizadora é a Fundação de Amparo e Desenvolvimento de Pesquisa (Fadesp) e o valor da taxa de inscrição varia de acordo com a função, sendo de R$ 70,00 para soldado, R$ 80,00 para oficial e R$ 100,00 para oficial da área de saúde.

Os candidatos serão avaliados por meio de provas objetivas, que estão previstas para serem aplicadas no dia 31 de julho no turno da manhã. Além disso, o teste terá 60 questões sendo 10 de português, 06 de matemática, 8 de atualidade, 10 de noções de direito, 10 de legislação institucional, 08 de história e 08 de geografia.

Quer ler o edital para começar a programar os seus estudos? Então não perca tempo e clique aqui: http://www.portalfadesp.org.br/pagConcursos.asp?id_pagina=240. Leia o documento com atenção, organize a sua rotina e faça um cronograma de estudo, com as matérias pertinentes. Estude com dedicação e muita força de vontade. Além disso, faça muitos exercícios e revisões, para consolidar o conhecimento adquirido. Confie na sua capacidade e busque dar o melhor de si, a fim de realizar o seu sonho. Bons estudos!

Por Babi

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 8 Média: 3]

Seleção oferece 2.194 vagas para os Cursos de Formação de Oficiais, Adaptação de Oficiais e de Formação de Praças.

A PM-PA (Polícia Militar do Estado do Pará) publicou três novos editais de concursos públicos, ofertando ao todo 2.194 vagas, distribuídas entre os Cursos de Formação de Oficiais, Adaptação de Oficiais e de Formação de Praças.

O edital com maior número de vagas é o de número 01/CFP/PMPA, sendo 2 mil oportunidades, onde 1.800 são destinadas a candidatos do sexo masculino e as outras 200 para o sexo feminino. Os aprovados serão admitidos no Curso de Formação de Praças como soldados da PM-PA e farão jus a um vencimento inicial no valor de R$ 788,00 enquanto for Aluno Soldado, somado a um auxílio alimentação de R$ 650. Assim que concluir o Curso o mesmo receberá R$ 2.836,80, acrescido do mesmo auxílio.

O edital de número 001/CADO/PMPA disponibiliza 34 vagas para o Curso de Adaptação de Oficiais (CADO/PM/2016), onde 26 são para 2º Tenente do Quadro de Oficiais de Saúde (QOSPM) e as outras 8 para 2º Tenente do Quadro Complementar de Oficiais (QCOPM). As oportunidades são para profissionais das áreas de Oftalmologia, Clínica Geral, Ginecologia, Cardiologia, Traumatologia, Psiquiatria, Geriatria, Endodontia, Pediatria e Medicina do Trabalho. O salário para o Oficial Aluno será de R$ 5.781,31, somado ao auxílio.

O edital de número 001/CFO/PMPA oferece 160 colocações, onde 144 para o sexo masculino e 16 para o sexo feminino, para serem admitidos no Curso de Formação de Oficiais (CFO/PMPA/2016). Durante o CFO, o Aluno Oficial terá direito a uma remuneração de R$ 1.005,71 mais auxílio, assim que promovido para 2º Tenente QOPM o salário sobe para R$ 5.599,24 mais auxílio.

As inscrições ocorrerão entre os dias 24 de maio e 23 de junho de 2016 e podem ser realizadas no site da Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa da UFPA (https://www.portalfadesp.org.br/). A taxa de inscrição varia entre R$ 70 e R$ 100.

É possível solicitar a isenção da taxa de inscrição por meio do formulário específico.

O certame será composto por prova de conhecimentos, teste de avaliação física, avaliação de saúde, avaliação psicológica e também investigações de antecedentes pessoais. As provas escritas acontecerão nas cidades de Belém, Marabá, Altamira e Santarém, e estão previstas para acontecer no dia 31 de julho de 2016.

FILIPE R SILVA

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 3 Média: 1.7]

Seleção busca profissionais com nível médio e idade entre 18 e 28 anos. Inscrições devem ser realizadas até o dia 10 de abril.

Foi publicado o edital da Polícia Militar do Estado de Pernambuco (PM/PE), visando ao preenchimento de 1.500 vagas para o cargo de soldado. A organizadora do concurso é a Instituição de Apoio à Universidade de Pernambuco (Iaupe). Para concorrer, é necessário ter entre 18 e 28 anos na data de inscrição do concurso, altura mínima de 1,65m para homens e 1,60m para mulheres e nível médio.

As inscrições estão abertas e o prazo segue até o dia 10 de abril. O valor da taxa da inscrição é de R$ 100,00 e o pagamento deve ser realizado por meio de boleto bancário. O edital pode ser acessado por meio deste link: http://ww3.upenet.com.br/.

Os candidatos serão avaliados por meio de provas objetivas, que estão previstas para serem aplicadas no dia 29 de maio. Além desta fase, os interessados farão teste de avaliação física, avaliação psicológica, exame de saúde e curso de formação.

Durante o curso de formação e habilitação da praça o valor da bolsa auxílio é de R$ 970,42. Após o término, este valor passa a ser de R$ 2.319,88.

O concurso tem a validade de dois anos e pode ser prorrogado pelo mesmo prazo, a critério da Polícia Militar do Estado de Pernambuco.

Que tal aproveitar a oportunidade?

Planejamento é fundamental para conseguir uma das 1500 vagas previstas neste certame. Não foque em dificuldade (número de candidato, falta de apoio, entre outros). Faça a sua parte e procure dar o seu melhor, para alcançar o seu sonho. Apenas isso!

Aprenda a direcionar a sua energia para o seu objetivo. Foque, saiba o que quer e mantenha sentimentos de positividade, esperança e muita motivação. Não perca tempo com assuntos rotineiros ou que não vão acrescentar em nada.

Estabeleça desafios, metas e tenha ousadia para vencer. Invista em bons materiais, acredite no seu potencial e estude com garra. Desenvolva competências como concentração, disciplina e perseverança.

Descubra a forma de estudo que combina com o seu perfil: fichas, resumo, entre outras. Separe tempo para fazer revisão e treinar exercícios da banca, para conhecer as pegadinhas, estilo de prova, questões mais cobradas, entre outros.

Tenha um horário de estudo e faça da sua prova a prioridade em sua vida. Boa sorte e muito sucesso!

Por Babi

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 185 Média: 3.3]

Seleções deverão oferecer cerca de 3 mil vagas. Edital deverá ser divulgado em breve.

Em breve deve ser anunciado o edital de abertura para o concurso público da Secretaria de Segurança Pública de Goiás. A realização do certame para as polícias civil e militar deverá ser anunciada depois que aconteceu a primeira reunião da força-tarefa que foi criada em fevereiro de 2016 com o intuito de reduzir a criminalidade no Estado de Goiás.

A assessoria do concurso aponta que o certame contará com 3 mil vagas. Deste total, 2,5 mil são voltadas para policiais militares e outras 500 para policiais civis. Esse número de vagas foi decidido devido a várias reuniões feitas pelos secretários de segurança, da Sefaz e da Segplan.

Segundo o governador de Goiás, com o corte de gastos feito desde o ano passado, agora abre a possibilidade de elevar o efetivo policial do Estado. A intenção é que o concurso seja realizado ainda no primeiro semestre de 2016 para que todos os candidatos aprovados façam os cursos de formação e possam estar na ativa até o final do ano em questão ou no início de 2017.

A população de Goiânia reivindica a algum tempo que seja aumentado o efetivo policial para a segurança pública.  

Para mais informações sobre o concurso acesse também o site da Secretaria de Segurança Pública de Goiás – www.ssp.go.gov.br.

Dicas para concurseiros:

  • É necessário que o concurseiro estabeleça hora para o início e término de seu estudo. Pessoas que são próximas a você não devem interromper esse momento que é importante.
  • Você deverá dormir, ao menos, seis horas por noite. É nesse momento de descanso que o seu cérebro vai memorizar os estudos. Se for possível, estude em bibliotecas. Outra dica importante é beber dois litros de água por dia. Isso faz com que o funcionamento do seu cérebro seja melhorado.
  • Em termos de alimentação, o recomendado é se alimentar a cada três horas, pois nosso cérebro consome energia ao estudar.
  • Uma boa caminhada três vezes na semana faz o seu cérebro oxigenar, além de produzir neurotransmissores que faz a redução do estresse.

É muito importante, se possível, fazer um curso, seja ele presencial ou via internet. O estilo vai depender da necessidade de cada pessoa.

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 1 Média: 2]

Seleção oferece oportunidades para profissionais de nível médio completo. Salários chegam a R$ 2.929 e o edital deverá ser divulgado em breve.

A Polícia Militar do Estado de São Paulo deve publicar um edital este ano. A banca organizadora já está em fase final de contratação e o certame vai oferecer 2.000 vagas para a função de soldado. Os interessados devem ter nível médio completo, idade de 18 a 30 anos, carteira de habilitação nas categorias B a E, além de altura mínima de 1,65m para homens e 1,60m para mulheres. A remuneração inicial para o cargo é de R$ 2.929,27. Que tal aproveitar esta chance?

O último concurso foi realizado pela banca Vunesp em 2015. Os participantes foram avaliados por meio de prova objetiva, redação, teste físico e psicológico. O último edital do concurso pode ser acessado por meio deste link: http://www.vunesp.com.br/pmes1501/PMES1501_306_025103.pdf.

Que tal conferir algumas dicas para estudar motivado?

Não encare o estudo com desânimo ou pensando que pode ser chato ou doloroso. Desta forma, você vai ter uma postura negativa, o que vai influenciar nos seus resultados e como consequência, você vai perder a vaga. Eduque os seus sentimentos e emoções durante a rotina. O cérebro é como um computador e deve ser reprogramado com o tempo. Por isso, mantenha uma mente ativa, cultive pensamentos positivos e concentre-se durante o seu estudo. Aprenda a cultivar a automotivação: faça mentalizações da sua aprovação, imagine-se aprovado na prova que deseja e guarde as sensações que vai ter. Durante o dia, reviva estas emoções até que isso se torne um hábito e faça parte da sua rotina. Por que você está estudando para concurso? Faça uma lista com os 5 principais motivos e a releia diariamente. Busque por coisas ou fatos para levantar a força de vontade durante os momentos de indecisão. Mantenha esta lista sempre perto de você. Durante os estudos, nem pense em se acomodar. Neste sentido, mude a sua forma de estudo, ou seja, veja aula, faça resumos, responda questões e varie sempre, a fim de modificar a rotina e sair do comodismo. Mexa-se durante a rotina: faça atividades físicas, tenha uma alimentação leve e quando se sentir com muita preguiça ou desanimado, levante-se. Não desista: conseguir a aprovação não é fácil, mas persista no seu sonho. Não desanime e retome os seu caminho. Boa sorte e muito sucesso!

Por Babi

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 11 Média: 3.4]

Certame irá oferecer 1.200 vagas de emprego para pessoas com Nível Médio de ensino.

Já foi autorizado o concurso da Polícia Militar do estado do Mato Grosso (PM-MT) com 1.200 vagas. Para concorrer, é necessário ter nível médio. A remuneração inicial na função é de R$ 2.366,79 e a banca organizadora do concurso ainda está sendo definida. Além do nível médio, é necessário ter entre 18 e 25 anos, e altura mínima de 1,67 para homens e 1,57 para mulheres. Além disso, também deve ter carteira nacional de habilitação.

O último concurso ocorreu em 2013 e também teve 1.200 vagas. Além da prova objetiva, os candidatos foram avaliados por meio de teste de aptidão física, avaliação psicológica, entre outros exames. Os aprovados fizeram curso de formação para o cargo.

A expectativa é que o edital seja lançado ainda este ano, uma vez que o certame já foi autorizado.

Que tal aproveitar a chance e estudar para garantir uma das 1.200 vagas previstas?

Foco é fundamental para fazer qualquer prova de concurso. Por isso, ao escolher a área policial, faça um planejamento com as disciplinas cobradas no último edital. Você tem disponibilidade de mudança? Considere a possibilidade de fazer provas em outros estados, a fim de aumentar as chances de aprovação.

Faça provas que tenham matérias parecidas. Por exemplo, não adianta estudar para a prova de carreira policial, e fazer outra área. Um dos principais erros dos candidatos é atirar para todos os lados.

O concurso da PM-MT é o seu primeiro? Faça um curso online ou presencial, para começar a conhecer os conteúdos cobrados e entrar no ritmo de estudo, que não é simples. Porém, além dos conhecimentos em sala de aula é imprescindível estudar em casa e fazer uma revisão.

Faça um cronograma de estudo com as matérias que devem ser vistas. Estipule metas diárias e semanais, para cumprir o objetivo.

Estude com garra e determinação. Focando no seu sonho. Tenha o hábito de visualizar a sua vitória, você conquistando o que realmente almeja. Trabalhe com imagens mentais, para potencializar a sua força interna, a fim de conquistar a sua aprovação. Por exemplo, imagine-se assinando o termo de posse, a sua alegria e ponha muito sentimento em tudo o que fizer.

Lute pelos seus objetivos e sucesso.

Bons estudos!

Por Babi

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 8 Média: 3.1]

Seleção é para o cargo de soldado e deverá oferecer salários de até R$ 3.200.

A Polícia Militar do estado do Ceará (PM-CE) vai publicar um edital para Soldado. O número de vagas ainda não foi definido e para concorrer é necessário ter nível médio. A expectativa é que o documento seja publicado ainda neste semestre e a organizadora já está sendo definida. Além do nível médio, é necessário ter entre 18 e 30 anos até a data de matrícula do curso de formação, além de 1m 62 para homens e 1 m 57 para mulheres. A remuneração inicial para a função, após o curso de formação, corresponde a R$ 3.200,00.

O último concurso realizado pelo Órgão ocorreu em 2011 e contou com mil vagas, sendo 950 para homens e 50 para mulheres. A organizadora foi a Cespe/Unb e os participantes fizeram prova objetiva com 120 questões com as seguintes disciplinas: português, atualidades, história, geografia, matemática, raciocínio lógico e legislação.

O concurso já foi autorizado, que tal começar a sua preparação?

Comece fazendo um planejamento com as principais matérias, como por exemplo, o português. O conteúdo elimina bons candidatos, por isso, não deixe para estudar apenas quando o edital sair. A preparação para qualquer concurso deve ser feita de forma prévia e com tempo para a pessoa aprender, revisar e treinar por meio de exercício.

Desta forma, organize a sua rotina em função do estudo. Tenha horário para começar e terminar, e dedique-se ao máximo possível. Além disso, equilibre o cotidiano com atividades físicas, que são fundamentais para aliviar o estresse e manter o bem-estar físico e mental. Estudos comprovaram que as atividades também ajudam na memorização e aprendizado.

Separe tempo para o lazer, sobretudo nos fins de semana, mas aproveite para estudar ou revisar algum ponto importante da matéria. Desta forma, aprenda a gerenciar o tempo, para que ele se torne produtivo para o seu estudo e bem-estar. Vai encarar a oportunidade? Compartilhe com os seus amigos esta dica e sucesso.

Por Babi

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 6 Média: 3]

Certame oferta 415 vagas para o cargo de Agente Temporário de Serviço Administrativo. Salários chegam a R$ 1.017.

Foi publicado o edital para a Polícia Militar do Estado de Santa Catarina, visando preencher 415 vagas para o cargo de agente temporário de serviço administrativo. Para concorrer é necessário ter nível médio e a remuneração inicial na função é de R$ 1.017,00, mas se o contrato for renovado este valor passa a ser de R$ 1.356,00. Este certame tem a validade de um ano e pode ser prorrogado pelo mesmo prazo.

Ficou interessado em participar da seleção? As inscrições começam no dia 04 de janeiro e permanecem abertas somente até 19 do mesmo mês. É necessário ter atenção porque as inscrições só podem ser feitas pessoalmente na cidade em que o candidato deseja trabalhar. O valor da taxa é de R$ 40,00. Os aprovados serão responsáveis por realizar atendimento telefônico nas Centrais Regionais de Emergência e também nas Centrais de Vídeo de Monitoramento de logradouro público.

Os candidatos serão avaliados por meio de provas objetivas, que estão previstas para serem aplicadas no dia 31 de janeiro e terão as seguintes disciplinas: português, informática, conhecimentos gerais e atualidades. O edital completo do concurso pode ser acessado através deste link http://migre.me/swMF6.

Que tal conferir algumas dicas para mandar bem na prova?

Falta pouco tempo para a prova, por isso, é fundamental manter o foco. Aproveite a festa do Natal para relaxar e curtir a família, mas não se esqueça do seu objetivo principal.

Separe um tempo para fazer as revisões pontuais de cada disciplina e anote as informações principais como prazos, por exemplo.

Faça exercício de provas anteriores, a fim de conhecer o estilo da banca, as pegadinhas, entre outras peculiaridades.

Confie na sua capacidade para concretizar o seu objetivo e não se deixe desanimar pelas opiniões de outras pessoas. Lembre-se de que somente você conhece o seu caminho e os seus sonhos. Estude até chegar aonde realmente deseja e muito sucesso na seleção.

Por Babi

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 6 Média: 2.8]

Seleção oferece 16 vagas de nível superior. Inscrições podem ser realizadas até o dia 8 de janeiro de 2016.

Uma ótima oportunidade para quem está em busca de uma vaga no funcionalismo público está sendo oferecida no estado de Santa Catarina, através da Polícia Militar do Estado de Santa Catarina, que de acordo com o edital com a numeração de nº032/2015, estará promovendo um concurso público cuja principal finalidade é selecionar 16 novos profissionais para atuarem em diversas vagas da área educacional.

As 16 vagas geradas nesse concurso serão para profissionais de nível superior, podendo se candidatar as vagas de Orientador Educacional, Supervisor Escolar, Professor (Língua Portuguesa, Língua Estrangeira – Inglês, Educação Física, Matemática, História, Ciências, Artes, Geografia, Técnica de Redação, Educação Religiosa e Filosofia), Psicopedagogo e Assistente Técnico Pedagógico e Bibliotecário.

Todos os profissionais que obterem êxito no processo de seleção serão lotados na Colégio Policial Militar "Feliciano Nunes Pires", no polo de Lages, sendo que a jornada semanal de trabalho será de 30 horas e a remuneração oferecida aos novos contratados não foi divulgada.

Os interessados em efetuar candidatura somente poderão fazê-lo a partir do dia 05 de janeiro, sendo que o prazo de inscrições se estenderá por mais três dias, sendo encerrado no dia 08 de janeiro de 2016.

O endereço eletrônico que será disponibilizado para os candidatos preencherem o formulário de inscrição eletrônico é o www.pm.sc.gov.br, sendo que as inscrições somente serão confirmadas no sistema da empresa organizadora do concurso, a partir da efetivação do pagamento da taxa de inscrição, que ficou estabelecida para ser recolhida no valor único de R$ 100.

O processo de seleção será feito por meio de análise de títulos, ficando estabelecido um sistema de pontuação aos títulos apresentados pelos candidatos, sendo que esse procedimento deverá ser feito por meio de entrega de documentos na 2ª Região Militar, que fica localizada no seguinte endereço: Rua Mato Grosso, nº 297, Lages – SC, observando sempre o horário de atendimento, que será das 14h às 18h.

Por Rodrigo da Silva Monteiro

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 1 Média: 1]

Fadesp será a banca organizadora do certame, que pretende oferece 2.194 vagas de emprego.

Para os concurseiros que estão aguardando a abertura das inscrições para a Polícia Militar do Estado do Pará as notícias são boas, pois segundo as informações da instituição em breve o edital que regulará o certame será divulgado oficialmente, mas enquanto o edital não é divulgado o nome da instituição que será a organizadora do certame foi divulgado. A organizadora do concurso será a Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa (Fadesp). Este novo concurso da Polícia Militar do Estado do Pará irá preencher cargos que exigem o nível superior, bem como o nível médio de escolaridade.

Como a instituição organizadora já foi selecionada e divulgada o próximo passo será o lançamento oficial do edital. A pretensão da instituição é a de ofertar o total de 2.194 vagas, sendo que 2 mil serão destinadas para o cargo de Soldado, 160 vagas serão destinadas para o Curso de Formação de Oficiais (CFO), 26 para Oficiais do quadro de saúde e as 8 vagas restantes serão destinadas para o quadro complementar da instituição.

Os salários ofertados, atualmente, são de R$ 2.461,60 para o cargo de Soldado e de R$ 5.489,43 para iniciação no posto de oficial.

Ao que tudo indica, devido à divulgação da banca organizadora, a previsão é de que este processo de seleção seja divulgado até o final deste ano de 2015, informação esta que inclusive já foi confirmada pela Secretária de Estado de Administração, Alice Viana, a qual fez a confirmação de que realmente os editais estão em fase de elaboração e que os candidatos que forem aprovados neste concurso público irão ingressar nos quadros da instituição militar no primeiro semestre do ano de 2016.

Logo, aqueles que pretendem prestar este concurso agora devem dar um foco maior aos estudos, pois dentro de pouco tempo teremos mais novidades a respeito deste certame. 

Por Adriano Oliveira

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 2 Média: 3.5]

Certame oferece vagas para o curso de formação da Polícia Militar do Paraná.

Por meio da autorização do Governo do Estado do Paraná foi publicado o edital de nº 01-CFO PM/BM-2016. Esse edital é justamente o responsável pela abertura do concurso público que oferece 100 vagas para o Curso de Formação de Oficiais/Turma CFO 2016 da Polícia Militar do estado. Dessa forma, 90 das 100 vagas serão destinadas para o CFO PM que visa recrutar Cadetes para seu curso de formação. As outras 10 vagas serão destinadas para o CFO BM, o curso de Cadetes para Bombeiros Militares.

Para aqueles que estão interessados nesta oportunidade, saibam que a remuneração inicial para Cadete 1º CFO PM/BM é de R$ 2.806,94, sendo que a remuneração para 2º Tenente QOPM/BM é de R$ 8.336,63. Estarão aptos a participar deste concurso público os candidatos que atendam os seguintes pré-requisitos: idade máxima de 30 anos; o candidato deve possuir ensino médio completo; e estar devidamente regularizado com suas obrigações eleitorais.

Os interessados em participar deste certame terão até o dia 14 de setembro de 2015 para realizarem suas respectivas inscrições. Além disso, saiba que o procedimento de inscrição deve ser feito por meio da internet. Dessa forma, os mesmos devem acessar o site oficial do Núcleo de Concursos da UFPR, haja vista essa ser a instituição responsável pela organização e execução do certame. Os candidatos devem efetuar o pagamento da taxa de inscrição no valor de R$ 120,00.

O processo seletivo deste certame contará com duas etapas, sendo a primeira responsável por provas teóricas e a segunda por provas de habilidades específicas e exames físicos. A primeira etapa é de responsabilidade da UFPR e será composta pelas provas cobradas no vestibular da instituição. A PMPR será a responsável pelas provas de habilidades especificas: investigação social; avaliação psicológica; exame de sanidade física; e exame de capacidade física.

Para mais detalhes é de extrema importância que os candidatos leiam atentamente o edital oficial do certame. O mesmo pode ser encontrado no site AQUI.

Por Bruno Henrique

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 0 Média: 0]

Certame seleciona interessados para atuação no cargo de Agente Temporário de Serviços Administrativos do quadro de funcionários da PM-SC.

Juntamente com a Secretaria de Estado da Segurança Pública de Santa Catarina, o Comando Geral da Polícia Militar de Santa Catarina deu início ao concurso público de edital 109/CESIEP/2015. O lançamento do edital tem por objetivo a contratação de Agente Temporário de Serviços Administrativos do quadro de funcionários da PMSC. Vale ressaltar que os profissionais deste cargo são responsáveis pelo atendimento via telefone e através de videomonitoramento.

Para os interessados, saibam que o certame reserva ao todo 85 oportunidades para o cargo de Agente Temporário de Serviços Administrativos. Além disso, os 85 aprovados neste certame serão lotados em unidades nas seguintes cidades: Criciúma, Florianópolis, Chapecó, Tubarão, Joinville, Lages, Balneário Camboriú e Blumenau.

O cargo disponível neste certame reserva remuneração inicial de R$ 1.017,00. Esse é o valor referente ao primeiro ano de contrato que funciona nos seguintes termos: turnos de seis horárias diárias com sistema de rodízio. Além disso, é importante destacar que os aprovados terão direito ao seguro de acidentes pessoais. Os aprovados que conseguirem a renovação de seu contrato passarão a ganhar R$ 1.356,00.

Um detalhe muito importante é que este é um concurso simplificado. Portanto, o procedimento de inscrição será feito pessoalmente por cada candidato. Os interessados em participar deste certame terão de 17 de agosto de 2015 a 14 de setembro de 2015 para realizarem suas respectivas inscrições. O procedimento se dará por meio do pagamento da taxa no valor de R$ 40,00 e confirmação da inscrição na Sede da Unidade da PM da cidade em que o candidato pretende atuar.

Os candidatos devidamente inscritos serão submetidos à prova teórica que terá duração de quatro horas. A mesma deve ser realizada em 27 de setembro de 2015 das 14h às 18h.

Será de total responsabilidade do candidato o procedimento de confirmação do local onde o mesmo realizará a prova teórica, esse procedimento será feito de forma eletrônica através do site oficial da PMSC – www.pm.sc.gov.br/cidadao/concursos.

Por Bruno Henrique

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 0 Média: 0]

Certame abre vagas para o Curso de Formação de Soldados do Quadro de Praças da PM-MG.

A Polícia Militar do Estado de Minas Gerais (PM-MG) lançou edital para realização de concurso público para admissão de Soldados. Os selecionados participarão do Curso de Formação de Soldados do Quadro de Praças da PM-MG (CFSD/QPPM), com início em 2016. Para participar, os interessados devem ter diploma de nível superior em qualquer área de atuação, idade entre 18 e 29 anos, altura mínima de 1,60m e outras exigências.

O concurso oferece 1.590 vagas, das quais 1.431 são destinadas aos candidatos do sexo masculino e 159 para o sexo feminino. O vencimento básico para Soldado 2ª classe da PM-MG é de R$ 3.049,05 mais benefícios.

Interessados podem se inscrever pela internet, preenchendo o formulário disponível em www.pmmg.mg.gov.br/crs. O prazo será do dia 10 de setembro a 13 de outubro de 2015 e a taxa de participação foi fixada em R$ 122,95. Quando se inscrever, o candidato pode escolher entre uma das 13 Regiões de Polícia Militar em que foram disponibilizadas as oportunidades.

A seleção será composta de diferentes fases, são elas: prova de conhecimentos (escrita objetiva e redação), que será realizada provavelmente no dia 13 de dezembro, exame de saúde, avaliação física, teste psicológico e exame toxicológico. Os locais e horários de aplicação das provas serão informados no site acima descrito, devendo os concorrentes acompanhar essas informações no portal da Polícia Militar.  

O Curso de Formação de Soldados (CFSd) será ministrado nas diferentes Unidades do Interior do Estado. Sua duração total é de nove meses com início previsto para o dia 28 de julho de 2016. O regime do curso é em tempo integral, inclusive com atividades escolares extra classe após as 18h, a qualquer dia da semana.

A expectativa é que os novos soldados comecem as atividades em 2017.  O prazo de validade do certame é de 30 dias, contados da data do resultado final/homologação, os quais podem ser prorrogados por mais 30 dias.

Por Ana Rosa Martins Rocha

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 0 Média: 0]

Certame seleciona 35 candidatos para o Curso de Formação de Oficiais.

A partir da última quinta-feira, dia 9 de julho de 2015, os interessados em fazer inscrições no concurso público para o Corpo de Bombeiros e Polícia Militar do Estado do Acre, já podem fazê-las. Este concurso público que foi aberto pela instituição tem a finalidade de realizar a seleção de 35 candidatos para fazerem o Curso de Formação de Oficiais. Os aprovados neste certame ocuparão os cargos de Aluno Oficial Estadual Policial Militar Combatente ou Aluno Oficial Combatente dos Bombeiros.

Durante o período destinado à formação destes alunos, eles farão jus a uma remuneração mensal, sendo que no primeiro ano de ingresso essa remuneração corresponde a R$ 3.796,74 para os alunos que forem para a Polícia Militar e R$ 3.541,36 para os alunos que preferirem ir para o Corpo de Bombeiros.

As inscrições para este concurso estarão abertas até a data limite do dia 23 de agosto de 2015 e devem ser feitas, exclusivamente online, através do portal eletrônico da instituição que organizará todo o certame que no caso será a Fundação Professor Carlos Augusto Bittencourt (FUNCAB) cujo site é www.funcab.org.   

Os candidatos que efetivarem as suas inscrições terão que pagar a taxa de participação no concurso que é de R$ 87,00.

Os interessados em participar desse concurso deverão possuir diploma de conclusão de curso em nível superior em qualquer área, desde que tenha sido fornecido por qualquer instituição do país reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). Além disso, os interessados deverão ter idade mínima de 18 anos e máxima de 30 anos de idade.

Em virtude da incompatibilidade com as atribuições a serem exercidas pelos profissionais nestes cargos, neste concurso não há reserva de vagas destinadas para pessoas portadoras de deficiência.

Para aqueles que realmente desejam prestar este concurso é de suma importância que faça a leitura na íntegra de todo o conteúdo que está expresso no edital, uma vez que por se tratar de um concurso na área militar há inúmeras especificidades as quais os candidatos têm que cumprir.

Por Adriano Oliveira

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 0 Média: 0]

A expectativa é que as vagas sejam destinadas para candidatos de nível médio

Existe uma previsão de que ainda neste ano de 2015 a Polícia Militar situada no estado do Ceará realize um concurso público para selecionar novos soldados. No ano de 2014 foi feito um pedido de autorização para realizar um processo seletivo no órgão, devido ao déficit de profissionais em variados postos. Ainda não existe uma data para lançar o edital do exame seletivo.

Até o momento, ainda não foi determinado a quantidade de vagas que será oferecida nesta seleção. No entanto, existem algumas colocações que precisam ser preenchidas no órgão, como por exemplo, escrivão, delegado de polícia e agente policial. A remuneração mensal e os benefícios referente a cada carreira será anunciada futuramente.

O exame seletivo anterior sucedeu no ano de 2013 e foi anunciado juntamente com o concurso do Corpo de Bombeiros da região do Ceará. Na seleção da Polícia Militar foram disponibilizadas um total de 200 oportunidades, nas posições de soldados e oficiais.

No posto de soldado, foi exigido que os interessados apresentassem nível médio de escolaridade e idade superior a 18 anos. Nos outros postos era essencial que os candidatos tivessem certificado de conclusão do ensino superior e também idade mínima de 18 anos.

Na época, o certame consistiu em diversas fases, como: teste escrito, avaliação médica, teste biométrico, exame odontológico, verificação da capacidade física, exame toxicológico, verificação social, exame psicológico e avaliações finais. As avaliações tiveram um caráter classificatório e eliminatório. A organizadora escolhida pelo órgão na ocasião foi a Cespe/UnB.

É recomendado que os interessados em participar do próximo concurso público da Polícia Militar localizada no Ceará já iniciem os estudos antes da divulgação do edital do concurso.

No último processo seletivo do órgão, os candidatos foram avaliados nos seguintes conteúdos: conhecimentos gerais, Direito Constitucional, Legislação Militar Estadual, Direito Penal, Raciocínio Lógico, Língua Portuguesa, Direito Processual Penal, noções básicas de administração, Legislação Extravagante e Direito Administrativo. 

Por Felipe Couto de Oliveira

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 0 Média: 0]




CONTINUE NAVEGANDO: