Certame ainda depende da aprovação do pedido de abertura de 7.888 vagas.

Atualmente há milhares de cidadãos brasileiros aguardando para receberem os benefícios do Governo Federal. Mas os processos continuam “em análise” e a espera está maior do que o previsto. O motivo da demora é déficit de pessoal.

Já faz um tempo que há um déficit de funcionários no INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), provocando estresse em muita gente.

Existe uma solicitação que foi feita pelo INSS para o preenchimento de 7.888 vagas de trabalho. O pedido está em tramitação no Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão. No final do mês de novembro houve cinco movimentações no requerimento, depois de três meses sem movimentação.

Pelo fato de o INSS ser um órgão primordial para os serviços que o Estado brasileiro se dispõe a prestar para a população, a falta de funcionários cria uma situação grave entre a população mais necessitada, tornando esse concurso público urgente.

A Federação Nacional de Sindicatos de Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social está se esforçando para agilizar a liberação do concurso.

Distribuição das Vagas

Para o cargo de Técnico serão 3.984 vagas, já para analista serão 1.692. Quem vai ser perito ocupará uma das 2.212 vagas disponíveis.

Houve um comunicado da Fenasps enfatizando que o INSS precisaria repor 16 mil vagas, havendo o risco, se nada for feito, de haver um colapso.

Os Cargos

Técnico de Seguro Social

Sendo um cargo que exige apenas a conclusão do Ensino Médio, o cargo de Técnico do Seguro Social é um dos mais concorridos, tendo em vista o salário de R$ 4.886,87 por mês, além de um auxílio-alimentação de R$ 458 todos os meses!

Analista

Para ocupar a vaga de Analista você precisa ter uma graduação superior. São aceitas várias áreas de formação, dentre elas estão formação em Serviço Social, Administração de Empresas, as engenharias, Direito, Pedagogia, entre outras. O salário do Analista é de R$ 7.496,09 todos os meses, além do valor de R$ 458 por mês de auxílio-alimentação.

Perito

Para ser perito você precisa ter concluído a graduação em Medicina e ter registro no seu Conselho Regional de Medicina. O salário inicial é de R$ 8.530,41 por mês, além do já citado auxílio-alimentação no valor de R$ 458 todos os meses.

Defasagem de Funcionários

De um total de quase 16 mil funcionários, a defasagem em todo o país é maior para a função de Técnico. Nessa situação, o atendimento do instituto fica comprometido.

A situação está calamitosa no que tange o atendimento, o governo federal diminuiu os recursos destinados ao instituto.

O último concurso do INSS, que teve seu resultado divulgado em agosto, foi um dos mais concorridos da história do Brasil. Houve quase 1,1 milhão de inscritos, sendo em sua grande maioria para Técnico do Seguro Social.

Atribuições do Técnico e Analista

A função de um Técnico do Seguro Social é exercer diversos tipos de atividades. É um cargo que deve ser ocupado por candidatos que concluíram o Ensino Médio e que tenham facilidade e saibam lidar com o público.

Para se candidatar a Técnico do Seguro Social você deve ter alguns conhecimentos específicos que possibilitarão a sua ocupação da vaga.

Dentre esse conhecimento destacam-se alguns: noções de Direito Constitucional (ter noções do que a Constituição Brasileira de 1988 assegura como direitos fundamentais); ter noções de Direito Administrativo, ter habilidade em raciocínio lógico e língua portuguesa. Essas são as noções básicas que um Técnico do Seguro Social precisa ter para exercer a função.

Sobre o INSS

O Instituto Nacional do Seguro Social, ou simplesmente INSS, foi fundado há 28 anos e é a autarquia competente no Brasil por receber “contribuições” trabalhistas para a manutenção da saúde social, sendo responsável pelo pagamento da aposentadoria gerida pelo Estado, licença-maternidade, entre outros benefícios previstos na Legislação. O INSS trabalha em conjunto com a Dataprev, uma empresa de tecnologia que processa todos os dados de saúde.

Por Bruno Rafael da Silva

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 6 Média: 4]

Seleção poderá ofertar mais de 16 mil vagas. Pedido já está avançando no Ministério do Planejamento.

Um novo pedido para realização de um novo concurso do Instituto Nacional do Seguro Social vem avançando junto ao Ministério do Planejamento, do Desenvolvimento e Gestão. No dia 13 de abril, esse processo foi encaminhado através da Divisão de Concursos Públicos até a Coordenação-Geral dos Benefícios Previdenciários, para ter seu nível de acesso mudado de geral para o público. Lembrando que até o próprio presidente, Francisco Paulo Soares Lopes, reiterou a solicitação dos novos servidores ao Ministério do Planejamento.

Antes mesmo de sair a autorização, uma solicitação precisa passar nos seguintes órgãos: o Secretaria de Gestão de Pessoas, a Secretaria de Orçamento Federal, da Secretaria-Executiva, a Consultoria Jurídica e por último no Gabinete do Ministro.

Esse pedido do concurso foi encaminhado no fim do ano passado para o MPDG. No documento estava sendo requerido o preenchimento de aproximadamente 16.548 cargos em todo o país.

Dessas vagas solicitadas, uma média de 7.580 são para novos concursos públicos que valerão a partir desse ano ainda. Sendo 3.941 para técnico (área meio), uma média de 1.493 para analista em diversas formações e 2.146 para ser perito.

Na nota técnica que foi enviada do INSS para o Planejamento que também consta ofertas para as seguintes atuações: 2.644 vagas que são os excedentes do atual concurso vigente, sendo 2.114 para o cargo de técnico e 530 para o cargo de analista e ainda 6.324 que tanto pode ser para o atual concurso ou tanto para o novo, sendo 6.160 para o cargo de técnico e 164 para o cargo de analista.

A expectativa está sendo que o Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão possa liberar ainda mais rápido que puder essa autorização para o novo concurso do INSS, que ele ainda aconteça entre 2018, no máximo 2019.

Os cargos do novo concurso

Ter uma carreira de técnico no seguro social é um sonho da maioria dos brasileiros, principalmente aqueles que são famosos por prestar concursos, exigindo apenas o ensino médio e tendo como um salário inicial base no valor de R$ 5.344,87 e tendo um auxílio-alimentação no valor de R$ 458 já incluso no valor anterior.

Já o emprego de analista exige uma formação superior em diversas áreas de sua atuação, incluindo o serviço social, engenharia, administração, direito, psicologia, pedagogia, comunicação, arquitetura, ciências sociais e letras, sua remuneração chega a R$ 7.954,09 mensais, já incluso o benefício de vale-alimentação.

Agora a posição de um perito precisa ser profissional com uma graduação em medicina e também o registro no conselho regional. Porém, seu salário base é no valor de R$ 8.988,41, já também incluso o auxílio alimentação.

Por isso não perca essa grande oportunidade, fique de olho nos sites de concursos para não perder nenhum prazo, estude, se prepare e entre para um dos cargos mais cobiçados em todo o país.

O órgão está com uma defasagem de aproximadamente 20 mil servidores no país todo e a grande maioria desse déficit é na função de técnico. Baseado nesse quadro, a instituição do INSS não está conseguindo atender com uma certa eficiência à demanda da população. Prejudicando até em certos casos pessoas que estão dependendo de algum parecer do órgão para receber o benefício.

Por isso essa pode ser sua chance de conseguir enfim entrar nesse posto desejado por muitos. Estude e faça a diferença, ajude assim a instituição a estar desenrolando os processos parados e dando continuidade ao trabalho de uma forma a atender toda população, que muitas vezes está dependendo do parecer e do desenrolar do INSS.

Ricardo Ferreira Rodrigues

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 53 Média: 3.2]

Seleção deverá ofertar vagas para técnico, analista e perito.

Os brasileiros estão cada vez mais interessados em processos seletivos e concursos públicos. Na realidade, este fato é apenas o reflexo de uma crise na economia, que atinge o Brasil desde 2016 e que contribuiu de forma considerável para o aumento de desempregados no país. Assim, diante de tanta instabilidade da economia, os brasileiros passaram a ver esses concursos como boas alternativas para conquistar um novo posto no mercado de trabalho, que está a cada dia mais exigente e concorrido. Além disso, os concursos oferecem estabilidade e segurança que são fundamentais para qualquer profissional.

Como estamos no início do ano, nesta época geralmente muitas empresas, instituições e órgãos públicos, anunciam a abertura de novos concursos processos seletivos e concursos públicos.

E por falar em concurso público, desde o ano passado existe uma grande expectativa por parte dos “concurseiros” sobre a abertura de um novo concurso público do INSS, que é o Instituto Nacional do Seguro Social.

Embora muita gente tenha passado o ano de 2017 aguardando a publicação de seu edital de abertura, a expectativa para este ano é de que ele realmente aconteça.

Um novo documento que solicita a autorização para o concurso foi enviado ao Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão e segundo informações recentes o pedido tem avançado por vários setores do Ministério, o que significa que ele vem sendo aprovado por onde passa.

Informações cedidas pelo órgão dão conta de que são solicitadas no documento o equivalente a um total de 16.548 vagas.

Contudo, esse total de vagas não seria para um único concurso. Na realidade 7.580 oportunidades seriam destinadas a um concurso a ser realizado neste ano e o restante seria para concursos no ano de 2019.

Do total e vagas para um possível concurso em 2018, 3.941 seriam para o cargo de técnico, 1.493 para o cargo de analista e 2.146 para o cargo de perito.

Este é um dos concursos públicos mais esperados em todo o país, o que faz dele também um dos mais concorridos, visto que um cargo que exige formação de nível médio oferece uma remuneração no valor de R$5.000 no cargo de técnico, já um profissional no cargo de analista, que exige formação e nível superior, recebe uma remuneração no valor de R$8.000.

O último concurso público realizado pelo INSS disponibilizou para a concorrência o total de 950 vagas, para os cargos de técnico e analista. Porém, o órgão enfrenta hoje grandes problemas em decorrência da falta de servidores. Segundo informações atualizadas, o órgão atua hoje com um número consideravelmente baixo de profissionais, o que compromete a qualidade e eficiência no atendimento ao público, fazendo com que o trabalho acumule e os agendamentos e perícias se tornem tão demorados.

Além disso, o número de servidores que atuam no órgão vem diminuído a cada ano. Em 2017 o órgão teve uma baixa de mais de 1500 servidores, que se aposentaram, foram exonerados, faleceram ou pediram demissão, Fato que torna a situação do órgão ainda mais complicada para o ano de 2018.

Nesse sentido, ao que tudo indica neste ano de 2018, um novo edital deve ser publicado com um quantitativo de vagas relativamente alto, considerando a necessidade que o órgão possui de pessoal em seu quadro de servidores.

Diante disso, se você possui interesse em realizar este concurso e conquistar a estabilidade e segurança financeira que você tanto almeja, esteja atento a novas informações sobre a sua situação no MPDG e já comece a se preparar para a realização da prova. Para isso, consulte editais de concurso passados do INSS e verifique os conteúdos geralmente cobrados para o cargo de seu interesse.

Sirlene Montes

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 137 Média: 3.2]

Certame deverá ofertar vagas de técnico, perito e analista.

Muitas pessoas aguardam pela abertura de novos concursos públicos para o ano de 2018. Entre estes concursos um que vem sendo muito esperado é o concurso do INSS. E se você se inclui entre essas pessoas, acabam de chegar algumas informações sobre o concurso INSS que podem lhe interessar. Saiba mais.

O concurso público do Instituto Nacional do Seguro Social, o popularmente conhecido INSS, é um concurso que já faz um bom tempo que vem sendo aguardado. As notícias recentes apontam que um novo documento de solicitação e autorização foi encaminhado para o MPDG, que é o Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão. No documento é solicitado que sejam disponibilizadas em um novo concurso o total de 16.548 vagas, sendo que deste total mais de 12 mil seriam para a função de técnico do seguro social, que é um dos cargos com mais déficit no INSS.

A expectativa é que ao menos 7.580 vagas sejam liberadas para a realização de um novo concurso ainda no ano de 2018. Já que as primeiras informações apontavam que um novo concurso poderia ser realizado somente no ano de 2019.

Assim, se esse parcial de vagas for liberado pelo Ministério do Planejamento, 3.941 serão para o cargo de técnico. 1.493 são para o cargo de analista em diversas especialidades e 2.416 serão para o cargo e perito.

Existe em todo o país uma grande expectativa de que o MPDG autorize o quanto antes a realização deste novo concurso no INSS para que ele possa ser realizado no ano de 2018 e no mais tardar no início do ano de 2019. Tanto que muitas pessoas já há algum tempo vêm se preparando para a realização das provas.

Uma das carreiras que são muito concorridas no Instituto é para a função de técnico do seguro social, uma vez que o requisito básico para poder concorrer a este cargo é possuir formação de nível médio. Além disso, outro motivo que leva esta função a ser muito concorrida é a remuneração paga no cargo, que é no valor de R$ 5.344,87. Valor este que já está incluído uma vale-alimentação no valor de R$458.

Já para o cargo de analista, que também terá vagas disponibilizadas no certame, os candidatos precisam possuir formação de nível superior em várias áreas, sendo elas psicologia, serviço social, direito, administração, pedagogia, letras, engenharia, arquitetura, comunicação e ciências sociais.

Um profissional que atua no cargo de analista possui uma remuneração no valor de R$ 7.954,09, valor este também com o vale-alimentação já incluído.

Quem desejar se candidatar ao cargo de perito precisa possuir formação de nível superior em Medicina e deve possuir registro junto ao Conselho Regional de Medicina. Um perito possui uma remuneração no valor de R$ 8.988,41.

O INSS é um órgão que na atualidade possui uma grande defasagem de pessoal, que leva a uma deficiência no atendimento ao público. Como já dito anteriormente, a função e técnico é a que mais necessita de novos servidores. A situação se tornou ainda mais problemática em razão de o governo federal ter diminuído o valor dos recursos repassados ao órgão, que acaba também comprometendo andamento dos serviços que o instituto desenvolve e presta a população do país. Tanto que essa situação pode ser comprovada mediante as inúmeras reclamações sobre os serviços que o INSS oferece hoje e que muitas vezes são noticiadas até na mídia.

O último concurso realizado pelo instituto aconteceu no ano de 2015, quando foram disponibilizadas para a concorrência o total de 950 oportunidades, distribuídas entre os cargos de técnico e analista. Porém, este número não foi suficiente para atender a demanda do órgão, além do fato que a validade para este concurso se encerra no ano de 2018.

Desse modo, resta aos interessados aguardar a decisão do Ministério do Planejamento Desenvolvimento e Gestão.

Sirlene Montes

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 165 Média: 3.1]

Pedido de Seleção já foi solicitado ao MPDG. Certame deverá ter cerca de 16 mil vagas.

Para quem se encontra na expectativa de novas informações sobre um possível concurso público do INSS, as notícias que acabam de chegar prometem agradar bastante. É que já foi enviado ao MPDG um novo pedido de autorização para o provimento de mais de 16 mil vagas. Saiba mais.

É isso mesmo, quem gostaria de prestar concurso público para o Instituto Nacional do Seguro Social, o popular INSS, e já estava ficando desanimado por falta de novas informações, a novidade é que um documento solicitando a autorização para a realização de um novo concurso foi enviado ao Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, restando agora aguardar que o projeto seja analisado pelos vários setores do MP e enfim autorizado, já que existe uma real demanda por novos servidores em todas as regiões do país.

De acordo com o documento enviado, são solicitas a autorização para o provimento de 16.548 postos de trabalho no órgão. Essas vagas seriam distribuídas entre as carreiras de analista do seguro social, técnico do seguro social e perito médico previdenciário.

A expectativa é de que pelo menos cerca de 7.580 vagas sejam liberadas para a realização e um novo concurso público. Desse modo, desse total de vagas, 3.941 seriam para cargos com exigência de formação e nível médio, como o cargo de técnico, 1.493 para o cargo de analista, que exige formação superior em diversas especialidades e para o cargo de perito, que exige formação em medicina, seriam disponibilizadas o total de 2.146.

Assim, o restante das vagas que constam no pedido seriam disponibilizadas em outras situações como preenchimento de vagas de excedentes que dariam um total de 2.644 vagas, distribuídas entre os cargos de analista e técnico e também para a realização e processos seletivos para os mesmos cargos.

Em relação aos cargos que serão oferecidos no certame, um dos mais concorridos é o de Técnico do Seguro Social, uma vez que possui como exigência de formação o ensino médio completo e oferece uma remuneração inicial no valor de R$ 5.344,87, valor este com o auxílio-alimentação no valor de R$458 já acrescidos.

Já o cargo de Analista exige que o candidato possua formação e nível superior em áreas diversas como administração, engenharia, serviço social, direito, psicologia, pedagogia, arquitetura, comunicação, ciências sociais, letras, entre outras. Um profissional no cargo de analista possui uma remuneração inicial no valor de R$ 7.954,09 por mês, com valor do benefício alimentação já incluído.

Por sua vez, para concorrer ao cargo de perito o candidato precisa possuir formação em medicina e também possuir registro no conselho de sua classe. No total um perito do INSS possui uma remuneração inicial no valor de R$ 8.988,41.

O órgão possui uma grande expectativa em relação à autorização de um novo concurso, principalmente pelo fato de existir hoje uma defasagem de cerca de 20 mil funcionários em todo o Brasil, sendo que a maioria dessas vagas são para a carreira de técnico, o que acaba comprometendo a qualidade do atendimento a população, que muito tem se queixado sobre os serviços prestados pelo órgão.

O último concurso público realizado pelo INSS aconteceu no ano de 2015, quando foram disponibilizadas para a concorrência o total de 950 vagas, sendo que desse total 800 eram para o cargo de técnico e 150 para o cargo de analista na área de serviço social.

Na ocasião a empresa que foi contratada para organizar executar o concurso foi a Cespe /UNB. Os candidatos tiveram que realizar uma prova objetiva e o concurso possui validade até o ano de 2018, o que significa que a partir do ano que vem o déficit de servidores do órgão tende a ser maior e por isso se faz necessária a realização de mais um concurso público.

Sirlene Montes

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 119 Média: 2.8]

Ministério do Planejamento deve liberar Novo Concurso do INSS.

Para quem estava na expectativa de novas notícias sobre um possível concurso público do Instituto Nacional do Seguro Social, o popular INSS, as novidades que chegam são bastante favoráveis. É que durante a semana Arnaldo Lima Júnior, que é o assessor do Ministério do Planejamento, afirmou que a partir do ano de 2019 serão retomados os preparativos para novos concursos federias. Dentre os concursos que devem ser retomados está o do INSS.

Na realidade, já faz algum tempo que as pessoas vêm esperando pela abertura de novos concursos no órgão, já que atualmente em todo o país observa-se uma considerável defasagem de servidores, que acaba comprometendo a qualidade dos serviços prestados à sociedade, que representam uma demanda bem grande.

Já era esperado que neste ano de 2017 nenhum concurso fosse realizado para o INSS, contudo, diante das declarações do Ministro e da necessidade de pessoal que o órgão possui, há quem aguarde que ele seja aberto já no ano de 2018.

Existe uma informação de que mais de 40% dos servidores que o órgão possui na atualidade devem se aposentar até o ano de 2017, o que é um número relativamente grande. Os próprios servidores, junto aos sindicatos da classe, têm reivindicado a abertura de novas seleções, para a recomposição do quadro de servidores.

Segundo o sindicato da classe, é uma urgência que os aprovados no último concurso do órgão, que representam uma soma de 950, sendo 800 para o cargo de Técnico de Seguro social e 150 para o cargo de Analistas de Seguro Social, sejam chamados e que, além disso, novos concursos sejam abertos, para evitar que o órgão entre em colapso diante da grande demanda de atendimentos.

Assim, mesmo com essa previsão de realização somente no ano de 2019, a recomendação é de que os interessados em realizar o concurso já comecem a se preparar para a realização da prova, uma vez que os conteúdos e consequentemente as questões, são bem complexas, o que exige um bom tempo de estudo, pois somente os candidatos mais preparados conseguem a aprovação.

Ainda no ano de 2016, o INSS enviou uma solicitação de nova seleção ao Ministério do Planejamento. No documento foram solicitadas a liberação de concurso para mais de 7 mil postos de várias carreiras do órgão. Os salários partiam de R$ 5.344,87, mais auxílio alimentação no valor de R$ 458.

Os números atuais apontam que no INSS hoje existe uma defasagem de cerca de 20 mil profissionais de várias funções, distribuídos em todo o país. Contudo, o maior déficit de servidores é na função de técnico. Por isso se ouvem tantas reclamações sobre o atendimento à população que acaba ficando prejudicada, pois os servidores atuais se sentem sobrecarregados por terem que trabalhar para compensar o que falta.

A situação ainda está mais grave devido ao fato de o governo federal ter diminuído os recursos enviados para o instituto. Segundo declarações de servidores do órgão, o cenário existente hoje é de caos, pois não há recursos suficientes.

Diante desse quadro, a expectativa é de que no mais tardar um novo concurso seja autorizado pelo Ministério do Planejamento, pois o INSS é um dos órgãos federais que mais necessita de atenção por parte do governo federal, seja na liberação de mais recursos e principalmente na abertura de novos processos seletivos, para que com a junção de novos servidores a prestação de serviços ocorra de forma estruturada e eficiente.

Nesse sentido, se você se interessa em realizar o concurso, comece a se preparar para a prova. Para isso busque por editais de concursos passado para verificar os conteúdos geralmente cobrados e procure refazer as provas de certames passados.

Sirlene Montes

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 105 Média: 3.1]

Novo certame deverá disponibilizar vagas para os cargos de Técnico de Seguro Social, Analista de Seguro Social e Perito Médico.

A crise econômica pela qual o país está passando está levando a uma maior dificuldade para quem deseja adquirir um novo trabalho ou ainda melhorar a sua posição no mercado profissional em que se insere e isto faz com que opções novas sejam buscadas por muitos trabalhadores.

Diante disso uma das alternativas mais atrativas se referem aquelas para inserção em uma determinada carreira da administração pública que terá em pouco tempo uma grande oportunidade por meio do concurso INSS 2018 sobre o qual iremos dar detalhes a seguir neste artigo.

Informações gerais sobre concurso INSS 2018

O INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social) é um órgão vinculado ao Ministério da Previdência Social que tem como função efetuar todas as delimitações relacionadas com benefícios previdenciários como aposentadoria, auxílio doença, auxílio reclusão, licença maternidade, licenças médicas, dentre outros.

Apesar de ter realizado concurso no ano de 2015 para quase 1.000 vagas em virtude de muitas aposentadorias este órgão público tem hoje um déficit que passa dos 19.000 servidores para que seu serviço seja realizado de maneira adequada variando entre cargos como Técnico em Seguro Social até Peritos Médicos de Seguro Social.

A partir desta necessidade apresentada, o INSS informou de maneira oficial que está finalizando os estudos para fazer a solicitação ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) de autorização para que um novo processo seja iniciado referente ao concurso INSS 2018.

Vagas para concurso INSS 2018

Pelo fato da solicitação relacionada com o concurso INSS 2018 não ter sido feita de maneira específica pelo órgão considerado ainda não é conhecida a quantidade de vagas nem mesmo os cargos que serão contemplados nesta nova possibilidade de ingresso na administração pública.

Mas no ano de 2016 ocorreu a solicitação de autorização para concurso no órgão que contemplava os cargos de Técnico de Seguro Social, Analista de Seguro Social e Perito Médico na quantidade que ultrapassava 7.500 vagas no momento em que foi pedido.

Cargos e salários para concurso INSS 2018

As exigências para os cargos que podem integrar o próximo concurso INSS 2018 são as seguintes:

· Técnico de Seguro Social: possuir diploma de conclusão do nível médio emitida por instituição reconhecida pelo MEC.

· Analista de Seguro Social: deve possuir diploma de conclusão em graduações gerais ou específicas emitidas por instituições de ensino devidamente reconhecidas pelo MEC.

· Perito Médico: deve apresentar diploma de conclusão de graduação em Medicina emitido por instituição educacional reconhecida pelo MEC além de carteira profissional no CRM (Conselho Regional de Medicina) ativa.

Os salários que hoje são ofertados para que se ocupem estes cargos na estrutura do INSS consistem em um valor básico de R$5.344,87 para os Técnicos em Seguro Social, R$7.954,09 para os Analistas de Seguro Social e R$8.848,91 para os Peritos Médicos.

Conteúdos relacionados com concurso INSS 2018

Pelo fato de que não existe um novo edital relacionado ao concurso INSS 2018 já disponível os interessados neste certame devem guiar seus estudos pela seleção anterior o qual teve a organização do antigo Cespe/Unb conhecido na atualidade como Cebraspe.

Ao se ponderar com relação aos conteúdos programáticos exigidos eles são divididos de acordo com o cargo pretendido da seguinte forma:

· Técnico de Seguro Social: Português, Raciocínio Lógico, Noções Direito Constitucional, Noções Direito Administrativo, Regime Jurídico Único, Informática, Seguridade Social, Ética no Serviço Público.

· Analista de Seguro Social: Português, Raciocínio Lógico, Noções Direito Constitucional, Noções Direito Administrativo, Regime Jurídico Único, Informática, Seguridade Social, Ética no Serviço Público, Legislação Previdenciária, Legislação Assistência Social.

Conclusão

Com isso, é possível considerar que o concurso INSS 2018 se apresenta como uma das grandes possibilidades para quem deseja entrar no serviço público no próximo ano exigindo, com isso, uma grande dedicação nos estudos que precisa começar o mais rápido possível.

Por Ana Camila Neves Morais

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 86 Média: 3.3]

É muito provável que ocorra um grande concurso do INSS, com mais de 7 mil vagas, em 2017

Foi publicado no Diário Oficial a comunicação sobre o concurso do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), previsto para 2017. A expectativa é que o certame seja autorizado, em pouco tempo, pelo Ministério Público do Orçamento e Gestão (MPOG) e conte com oportunidades para o cargo de técnico do seguro social, perito médico previdenciário e analista.

O esperado é que este concurso, que já foi anunciado pelo ministro do Trabalho e Previdência, tenha, pelo menos, um total de 7.351 contratações, sendo 1530 vagas para a função de perito médico previdenciário e o restante para os cargos de analista e técnico. Um dos principais objetivos da realização deste certame, é para melhorar o atendimento prestado pelo Órgão, de acordo com o ministro Miguel Rossetto.

O pedido para a realização do concurso já está no MPOG desde o início do ano, por isso, após a autorização, o edital deve ser publicado em pouco tempo. Desta forma, os interessados devem começar os estudos, a fim de alcançar uma boa classificação neste certame.

Para concorrer ao cargo de perito, o interessado deve ter graduação em medicina e também inscrição no conselho regional. A remuneração inicial é de R$ 13 mil. Em relação ao cargo de analista, o candidato deve ter graduação em qualquer área ou específica de acordo com a função e a remuneração é de R$ 8,9 mil. Os candidatos que tiverem nível médio, podem optar pelo cargo de técnico do seguro do social, com inicial de, aproximadamente, R$ 6 mil.

O último concurso do INSS foi realizado neste ano e organizado pela banca Cespe/Unb, que contou com 800 vagas para o cargo de técnico do seguro social e 150 para analista do seguro social, ou sela, 950 vagas. Os candidatos foram avaliados por meio de provas objetivas e o concurso já foi finalizado. Os classificados aguardam as convocações.

Ficou interessado em estudar para o INSS? Devido à concorrência, inicie os seus estudos antes da divulgação do edital. Faça um planejamento de acordo com o último documento publicado, que pode ser acessado por meio deste link: http://www.cespe.unb.br/concursos/INSS_2015/ (tenha em mente que, no edital, algumas matérias podem vir diferentes). Organize a sua rotina, estude por meio de materiais atualizados e mantenha a confiança em si mesmo. Boa sorte e muito sucesso!

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 19 Média: 2.6]

Certame abre 950 vagas para Técnico e Analista do Seguro Social, com salários que variam de R$ 4.886,87 a R$ 7.469,09, respectivamente.

O Instituto Nacional do Seguro Social, também chamado de INSS, é a autarquia do Governo Federal que se responsabiliza pelo pagamento de previdências sociais, como aposentadorias, auxílio-doença, pensões por morte, auxílio-acidente, entre diversos outros benefícios.

No ano de 2016, foram abertas 950 vagas para um concurso do INSS nas vagas de Técnico e Analista do Seguro Social, sendo 800 vagas para Técnico do Seguro Social, que é um cargo de nível médio, e 150 vagas para Analista do Seguro Social, sendo esse o cargo de nível superior.

A remuneração irá variar de acordo com o cargo, sendo R$ 4.886,87 para o nível médio e R$ 7.469,09 para o nível superior. Em ambos os casos, a jornada de trabalho é de 40 horas semanais.

As inscrições podem ser feitas até as 23h59 do dia 22 de fevereiro, no site www.cespe.unb.br. A taxa de inscrição também irá variar de acordo com o cargo escolhido. O valor é de R$ 65,00 para o cargo de nível médio e de R$ 80,00 para o cargo de nível superior. É importante lembrar que o pagamento deverá ser feito por meio do boleto bancário que o candidato deverá imprimir no final de sua inscrição no concurso.

A prova será objetiva, com 120 questões sendo 70 de conhecimentos específicos e 50 de conhecimentos básicos. Para os dois cargos as provas terão duração de 3 horas e 30 minutos, no entanto a prova de nível médio será no turno da tarde e a de nível superior será no turno da manhã.

O candidato deve ficar atento para o local de prova assim como o horário que essa começará. É provável que no dia 28 de abril de 2016 os locais de prova sejam divulgados e enviados por e-mail. A prova será aplicada no dia 15 de maio de 2016.

Ainda no que diz respeito à prova objetiva, ela terá o valor total de 120 pontos e o gabarito terá as alternativas “CERTO” e “ERRADO” para cada uma das questões, sendo representadas na folha de respostas como “C” e “E”. A nota será composta pela soma dos itens assinalados, sendo que uma alternativa que corresponda ao gabarito oficial irá valer 1,00 ponto e aquela que não corresponder, terá o valor de 1,00 ponto negativo.

Por Isabela Palazzo

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 3 Média: 2]

Certame oferece vagas para Analista e Técnico do Seguro Social. Inscrições podem ser feitas até o dia 22 de fevereiro de 2016.

O tão aguardado concurso do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) abriu as inscrições com oferta de 950 vagas espalhadas pelos postos em mais de 20 estados brasileiros. As vagas são para Analista do Seguro Social (nível superior) e para Técnico do Seguro Social (nível médio). Os vencimentos são de R$ 4.886,87 e R$ 7.496,09 para técnico e analista, respectivamente.

Das 950 vagas ofertadas no certame, 800 destas são direcionadas para Técnico do Seguro Social e 150 para Analista do Seguro Social, ambos os cargos possuem uma jornada de trabalho de 40 horas semanais. Dentro das vagas ofertadas, 20% estão reservadas para negros e 5% reservadas para pessoas com deficiência. A organização do concurso será feita pelo Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos, o já conhecido Cespe/UnB.

Para concorrer a uma das 150 vagas para Analista do Seguro Social é necessário possuir diploma de ensino superior na área de Serviço Social. E para concorrer a uma vaga para Técnico do Seguro Social é necessário possuir diploma de ensino médio.

A prova do certame tem previsão para ser realizada no dia 15 de maio de 2016, o concurso contará somente com uma prova objetiva, tendo duração de três horas e meia para ambos os cargos. A prova para Analista ocorrerá na parte da manhã e a prova para Técnico ocorrerá na parte da tarde do mesmo dia.  Os gabaritos preliminares tem previsão para serem divulgados no dia 17 de maio de 2016.

As provas serão aplicadas em 26 estados do território nacional, que são: Rio de Janeiro, São Paulo, Espírito Santo, Minas Gerais, Bahia, Alagoas, Acre, Amazonas, Ceará, Goiás, Maranhão, Amapá, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Paraíba, Pernambuco, Piauí, Paraná, Rio Grande do Norte, Rondônia, Roraima, Rio Grande do Sul, Santa Catarina, Sergipe e Tocantins.

Os interessados deverão se inscrever no site http://www.cespe.unb.br/concursos/inss_2015/, até o dia 22 de fevereiro de 2016.  A taxa de inscrição é de R$ 80 para Analista e R$ 65 para Técnico.

Camilla dos Santos Batista

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 3 Média: 2]

Inscrições podem ser realizadas até o dia 22 de fevereiro de 2016.

950 vagasé o que está ofertando o novo Concurso do INSS 2016. O Instituto Nacional do Seguro Social, conhecido como INSS, já iniciou as inscrições e visa contratar profissionais para os cargos de Técnico do Seguro Social e Analista do Seguro Social.

O concurso público nº 1/2015 informa que os novos contratados devem possuir nível médio e superior, dependendo do cargo pretendido. O salário é de R$ 7.496,09 para Analista, que exige o nível superior em Serviço Social, e de R$ 4.886,87 para Técnico, que requer o nível médio.

Do total de vagas, 150 são para Analistas e 800 para Técnicos. A jornada de trabalho para ambos os cargos é semanal de 40 horas. Segundo o edital, estão previstas as reservas de vagas para candidatos com deficiências e negros.

Inscrição do Concurso INSS 2016:

As inscrições já se iniciaram e devem ir até o dia 22 de fevereiro de 2016. Os interessados devem entrar no site da Cespe (www.cespe.unb.br/concursos/inss_2015) para realizar a inscrição – que terá taxa de pagamento, dependendo do cargo desejado. Cargos que exigem o nível médio, a taxa será de R$ 65,00, e de nível superior será R$ 80,00.

Provas:

O concurso contará apenas com provas escritas objetivas, que devem ocorrer no dia 15 de maio do mesmo ano. Segundo informações do edital, a duração da prova é de três horas e meia. Quanto aos gabaritos oficiais preliminares serão divulgados a partir das 19h do dia 17 de maio.

As provas serão aplicadas em diferentes cidades do Brasil. Para saber mais informações sobre o concurso do INSS, veja o edital completo, que foi publicado no Diário Oficial da União, em 23/12/2015. É possível também acessar o edital na página do CESPE/UnB (www.cespe.unb.br/concursos/inss_2015).

Vale ressaltar que os aprovados e classificados devem manter seus contatos atualizados, podendo enviar as informações por e-mail – que pode ser encontrado no edital.

O prazo de validade do concurso INSS será de um ano, podendo ser prorrogado, uma única vez, por igual período.

Por Flavinha Santos

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 0 Média: 0]

Oportunidades são para os cargos de Analista e Técnico do Seguro Social.

O Instituto Nacional do Seguro Social, ou INSS, está com inscrições abertas para o seu concurso público em 2016. O concurso teve o seu início oficial após a publicação do edital nº1/2015, que é justamente o edital de abertura do certame. Ao todo serão oferecidas nada menos que 950 vagas destinadas aos cargos de Analista do Seguro Social e Técnico do Seguro Social. A remuneração inicial para o cargo de Técnico é de R$ 4.886,84 e exige nível médio, sendo que a remuneração para o cargo de Analista é de R$ 7.496,09 e a exigência é formação superior em Serviço Social.

É importante destacar que a maior parte das vagas serão destinadas ao cargo de Técnico, 800 vagas ao todo. As outras 150 vagas são para preenchimento do cargo de Analista. Além disso, saibam que o certame conta com reserva de 20% das vagas para candidatos declarados negros e 5% para pessoas com deficiência. Confira mais detalhes na continuação desta matéria.

Caso esteja interessado nesta oportunidade, saiba que o período de inscrições já se encontra aberto e seu encerramento se dará em 22 de fevereiro de 2016. O procedimento de inscrição deve ser realizado por meio da internet. Sendo assim, o candidato deve acessar o site oficial da Cespe, instituição responsável pela organização e execução do referido certame. O cargo de nível superior requer taxa de inscrição no valor de R$ 80,00, enquanto que R$ 65,00 é a taxa para o cargo de nível médio.

Como já destacado, o cargo de Analista requer formação superior em Serviço Social. O cargo reserva remuneração inicial de R$ 7.496,09, sendo que já está incluído neste valor o Vencimento Básico, a GAE e a GDASS. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais.

O cargo de Técnico do Seguro Social, por sua vez, requer nível médio de formação e a remuneração inicial para tal cargo é de R$ 4.886,87 (remuneração bruta). A jornada de trabalho é de 40 horas semanais.

Por Bruno Henrique

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 39 Média: 2.9]

Seleção irá oferecer 950 vagas em diversos estados. Edital deverá ser divulgado em breve.

Depois que o Instituto Nacional do Seguro Social, o INSS, apontou a Cespe/UnB como a organizadora do seu concurso de 2016, a próxima fase é o lançamento do edital, o qual está previsto para acontecer no dia 18 deste mês de dezembro de 2015.

Outro fato que ajuda na realização do concurso é a remoção interna dos servidores do órgão, que ocorreu no dia 27 de novembro. Mesmo que o INSS não confirme, essa fase deveria ser a última antes que ocorresse a distribuição das 950 vagas do certame do ano que vem.

Segundo dados da remoção de técnico e analista do seguro social, as vagas deste novo concurso deverão ser em todos os Estados do Brasil e também no Distrito Federal.

As vagas de Técnico:

Com base no resultado final da remoção interna, a maior parte das vagas para técnico devem ficar em São Paulo, com um total de 114. Bahia é a segundo colocada com 89 chances possíveis. Na sequência aparecem Pará com 86 vagas, Minas Gerais com 72, Maranhão com 58, Rio Grande do Sul com 48, Paraná com 36 e Amazonas com 35, sendo que os outros estados ficam com um número menor de oportunidades.

As vagas de Analista:

Para a vaga de Analista, São Paulo também conta com boa quantidade de chances com 18 vagas. Porém, o maior número de oportunidades fica com a Bahia, com um total de 22 vagas. Depois da Capital Paulista, Minas Gerais fica com 14 vagas e o Rio Grande do Sul com 12. As outras localidades não passam de sete vagas.

Em uma soma total, São Paulo é quem vai ficar com o maior número de oportunidades.

Se o edital de abertura do concurso do INSS for realmente lançado no dia 18 de dezembro, as provas deverão acontecer num prazo máximo de até o início de março do ano de 2016. Comece já os seus estudos e antecipe os seus concorrentes. 

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 1 Média: 4]

Seleção irá oferecer 950 vagas de nível médio e superior. Salários chegam a R$ 6.832.

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) vai publicar um edital até o fim de dezembro. O concurso, que é um dos mais aguardados, vai oferecer oportunidades para nível médio e superior. Apesar da crise, este é um dos certames que estão confirmados ainda este ano. A expectativa é que as provas sejam aplicadas entre o fim de fevereiro e o início de março.

O Órgão já publicou um edital de remoção interna para os atuais servidores, ou seja, mais uma fase indicando que o edital deve ser lançado em pouco tempo. O concurso vai contemplar 800 vagas de técnico do seguro social (nível médio) e 150 vagas para analista do seguro social (nível superior na área de seguro social).

As remunerações são de R$ 4.614,87 para o cargo de técnico. Já para analista é de R$ 6.832,39. A organizadora do concurso será o Cespe, por isso, os candidatos devem focar os estudos. Que tal conferir algumas dicas para garantir uma boa preparação para o certame do INSS?

  • Além de estabilidade, os cargos oferecem uma excelente remuneração. Muitos candidatos estão esperando por este concurso, por isso, não perca tempo e comece a estudar.
  • Veja concurso como um desafio. Neste sentido, você é o principal responsável pela sua aprovação. Fazê-la acontecer só depende de você e da sua garra.
  • Não desista porque não passou na primeira prova. Continue tentando, lembre-se de que o momento de todo mundo chega. Não saia da fila e permaneça até o fim.
  • Estude por meio de materiais atualizados e que sejam de acordo com o edital. Peça dicas de outros estudantes.
  • A língua portuguesa é considerada um diferencial e muitos candidatos não estão muito afiados. Portanto, dedique um tempo a ela no seu planejamento.
  • O seu estudo deve ser organizado, equilibrado e fazer parte da sua rotina. Programe as suas metas e foque na realização do seu sonho. Boa sorte e sucesso!

Por Babi

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 4 Média: 4]

O Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) ainda espera o aval do Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG) para abrir o edital para seu concurso público. Segundo estimativas serão ofertadas 4.730 vagas para profissionais de nível médio e superior. Atualmente o Congresso Nacional não retornou do recesso e só a partir do dia 2 de fevereiro a proposta estará na pauta do Orçamento da União de 2015. O MPOG informou que o concurso será autorizado somente após a votação.

A nova presidente do INSS, Elisete Berchiol, informou que irá cobrar do Planejamento a autorização. Os interessados no concurso têm este tempo de impasse para se preparar para a prova, que ainda não tem data marcada. A autarquia solicitou o concurso para o provimento de 2 mil vagas de Técnico do Seguro Social (nível médio), 1.580 de Analista do Seguro Social (nível superior) e 1.150 de Médico Perito. Os salários iniciais são de R$ 4.620,91 para o Técnico, R$ 7.504,45 para o posto de Analista e de R$ 10.559,64 para os Médicos Peritos.

O pedido para a abertura do edital está “preso” no Ministério da Previdência Social, devido à solicitação de alteração da estrutura regimental, que será aplicada ao concurso. Até o momento não há previsão para a divulgação do documento mesmo com a forte pressão para a autorização do certame.

O pedido ocorre com urgência por conta da atual situação do INSS, que conta com 10.106 servidores em condições de se aposentar (referente a 26% dos 38.222 servidores ativos), desses 6.330 Técnicos, 14 Analistas, 342 Peritos e 3.420 de demais cargos. E não é só o INSS que solicita o concurso, já que o Tribunal de Contas da União (TCU) realizou uma auditoria que recomendou um concurso, pois este corre o risco de colapso, caso não sejam admitidos novos servidores. Agora resta esperar por mais novidades e neste período o ideal é estudar. 

Por Ana Rosa Martins Rocha

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 1 Média: 5]




CONTINUE NAVEGANDO: