Confira aqui algumas dicas para se preparar para concursos de carreira bancária.

Se preparar para concursos de maneira geral é bastante complexa, já que o sistema de estudos varia de pessoa para pessoa. As questões que envolvem exatas e principalmente linguagens normalmente é o que definem o candidato para a sua classificação em seus momentos decisivos.

Quando tratamos de carreiras bancárias, envolvem muitos aspectos, seja nas vantagens quanto nas possibilidades que a própria profissão lhe permite.

Características de carreira

Uma das características que pode ser abordada é a possibilidade de trabalhar 6 horas por dia, ou seja, na semana 10 horas a menos, tempo que poderia curtir com a família ou realizar alguma atividade por hobby, por exemplo.

Outra questão que pode ser benéfica a maioria dos candidatos é que normalmente existe um padrão das provas, ou seja, não há nada de extravagante para tornar a prova ‘diferente’.

Revisar as questões de concursos passados é fundamental para realizar uma boa prova.

A prova se divide em duas grandes categorias: conhecimentos gerais e específicos.

Conhecimentos gerais

Quando abordamos conhecimentos gerais, o candidato precisará ter um pouco de cuidado com questões de informática, inglês (não é utilizado na maioria dos bancos, somente alguns que exigem do possível selecionado um pouco de domínio da língua), mercado financeiro ou atualidades.

Vale recordar o momento em que o Brasil vive para compreender os desafios organizacionais que o novo governo pretende implementar, o que afeta diretamente a nossa economia, postos de trabalho, entre outros segmentos de nossa sociedade.

Outros casos a serem observados ao se deparar com a prova deste direcionamento são fatores mais casuais que acontecem no nosso dia-a-dia como: Raciocínio Lógico e Matemático, questões da própria matemática financeira (principalmente quando observamos em lojas com os descontos, aumentos, prestações a serem pagas), além da Língua Portuguesa, que não deixa de ser um problema e tanto para a maioria dos candidatos.

Conhecimentos específicos

Neste caso, o candidato deverá analisar pequenos aspectos que compõem a estrutura das questões como: conhecimentos bancários, técnicas de marketing, além da legislação específica, assuntos que podem ser cobrados em relação a impostos, direitos do trabalhador.

O peso maior nesta categoria específica é justamente sobre assuntos de conhecimentos bancários, por isso, a disputa cai mais em cima de questões que abordem sobre o tema.

Como se preparar?

Lembra daquelas horas de estudo que estava fazendo para atingir o objetivo de fazer uma prova do Exame Nacional do Ensino Médio? Pois então…Se preparar desde o primeiro minuto de sua decisão é importante para suas futuras conquistas pessoais e profissionais.

Diante a tantas dúvidas que possam surgir ao longo de sua preparação, é importante observar pequenos detalhes. Quais procedimentos devem ser tomados, se surgir problemas externos (problemas na família, amigos, relacionamento ou até mesmo depressão ou situações parecidas).

Além dos estudos diários provenientes que devem ser analisados e aprofundados para se preparar de maneira adequada, é importante ressaltar um detalhe muito despercebido: soberba.

Nunca coloque a soberba em primeiro lugar. Muitas vezes o melhor candidato não está atrás dos livros, o conhecimento adquirido ao longo da vida pode ser suficiente para conseguir sua classificação no concurso para bancário.

Desconhecer o desconhecido, procurar entender os erros de sua preparação e rever todos os conceitos sem distinção, para que lhe possibilite alcançar voos maiores.

Os desejos devem ser concebidos através do esforço de cada candidato, competitividade (através do conhecimento), garra, perseverança e em caso de derrota, assumir os erros para que na próxima vez que tentar, conseguir o êxito que todos buscam quando fazem sua inscrição.

Contar com a sorte também vale a pena, mas, não se abdique dos seus sonhos. Concurso é formidável e seus imensos benefícios trazem a segurança que toda pessoa gostaria de ter.

O primeiro passo é a sua disciplina, o segundo é a competência de suas ações: antes, durante e após a prova e terceiro a dignidade da vitória e também da derrota, só seremos suficientemente aceitos a partir do momento em que revermos nossas dificuldades a serem melhoradas para sermos merecedores de um grande emprego, seja dos nossos sonhos ou satisfação pessoal.

Thalles Cakan


Confira aqui algumas dicas para você se dar bem nos concursos públicos da Fundação Vunesp.

Estudar para concurso é uma tarefa que requer muita disciplina, pois a grande maioria da população sonha com cargos públicos para garantir estabilidade no emprego.

Existem diversas bancas examinados, a Fundação Vunesp é uma das bancas mais requisitadas nesse setor.

A Fundação Vunesp

O Conselho Universitário da UNESP criou em 1979 a Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista (Fundação Vunesp). Trata-se de uma banca tradicional que começou organizando seleções municipais e estaduais para concursos públicos, além de elaborar provas de vestibulares.

Com o tempo e aperfeiçoamento, passou a ter repercussão nacional e ganhou muito espaço através do reconhecimento dos profissionais da área. Professores, mestres e doutores são alguns títulos que compõem a banca examinadora.

A elaboração das provas

Constantemente a elaboração das provas passa por um processo de evolução. O grau de complexidade e dificuldade é menor em relação a outras instituições, tornando as questões mais acessíveis ao público. O que não desmerece a Fundação Vunesp, pois a mesma já possui grande renome e já provou ser eficiente.

As matérias dos exames

Geralmente, os exames da Fundação Vunesp são de múltipla escolha, contento cinco alternativas por questão. O que requer muita atenção, porque os enunciados solicitam que os candidatos assinalem a alternativa correta, sendo que apenas uma delas deve ser assinalada.

A elaboração dessas provas costuma ser completas, pois aborda todo o conteúdo do edital. São poucos os itens não contemplados.

Os exames costumam conter questões bem elaboradas e que exigem conhecimento de matérias como História, Atualidades e Geografia. Já para questões de Informática as questões são mais fáceis e acessíveis que as demais bancas.

Em Direito, não é preciso decorar jurisprudência ou doutrina, mas conhecer a íntegra dos textos ajuda bastante a responder com exatidão as questões desse bloco.

As questões de Interpretação de Texto são, geralmente, retiradas de notícias (jornais e revistas) do estado de São Paulo. O que requer leitura e conhecimento do que já passou na mídia, mas nada como em Atualidades.

A Fundação Vunesp é uma banca muito acessível, basta estudar e não desistir do objetivo. O foco principal é estar bem preparado de acordo com as publicações dos editais.

Caroline Silvério


Confira aqui algumas dicas de planejamento de estudo para concursos públicos neste ano de 2017.

O início do ano é o momento ideal para fazer uma programação de estudos voltados para concursos públicos.

Se você pretende fazer algum concurso em 2017, veja as dicas de como se programar e atingir seu objetivo.

1º) Faça um calendário com todos os dias do mês. O aconselhável é que esse calendário seja feito sempre no final do mês anterior, mas nada impede que seja feito no início do mês. Não se esqueça de marcar dias úteis, fins de semana e feriados. Com os demais dias, considerados úteis, divida-os em manhã, tarde e noite.

2º) Não se esqueça de marcar nesse calendário todos os compromissos fixos e seus horários. Pois nestes horários você não poderá estudar.

3º) Após fazer essas marcações em seu calendário mensal, observe os dias e horários livres. Assim, defina em uma tabela, os horários e matérias a serem estudados em um dia, durante a semana e em todo o mês. Procure intercalar as matérias para não ficar muito cansativo.

É importante ressaltar que atividades físicas contribuem para o melhor desenvolvimento do cérebro, diante disso especialistas e psicólogos orientam a prática de exercícios como parte desse cronograma de estudos. A atividade, além de fazer bem ao corpo, é uma excelente forma de evitar e eliminar o estresse, tão comum para pessoas que possuem rotinas de trabalho ou estudo muito longas, entediantes e cansativas.

Dessa forma, em seu calendário de estudos, separe dias e horários para a prática de atividade física. Pode ser exercícios de alongamento, caminhada ou até treino em casa ou na academia, por pelo menos três vezes durante a semana.

Uma outra dica importante é manter a calma e ser perseverante. Os concursos públicos são muito concorridos e exigem uma preparação que é a longo prazo. Não é fácil manter por muito tempo uma rotina de estudos. Mas se ser aprovado for o seu objetivo para 2017, comece a estudar já e não desanime.

Nesse sentido, quando se sentir cansado faça paradas de 15 minutos, entre cada hora de estudo. Em horários de almoço ou jantar faça intervalos de uma ou duas horas. À noite, procure ir dormir mais cedo e durma pelo período mínimo de 6 horas. Isso irá garantir que todo o conteúdo estudado do dia seja processado e gravado pelo cérebro.

Programe-se e seja aprovado!

Sirlene Montes


Terá direito a tal benefício todo e qualquer candidato devidamente cadastrado no CadÚnico e que faz parte de família de baixa renda segundo os critérios do governo federal.

A isenção da taxa de inscrição é algo bastante importante nos concursos públicos em todo o país. Este tipo de benefício permite com que mesmo aqueles candidatos com condições financeiras abaixo da média possam disputar vagas através de concursos públicos. Vale ressaltar que as condições pré-estabelecidas, seja para isenção total ou parcial, pode variar de acordo com a entidade envolvida, seja ela a União, Estados, Municípios ou o Distrito Federal. Em geral, a situação financeira do candidato é o principal pré-requisito para obter este tipo de isenção.

Em relação a concursos ligados a instituições de caráter federal, saibam que a isenção da taxa de inscrição está amparada pela lei 8.112, dos servidores públicos, artigo 11, bem como pelo decreto 6.593. Com isso, fica estabelecido que terá direito a tal benefício todo e qualquer candidato devidamente cadastrado no Cadastro Único, ou CadÚnico, e fazer parte de família de baixa renda segundo os critérios do governo federal. Dessa forma, os grandes concursos federais tomam como base esse cadastro. Por isso, se o candidato preenche os critérios de baixa renda é bom estar devidamente inscrito no CadÚnico com antecedência.

Sobre os concursos estaduais, é importante destacar que os critérios adotados por cada Estado podem variar. Vale destacar que muitos deles também adotam o cadastramento no CadÚnico, por exemplo. Porém, contam com variações e até mesmo um número maior de isenções.

No Estado de São Paulo, por exemplo, o candidato a concursos públicos para o pode Executivo do estado que são doadores regulares de sangue, ou seja, que efetuou, no mínimo, três doações no período de 12 meses, possui direito a isenção da taxa de inscrição. Uma observação pertinente é que a doação deve ter sido feita por meio de órgão oficial ou entidade credenciada. Além disso, por meio da lei estadual 12.782/2007, fica determinada a redução da taxa de inscrição para concursos em qualquer um dos poderes do estado, para todos os candidatos que ainda estejam frequentando o ensino fundamental, médio, superior, pós-graduação ou até mesmo cursinho pré-vestibular e que sua renda mensal seja inferior a dois salários mínimos, ou se o mesmo estiver desempregado.

Para saber como funciona a isenção em seu estado, basta o candidato fazer consultas referentes a leis destinadas a tal objetivo, ou até mesmo procurar editais de concursos públicos referentes a órgãos estaduais.

Em relação à esfera municipal, vale destacar que cada município também pode criar suas próprias regras de isenção. Como já destacado, em geral, a situação financeira é o principal motivo a ser levado em consideração.

Por Bruno Henrique


As mais conhecidas dos concurseiros são a prova objetiva e a discursiva, mas também encontramos testes como oral, prático, psicológico e físico.

Muitas pessoas que sonham com uma vaga efetiva em um órgão público reclamam da falta de opção na hora de fazer o processo seletivo de diversos concursos, pois a maioria é composto por prova objetiva de múltipla escolha.

Os que os candidatos relatam que através desse tipo de avaliação não é possível constatar quais são os melhores profissionais para as vagas, logo, que muitos podem chutar e acertar algumas questões.  

Devido a isso, uma pergunta que fica na mente de todos é: “Existem concursos públicos sem questões de múltipla escolha?”.

Saiba que existem diversas formas de fazer a seleção dos novos profissionais que vão preencher as vagas de um concurso, e isso varia de acordo com a área de atuação, grau de escolaridade, empresa que vai realizar escolher as pessoas, entre outras coisas relacionadas.

Alguns modelos de provas que as empresas usam no processo seletivo são:

Prova objetiva: É a prova de múltipla escolha, a que vem sido reclamado. Nessa prova os candidatos precisam sempre escolher a opção correta, onde será computado o número de acertos e de erros.

Prova discursiva: Os candidatos precisam elaborar uma dissertação sobre a resposta que acreditam estar correta.

Prova Oral: É necessário passar por uma bancada de professores ou especialistas, que farão perguntas para analisar o conhecimento de cada um.

Prova prática: Esse é o tipo de avaliação que vai avaliar se o profissional sabe realmente exercer a função de interesse. Professores por exemplo, deverão ter que criar um modelo de aula.

Prova Psicológica: Aqui ocandidato passa por provas de raciocínio logico, de atenção e controle emocional.  

Prova física: Nesse caso os profissionais terão que passar por avaliações que devem analisar o seu condicionamento físico. Algumas vagas que exigem essa etapa são para a função de professor de educação física, carteiro, policial e etc.   

Vale destacar que a grande maioria das pessoas que procura fazer concurso público sonham com a estabilidade, salario atrativo, possibilidade de crescimento e realização de carreira.

Como são propostas cada vez mais atrativas, existe a tendência de que o número de concorrentes aumente a cada dia, por isso, algumas pessoas acham que o processo de seleção precisa ser mais rigoroso e com mais etapas.

E você o que acha? Qual o melhor tipo de avaliação para os concursos públicos?

Yasmin Fernandes Robles


O recomendado é apenas revisar os pontos principais de cada disciplina e procurar relaxar na véspera das provas de Concursos Públicos.

O que você faz na véspera da prova de Concursos Públicos? Gosta de estudar até o último minuto ou prefere descansar a fim de aliviar a ansiedade e a tensão? Cada candidato é único, mas o recomendado é apenas revisar os pontos principais de cada disciplina e procurar relaxar, a fim de descansar o cérebro para o grande dia.

Que tal ficar por dentro de algumas dicas?

Encare o dia da prova como um dia comum. Procure se desligar do estudado na véspera e aproveite para ficar ao lado das pessoas que ama e torcem por você. Se quiser estudar, que seja apenas o básico a fim de relembrar pontos importantes. Desta forma, você pode aproveitar para fazer uma saída leve como um cinema, teatro, entre outros. Porém, não exagere ou consuma bebidas com álcool, ok?

O que você mais gosta de fazer? Aproveite para focar em atividades que te dão prazer. Neste sentido, você pode até aproveitar para praticar esporte. Entretanto, se não tem o hábito de fazer atividade física, deixe para começar depois da prova. Ao iniciar uma modalidade esportiva você pode ter lesões, por exemplo.

Você sente muita vontade de estudar? Então, foque apenas nos pontos principais, mas com consciência de que fez o seu melhor até agora. Assim, não se cobre muito, porque você fez a sua parte.

Que tal reunir com os seus amigos antes da prova? Esta é uma maneira para revisar os pontos de cada disciplina. Cada um pode falar um pouco do que sabe e esclarecer as possíveis dúvidas na reta final.

Você pode aproveitar a véspera para se concentrar ou meditar, ou seja, ficar sozinho consigo mesmo. Reflita sobre as suas atitudes das provas anteriores e o que deve ser mudado nesta. Mantenha pensamentos positivos, para que a sua energia possa fluir de uma forma leve, para o dia o qual se preparou durante este tempo.

Boa sorte e sucesso na sua prova!

Por Babi


Alguns erros impedem o sucesso e a aprovação dos concurseiros em Concursos Públicos.

A aprovação no concurso público é influenciada por diversos fatores. Ou seja, não basta apenas estudar, mas manter a motivação e persistir. O sucesso pode demorar, mas ele é certo para os candidatos que realmente desejam ver o seu nome na lista de aprovados. Você está estudando há muito tempo e ainda não passou? Veja os erros mais comuns!

– Falta de organização:

O estudo precisa ser organizado, focado e objetivo. A falta de organização pode deixar o candidato perdido, sobretudo porque o número de matérias que devem ser vistas é enorme. Você já percebeu que a maioria das atividades feitas sem planejamento dá errado? Portanto, organize-se e cuide da sua rotina de estudo e encare-a como se fosse o seu trabalho.

– Material inadequado:

Um bom material é fundamental para a aprovação. Desta forma, busque estudar por meio de livros ou apostilas que sejam focadas e atualizadas. No mercado, infelizmente, existem vários materiais errados. Cuidado onde você investe o seu dinheiro. Lembre-se de que a economia pode gerar muito prejuízo.

– Falta de motivação:

A motivação é o principal combustível para quem estuda para concurso público. Por que você está estudando? Tenha em mente isso diariamente, para que você mantenha a força de vontade e a garra para alcançar os seus ideais. É preciso estudar, mas mantenha sempre na sua mente os motivos pelo qual quer um cargo público. Desta forma, agarre-se a ele, quando a vontade de desistir aparecer. A aprovação só depende de você e do seu emprenho.

– Impaciência:

A falta de paciência também é um dos principais fatores que podem levar a reprovação. Para plantar, é preciso colher, certo? Por isso, tenha paciência para alcançar os resultados e procure dar o melhor de si. Não tenha medo de aprender um determinado conteúdo. Encare-o e confie na sua capacidade. A paciência é capaz de abrir muitas portas.

Boa sorte e muito sucesso, sempre nos estudos!

Por Babi


Concurseiros que desejam a aprovação em Concursos Públicos devem evitar ficar na Zona de Conforto.

Que tal sair da zona de conforto e assumir a responsabilidade pela sua aprovação? Para conseguir uma boa classificação, é necessário coragem, determinação e vontade para ampliar os limites de forma constante. Normalmente, existem alguns fatores que podem indicar que você está na zona de conforto: estresse constante, ansiedade, falta de motivação, desculpa constante, entre outros.

Que tal conferir algumas dicas para mudar a situação?

No concurso público, é comum familiares e amigos comentarem sobre a sua decisão, falar sobre certames em aberto ou mesmo tentar fazer com que você desista do seu objetivo. Por isso, não ligue para o que as pessoas vão falar sobre as suas decisões. Não se importe tanto com a opinião dos outros e enfrente os seus medos. Evite falar para as pessoas sobre as suas provas e lute com garra pelo seu sonho.

Tenha ao seu lado pessoas que estão no mesmo caminho que você. Neste sentido, tenha amigos que também estão estudando para certames públicos. Desta forma, você terá com quem se apoiar nos momentos difíceis e compartilhar as suas alegrias e vitórias. Ninguém chega a lugar algum sozinho, por isso, estabeleça parcerias ao longo do caminho.

A zona de conforto é um lugar seguro, previsível e você sabe o que vai acontecer. Que tal encarar o desconhecido e assumir riscos? Não se preocupe tanto com o futuro, mas acredite no seu potencial para dar o melhor no presente. O medo do desconhecido pode paralisar as suas ações. Assuma a responsabilidade do seu sonho e lute por ele.

Sabia que o pensamento positivo tem uma força enorme? Visualize a sua aprovação e o seu nome publicado no diário oficial. Mantenha vivo este pensamento e mantenha o otimismo nas suas ações, garra e vontade de vencer. Tenha segurança de si e separe alguns minutos do dia para focar e visualizar a sua vitória. Saia da sua zona de conforto, para conseguir bons resultados. 

Por Babi


Estudar para Concursos Públicos requer muita disciplina, organização e rotina bem estruturada.

Estudar pode parecer uma palavra simples, mas a verdade é que muitas pessoas estudam de maneira equivocada e não conseguem absorver o conteúdo de forma eficaz e permanente.

Os estudos precisam ser bem administrados para que apresentem resultados satisfatórios. Estudar requer organização, disciplina e, ao contrário do que muita gente acredita, o estudo deve ser tratado como uma rotina. Com naturalidade e boa disposição os ganhos são muito melhores.

Confira abaixo 8 dicas que irão te auxiliar na conquista da  tão sonhada aprovação em um cargo público:

1 – Tenha um cronograma de estudos:

Ter um cronograma é essencial para garantir sua aprovação, ele permite que todo o conteúdo seja estudado sem deixar lacunas ou alguma matéria para trás. Monte um cronograma diário de estudos incluindo os dias para revisões e exercícios. O cronograma pode ser feito à mão ou em uma simples tabela no Excel ou no Word, o que realmente importa é que ele seja cumprido.

2 – Faça revisões e resumos:

Revisões são cruciais para memorização, elas ajudam o cérebro a fixar as informações vistas. Diversos professores já demonstraram que quanto mais um assunto é trabalhado mais o aluno passa a dominá-lo.

3 – Não estude por muitas horas seguidas, faça pausas:

Pesquisas comandadas por Robert Bjork, do departamento de Psicologia da University of California, Los Angeles (UCLA), nos Estados Unidos, mostram que fazer pausas durante os momentos de estudo ajudam na memorização do conteúdo.

4 – Resolva questões:

Resolver questões é uma forma de saber se o estudo está sendo realmente eficiente, resolva o maior número possível de exercícios, isso diminui a chance de “surpresas” na hora da prova além de ser um excelente medidor de aproveitamento.

5 – Alimente-se e durma bem:

A boa alimentação e o sono em dias são condições indispensáveis para qualquer momento de estudo, quando o nosso corpo está com suas necessidades satisfeitas, ele funciona com foco em nosso objetivo, estudar com fome e muito cansado pode ser pouco produtivo além de gerar estresse e muito desgaste físico.

6 – Faça mapas mentais:

Os mapas mentais nada mais são do que desenhos esquematizados desenvolvidos pelo aluno que ajudam muito na memorização. Não há necessidade de ser um desenhista ou possuir uma técnica profissional, o importante é que o aluno entenda o que desenhou, muitos concurseiros e vestibulandos utilizam essa técnica e garantem bons resultados.

7 – Use métodos mnemônicos:

Os métodos mnemônicos existem para facilitar algo que pode vir a ser mais complicado, um exemplo bastante legal é um utilizado em Direito Constitucional que trata a respeito dos Direitos Individuais previstos na Constituição Federal – os VILPS – direito à vida, igualdade, liberdade, propriedade e segurança.

8 – Participe de grupos, fóruns e discussões:

Existem diversos grupos no Facebook, fóruns e chats onde dezenas de questões são postadas diariamente, além de estudar, o aluno acompanha depoimentos, dúvidas, encontra pessoas que estão na mesma situação que ele e o mais importante de tudo, encontra motivação para não desistir de seus sonhos.

Manter uma rotina de estudos requer muita força de vontade e disciplina, é um desafio diário, mas que quando cumprido trará os resultados almejados. Estudar nunca é desperdício de tempo, portanto, corra atrás e comece agora mesmo.

Por Beatriz 


Confira aqui alguns hábitos que podem ajudar a melhorar os seus estudos pela manhã.

Já imaginou acordar com pé direito todos os dias para estudar? Já imaginou encarar a rotina com entusiasmo, dedicação e compromisso com a sua aprovação? Parece um sonho, certo? Com pequenas atitudes pela manhã, por exemplo, o seu dia pode mudar para melhor. Como? Confira as dicas agora.

É fundamental ter uma boa noite de sono, para ter uma rotina produtiva. Por exemplo, não basta apenas ter atitude ou pensamento positivo se o candidato está cansado para estudar. Ao acordar é recomendado tomar um banho frio, porque ele proporciona benefícios como disposição, inspiração e ainda ajudar a aumentar a criatividade e a desenvolver novas ideias.

Todos nós sabemos a importância do café da manhã, que é a principal refeição do dia, certo? Desta forma, busque se alimentar de maneira equilibrada e consumindo um pouco de proteína pela manhã. Desta forma, você estará se prevenindo de obesidade, diabetes e doenças cardíacas.

Para manter a rotina produtiva, é fundamental praticar atividade física. Por isso, nem pense em deixar o corpo parado. É essencial aproveitar a parte da manhã para fazer uma caminhada ou corrida. Exercícios físicos matinais geram fluxo de clareza e inspiração, que são ingredientes fundamentais para a aprovação.

Que tal começar o dia com uma leitura que goste? Pode ser um livro, um jornal ou um qualquer outro item. Além de preparar a mente para o estudo, auxilia a manter a conexão com outras áreas do conhecimento.

Por que você está estudando? Tenha o hábito de relembrar os seus objetivos a longo prazo. Repasse os seus planos para o futuro mentalmente. Isso ajuda a enfrentar a rotina que é cansativa e desgastante no dia a dia.

Que tal começar a aplicar essas dicas no início das manhãs do seu dia? Estes hábitos irão ajudar a manter a inspiração e tornar o seu cotidiano mais leve. Gostou? Compartilhe com os seus amigos e muito sucesso!

Por Babi


Conseguir a aprovação em concurso público requer muito empenho e estratégias de estudo bem definidas.

Como conseguir a aprovação em concurso público? O candidato precisa ter foco, determinação, força de vontade e muito empenho e ter estratégias de estudo, que podem ser o diferencial para conseguir bons resultados. Que tal conhecer algumas?

Que conteúdos você tem dificuldade? Ao elaborar o seu plano de estudo, priorize as disciplinas que você não sabe muito bem. Por exemplo, é craque em constitucional, mas tem muita dúvida sobre raciocínio lógico e matemática? Então distribua uma carga horária maior para a área de exatas. Muitos candidatos perdem muito tempo estudando disciplinas que gostam, e não focam nos seus pontos fracos. Mas, lembre-se de que é necessário estudar todos os conteúdos.

Você conhece a banca organizadora da sua prova? Isso pode ser feito por meio de exercícios de provas anteriores organizados pela banca. Por isso, procure resolver o máximo de questões que conseguir sobre o conteúdo. As provas, geralmente, têm o mesmo estilo, assim, o candidato pode ficar por dentro dos principais assuntos cobrados e pegadinhas.

A motivação para estudar é um fator imprescindível para o sucesso. O candidato deve acreditar no seu potencial e estudar acreditando que vai conquistar a vaga. Ao ter uma postura positiva, as chances de conseguir uma boa nota e se lembrar do conteúdo estudado é maior. Por isso, procure se sentir motivado: faça cartaz com o que deseja conquistar, cole frases de incentivo na sua mesa e busque dar o seu melhor.

Durante o estudo, faça resumos por meio de fichamento. Eles são práticos e auxiliam na memorização. Além disso, pode ser carregados na bolsa e lidos a qualquer momento do dia.

No dia anterior da prova, procure relaxar e ficar tranquilo, sobretudo para manter o controle emocional. Aproveite para ir ao cinema ou revisar, apenas, os pontos mais importantes, ou seja, aqueles pontuais.

Depois destas dicas, que tal começar os estudos? Sucesso e boa sorte!

Por Babi


Quem está estudando para Concursos Públicos pode utilizar algumas técnicas de memorização para auxiliar nos estudos.

Você tem dificuldades em memorizar conteúdo? Precisa ler duas ou três vezes o mesmo parágrafo? A memorização é fundamental para conseguir a aprovação no concurso público. Cada prova é composta por imensas disciplinas cheias de prazos e detalhes importantes.

Que tal ficar por dentro de algumas técnicas de memorização?

Você vai começar a rotina de estudo? É preciso estar bem fisicamente e emocionalmente. Desta forma, o aprendizado vai fluir, sobretudo a concentração. Portanto, a regra é deixar as preocupações de lado e concentrar-se ao máximo. Para auxiliar na tarefa, uma alimentação adequada e equilibrada é imprescindível.

Atividades aeróbias auxiliam na concentração e dão energia para aguentar o ritmo de estudo. Por isso, procure fazer uma caminhada ou uma corrida, pelo menos, três vezes por semana. Além de ser atividades gratuitas, o estudante vai sentir a diferença no desempenho dos estudos em pouco tempo.

Antes de iniciar os estudos, feche os olhos e concentre-se na sua respiração por alguns minutos. Este exercício simples, vai ajudar a manter o foco na disciplina e a desligar-se um pouco dos seus problemas pessoais. Além disso, você vai conseguir a concentração de forma imediata.

Sabia que o cérebro aprende por repetição? Por isso, procure ler de forma atenta e grife os pontos mais importantes de cada matéria. No momento da revisão, você pode voltar somente nas partes grifadas e repeti-las. Conteúdos como, por exemplo, direito constitucional devem ser memorizados e os artigos devem ser lidos diariamente, principalmente, se a banca organizadora tem o hábito de cobrar lei seca,

Já pensou em fazer associações? Por exemplo, você pode associar palavras a outras, ou a fatos importantes. Outra dica é fazer resumo os mapas mentais e carregá-los sempre com você. Desta forma, pode ler as disciplinas em qualquer lugar e momento que desejar.

Que tal estudar em grupo? Você pode ensinar um conteúdo que domina ou aprender com um amigo. Assim, ambos memorizam detalhes da disciplina.

Qual técnica de memorização, você acha mais eficaz?  

Por Babi


Várias competências pessoais e profissionais podem ser adquiridas no processo de estudos para Concursos Públicos.

Além de conquistar o cargo ou a remuneração que almeja, o estudante pode aproveitar o estudo para concurso público para aprender a desenvolver várias competências para o seu crescimento pessoal e profissional na trajetória.

Uma das principais características de uma pessoa de sucesso é a autoconfiança. Quem confia em si mesmo tende a conseguir excelentes resultados, porque enfrenta o medo e não fica pensando nas possibilidades de fracassar. Desta forma, durante a sua rotina faça o seu melhor e confie na sua capacidade para conseguir uma boa nota na prova e ficar na lista dos classificados.

A disciplina e a organização são fatores chaves de sucesso, e essas características podem ser desenvolvidas durante a trajetória. Um estudo produtivo depende da capacidade de organização do estudante – separar material, matéria ou preparar um bom planejamento- e depende da disciplina, porque ele precisa se manter focado no período reservado para estudo.

Além disso, o estudante deve aprender a encarar os seus medos. Reprovações são comuns até o sucesso, e o candidato deve aprender a lidar com isso. A prova é como se fosse um feedback do seu estudo, ou seja, ela vai te mostrar em qual disciplina você esta bem, ruim e precisa melhorar. Portanto, evite focar o lado negativo e veja-a como uma oportunidade para melhorar a sua vida e das pessoas que estão ao seu redor. Ter medo é comum, mas não seja dominado por ele. Vá e faça o melhor que puder, sempre.

Por meio do estudo do concurso público, o candidato descobre o que realmente quer para a sua vida. Se for a conquista do cargo, ele vai se empenhar, se dedicar, abdicar e focar no que realmente deseja, independente das pessoas ao redor dele. Vai descobrir quem são os seus verdadeiros amigos que o apoiam e torcem pelo seu sucesso.

Que competências já desenvolveu durante o seu estudo?

Boa sorte!

Por Babi


Quem está se dedicando a concursos públicos não deve desanimar. A conquista da aprovação virá com muita persistência e foco, sempre almejando o objetivo final.

Muitas pessoas sonham com salários estáveis, emprego rentável, e por isso estudam para concursos públicos. Em tempos de crise financeira, essa tem sido a alternativa para muitas pessoas na busca pela solução ao desemprego. E sendo assim a concorrência fica ainda mais acirrada. Mas se você não passou, ou mesmo que tenha passado, ainda não foi chamado, não desanime. Com estudo e persistência sua hora vai chegar.

Principalmente com a chegada do final de ano, parece que o país para, e os candidatos que muito se dedicam começam ficar angustiados por que a tão sonhada aprovação não chega. Horas de dedicação serão sim superadas e recompensadas.

É importante manter o foco, e lembrar que não devemos desperdiçar tudo que já foi investido, tempo, dinheiro, sono, lazer, tudo tem que ser colocado na ponta do lápis. Não é segredo para ninguém que tal aprovação, com tanta concorrência, não viria de repente.

Não desanime, pense que agora você está mais próximo da aprovação, a cada dia que passa, a cada noite que passou em cima dos livros, a cada concurso, suas experiências e seu conhecimento aumentam e te deixam um degrau mais alto nessa escada.

Repense os motivos que lhe motivaram a estudar tanto, a vida difícil, salários atrasados ou a falta deles, o momento não vai melhorar se abandonar a meta da aprovação. Respire fundo e não desista. Tudo bem, aproveite uns dias no fim de ano para aliviar a tensão, relaxar não só o corpo, mas também a mente. Não estamos falando de uma linda viagem ou gastos absurdos. Veja um filme, caminhe na praça, curta a família. Apenas uma ou duas semanas, e depois foco, muito foco na conquista que com certeza virá.

E não se esqueça, a maratona de concursos é vencida por quem batalha para chegar até o final, só ganha medalha, mesmo de participação, apenas aqueles que cruzam a linha de chegada, e não importa quantas corridas ele tenha tentado.

Por Vivian Schetini


Alguns livros podem auxiliar o início dos estudos de pessoas que querem entrar na caminhada para passar em Concursos Públicos.

Se você é iniciante no mundo dos concursos públicos, com certeza deve estar procurando por algum material milagroso, que possua toda a receita que te levará ao tão sonhado cargo público.

Diversas publicações são voltadas para dar dicas dos primeiros passos para os mais novos concurseiros, aqueles que não sabem nem por onde começar. Alguns candidatos preferem ir pela tentativa e erro, experimentando diferentes métodos, mas esse tipo de decisão pode adiar a conquista de uma vaga.

Um lançamento recomendado para aqueles que querem ter algumas noções básicas do mundo dos concursos públicos é o “Manual do Concurseiro Iniciante”. O livro tem a autoria de Charles Dias, driador e editor de um blog voltado para concurseiros, intitulado de Concurseiro Solitário.

O livro lançado por Charles aborda as principais dúvidas dos que acabaram de decidir pela opção das provas públicas, dá dicas de organização pessoal e nos estudos, como o uso de mapas mentais e resumos e o uso de planilhas para separar a grade de estudos.

Segundo o autor, o livro é voltado para dois públicos distintos: aqueles que começaram agora sua caminhada nos concursos públicos e não sabem por onde começar e aqueles que começaram a estudar errado e querem dicas de como recomeçar seus estudos de forma mais eficiente. Segundo ele, conhecer dicas de pessoas que já passaram em concursos pode diminuir o tempo gasto com busca de novos métodos de estudo. O autor também acredita que os depoimentos pessoais presentes no livro trarão mais empatia ao leitor e aumentam a sua motivação.

Outros livros do autor são o “Guia de Preparação do Concurseiro Solitário”, seu primeiro livro solo lançado e “100 respostas do Concurseiro Solitário”, escrito em conjunto com a equipe de seu blog. Esses dois livros dão dicas para o chamado concurseiro solitário, que é aquele candidato que resolve não frequentar cursinhos preparatórios e estuda sozinho em casa, através de videoaulas, apostilas e mapas mentais.

Se você é novo nesse mundo é recomendado que escute pessoas mais experientes e leia livros como o “Manual do Concurseiro Iniciante”, para começar a ter intimidade com os métodos mais eficientes de estudo e deixar a sua caminhada rumo à aprovação menos tortuosa.

Por Patrícia Generoso


Candidatos que possuem o nome sujo no SPC/SERASA podem participar de concursos públicos.

Hoje em dia a concorrência em concursos públicos é cada vez maior, devido à grave crise financeira que vivemos, muitos profissionais desejam iniciar uma carreira em cargos públicos, outros fatores que levam a essa grande demanda, é a boa remuneração oferecida e a estabilidade, e analisando essas afirmações, você que deseja ingressar no serviço público conhece todos os detalhes da legislação brasileira para se candidatar a um cargo público?

Por exemplo, um candidato com “nome sujo” no SPC/SERASA pode ser impedido de se candidatar a um cargo público?

Muitas pessoas ficam com receio e às vezes não buscam informação e acabam perdendo ótimas oportunidades em concursos, simplesmente por falta de informação. E respondendo à pergunta acima, a resposta é não. Uma pessoa que se encontra negativada, ou seja, com nome sujo no SPC/SERASA não pode ser impedido de se candidatar a um cargo público, ela pode sim se candidatar e se caso aprovado no concurso, ela deverá tomar posse de seu cargo normalmente, pois não há nenhuma restrição que o impeça de realizar tal feito.

Não há nenhuma legislação que impeça o candidato de ser nomeado em seu cargo, em casos especiais, pode sim haver essa restrição, como no caso de concursos para Juiz, onde também é exigido que o candidato não tenha nenhuma passagem pela polícia.

A legislação existe e deve ser respeitada, apesar de os municípios e instituições terem autonomia na elaboração e publicação de editais para concursos públicos e seleções públicas, é obrigatório que haja um limite, e caso essa exigência não seja respeitada o candidato pode entrar com uma ação judicial para que seja concedida um liminar que o autorize a se candidatar ao concurso que deseja ou se caso aprovado, tomar posse de seu cargo público sem nenhuma perda ou dano.

Então, se você não sabia fique atento, antes de participar de um concurso público, leia atentamente o edital normativo, confira todos os requisitos para candidatura e em caso de desrespeito a legislação vigente, procure a justiça e faça valer o seu direito de cidadão.

Por Rodrigo da Silva Monteiro


Esta técnica é dividida em blocos de 25 minutos de estudo cada.

Se você quer gerenciar melhor o seu tempo de estudo, uma boa dica é utilizar a Técnica Pomodoro, que surgiu na década de 80 como forma de ajudar os estudantes a conseguirem gerenciar melhor o tempo dedicado ao estudo.

Esta técnica foi criada por Francesco Cirillo e seus principais objetivos são:

– Garantir que o aluno tenha maior concentração nos estudos;

– Garantir maior produtividade ao final dos estudos;

– Reduzir o número de interrupções durante os estudos;

– Permitir que o aluno descubra o tempo gasto para o aprendizado de cada tarefa;

– Evitar que o aluno fique muito ansioso durante os estudos.

A técnica Pomodoro é relativamente simples, pois estimula o estudante a criar blocos de tempos e estes blocos recebem o nome de Pomodoro. Cada "bloco de tempo", ou seja, cada Pomodoro deve ter 25 minutos exatos e durante este período o estudante terá que se dedicar a apenas uma tarefa. Assim que começar os estudos, o tempo deve ser marcado e a tarefa não deverá ser interrompida antes que se complete o tempo estabelecido.

Assim que o tempo terminar, o estudante deverá dar uma pausa de 5 minutos que é o tempo que ele vai ter para se alongar, tomar algo, mas tem que ser rápido, pois não pode ultrapassar os 5 minutos. Logo em seguida ele começa um novo bloco de estudos, será o segundo Pomodoro. A cada 4 blocos, o estudante deverá fazer uma pausa de 30 minutos.

É de suma importância que estes períodos sejam respeitados, exatamente da forma como é estipulada.

Antes de começar a Técnica Pomodoro, o aluno deverá fazer uma lista contendo todo o estudo que deverá ver durante aquele período. Quando começar uma tarefa, você dará início à contagem do tempo, de 25 minutos. Ao final deste tempo você saberá com exatidão se neste período é possível estudar tudo o que foi planejado ou não.

Desta forma, quando for estudar da próxima vez, você saberá exatamente o que dará tempo para ver e o que terá que ficar para o outro dia. Cada pessoa tem seu próprio rendimento, então, a tarefa cumprida por uma pessoa dentro de um bloco não será necessariamente válida para outras pessoas, é preciso que cada um determine o seu próprio bloco Pomodoro.

Por Russel


Observar o seu perfil profissional, as atividades do cargo e as chances de crescimento são dicas para não se frustrar após ser aprovado

Conseguir um emprego no setor público é o sonho de muitos brasileiros, ainda mais agora com a crise assolando o país e o desemprego batendo na porta das empresas. Mas é preciso muita cautela para ver se o seu perfil combina realmente com a carreira pública, para não correr o risco de ficar frustrado depois e ter que abandonar o emprego pelo qual você precisou lutar tanto para conquistar.

Por isso, é muito importante que antes de dedicar horas e mais horas dos seus dias aos estudos, em busca de conquistar a tão sonhada vaga na carreira pública, o candidato observe se realmente tem o perfil para este trabalho.

E como identificar se você combina, ou não, com a carreira pública?

Uma boa dica é analisar o seu perfil e ver se as suas expectativas profissionais combinam com as oportunidades que lhe serão oferecidas na carreira pública, por exemplo: quem está buscando por uma rápida ascensão na carreira, certamente vai se frustrar na carreira pública.

Essa é uma carreira de poucas oportunidades para o crescimento profissional e a não ser que um chefe se aposente, você vai ter que esperar muitos, mas muitos anos mesmo até conseguir ser promovido e isso, se conseguir, porque a grande maioria dos que entram nesta área, se aposentam no mesmo cargo em que iniciaram.

Outro fator determinante é procurar conhecer todas as esferas públicas, pois há concursos municipais, estaduais e também os federais. Claro que os concursos públicos municipais oferecem salários menores, se comparado com os da esfera estadual e principalmente federal. Mas é importante ressaltar que quanto maior o salário, maiores são as exigências, então não adianta simplesmente se candidatar nos concursos que ofereçam melhores remunerações, é preciso analisar bem os requisitos necessários.

Para identificar mais facilmente se você combinará ou não com a vaga pública a qual pretende se candidatar, o melhor mesmo é fazer uma ampla pesquisa sobre o tipo de trabalho que é proposta no cargo em aberto.

A grande maioria dos candidatos se interessam apenas pelo salário e os benefícios e, por isso, após conquistarem a vaga, se sentem tão frustrados, pois não é uma área na qual eles realmente têm prazer em atuar.

Verifique quais os serviços que são realizados, se há chance de crescimento, pois assim você conseguirá identificar se de fato, a vaga oferecida traz uma carreira pública que vá de encontro com o seu perfil profissional.

Por Russel


Ter uma reserva de dinheiro e encarar os estudos como um emprego são algumas atitudes necessárias

Sonhando com a estabilidade, muitos candidatos abrem mão do emprego, lazer e abdicam de tudo em busca da aprovação. Por outro lado, outros estudantes conseguem conciliar o trabalho com o estudo e também conseguem a estabilidade. Mas, será que vale a pena largar tudo para estudar para concurso público?

– Vantagens e desvantagens de “só” estudar

Antes de largar tudo para estudar para concurso público, é preciso avaliar: você tem como se sustentar? Os seus pais ou outro familiar vai te ajudar? Você tem uma boa poupança? Ou seja, como você vai sobreviver neste período? Como vai pagar as suas contas?

Além disso, estabeleça um prazo, ou seja, um período para ficar estudando. Por exemplo, você pode estabelecer um a dois anos. Caso não consiga a aprovação, é preciso voltar para o mercado de trabalho.

Você decidiu que vai “só” estudar? Então, encare o estudo como um emprego. Tenha horário para começar e terminar, mantenha a disciplina, foque e busque dar o melhor de você para a prova. Nesse período, tenha cuidado com as pressões externas, como os familiares e os amigos, e com as pressões internas.

Mas, se você avaliou e decidiu que vai manter o trabalho, estabeleça uma rotina diária com metas de estudo. Lembre-se de que você vai ter que abdicar de alguns momentos com os seus familiares e amigos por um período de tempo. Aproveite bem os fins de semana para intensificar, rever um conteúdo e fazer muitos exercícios.

A vantagem de manter o trabalho é que você vai continuar tendo o dinheiro para investir nos seus estudos e você estará mais tranquilo. Mas, por outro lado, a sua quantidade de tempo é menor, por isso, durante os estudos procure manter a concentração, para que o aprendizado seja produtivo.

Os candidatos que podem abdicar tudo por conta dos estudos, contam com uma quantidade de tempo maior, mas é preciso saber aproveitar este recurso, porque muitas pessoas acabam enrolando e não estudam como deveriam.

Por Babi


Reservar as passagens com antecedência e dormir bem são algumas dicas para os candidatos

Se você vai prestar concurso fora do seu estado de origem é preciso ter alguns cuidados na hora de se locomover para o local de prova. Como a prova será num lugar desconhecido, todo cuidado ainda é pouco. Confira as dicas:

1- Pesquise sobre o local de prova: é necessário conhecer o local de prova bem antes do dia marcado para a realização do exame. Pesquisar sobre o trânsito local, o transporte público e suas tarifas e as possibilidade de rotas alternativas é indispensável para o candidato;

2- Reservar sua viagem com antecedência: essa dica vale não só para o concurso, mas também para qualquer outra viagem que você deseje fazer. É importante reservar as passagens e a hospedagem com antecedência, pois as tarifas sairão bem mais em conta e as opções de pacotes serão melhores;

3- Chegar com, no mínimo, um dia de antecedência: se você está com o orçamento um pouco apertado e não tiver como passar muito tempo na cidade, tente pelo menos reservar uma pernoite na cidade onde fará a prova. Mesmo que sua viagem de volta seja marcada para o mesmo dia da prova, pelo menos você terá uma noite anterior tranquila;

4- Durma bem: aproveite a estadia no hotel ou pousada para descansar bem. Tente relaxar e não ficar estudando por toda a madrugada, para não se prejudicar no dia da prova.

5- Tenha uma reserva financeira: emergências acontecem. Tenha uma reserva de crédito, nem que seja no cartão de crédito para possíveis problemas que encontrar. O seu ônibus ou avião podem ter problemas na partida,  o  transporte público da cidade pode quebrar. É necessário ter todos os problemas sob controle, ter um “plano b” para todas as fases da locomoção.

Depois de tomar todos esses cuidados, relaxe e faça a sua prova com calma. Com certeza, se o percurso até a localidade da prova for tranquilo e sem surpresas desagradáveis, você terá muito mais chances de se sair bem na sua avaliação.

Por Patrícia Generoso


Crise econômica faz com que os jovens busquem estabilidade financeira

Os jovens estudantes recém-formados estão cada vez mais voltados a seguir carreira pública, pois, com a oferta de empregos em baixa e a concorrência cada vez maior, sabem que conquistando um cargo público terão maior estabilidade profissional. A crise econômica do Brasil tem levado cada vez mais jovens a fazer essa escolha.

Isso não significa que os jovens estão abandonando os seus sonhos profissionais, muito pelo contrário, esta é uma forma que estão encontrando de conseguirem levar o seu projeto adiante, mesmo que, para isso, seja preciso adiá-lo um pouco mais.

Muitos jovens querem ter o seu próprio negócio, outros querem trabalhar nas grandes empresas, continuarem os estudos após a faculdade, mas o mercado não está nada favorável para esses projetos.

Assim, ao conquistar uma das vagas no concurso público, o jovem sabe que contará com um emprego fixo, que lhe dará uma remuneração capaz de continuar fazendo seu planejamento enquanto trabalha em um órgão público.

Na carreira pública, o que mais atrai os jovens recém formados, são os bons salários, a estabilidade oferecida, jornada de trabalho reduzida e aposentadoria integral. É como se o jovem conquistasse a garantia de que seu futuro profissional está garantido, pelo menos financeiramente, e, com o tempo que ele tiver de sobra, poderá investir em seus sonhos particulares.

Claro que buscar um sonho estando já em um cargo público é muito mais fácil, pois o jovem não terá aquela pressão de que precisa dar certo de qualquer jeito, pois sabe que tem seu emprego, sua remuneração já garantida, além dos muitos benefícios que um cargo público oferece.

O número de jovens com idade entre 17 e 25 anos inscritos nos concursos públicos vem crescendo a cada ano, e para 2015 espera-se um número recorde, já que a situação econômica do país é complicada, as empresas estão cortando funcionários e os investimentos estão cada vez mais escassos.

Mas os jovens sabem que a carreira pública não será nada fácil, pois é sempre grande a concorrência e os candidatos estão se apresentando cada vez mais preparados para as provas. Por isso é que esses jovens estão determinados a passarem muitas horas do dia estudando, sacrificando muitas vezes os finais de semana com os amigos, tudo por uma ótima causa.

Por Russel


Para escolher o concurso certo para você, é preciso analisar e conhecer bem a área a qual se identifica mais.

A decisão por um concurso público deve ser muito bem feita, pois afinal, muito suor e tempo na frente dos cadernos serão gastos até que você chegue ao seu objetivo. Escolher a carreira errada pode ser um erro que lhe acompanhará por muitos anos em sua carreira futura.

Além de pensar no salário é preciso conhecer bem a área que você irá exercer depois que for aprovado e principalmente todas as matérias que deverá estudar. Se você sente calafrios ao ouvir a palavra Direito, por exemplo, reconsidere em concursos que exigem noções mais aprofundadas dessa área.

Outro erro comum é não ter foco em um concurso somente. Os chamados “concurseiros” muitas vezes perdem o foco. Pois tentam concursos em diversas áreas, com matérias que não se complementam, ou mesmo que não têm nenhum ponto em comum. Avalie também se você não está sendo atraído somente pelo salário da vaga, o que pode causar frustração após alguns anos de exercício da função.

Ao tentar escolher um concurso para prestar as preferências pessoais podem e devem ser levadas em conta: Se você se dá melhor com atendimento ao público, concursos na área de gestão de pessoas e atendimento ao público são indicados. Se lida bem com papéis, os concursos na área burocrática podem ser um bom caminho a seguir.

O importante é escolher uma área que lhe seja comum, ou ao menos que lhe desperte algum interesse. Começar a estudar do zero pode fazer com que o concurso público seja um desafio, mas se houver  interesse o peso desse  desafio pode ser amenizado.

Procure evitar carreiras muito destoantes, somente por causa do salário ou do status que as funções lhe oferecerão. Existem diversas áreas disponíveis atualmente no mundo dos concursos públicos. Pesquise, reflita, escolha com calma. Com certeza seu futuro de estudos e profissional serão muito mais produtivos ao tomar esses cuidados simples.

Por Patrícia Generoso


Para melhorar o rendimento nos estudos é preciso manter uma boa concentração e ser produtivo.

O seu rendimento nos estudos está ligado à sua concentração. Assim, ficar lendo por horas e horas com a mente em outro lugar não vai adiantar nada e você simplesmente vai ter desperdiçado um dos recursos mais valiosos: o tempo. Como manter a concentração e fazer o estudo ser produtivo? Confira algumas dicas para melhorar o seu rendimento!

– Cuidado com o ambiente:

O ambiente desorganizado atrapalha – e muito – a sua concentração nos estudos. Ele exerce muita influência, principalmente, no foco. Por isso, procure cuidar de fatores que são essenciais para um bom lugar de estudo como iluminação, limpeza e muita organização. Antes de começar a ler passe um pano na sua mesa de estudo, jogue os papeis que são usa mais e veja se o local está bem iluminado. Além disso, escolha um lugar que seja silencioso. Lembre-se de que coisas espalhadas e sujeira tiram a sua concentração.

– Tenha uma rotina:

Que tal programar o seu cérebro para estudar e aprender? Você pode fazer isso por meio de uma rotina de estudo. Por isso, procure fazer um planejamento e separar uma parte do seu dia para estudar. Ao longo do tempo, isso vai virar hábito e o seu cérebro vai entender. O plano de estudo, por exemplo, é uma das melhores ferramentas para se organizar e manter a disciplina. Coloque o seu plano em um lugar visível, para que você possa sempre se lembrar da sua rotina.

– Concentre-se e não faça autossabotagem:

Durante o seu tempo de estudo não acesse celular e nem fique perdendo tempo em redes sociais. Além disso, não mande mensagens negativas para o seu cérebro, ou seja, não fique pensando que estudar é chato, entre outros. Não seja o seu próprio vilão e sim o seu melhor amigo. Pense apenas em coisas boas e como o seu estudo vai te ajudar a conquistar as coisas que realmente deseja para a sua vida. Além disso, durante o seu estudo esvazie a sua mente e concentre-se em dar o seu melhor. 

Por Babi


Mesmo com a dúvida de muitos candidatos, a Constituição Federal veda a exigência de idade máxima para concursos

Para quem está iniciando no mercado de trabalho e já pretende prestar algum concurso público, surgem algumas dúvidas. Uma delas é a idade mínima exigida para que um candidato possa prestar um concurso público, ou ainda qual seria a idade máxima.

A grande maioria dos concursos públicos exige que o candidato seja maior de idade (18 anos completos) até a posse no cargo. Existem outros, ainda, que impõem como exigência a idade máxima de 65 anos de idade. Contudo, existe uma previsão legal na Constituição Federal (artigo 7º, inciso XXX), que veda a exigência de idade máxima para concursos. Este dispositivo legal proíbe qualquer distinção de critérios de admissão por motivos de estado civil, cor, idade ou sexo.

Esse critério de idade é diferenciado no caso das Forças Armadas e Polícias Militares, pois a exigência e natureza do cargo exigem certas condições mínimas do candidato. Geralmente esses concursos exigem do candidato idade mínima de 18 anos (até a data da posse) e idade máxima de 30 anos.

Ressalta-se que a condição exigida de possuir no mínimo 18 anos de idade se refere ao ato da posse ao cargo público, ou seja, o candidato pode se inscrever, realizar a prova e passar por todo o processo seletivo com 17 anos, uma vez que a exigência se refere ao momento da posse.

Apesar da previsão legal de não imposição de idade máxima para candidatos, a maioria dos concursos impõem como idade máxima ao candidato 69 anos, pois com 70 anos a aposentadoria é obrigatória (aposentadoria compulsória), com exceção das Forças Armadas e Polícias Militares, como citado anteriormente.

No caso dos aposentados, é possível que o candidato preste concursos públicos sem problemas, pois o Estatudo do Idoso estabelece que para admitir o idoso em qualquer trabalho ou emprego, fica vedada discriminação e fixação de idade máxima, INCLUSIVE PARA CONCURSOS. A exceção seria para cargos que a sua natureza exija idade menor do candidato.

Por André César


Evitar redundâncias e palavras rebuscadas são algumas dicas que podem ser seguidas

Uma das coisas que muitas pessoas têm dificuldade é elaborar um texto de qualidade, e esse é um problema que tem que ser resolvido desde cedo, já que em várias situações de nossas vidas temos que escrever uma redação. Seja em vestibulares, concursos ou até avaliações discursivas de entrevistas de emprego, nos deparamos com ela – a redação. E é nessas horas que muitos perdem a oportunidade de melhorar de vida. 

Tipos textuais, ou tipologia textual, é a forma como o texto se apresenta. Ele pode ser narrativo, descritivo, dissertativo, argumentativo ou injuntivo. Há pessoas que têm dificuldade em algum desses, ou em todos. Inclusive, muitas pessoas tiraram nota zero na redação do ENEM em 2014.

Dicas para fazer uma boa redação argumentativa:

Há dois tipos de dissertação: A dissertação expositiva e a dissertação argumentativa. A expositiva é utilizada para expor ideias e pontos de vista, com o objetivo de fazer com que o leitor considere as ideias coerentes, independente de concordar com elas ou não.

Já a dissertação argumentativa é o tipo de dissertação mais comum e utilizada em redações de concursos públicos e vestibulares. Nela, o autor tenta convencer o leitor a concordar com a ideia exposta no texto, utilizando de vários recursos. 

Sua dissertação argumentativa deve ter três partes essenciais: introdução, desenvolvimento e conclusão. Na introdução, você deverá expor a ideia principal de acordo com o tema, a problemática a ser abordada. Evite reduncâncias e palavras rebuscadas, para que o leitor não canse de ler logo no início.

Já o desenvolvimento costuma ser a maior parte do texto. Nele, você irá expor as ideias de acordo com a introdução, argumentando e mostrando dados, opiniões e estatísticas sobre os fatos apresentados.

Na conclusão você fecha a redação, deixando bem claro o ponto de vista defendido e fazendo um fechamento de todos os argumentos utilizados no texto, concluindo de uma forma coerente. 

Não "enrole" muito nas frases. Seja direto e evite deixar palavras soltas durante o texto. Lembre-se de fazer um rascunho e, quando terminar, leia pelo menos três vezes e corrija o que for necessário, pois nem todos os erros são percebidos na primeira leitura. 

Por Nathalia Henderson


Lições sobre persistência e força de vontade podem ser conferidas nos filmes

Quem vai prestar concurso público tem uma ótima dica para se sentir mais motivado: assistir filmes! Mas não é qualquer filme não. Por isso, você vai conferir agora, dicas dos melhores filmes para você se sentir mais motivado para a prova de qualquer concurso público.

À Procura da Felicidade

O filme é de 1981, mas serve perfeitamente para os atuais concurseiros. A história mostra o vendedor Chris Gardner passando por dificuldades financeiras e isto vai acabando com sua vida pessoal, mas ele faz de tudo para garantir uma vida melhor ao filho de 5 anos.

O filme mostra que todo esforço traz bons resultados e os concurseiros que deixam de sair com os amigos e passar bons momentos com os familiares para ficarem estudando, estão, na verdade, batalhando por uma vida melhor.

– Uma Lição de Vida

É uma belíssima história, onde um senhor com 84 anos se matricula em uma escola primária e ele terá que estudar com crianças de 6 anos de idade para conseguir aprender a escrever e a ler.

Esse filme mostra aos concurseiros que não há limites quando queremos algo! Por mais difícil que seja, por mais sacrifícios que sejam exigidos, é possível atingir nosso objetivo quando estamos dispostos a enfrentar todos os obstáculos.

É um filme que motiva principalmente os mais velhos, que às vezes sentem-se envergonhados de tentar um concurso público e concorrerem com tantos jovens.

– Para Sempre Alice

O filme mostra a história da professora de linguística, Alice Howland, que está comemorando o 50º aniversário, mas ela descobre que está com Alzheimer e, aos poucos, vai perdendo recursos cognitivos. 

O concurseiro vai tirar a lição de que é preciso viver o momento presente e que é uma dádiva para qualquer pessoa conseguir lembrar-se de tudo que já aprendeu, que já estudou. O concurseiro vai passar a dar mais valor ao estudo.

– Desafiando Gigantes

Este é um filme que nenhum concurseiro pode deixar de assistir, pois a história é sobre o treinador Grant Taylor, que prepara um medíocre time de futebol americano que está em uma péssima fase, mas ele utiliza uma nova estratégia e o resultado é surpreendente.

O concurseiro verá que, apesar dos problemas enfrentados por ele, a falta de tempo, desemprego, cansaço, mesmo assim, se ele for persistente e até utilizar novas técnicas para o estudo, conseguirá atingir o seu objetivo.

Por Russel


Alimentos ricos em zinco e glicose são boas alternativas que ajudam na memória e concentração

Está se preparando para um processo seletivo, vestibular, concurso público, ou outro exame importante para o seu futuro profissional, e ainda não sabe o que comer durante essa maratona? Saiba que aqui vamos falar como uma boa alimentação pode aumentar a sua performance nos estudos. Confira todas as dicas que vamos descrever logo abaixo e mude seus hábitos para testar na prática e colher os resultados.

Pessoas que vão estudar precisam fazer sua programação com o momento da pausa e os horários de refeição. Você sabia que os alimentos podem a potencializar seu cérebro?

É isso mesmo, muita gente não sabe, mas uma boa alimentação pode dar mais energia, porém, não é só isso que acontece. Através de uma dieta bem balanceada e saudável, os alimentos podem potencializar seu cérebro na absorção das informações.

Os alimentos que podem ajudar na realização desse processo e aumentam a qualidade de memória devem ter:

Glicose: Alimentos que possuem esse item podem ajudar como um tipo de combustível dos neurônios cerebrais, pois a falta de glicose pode comprometer o raciocínio, atenção e concentração. Frutas e legumes são as melhores opções nesse caso.

Zinco: De acordo com a nutricionista do Hospital Sírio Libanês, Érika Suiter, que deu uma entrevista ao site Minha Vida, o zinco ajuda na função regulatória do organismo, o que favorece na conquista de boa memória e concentração.

Selênio: Fontes de selênio podem ser encontradas em castanha-do-pará, nozes, avelãs, abacate, alho, carne, frutos do mar, entre outros, e eles podem ajudar na prevenção de distúrbios na atividade dos neurotransmissores.

Outros alimentos que podem aumentar a sua performance devem ter também o Ferro, fósforo, vitamina E, vitamina C, vitamina B1 e etc.

Com uma boa alimentação você também vai conseguir dar adeus a sua preguiça, ao sono, entre outras coisas que podem te atrapalhar, porém, vale destacar que é fundamental comer de três em três horas para manter a saciedade.

Por Yasmin Fernandes Robles


Se preparar antes do edital ser lançado e ser disciplinado são algumas dicas que devem ser seguidas

Quem está se preparando para um concurso público sabe da importância de se dedicar aos estudos, porém, muitos destes candidatos não dispõem de muito tempo para se dedicarem, e se este é o seu caso, confira as dicas abaixo para se preparar melhor, mesmo que você tenha pouco tempo para estudar.

O primeiro passo é ter consciência de que você tem pouco tempo, por isto, este pouco tempo terá que ser muito bem aproveitado. Então, quando for estudar, desligue o celular, vá para longe da televisão e avise aos familiares que você irá estudar e não poderá ser incomodado. Se você tiver um estudo com qualidade, ainda que seja em um período mais curto, será o suficiente para você ir aprendendo as matérias.

Outra dica importante para quem tem pouco tempo para estudar para o concurso é inserir os estudos no seu dia a dia, na sua rotina. Por exemplo, quem trabalha fora e tem um horário de almoço, pode aproveitar o tempo após a refeição para fazer uma revisão da matéria já estudada.

Quem fica muito tempo no ônibus, indo e vindo do trabalho, pode levar um material para estudar e aproveitar este tempo que seria perdido. Se você tem smartphone, poderá baixar vídeos sobre a matéria que irá estudar e assistir esses vídeos no ônibus, metrô, horário de almoço, etc.

Tenha bastante disciplina nos estudos. Você quase não tem tempo para os estudos e o pouco tempo que tem não pode perder com coisas secundárias. Ficar verificando o celular durante os estudos, ser interrompido por familiares, se distrair com o movimento na rua, tudo isso pode roubar preciosos minutos que, no final, vão fazer muita falta.

E ciente de que você não dispõe de muito tempo para os estudos, nem pense em se matricular para um concurso cuja a prova será realizada em breve. Você precisará de maior tempo para se preparar, por isso, comece a estudar antes mesmo que o edital seja lançado.

Procure na internet por editais antigos, veja o que foi pedido, faça simulados, comece a estudar desde agora e, assim, quando o edital for oficialmente publicado você já estará bem adiantado nos estudos e suas chances de obter êxito na prova serão maiores.

Por Russel


Organização e a escolha da área de atuação são dicas valiosas para quem quer se preparar antes do edital sair

Que tal conhecer dicas valiosas que vão te ajudar a passar em um concurso público que vai ser lançado na sua cidade, no seu estado ou até mesmo no Brasil? Se você quer saber como estudar e ficar bem preparado para realizar uma prova, saiba que abaixo vamos descrever algumas informações que são infalíveis para que tire uma boa pontuação e seja qualificado. Não deixe de conferir.

Muitas pessoas de todo o Brasil sonham em conquistar um cargo público, por isso, só aqueles que estão bem preparados vão obter a pontuação mínima exigida, então saiba que a primeira coisa que precisa ter é:

1- Organização

Estudar para uma prova exige uma boa preparação e organização de espaço e tempo, então veja qual é o período que tem disponível para a realização de uma rotina. No seu planejamento, verifique quais disciplinas que vai estudar e o momento para descansar. O ideal é ter pelo menos 15 minutos de pausa.

2- Estudo

Na hora de escolher as matérias de estudo opte por disciplinas básicas, pois elas serão as mesmas para todos os concursos públicos. Depois foque nas áreas específicas do cargo que escolher.

3- Ler o edital

Tenha atenção nas informações que constam no edital, pois nesse documento existem dados do conteúdo que vai cair na prova, o número de questões e o tempo que vai ter para responder as questões.

As matérias básicas são de língua portuguesa, matemática, conhecimentos gerais e atualidades.

4- Área de Atuação

É fundamental ter em mente qual a área que deseja atuar, pois dessa forma se torna possível criar uma boa programação de estudos com o objetivo de analisar somente o que é válido para o cargo.

Quando um edital for lançado, faça uma breve observação de quais são as áreas de atuação que estão disponíveis e quais são as que combinam com o seu perfil, não tendo como foco principal a remuneração.

Por Yasmin Fernandes Robles


Em meio à crise, pessoas querem buscar a carreira pública por apresentar estabilidade profissional e financeira.

O ano já está no seu segundo trimestre e a economia não está das melhores. Não vivemos uma crise de arrancar os cabelos, mas o atual cenário é preocupante. Em menos de cinco meses já passamos pelo aumento no desemprego, aumento do dólar, da inflação e perda da confiança no poder público. Além disso, ainda tem uma crise política que só aumenta a sensação de insegurança.

Como há um jeito para quase tudo, muita gente tem buscado a carreira pública, principalmente pela sua estabilidade profissional e financeira. Quem ingressa no funcionalismo público tem salários em dia, benefícios exclusivos, plano de carreira e a possibilidade de atuar em importantes órgãos governamentais, os quais aumentam as possibilidades.

Vale ressaltar que o salário médio é mais alto que muitos empregos privados na mesma função, entretanto, este não é o único atrativo. O funcionalismo público pode trazer uma satisfação maior, sobretudo quando representa um desafio, que começa no momento dos estudos. Além disso, há uma maior facilidade em se programar para o futuro, traçar objetivos e realizar sonhos que só a estabilidade financeira pode trazer.

O funcionalismo público também proporciona uma aposentadoria mais segura, uma vez que o concursado pode optar pela previdência do órgão ou privada, que garantirá maiores ganhos neste momento. O atual cenário de crise faz com que as pessoas invistam mais em educação e como não é fácil passar em algumas seleções públicas, o ideal é ter uma rotina de estudos eficiente.

As vagas mais concorridas demandam uma maior preparação e isso em diferentes níveis. Este ano será de grandes oportunidades no âmbito municipal, estadual e federal. A cada dia novos editais são abertos e isso atrai muita gente. São diferentes setores que precisam de mão de obra e uma boa ideia é buscar aqueles nichos que não despertam tanto interesse. Depois é só tentar aquela seleção mais acirrada, quando estiver mais bem preparado para enfrentar a concorrência. 

Por Robson Quirino de Moraes


Manter o controle e dominar a ansiedade é essencial para fazer uma boa prova de Concurso Público.

Grande parte dos candidatos a uma vaga em um concurso público já sofreram, ou ainda sofrem com um empecilho assustador: a temida ansiedade pré-prova. Caso você não saiba como controlá-la e sofre com os sintomas clássicos, como mãos suadas, dores de barriga, e tremedeira, fique calmo que vamos ajudá-lo. Abaixo, vamos dar algumas dicas de como manter o controle e dominar a ansiedade, não deixando que ela controle sua vida, especialmente em um momento tão importante, que poderá guiar seu futuro.

– Durante a semana da prova:

Faltando apenas uma semana para o dia da prova, não adianta entrar em pânico e querer estudar tudo aquilo que não teve tempo nos meses anteriores. Na semana da prova é importante revisar o conteúdo e fixar informações que você não conseguiu antes. Também aproveite para se organizar e ver quanto tempo poderá usar em cada matéria durante o exame. E, ainda, faça exercícios físicos para espairecer, afinal, não é porque falta apenas uma semana que você deverá alterar toda sua rotina.

– Na véspera da prova:

Faltando apenas um dia para o concurso, relaxe. Tire o dia para descansar e, no máximo, organize tudo aquilo que vai levar para poder fazer a prova, como documentos necessários e também algo para comer. Não se desespere e queira estudar tudo, afinal, você teve tempo de fazer isso antes.

– Antes e durante a prova:

Acorde cedo, mesmo que a prova seja realizada apenas no turno da tarde. Vista roupas confortáveis, faça uma refeição leve, de preferência sem nada muito gorduroso, e chegue cedo ao local da prova para poder escolher onde sentar.

Assim que o fiscal anunciar o início da prova, tente se controlar, afinal, é o momento crucial e, se caso você ter uma crise de ansiedade, não conseguirá fazer a prova. Neste momento é importante manter a calma, expirando e inspirando lentamente.

Passada a adrenalina inicial, tente ficar calmo e, caso tenha o famoso “branco”, momento em que esquece tudo o que estudou, não se desespere: respire fundo e, se não funcionar, vá ao banheiro. Com certeza, isso ajudará você a se recuperar.

Leia sempre calmamente todas as questões da prova e, se for objetiva e souber a resposta, já marque. Se não souber, passe para a próxima. É importante não perder tempo. Se a prova for discursiva, comece a dissertar logo após ler todas as questões.

Finalizada a prova, é hora de marcar no cartão-resposta, que requer tempo e atenção, afinal, qualquer erro poderá anular a questão.

Por fim, a melhor dica para controlar a ansiedade é tentar manter a calma e ficar confortável. Não pense nos concorrentes, pense apenas em você mesmo. É um desafio que você está enfrentando e, portanto, só você poderá vencê-lo. Estude e se prepare com antecedência e, na hora da prova, tudo dará certo.

Por Andréa Corneli Ortis


Os apps, recheados de questões, agenda e gerenciamento de horas dedicadas, são fortes aliados para os candidatos nos estudos

A prestação de concurso público vem se tornando cada vez mais comum em todo o país. E se você está estudando bastante para prestar um concurso de seu interesse e está em busca de mais opções de estudos, saiba que uma boa alternativa são os aplicativos. Isso mesmo, também é possível revisar conteúdos, aprender, conferir dicas e macetes através de seu aparelho móvel.

A primeira indicação desta matéria será o app Aprovado – Estudos e Concursos. Esse aplicativo tem por objetivo auxiliar o usuário a organizar o conteúdo de seus estudos através de planilhas, bem como ajuda o usuário no gerenciamento de suas horas de estudo.

Através do app você saberá quanto tempo está sendo usado para estudar diariamente. Além disso, o aplicativo ainda conta com opções para análise de gráficos. O mesmo é compatível com Android e iOS.

Outro aplicativo muito indicado é o Concurseiro. Esse app é destinado aqueles que estão em busca de muitos exercícios. Saiba que através do Concurseiro você irá encontrar mais de 100 mil exercícios, guia de estudo, notificações sobre processos seletivos e muito mais.

O aplicativo Casa das Questões é um dos melhores simuladores de concursos públicos para Android. O mesmo dispõe de um acervo de perguntas bastante extenso, com isso, o mesmo disponibiliza nada menos que 13 mil questões de forma gratuita. Através dele você encontra questões sobre: Direito Civil, Direito Previdenciário, Direitos Humanos e Cidadania, Português e etc.

O Moblie Concurso também é bastante procurado entre aqueles que prestam concurso público. O mesmo é compatível com Android e conta com 20 questões disponíveis para seus usuários. Além disso, o app disponibiliza a opção para download das questões que você desejar.

Já o aplicativo Concursos é disponibilizado nas versões Android e iOS. Um dos grandes diferenciais desse app é a disponibilização de textos específicos para cada área de interesse, possui muitos simulados e calendário com a data de abertura de inscrição de vários concursos por todo o Brasil.

Por Bruno Henrique


Tudo na vida exige planejamento, a maior parte das coisas que fazemos exige de nós muita lucidez e força de vontade. Uma das tarefas mais difíceis é decidir sobre o futuro, sobre onde se pretende alcançar e quais são as metas mais importantes a cumprir.

Muitas pessoas no Brasil abrigam o sonho de conseguir uma estabilidade econômica e o mecanismo que utilizam para chegar até ela são os concursos públicos, A grande dificuldade nesta questão é como saber qual concurso público é o mais indicado pra você. É lógico que, se você não possui muita afinidade com cálculo, não deverá selecionar processos seletivos inerentes à parte financeira dos órgãos. Mesmo com esse entendimento básico sobre o assunto, ainda assim, as pessoas ficam indecisas sobre as suas prioridades na hora de optar por participar de um determinado certame em detrimento de outro.

Uma das situações que devem ser analisadas com calma é que se você fizer uma escolha errada, isso significa que você gastou horas do seu dia, dinheiro e empenho à toa. Uma vez entendido isso, você deverá começar a pensar a suas razões para decidir por um ou outro concurso.

Algo que sempre está na mente das pessoas é o salário, na maior parte das vezes as pessoas inclinam-se pela realização de um certame devido ao salário atrativo, contudo, este fator não deve ser o único a ser analisado. Verifique se há possibilidade de plano de carreira, se as atividades do cargo são compatíveis com os seus talentos e habilidades. Lembre-se que você passará muito tempo do seu dia trabalhando, por isso a necessidade de escolher uma área e um posto que lhe seja interessante.

Outra questão que deve ser estritamente considerada é o fato de fazer muitos concursos ao mesmo tempo, se você assumir muitas responsabilidades em áreas completamente distintas, é possível que não consiga cumprir com nenhuma, desta forma, o sonho do emprego público ficará muito mais distante.

Pondere também as disciplinas e o grau de dificuldade da seleção, verifique se você se sente capaz de correr atrás desta oportunidade.

Algo que também pode ajudar na escolha é a relação candidato/vaga, quanto mais pessoas, mais concorrida é a seleção e se você não se preparou o suficiente será apenas mais uma decepção a ser acumulada.

A palavra-chave aqui é analisar. Não perca o foco! Faça o concurso que mais se aproxima da sua realidade, tanto no que se refere aos estudos quanto às suas características pessoais.

Por Melina Menezes


Se a sua meta é se tornar um novo servidor público, saiba que muitos editais estão sendo divulgados nesse momento, e outros ainda serão lançamentos no decorrer dos meses deste ano de 2015.

O nosso objetivo é ajudar a encontrar a vaga que combine com o seu perfil profissional, por esse motivo vamos mostrar aqui os detalhes dos principais Concursos Públicos de 2015 que vão desde o da Controladoria-Geral da União, e a expectativa de vagas que poderão ser abertas pelo Banco Central.

Dentre os principais concursos do ano estão às seguintes propostas:

– Controladoria-Geral da União:

A Controladoria-Geral da União (CGU) deverá lançar em breve um novo edital de concurso público com vagas efetivas. O certame vai ser criado para realizar a contratação 876 pessoas que possuem o perfil para atuar como Técnico de Finanças e Controle, funções de nível médio que vão oferecer salário que poderá chegar a R$ 6.065,36.

– Banco Central:

A última vez que o Banco Central (BC) pediu ao Ministério do Planejamento o lançamento de um novo concurso foi em 2012, e parece que nesse ano ele poderá ser publicado oficialmente.

O BC pediu a abertura de 1.850 vagas, porém, o ministério  autorizou o provimento de apenas 515 que são para atuar nos cargos de Técnico, de Analista e de Procurador.

– MPU:

Esse concurso já foi lançado com o total de 25 vagas efetivas e com a missão de formar um cadastro de reserva. As vagas estão sendo direcionadas para candidatos que tem o perfil para exercer as atividades de Técnico e Analista.

– INSS:

Haverá uma mudança no Ministério da Previdência Social que prevê a criação do novo concurso Instituto Nacional do Seguro Social (INSS). Serão oferecidas cerca de 4.730 vagas, sendo isso de acordo com a solicitação feita ao Ministério do Planejamento, Orçamento e Gestão (MPOG).

Por Yasmin Fernandes Robles


Estudar para concurso público é uma escolha para mudar de vida. Além do estudo, o caminho exige muita determinação, empenho e dedicação para alcançar um objetivo. Geralmente, no início, o candidato está cheio de entusiasmo e energia, mas se não consegue alcançar a aprovação no primeiro concurso, ele pode desistir. Porém, o segredo da aprovação é manter-se firme na caminhada e estudar até conseguir o cargo almejado.

Está começando os seus estudos? Confira algumas dicas para acelerar a sua classificação:

– Escolha uma área e foque:

Não adianta estudar para várias áreas de concurso diferente: tribunal, fiscal, entre outras. É preciso ter um foco para começar e depois continuar nele. Por isso, escolha uma área e foque nela. Assim, você vai criando uma base nas matérias. Depois, é só focar revisão e muitos exercícios para fixar.

– Concurso intermediário ou TOP?

Os candidatos que têm apoio financeiro da família tendem a focar em concursos TOP’S como área fiscal, por exemplo. Outros que precisam trabalhar e estudar tendem a escolher certames de nível intermediário como, por exemplo, área bancária. Depois, que conseguiu a classificação, estes candidatos focam nos concursos Top’s. Ao focar em concurso de nível intermediário, o candidato já garante a estabilidade e depois fica mais tranquilo para estudar para cargos maiores.

– Cursinho online ou presencial?

Os cursinhos online têm preços mais acessíveis e podem ser vistos no conforto de casa. O aluno não perde tempo com transporte e gasta menos dinheiro. Mas, é preciso ter disciplina para assistir às aulas. Muitos candidatos preferem o curso presencial devido à concentração e o contato com o professor e outros estudantes. Por isso, é preciso que você faça uma reflexão e veja qual pode ser a melhor escolha.

– A hora da prova:

Faça a prova com tranquilidade e calma. Concentre-se e foque no seu objetivo. Dê o seu melhor! Entretanto, se não conseguir a aprovação no primeiro concurso, continue firme no seu objetivo e sonho. 

Por Babi


Estudar para concursos públicospode se tornar uma maratona muito difícil, caso você não tenha disciplina. É preciso ter muita persistência e foco para que você consiga captar o máximo de conhecimento possível. Veja algumas dicas abaixo que podem te ajudar no processo:

1. Programe o seu tempo:

O tempo é o nosso maior aliado nessa hora. Por isso, procure gerenciá-lo da melhor forma. Acorde cedo para aproveitar mais o seu dia e realizar todas as suas tarefas tranquilamente. Evite compromissos desnecessários, a não ser se for por uma causa urgente. Coloque seu relógio ou algum dispositivo eletrônico seu para despertar e te lembrar das tarefas que você tem que fazer, principalmente seus estudos, os quais devem serem colocados como foco principal.

2. Absorva o máximo de conteúdo:

Nessa hora vale tudo para deixar sua mente afiada para a prova, desde livros de literatura, matemática, história, geografia, conhecimentos gerais, inglês, gramática, etc. Certifique-se de revisar tudo o que já sabe e tudo o que já aprendeu. Isso possibilitará aumentar seu conhecimento e seu senso crítico a respeito de diversos conteúdos. Uma boa dica é fazer uma pesquisa na internet para saber o conteúdo que vai cair na prova. Enfim, fique por dentro de tudo sobre a prova.

3. Acompanhe as informações da prova:

Esteja sempre atento a todas as informações da prova, como datas da realização, locais, horários e outras instruções do edital. É necessário também que você esteja bem preparado para cumprir com suas obrigações no dia da prova. Chegue ao local com uma hora de antecedência, ou mais, dependendo da distância.

Lembre-se de levar uma folha de papel para você ir estudando um pouco nesse meio tempo. Enfim, faça o possível e tudo o que estiver ao seu alcance para você se sair bem nessa prova. Se preferir, faça cursinhos para seu concurso. Para isso, faça algumas buscas para saber a procedência dele.

Por Daniela Almeida da Silva


Estudar para concurso público exige força de vontade, determinação, disciplina e muito equilíbrio. Durante a caminhada, é preciso saber lidar com as dificuldades e contornar os obstáculos, para não desanimar. A rotina não é fácil, e muitas vezes o candidato precisa aprender suportar a pressão dos amigos e familiares.

Mas, como estudar com equilíbrio e lidar com as adversidades no caminho? Primeiramente, a pessoa deve procurar manter a calma e a tranquilidade, ou seja, evite a ansiedade, que é um sentimento comum para quem estuda para concurso. A sua aprovação vai chegar, basta permanecer forte no caminho e acreditar em você e na sua capacidade. Pode ser a próxima prova ou a outra, mas evite ficar ansioso.

Lembre-se de que a sua vida não se resume em estudar, ou seja, não largue os seus amigos e familiares. Separe um dia na semana para sair e conversar com as pessoas que gosta ir aos almoços de família, enfim, descansar. A sua mente também precisa de descanso.

Como está a alimentação? Invista em frutas, verduras e legumes. Mantenha uma dieta equilibrada e leve, e inclua alimentos saudáveis. Não se esqueça de beber muita água, também.

Que atividade física você gosta? Sabia que o esporte é um aliado para o estudo? Por isso, escolha uma corrida, caminhada ou qualquer outra modalidade para conciliar com o seu estudo para concurso público. Assim, além de se divertir, você entra em forma e descansa a sua mente.

O estudo para o cargo público precisa ser feito aos poucos, ou seja, o conhecimento é construído dia após dia. Não tenha pressa e procure, simplesmente, dar o seu melhor ao estudar, procurando entender o conteúdo e assimilar a matéria. Estude com qualidade e não perca tempo comparando-se com outras pessoas, mas compare-se com o melhor que você pode dar, que é com você mesmo.

Sucesso e boa sorte nos estudos!

Por Babi


Para um bom aprendizado é fundamental ter concentração. Não adianta dedicar horas a leitura, se não estiver presente e prestando atenção ao que está fazendo. Por exemplo, não tente estudar português, preocupado com as coisas do seu trabalho. É preciso se “desligar” e concentrar na atividade. Você tem dificuldades para se concentrar? Então, confira algumas dicas!

Cuidado com a ansiedade:

Não tenha pressa em aprender o conteúdo, siga o seu ritmo. Procure absorver as informações, grifar as partes importantes e entender o que está lendo. Além disso, tenha calma e paciência, e estude pelo material certo. Por exemplo, se está iniciando os estudos agora, procure apostilas básicas e didáticas de qualidade. Peça dicas e orientações de outras pessoas que estão estudando. Assim, você não perde tempo e nem dinheiro com materiais errados.

Fique longe de redes sociais:

Segue a ansiedade e não queira saber o que está acontecendo nos grupos de bate-papo das redes sociais, as últimas fotos e postagens. Marque um horário para responder as mensagens e ficar por dentro das novidades. Por exemplo, após cumprir a sua missão no estudo, aproveite para verificar o celular e as atualizações dos seus amigos. Não pare de estudar para ficar navegando na internet. O tempo é um recurso valioso, por isso, aproveite-o ao máximo. Qual a sua prioridade? Será que vale a pena abrir mão de redes sociais para ficar estudando? Responda a si mesmo essa pergunta!

Faça resumos:

Estudar é cansativo. Por isso, procure formas alternativas como, por exemplo, fazendo resumos, mapas mentais, gravando o que precisa saber, entre outros. Desta forma, o estudo fica mais divertido e você mantém a concentração melhor.

Exercícios físicos:

Não descuide da alimentação e faça atividades físicas para manter o ritmo. O treino proporciona uma excelente concentração e estimula a aprendizagem. Por isso, separe um tempo para fazer uma caminhada, corrida ou qualquer outra modalidade que goste. 

Por Babi


Está pensando em estudar para concurso público? Independente do tipo do certame que vai fazer, comece acreditando em você. Os seus amigos podem não acreditar que será capaz de passar, assim como os seus familiares, mas é importante que você acredite no seu potencial para conseguir a aprovação em qualquer cargo.

Quer passar no Tribunal de Contas da União? Tribunal de Justiça? Tribunal Regional do Trabalho? Qual você quer? Não importa qual o seu concurso e a quantidade de vagas, é preciso que você acredite que vai passar.

Durante o estudo, não perca tempo com pensamentos negativos ou se lamentando, pelo contrário, gaste energia construindo o seu conhecimento, estudando da melhor maneira que puder e dando o seu melhor, e, principalmente, acreditando que vai passar. Dê o seu melhor, para que os frutos possam ser colhidos.

Tenha confiança na vida e seja otimista, acreditando que as coisas vão dar certo. E elas darão! Não ligue para opiniões negativas e siga a sua intuição.

É preciso ser forte, porque, durante o estudo, muitas pessoas não vão te apoiar e vão tentar te jogar para baixo. Porém, mantenha a fé em si mesmo e a sua autoconfiança, porque você é capaz de passar em qualquer concurso público.

Comece o ano de 2015 acreditando no poder que possui, estude com garra e mantenha o pensamento positivo para atrair coisas boas. Faça a sua parte e caminhe com determinação e muita confiança.

Não permita que ninguém atrapalhe os seus sonhos e os seus objetivos, porque você é capaz de chegar lá. Faça metas e planeje os seus estudos com muito carinho, e comece a caminhar acreditando na sua capacidade e determinação. Acredite em você e jamais perca a fé que possui.

Lembre-se de que os resultados aparecem para quem planta. Portanto, comece 2015 acreditando em você e na sua vitória. Boa sorte!

Por Babi


Resolveu encarar uma prova em outro estado? Saber como planejar uma viagem para fazer concurso é fundamental, e faz a diferença para a sua aprovação. Que tal ficar por dentro de algumas dicas?

Os hotéis, principalmente, nas capitais, costumam ficar lotados em épocas de concurso, por isso, busque reservar com antecedência. Escolha por estabelecimentos que sejam centrais e com fácil acesso aos meios de transporte da cidade. Se a grana estiver curta e o candidato quiser economizar, uma boa opção para hospedar é o hostel.

Por meio da internet ou de moradores da cidade, procure conhecer as linhas de ônibus, que vão até o seu local de prova. Além disso, verifique a possibilidade de ir de táxi ou outros meios de transporte como o metrô. Saia com antecedência, e não se esqueça de que é comum engarrafamento em dias de prova de concurso público. Portanto, programe-se para chegar ao horário e não correr o risco de perder o certame, que tanto estudou.

Caso seja possível, visite o local de prova no dia anterior. Assim, você conhece a região e fica mais tranquilo para chegar. Ao fazer o planejamento, anote tudo sobre a sua viagem e vá contabilizando uma estimativa para os possíveis gastos. Assim, tudo ficará organizado e melhor, sobretudo a parte financeira. Leve sempre um dinheiro extra, para alguma emergência ou imprevisto, que pode surgir.

Você vai viajar de avião? Então compre com antecedência as passagens aéreas. É possível encontrar passagens com preços mais acessíveis, portanto, programe-se. Se for viajar de ônibus, não deixe para comprar na última hora, porque elas podem se esgotar, também.

Desta forma, faça uma planilha com os custos da sua viagem, e tenha tudo anotado e de fácil acesso. Depois, é só viajar e dar o melhor de si para alcançar a aprovação no certame.

Gostou das dicas? Muito sucesso na sua prova e boa viagem!

Por Babi


Estudar para concurso público é como uma maratona: você começa com confiança, empenho e garra, mas, no decorrer da jornada, pode chegar a desistir, principalmente, se não conseguir a aprovação na primeira prova. Mas, estudar para concurso é uma caixinha de surpresa: você não sabe quando vai ser aprovado, ou seja, qual prova, será a sua? Todavia, todos que esforçam e persistem conseguem o mesmo objetivo: a classificação.

É preciso que você se supere a cada dia, principalmente a si mesmo. Se superar, significa estudar mesmo que estiver cansado. Teve um dia exaustivo no trabalho? Não faça isso uma desculpa para não pegar nos livros, vença a si mesmo e estude, nem que seja por um pouco.

A cada dia que passa, você tem uma nova chance para recomeçar e fazer diferente. Por isso, procure se superar e estudar com o máximo de dedicação possível, para conseguir alcançar os seus sonhos e objetivos.

Lembre-se de que quando você não esta comprometido com a vitória, qualquer desculpa é motivo para não se empenhar firme no estudo: preguiça, cansaço, dores, entre outras. Portanto, comece a escrever a sua história de uma forma diferente: supere-se a si mesmo. Pare de dar desculpa e comece a estudar com concentração, garra e firmeza no seu sonho. Você pode alcançar tudo o que quiser, só depende do seu esforço.

Lembre-se de que qualquer pessoa é capaz de passar em uma prova de concurso. Ou seja, não precisa ser gênio e a fórmula mágica para fazer acontecer é estudar.

Que tal começar a se superar a cada dia? Estabeleça metas de estudo diárias, coloque motivação e empenho e faça disso o seu ideal de vida. Não perca tempo com coisas desnecessárias e acredite em si para conquistar o cargo almejado.

Que tal mudar a sua rotina se superando nos estudos, para alcançar a aprovação? O que você vai fazer para se superar?

Boa sorte e sucesso!


Você está estudando para dois concursos ao mesmo tempo? Não é fácil conciliar os estudos para ambas as provas, principalmente, se o intervalo entre uma e outra é pouco. Mas, é possível desde que as matérias sejam similares. Por exemplo, é possível conciliar os estudos para vários tribunais. Essa é a questão de manter o foco, ou seja, faça provas que tenham conteúdos parecidos. Não adianta estudar para área policial e tribunal, porque as matérias, geralmente, são distintas.

Inicialmente, separe as matérias comuns dos concursos. Veja como está o seu desempenho nelas, e o conteúdo que estiver mais fraco, intensifique os estudos. Dê prioridade neste ponto. Se o concurso atribuir mais peso as disciplinas específicas, dê prioridade a elas. Verifique como está o seu desempenho nos exercícios e procure melhorar e reforçar nas matérias que não está bem.

Qual é o tempo de intervalo entre ambas as provas? Se for dois meses, por exemplo, priorize os estudos das matérias comuns e da específica do primeiro concurso. Depois, passe a estudar o conteúdo específico da próxima prova. Se o tempo for menor, por exemplo, uma semana ou quinze dias, distribua as matérias na sua grade de planejamento. Mesmo fazendo dois concursos, é preciso priorizar um, para que você possa focar e manter o direcionamento do seu estudo.

Cumpra o seu cronograma, aliando as suas atividades diárias com o seu estudo. Estudar para dois concursos não é fácil, mas se não conseguir ver toda a matéria a tempo, não se desespere. Estude absorvendo o conteúdo, ou seja, entendendo o que está lendo. Não adianta estudar com pressa, porque o seu rendimento vai ser baixo.

Lembre-se de que o que você está estudando vai ser útil para outras provas. Ao resolver tentar dois concursos veja se eles têm a mesma base de matéria. Neste caso, vale a pena tentar as duas provas. Mas, se o conteúdo for distinto, talvez, é melhor optar apenas por um certame.  

Por Babi


Começar a maratona de estudos para passar numa prova de concurso público exige muita dedicação e concentração do candidato. Quando se fala em conquistar uma vaga em órgãos públicos subentende-se que o caminho a trilhar será longo e que a pessoa precisará passar horas e horas estudando as disciplinas que serão cobradas na hora da prova.

A proximidade da data de aplicação das provas faz com que as pessoas intensifiquem os seus estudos e foquem especialmente nos conteúdos das disciplinas específicas. Pois bem, este pode estar o primeiro passo rumo ao fracasso. Objetiva-se com este texto que você comece a dar à língua portuguesa a devida importância que ela merece.  

Poucas pessoas pensam na interpretação de texto como uma grande aliada no momento da realização das provas, dificilmente alguma pessoa não tenha errado uma questão por deixar passar uma vírgula ou ler tão rápido que acabou esquecendo de apurar os detalhes do enunciado. O estudo da língua portuguesa não se restringe apenas em escrever as palavras de modo correto, ela é bem mais que isso, ela é também interpretação e saber escrever um texto.  

Uma boa dica é ler muito, leia livros interessantes, se desejar leia revistas focadas na sua profissão ou áreas de interesse, além de ficar bem informado, você melhorara bastante o seu vocabulário. 

Outra dica é dedicar um pouco do seu tempo preciso para compreender a temida gramática de concursos. Há excelentes obras nas livrarias, com certeza irão lhe ajudar a entender o que são pronomes, artigos, verbos, quando usar crase, o uso dos "porques", enfim, procure um livro que lhe agrade ou que tenha sido recomendado no edital do concurso e tente absorver todas as informações contidas nele. Um assunto muito discutido nas provas é a regência verbal, normalmente ao falar fazemos uso incorreto das preposições, por isso é importante que o candidato revise esse assunto antes das provas.  

Não fique só na leitura de tópicos de português! Exercite. Procure fazer provas anteriores do concurso de interesse e de outros similares, assim a sua chance de sucesso aumenta. 

Por Melina Menezes


Como é o seu estudo? Você faz pausas com frequência ou estuda horas direto? Sabia que o seu cérebro precisa de descanso? Ao estudar com equilíbrio, você absorve melhor os conteúdos, retém mais informações na sua memória e garante um estudo de qualidade, que é o mais importante. Cada um tem o seu tempo diferente para estudo, ou seja, algumas pessoas conseguem estudar duas horas direto e param por quinze minutos. Outras estudam por cinquenta minutos e fazem uma pausa de cinco ou dez minutos.

Desta forma, é preciso que você encontre o seu ritmo no estudo e faça pausas regulares. Aproveite para conversar com alguém, tomar um café, levantar da cadeira e esticar o corpo. Porém, é preciso saber regular as pausas, assim, respeite o tempo estipulado. Um dos erros dos estudantes para concurso público é fazer um tempo de pausa muito longo. É preciso ter equilíbrio durante a jornada.

Através dos descansos, a sua mente relaxa e quando você voltar a estudar, o pique é outro, justamente, porque você está descansado. Por isso, não fique estudando por muito tempo direto, faça pequenos intervalos e note como o seu rendimento vai aumentar. Para não demorar muito no seu tempo de descanso, coloque o despertador. Assim, quando ele tocar, vai saber que é o momento de voltar aos estudos.

Uma boa dica durante a pausa é fazer alongamento com o corpo, que fica cansado em permanecer tanto tempo sentado. Desta forma, saiba curtir e aproveitar as suas pausas, para voltar com ânimo e disposição, para encarar a jornada.

Mesmo nos intervalos, evite ficar acessando rede social. A partir do momento que a pessoa começa a conversar com os seus amigos, visualizar fotos, ver mensagens ou ficar por dentro das últimas notícias ela simplesmente não vê o tempo passando. Já acessou a rede social para ver, por exemplo, se chegou uma mensagem? Quando nota-se já se passaram horas. Por isso, cuide bem do seu tempo!

Por Babi


– Faça um mural com os seus sonhos:

Quando alcançar um cargo público, o que vai querer? Casar? Viajar?

Que tal montar um quadro com os seus sonhos? Pegue uma cartolina e cole figuras do que deseja. Depois, pregue-a em um local visível. Desta forma, toda vez que você estiver cansado vai poder visualizar o mural dos seus sonhos e voltar aos estudos com pique total, porque vai se lembrar dos motivos pelos quais está estudando.

– Coloque frases:

Coloque frases motivacionais na sua mesa de estudo e espalhadas pelo computador. Assim, quando o cansaço bater é só olhar para elas e continuar firme rumo ao seu sonho. Lembre-se de que é preciso motivação durante a jornada de estudo.

– Tenha pensamentos positivos:

Mantenha a mente otimista e tenha pensamentos bons, para atrair coisas boas. Coloque na sua cabeça que você vai passar no seu próximo concurso e lute para que isso aconteça. Concentre-se em coisas ótimas e mantenha a positividade sempre

– Não perca tempo com coisas bobas:

É preciso saber separar as coisas ruins. Durante o seu tempo de estudo, comprometa-se com ele e nada mais. Retire da sua cabeça todas as preocupações e desligue-se do mundo quando for estudar. Assim, o seu poder de concentração e aprendizagem vai aumentar.

– Tenha uma vida saudável:

A jornada de estudo não é fácil, porque é preciso aguentar uma pressão da família e dos amigos. Para manter o equilíbrio, mantenha uma vida saudável fazendo atividade física e tendo uma alimentação balanceada. Invista em uma caminhada, corrida, ou qualquer outra modalidade que goste. Desta forma, você mantêm a mente e a saúde em dia.

– Tenha um tempo livre para os amigos:

Separe uma parte na semana para sair com os amigos e colocar os papos em dia. Você também precisa descansar! Aproveite para curtir a sua família. São nesses momentos, que percebemos o quanto nossa vida é importante. Saiba estudar e aliar a qualidade de vida. 

Por Babi


Existem erros que são fatais e podem prejudicar muito a sua aprovação. O caminho para alcançar o cargo público não é fácil, mas no final vale a pena. Entretanto, é preciso ficar atento a todos os detalhes para garantir um estudo com qualidade e eficiência. Que tal aprender alguns erros que são comuns durante o estudo e que podem atrapalhar a conquista do cargo público almejado?

– Não fazer revisões:

Entender a teoria é fundamental para garantir um bom estudo. Porém, por mais que você aprenda um conteúdo, se você não revisá-lo vai esquecer. Como manter o que você aprendeu na memória? Por meio da revisão. Por isso, quando acabar de estudar, separe um tempo depois para revisar o conteúdo. Quando estiver lendo um arquivo ou sua apostila grife as partes mais importantes. No momento da revisão, leia diretamente as partes grifadas.

– Não estar presente:

Quando você está estudando, fica perdendo tempo com redes sociais ou celulares? O estudo precisa ser um momento sagrado, por isso, desligue-se de tudo o que não for relacionado ao assunto que está lendo. Depois que terminar o seu estudo, você olha as redes sociais, celular, etc. O que é prioridade no momento? Responda a si mesmo essa pergunta! Esteja presente quando estiver estudando, concentre-se no que está lendo e tenha a determinação.

– Não ler o edital:

O edital é o seu melhor amigo. Ele contém todas as informações relativas ao seu certame. Por isso, leia o documento com atenção para ficar por dentro de tudo do concurso que almeja.

– Não fazer um planejamento:

O seu sucesso nos estudos depende de um bom planejamento. Portanto, programe-se e faça metas diárias para render nos seus estudos. Comemore todas as vitórias, mesmo as pequenas.

– Não ter motivação:

Por que você está estudando? Por que quer tanto o cargo público? Encontre essa resposta e faça dela o principal motivo para alcançar o seu sonho. 

Por Daniela Almeida da Silva


Por mais que os dias se pareçam de crise depois das acirradas eleições presidenciais, parece que para 2015 todo o calendário de concursos será mantido.

INSS, Correios, Petrobras, todas essas empresas, que têm um histórico de ter os concursos mais concorridos, parecem dispostas a manter suas agendas de concursos. Um diferencial ao candidato que sonha em fazer parte do seleto grupo de funcionários públicos, com certeza, é o tempo de preparo. Quanto mais tempo o candidato teve para se preparar adequadamente para o processo seletivo, mais preparado ele estará. Não existe fórmula pronta para o sucesso em um concurso público, mas uma oitiva com os aprovados nos dão algumas certezas. Entre elas a mais óbvia: estudaram muito. Já ouvi histórias, claro, de sorte. Algumas tão absurdas que são difíceis de acreditar, como o de um Policial Rodoviário Federal, que foi obrigado a fazer a inscrição pela mãe (hoje muito grato a ela), que bebeu todas no dia anterior a prova, não estudou e foi fazer a prova de ressaca, e passou. Se a história é verídica ou não, seria um raro caso de extrema sorte na batalha que é a disputa por uma vaga no serviço público.

O mais comum ouvir são histórias de superação e dedicação, onde o indivíduo conciliava trabalho, família e estudos, abdicando de tempo de sono e diversão em prol de um objetivo maior. E com certeza essas histórias nos levam mais próximo do que seja se preparar para um concurso. O fato é: se quer entrar, vai ter de ralar.

Independente da área que você escolha, algumas coisas você deverá observar. O planejamento, por exemplo, é muito importante. Você deve se planejar para ter, no mínimo, duas horas por dia de estudo. E não estudar aos domingos. A mente deve ter um dia para absorver a quantidade de informação. Nessas duas horas de estudo, atente-se ao edital. Faça duas frentes de estudo. Em uma você deve usar livros das matérias pedidas. Em outra refazer exercícios de concursos anteriores.

Organize-se e boa sorte.

Por Luciana Viturino


Estudar para concursos públicos tem sido uma tarefa exaustiva e estressante para muitas pessoas. Isso, porque muitas delas largam o emprego atual, as tarefas diárias e todas as outras atividades para se dedicar única e exclusivamente aos estudos.

Mas será que isso é realmente necessário? Se você se encontra numa situação parecida, siga as dicas abaixo e veja como é possível administrar o seu tempo para estudar e ainda ganhar produtividade nas suas tarefas do cotidiano:

Estabeleça uma meta todos os dias. Acorde cedo, faça uma boa refeição e comece a realizar todas as tarefas mais difíceis. Se você é uma dona de casa, por exemplo, faça todos os seus serviços domésticos primeiro, cuide da casa e da família normalmente e reserve algumas horas restantes para se dedicar aos estudos;

– A mesma dica é válida para quem trabalha fora ou que tenha um emprego em período integral. Já que seu emprego tem um horário estabelecido para ser cumprido, crie um horário para seus estudos e também cumpra-o da mesma forma. Tenha compromisso com as suas escolhas e tudo sairá bem; 

– Tenha sempre todo o material necessário para os estudos e não gaste tempo procurando no mesmo momento que você estiver estudando. O ideal é você providenciar todo o material de estudo assim que você acabar de se inscrever no concurso, assim você não deixa nada pra última hora e, quando for estudar, ganhará mais tempo para se dedicar somente a isso;

– Tire um tempo de descanso, afinal cansaço físico e mental não te fará bem e só te trará prejuízo. Planeje estudar e trabalhar de segunda à sexta-feira e tire os finais de semanas e feriados para relaxar e descansar. Vai fazer toda a diferença;

– Evite ficar estudando até de madrugada. Lembre-se que a sua mente precisa estar descansada e relaxada, senão, você ficará sobrecarregado demais, principalmente se você tiver que levantar de manhã para trabalhar;

– Quatro ou cinco horas por dia é o suficiente para você manter seus estudos em dia. Você pode aumentar esse período quando estiver perto do dia das provas.

Saiba também que você precisa ter produtividade em suas tarefas, portanto tenha paciência e equilíbrio. Uma boa dica para os estudantes leigos é entrar em cursinhos para concurso público. Hoje em dia existem várias instituições de ensino que oferecem cursos para diversas áreas.

Por Daniela Almeida da Silva





CONTINUE NAVEGANDO: