Medidas tentam economizar cerca de R$ 220 milhões dos cofres públicos.

Ainda nesse mês de fevereiro de 2019, a Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia já deve comunicar a publicação do novo decreto que tem com função principal estabelecer os termos e regras para que se permita a realização dos novos concursos públicos. Vale salientar que esses novos concursos serão os primeiros concursos públicos a serem realizados nessa nova gestão do novo presidente Jair Messias Bolsonaro.

Nesse ano de 2019, os concursos públicos que estão sendo mais esperados pelos estudantes de concurso no Brasil, são: o concurso do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o concurso do INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social) e também o concurso do TCU (Tribunal de Contas da União).

Tendo em vista a Lei de número 13.808, sancionada em 16 de janeiro de 2019 pelo então atual presidente Jair Messias Bolsonaro, fica claro a possibilidade de no mínimo, 48.224 (quarenta e oito mil, duzentos e vinte e quatro) vagas, sendo que dessa quantidade toda, 43.373 (quarenta e três mil, trezentos e setenta e três) são para preencher vagas já existentes e o restante de 4.851 (quatro mil, oitocentos e cinquenta e um) são para preencher novas vagas de cargos que estão sendo elaborados. A intenção é que esses novos concursos aconteçam de forma gradual, conforme for publicado o decreto em questão.

Segundo Paulo Uebel, Secretário Especial, um dos termos essenciais para que se inicie o novo decreto é a totalização em 100% da digitalização dos serviços que são oferecidos pela internet, bem como, a transferência ou migração de todos os processos administrativos, que ainda são feitos apenas em papéis, para que sejam trabalhados agora, somente de forma digital, trazendo agilidade, rapidez e eficiência a todos os procedimentos e aos serviços prestados. Ele explica ainda que para que os novos concursos públicos sejam autorizados, todas essas condições impostas que foram mencionadas anteriormente devem ser cumpridas.

Com isso, todo o setor público receberá muito mais fiscalização, de forma a se evitar situações desnecessárias, perdas de tempo e até mesmo, contratações feitas de forma também desnecessária ou dispensável, devendo então, a partir de agora, cada órgão mostrar um documento escrito, ou seja, uma descrição onde deverá vir especificado o tipo de serviço que é realizado em cada diferente cargo.

Com esse novo decreto, as políticas de cessão dos servidores a variados ministérios, estados ou municípios, deverão passar por uma criteriosa revisão, afim de comprovar se realmente existe a necessidade dos funcionários públicos nesses órgãos, podendo assim, de acordo com tudo isso, voltar a ter contratações pelo governo, de novos servidores públicos, ainda nos próximos meses.

A intenção desse novo decreto é também de realizar cortes de excessos, ou seja, de alguns funcionários que são comissionados e de funcionários que tem funções que são gratificadas, cabendo ressaltar que no início desse ano de 2019, já foram cortados cerca de 3 (três) mil desses cargos comissionados ou de funções gratificadas, e o intuito maior é que se consiga chegar ao corte de mais 21(vinte e um) mil desses cargos comissionados ou de funções gratificadas, realizando assim, uma economia enorme e benéfica aos cofres públicos de um valor de 220 milhões de reais, permitindo com isso, a contratação de novos funcionários efetivos que serão direcionados a cargos que realmente devam existir.

Com base no MPDG – Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, no fim do ano passado era um total de 634 (seiscentos e trinta e quatro) mil funcionários públicos em exercício e desse número, 108 (cento e oito) mil já se encontravam em condições de entrar com pedido de aposentadoria nesse ano de 2019.

Por Carol Wurlitzer


Medidas tentam economizar cerca de R$ 220 milhões dos cofres públicos.

Ainda nesse mês de fevereiro de 2019, a Secretaria Especial de Desburocratização, Gestão e Governo Digital do Ministério da Economia já deve comunicar a publicação do novo decreto que tem com função principal estabelecer os termos e regras para que se permita a realização dos novos concursos públicos. Vale salientar que esses novos concursos serão os primeiros concursos públicos a serem realizados nessa nova gestão do novo presidente Jair Messias Bolsonaro.

Nesse ano de 2019, os concursos públicos que estão sendo mais esperados pelos estudantes de concurso no Brasil, são: o concurso do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o concurso do INSS (Instituto Nacional de Seguridade Social) e também o concurso do TCU (Tribunal de Contas da União).

Tendo em vista a Lei de número 13.808, sancionada em 16 de janeiro de 2019 pelo então atual presidente Jair Messias Bolsonaro, fica claro a possibilidade de no mínimo, 48.224 (quarenta e oito mil, duzentos e vinte e quatro) vagas, sendo que dessa quantidade toda, 43.373 (quarenta e três mil, trezentos e setenta e três) são para preencher vagas já existentes e o restante de 4.851 (quatro mil, oitocentos e cinquenta e um) são para preencher novas vagas de cargos que estão sendo elaborados. A intenção é que esses novos concursos aconteçam de forma gradual, conforme for publicado o decreto em questão.

Segundo Paulo Uebel, Secretário Especial, um dos termos essenciais para que se inicie o novo decreto é a totalização em 100% da digitalização dos serviços que são oferecidos pela internet, bem como, a transferência ou migração de todos os processos administrativos, que ainda são feitos apenas em papéis, para que sejam trabalhados agora, somente de forma digital, trazendo agilidade, rapidez e eficiência a todos os procedimentos e aos serviços prestados. Ele explica ainda que para que os novos concursos públicos sejam autorizados, todas essas condições impostas que foram mencionadas anteriormente devem ser cumpridas.

Com isso, todo o setor público receberá muito mais fiscalização, de forma a se evitar situações desnecessárias, perdas de tempo e até mesmo, contratações feitas de forma também desnecessária ou dispensável, devendo então, a partir de agora, cada órgão mostrar um documento escrito, ou seja, uma descrição onde deverá vir especificado o tipo de serviço que é realizado em cada diferente cargo.

Com esse novo decreto, as políticas de cessão dos servidores a variados ministérios, estados ou municípios, deverão passar por uma criteriosa revisão, afim de comprovar se realmente existe a necessidade dos funcionários públicos nesses órgãos, podendo assim, de acordo com tudo isso, voltar a ter contratações pelo governo, de novos servidores públicos, ainda nos próximos meses.

A intenção desse novo decreto é também de realizar cortes de excessos, ou seja, de alguns funcionários que são comissionados e de funcionários que tem funções que são gratificadas, cabendo ressaltar que no início desse ano de 2019, já foram cortados cerca de 3 (três) mil desses cargos comissionados ou de funções gratificadas, e o intuito maior é que se consiga chegar ao corte de mais 21(vinte e um) mil desses cargos comissionados ou de funções gratificadas, realizando assim, uma economia enorme e benéfica aos cofres públicos de um valor de 220 milhões de reais, permitindo com isso, a contratação de novos funcionários efetivos que serão direcionados a cargos que realmente devam existir.

Com base no MPDG – Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, no fim do ano passado era um total de 634 (seiscentos e trinta e quatro) mil funcionários públicos em exercício e desse número, 108 (cento e oito) mil já se encontravam em condições de entrar com pedido de aposentadoria nesse ano de 2019.

Por Carol Wurlitzer


Edital de Abertura pode ser publicado nos próximos dias.

Novo processo seletivo, de alta categoria, está próximo de ter edital completo definitivamente publicado.

Deste modo, a Prefeitura do município de Porto Alegre, no Estado do Rio Grande do Sul, será responsável pela realização de novo certame público, para este mesmo ano de 2019. A meta o concurso está no preenchimento de postos de trabalho na área fiscal.

Entretanto, a abertura destas vagas não foi definida até o momento. O que está estabelecido é que o novo processo de seleção se destina à ocupação de cargos na função de auditor fiscal da fazenda municipal e na função auditor em controle interno, sendo ambos departamentos cuja exigência é de nível superior de formação acadêmica.

Portanto, existe grande expectativa de que os próximos passos, decisivos para a conclusão da pauta sobre o concurso, sejam anunciados nas próximas semanas, levando em conta que no último dia 23 deste mês de janeiro, nova publicação no diário oficial anunciou a determinação das respectivas bancas responsáveis pelos dois processos seletivos.

O valor das remunerações iniciais, referentes a cada um dos cargos, deverão ser confirmadas, também, nos próximos dias. Ainda assim, a expectativa é a de que os dois editais estejam devidamente publicados neste primeiro semestre.

Com relação ao cargo de auditor fiscal, a comissão organizadora está formada por um grupo distinto de servidores, que se tornam, então, membros da mesa.

Com relação ao cargo de auditor de controle interno, outro grupo de servidores está compondo a mesa.

Sobre as atribuições dos dois cargos, seguem as informações:

A função de auditor fiscal está em executar privativamente a fiscalização; o planejamento; a programação; a supervisão; a coordenação; a orientação e o controle de diversas atividades dentro do âmbito de competências tributárias em escala municipal, em conformidade com legislação em vigor.

Com relação à função de auditor, as atividades se destinam à supervisão; à organização e à coordenação dos serviços contábeis dentro do município; em elaborar análises contábeis sobre a situação financeira; situação econômica e a patrimonial; na elaboração dos planos de contas e no preparo para as normas de trabalho em contabilidade.

O histórico do último concurso registra o seguinte:

O último certame público realizado para o provimento de cargos na área fiscal, no mesmo município, se deu no ano de 2012, no qual estavam disponíveis apenas 12 postos para cargos na função de agente fiscal da receita municipal, e mais três postos na função de contador. A banca organizadora, naquela ocasião, esteve nas mãos da Fundação Escola Superior do Ministério do Rio Grande do Sul, ou FMP.

Após aquele período, a partir do ano de 2015, a carreira na função de contador se tornou, por meio de nova denominação, a de auditor de controle interno, ao passo que o agente fiscal se tornou auditor fiscal.

Sobre a estrutura das provas, seguem as informações:

Na função de agente fiscal, a prova consistiu em um caderno com 160 questões, das quais 80 sobre conhecimentos gerais e mais 80 versando sobre conhecimentos específicos. Na parte de conhecimentos gerais: 20 questões em língua portuguesa; 20 em informática; dez em matemática e dez em estatística. Sobre conhecimentos específicos: 20 questões em direito constitucional e em administrativo; 20 em direito tributário; 20 em legislação municipal e em tributária municipal e mais 20 em contabilidade.

Para a função de contador: 90 questões, das quais 20 em conhecimentos gerais e mais 70 em conhecimentos específicos. Sobre conhecimentos gerais: dez em língua portuguesa e mais dez em direito e legislação municipal. A parte de conhecimentos específicos: 25 questões em contabilidade pública; 20 em contabilidade geral; dez em matemática financeira e mais cinco em informática.

Paulo Henrique dos Santos


Concurso deve ser retomado em abril deste ano.

Estamos no início de mais um ano e muitas pessoas em decorrência da baixa oferta de vagas de trabalho se encontram na expectativa pela abertura de novos processos seletivos ou concursos públicos, para que assim possam ter a oportunidade de concorrer a uma vaga em em trabalho que ofereça estabilidade e segurança financeira.

Dessa forma, um concurso que vem sendo aguardado desde o ano passado é do Detran do Espírito Santo. Porém, as informações mais recentes dão conta de que ele e outros certames do estado não poderão ser realizados neste primeiro trimestre de 2019.

É isso, o novo concurso público do Departamento Estadual de Trânsito-ES desde o ano passado vem sendo planejado, agora as informações apontam que sua realização depende de Renato Casagrande, governador do estado do Espírito Santo.

Contudo, um decreto publicado no dia 2 do mês de janeiro determina a proibição de novos concursos públicos até o dia 30 do mês de abril. O que adia ainda mais a realização deste certame que já era bastante esperado, cujos preparativos só poderão ser retomados a partir do mês de maio.

O novo concurso do Detran-ES foi anunciado no mês de agosto do ano passado, quando o então governador do estado deu o aval para a sua realização.

De acordo com o texto original do projeto, seriam disponibilizadas na concorrência um total de 94 vagas, sendo que deste total 80 eram para o posto de assistente de trânsito e 14 vagas para o posto de analista de trânsito.

Para o cargo de assistente o candidato para concorrer a uma das vagas precisará possuir formação completa de Ensino Médio. A remuneração inicial prevista para este cargo é no valor de R$ 2.409,75.

Já quem quiser concorrer a uma vaga para o cargo de analista precisará possuir formação completa em curso de nível superior em áreas diversas. A remuneração inicial para este cargo é no valor de R$ 5.179,94.

Uma comissão multidisciplinar já foi formada para se encarregar da preparação do concurso e para definir a empresa organizadora do certame. A escolha dos membros aconteceu no mês de novembro do ano passado.

Normalmente para o cargo de analista as áreas aceitas são de administração, ciências da computação, análise de sistemas, arquitetura, psicologia, economia e serviço social.

Dessa forma, a comissão é composta por 19 membros e tem como presidente Ana Claúdia Passos Silva, que é servidora do órgão.

O último concurso público organizado pelo Detran –ES aconteceu no ano de 2010, quando foram disponibilizadas para concorrência o total de 50 vagas, distribuídas entre os cargos de assistente técnico de trânsito e técnico superior. As áreas de cursos aceitos foram direito, administração, análise de sistemas, estatística, contabilidade, psicologia e jornalismo. A empresa contratada para organizar e executar o concurso foi o Cespe/UnB, hoje atuando como Cebraspe.

Nesse sentido, se você possui interesse em realizar este concurso e se tornar um servidor do Detran-ES, o concurso apesar de adiado deve acontecer ainda neste ano de 2019. Por essa razão, os interessados já podem começar a se preparar para a realização das provas.

Geralmente os candidatos a concursos do Detran precisam realizar provas objetivas de múltipla escolha sobre conteúdos de língua portuguesa, raciocínio lógico, informática e conhecimentos gerais e específicos, o que inclui legislação de trânsito e admnistração pública.

Para já ir se preparando para a prova do Concurso Detran-ES 2019 o candidato pode verificar editais de concursos passados para o cargo desejado, uma vez que os conteúdos geralmente são os mesmos.

Sendo assim, segundo o decreto publicado, a realização do concurso público Detran-ES só poderá ser realizada após o mês de abril. Até lá os interessados terão que aguardar.

Ana Paula


Concurso terá 97 oportunidades de trabalho.

O ano de 2019 iniciou de modo positivo para muitos catarinenses. Recentemente foi divulgada por meio da Secretaria da Prefeitura Municipal de Joinville, que se localiza no Estado de Santa Catarina, a abertura oficial do período de inscrições para o novo concurso público, cuja meta está no preenchimento de 97 postos de trabalho temporários, no quadro de servidores da administração direta e indireta daquele município e no Hospital Municipal São José.

Além das vagas de imediata ocupação, está a formação de cadastro reserva de pessoas, para eventuais vagas disponíveis ao longo da validade do processo seletivo. São cargos para as três classes de estudantes e profissionais, em nível fundamental, médio e superior.

Para o cargo na função de agente de combate às endemias está sendo disponibilizada uma vaga, mais o cadastro reserva. Este cargo se destina aos candidatos com ensino fundamental e remuneração inicial no valor de 1.619,48 reais.

Para os candidatos com ensino médio, estão sendo disponibilizadas vagas para a função de auxiliar de educador, com 30 postos, mais o cadastro reserva, e na função de técnico em enfermagem, com cinco vagas, mais o cadastro reserva, cujas remunerações são, respectivamente, de 2.046,36 e de 3.098,49 reais. O último cargo citado exige curso técnico na área.

Para os candidatos que possuam formação em nível superior, os cargos são os seguintes:

Posto de analista clínico, com uma vaga mais o cadastro reserva; posto de enfermeiro, com cinco vagas, mais o cadastro reserva; posto de professor educação infantil, com 21 vagas, mais o cadastro reserva; posto de professor de 1º ao 5º ano de ensino fundamental, nas séries iniciais, com 16 vagas, mais o cadastro reserva; posto de professor de educação infantil e de ensino fundamental, especializado em educação física, com cinco vagas, mais o cadastro reserva e posto de professor do 6º ao 9º ano do ensino fundamental para as disciplinas de ciências, com três vagas, mais o cadastro reserva; professor de ciência da religião, com uma vaga, mais o cadastro reserva; professor de geografia, com uma vaga, mais o cadastro reserva; professor de história, com duas vagas, mais o cadastro reserva; professor de língua portuguesa, com duas vagas, mais o cadastro reserva; professor de matemática, com uma vaga, mais o cadastro reserva; professor de arte, com uma vaga, mais o cadastro reserva; professor inglês, com duas vagas, mais o cadastro reserva. O valor das remunerações varia entre 1.650,15 e 4.659,12 reais.

Este certame da Prefeitura de Joinville-SC conta com o seguinte itinerário:

O período de cadastro de inscrição se estenderá até às 16 horas do dia 13 de fevereiro de 2019, devendo ser efetuado por meio do site oficial da prefeitura: www.joinville.sc.gov.br. A vantagem é que não será cobrado qualquer tipo de taxa de participação.

Este processo de seleção consistirá em uma única fase: a prova objetiva, de caráter eliminatório e classificatório. Será distribuído um caderno composto de 35 questões de múltipla escolha, das quais dez questões versando sobre língua portuguesa, cinco questões versando sobre matemática, cinco questões versando sobre legislação municipal e mais 15 questões versando sobre conhecimentos específicos.

O processo de resolução dos cadernos de provas obedecerá ao seguinte critério:

Com duração máxima de três horas, esta avaliação será ministrada na própria cidade de Joinville, Estado de Santa Catarina, em data previamente agendada para o dia 24 de março de 2019, cujos locais e horários de realização serão divulgados em breve para todos os inscritos.

Este é um dos melhores concursos para o início do ano, naquela região. Vale a pena conferir.

Paulo Henrique dos Santos


Seleção oferta 12 oportunidades de todos os níveis de escolaridade.

Abre-se no próximo dia 23 de janeiro e encerra-se no dia 21 de fevereiro, as inscrições para o concurso público promovido pelo Consórcio Regional de Saúde Sul de Mato Grosso, o CORESS. De acordo com o edital, lançado pelo consórcio nos últimos dias, o certame visa preencher as vagas em diversos cargos, em níveis alfabetizado, médio ou técnico e superior.

Vagas:

  • Analista de recursos humanos (01 vaga): Ensino superior em administração, psicologia, gestão de pessoas ou outra formação superior compatível: 40 horas semanais com vencimento de 2.500 reais;
  • Assistente administrativo (04 vagas): Ensino médio completo. 30 horas semanais com salário de 1.282 reais e 60 centavos;
  • Assistente administrativo de regulação (01 vaga): Ensino superior em qualquer área. 40 horas semanais com vencimento de 2.800 reais;
  • Auxiliar de contabilidade (01 vaga): Ensino superior em ciências contábeis. 40 horas semanais com vencimento de 2.500 reais;
  • Auxiliar de serviços gerais (03 vagas): Alfabetizado. 30 horas semanais com salário de 1.013 reais e 32 centavos;
  • Técnico em enfermagem (02 vagas): Ensino médio com específico de técnico em enfermagem e registro no Coren de Mato Grosso. 30 horas semanais. Salário de 1.230 reais e 50 centavos.

Inscrições

As inscrições podem ser realizadas pelo site: www.w2consultores.com.br e realizar o pagamento da taxa de inscrição (valores entre 35 reais até 70 reais, dependendo do cargo escolhido), sendo que a inscrição só é efetivada após o pagamento do valor, emitido via boleto bancário.

Para aqueles que não possuem internet ou não conseguem realizar sua inscrição, pode comparecer pessoalmente na unidade do CORESS, em Rondonópolis, estado do Mato Grosso, em horário de expediente, de segunda-feira a sexta-feira, respeitando o período de inscrição. O boleto é impresso na hora e o candidato ou candidata pode realizar o pagamento de forma normal.

A isenção da taxa de inscrição só será concedida para aqueles que comprovarem a impossibilidade de arcar com este valor. Beneficiários do Cadastro Único de Programas Sociais do Governo Federal também podem solicitar a isenção no valor da inscrição.

Cronograma

De acordo com o edital, as inscrições abrem no dia 23 de janeiro e se encerram no dia 21 de janeiro. Entre os dias 23 e 25, os candidatos interessados devem manifestar interesse na taxa de inscrição. No dia 29 do mesmo mês, serão divulgados os beneficiados pela isenção.

O dia 22 de fevereiro será o último dia para o pagamento da taxa de inscrição. No dia 26 do mesmo mês será divulgado a relação daqueles que realizaram a inscrição. No dia 28 de fevereiro, será revelado o local da realização de prova escrita,objetiva e de título, com data e horário para a realização da avaliação. Se nada for alterado, o dia 10 de março é reservado para a realização das provas mencionadas. O local será divulgado no dia 28, conforme anunciado.

No dia 11 de março, a partir das 20 horas, o gabarito oficial será divulgado, tanto no website da inscrição, quanto nos murais da Coress, em Rondonópolis. O gabarito definitivo estará à disposição no dia 19 de março.

O resultado classificatório será apresentado no dia 29 de março com aqueles que foram aprovados, na ordem de classificação, contemplando apenas os classificados e excedentes. A homologação acontece em até trinta dias após todas as etapas serem finalizadas.

Validade

Este concurso é válido por dois anos, sendo que há a possibilidade de prorrogação pelo mesmo tempo, caso haja necessidade por parte do Coress.

Extras

Os candidatos podem utilizar seus títulos de nível superior como somatória para a nota. Será exigido do candidato que apresente suas qualificações, sendo que será analisado pela comissão examinadora.

Todas as atribuições devem estar acompanhadas do respectivo histórico escolar.

Por Leandrinho de Souza


Seleção oferece 338 vagas de nível médio e superior.

A Prefeitura de Salvador oferece 338 vagas temporárias para o Carnaval, por meio do processo seletivo REDA – Regime Especial de Direito Administrativo.

As atividades desenvolvidas serão para Secretaria de Desenvolvimento e Urbanismo – SEDR, Secretaria Municipal de Políticas para Mulheres, Infância e Juventude – SPMJ e Secretaria de Promoção Social e Combate à Pobreza – SEMPS.

Os interessados devem acessar o site www.selecaocarnavaledital012019.salvador.ba.gov.br e fazer o pagamento da taxa de inscrição no valor de R$ 10,00 para as vagas de Nível Médio e R$ 15,00 para as vagas de Ensino Superior.

As inscrições terminam às 23h59 do horário local, no dia 22 de janeiro de 2019.

Acompanhe outras informações:

Distribuição das vagas

Educador Social

Vagas: 280

Valor hora normal: R$ 6,61

Requisito: Ensino Médio completo em instituição reconhecida pelo MEC

Atribuições do cargo:

  • Observar os cuidados de higiene pessoal das crianças e adolescentes, como troca de fraldas e banhos, controlar e administrar medicações se for necessário e cuidar da alimentação;

  • Fazer atividades lúdicas, recreação, jogos, brincadeiras e pinturas,com as crianças e adolescentes que foram acolhidos nos centros de convivência;

  • Dar suporte a coordenação para o bem estar das crianças atendidas no Centro de Convivência, de acordo com a demanda.

  • Com a devida orientação de um supervisor, o Educador Social deve cadastrar crianças e adolescentes e também adultos que estejam em situações de risco ou que tenham seus direitos violados. Essa ação de abordagem deve ser feita no percurso da festa e em suas adjacências, em locais previamente identificados por incidências em casos que expõem pessoas a situações de risco.

  • Também é da função do Educador Social realizar ações educativas e conduzir outros procedimentos caso seja necessário, como encaminhar para o Conselho Tutelar ou redes sócio assistenciais assim como demais serviços similares prestados pelo município.

Engenheiro Civil

Número de vagas:12

Requisito: Graduação completa em Engenharia Civil

Valor da hora normal: R$ 27, 58

Atribuições do cargo

  • Autuar, notificar, interditar, embargar e orientar a demolição de qualquer obra, atividade ou evento irregular que coloque risco a segurança de foliões durante a festa ou que não esteja com licença para funcionar durante o Carnaval.

  • Promover vistorias em camarotes, praticáveis ou balcões na região poligonal do Carnaval em todos os seus circuitos, se estendendo também aos bairros que realizem o festejo momesco promovido pelo Município de Salvador

Supervisor de Unidade- Assistente Social (14 vagas), Psicólogo(14) ou Pedagogo (10 vagas)

Requisitos: Diploma de graduação em Serviço Social, Psicologia ou Pedagogia.

Valor da hora normal: 17,62

Atribuições do Cargo:

  • Controlar os formulários e os registros;

  • Supervisionar a equipe composta pelos educadores sociais;

  • Orientar e atender o público alvo relacionado a festa.

  • Supervisionar a execução das atividade planejadas diariamente;

  • Conhecer os procedimentos e normas de Assistência Social.

Coordenador de Unidade Assistente Social, Psicólogo ou Pedagogo

Vagas: 8

Valor Hora Normal: 17,62

Atribuições da função

  • Elaborar planos para atividades diárias;

  • Coordenar a equipe de educadores e supervisores da unidade;

  • Lançar dados no sistema para controle e melhor monitorar o Carnaval 2019

  • Fazer relatórios diários

  • Articular com a rede de serviços que envolvem o Carnaval.

Processo seletivo e documentos para contratação

O processo seletivo consiste apenas de uma etapa referente à avaliação de títulos de forma classificatória.

Os principais documentos que devem ser levados pelos candidatos são:

  • Carteira de Identidade;
  • Pis
  • CPF
  • Carteira de Trabalho
  • Título de Eleitor
  • Comprovante de residência e de que votou na última eleição.
  • Foto 2×4 recente
  • Comprovante de residência do CEP
  • Certificado de alistamento militar para os homens
  • Diploma que certifique a formação e conclusão do curso
  • Certidão negativa de antecedentes criminais
  • Atestado de Saúde Ocupacional
  • Histórico Escolar para função que exige Ensino Médio.
  • Declaração de não ter sofrido, penalidade por prática de improbidade administrativa,
  • Declaração quanto ao exercício de outro emprego ou função pública pensão ou aposentadoria.
  • Declaração de que não foi demitido a bem do serviço público;
  • Carteira do Conselho, quando exigido em legislação, para Nível Superior;

Mais informações: www.selecaocarnavaledital012019.salvador.ba.gov.br

FABÍOLA CUNHA S DE MORAES


Edital de Abertura deve ser publicado até março deste ano.

Estamos no início de mais um ano e para quem pretende prestar concurso público é nesse período que surgem boas oportunidades. Isso acontece principalmente pelo fato de que muitos concursos públicos previstos para serem realizados no ano passado acabaram não se realizando, o que aumentam as chances de mais oportunidades neste primeiro trimestre de 2019.

E por falar em concurso público, a Defensoria Pública do Distrito Federal torna público aos interessados que irá realizar um novo concurso neste ano de 2019.

De acordo com as primeiras informações, o edital de abertura do certame com todas as informações deve ser publicado até o mês de março. De antemão já pode-se afirmar que haverá disponibilidade de vagas para o cargo de Defensor Público.

De acordo com informações da assessoria de imprensa, já está quase tudo certo em relação à organização do concurso, faltando apenas a assinatura contratual entre a DP e a empresa contratada para organizar e executar o certame, que já foi definida, sendo ela o Cebraspe.

Foi confirmado pela CLDF, que é a Câmara Legislativa do Distrito Federal, que o processo de seleção irá disponibilizar o total de 18 vagas. Essa confirmação não ocorreu pelo fato de que foi feita publicação de um documento no diário oficial confirmando a disponibilidade de sete postos para lotação imediata, além de vagas para formação de cadastro de reserva.

Desse modo, diante de tais informações, é sabido que para concorrer a uma das vagas disponíveis o interessado precisa possuir formação completa de curso superior de Direito e ainda possuir registro na Ordem do Advogados do Brasil e dois anos de experiência na área forense.

Um profissonal que atua no cargo de Defensor Público conta com uma remuneração inicial no valor de R$ 22.589,00.

A prática forense é nada mais que o exercício em algum órgão público, seja federal, municipal ou estadual.

Para a organização do concurso foi montada uma comissão composta por membros da DP-DF e que tem como presidente Rita de Castro Hermes Lima. Os outros membros são Rodrigo B. Doin e Evenin Eustáquio de Ávila.

O último concurso público realizado pela DP-DF aconteceu no ano de 2011. Nesta ocasião foram disponibilizadas o total de três vagas para lotação imediata também no cargo de Defensor Público. A empresa contratada para organizar e executar este concurso foi o Cespe/Unb, que agora atua com o nome de Cebraspe.

Os candidatos deste último concurso tiveram que realizar uma prova objetiva composta por 200 questões, sendo estas sobre direito administrativo, direito constitucional, direito penal, direito civil, direito processual penal, direito empresarial, direito do consumidor, direito processual civil, direitos coletivos e difusos, direito da criança e adolescente, direito tributário, direitos humanos, direito previdenciário por último, organização e princípios institucionais da Defensoria Pública e da DP do Distrito Federal.

Os candidatos ainda tiveram que realizar prova discursiva, avalições orais e avaliação de títulos.

Em relação a prova dissertativa, foi cobrado uma peça processual e ainda quatro questões sobre direito administrativo, direito constitucional, direito penal, direitos humanos, direito processual penal. Na segunda etapa, as questões foram sobre direito empresarial, direito civil, direito do consumidor, direito empresarial, direito da criança e do adolescente e direitos difusos e coletivos.

Nesse sentido, se você possui interesse em realizar este concurso público, a recomendação é de que os estudos preparatórios já sejam iniciados, visto que assim que o contrato entre as partes for assinado, o edital de abertura será publicado e uma data definida para a realização das provas. Dessa forma, para se preparar os pré-candidatos podem verificar o edital do último concurso e assim conhecerem os conteúdos geralmente cobrados.

Não perca essa excelente oportunidade. Aguarde pelo edital no mês de março.

Ana Paula


Seleção deve contar com 2 mil vagas.

Quem se encontra em situação de desemprego já sabe bem como está difícil conseguir uma nova oportunidade de trabalho. O mesmo acontece com quem procura o primeiro emprego. Esta situação complicada se deve ao fato de o país desde o ano de 2016 estar passando por uma difícil crise econômica, que acabou atingindo vários setores, fato que contribuiu de forma direta para o aumento de pessoas desempregadas em todo o páis. Porém, estamos começando um ano novo e assim a expectativas é de que as oportunidades de trabalho deste ano sejam maiores que a do ano que terminou recentemente.

Mas para quem reside em Belo Horizonte e região e que busca por uma nova colocação no mercado de trabalho, algumas oportunidades já começam a surgir. Se você se encontra nesta situação e se interessou, continue a ler este artigo e saiba desta novidade que poderá agradar a muitas pessoas da capital de Minas Gerais.

Pois bem, as boas notícias vieram da Prefeitura Municipal de Belo Horizonte, que está organizando um novo concurso público, com a oferta de um considerável número de vagas.

De acordo com as informações mais recentes, a Prefeitura de BH está organizando um certame para o provimento de 2 mil vagas para o cargo de Guarda Municipal.

O concurso já recebeu autorização e no momento se encontra na fase de elaboração do edital de abertura, que deve conter todas as informações necessárias sobre a seleção.

Diante disso, considerando as informações atuais, é grande a expectativa de que este edital no mais breve possível seja publicado. Sendo que para que o público interessado tenha acesso ao documento faltam ajustar alguns detalhes, o que já está sendo realizado pela empresa contratada para organizar e executar o certame.

E por falar em empresa organizadora, o contrato foi assinado com a Fundação Guimarães Rosa, que atua na promoção de processos seletivos e concursos públicos em geral.

Como já foi dito anteriormente, serão disponibilizadas um total de 2 mil vagas, contudo, 500 delas são para lotação imediata e as restantes (1.500) são para a formação de cadastro de reserva da prefeitura para o cargo em questão.

Quem estiver interessado em realizar este concurso e assim concorrer a uma das 2 mil vagas precisa ser maior de idade e possuir formação completa de ensino médio.

Inicialmente um guarda municipal possui uma remuneração no valor de R$ 2.801,29, valor este que já tem incluso uma gratificação por razão de disponibilidade integral, que possui o valor de R$ 271,09, além de adicional por exercer atividade que oferece risco, cujo valor é R$ 722,91.

Além disso, os selecionados no concurso ainda poderão contar com outros benefícios, entre eles temos vale-refeição, vale-lanche, vale-alimentação e bonificação pelo cumprimento de metas, apresentação de resultados e de indicadores.

Segundo as informações o projeto básico deste concurso, pela banca, a seleção dos novos guardas irá contar com a realização em cinco fases, o que inclui realização de provas objetivas, análise de títulos, testes de aptidão física, avaliação da vida social e na última fase avaliação psicológica.

A prova objetiva será composta por 50 questões, sendo dez de conteúdos de língua portuguesa, 20 sobre legislação, 5 sobre noções de informática, 8 sobre geografia urbana e as 7 últimas são sobre a história do município de Belo Horizonte.

Na prova de aptidão física, os candidatos terão que realizar exercícios como corrida de 400 metros, flexão abdominal, barra horizontal estática para candidatas mulheres e para homens e barra horizontal.

O último concurso público realizado pela prefeitura de BH para o cargo de guarda municipal aconteceu no ano de 2009. Na época foram disponibilizadas 600 oportunidades.

Se você possui interesse em realizar este concurso, esteja sempre atualizado acessando o site da prefeitura de BH, assim como o site da empresa organizadora.

Sirlene Montes


Seleção oferta 1.123 vagas na área de Educação.

Na Região Norte do Brasil, um novo processo seletivo de caráter público está oficialmente aberto, neste início de 2019.

Trata-se de evento promovido no Estado do Pará, no município de Belém, Capital do Estado, cujo período de inscrições iniciou a partir de dois editais para o novo certame simplificado, com meta de preencher, somando os dois documentos, em torno de 1.123 postos de trabalho temporários, destinados às funções públicas em todos os níveis de formação escolar. As remunerações atingem o valor de 6.953,87 reais.

O edital I apresenta um número de 1.002 vagas disponíveis no órgão da Secretaria Municipal de Educação, SEMEC, das quais 827 são de imediato preenchimento e mais 175 vagas para a formação do cadastro reserva de pessoas. O edital II apresenta um número de 121 oportunidades de vagas para o departamento da Fundação Centro de Referência em Educação Ambiental, Escola Bosque Professor Eidorfe Moreira.

Todas as pessoas interessadas em participar deste certame deverão cadastrar-se no próprio site da Prefeitura de Belém: www.belem.pa.gov.br. Para este processo de seleção não será cobrado qualquer tipo de taxa de participação. O período para inscrições inicia a partir do dia 20 de janeiro, no SEMEC, Escola Bosque.

Este processo seletivo abrange as seguintes etapas: inicia por meio da análise curricular, que será de caráter eliminatório e classificatório; seguida da comprovação dos dados registrados na inscrição, de caráter apenas eliminatório; finaliza com a entrevista, destinada somente para candidatos com nível superior, de caráter eliminatório e classificatório.

A distribuição das vagas, conforme a classe dos candidatos, segue o seguinte critério:

Os candidatos com ensino fundamental poderão concorrer ao cargo de agente de portaria, com 150 vagas; cargo de agente de serviços gerais, com 233 vagas; cargo de merendeiro, com 160 vagas e para o cargo de motorista, com 42.

Os candidatos com ensino médio poderão concorrer ao cargo de assistente administrativo, com 12 vagas e ao cargo de assistente escolar, com 10 vagas, mais 90 de cadastro reserva.

Os candidatos com nível superior poderão concorrer aos seguintes cargos:

De administrador, 4 vagas; de analista de comunicação social em relações públicas, uma vaga; de analista de sistema da informação, 4 vagas; de analista de tecnologia da informação, 4 vagas; de arquiteto, duas vagas; de bibliotecário, 3 vagas; de contador, 6 vagas; de estatístico, duas vagas; de engenheiro civil, 5 vagas; de engenheiro elétrico, duas vagas; de fisioterapeuta, duas vagas; de jornalista, 3 vagas; de psicólogo, 3 vagas de tecnólogo em gestão de recursos humanos, 3 vagas; de terapeuta ocupacional, uma vaga; de técnico pedagógico, 15 vagas mais 15 de CR e de professor nas disciplinas de ciências, 20 vagas; de artes, 14 vagas; de educação física, 25 vagas; de ensino religioso, 5 vagas; de filosofia, uma vaga; de geografia são 10 vagas; de história 7 vagas; de inglês, 17 vagas; de matemática, 17 vagas; de português, 19 vagas; de sociologia, 4 vagas; de educação infantil e os anos iniciais do ensino fundamental, 21 vagas mais de 70 CR.

As remunerações iniciais, pagas pela SEMEC estão entre 1.398,62 e 3.931,43 reais.

Na Escola Bosque estão sendo disponibilizadas vagas para candidatos com ensino fundamental, destinadas às funções de agente de portaria, 23 vagas; de eletricista, uma vaga; de soldador, uma vaga; de pedreiro, uma vaga; de agente de serviços gerais, 3 vagas; de merendeira, duas vagas; de auxiliar administrativo, 36 vagas e de motorista, 4 vagas.

Para candidatos com ensino médio, no cargo de assistente administrativo, com uma vaga. Para os candidatos com nível superior são vagas nos seguintes cargos:

De assistente social, uma vaga; de engenheiro agrônomo, uma vaga; de pedagogo, 5 vagas e professor nas áreas de educação física, 4 vagas de educação especial, uma vaga; de engenheiro de pesca, uma vaga; de história, duas vagas; de inglês, duas vagas; de letras, duas vagas; de matemática, duas vagas e nas séries iniciais, 28 vagas.

Os salários pagos pela Escola Bosque estão entre 1.723,31 e 6.953,87 reais.

Paulo Henrique dos Santos


Comissão do Concurso deve ser formada nos próximos dias.

Já estamos no mês de janeiro de 2019 e muitas pessoas aguardam pela abertura de novos concursos públicos para assim terem a chance de conseguir um trabalho que ofereça estabilidade e segurança. Pois bem, informações mais recentes apontam que o TCE do estado de Goiás está planejando realizar um novo concurso. Quer saber mais sobre esta oportunidade? Então continue lendo o artigo e fique por dentro de tudo.

É isso mesmo, o TCE –GO já deu inícios aos preparativos para poder realizar um novo certame. O primeiro passo deste processo se realizou nesta última quarta-feira, dia 16 do mês de janeiro. Dia este em que Celmar Rech, que é o atual presidente do órgão, assinou oficialmente a portaria de número 25/2019, que determina a constituição de uma comissão que se tornará responsável pelo processo de seleção de novos servidores para o órgão.

Dessa forma, uma vez definida esta comissão, esta agora fica responsável para iniciar os preparativos para o concurso, sendo o primeiro passo a realização de levantamentos das necessidades que o órgão possui.

Dessa forma, após estes levantamentos será possível a definição do quantitativo de vagas a serem disponibilizadas no certame, assim como os cargos que irão oferecer oportunidades. Também será possível fazer uma previsão segura de uma data para publicação do edital de abertura e do período designado para realização das inscrições.

Segundo algumas informações cedidas pelo órgão, há a previsão de que estes estudos chamados de preliminares possam ser concluídos em um prazo de no máximo 45 dias, com a possibilidade de que haja uma prorrogação.

Como já foi dito anteriormente, a comissão responsável pelo concurso já foi formada e tem como presidente Flávio Rodrigues, que atua como conselheiro substituto do órgão. Além dele, ainda fazem parte da comissão Cláudia de Melo Queiroz, Ana Tereza E. Siqueira, Vitor Gobato e Bruno B. Carvalho Luz, todos servidores do órgão.

O último concurso público realizado pelo Tribunal de Contas do Estado de Goiás aconteceu no ano de 2014. Na ocasião foram disponibilizadas um total de 55 oportunidades, sendo elas para os cargos de Carreira de Analista de Controle Externo.

Os candidatos deste concurso precisavam possuir formação de nível superior completa, independente da área. O salário oferecido para este cargo na ocasião do concurso era no valor inicial de R$ 7.018,03. A empresa contratada para organizar e executar este concurso na época foi a Fundação Carlos Chagas, muito conhecida na área de organização de processos seletivos e concurso públicos em geral.

Ainda não se pode afirmar com precisão uma data para realização deste concurso, porém, os interessados podem ter certeza que este concurso será realmente realizado e se tudo ocorrer conforme o previsto ainda neste primeiro trimestre de 2019 novas informações devem surgir, inclusive a publicação do edital de abertura.

Nesse sentido, quem estiver interessado em prestar este concurso e se tornar um servidor do Tribunal de Contas do Estado de Goiás já pode começar a se preparar pois em razão da expectativa que existe sobre este concurso e pelo valor da remuneração paga a seus servidores, é provável que as vagas a serem disponibilizadas sejam bastante concorridas, o que se deve à atual situação do páis, que em razão de uma forte crise econômica teve o seu número de pessoas em situação de desemprego aumentado e que busca por oportunidades de trabalho que ofereçam estabilidade e segurança financeira. Sem falar que geralemnte os concursos públicos da área de tribunais são sempre muito concorridos.

Dessa forma, a recomendação é que os interessados já comecem a se preparar para a realização deste concurso. Para isso, podem recorrer a editais de concursos passados e verificar os conteúdos geralmente cobrados.

Sirlene Montes


Seleção deverá ofertar mais de 1.800 vagas.

Como a esperança é a última que morre, resta aos concurseiros, aguardar a boa vontade do Ministério do Planejamento na liberação de um novo concurso para o preenchimento de mais de 1.888 vagas distribuídas entre técnico e analista do Ibama.

As vagas poderão ser concorridas por candidatos que tenham o ensino médio e superior.

O Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis (IBAMA), já havia solicitado ao MPOG, o pedido de abertura de um novo concurso em 2017, motivado pela falta de funcionários em diversos setores do órgão.

Contudo, o Governo Federal continua postergando a liberação de um novo edital, priorizando outras áreas que segundo ele, são mais importantes e portanto mais urgentes.

A esperança é que o presidente eleito em 2019, Jair Bolsonaro, priorize o instituto responsável pelo meio ambiente.

Todavia, um aval presidencial em início de governo será um pouco difícil, já que a equipe de Bolsonaro pretende “enxugar” radicalmente a máquina pública.

Pelo que tudo indica, concursos destinados a segurança pública serão primeiramente priorizados no novo governo, para aí então, entrarem em pauta os outros, considerados de menor relevância.

Salário de Peso

Voltando ao Ibama, as vagas disponibilizadas serão:

  • Técnico Administrativo;
  • Total vagas (759);
  • Exigência (ensino médio);
  • Salário (R$ 4.408,94) nesse valor já está incluso R$ 458,00 de vale alimentação.
  • Analista Ambiental;
  • Total vagas (832);
  • Exigência (ensino superior);
  • Salário (R$ 9.389,84) esse valor já inclui os benefícios.
  • Analista Administrativo;
  • Total vagas (297);
  • Exigência (ensino superior);
  • Salário (R$ 9.389,84) esse valor já inclui os benefícios.

Urgência

O déficit de funcionários no Ibama é preocupante.

Apenas a área de fiscalização necessita de pelo menos 1.000 servidores.

Existe ainda, a falta de pessoal para trabalhar em áreas de licenciamento ambiental.

Para piorar mais as coisas, e sem concurso em validade, o Ibama não tem nem mesmo um cadastro reserva para a convocação imediata de candidatos disponíveis.

Os concursos para o preenchimento de vagas para técnico administrativo, analista ambiental e analista administrativo foram realizados somente nos anos de 2012, 2013 e 2014.

A banca realizadora desses concursos anteriores foi o CEBRASPE, antigo CESPE/UNB, e talvez uma das bancas mais temidas por concurseiros de todo o Brasil.

Por esse motivo, o ideal é ir se preparando antecipadamente até a tão esperada liberação oficial do concurso.

Pelo que tudo indica, há tempo de sobra para estudar e se preparar apropriadamente, lembre-se que o CESPE pega pesado quando o assunto é concurso, e ele cobrará todas as disciplinas com intensidade.

Outro detalhe é que o CESPE gosta de trabalhar com questões que envolvem duas alternativas apenas, ou seja, certo ou errado, além disso, cada alternativa respondida erroneamente cancela um resposta correta, fazendo com que você perca pontos preciosos num concurso tão concorrido como o do Ibama.

As provas anteriores cobravam matérias como Língua Portuguesa, Noções de Informática, Legislação, Ética no Serviço Público, Noções de Direito Constitucional e Noções de Direito Administrativo.

Uma dica preciosa para quem quer estudar e não possui dinheiro suficiente para pagar um curso mais intensivo é assistir às vídeoaulas que são disponibilizadas no Youtube gratuitamente, onde você poderá estudar as matérias escolhidas.

As aulas são de fácil compreensão, e explicadas passo a passo, se você tiver alguma dúvida ainda tem a vantagem de voltar o vídeo e rever a explicação novamente, algo que não acontece com frequência em cursinhos.

Existe ainda a opção das apostilas digitais, que podem ser baixadas gratuitamente em alguns sites, no entanto em outros é cobrado um valor bem camarada para que você possa baixá-la no formato PDF.

Agora, se nenhuma das alternativas funcionou, então procure um professor particular, de preferência, um que tenha alguma experiência em matérias de concurso público.

Desejo-lhe boa sorte e muita paciência.

Por: defilho


Certame oferta 27 vagas e as inscrições poderão ser realizadas até o dia 4 de fevereiro de 2019.

Novas oportunidades de empregos temporários estão sendo abertas na Região Centro-Oeste do Brasil. São oportunidades de emprego em oferta neste início de ano.

Deste modo, no Estado de Goiás, por meio da Prefeitura Municipal da cidade Goiás, está oficialmente aberto o período para cadastro de inscrição no novo processo de recrutamento simplificado, destinado ao preenchimento de 27 postos de trabalho temporários.

As vagas serão destinadas para atuação na área da assistência social, em conjunto com o órgão do Serviço de Convivência e de Fortalecimento de Vínculos, ou SCFV; o PAIF; a Equipe Volante do Centro de Referência e de Assistência Social, ou CRAS; a Equipe do Centro de Referência Especializada para Assistência Social, o CREAS; o Programa Bolsa Família, ou PBF; ou Programa Acessuas Trabalho e o Programa Primeira Infância do SUAS.

Todas as pessoas que possuam diploma de ensino médio poderão cadastrar inscrição para a função de operador de sistemas; para a função de técnico de apoio; para a função de orientador social e de visitadoras. Os valores das remunerações estão entre 1.300 e 1.500 reais.

Todas as pessoas que possuam diploma de nível superior poderão cadastrar inscrição para cargos na função de assistente social; na função de psicólogo; de técnico de referência; na função de advogado; de coordenador e na função de supervisor. Neste caso, os valores das remunerações estão entre 2.000 e 2.500 reais.

Este mesmo processo de recrutamento promovido pela Prefeitura da cidade Goiás, Estado de Goiás, seguirá o seguinte itinerário:

O período de inscrições se estenderá até o dia 4 do mês de fevereiro de 2019, dentro do horário estabelecido entre às 7h30 e às 11h e entre às 13h e às 17h30, na própria sede da Secretaria Municipal de Assistência Social, do Trabalho e de Habitação, localizada no seguinte endereço: na Rua Dr. Neto, Centro de Goiás/GO.

Este é um dos melhores processos de seleção para vagas temporárias em aberto naquela região. Com o início do novo governo, com a abertura de maiores perspectivas de melhora da economia nacional e com a renovação de servidores em cada Estado da União, esta pode ser uma chance de se conquistar um cargo efetivo no Estado.

Este processo de recrutamento simplificado seguirá o seguinte critério:

Serão realizadas duas fases de seleção de candidatos, iniciando pela necessária análise curricular e sobre os títulos, de caráter apenas classificatório; seguida da entrevista, que será de caráter classificatório e eliminatório. Portanto, todo candidato deverá atualizar seu currículo.

A partir do dia 11 do mês de fevereiro de 2019. será devidamente publicada a relação oficial e definitiva de todos os candidatos classificados na entrevista final. Este mesmo resultado final deverá ser divulgado a partir do dia 25 de fevereiro. Deste modo, todos os candidatos deverão manter-se muito atentos com as datas que compõem as sequência de etapas deste processo de seleção.

Observação importante: todo futuro candidato poderá e deverá acompanhar, por meio do site oficial da Prefeitura de Goiás, todas as atualizações publicadas: www.prefeituradegoias.go.gov.br. Portanto, todas as publicações ou as divulgações de atos pertinentes a este novo processo seletivo deverão ser assimilados.

Sumarizando as informações essenciais:

Este é o novo processo seletivo promovido pela Prefeitura de Goiás, Estado de Goiás, que está recebendo inscrições para o preenchimento de 27 vagas. Estas ofertas, que compreendem o processo seletivo da Prefeitura de Goiás, consistem em postos de trabalho temporários, destinados à atuação no setor de assistência social. O prazo de inscrições se estenderá até o dia 4 do mês de fevereiro de 2019.

Paulo Henrique dos Santos


Seleção deverá ofertar cerca de 289 vagas.

Muitas pessoas que residem no Distrito Federal desde o ano passado vêm aguardando pela abertura de novos concursos públicos, em especial ao concurso público do DER, que estava previsto para ser realizado ainda em 2018, porém, não aconteceu. Agora as expectativas foram transferidas para o ano de 2019 e a previsão é de que ele possa ser realizado ainda no segundo semestre deste ano. Continue lendo este artigo e saiba de todas as informações sobre o certame.

O DER-DF, que é o Departamento de Estradas e Rodovias, pretende realizar um novo concurso público. Um documento que solicitava a sua autorização foi enviado ao MP no ano passado, porém, não houve sucesso quanto a sua autorização. Mas, como já se passaram anos desde o último processo de seleção de novos servidores para o órgão, é bem provável que não passe do ano de 2019.

O governador do Distrito Federal, Ibanes Rocha, sancionou no último dia 10 deste mês de janeiro uma lei que faz uma estimativa da receita deste ano e tenta fixar o valor da despesa total do Distrito Federal para este ano. Dessa forma, uma vez já sancionado este orçamento, as pessoas aguardam que os gastos com esse concurso já estejam incluídos e ele possa finalmente ser realizado.

No documento enviado ao MP como solicitação de autorização constavam um total de 289 vagas. Sendo que deste total haverá oportunidades para pessoas com formação de nível médio e também para pessoas com formação de nível superior.

Se o concurso previsto para este ano for autorizado e esse quantitativo de vagas mantido, é possível prever, de acordo com o documento original, que 54 vagas são para postos de trabalho que exigem formação de nível médio completa. Por sua vez as restantes 235 oportunidades são para postos que exigem formação de nível superior (independente da área). Os salários podem chegar ao valor de R$ 3.166,72, a depender do cargo em questão.

Com a lei orçamentária já definida para 2019, a expectativa é de que este concurso seja realizado no segundo semestre. Contudo, ainda não se pode afirmar com precisão o quantitativo definitivo de vagas a serem disponibilizadas, uma ve que o MP pode fazer modificações conforme suas condições.

Como muitos ainda não sabem, o DER vem passando por um processo de reestruturação na sua parte admnistrativa e uma lei publicada no dia 21 do mês de novembro do ano passado moficicou a nomenclatura de alguns cargos no órgão.

Os candidatos com ensino médio poderão se inscrever para concorrer a vagas no posto de agente rodoviário de gestão e de fiscaliação rodoviária. Para esta função o salário inicial previsto é no valor de R$ 1.704,17.

Já os candidatos com nível superior completo poderão concorrer a vagas nos postos de Especialista de Gestão e de Fiscalização, nome que substitui o cargo de analista de atividades rodoviárias, que possui uma remuneração inicial no valor de R$ 3.166,72; Temos também o cargo de Analista de gestão e de fiscalização rodoviária, nome que substitui o cargo de técnico de atividades rodoviárias, que possui uma remuneração inicial de R$ 2.340; E por último, vagas no posto de Agente de trânsito rodoviário, que manteve a mesma nomenclatura e que tem como salário o valor de R$ 2.348,19.

Segundo a nova legislação, os próximos concursos públicos que venham a ser realizados devem contar com aplicação de provas escritas, exames psicológicos, como psicotécnico, testes para avaliação de capacitação física e investigação da vida pregressa.

O último concurso público realizado pelo DER ofereceu para concorrência um total de 221 oportunidades e ainda contou com formação do cadastro de reservas. O Instituto Cetro foi a empresa contratada para organizar e executar o certame.

Fique atento à novas informações.

Sirlene Montes


Inscrições até o dia 3 de fevereiro de 2019.

A Secretaria de Educação de Fortaleza, no estado do Ceará, através da Prefeitura de Fortaleza, abriu processo seletivo para a contratação de professores para vagas de preenchimento imediato e cadastro reserva. Os profissionais atuarão na Educação Intanfil e Ensino Fundamental, com vencimentos iniciais em R$ 4.534,64.

O edital, lançado pela secretaria, informa que das 92 vagas disponíveis, 14 são para contratação imediata e outras 78 para cadastro reserva, que podem ser preenchidas por aqueles que possuírem formação em mestrado e doutorado em educação e aqueles que possuírem formação ou estão cursando especialização na área de educação ou continuada.

O processo seletivo tem validade de um ano, podendo ser prorrogado por mais um ano, apenas uma única vez.

Cronograma

De acordo com o cronograma previsto em edital, a solicitação da inscrição pela internet segue até o dia 03 de fevereiro. O resultado das inscrições com os selecionados na primeira etapa acontece até o dia 11 de fevereiro, com entrega dos títulos e experiência profissional nos dias 12 e 13 de fevereiro. A prova didática acontecerá no dia 23 de fevereiro, com resultado e homologação final no dia 28 de fevereiro.

Vagas

Para os formadores dos anos iniciais do ensino fundamental, são exigidos os seguintes requisitos: graduação em pedagogia ou letras e experiência mínima de dois anos nos anos iniciais do ensino fundamental, comprovada por declaração ou certidão.

Já para os formadores da educação infantil, são exigidos os seguintes requisitos: graduação em letras ou pedagogia e experiência profissional de dois anos na área, comprovada por declaração ou certidão.

Temas da prova

O edital também divulgou o conteúdo do tema das provas que serão aplicadas no dia 23 do próximo mês.

Ensino infantil: A história da infância e da educação infantil no Brasil; organização curricular na educação infantil; legislação da educação infantil no Brasil; o cuidar e educar nas instituições de educação infantil; as contribuições de Piaget, Vygotsky e Wallon para a educação infantil; as brincadeiras na educação infantil; as cem linguagens da criança e o papel do professor da educação infantil; oralidade, leitura e escrita na educação infantil: alternativas teóricas e práticas; literatura infantil e as práticas pedagógicas com as implicações para o desenvolvimento infantil e os instrumentos metodológicos na educação infantil: planejamento, registro, observação e avaliação.

Anos iniciais do ensino fundamental: O ensino da oralidade para os alunos dos anos iniciais do ensino fundamental; leitura: formando leitores críticos; estratégias metodológicas para o ensino e aprendizagem da matemática; produção de textos escritos nos anos iniciais do ensino fundamental; a importância da literatura infantil no processo de formação de leitores e a resolução dos problemas nos anos iniciais do ensino fundamental.

Carga horária

Os selecionados na formação da educação infantil terão uma carga horária de quarenta horas na rede municipal de ensino, participando das reuniões, estudos e encontros, além de participar da formação em educação infantil com presença mínima de 75 por cento. Durante o ano letivo, a secretaria exigirá deste profissional relatórios e exigirá que o selecionado esteja sempre atualizado.

Os selecionados para o cargo de formador de anos iniciais do ensino fundamental trabalhará na formação dos profissionais dos anos iniciais e realizará o acompanhamento psicológico, com o compromisso da política de alfabetização, incentivando a participação dos professores e realizar as atividades pertinentes a sua função.

Inscrições

Os interessados deverão desembolsar a quantia de 110 reais como taxa de inscrição e realiza-la pelo site http://concursos.fortaleza.ce.gov.br. Além da carga horária e do salário, os selecionados receberão um auxílio transporte e refeição, fornecidos pela Prefeitura Municipal de Fortaleza. No site, o candidato ou candidata poderá ter acesso ao PDF do edital e assim consultar informações mais detalhadas sobre este processo seletivo.

Por Leandrinho de Souza


Salários chegam a R$ 28 mil.

Inicia no dia 18 de janeiro e segue até o dia 18 de fevereiro, as inscrições para concurso de juiz substituto de tribunal. Promovido pelo TJSC – Tribunal de Justiça de Santa Catarina. São cinco vagas com salário de R$ 28.883,98.

De acordo com o edital divulgado pelo Tribunal de Justiça, das cinco vagas disponíveis, três são destinadas à ampla concorrência, uma para candidatos com deficiência e uma reservada a candidatos negros, obedecendo resoluções do CNJ – Conselho Nacional de Justiça.

A seleção será em 5 etapas: a primeira sendo uma prova objetiva seletiva de caráter classificatório; a segunda etapa dividida em duas provas, sendo uma discursiva e outra prática de sentença cível e criminal. A terceira fase abrange sindicância de vida pregressa, exames de sanidade física e mental e exame psicotécnico. A quarta etapa é uma prova oral e a quinta e última a avaliação de títulos.

Requisitos

Os cinco cargos estão disponíveis para aqueles que possuem bacharelado em direito com diploma em faculdade reconhecida pelo MEC – Ministério da Educação. Segundo o edital, o tempo mínimo de bacharelado em direito é de três anos. Também será requerido comprovação de tempo exercido na profissão, sendo o mínimo de doze meses. No ato da posse, o candidato deve possuir mais de 21 anos e menos de 65 anos.

Inscrições

As inscrições deverão ser feitas no website: http://www.cespe.unb.br/concursos/tj_sc_19_juiz/, sendo que a taxa de inscrição é de R$ 280,00, sendo estas exclusivas pela internet. Aos que desejam solicitar a isenção da taxa de inscrição, os seguintes quesitos devem ser obedecidos: ser membro de família de baixa renda, doador de sangue ou medula óssea, estar inscrito no cadastro único de programas do Governo Federal ou ser portador de deficiência com renda mensal de até dois salários mínimos.

Questões e áreas de conhecimento

A primeira etapa consiste em três blocos: o primeiro e terceiro com trinta questões e o segundo com quarenta questões. No primeiro bloco, o candidato deverá possuir conhecimento em direito civil, processual civil, direito do consumidor e da criança e adolescente. No segundo, serão exigidos conhecimentos em direito penal e processual penal, além de direito constitucional e eleitoral. O último bloco exige conhecimentos em direito empresarial, tributário, ambiental e administrativo.

A segunda etapa consiste de cinco questões na parte discursiva e três na prática de sentença. Nesta etapa, serão exigidos conhecimentos e noções gerais de direito e formação humanística.

As outras etapas consistem em fases eliminatórias e classificatórias.

Materiais permitidos e proibidos

Os candidatos poderão utilizar materiais de legislação não comentada, códigos, decretos, resoluções, instruções normativas, portarias, índices remissivos, regimento interno, leis de introdução e exposições de códigos.

Já os materiais proibidos abrangem os seguintes itens: códigos comentados, anotações pessoais, súmulas, enunciados, jurisprudências, informativos de tribunais, orientações jurisprudenciais, cópias reprográficas, revistas, livros de doutrina, cópias obtidas na internet, computador ou equipamento similar.

TJSC

O Tribunal de Justiça possui em seu quadro cerca de 64 desembargadores, sendo que estes analisam os processos que são destinados para a primeira instância. Possui também a segunda instância. A estrutura judiciária em Santa Catarina é complexa, composta por tribunal onde os membros são convocados através de sessão extraordinária, órgão especial composto por 25 membros, seção criminal, câmaras civis e conselho da magistratura.

A criação do tribunal vem de encontro a 1889, obedecendo a constituição daquela época. O judiciário faz parte dos três poderes, sendo eles: executivo, legislativo e judiciário. A primeira sede do judiciário em Santa Catarina remonta o ano de 1891, com a casa da câmara. Mais adiante, novas instalações foram moldando o que é hoje a sede do TJSC na capital, em Florianópolis.

Por Leandrinho de Souza


Veja aqui mais detalhes sobre o novo concurso do MP-SP 2019.

O edital do concurso público do Ministério Público de São Paulo (MP-SP) está previsto e a expectativa é que o documento seja divulgado nos próximos dias. O concurso MP-SP deve oferecer 52 vagas e a remuneração inicial mais de R$ 3 mil. Que tal aproveitar a oportunidade e começar os seus estudos?

A organizadora do concurso MP-SE será a Fundação VUNESP e o Órgão vai oferecer nada menos que 52 vagas, que serão distribuídas entre várias áreas. Para concorrer, é necessário ter nível fundamental.

Concurso MP-SP: vagas

O concurso MP-SP vai oferecer 52 vagas, sendo 28 para diversas áreas de atuação e 24 para o setor administrativo. A remuneração inicial é de R$ 3.765,13. Neste valor, já está incluso o auxílio benefício que é de R$ 910,00.

Em relação às vagas de administrativo, 24 são para várias regiões de São Paulo e para a capital o certame vai oferecer cadastro reserva. Uma das oportunidades é para a área de auxiliar, que vai abranger as funções de encanador, eletricista, pedreiro, marceneiro, serralheiro e pintor.

A área de auxiliar terá um total de 28 vagas, sendo 20 destinadas à primeira região administrativa, que inclui São Paulo ( capital) , Vale do Ribeira, Santos e também Grande São Paulo.

Serão 8 vagas para o cargo de eletricista e uma de encanador para cada uma das outras áreas regionais de São Paulo. A segunda região é formada por Taubaté e Campinas, a terceira composta por Piracicaba e Sorocaba, a quarta por Bauru, Araçatuba e também Presidente Prudente, e a quinta é composta por São José do Rio Preto, Ribeirão Preto e Franca.

Sobre o último concurso para auxiliar MP-SP

O último certame ocorreu no ano de 2014 e foram oferecidas 37 vagas na área administrativa. No total, participaram da seleção 54.793 candidatos e o concurso MP-SP foi composto por provas objetivas.

As provas tinham 60 questões, sendo 25 de português, 20 de conhecimentos gerais e 15 de matemática. A parte de conhecimentos gerais teve duas questões sobre legislação, 6 de atualidades, 6 de geografia, além de 6 de história.

A organizadora do último concurso MP-SP também foi a Fundação VUNESP.

Como estudar para o concurso MP-SP?

– A expectativa é que o edital seja divulgado nas próximas semanas, por isso, o interessado deve começar a sua preparação o quanto antes.

– Por meio do último edital, faça um planejamento dos seus estudos incluindo as disciplinas que foram cobradas. Organize a sua rotina e monte um cronograma para se organizar e manter o foco no seu objetivo.

– Invista em materiais atualizados e que sejam específicos de acordo com o concurso MP-SP. Lembre-se de que no mercado existem apostilas desatualizadas. Pesquise antes de comprar.

– Defina os seus horários de estudo no dia e as disciplinas que serão vistas. Durante os seus estudos, preocupe-se em aprender e absorver o conteúdo. É a sua concentração que fará a diferença, para que você possa compreender o assunto cobrado.

– Não perca tempo se comparando com outras pessoas. O segredo é a constância nos estudos dia após dia. Priorize a qualidade e não a quantidade.

– Faça resoluções exaustivas da Fundação VUNESP para conhecer o estilo da prova, a forma de cobrança e os tipos de assuntos mais cobrados.

– O edital foi divulgado? Refaça o seu planejamento e coloque foco total. Queira ser aprovado e dê o seu melhor para conseguir os resultados que deseja.

– Estude acreditando no seu potencial e na sua capacidade de fazer dar certo. Confie em si mesmo e faça a sua parte para colher os resultados. Lembre-se de que tudo só depende de você e do seu esforço.

Você vai começar a estudar para o concurso MP-SP? Deixe o seu comentário e compartilhe a notícia nas suas redes sociais.

Por Babi


Documento poderá ser publicado até abril deste ano.

Muita atenção para quem está no aguardo de novas informações sobre o novo concurso público da Secretaria da Fazenda do Distrito Federal, a Sefaz DF. Isso porque, ao que tudo indica, a publicação oficial do edital para a abertura das inscrições poderá ocorrer já na próxima quinta-feira, dia 17 de janeiro.

Conforme o edital referente à licitação da escolha da banca organizadora, a liberação referente ao documento deverá ser realizado dentro de um prazo máximo de 30 dias, contando da assinatura de contrato com a empresa responsável. A assinatura foi realizada em 17 de dezembro, oficializando na ocasião o Cebraspe como a empresa responsável.

É importante lembrar também que a Secretaria de Planejamento, Orçamento e Gestão, a Seplag DF, fez uma divulgação em 4 de outubro de 2018 sobre a resolução 2, que acaba por prorrogar por outros 180 dias o prazo total para que o documento tenha a sua liberação. Com isso, o prazo iria até abril de 2019.

Edital de Licitação

Independente da assinatura ou não do contrato na próxima quinta-feira, espera-se e se aposta que a mesma seja dada já antes do final deste prazo. Por isso, quem está em preparativos para a sua realização, já pode continuar focado nos estudos, já que o edital de licitação já possui uma definição sobre a realização do processo de seleção.O mesmo documento também possui um cronograma preliminar para o certame, estabelecendo a publicação de edital para as inscrições em um período de 30 dias, esse sendo contado a partir da assinatura de contrato da banca. Sendo assim, tudo indica que o mesmo terá a liberação antes do prazo que foi estipulado pela Seplag DF.

Ainda, a aplicação das provas se dará em 90 dias, contados esses a partir da data oficial da publicação de edital. Já o resultado dessa prova objetiva e da convocação para a próxima fase deverá ter a liberação em 20 dias após a liberação da lista dos aprovados na primeira etapa.

Por fim, a lista dos aprovados acontecerá 30 dias contando a aplicação dessa segunda fase.

Sobre as vagas do concurso da Sefaz DF

De acordo com informações oficiais, a seleção contará com um total de 120 oportunidades, sendo dessas 80 para a formação de cadastro reserva de pessoas e outras 40 para preenchimento e contratação imediata.

Quem quiser concorrer, precisa ter formação em curso e nível superior, independente da área de formação. A remuneração das vagas é de R$ 12.296, sendo que esse valor pode chegar a até R$ 19.173 para quem for servidor veterano com 15 anos de exercício.

Sobre o processo de seleção da Sefaz DF

Segundo o edital da licitação, o certame contará com duas provas. A primeira é de caráter objetivo com 160 questões, sendo dessas 80 sobre conhecimentos específicos e 80 de conhecimentos gerais. Já a segunda é discursiva e somente englobará as pessoas que forem convocadas, estando essas dentro dos 300 primeiros colocados, além daqueles empatados e dentro do limite e os 60 mais bem posicionados para as oportunidades destinadas exclusivamente para os portadores de alguma deficiência física.

A etapa de prova discursiva terá duas questões, sendo elas de conhecimentos específicos. Além disso, ainda haverá uma dissertação, precisando ela ter em torno de 30 a 60 linhas.

Último concurso da Sefaz DF

Há 18 anos a secretaria não realiza um concurso público do órgão. O último que se tem conhecimento foi realizado no ano de 2001, sob a organização da Fundação Carlos Chagas. Na ocasião, foram ofertadas para contratação imediata 200 vagas, tendo ainda uma complementação de cadastro para aproximadamente 20% de todos os classificados. A seleção teve provas objetivas sobre conhecimentos específicos e conhecimentos gerais.

Kellen Kunz


Edital de abertura deverá ser publicado no mês de abril de 2019.

Diversas pessoas sonham com a possibilidade de ser um funcionário público, com chance de ter um emprego com a segurança de uma boa aposentadoria e uma estabilidade na área profissional que as empresas privadas não oferecem.

Além dos benefícios que a vaga lhe oferece, pois um funcionário público normalmente recebe salário acima do ofertado em empresas privadas, e em meio a crise, a certeza de que você não será despedido de forma inesperada também é um grande alívio. Então se escrever em um concurso seja ele federal estadual ou municipal é o que muitas pessoas vêm fazendo e apostando para alavancar sua vida profissional e para estas pessoas trazemos essa grande NOVIDADE, tanto para os concurseiros de plantão, como especialmente paras os paranaenses, pois até Abril de 2019 a Prefeitura Municipal de Curitiba, capital do Paraná, deverá divulgar seu edital.

De acordo com a assessoria de imprensa da Prefeitura Municipal de Curitiba, o número de vagas será maior do que o informado anteriormente em dezembro de 2018, será oferecido 134 vagas para 15 cargos de nível médio, nível técnico e nível superior, em cargos como: agente administrativo, zootecnista, técnico agrícola, gestor de informação, técnico veterinário, engenheiro agrônomo, engenheiro ambiental, engenheiro civil, engenheiro de segurança do trabalho, engenheiro elétrico, engenheiro sanitário, engenheiro florestal, engenheiro químico, fiscal, fiscal de obras e posturas, analista de desenvolvimento, professor de educação infantil, profissional do magistério- docência II, procurador, arquiteto, auditor fiscal de tributos municipais e biólogo.

O concurso foi autorizado pelo atual prefeito da cidade, Rafael Greca, que acha necessário abrir um concurso para suprir a necessidade de alguns cargos vagos na cidade, a banca organizadora do certame já foi definida e a constituição contratada para organizar o concurso é a Fundação da Universidade Federal do Paraná (UFPR / funpar).

O edital está previsto para ser lançado até o mês de abril, com as informações detalhadas de quantidades de vagas, cargos, remuneração e conteúdo que estará na prova.

De antemão já sabemos que os salários variam de R$ 1.661,69 para os cargos de Agente Administrativo até R$ 8.877,58 para os cargos de Auditor Fiscal de Tributos Municipais, com carga de trabalho de 30 a 40 horas semanais.

O último concurso foi feito no ano de 2016 e ofertou 145 vagas para candidatos de nível médio, nível técnico e nível superior, com vagas para a Secretaria da Saúde, na ocasião a instituição que organizou o certame foi o Núcleo de Concurso da Universidade Federal do Paraná (NC /UFPR). A prova pela qual os candidatos foram avaliados continha perguntas objetivas com questões sobre conhecimentos gerais e conhecimentos específicos.

Resumindo

CONCURSO PARA PREFEITURA DE CURITIBA

– BANCA ORGANIZADORA: FUNPAR

-CARGO: DIVERSOS

-VAGAS: 134 VAGAS

-REMUNERAÇÃO: INICIAL DE ATÉ R$ 8,6 MIL

-SITUAÇÃO: BANCA JÁ DEFINIDA

-PREVISÃO PARA PUBLICAÇÃO DE EDITAL: ATÉ ABRIL DE 2019

Então a dica para você que está estudando é que continue, pois como a banca já está definida, temos aí praticamente a certeza que o edital não tardará, sem contar com a situação da cidade que como o prefeito já disse, está precisando de profissionais para atender a região. E se você irá iniciar os estudos agora corra e não perca tempo, pois ainda temos tempo para que você possa se adiantar tendo por base concursos anteriores para está por dentro de assuntos e matérias abordadas pelo concurso, pois mesmo que a banca não seja a mesma, acredito que muito dos assuntos serão os mesmos e tirando por esta base, estudo sempre é estudo e se você aprendeu, não importa a forma de abordagem da banca, pois o conhecimento você terá!

Desde já desejo boa sorte aos concurseiros de plantão que irão tentar essas vagas e vá com fé que a vaga será sua!


Confira aqui os concursos públicos previstos para o Estado da Paraíba neste ano de 2019.

A estimativa é de que pelo menos 1230 vagas de empregos públicos devem ser abertas em 2019 no Estado da Paraíba. As vagas parte da estimativa de concursos públicos prometido pelos gestores, como o Governo do Estado e a Prefeitura de Campina Grande, e editais já publicados e confirmados, como no IFPB e na UFPB.

Governo do Estado

O governador da Paraíba, João Azevedo, do PSB, prometeu no ano passado, enquanto ainda era candidato ao governo, realizar um novo concurso para professor do estado, com mais de mil vagas. O último concurso para o magistério na Secretaria de educação foi realizado em dezembro de 2017, sendo que os candidatos aprovados foram nomeados em 2018. Além deste concurso, o governador prometeu também nomear os mais de 500 policiais militares que foram aprovados no concurso realizado no ano de 2018. João Azevedo também prometeu concursos para a Aesa, Agência Executiva de Gestão das Águas, e para a PGE, Procuradoria Geral do Estado, apesar disto, nenhum prazo foi definido.

Prefeitura Municipal de Campina Grande

O prefeito de Campina Grande, Romero Rodrigues, do PSDB, anunciou no mês de novembro de 2018, que a prefeitura do município planeja realizar um concurso público previsto para o primeiro semestre de 2019. O concurso deve ter vagas para as áreas da saúde, educação e de órgãos da gestão direta da prefeitura. A expectativa do prefeito é de que já nos primeiros meses do ano de 2019 as secretarias concluam os levantamentos de vagas disponíveis e seja publicado editais para a contratação da empresa organizadora dos concursos.

Universidade Federal da Paraíba (UFPB)

No dia 31 de dezembro, o edital do concurso público da UFPB foi publicado no Diário Oficial da União. As inscrições deverão ser feitas exclusivamente pelo site da banca organizadora do concurso, que é o Instituto AOCP, essas começaram no dia 21 de janeiro e vão até o dia 25 de fevereiro de 2019. Ao todo são 127 vagas, sendo oportunidades para nível médio, técnico e superior, com salários de até R$ 4,1 mil. Os cargos são os seguintes:

NÍVEL INTERMEDIÁRIO

  • Administrador de Edifícios
  • Assistente em Tecnologia da Informação

NÍVEL MÉDIO

  • Assistente em Administração
  • Técnico em Agropecuária
  • Técnico em Alimentos e Laticínios
  • Técnico em Contabilidade
  • Técnico em Economia Doméstica
  • Técnico em Eletrotécnica
  • Técnico em Equipamentos Médico-Odontológico
  • Técnico em Farmácia
  • Técnico em Laboratório – Área Biologia
  • Técnico em Laboratório – Área Análises Clínicas
  • Técnico em Laboratório – Área Biossegurança
  • Técnico em Laboratório – Área de Tecnologia de Alimentos
  • Técnico em Laboratório – Área de Topografia/Geoprocessamento
  • Técnico em Laboratório – Área Química
  • Técnico em Necrópsia e Anatomia
  • Técnico em Mecânica
  • Técnico em Música
  • Técnico em Prótese Dentária
  • Técnico em Tecnologia da Informação

NÍVEL SUPERIOR

  • Administrador
  • Analista de Tecnologia da Informação
  • Arquivista
  • Assistente Social
  • Auditor
  • Bibliotecário Documentalista
  • Biólogo
  • Contador
  • Economista
  • Engenheiro de Segurança do Trabalho
  • Farmacêutico
  • Médico – Área Psiquiatria
  • Médico – Área Oftalmologia
  • Médico Veterinário
  • Músico – Área Flauta Transversal
  • Músico – Área Trompa
  • Pedagogo
  • Produtor Cultural
  • Psicólogo
  • Técnico Desportivo
  • Técnico em Assuntos Educacionais
  • Tecnólogo Formação – Área Secretariado Executivo
  • Tecnólogo Formação – Área Gestão Pública

Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia (IFPB)

No dia 31 de dezembro, o IFPB publicou três editais no Diário Oficial da União, que ao todo somam 128 vagas. Um dos editais é exclusivo para professores e oferta 90 vagas para profissionais de diferentes áreas, o prazo de inscrição é de 22 de janeiro até o dia 18 de fevereiro de 2019. O segundo edital é exclusivo para tradutor e intérprete, sendo duas vagas. Já o último edital é para 38 vagas de técninco-administrativos, nos níveis médio, técnico e superior, sendo que as inscrições devem ser feitas entre o dia 15 de janeiro e 11 de fevereiro de 2019. As vagas são as seguintes:

Nível médio

  • Assistente de Aluno
  • Assistente em Administração
  • Técnico em Anatomia e Necropsia
  • Técnico de Anatomia e Necrópsia
  • Técnico em Artes Gráficas
  • Técnico em Contabilidade
  • Técnico em Eletroeletrônica
  • Técnico em Eletrotécnica
  • Técnico em laboratório área informática
  • Técnico em laboratório/área: mecânica
  • Técnico em laboratório/área: química
  • Técnico em Tecnologia da Informação

Nível Superior

  • Administrador
  • Assistente Social
  • Bibliotecário Documentalista
  • Contador
  • Jornalista
  • Comunicação Social
  • Médico área – clínica geral
  • Médico área – psiquiatria
  • Nutricionista
  • Pedagogo

Gabriel Bem


Seleção oferece 183 vagas. Inscrições poderão ser feitas até o dia 12 de fevereiro de 2019.

Foi publicado o edital da Força Aérea Brasileira (Aeronáutica) para provimento de 183 postos para o Estágio de Adaptação à Graduação de Sargento da Aeronáutica (EAGS). Os selecionados têm ingresso previsto para janeiro de 2020.

Podem concorrer às vagas candidatos de ambos sexos, com idade entre 17 e 25 anos (a idade máxima não pode ser superada até o dia 31 de dezembro do ano da matrícula no curso. A formação exigida é o Ensino Médio completo/ curso técnico em determinadas áreas.

A distribuição das vagas é a seguinte: eletrônica (30), administração (40), eletricidade (14), informática (20), enfermagem (45), topografia (8), radiologia (5), obras (8), laboratório (5) e pavimentação (8).

Inscrição

As inscrições poderão ser feitas entre os dias 14 de janeiro e 12 de fevereiro de 2019. O interessado deve acessar o site do Sistema de Gerenciamento e Controle de Exames Militares (SGCEM), no site ingresso.eear.aer.mil.br . Na página, o candidato preenche o formulário e gera o boleto de pagamento da inscrição, no valor de R$ 60,00.

Etapas

A primeira etapa do concurso é a prova escrita. Trata-se de uma avaliação com questões objetivas (múltipla escolha) sobre as disciplinas de Língua Portuguesa e Conhecimentos Especializados da modalidade em que o candidato está concorrendo. Esta prova ocorrerá no dia 28 de abril de 2019 e terá duração máxima de 4 horas e 20 minutos.

A avaliação escrita será aplicada nas seguintes cidades: Boa Vista (RR), Porto Velho (RO), Manaus (AM), Belém (PA), Natal (RN), Recife (PE), Belo Horizonte (MG), Rio de Janeiro (RJ), São José dos Campos (SP), São Paulo (SP), Brasília (DF), Campo Grande (MS), Curitiba (PR) e Santa Maria (RS).

A segunda etapa é a Inspeção de Saúde, seguida pelo Exame de Aptidão Psicológica. O preparo físico do candidato será avaliado na quarta etapa do concurso, Teste de Avaliação do Condicionamento Físico. Em seguida, será observada a capacidade do candidato na área específica, através da Prova Prática da Especialidade. As últimas duas etapas do concurso são o Procedimento de Heteroidentificação Complementar e a Validação Documental.

Remuneração

O candidato aprovado em todas as sete etapas do concurso ingressará no curso de formação de sargentos da Aeronáutica, cuja duração aproximada é de um ano. Durante esse período, o aluno receberá remuneração mensal de R$ 1.066,00. Após concluir a formação, o aluno entrará na carreira de sargento e terá remuneração inicial de R$ 3.825,00.

Dicas para passar em concurso público

Organização

Para se sair bem na prova, é fundamental ter visto toda a matéria descriminada no edital. Portanto, organize seus estudos em um cronograma que permita que seus estudos contemplem todos os temas que vão cair na prova. Além disso, o candidato deverá estabelecer uma rotina, com horários fixos para o estudo, metas de tempo e de exercícios.

Local para o estudo

Mais importante do que a quantidade de horas de estudo é a qualidade desse tempo. Ou seja, concentrar-se e ler com tranquilidade a matéria. Para isso, vale a pena procurar um local de estudo silencioso e em que você esteja livre de interrupções durante a leitura. Fuja de amigos e familiares que possam interromper sua concentração. Também evite distrações como televisão ou aplicativos de celular.

Faça exercícios e simulados

A leitura da matéria pode ser cansativa se feita durante horas em sequência. Por isso, é importante dedicar um tempo para resolver questões de simulados ou de concursos anteriores. Esta é uma boa forma de você treinar os conhecimentos que adquiriu e ir se preparando para o formato de questões que encontrará na prova. Também é importante fazer simulados como se estivesse na prova. Assim, você se prepara para o tempo em que vai ficar sentado diante da prova, além de treinar para o desgaste físico e mental que ocorrerá no concurso

Preparo físico

No caso de concursos em que há avaliação de condicionamento físico, é importante que o concurseiro não negligencie a atividade atlética em função da avaliação escrita. Afinal, de nada adiantará você passar na primeira fase se for reprovado por não cumprir os requisitos físicos. Comece a treinar para a prova de condicionamento físico com antecedência, afinal, ninguém vira um atleta da noite para o dia.

Por Luís Fernando Santos


Seleção ofertará 661 oportunidades.

Para quem está ansioso em relação a maiores informações sobre o concurso público da Polícia Militar do Estado do Amazonas, a PM-AM, precisa saber que já está em fase de escolha a banca organizadora do certame. O resultado da mesma deverá sair já no primeiro semestre do próximo ano. Uma vez definida a empresa que irá realizar o processo, tudo indica que o órgão já deverá tomar as demais providências para o lançamento do seu muito aguardado edital. O mesmo busca o preenchimento de um total de 661 oportunidades que serão distribuídas em seu quadro de pessoas.

Mais detalhes sobre o concurso da PM-AM

Para quem está ansioso e busca maiores informações sobre o concurso, é importante lembrar que serão ofertadas 601 vagas para candidatos interessados em ser um soldado combatente – aluno soldado, bem como 20 vagas para cabo com especialização em saúde, 20 vagas para cabo com especialização em música e 20 vagas para oficial de saúde – aluno oficial na área da saúde.

Para o posto de soldado, estão aptos a se inscrever os profissionais que possuem formação em nível médio completo. Já a função de oficial exige nível médio ou superior, conforme a especialidade que está sendo oferecida. Para as vagas de cabo, ainda não há qualquer informação divulgada sobre o nível de escolaridade esperado.

Vale lembrar que a comissão organizadora do processo já foi constituída durante esse ano. A mesma é presidida por Ronaldo Negreiros da Silva, coronel, seguido esse pela também coronel e vice-presidente Cheyenne Anute de Lima.

Sobre o último certame da PM-AM

O último concurso que se tem notícias da Polícia Militar do Amazonas foi realizado no ano de 2011, quando foram ofertadas 2.473 oportunidades. Dessas, 2 mil foram para o cargo de soldado, 39 vagas para oficial de saúde, 29 para o cargo de praça especialista e outras 405 para a função de oficial combatente. A organização do certame foi feita pela Fundação Instituto Superior de Administração, a Isae.

Para o posto de soldado, os pré-requisitos necessários aos candidatos se referiam ao nível médio e altura mínima de 1,60 m para mulheres e de 1,65 m para homens.

A remuneração paga aos participantes durante a realização do curso de formação foi de R$ 1.104,81 e, após a conclusão, de R$ 1.637,33.

Já as ofertas para o cargo de oficial combatente foi dividido da seguinte forma: 188 vagas para pessoas que possuíam graduação em Direito, 167 para formados em curso de oficial PM e 50 para os candidatos que possuem ensino médio completo.

Durante a realização do curso de formação, os oficiais tiveram ganhos de R$ 3.274,66. Após passarem ao cargo de aspirante, esses subiram para R$ 3.400,60.

Para a carreira de praça especialista, foi exigido nível médio. Esses tiveram um vencimento inicial de R$ 1.685,05, sendo a carreira distribuída pelas seguintes funções: auxiliar de odontologia (6 vagas), auxiliar de enfermagem (10 vagas), auxiliar veterinário (3 vagas) e, ainda, músico instrumentista nas especialidade de corneta (2 vagas), trompa (2 vagas), trombone (2 vagas), saxofone (1 vaga) e clarinete (3 vagas).

Para o cargo de oficial de saúde, foram 8 oportunidades para dentista, 18 vagas para médico nas mais diversas especialidades, 4 para enfermeiro, 1 para farmacêutico-bioquímico, 1 para veterinário, 2 para fisioterapeuta e 5 para psicólogo.

Os cargos necessitaram de formação em nível superior completo, tendo como salário base inicial o valor de R$ 3.600,40.

As avaliações tiveram a sua realização nas seguintes localidades: Tefé, Tabatinga, São Gabriel da Cachoeira, Parintins, Manacapuru, Manaus, Lábrea, Itacoatiara, Humaitá, Eirunepé, Boca do Acre, Barcelos e Coari.

A avaliação de todos os participantes foi feita por prova objetiva, teste sobre a aptidão física, inspeção da saúde, avaliação psicológica, curso de formação e de investigação social, cível, funcional e criminal e, ainda, apresentação de documentos. Além dessas etapas, alguns cargos também tiveram que passar por um exame prático, como é o caso de praça especialista.

Kellen Kunz


Empresa abre 30 vagas para diversos níveis.

Inicialmente, a Transerp havia anunciado no mês de agosto de 2018 que abriria 15 vagas, contudo, devido a uma maior demanda de pessoal, esse número subiu para 30 vagas.

O edital foi publicado na sexta-feira, 21 de dezembro, no Diário Oficial do Município.

Existem vagas para todos os níveis de escolaridade.

Segue abaixo o número de vagas, salários e níveis de escolaridade exigidos para cada cargo:

  • Cargo: Agente operacional – pintor
  • Carteira nacional de habilitação categoria “C”
  • Nível: fundamental
  • Vaga: 1
  • Salário base: R$ 1990,86
  • Carga horária semanal: 44 horas semanais
  • Cargo: Agente operacional – eletricista
  • Carteira nacional de habilitação categoria “C”
  • Nível: fundamental
  • Vaga: 3
  • Salário base: R$ 1990,86
  • Carga horária semanal: 44 horas semanais
  • Cargo: agente administrativo
  • Carteira nacional de habilitação categoria “B”
  • Nível: médio
  • Vaga: 4
  • Salário base: R$ 1990,86
  • Carga horária: 44 horas semanais
  • Cargo: agente civil de trânsito
  • Carteira nacional de habilitação categoria “A” “B”
  • Nível: médio
  • Vagas: 15
  • Salário base: R$ 1982,17
  • Carga horária: 36 horas semanais
  • Cargo: agente de fiscalização de transporte
  • Carteira nacional de habilitação categoria “A” “B”
  • Nível: médio
  • Vagas: 4
  • Salário base: R$ 2.252,48
  • Carga horária: 44 horas semanais
  • Cargo: Técnico em segurança do trabalho
  • Carteira nacional de habilitação categoria “B”
  • Nível: técnico
  • Vagas: 1
  • Salário base: R$ 2.883,36
  • Carga horária: 44 horas semanais
  • Cargo: Assistente Social
  • Carteira nacional de habilitação categoria “B”
  • Nível: superior
  • Vagas: 1
  • Salário base: R$ 3.262,26
  • Carga horária: 30 horas semanais
  • Cargo: contador
  • Carteira nacional de habilitação categoria “B”
  • Nível: superior
  • Vagas: 1
  • Salário base: R$ 6.048,02
  • Carga horária: 44 horas semanais

A taxa de inscrição cobrada para cargos de nível fundamental é de R$ 44,50. Os de nível médio R$ 56,50 e por fim o de nível superior R$ 95,00.

Isenções

Candidatos inscritos no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo (CadÚnico) poderão pedir isenção da taxa de inscrição, entre os dia 10 e 15 de janeiro de 2019.

Para ser beneficiado pela isenção, o candidato não pode possuir uma renda familiar mensal superior ao de 3 salários mínimos por pessoa.

As provas objetivas estão marcadas para o dia 7 de abril, com duração máxima de 3 horas.

Candidatos de nível superior terão meia hora a mais para terminarem as suas questões, ou seja, três horas e meia.

As matérias cobradas para nível fundamental são:

  • Língua Portuguesa
  • Matemática
  • Conhecimentos Específicos

Para agente administrativo nível médio:

  • Língua Portuguesa
  • Matemática
  • Conhecimentos Específicos
  • Atualidades

Para agente de fiscalização de transporte, agente civil de trânsito e técnico em segurança do trabalho:

  • Língua Portuguesa
  • Matemática
  • Noções de Informática
  • Conhecimentos Específicos

Para candidatos de nível superior:

  • Língua Portuguesa
  • Matemática
  • Noções de Informática
  • Atualidades
  • Conhecimentos Específicos

Etapas

O candidato que concorre ao cargo de agente civil de trânsito, além da etapa da prova objetiva, também passará por testes de aptidão física e avaliação psicológica.

Serão convocados para o teste físico, os 150 primeiros colocados na prova objetiva.

Serão considerados aprovados os candidatos que obtiverem 50 ou mais acertos no exame.

O exame psicológico, só será realizado pelos candidatos que forem aprovados no exame de aptidão física.

O concurso para a Transerp será válido por 2 anos, podendo ser prorrogado uma única vez por igual período.

As inscrições poderão ser feitas no site da Vunesp, a partir das 10h do dia 14 de janeiro.

Os interessados terão até às 23h59 do dia 15 de fevereiro para se inscrever no concurso.

Vale lembrar que o último concurso da Transerp foi realizado no ano de 2007, onde foram ofertadas 7 vagas. Os requisitos solicitados para o cargo eram o nível médio completo e a carteira nacional de habilitação categoria “A”.

O preparo antecipado é de suma importância quando são poucas vagas que estão em jogo, pois o número de concorrentes para cada vaga disputada se torna bem maior.

Assim, mesmo que você ainda não tenha se preparado para esta prova, lembre-se que ainda restam 4 meses para você se organizar e mandar bem nesse concurso.

Boa Sorte!

Por: Defilho


Certame contará com 166 vagas. Inscrições serão em abril de 2019.

e você está desempregado e mora nas regiões das cidades de Recife, Vitória de Santo Antão e Caruaru, todas em Pernambuco, já pode comemorar, pois a Universidade Federal de Pernambuco (UFPE) abriu concurso público para o preenchimento de 166 vagas em cargos técnico-administrativos para atuação nos campi da universidade nos municípios citados.

Nível Médio

Se você possui Ensino Médio completo, você poderá se candidatar aos cargos de Administrador de Edifícios, que tem duas vagas disponíveis, com salário de R$ 1.945,07 por mês e para Assistente em Administração, que tem oitenta e cinco vagas disponíveis e salário de R$ 2.446,96 por mês.

Nível Médio Mais Técnico

Se você tem o Ensino Médio Completo e um curso técnico específico, você poderá se candidatar para vagas com salário de R$ 2.446.96 por mês. Citaremos algumas dessas vagas a seguir:

  • 4 vagas para Desenhista de Artes Gráficas
  • 5 Vagas para Técnico de Laboratório de Biologia
  • 1 vaga para Técnico de Laboratório de Nutrição e Dietética
  • 4 vagas para Técnico de Laboratório de Química
  • 5 vagas para Técnico de TI (sistemas)
  • 1 vaga para Técnico em Artes Gráficas
  • 21 vagas para Técnico em Contabilidade
  • 1 vaga para Técnico em Eletrotécnica
  • 1 vaga para Técnico em Mecânica
  • 1 vaga para Técnico em Radiologia
  • 2 vagas para Técnico em Enfermagem

Nível Superior (graduação simples)

Se você já completou uma graduação simples (nível Superior), você poderá se candidatar para vagas que têm salário de R$ 4.180,66 por mês. Vamos citar algumas dessas vagas a seguir:

  • 3 vagas para Administrador
  • 2 vagas para Analista de TI (sistemas)
  • 7 vagas para Arquiteto e Urbanista
  • 3 vagas para Assistente Social
  • 1 vaga para Diretor de Produção
  • 2 vagas para Economista
  • 1 vaga para Engenheiro Ambiental
  • 1 vaga para Engenheiro Elétrico
  • 1 vaga para Engenheiro Mecânico
  • 2 vagas para Médico Cardiologista
  • 1 vaga para Médico de Clínica Médica
  • 2 vagas para Médico Psiquiatra
  • 1 vaga para Químico
  • 1 vaga para Sanitarista
  • 2 vagas para Psicólogo
  • 1 vaga para Tecnólogo de Segurança Privada
  • 1 vaga para Biomédico
  • 1 vaga para enfermeiro

[Quase] todos esses cargos terão carga horária de 40 horas semanais, que é uma carga horária menor do que a CLT estabelece para os empregados do setor privado no Brasil, que é de 44 horas semanais. As 40 horas semanais que você vai trabalhar ocupando um desses cargos se assemelham às 40 horas trabalhadas por trabalhadores do setor privado de países como os Estados Unidos, Canadá, Nova Zelândia e Espanha.

A exceção à regra fica com os médicos, que terão carga horária de 20 horas semanais.

Como faço para me inscrever?

Para se inscrever no concurso da Universidade Federal de Pernambuco você deve acessar o site da própria universidade clicando aqui a partir do dia 16 de abril de 2019.

A data limite para candidatura será o dia 19 de maio de 2019.

Dia e horário das Provas

As provas serão aplicadas no dia 18 de agosto de 2019 e terão duração máxima de 4 horas.

Para o cargo de Assistente em Administração as provas serão aplicadas no dia 25 de agosto de 2019.

Valor da Inscrição

As taxas de inscrição serão diferente de acordo com o nível de estudo.

  • R$ 78 para os níveis Médio e Técnico
  • R$ 125 para o nível Superior

A prova objetiva vai ser composta por sessenta questões de múltipla escolha para níveis Médio e Técnico. Mas para o nível Superior haverá oitenta questões.

Mais Informações

Para mais informações referente a horário e aos locais de prova, fique atento ao site da própria Universidade Federal de Pernambuco. A instituição responsável pelo concurso tem o direito de alterar qualquer informação referente ao processo seletivo, tendo que lançar um novo edital para cada nova atualização do processo. Salve o endereço que nós passamos nos seus favoritos e se mantenha sempre atualizado (a). Boa sorte no processo seletivo e Feliz 2019.

Por Bruno Rafael da Silva


Seleção conta com 122 vagas em Umuarama, Arenito, Goioerê, Ivaiporã, Cianorte e Vale do Ivaí.

Quem procura por uma oportunidade de trabalho já deve saber que conseguir uma colocação no mercado está muito concorrido. O que nada mais é que o reflexo de uma forte crise que atingiu a economia do país fazendo com que as poucas vagas disponíveis sejam muito concorridas. Diante de um quadro de instabilidade, muitos brasileiros têm recorrido aos concursos públicos, pois assim conseguem alcançar a estabilidade e segurança financeira que tanto necessitam nesse momento.

Desse modo, quem é do estado do Paraná e busca por uma oportunidade de realizar um concurso público acaba de surgir uma chance.

Trata-se do concurso público da Universidade Estadual de Maringá, que acaba de anunciar a abertura das inscrições.

De acordo com as informações disponíveis no edital de abertura do novo certame, serão disponibilizadas um total de 122 vagas, sendo todas elas para o cargo de professor temporário nos campi sede Umuarama, Arenito, Goioerê, Ivaiporã, Cianorte e Vale do Ivaí.

As áreas aceitas no certame são agronomia, medicina veterinária, engenharia agrícola, zootecnia, bioquímica, biologia, ciências, estatística, filosofia, química, geografia, língua portuguesa, letras, música, biomedicina, psicologia, análise clínicas, teorias linguísticas e literárias, administração, teoria e prática da educação, ciências básicas da saúde, enfermagem, educação física, farmácia, odontologia, medicina, administração, meio ambiente, ciências contábeis, direito privado e processual, design e modas, engenharia de alimentos, arquitetura e urbanismo, engenharia civil, engenharia de produção, engenharia mecânica, engenharia têxtil, tecnologia e informática.

Todas as vagas são para professor, porém, as remunerações devem variar de acordo com os pré-requisitos dos cargos. Dessa forma, os vencimentos possuem valores que vão de R$ 1.622,91 até R$ 8.208,59, sendo também considerada a titulação do profissional, assim como a carga horária total a ser exercida.

Quem estiver interessado em realizar a inscrição e assim entrar para a concorrência, a universidade informa que as inscrições estão previstas para terem início no dia 18 do mês de janeiro, sendo que a data para encerramento é o dia 31 do mês de janeiro do ano de 2019.

Para realizar a sua inscrição o candidato precisa acessar o site da universidade no endereço www.uem.br/concurso.

Vale lembrar que para ter a sua inscrição validada o candidato precisará pagar uma taxa de participação cujo valor é de R$ 147,07.

Os candidatos inscritos no certame terão que fazer um processo de seleção composto por uma prova escrita, uma prova didática, avaliação de currículo e de títulos.

A primeira parte do processo seletivo, que é a prova escrita, está marcada para ser realizada no dia de 17 do mês de fevereiro de 2019, sendo que o horário e os locais devem ser divulgados, oportunamente, pela comissão de membros organizadores do certame.

O edital e outras informações sobre este concurso podem ser verificados no site da UEM- PR.

Para quem não conhece a UEM é uma universidade que pertence ao setor público e é mantida pelo estão do Paraná, sendo também subordinada à SETI que é a Secretaria de Estado da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior.

A UEM é bastante conhecida pelo esforço e também pela qualificação de seus professores. Ganhando o reconhecimento em diferentes rankings mundiais, que são criados para realizar a medida da qualidade do ensino das universidades observando critérios diversos na área acadêmica-científica.

A sede da Universidade fica na cidade de Maringá onde também está a sua área administrativa e onde são oferecidos a maioria dos seus cursos de graduação e também de pós-graduação. Além da cidade de Maringá, também há campis da UEM distribuídas em várias cidades do estado do Paraná. O que leva oportunidades de uma formação superior de qualidade para muitas pessoas.

Se você atende aos requisitos para os cargos em questão, não deixe de fazer a sua inscrição e se preparar para a realização das provas.

Ana Paula


Novo certame ainda depende da aprovação do MPDG.

Realizar um concurso público e ser aprovado é um sonho de muitos brasileiros. Afinal, com a situação de crise econômica pela qual o país vem passando, conseguir uma nova oportunidade no mercado de trabalho está cada vez mais difícil, principalmente pelo fato de que a concorrência por novas vagas está cada dia maior.

No decorrer deste ano de 2018 muitos concursos públicos foram aguardados, contudo, a maioria ainda não recebeu autorização para realização.

Quem se encontrava na expectativa da publicação do edital de abertura de um novo concurso público do IBGE, já sabe que terá que esperar mais um pouco. O ano de 2018 já praticamente terminou e nenhuma notícia positiva sobre a realização deste concurso foi divulgada.

Desse modo, a expectativa para realização deste concurso passa para o ano de 2019, apesar de ainda não estar nada confirmado.

O último documento enviado para o MPDG, que é o Ministério do Planejamento Desenvolvimento e Gestão, como pedido de autorização previa a disponibilidade de um total de 1800 vagas com oferta de oportunidades para pessoas com formação de nível médio e de nível superior. Porém, como em todas as outras tentativas, o pedido foi negado e arquivado pelo ministério.

Contudo, essa negativa frustrou bastante os servidores do Instituto, assim como seu presidente Roberto Olinto, que já deixou claro que este concurso deve ser realizado em caráter de urgência.

Dessa forma, um novo documento já está sendo preparado para ser enviado ao ministério. Enquanto o certame não receber autorização novos pedidos devem ser enviados.

De acordo com as palavras do presidente do instituto, há um clima de incertezas muito grande no órgão, o que se deve ao fato de ele não receber os recursos necessários por parte do governo, como novos servidores, o que impede que o instituto desenvolva suas atividades com eficiência, não podendo realizar determinadas pesquisas que lhe são solicitadas.

Dessa forma, se a situação do instituto continuar da mesma forma em 2019, as coisas tendem a ficar ainda mais difíceis. O instituto Brasileiro de Pesquisas Geográficas pode chegar ao fim.

O documento que foi enviado ao Ministério solicitava a abertura de 1800 novas vagas para o instituto, desse montante 1200 serão para a função de técnico em informações estatísticas e geográficas. Já as 600 restantes seriam para a função de analista de planejamento, de gestão e de infraestrutura em informações estatísticas e geográficas.

Dessa forma, quem desejar concorrer a uma das vagas disponíveis para a função de técnico é necessário possuir formação completa de nível médio, sendo necessário que a instituição de ensino cursada possua o reconhecimento do Ministério da Educação, o conhecido MEC.

De acordo com informações atuais, um profissional lotado no cargo de técnico recebe uma remuneração cujo valor é de R$ 3.890,87, valor este que já está incluído o vale-alimentação.

Já quem quiser se candidatar a uma das vagas no posto de analista necessita possuir formação completa de nível superior, visto que são aceitos vários cursos. Seguindo a tabela de vencimentos, um profissional que atue neste cargo possui a remuneração cujo valor é de R$ 8.213,07, também já incluso o benefício.

O IBGE realizou um último concurso público no ano de 2015. Na época foram liberadas para a concorrência um total de 600 vagas, todas para o cargo de técnico. A banca contratada para organizar e executar o certame foi a FGV, que é a Fundação Getúlio Vargas. O concurso de 2015 teve seu prazo de validade expirado no mês de maio deste ano de 2018.

Nesse sentido, ainda não existe um prazo para a realização do concurso do IBGE, restando aos interessados aguardar um pouco mais por qualquer novidade.

Srlene Montes


Certame conta com 363 vagas. Inscrições até o dia 23 de dezembro de 2018.

Nova oportunidade de cargos públicos estáveis está oficialmente aberta. Trata-se da publicação do edital para o concurso do Hospital da Mulher do Recife, no Estado de Pernambuco, cujo objetivo está no preenchimento de postos imediatos e na formação do cadastro reserva de pessoas.

São 363 vagas disponíveis, as quais abrangem diversos cargos em áreas da saúde e da administração, com oportunidades abertas para pessoas em todos os níveis de escolaridade.

Todas as pessoas interessadas devem cadastrar suas inscrições entre o dia 09 e o dia 23 de dezembro de 2018, por meio do site PRÓ-MUNICÍPIO. Serão aceitas, somente, inscrições para um cargo. A realização da prova objetiva está previamente agendada para o dia 6 do mês de janeiro de 2019.

São três valores distintos que compõem as taxas: 30 reais para cargos em nível fundamental; 45 reais para cargos em nível médio e/ou em nível técnico e 60 reais para cargos em nível superior.

Sobre os cargos, seguem as informações:

Para nível fundamental serão vagas nas funções de: auxiliar de costura; de auxiliar de cozinha; de auxiliar de rouparia; de auxiliar de serviços gerais e de copeiro.

Para nível médio são vagas nas funções de: almoxarife; de assistente administrativo; de assistente administrativo de faturamento; de auxiliar de coleta; de auxiliar de farmácia; de costureiro; de maqueiro; de porteiro e de recepcionista. Para nível técnico os cargos são de técnico em enfermagem e de técnico de laboratório.

Para nível superior os cargos são: de analista de compras; de analista de sistemas; de supervisor de informática; de assistente social; de enfermeiro; de farmacêutico; de farmacêutico clínico; de fisioterapeuta na terapia intensiva de adultos; de fisioterapeuta respiratório pediátrico; de fonoaudiólogo; de nutricionista clínico e de psicólogo.

Para os candidatos formados em Medicina, dentro de suas mais diversas especialidades, os cargos são: de médico anestesista; de médico auditor; de médico cardiologista adulto; de médico cardiologista pediátrico; de médico cirurgião geral; de médico cirurgião pediátrico; de médico endocrinologista; de médico intensivista em rotinas; de médico plantonista de adulto; de médico neonatologista; de médico radiologista e de médico tocoginecologista.

Sobre os salários, seguem as informações:

Para concorrentes de nível fundamental o salário é de 954,00;

Para concorrentes de nível médio, o salário é de 1.175,79;

Para concorrentes de nível técnico, o salário é de 1.302,76;

Para concorrentes de nível superior, o salário é de 8.775,00.

O itinerário deste concurso segue abaixo esquematizado:

Inicia com a prova objetiva, seguida da realização de uma entrevista em que todos os candidatos deverão participar. Os concorrentes que estiverem disputando os cargos de nível superior deverão, ainda, participar de uma avaliação sobre currículos ou de títulos.

Este concurso para cargos no Hospital da Mulher do Recife, em Pernambuco, terá uma prazo de validade oficial de 2 anos, podendo ser prorrogável por período equivalente, cujo tempo será computado a partir da data de homologação de seu resultado definitivo e em conformidade com os interesses da organização.

Todos os concorrentes nomeados e contratados serão lotados na unidade do Hospital da Mulher do Recife, cuja gestão se dá por meio da Organização Social Hospital De Câncer De Pernambuco (OSHCP). Os contratos de trabalho serão regidos por meio dos preceitos lavrados na Consolidação das Leis do Trabalho (CLT).

Sumarizando:

  • Concurso do Hospital da Mulher do Recife;
  • A banca organizadora é o PRÓ-MUNICÍPIO;
  • A escolaridade abrange níveis médio, técnico e superior, devido à diversidade de cargos;
  • São 363 postos;
  • Os vencimentos estão entre 954 e 8.775 reais;
  • O período de inscrição acontece entre o dia 9 e o dia 23 de dezembro de 2018;
  • As taxas de cadastro são: 30 reais para nível fundamental; de 45 reais para nível médio e/ou técnico e de 60 reais para nível superior;
  • A data da prova objetiva é 06/01/2019.

Paulo Henrique dos Santos


Certame conta com 38 vagas de nível médio e superior.

CORE-PE, Conselho Regional dos Representantes Comerciais de Pernambuco, está com inscrições abertas para um novo concurso público para o provimento de cargos administrativos. As oportunidades são para o nível médio e superior, as inscrições começaram no dia 21 de novembro de 2018 e devem ser feitas até às 23h59 do dia 24 de dezembro de 2018.

As Vagas

Segundo o edital, os cargos são de 40 horas semanais e o vencimento básico para os cargos de nível médio é de R$ 1.879,12, já o de nível superior é de R$ 5.100,47. As oportunidades são para os seguintes cargos:

  • 4 vagas para AUXILIAR ADMINISTRATIVO em Recife, nível Técnico Médio;
  • 1 vaga para AUXILIAR ADMINISTRATIVO em Caruaru, nível Técnico Médio;
  • 1 vaga para FISCAL em Recife, nível Técnico Médio;
  • 1 vaga para ASSISTENTE JURÍDICO em Recife, nível Técnico Superior;
  • 1 vaga para CONTADOR em Recife, nível Técnico Superior.

As inscrições

A inscrição deve ser feita no site oficial da banca organizadora, que é a Inaz do Pará, até o dia 24 de dezembro de 2018. O valor da taxa de inscrição é de R$15,00 para o nível médio e R$16,00 para o nível superior, sendo que o valor deve ser pago via boleto bancário.

As Provas

A seleção se dará através de três etapas, sendo as seguintes: Prova escrita objetiva de múltipla escolha, para todos os cargos, de caráter eliminatório e classificatório; Prova Discursiva (Redação), para os cargos de Nível Superior, de caráter eliminatório e classificatório, será aplicada no mesmo dia e horário da Prova Objetiva; por fim, Prova de Títulos, para os cargos de Nível Superior, de caráter apenas classificatório.

A prova objetiva de nível superior será composta de 10 questões de Língua Portuguesa, 10 questões de Informática e 30 questões de Conhecimentos Específicos. Já a prova objetiva de nível médio será composta de 10 questões de Língua Portuguesa, 05 questões de Raciocínio Lógico, 05 questões de Informática e 20 questões de Conhecimentos Específicos. Em ambas as provas as questões de Conhecimentos Específicos têm peso dois, as demais têm peso um. Serão eliminados os candidatos que acertarem menos que 50% das questões.

Já na prova discursiva serão avaliados os seguintes itens: coesão (ligação de ideias, substituição, paragrafação); adequação à proposta e ao gênero; Coerência (clareza, progressão temática, organização de ideias); Gramática (acentuação, pontuação, ortografia, estética, concordância e regência); Argumentação (fuga do senso comum, informalidade, unidade)

Na prova de títulos serão avaliados quatro pontos: dois pontos para doutorado; um ponto e meio para mestrado; um ponto para pós-graduação lato sensu (especialização) e até meio ponto por exercício de atividade profissional.

As provas serão aplicadas na provável data de 2 de fevereiro de 2019, no município de Recife, em Pernambuco. A duração será de 4 quatro horas para todos os cargos.

Último concurso

O último concurso do Core PE ocorreu em 2014. Na ocasião foram ofertadas 10 vagas e também cadastro reserva para os cargos de Técnico em Informática, Auxiliar de Serviços Gerais, Assistente Administrativo, Atendente, Fiscal e Assistente Jurídico. A banca organizadora foi a MS Concursos, sendo que as vagas eram para nível superior, médio e fundamental.

Sobre o CORE

Segundo o site oficial do conselho, ele foi fundado em 17 de Fevereiro de 1966, tendo como objetivo fiscalizar o exercício da profissão dos representantes comerciais que naquela época estava em franca expansão no Estado, principalmente após a criação da lei 4.886 de 1965, que regulamentou os Conselhos Regionais e Federal a profissão de representantes comerciais.

O conselho atualmente tem ampla e estruturada sede em Recife, na Avenida Conselheiro Rosa e Silva no bairro Jaqueira. Atualmente em Pernambuco encontram-se registrados no conselho mais de vinte mil representantes comerciais. No Brasil, acredita-se que exista mais de 800 mil profissionais registrados.

Gabriel Bem


Certame contará com vagas de nível fundamental e médio.

A CODEPAS (Companhia de Desenvolvimento de Passo Fundo) deve em breve divulgar o edital para concurso público visando o preenchimento de 18 vagas e mais C.R (cadastro reserva). As vagas são para cargos com exigência de ensino fundamental e ensino médio completo. A abertura do edital deve acontecer no inicio de 2019, já que a quantidade de vagas, os cargos e salários já foram divulgados. Além disso, a banca organizadora do concurso foi definida, que será o Instituto Consulpam , segundo o Extrato de Contrato publicado no Diário Oficial do Rio Grande do Sul.

De acordo com o extrato de licitação, os salários serão de R$ 963,32 até R$2.680, conforme a função e com carga horária de trabalho de 44 hora semanais, para todos os cargos. Do total das 18 vagas e mais cadastro reserva, 10% serão reservadas aos candidatos com deficiência.

As vagas para os candidatos com exigência de nível ensino médio são: caixa, cobrador, borracheiro, motorista de caminhão de coleta de lixo, motorista, supervisor de estacionamento rotativo mecânico (mecânica pesada), monitor de estacionamento rotativo, chapeador, auxiliar de escritório, fiscal, frentista, fiscal, recepcionista, supervisor de estacionamento rotativo e técnico em segurança do trabalho.

Já para candidatos com nível fundamental as vagas são: coletor de lixo domiciliar, auxiliar de serviços gerais, auxiliar de limpeza e auxiliar de mecânica.

Da maioria das vagas, 5 + CR são para o cargo de monitor de estacionamento, 3 + CR para motorista de caminhão de coleta de lixo, 2 + CR para motorista, 2 + CR para coletor de lixo domiciliar, 2+ CR para cobrador, 2 + CR para auxiliar de escritório, 1 + CR para auxiliar de limpeza e 1 + CR para mecânico. O restante das vagas são todos para cadastro reserva.

Avaliação

De acordo com a função pretendida, o concurso CONDEPAS RS contará com avaliação, por meio de provas práticas, físicas e escritas/objetivas.

Para as vagas de auxiliar de serviços gerais, auxiliar de mecânica, auxiliar de limpeza e coletor de lixo domiciliar, a prova objetiva contará com 30 questões de raciocínio lógico (matemática) e 30 questões de língua portuguesa. Já para os cargos de chapeador, cobrador, borracheiro, auxiliar de escritório, caixa, fiscal, recepcionista e frentista, serão aplicadas prova objetiva com 20 questões de conhecimento gerais, 20 questões de língua portuguesa e 20 questões de raciocínio lógico (matemático). Para o cargo de técnico de segurança do trabalho e mecânico especializado e mecânica pesada será aplicada prova com 20 questões de conhecimentos gerais, 20 questões de língua portuguesa e 20 questões de raciocínio lógico (matemático).

A segunda etapa do concurso, que contará com prova prática, será realizado somente para algumas funções que são: mecânico, mecânico especializado em mecânica pesada, motorista e motorista de caminhão de coleta de lixo.

Já a terceira fase do concurso, a prova física, será somente para a função de coletor de lixo domiciliar.

Mais informações sobre o concurso CODEPAS RS será divulgado após a publicação do edital, previsto para em breve.

A CODEPAS RS

Tendo a Prefeitura Municipal de Passo Fundo (RS) como acionista majoritária, que detém 98,8% do capital social, a CODEPAS é uma empresa pública de sociedade anônima. Diante disso, é o Tribunal de Contas do Estado e auditoria municipal que controlam suas contas e as compras são solicitadas de acordo com a lei de licitações/ n° 8666/93. No total a companhia conta com cerca de 200 funcionários que ingressaram no trabalho por meio de concurso público e foram contratados pelo regime da CLT (Consolidação Leis do Trabalho).

A CODEPAS atua em 12 linhas diárias de transporte coletivo urbano em Passo Fundo (RS) , tendo no total 33 veículos, sendo 24 desses utilizados no transporte coletivo, nove de veículos reserva e um utilizado na Secretária Municipal de Obras e Viação.

Por Doni Peres


Nova seleção oferece vagas para profissionais com ensino médio.

Está de olho nas oportunidades em concurso público no Estado de São Paulo? Então saiba que o Conselho Regional de Corretores de Imóveis, o CRECI/SP, está com as inscrições abertas para o seu novo concurso público.

Para o certame, a seleção busca o preenchimento de um total de sete vagas, sendo elas destinadas para o seu quadro de pessoas. O regime de trabalho sob qual atuarão os selecionados será de Consolidação das Leis do Trabalho, a CLT.

Se você busca mais informações, nós te damos todos os detalhes para não ficar de fora do processo. Vamos a elas.

Sobre as vagas do concurso CRECI/SP

De todas as ofertas disponíveis, seis vagas são destinadas para a função de serviços técnicos administrativos. A distribuição dessas se dará nos seguintes municípios: Itatiba (1 vaga), São José do Rio Preto (1 vaga), Jundiaí (1 vaga), Campinas (1 vaga) e São Paulo (2 vagas).Já a outra oportunidade restante é destinada para a vaga de suporte administrativo. A lotação dessa será unicamente na capital de São Paulo.

Pré-requisitos do concurso CRECI/SP

Quem estiver interessado em participar, precisa atender primeiramente a alguns pré-requisitos importantes e exigidos para os cargos. Sendo assim, é necessário primeiramente possuir um diploma que comprove a conclusão em nível médio. Além disso, também é necessário ter conhecimentos na área de informática.

Salários e benefícios oferecidos pelo certame

Os salários iniciais oferecidos pelo órgão são extremamente atraentes, sendo de R$ 2.444,46 para o caso de vagas em serviços técnicos administrativos e de R$ 1.305,12 para o cargo de suporte administrativo.Além desses valores, vale lembrar que o CRECI/SP oferece aos selecionados e servidores diversas outras vantagens e benefícios, como: vale-transporte, vale-refeição, convênio odontológico e convênio médico.Sobre as inscrições do Concurso CRECI/SP, depois de saber de todas as informações necessárias e estiver apto a participar, o candidato poderá realizar a sua inscrição. Vale ressaltar que as inscrições somente são aceitas pela internet, no site da organizadora e da executora responsável pelo certame, o Instituto Nosso Rumo.O endereço eletrônico é o www.nossorumo.org.br. O prazo final para se inscrever e participar é dia 7 de janeiro de 2019. Para isso, é necessário pagar uma taxa para efetivação da inscrição. O valor para todos os cargos é único, sendo de R$ 39,50.

Sobre o processo de seleção

São diversas as etapas utilizadas para a seleção do concurso do CRECI/SP. Primeiramente, será aplicada uma prova objetiva, sendo ela de caráter eliminatório e classificatório. A mesma será composta por um total de 40 questões de múltipla escolha. As disciplinas são: matemática, língua portuguesa, noções de informática e conhecimentos gerais.A duração máxima do exame é de três horas, com aplicação prevista para o dia 10 de fevereiro de 2019, na cidade de São Paulo/SP. Os locais e horários serão comunicados futuramente no edital para convocação. Sua publicação será feita a partir da data de 31 de janeiro, no portal do Instituto Nosso Rumo.

Além da prova objetiva, o certame contará também com uma prova oral, também de caráter eliminatório e classificatório. As questões irão abranger aspectos relacionados à fluência verbal, relacionamento interpessoal, experiência e conhecimento sobre a sua área de atuação, habilidade para a negociação e, por fim, administração de conflitos.

Sobre o CRECI/SP

O Conselho tem como sua principal função fiscalizar e disciplinar todo o exercício voltado para a profissão de um corretor de imóveis. Assim, é exigido do mesmo que suas práticas sejam sempre voltadas a excelência, de forma a garantir a tranquilidade e a segurança no que diz respeito às transações imobiliárias. Para isso, seus valores são: profissionalismo, comprometimento, credibilidade, moral e ética.

Para quem busca maiores informações sobre o CRECI/SP, basta acessar o site https://www.crecisp.gov.br e sanar quaisquer dúvidas que possam surgir.

Kellen Kunz


Seleção deverá ofertar 148 vagas de nível médio e superior.

Recentemente houve movimentações no processo de solicitação de concurso da Aneel, a Agência Nacional de Energia Elétrica. Ele foi protocolado no MPDG, o Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, e estava sem nenhuma alteração desde junho de 2017. Nesse ano ele voltou a ser movimentado em agosto e também recentemente nos dias 6 e 7 de dezembro.

Essas mudanças recentes aumentam a expectativa da realização do concurso. A isso soma-se a necessidade cada vez maior de servidores para ocupar cargos vagos. A solicitação feita ao MPDG foi de 148 vagas e é esperado que, por conta da mudança de ritmo no andamento do processo, o governo federal do ano seguinte autorize e libere o concurso.

O número de vagas a serem preenchidas pelo concurso se distribuem entre três cargos, sendo eles os de Especialista em Regulação de Serviços Públicos de Energia (31 vagas); Analista Administrativo (39 vagas) e Técnico Administrativo (78 vagas).

O cargo de técnico administrativo exige a conclusão do ensino médio (ou certificado equivalente) e tem remuneração no valor de R$ 6.147,52. Já os cargos de analista e especialista em regulação exigem nível superior em diversas áreas de formação, sendo o primeiro remunerado em R$ 11.529,29 e o segundo em R$ 12.432,49. Nos valores já está incluído o auxílio-alimentação de R$ 458.

Último concurso realizado pela Aneel

O concurso anterior da Aneel foi realizado em 2010 e nele foram selecionados profissionais para ocuparem 186 vagas distribuídas entre os mesmos cargos que estão sendo solicitados para esse próximo concurso. Foram 47 vagas para o cargo de Técnico Administrativo, que exigiu como pré requisito a conclusão do ensino médio.

Para a função de Especialista foram selecionados 76 candidatos e para a de Analista Administrativo 63. A primeiro exigia nível superior na área, já a segunda também tinha como requisito a graduação, porém, em qualquer área.

A banca organizadora foi a Cespe/UnB. Na prova elaborada por ela, os conhecimentos dos candidatos foram testados por meio de 120 questões envolvendo conhecimentos básicos e específicos. Também foi preciso elaborar uma redação. Apenas como critério de classificação, a banca também realizou a prova de títulos. O local de trabalho foi a cidade de Brasília (DF), onde fica localizada a Aneel.

O que é a Aneel?

Criada em 1996 no governo do presidente Fernando Henrique Cardoso e com sede no Distrito Federal, a Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) tem como objetivo a gestão da energia elétrica por meio das atividades de produção, transmissão e comercialização da eletricidade.

A Lei nº 10.871/2004, que regulamenta as carreiras e organização de cargos das Agências Reguladoras (como é o caso da Aneel), define que o quadro de pessoal dessa autarquia deve ter 365 cargos de Especialista em Regulação; 200 em Técnico Administrativo e outros 200 em Analista Administrativo.

Estudar antes do edital

Ao contrário do que muitos pensam, é possível estudar antes que o edital de determinado concurso saia. Com a iminência do concurso da Aneel, uma dica para aqueles que querem concorrer é sair na frente e analisar o edital do último concurso da agência. Você pode encontrá-lo no site da Cespe/Unb, banca que realizou o concurso, por meio do link: http://www.cespe.unb.br/concursos/ANEEL2010/.

No edital é interessante observar as áreas de conhecimento que foram cobradas para definir prioridades na hora do estudo. As disciplinas com maior número de questões podem ser decisivas na aprovação do candidato, então é uma boa idéia estudá-las de maneira um pouco mais intensa.

A bibliografia utilizada também pode servir como ponto de partida para aqueles que não têm idéia de onde começar a estudar. Relacionar os capítulos dos livros com os conteúdos pedidos também é uma boa ideia, principalmente em casos onde são pedidas obras muito extensas.

Bruno Esteves Campoi


Interessados poderão se inscrever de 6 de fevereiro a 7 de março de 2019.

Nova oportunidade de processo seletivo para cargos públicos de grande escala está oficialmente aberta.

Trata-se do recentemente publicado documento de edital que inicia o período de inscrições para o novo concurso público, destinado ao provimento e ingresso de aspirantes ao curso de formação de oficiais, no órgão da Polícia Militar do Estado de Minas Gerais, a PM-MG, cuja realização se dará no próximo ano de 2019. Este processo de seleção tem por escopo o preenchimento de 120 postos de trabalho estáveis, dos quais 108 vagas estão previamente reservadas aos candidatos homens e as demais 12 vagas previamente reservadas para as candidatas mulheres.

Deste modo, toda pessoa interessada em iniciar uma carreira neste cargo deverá preencher os seguintes requisitos:

Apresentar o diploma de conclusão em curso de superior na área de direito; estar em idade entre 18 e 30 anos e possuir a altura mínima de 1,60 metros.

O período para o cadastro de inscrição se dará conforme o seguinte itinerário:

Todas as inscrições deverão ser efetuadas entre o dia 6 do mês de fevereiro e o dia 7 do mês de março de 2019, por meio do seguinte endereço eletrônico: www.policiamilitar.mg.gov.br/crs. A taxa de participação está estipulada no valor de 173 reais.

Este processo seletivo consistirá nas seguintes fases:

Inicia com a realização das provas versando em conhecimentos específicos e gerais, ou seja, a prova objetiva e a prova dissertativa (redação); seguidas pelas necessárias avaliações psicológicas; depois serão realizadas as necessárias avaliações de aptidão física militar e os demais exames que avaliam o estado de saúde, que constituem exames preliminares e complementares; o necessário exame toxicológico; a realização da prova oral e finaliza com análise sobre títulos.

Os cadernos de provas sobre conhecimentos serão ministrados no dia 7 do mês de abril de 2019, nos seguintes municípios do Estado de Minas Gerais: na capital Belo Horizonte (RMBH); cidade Juiz de Fora; cidade de Uberaba; cidade de Lavras; em Divinópolis; em Governador Valadares; em Uberlândia; em Patos de Minas; em Montes Claros; em Ipatinga; em Barbacena; na cidade de Curvelo; cidade de Teófilo Otoni; em Unaí; em Pouso Alegre; em Poços de Caldas e na cidade Sete Lagoas.

Sobre prova objetiva seguem as informações:

Consistirá em um caderno contendo um conjunto de questões, em múltipla escolha, as quais versarão sobre o seguinte conteúdo programático: em matéria de língua portuguesa; matéria de direito constitucional; matéria de direito penal militar; matéria de direito penal; matéria de direito processual penal militar; matéria de direito processual e penal; matéria de direito administrativo; matéria de legislação extravagante e em legislação institucional.

Sobre o Curso de formação para oficiais da PM-MG, seguem as informações:

O mesmo será realizado na própria Escola de Formação de Oficiais, a EFO, instituição pertencente à Academia de Polícia Militar, APM, localizada no seguinte endereço: Rua Diábase, nº 320, no bairro Prado.

Serão dois anos e seis meses de curso, em que os acadêmicos passarão pela formação, seguidos de mais seis meses em curso de “aspirantado”, cujo início está previsto para o mês agosto de 2019. Será realizado no tempo integral, dentro do chamado regime de dedicação exclusiva, junto das atividades escolares e de extraclasse depois das 18 horas, abrangendo os sábados, os domingos e também nos feriados.

Todo o concorrente a cadete terá direito, ao longo do período deste curso, a uma remuneração; ao abono de fardamento; à assistência médico-hospitalar; assistência psicológica e também odontológica, em plena conformidade com a legislação atualmente em vigor. O valor do salário base, inicial, pago a todo cadete em seu 1º ano é de R$ 5.769,42.

Vale a pena conferir.

Paulo Henrique dos Santos


Seleção deverá ofertar 51 oportunidades.

Com previsão para publicação neste segundo semestre de 2018, o Procon MA (Instituto de Proteção e Defesa do Consumidor do Maranhão) deverá divulgar em breve edital com mais de 51 vagas imediatas e mais cadastro reserva, para candidatos com nível ensino fundamental e ensino superior em direito, com salário entre R$ 3.900,00 e R$ 7 mil.

A realização do concurso, que foi anunciado por meio de uma rede social, no dia 29 de janeiro deste ano, pelo presidente do Procon MA, Duarte Junior, e estava previsto antes para ser publicado em março deste ano, até então não foi levado adiante. O certame ganhou novas expectativas com a previsão para publicação do edital neste 2º semestre de 2018, já que também passado período eleitoral, a única pendência era a definição e contratação da banca organizadora, que foi realizada em agosto deste ano.

Com contrato assinado e publicação no Diário Oficial do Estado no dia 23 de agosto, a Fundação Carlos Chagas será a banca organizadora do concurso, que depende de alguns acertos que ainda estão sendo feitos para a liberação do edital. A Fundação Carlos Chagas foi escolhida por dispensa de licitação. De acordo com o contrato, a fundação tem o prazo máximo de até 12 meses, a partir da publicação no Diário oficial, para a realização do concurso.

O certame manteve a oferta prevista de vagas ainda no início deste ano. Segundo o presidente do Procon MA, Duarte Júnior, as vagas são para cargos que exigem ensino fundamental e superior, com remuneração inicial que estão previstas entre R$ 3.900,00 e R$ 7 mil. Do total das 51 vagas, estão previstas 11 para o cargo de conciliador e 40 para o cargo de auxiliar de serviços. A exigência para o cargo de conciliador será com a formação de ensino superior em direito e para auxiliar de serviços o candidato deverá ter ensino fundamental.

O presidente do Procon MA, Duarte Junior, destacou ainda que um novo concurso é uma das prioridades do Governo Flávio Dino, já que com uma gestão ética e transparente, a administração atual age sempre em obediência aos princípios basilares da administração pública. “Estamos realizando concursos em prol da maior qualificação dos serviços que colocamos à disposição dos cidadãos”, ressaltou o presidente do órgão.

Último concurso realizado 2017

Com organização também da Fundação Carlos Chagas, o último concurso Procon MA foi realizado no final de 2017, com inscrições abertas entre 18 de setembro e 16 de outubro de 2017 e taxa de R$ 150,00. Foram ofertadas 10 vagas (nível superior em qualquer área) para o cargo de Fiscal de Defesa do Consumidor e remuneração inicial de R$ 3.890,00.

Provas

Para já começar a se preparar para as provas a principal dica é se basear no edital anterior, no entanto, muitos concurseiros sabem antecipar ao cronograma de estudos pode garantir algumas vantagens. A avaliação foi realizada na cidade de São Luis (MA) por meio de provas objetivas e escrita subjetiva, no dia 19 de novembro, no período da manhã. A prova objetiva contou com os temas: Direito Constitucional; Direito Civil; Direito Administrativo; Direito Empresarial; Noções de Administração; Noções de Economia. Já a prova de Conhecimentos Específicos contou com temas: Legislação Especial; Direito do Consumidor. Na prova discursiva, os candidatos tiveram que responder duas questões sobre itens do conteúdo programático.

Mais informações do concurso serão divulgados após o edital de abertura do concurso Procon-MA, que está previsto ainda para acontecer até o final deste semestre.

Adoniran Peres


Seleção conta com 12 vagas imediatas. Inscrições até o dia 16 de janeiro de 2019..

Embora o fim deste ano esteja cada vez mais próximo, sendo este o último de 2018. Entretanto, as oportunidades de bons empregos ou cargos públicos seguem com mais concursos em aberto.

Neste caso, se trata da abertura do período de inscrições destinadas o novo processo de seleção cujo objetivo está na ocupação de cargos na instituição Universidade Federal do Estado do Paraná. Este mesmo cadastro de inscrição está programado para iniciar no dia 18 do mês de dezembro de 2018. O tempo urge para quem ainda não se inscreveu.

Este é o recentemente autorizado e publicado certame público sendo promovido por meio da Universidade Federal do Estado do Paraná, a UFPR. O processo seletivo tem por meta o provimento de 12 postos reservados para alguns cargos no departamento de técnicos administrativos na área de educação. Todas estas vagas disponibilizadas serão lotadas nas unidades estabelecidas nas seguintes cidades: na capital Curitiba; no município de Palotina; no município de Matinhos e no município de Toledo.

Deste modo, todos os candidatos deverão observar a distribuição das vagas, por classe de formação:

Para os concorrentes que apresentem diploma de ensino médio; o diploma de curso técnico ou certificado de ambos, as oportunidades se destinam às seguintes funções: cargo de técnico em contabilidade, com três postos; cargo de assistente em administração, com um posto e cargo de técnico de tecnologia da informação, com um posto. O valor da remuneração inicial está em R$ 2.446,96.

Com relação aos candidatos que apresentem certificado de nível superior, as oportunidades estão reservadas para as seguintes funções: cargo de farmacêutico, um posto; cargo de fisioterapeuta, um posto; cargo de jornalista, um posto; cargo de nutricionista, um posto; cargo de médico veterinário, um posto disponível; cargo de tecnólogo na área vídeo digital, um posto disponível e no cargo de zootecnista, um posto disponível. O valor inicial do vencimento está em R$ 4.180,66 mil.

Todos os estudantes e profissionais interessados têm o dever de preencher o formulário oficial que inicia a inscrição, por meio do seguinte site: www.nc.ufpr.br. O prazo de preenchimento do cadastro se dará até o dia 16 de janeiro de 2019. A taxa está divida em dois valores distintos, que estão estipulados em 61 reais para os candidatos com diploma de ensino médio ou em algum curso técnico. Para os candidatos que possuam graduação em nível superior, o valor é de 104 reais.

Com relação ao itinerário deste concurso público, seguem as informações essenciais:

Todos os concorrentes serão submetidos passarão pelos exames necessários que abrangem a prova objetiva, inteiramente elaborada em eliminatório e classificatório. Este mesmo caderno conterá questões em múltipla escolha, as quais estão em conformidade com o conteúdo programático: na área de língua portuguesa; área de raciocínio lógico; na área de informática; na área de legislação e versando sobre os necessários conhecimentos específicos.

A resolução da prova objetiva se dará, oficialmente, em quatro horas exatas. A mesma será ministrada na capital do Estado do Paraná, Curitiba; como também em Matinhos e em Palotina. A data está agendada para o dia 31 do mês de março de 2019. Os locais e horários serão divulgados nas próximas semanas, por meio de um edital de convocação.

A etapa seguinte deste concurso compreenderá, também, o seguinte:

Que todos os candidatos, cujas inscrições se destinem à disputa pelos postos de trabalho no cargo de jornalista e no cargo de nutricionista, passarão por outro teste, no qual serão submetidos a uma rigorosa análise sobre os títulos, que será caráter exclusivamente classificatório. Vale a pena conferir.

Paulo Henrique dos Santos


Certame ainda depende da aprovação do pedido de abertura de 7.888 vagas.

Atualmente há milhares de cidadãos brasileiros aguardando para receberem os benefícios do Governo Federal. Mas os processos continuam “em análise” e a espera está maior do que o previsto. O motivo da demora é déficit de pessoal.

Já faz um tempo que há um déficit de funcionários no INSS (Instituto Nacional do Seguro Social), provocando estresse em muita gente.

Existe uma solicitação que foi feita pelo INSS para o preenchimento de 7.888 vagas de trabalho. O pedido está em tramitação no Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão. No final do mês de novembro houve cinco movimentações no requerimento, depois de três meses sem movimentação.

Pelo fato de o INSS ser um órgão primordial para os serviços que o Estado brasileiro se dispõe a prestar para a população, a falta de funcionários cria uma situação grave entre a população mais necessitada, tornando esse concurso público urgente.

A Federação Nacional de Sindicatos de Trabalhadores em Saúde, Trabalho, Previdência e Assistência Social está se esforçando para agilizar a liberação do concurso.

Distribuição das Vagas

Para o cargo de Técnico serão 3.984 vagas, já para analista serão 1.692. Quem vai ser perito ocupará uma das 2.212 vagas disponíveis.

Houve um comunicado da Fenasps enfatizando que o INSS precisaria repor 16 mil vagas, havendo o risco, se nada for feito, de haver um colapso.

Os Cargos

Técnico de Seguro Social

Sendo um cargo que exige apenas a conclusão do Ensino Médio, o cargo de Técnico do Seguro Social é um dos mais concorridos, tendo em vista o salário de R$ 4.886,87 por mês, além de um auxílio-alimentação de R$ 458 todos os meses!

Analista

Para ocupar a vaga de Analista você precisa ter uma graduação superior. São aceitas várias áreas de formação, dentre elas estão formação em Serviço Social, Administração de Empresas, as engenharias, Direito, Pedagogia, entre outras. O salário do Analista é de R$ 7.496,09 todos os meses, além do valor de R$ 458 por mês de auxílio-alimentação.

Perito

Para ser perito você precisa ter concluído a graduação em Medicina e ter registro no seu Conselho Regional de Medicina. O salário inicial é de R$ 8.530,41 por mês, além do já citado auxílio-alimentação no valor de R$ 458 todos os meses.

Defasagem de Funcionários

De um total de quase 16 mil funcionários, a defasagem em todo o país é maior para a função de Técnico. Nessa situação, o atendimento do instituto fica comprometido.

A situação está calamitosa no que tange o atendimento, o governo federal diminuiu os recursos destinados ao instituto.

O último concurso do INSS, que teve seu resultado divulgado em agosto, foi um dos mais concorridos da história do Brasil. Houve quase 1,1 milhão de inscritos, sendo em sua grande maioria para Técnico do Seguro Social.

Atribuições do Técnico e Analista

A função de um Técnico do Seguro Social é exercer diversos tipos de atividades. É um cargo que deve ser ocupado por candidatos que concluíram o Ensino Médio e que tenham facilidade e saibam lidar com o público.

Para se candidatar a Técnico do Seguro Social você deve ter alguns conhecimentos específicos que possibilitarão a sua ocupação da vaga.

Dentre esse conhecimento destacam-se alguns: noções de Direito Constitucional (ter noções do que a Constituição Brasileira de 1988 assegura como direitos fundamentais); ter noções de Direito Administrativo, ter habilidade em raciocínio lógico e língua portuguesa. Essas são as noções básicas que um Técnico do Seguro Social precisa ter para exercer a função.

Sobre o INSS

O Instituto Nacional do Seguro Social, ou simplesmente INSS, foi fundado há 28 anos e é a autarquia competente no Brasil por receber “contribuições” trabalhistas para a manutenção da saúde social, sendo responsável pelo pagamento da aposentadoria gerida pelo Estado, licença-maternidade, entre outros benefícios previstos na Legislação. O INSS trabalha em conjunto com a Dataprev, uma empresa de tecnologia que processa todos os dados de saúde.

Por Bruno Rafael da Silva


Seleção deve ofertar 148 vagas e ainda depende de autorização.

Apesar de estarmos chegando ao fim do segundo semestre de 2018 e, por conseguinte, ao fim do ano, as ofertas de trabalho em diversas modalidades estão sempre sendo abertas, não importando a época. Deste modo, novo processo de seleção público está próximo de sua abertura.

Trata-se de fase de tramitação do projeto de certame, que passa pela análise no Ministério do Planejamento, de Desenvolvimento e Gestão, ou MPDG, a nova solicitação de concurso público para o provimento de cargos na Agência Nacional de Energia Elétrica, a Aneel. Portanto, o órgão permanece aguardando a autorização para o preenchimento de 148 postos de trabalho em seu quadro de servidores.

Assim, a expectativa é a de que este novo governo federal proceda com uma análise mais acelerada, para esta solicitação e as de outros órgãos, no sentido de poder, desta maneira, liberar o necessário aval para o evento. Devido ao fato de haver grande interesse nos cargos, o público tem expectativa de que a autorização não tarde a ser publicada definitivamente, dado que, também, é cada vez maior a defasagem de servidores neste departamento.

Sobre a distribuição das funções, seguem as informações:

Deste conjunto de postos solicitados, 78 vagas destinam-se ao setor de técnico administrativo; 39 vagas reservadas para o cargo de analista administrativo e mais 31 vagas reservadas para o cargo de especialista no setor de regulação de serviços públicos em energia. Os valores das remunerações iniciais pagas pelo órgão, aos referidos cargos, correspondem a R$ 6.147,52; R$ 11.529,29 e a R$ 12.432,49, respectivamente, todos já acrescidos do direito ao auxílio-alimentação no valor de 458 reais.

Para concorrer à função de técnico administrativo, todo candidato interessado deverá apresentar o certificado de ensino médio, que deverá ter sido conferido em instituição reconhecida por meio do Ministério da Educação e da Cultura, o MEC, ao passo que para as demais vagas, serão aceitos candidatos que possuam formação em nível superior nas mais diversas áreas de atuação profissional.

De acordo com informações angariadas do setor de comunicação deste órgão, havido sido noticiado anteriormente que todas as oportunidades solicitadas, de cargos, estão em plena conformidade com a quantidade de cargos vagos no órgão da Aneel. Hoje, no setor, o seu quadro compõe oficialmente 765 servidores, dos quais 615 se encontram devidamente preenchidos, o que deixa evidente que há 150 cadeiras a serem ocupadas.

O histórico do último concurso promovido pela Aneel registra o seguinte:

Naquela ocasião, o processo seletivo para cargos na Aneel, realizado no ano de 2010, ou seja, há oito anos, obteve a autorização de se abrir 186 oportunidades de vagas a serem distribuídas entre todas as funções existentes, sendo que neste ano foram solicitadas 148.

Aquele evento estava sob a direção da banca organizadora Cespe/UnB, que geriu a triagem sobre os participantes, sendo que as provas objetivas e os testes objetivos com todo conteúdo programático delimitado no documento do edital, foram realizados nas datas previstas.

Sumarizando:

Concurso para cargos na Agência Nacional de Energia Elétrica, Aneel, que está vinculada ao órgão do Ministério de Minas e Energia, o MME. A abertura deste processo seletivo visa ao preenchimento de cargos nas funções de técnico, de analista e especialista. De acordo com a Assessoria de Imprensa do departamento, o ofício encaminhado ao MME solicita oficialmente 139 vagas para dar início ao concurso. Deste total, são 75 vagas destinadas ao técnico administrativo; são 37 destinadas ao analista administrativo e as demais 27 estão reservadas aos especialistas na área de regulação de serviços públicos em energia.

Paulo Henrique dos Santos


Seleção oferta 88 vagas mais cadastro reserva. Inscrições até o dia 3 de janeiro de 2019.

Apesar de estarmos chegando ao fim do segundo semestre de 2018 e, por conseguinte, ao fim do ano, as ofertas de trabalho em diversas modalidades estão sempre sendo abertas, não importando a época. Deste modo, um novo processo de seleção público está oficialmente aberto.

Recentemente foi oficializado novo certame público para o provimento de cargos no departamento da Procuradoria Geral do Estado de Pernambuco, o PGE-PE. Este é o início do período de inscrições, que se deu a partir das 10 horas desta última terça-feira, dia 4 de novembro, destinadas ao concurso público cuja meta está em preencher 88 postos de trabalho, junto da formação do cadastro reserva de pessoas.

Sobre os cargos as informações são as seguintes:

Para a carreira de assistente de procuradoria estão sendo disponibilizados cerca de 40 postos e o salário está no valor de R$ 2.263,79, sendo essa a alternativa para futuros candidatos que possuam diploma de ensino médio.

Para carreiras em cargos que exigem nível superior, as oportunidades em aberto são as seguintes: cargo de analista judiciário, com 20 vagas, e no cargo de analista administrativo dentro das seguintes especialidades: no setor de calculista, com 8 vagas; no setor de engenharia, com 3 vagas; no setor de gestão pública, com 15 vagas e no setor de recursos humanos, com 2 vagas. O valor da remuneração, neste caso, é de R$ 3.880,33.

Sobre o período de inscrição e as demais etapas que compõem o itinerário deste processo de seleção, seguem as informações:

O Concurso PGE PE está organizado dentro do critério em que as inscrições serão recebidas até às 18 horas dia 3 de janeiro de 2019, por meio do seguinte endereço eletrônico: http://www.cespe.unb.br/concursos/pge_pe_18_servidor. As taxas estão estipuladas nos seguintes valores: 80 reais para os candidatos concorrentes ao cargo de assistente, em 120 reais para os candidatos concorrentes à vaga de analista. Estes valores são acessíveis.

Com relação ao itinerário dos testes, segue o roteiro:

A realização das provas objetivas, para todas as vagas, e da prova discursiva, destinada somente para as vagas no cargo de nível superior, serão ambas de caráter eliminatório e classificatório, e estão previamente agendadas para serem ministradas em duas datas distintas do mês de abril: no dia 7 para concorrentes aos cargos de analista e no dia 14 para os concorrentes aos cargos de assistente. As provas serão realizadas na capital do Estado de Pernambuco, ou seja, Recife.

Este é um dos concursos públicos mais aguardados deste ano, naquela região do Brasil. Os cargos são efetivos e se destinam a duas classes de estudantes e profissionais, o que torna este processo de seleção mais acessível a uma parcela significativa da população.

Sobre a prova objetiva, seguem as informações:

Todo o conteúdo programático abrangerá matéria de língua portuguesa; matéria de direito administrativo; matéria de direito constitucional; matéria de ética no serviço público; sobre as atualidades e os conhecimentos específicos, sendo que haverá uma pequena variação entre as disciplinas de acordo com a função escolhida pelo concorrente. As matérias são poucas, portanto, há tempo de se preparar bem.

Este mesmo concurso para o provimento de cargos no departamento da Procuradoria Geral do Estado de Pernambuco, ou PGE PE, terá validade oficial de dois anos, que serão computados a partir da homologação de seu resultado definitivo. Este mesmo prazo poderá ser prorrogado uma vez, por um período de até mais dois anos, de acordo com o critério do próprio órgão, e em conformidade com o que estabelece o documento do edital.

Paulo Henrique dos Santos


Certame conta com 50 vagas imediatas. Inscrições podem ser feitas até o dia 9 de janeiro de 2019.

O CRP, Conselho Regional de Psicologia da 11ª Região, o qual se localiza no Estado do Ceará, realizou a divulgação do extrato de edital para concurso público, o qual visa ao preenchimento de 50 postos que se encontram vagos, onde cinco serão para posse imediatas, já as outras 45 serão para formar cadastro reserva (CR).

Os candidatos que possuem diploma de nível médio pode concorrer ao cargo de técnico administrativo, com especialização nas áreas de patrimônio (onde há 1 vaga + 9 Cadastro Reserva), contábil (1 vaga + 9 Cadastro Reserva) e financeira (1 vaga + 9 Cadastro Reserva). A área de contabilidade requer diploma de nível técnico na área. Todos os postos citados acima receberam salário inicial de R$ 1.873,40 por mês.

Já para quem possui formação em nível superior, o posto disponível é o de psicólogo fiscal, que possui 2 vagas + 8 Cadastro Reserva. A posição exige também registro profissional do Conselho de Classe. Os aprovados farão jus a uma remuneração mensal no valor de R$ 5.319,80.

Sobre as inscrições e as etapas

Os interessados devem ficar atentos, pois as inscrições irão se abrir no dia 10 de dezembro às 10h e irão terminar no dia 9 de janeiro às 23h59. O candidato deve efetuar sua inscrição na página eletrônica do pró-município http://www.promunicipio.com. Deveram ser recolhidas taxas, para efetivar a participação, sendo de R$ 80 para técnico e de R$ 120 para psicólogo.

O concurso público inclui avaliação objetiva para todos os cargos, que ocorrerá na capital no dia 27 de janeiro, e também prova de títulos, a qual será realizada somente para os concorrentes ao cargo de psicólogo, tendo as entregas dos respectivos documentos no período definido em edital.

O referido processo publico de seleção terá, inicialmente, uma validade de vinte e quatro meses, os quais são contados a partir da data em que for homologado o resultado final. Este prazo pode ser prorrogado somente uma única vez, e pelo mesmo período, de acordo com as necessidades do órgão, assim como está pré-estabelecido no documento de edital.

Sobre as atribuições dos cargos

Cargo de Técnico (patrimônio) – Será responsável por atividades de compras, contratos, administração de estoque e também licitações, por meio do controle dos processos para adquirir serviços e bens, efetuando licitações e cotação de preço, conforme a Lei de licitação de número 8666 de 1993 e as outras legislações cabíveis, buscando contribuir com a continuidade dos fluxos das áreas, assim como otimizar os disponibilizados recursos financeiros.

Cargo de Técnico (contábil) – Será responsável por executar atividades referentes aos setores de Contabilidade, Patrimônio e Administração de Pessoal, realizando análises, classificações e organização de documentos, por meio dos sistemas de Pessoal e Contábil, desenvolvendo a apresentação de relatórios ao Conselho Federal, assessoria Contábil, Auditoria, Diretoria, Tribunal de Contas da União e Receita Federal, buscando manter seus compromissos legais, sociais e financeiros no prazo e dentro da legislação vigente.

Cargo Técnico (financeiro) – Será responsável por planejar e organizar os fluxos e procedimentos financeiros e de cobrança do órgão, por meio da geração de relatórios através dos sistemas bancário de gerenciamento financeiro, do SISCAF e também de planilhas de controle, buscando manter o controle dos recebimentos e cobranças de receitas e anuidades do órgão em questão.

Cargo de psicólogo fiscal – Será responsável por fiscalizar o exercício da profissão, orientar e atender os profissionais do segmento de Psicologia, sociedade e pessoas jurídicas, zelando pelos pressupostos da área de Psicologia e pela regularidade do exercício da profissão, sempre levando em consideração o Código de Ética dos profissionais de psicologia, buscando assegurar que os profissionais esteja cumprindo suas atividades profissionais conforme a legislação e o Sistema Conselho de Psicologia.

FILIPE R SILVA


Seleção deverá ofertar novas oportunidades para Analista e Técnico.

Ainda continua grande a expectativa para que seja definido o nome da empresa que será a banca organizadora de um novo processo público de seleção, que será realizado na PGDF, a Procuradoria Geral do Distrito Federal. O referido processo seletivo encontra-se ainda em andamento e apenas após todo este procedimento é que irá poder ser determinado o dia em que irá ser publicado o extrato de edital para que sejam abertas as inscrições do certame.

O processo público de seleção irá contar, ao todo, com 100 chances que se encontram vagas, onde 57 delas serão para o posto de analista jurídico e as outras 43 serão destinados ao cargo de técnico judiciário focado na carreira para apoiar as atividades jurídicas. Para o cargo que exige nível técnico, os candidatos que irão concorrer deverão possuir apenas diploma de nível médio e os profissionais farão jus a uma remuneração mensal que inicia no valor de R$ 4.720, para que cumpram uma jornada de trabalho, por semana, de 40 horas. Já para o posto de analista, será exigido dos concorrentes formação em nível superior, porém, em áreas específicas, conforme a distribuição das oportunidades para cada uma das especialidades exigidas. Estes profissionais receberão no início da carreira o valor de R$ 7.320, para cumprir as mesmas 40 horas por semana.

A formação da comissão que será responsável pela elaboração de um projeto básico para o concurso público já foi realizada e será composta pelos funcionários Leonardo Vieira Lins Parca e Carmem Lúcia Plá Pujades.

Sobre a progressão salarial

Para o cargo de técnico, existem três diferentes níveis que compõe a carreira, cada um tendo 5 graus. Além do nível inicial que recebe o salário de R$ 4.720, no mesmo nível três, os salários evoluem o valor de R$ 5.213,313 nos outros graus do segundo e terceiro nível. A remuneração, no primeiro nível, atinge o patamar de R$ 5.370,75, isso na graduação I e II, já no III e no IV o valor chega a R$ 5.478,70 e por fim no nível V o valor bate a cifra de R$ 5.533,49 por mês.

Já para o posto de analista, depois do inicial que parte em R$ 7.320, no terceiro nível, os valores passam a ser de R$ R$ 7.404,18, depois 7.489,33, posteriormente R$ 7.575,46 e por fim R$ 7.662,57. Já no segundo nível, atinge valores de R$ 7.838,81, depois R$ 7.928,96, evoluindo para R$ 8.020,14, chegando em R$ 8.112,37 e finalizando em R$ 8.205,67. Já no primeiro nível, o mais alto, os valores iniciam em R$ 8.394,40, evoluindo para R$ 8.490,93, depois para R$ 8.588,58, atingindo R$ 8.687,35 e finalizando em R$ 8.787,25. Por fim, na classe considerada especial, os valores são de R$ 8.989,36, depois R$ 9.092,73, mais tarde R$ 9.197,30, chegando a R$ 9.303,07 e alcançando R$ 9.410,06.

Sobre o último processo seletivo

Em 2010 foi quando ocorreu a última seletiva para os referidos cargos. Na época foram ofertadas 69 oportunidades, onde 46 eram destinados aos técnicos e as outras 23 eram de analistas nas seguintes áreas: arquitetura (1), analista jurídico (1), arquivologia (1), analista de sistemas (3), biblioteconomia (1), direito e legislação (com 13 vagas), contabilidade (1), jornalismo (1) e engenharia agronômica (1).

Neste processo de seleção, a empresa organizadora o Iades.

Todos os concorrentes tiveram que realizar uma avalição objetiva que continha 60 questões de múltipla escolha, onde 30 eram sobre conhecimentos básicos e possuíam peso um, e as outras 30 eram de conhecimentos específicos e continham peso dois. Já para o cargo de analista jurídico, a seletiva contou também com uma avaliação discursiva.

A parte destinada aos conhecimentos básicos, para todos os cargos, teve assuntos como atualidades, língua portuguesa, noções de direito administrativo, noções de direito constitucional e legislação aplicada ao órgão.

FILIPE R SILVA


Certame conta com 100 oportunidades para Agente de Fiscalização e Educação de Trânsito.

Encontram-se abertas as inscrições para o concurso público do Departamento de Trânsito do Pará (Detran PA). A seleção tem o objetivo de preencher um total de 100 imediatas, que serão distribuídas para atuação em todo o estado.

Cargos

São dois os cargos com vagas disponíveis no edital. São eles:

Agente de fiscalização de trânsito, com 66 vagas abertas.

Agente de educação de trânsito, com 34 vagas.

A formação requerida para se candidatar a ambos os cargos é possuir o Ensino Médio completo. Para o cargo de fiscalização de trânsito é também necessário ter uma Carteira Nacional de Habilitação (CNH) na categoria “AB” ou superior. O documento precisa ter sido expedido há, no mínimo, dois anos.

A remuneração inicial nos dois cargos é de R$ 2.191,52. Há ainda o acréscimo de gratificação.

A jornada de trabalho é de 30 horas semanais.

Inscrições

As inscrições para este concurso estão abertas desde o dia 27 de novembro e irão até às 23h59 do dia 20 de dezembro de 2018. Para se inscrever, o candidato deverá acessar o site da Fundação de Amparo e Desenvolvimento da Pesquisa (Fadesp Concursos), no link https://www.portalfadesp.org.br . A taxa de inscrição é de R$ 35,00 para ambos os cargos.

Candidatos PcD (Pessoa com Deficiência) deverão enviar documentos atestando sua condição entre os dias da inscrição para o concurso. Ou seja, entre os dias 27 de novembro e 20 de dezembro de 2018. Este é o mesmo prazo para os candidatos pleitearem isenção na taxa de inscrição por possuírem baixa renda ou serem PcD.

As inscrições poderão ser pagas até o dia 21 de dezembro de 2018. A impressão do cartão de inscrição irá ocorrer entre os dias 22 e 25 de janeiro de 2019. Informações detalhadas, bem como os formulários a serem preenchidos também se encontram no site da Fadesp Concursos.

Provas

O exame está previsto para o dia 10 de fevereiro de 2019, em Belém, capital do Pará. Serão quatro horas de duração para o candidato responder uma prova objetiva e outra discursiva. Na prova objetiva haverá 50 questões de múltipla escolha. Já a prova discursiva consistirá em elaborar uma redação com o tamanho de 20 a 30 linhas a partir de tema sugerido pelo enunciado da questão.

O candidato será avaliado nos seguintes conteúdos na prova objetiva: língua portuguesa, raciocínio lógico/ matemática, informática, legislação relacionada ao Detran PA, ética e qualidade no serviço público e conhecimentos específicos.

Aos candidatos ao cargo de agente de fiscalização há outras fases na seleção, como avaliação médica e psicológica, teste para verificar a capacidade física, apresentação de Certidão Negativa Criminal e curso de formação

A validade do concurso será de um ano, contando a partir da data de homologação do resultado final. Há a possibilidade de o prazo ser prorrogado uma vez, por mais um ano, se for interesse do Departamento de Trânsito do Pará.

Dentre a legislação específica, o candidato deverá ter atenção à Lei Ordinária7.594, de 28 de dezembro de 2011, do Governo do Estado do Pará. O documento determinou uma reorganização no Departamento de Trânsito, dentre outras definições. É uma lei com 47 artigos distribuídos em 7 capítulos. Ela pode ser lida na íntegra no seguinte link: https://www.sistemas.pa.gov.br/sisleis/legislacao/968

Atribuições dos cargos

São as principais atribuições do agente de fiscalização de trânsito:

– atividades de fiscalização e operação no trânsito;

– fiscalizar a condição de veículos e a validade de documentos;

– realizar operações especiais de fiscalização em vias urbanas e rodovias;

– participar de operações integradas com outros órgãos do Sistema Nacional de Trânsito do Estado.

São atribuições do agente de educação de trânsito:

– atividades ligadas À execução de programas e projetos de Educação para o Trânsito;

– dar apoio a ações de fiscalização e engenharia de trânsito;

– realizar outras atividades relacionadas à sua área de atuação.

Por Luís Fernando Santos


Certame oferece 12 vagas. Inscrições podem ser feitas até o dia 13 de janeiro de 2019.

Se você quer trabalhar na administração pública porque entende que essa área pode lhe proporcionar estabilidade de emprego e de remuneração, aqui vai uma ótima notícia. No estado do Tocantins, o Conselho Regional de Farmácia (CRF TO) lançou o edital do seu próximo concurso público. O documento foi divulgado no diário oficial da União na última terça-feira, dia 27 de novembro. O Conselho anuncia 12 vagas, sendo 2 para contratação imediata e as outras para compor um cadastro de reserva. O valor do salário base pode chegar a R$ 2,4 mil. Não fique de fora dessa oportunidade. Veja outras informações a seguir.

Sobre as inscrições no certame do CRF do estado de Tocantins

Para concorrer a uma das 12 vagas anunciadas no edital do Conselho Regional de Farmácia do estado do Tocantins você deve seguir o procedimento: 1) acessar a página eletrônica, 2) preencher o formulário de inscrição, 3) imprimir o boleto e pagá-lo.

O Instituto Americano de Desenvolvimento – IADES – foi contratado para ser a banca responsável pelo processo seletivo do CRF TO.

As taxas de inscrição têm valor entre R$ 48 (para cargo de nível médio) e R$ 60 (para cargo de nível superior).

Mas se você não tem condições de pagar esses valores porque é de família que recebe renda baixa ou está registrado no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (Cad Único) pode fazer a requisição para ter direito à isenção do pagamento.

As inscrições vão começar no domingo, 2 de dezembro e terminarão em 13 de janeiro (domingo).

Quais são as vagas anunciadas no edital do concurso público do CRF de Tocantins?

O edital prevê 2 vagas para contratação imediata, sendo 1 para a função de analista de tecnologia da informação (TI) e 1 para assistente administrativo.

Para ser analista você deve ter diploma de graduação em curso na área de TI. O salário inicial é de R$ 2,4 mil. Já quem almeja o cargo de assistente deve ter concluído o ensino médio e terá ganhos de R$ 1,6 mil. Além disso, quem for aprovado terá direito a benefícios, como por exemplo, plano de saúde e odontológico e auxílio alimentação e de transporte. Para ambas as carreiras a carga horária de trabalho por dia corresponde a 8 horas.

Sobre os requisitos exigidos no CRF TO

Além de possuir comprovante de escolaridade para o cargo de seu interesse e de ser aprovado no processo seletivo, para tomar posse você deve ainda atender às seguintes exigências: não ter antecedentes criminais, ter idade mínima de 18 anos, estar quite com as obrigações militares e eleitorais, estar em gozo dos direitos civis e políticos, entre outros requisitos.

Sobre as atribuições dos cargos no CRF TO

O assistente administrativo tem como responsabilidade: protocolar processos, arquivar documentos, realizar o atendimento ao público, entre outras tarefas.

Já o analista de TI deve gerenciar o sítio eletrônico do CRF TO, fazer o monitoramento da rede, administrar a rede dos computadores, entre outras atividades.

Quem for aprovado vai trabalha na capital, Palmas.

Sobre as provas do certame do CRF de Tocantins

O processo seletivo contará com etapa única, a qual consiste na prova objetiva com 60 questões sobre conhecimentos básicos (30) e específicos (30). A prova de múltipla escolha está marcada para o dia 27 de janeiro de 2019 (domingo).

Outras informações do concurso

Para conferir outros detalhes do edital do certame do Conselho Regional de Farmácia do estado do Tocantins acesse o portal do IADES. Não perca essa chance. Faça sua inscrição assim que as inscrições abrirem. O prazo de validade desse processo seletivo é de 2 anos e pode haver prorrogação caso o CRF TO julgue necessário.

Melisse V.


Concurso da PC-RN irá ofertar 302 vagas. Salários chegam a R$ 15 mil.

Foi publicado no Diário Oficial do Estado do Rio Grande do Norte, nesta quarta-feira, dia 28 de novembro de 2018, pela Secretaria Estadual de Administração e Recursos Humanos (SEARH), a comissão que será responsável pelo concurso público para a Polícia Civil estadual (PC/ RN). Serão ofertadas 302 vagas para atuação em todo o estado, com salários de até R$ 15.288,00. A próxima etapa para a realização do concurso será a escolha da banca examinadora, o que deve impactar significativamente os estudos dos interessados.

A distribuição das vagas será a seguinte: delegado de polícia, com 41 vagas; escrivão, 26 vagas; e agente de polícia, com o total de 235 vagas.

É requerida formação superior para os três cargos. No caso de delegado, é necessário ser bacharel em Direito, embora não seja requisito ser aprovado no exame da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) ou ter experiência. Para os cargos de escrivão e agente de polícia é permitido a concorrência de profissionais com qualquer formação superior.

Além do farto número de vagas, a remuneração inicial dos cargos é um atrativo que deve atrair o concurseiro. A remuneração de um delegado é de R$ 15.288,00, valor que inclui o recebimento de benefícios. Para os cargos de escrivão e agente, o salário inicial é de R$ 3.755,00. Todas os cargos possuem jornada de trabalho de 40 horas semanais.

Atribuição dos cargos

Delegado de Polícia: Atua em delegacias, lidera investigações e inquéritos criminais. Tem como objetivo identificar a autoria de um crime, bem como estabelecer como ele ocorreu. Após fazer o inquérito policial, o delegado faz um relatório para o juiz, que encaminha para o Ministério Público, que decidirá sobre fazer ou não a denúncia. A Polícia Civil, diferente da Federal, possui atuação em âmbito estadual.

Escrivão: Documenta o desenvolvimento dos processos policiais. Ele acompanha os trabalhos dos agentes e faz a formalização do inquérito policial. O escrivão desenvolve também diversas atividades administrativas.

Agente de Polícia: O agente de polícia deve fazer a lei ser cumprida. Estão entre suas atividades interrogar suspeitos, atender ocorrências, efetuar prisões, fazer investigações, conduzir veículos policiais para realizar buscas, dentre outras. O agente de polícia reúne evidências para documentação do caso, para assim ser aberto o inquérito policial.

Suspensão do concurso

Os preparativos para esse concurso se desenrolam desde 2017. Naquele ano, foi escolhida a primeira comissão organizadora e estava prevista a disponibilidade de 142 vagas. Após meses de indefinição, em dezembro foi oficialmente suspenso o concurso. A SEARH alegou que havia falta de recursos disponíveis para o orçamento do concurso.

Posteriormente, porém, conforme parecer da Procuradoria Geral do Estado (PGE) e do Ministério Público (MP), foi divulgada a existência de diversas irregularidades no processo do concurso. Uma delas foi a participação de uma estagiária na comissão organizadora, o que não é permitido. Também não foram respeitadas normas como a participação de membros da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e do Ministério Público Estadual na comissão organizadora.

Com a suspensão, também foi revogado o processo licitatório que havia escolhido a banca organizadora. A empresa selecionada havia sido o Instituto Acesso.

Último concurso

Não há concursos para a Polícia Civil do Rio Grande do Norte desde 2008. Na ocasião, foram ofertadas um total de 438 vagas. A distribuição foi: 107 vagas para escrivão, 263 vagas para agente de polícia e 68 vagas para delegado. A banca responsável pela prova foi o Cespe/ UnB, atualmente denominado Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (Cebraspe).

O processo seletivo de 2008 foi formado por provas objetivas e discursivas acerca de conhecimentos básicos e específicos. Na etapa seguinte, os candidatos ao cargo de delegado passaram por avaliação física, além de prova prática para os candidatos ao cargo de escrivão. Por fim, também houve teste psicotécnico e cursos de formação.

Por Luís Fernando Santos


Seleção irá ofertar vagas para 4 cargos de nível médio e superior.

Estamos chegando ao fim de mais um ano e milhares de brasileiros ainda se encontram em situação de desemprego, o que se deve a uma forte crise que atingiu a economia do país, levando milhares de empresas geradoras de emprego a encerrarem suas atividades ou diminuírem seus quadros de profissionais. Dessa forma, para quem busca por uma oportunidade de trabalho, a situação se tornou bem complicada, principalmente pelo fato de existir uma grande oferta de mão de obra, ao mesmo tempo em que as vagas ofertadas são poucas.

Diante deste quadro de instabilidade muitas pessoas passaram a ver os processos seletivos e concursos públicos em geral como novas oportunidades na hora de tentar uma vaga no mercado de trabalho e alacançar assim a tão sonhada estabilidade e segurança financeira.

Dessa forma, alguns concursos públicos vêm sendo anunciados e se você busca pela oportunidade de prestar um, o Tribunal de Contas do Distrito Federal acaba de anunciar um novo certame.

De acordo com as primeiras informações, o Tribunal de Contas do Distrito Federal deve realizar mais um concurso. A autorização por parte do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão foi concedida no mês de outubro e de acordo com o documento original, serão disponibilizadas para a concorrência um total de 14 vagas para comporem o quadro de pessoal do órgão.

O edital de abertura do concurso ainda não foi publicado, mas algumas informações já foram confirmadas, como é o caso dos cargos em que as vagas serão distribuídas. Uma vaga será para o cargo de Procurador do MPC, sete vagas para o cargo de Auditor de Controle Externo, Três vagas são para o cargo de Analista de Controle Externo e três restantes são para o cargo de Técnico de Controle Externo.

Quem estiver interessado em entrar na concorrência por uma das vagas do cargo de técnico precisa possuir formação completa de ensino médio. Já para concorrer as outras vagas os interessados precisam possuir formação de nível superior, sendo aceitas diversas áreas do conhecimento.

Em relação aos salários, pode-se dizer que um profissional que atua no cargo de técnico recebe inicialmente o valor de R$ 10.286,80. Já para os cargos de auditor e analista a remuneração inicial prevista é no valor de R$ 17.177,53, enquanto que um profissional no cargo de procurador deve receber inicialmente o valor de R$ 27.423. Além desses valores que correspondem ao salários, os servidores ainda podem contar com diversos benefícios, entre eles um auxílio-alimentação cujo valor é R$ 790,84, além de auxílio-creche no valor de R$ 494,53.

O último concurso público realizado pelo TCDF aconteceu no ano de 2013, quando foram lançados três editais de abertura que disponibilizavam para a concorrência um total de 69 vagas. A empresa contratada na ocasião para organizar e executar o concurso foi a conhecida Cespe/UnB. Do total de vagas anunciadas, 19 foram para o cargo de auditor, 12 foram para o cargo de técnico e 38 para o cargo de analista. Também houve reserva de vagas para candidatos portadores de deficiência. Os inscritos tiveram que realizar provas objetivas e também discursivas.

Nesse sentido, se você possui interesse em realizar este concurso, a recomendação é de que os estudos preparatórios já sejam iniciados, uma vez que assim que a banca organizadora for contratada, o edital com todas as informações deve ser lançado. Além disso, como existe uma grande expectativa pela abertura deste certame, é esperado que o número de inscrições seja alto, o que fará desse concurso um recorde em concorrência. Por isso, se você deseja ser um servidor do Tribunal de Contas do Distrito Federal, prepara-se para a realização das provas e esteja atento à publicação do edital de abertura das inscrições.

Sirlene


Seleção deverá ofertar 94 vagas com salários de até R$ 5 mil.

O Detran do Estado do Espirito Santo (ES) – Departamento Estadual de Trânsito, na última semana, informou a comissão multidisciplinar que está sendo formada para seu concurso público, o qual foi anunciado através de Paulo Hartung, o governador do estado, no dia 20 de agosto deste ano. O processo de seleção irá contar com 94 oportunidades que se encontram vagas, onde 80 destas serão destinadas ao posto de assistente de trânsito e as outras 14 vagas serão destinadas aos analistas de trânsito. Para a oportunidade de assistente, é preciso ter diploma de nível médio para concorrer e os aprovados farão jus a uma remuneração mensal que iniciará em R$ 2.409,75, enquanto que para a vaga de analista de trânsito, os concorrentes necessitam ter diploma de graduação em nível superior nas mais variadas áreas e os mesmo irão receber uma salário mensal que inicia no valor de R$ 5.179,94.

Esta referida comissão multidisciplinar possui como finalidade executar o processo para escolha da empresa organizadora do processo seletivo. Apenas depois que for definido a banca que irá organizar o certame que então será possível realizar a confirmação da data em que será liberado o extrato de edital para abertura das inscrições.

Para o cargo de analista de trânsito, geralmente as áreas que se exigem para que o concorrente ingresse são as de análise de sistemas, administração, ciências da computação, economia, arquitetura, serviço social e psicologia.

Sobre a comissão para o concurso do DETRAN (ES) 2018

Esta comissão multidisciplinar formada pelo Detran é composta por duas servidoras, sendo Paula Mageski e Tamara Matos de Moura e não se pode confundir com comissão do próprio concurso, a qual já tinha sido formada e possui como principal fim a confecção do edital do mesmo.

O concurso possui uma comissão geral e tem a funcionária Ana Claudia Passos (da Seger) como presidente e ainda conta com os servidores a seguir: Ana Maria F. Deorce, Claudine Horta, Kamilla Mota Neiva, Taisa Andrade Soares, Ticiana Lilian Zaupa, Heloiza da Rocha Rodrigues, sendo estes, todos pertencentes a Secretaria de Gestão e Recursos Humanos, também conhecida como SEGER.

Já do IASES participam Jorge Eduardo Cardoso e Joseani Martins Cardoso, da ARSP participam Marleide Rodrigues da Silva e Alieda Alves Coutinho, o Iema indicou Chander Rian Freitas e Jacqueline Miceli Chicralla, Carlos Danielli Nogueira e a servidora Indiana Nascimento de Oliveira pertencem ao IPEM, o servidor Rodrigo Borges Ramalho e a servidora Camila Rodrigues Lobo são do IOPES e por fim pertencentes ao próprio Detran, são Paula Mageski Cardoso e a servidora Tamara Matos de Moura.

Sobre o último processo seletivo do DETRAN – ES

A última seletiva realizada pelo Detran do Estado do Espírito Santo aconteceu no ano de 2010. Na época, o oferecimento era de 50 oportunidades, onde 20 era para o posto de assistente técnico de trânsito e as outras 30 eram para técnico de nível superior, com formações em direito, administração, análise de sistemas, estatística, contabilidade, psicologia e jornalismo. Naquela circunstânia a banca organizadora do processo era o Cespe/UnB.

O processo de seleção, para todos os postos, contava com 120 perguntas objetivas, onde 50 eram de conhecimentos básicos e as 70 restantes eram de conhecimentos específicos. Para os cargos que exigiam formação em nível superior foram cobradas também duas perguntas discursivas que versavam sobre conhecimentos específicos.

Para a função de técnico de nível médio, a seção de conhecimentos gerais possuía temas que tratavam sobre informática, raciocínio lógico e língua portuguesa.

Enquanto para cargos de nível superior, a seção de conhecimentos básicos tratou de informática, língua portuguesa, raciocínio lógico, legislação de trânsito e também administração pública.

FILIPE R SILVA


Seleção oferta 227 vagas. Inscrições deverão ser feitas até o dia 7 de janeiro de 2019.

O IDAM, acrônimo de Instituto de Desenvolvimento Agropecuário e Florestal Amazonas, publicou o extrato de edital para concurso público o qual visa ao preenchimento de 227 oportunidades que se encontram vagas, além também de formar cadastro reserva.

Os candidatos que possuem formação em nível fundamental terão o direito a concorrer as vagas aos cargos de vigia (Cadastro Reserva), motorista (12 oportunidades), auxiliar de serviços gerais (Cadastro Reserva) e motorista fluvial (5).

Existem também os postos que exigem nível médio e/ou técnico, são eles: técnico extensionista social (10 vagas), assistente técnico (27 vagas) e também técnico em agropecuária com as especialidades a seguir: florestal (20 vagas), pesqueiros (20 vagas) e agrícola (53 vagas).

O nível superior é exigido para os candidatos que pretendem disputar uma das seguintes funções: engenheiro agrônomo (29 vagas), assistente social (5 vagas), engenheiro ambiental (1 vaga), engenheiro de alimentos (1 vaga), engenheiro civil (1 vaga), engenheiro florestal (12 vagas), engenheiro de pesca (14 vagas), engenheiro mecânico (1 vaga), analista de redes (1 vaga), veterinário (9 vagas), biólogo (1 vaga), estatístico (1 vaga), contador (1 vaga), geólogo (1 vaga), zootecnista (1 vaga) e tecnólogo em agroecologia (1 vaga).

Os candidatos aprovados terão direito a um vencimento mensal inicial que flutua entre R$ 2.202,20 e R$ 6.570,95. Além do salário, a entidade oferece gratificações para quem atuar fora da capital Manaus, sendo entre R$ 500 e R$ 800 e também por títulos acadêmicos, que vai de 25% a 35% sobre o salário base.

As oportunidades disponíveis no edital estão distribuídas por quatro diferentes polos, sendo: Médio – Baixo Amazonas; Rio Negro – Solimões – Alto Rio Negro; Jutaí – Solimões – Juruá – Alto Solimões; Purus e Madeira. Os selecionados poderão acabar sendo lotados em qualquer um dos municípios pertencentes a região que foi escolhida no momento da inscrição. No extrato de edital é possível conferir a lista de municípios que se enquadram.

Sobre as etapas e as inscrições do processo de seleção

Os interessados terão a chance de realizar suas inscrições das 9h do dia 3 de dezembro de 2018 até às 23h59 do dia 7 de janeiro de 2019, sendo necessário efetuar o cadastro por meio da página eletrônica do IBFC: www.ibfc.org.br. Para efetivar as inscrições será necessário recolher uma taxa no valor de R$ 30 para cargos que exigem ensino fundamental, de R$ 40 para vagas de ensino médio e de R$ 65 para chances de nível superior.

As avaliações objetivas serão destinadas a todos os cargos, já a discursiva será apenas para o nível superior. Os exames tem previsão de ocorrer no dia 24 de fevereiro de 2019, sendo aplicada nas cidades de Humaitá, Manaus, Tefé, Eirunepé, Tabatinga, São Gabriel da Cachoeira e Parintins.

O referido processo de seleção contará com dois anos de validade, sendo contados a partir da data em que for homologado o resultado final. Este período pode ser prorrogado uma única vez, pelo mesmo tempo, de acordo com a necessidade do órgão.

Sobre as vagas nos polos

O Polo 1 é o de Rio Negro – Solimões – Alto Rio Negro = Barcelos, Manaus, Santa Isabel do Rio Negro, Anamã, São Gabriel da Cachoeira, Anori, Beruri, Autazes, Caapiranga, Coari, Careiro, Codajás, Careiro da Várzea, Iranduba, Manaquiri, Manacapuru, Vila Rica de Caviana, Rio Preto da Eva e Novo Airão.

Polo 2 é o Médio – Baixo Amazonas = Novo Remanso, Itacoatiara, Itapiranga, Nova Olinda do Norte, Maués, Presidente Figueiredo, Urucurituba, Silves, Barreirinha, Nhamundá, Boa Vista do Ramos, São Sebastião do Uatumã, Parintins e Urucará.

Polo 3 é Jutaí – Solimões – Juruá – Alto Solimões = Atalaia do Norte, Amaturá, Benjamin Constant, Santo Antonio do Içá, São Paulo de Olivença, Tabatinga, Alvarães, Tonantins, Fonte Boa, Juruá, Japurá, Jutaí, Tefé, Maraã, Uarini, Eirunepé, Carauari, Envira, Ipixuna, Itamarati e Guajará,.

Polo 4 é Madeira e Purus = Canutama, Boca do Acre, Lábrea, Pauini, Vila Extrema (Lábrea), Tapauá, Borba, Apuí, Humaitá, Santo Antônio do Matupi, Manicoré e Novo Aripuanã.

FILIPE R SILVA


Remuneração dos aprovados pode chegar a R$ 26 mil.

Novo processo seletivo público está prestes a ser oficializado ainda neste fim de segundo semestre de 2018. São cargos públicos efetivos.

Por meio do órgão da Defensoria Pública do Estado do Tocantins, ou DPE-TO, está próximo de fazer publicar, provavelmente no mês de dezembro de 2018, novo edital para abertura do período de inscrições para o novo concurso público destinado ao preenchimento do cargo de defensor. Assim, para que o evento aconteça, este mesmo órgão ainda está dependendo de um último procedimento: a definição do nome da banca responsável pela organização deste processo, que se mantém em andamento desde o mês de julho.

O total de postos de trabalho a ser disponibilizado neste certame deverá ser confirmado nos próximos dias, embora este departamento conte com 17 vagas em aberto para o cargo em questão. Conforme o que está registrado no próprio regulamento preliminar, esta próxima seleção também deverá promover a formação do chamado: cadastro reserva de pessoas.

Todas as pessoas interessadas em concorrer deverão comprovar posse de formação em nível superior na área profissional de direito, cuja remuneração inicial está no valor de 26.125,17 reais.

A comissão responsável pelo próximo certame público será presidida pelo seguinte grupo de servidores:

Servidor Leonardo Oliveira Coelho preside a comissão, que conta também com todos os seguintes membros: servidora Maria de Lourdes Vilela, que representa a classe especial; servidora Arassônia Maria Figueiras, que atuará como suplente de classe especial; servidora Fabiana Razera Gonçalves, que representará a primeira classe; servidor Fabrício Barros Akitaya, que atuará como o suplente de primeira classe; servidor Daniel Cunha dos Santos, que representará a segunda classe; servidor Elson Stecca Santana, que atuará como o suplente de segunda classe; servidora Maria do Carmo Cota, que atuará como a diretora da escola superior e servidora Larissa Putrini Pereira de Oliveira Braga, que atuará como a suplente.

Sobre o processo de seleção, seguem as informações:

Conforme o que está registrado no próprio regulamento preliminar, este processo de seleção será estruturado com seis etapas distintas, as quais abrangerão as provas objetivas; a prova discursiva; a prova oral; prova de tribuna; a devida avaliação sobre os títulos e a necessária investigação de vida pregressa de cada candidato classificado.

Com relação à parte objetiva da prova, a mesma contará com um caderno contendo cerca de 100 questões, todas divididas em quatro grupos, com 25 cada, versando sobre as matérias necessárias.

No primeiro grupo de testes, as questões contarão com temas versando sobre matéria de direito constitucional; sobre matéria de direitos humanos e sobre matéria de direito administrativo; versando sobre direito previdenciário e sobre direito tributário. No segundo grupo, as questões versarão sobre matéria de direito civil e de direito empresarial; sobre matéria de direito processual civil e sobre matéria de direito agrário.

No terceiro grupo, serão questões versando sobre matéria de direitos difusos e coletivos; sobre direito da criança e do adolescente; sobre matéria de direito do idoso; sobre direito dos portadores de necessidades especiais; sobre matéria de direito do consumidor e de direito ambiental; sobre matéria de filosofia do direito e de sociologia jurídica; em matéria versando sobre os princípios e as atribuições institucionais da Defensoria Pública; sobre a lei complementar federal 80/94; sobre a lei complementar estadual 55/09 e sobre as normativas internas sancionadas por meio do Conselho Superior da Defensoria Pública do estado.

No quarto grupo, serão questões versando sobre direito penal; sobre direito processual penal; sobre a execução penal e a legislação penal; sobre direito processual penal extravagante.

Paulo Henrique dos Santos


Seleção ofertará 77 vagas. Inscrições irão até o dia 16 de dezembro de 2018.

A Defensoria Pública do Estado da Bahia (DPE BA) publicou o edital do seu processo seletivo no diário oficial do dia 22 de novembro (quinta-feira). Quem já está estudando para ser aprovado em um concurso público pode aproveitar essa ótima oportunidade. São oferecidas 77 vagas para cargos que exigem escolaridade de nível médio, técnico e superior. Os salários chegam até R$ 2,6 mil. O prazo de inscrições começa ainda no mês de novembro. Se você está interessado em participar da seleção da DPE BA veja detalhes do edital na matéria que segue abaixo.

As inscrições vão de 30 de novembro a 16 de dezembro.

Para concorrer a uma das vagas na DPE da Bahia, você deve acessar o portal da UNEB – Universidade do Estado da Bahia, que é a instituição contratada para ser organizadora do certame, a fim de realizar sua inscrição no concurso.

É necessário preencher o formulário de cadastro, imprimir o boleto e quitá-lo. Os valores das taxas são: R$ 70 para nível superior e R$ 50 para as funções de nível médio e técnico.

Serão concedidas isenções do pagamento das inscrições para os candidatos que atenderem aos seguintes requisitos: ser membro de família de baixa renda ou estar registrado no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (Cad Único).

Fique atento, pois o prazo de abertura das inscrições começa na sexta-feira, dia 30 de novembro e terminará no domingo, 16 de dezembro.

Sobre as vagas oferecidas na Defensoria da Bahia

No total, são oferecidas 77 vagas para os seguintes cargos: analista técnico de nível superior, com remuneração inicial de R$ 2.614,65; agente administrativo, que deve possuir ensino médio completo e técnico em informática, que exige formação de nível médio e curso completo na área de informática, ambos com salário de R$ 1.543,99.

Além desses ganhos, haverá concessão de benefícios, como vale alimentação e auxílio transporte.

As especialidades disponíveis para quem tem nível superior completo são: administração, direito, secretário executivo, ciências contábeis, comunicação social – jornalismo, análise e desenvolvimento de sistemas, design, rede de computadores, arquitetura, produção audiovisual, pedagogia, engenharia civil, ciências contábeis e engenharia elétrica.

Confira alguns dos territórios para os quais há vagas na DPE da Bahia: Chapada Diamantina, Sudoeste Baiano, Vale do Jiquiriçá, Bacia do Jacuípe, Bacia do Paramirim, Metropolitano de Salvador, entre outros.

Além das oportunidades previstas no edital, haverá formação de cadastro de reserva a fim de ocupar possíveis vagas que possam surgir no período de 2 anos, que corresponde à validade do certame. Esse prazo poderá ser prorrogado, uma única vez, a contar de quando for homologado e a critério do órgão público.

Haverá ainda vagas exclusivas para afrodescendentes e também para pessoas com necessidades especiais (PNE). No caso de quem for deficiente, deverá enviar laudo médico e será avaliado em perícia.

Quais são os requisitos para trabalhar na DPE BA?

Além de possuir comprovante de escolaridade compatível com o cargo pretendido, para tomar posse no cargo público da DPE da Bahia, você deve ser aprovado no concurso e atender aos seguintes requisitos: estar em pleno gozo dos seus direitos políticos e civis, possuir idade mínima de 18 anos, ser brasileiro, estar quite com as obrigações do serviço militar, se o candidato for do sexo masculino, possuir aptidão mental e física, não ter antecedentes criminais, estar em dia com as exigências da justiça eleitoral, entre outros.

Processo seletivo da DPE BA contará com duas fases

Os candidatos serão examinados nas seguintes etapas: 1) prova objetiva – sobre conhecimentos gerais, específicos e legislação; 2) exames pré-admissionais – a cargo da própria defensoria.

As disciplinas a serem cobradas na avaliação de habilidades e conhecimentos gerais são: informática, português, raciocínio lógico e matemática. A prova de múltipla escolha será aplicada no domingo, 3 de fevereiro de 2019, em 16 municípios baianos e também na capital, Salvador.

Acesse o portal da UNEB para conferir outras informações do edital do concurso da Defensoria Pública do Estado da Bahia.

Melisse V.


Seleção irá ofertar 533 vagas em diversos estados.

O segundo semestre de 2018 está chegando ao fim, porém, a quantidade de oportunidades empregatícias de diversas fontes está só iniciando sua temporada. Neste caso, um novo concurso está aberto.

Trata-se do certame da Marinha, a qual está com novo concurso público oficialmente aberto, destinado ao preenchimento 533 postos de trabalho temporários para funções de Serviço Militar Voluntário, ou SMV, nos cargos que exigem nível fundamental e nível médio e técnico, cujas remunerações estão no valor de 2.320 e 3.388 reais, respectivamente.

Todas as pessoas interessadas em concorrer deverão estar em idade entre 18 e 44 anos, completos até a data da incorporação. O cadastro de inscrições inicia no dia 27 de novembro e se estenderá até o dia 11 de dezembro de 2018, que deverão ser efetuadas somente por meio do site: www.ensino.mar.mil.br. A taxa está estipulada no valor de participação de 75 reais.

Sobre as funções a serem preenchidas, segue a relação abaixo:

São diversas oportunidades destinadas à atuação nas seguintes áreas: de administração; na área de contabilidade; na área de edificações; em estruturas navais; em eletrônica; em eletrotécnica; em enfermagem; em farmácia; em higiene dental; em marcenaria; em mecânica; em metalurgia; em motores; no setor de motorista, para viaturas administrativas; em nutrição e dietética; em patologia clínica; em processamento de dados; em prótese dentária; em química; em radiologia médica; em telecomunicações, entre outras funções com especialidades.

Todas as oportunidades de vagas serão lotadas nos seguintes Estados:

Estado do Rio de Janeiro; de Minas Gerais; Estado de São Paulo; do Rio Grande do Sul; de Santa Catarina; Estado do Pará; do Rio Grande do Norte; Estado do Ceará; de Alagoas; da Paraíba; Estado de Pernambuco; Estado do Amazonas e também lotadas no Distrito Federal.

Todos os concorrentes recrutados e classificados nos testes terão direito os seguintes benefícios:

Ao vale alimentação; a ajuda para a aquisição de uniformes; a devida assistência médico-hospitalar; assistência religiosa; assistência psicológica, entre outras garantias que serão oferecidas.

Sobre as fases que compõem o itinerário desde novo concurso da Marinha, seguem as informações:

Este processo seletivo abrange as seguintes fases: inicia com a prova objetiva, que consistirá de um caderno com 50 questões versando sobre a matéria de língua portuguesa e sobre conhecimentos militares-navais, previamente agendada para o dia 17 de março de 2019; seguida da avaliação sobre os dados biográficos de cada concorrente; depois serão realizadas a inspeção de saúde; a prova de títulos; a devida avaliação sobre os documentos; a análise sobre os títulos, cujas datas precisas ainda serão definidas.

Sobre a estrutura do SMV, seguem as informações:

Todos os candidatos participantes classificados e habilitados para o serviço de SMV deverão cumprir um necessário estágio inicial, o qual estará dividido em duas fases, ao longo de 12 meses. Todos os candidatos aprovados nesta primeira fase, a qual consiste na instrução de tipo militar-naval, que tem duração de até 45 dias, serão promovidos, posteriormente, à função de marinheiro especializado, para os cargos de nível fundamental e na função de cabo para os de nível médio e técnico.

Todo o período restante será rigorosamente destinado à realização dos testes em conhecimentos técnico-profissionais dentro da Organização Militar escolhida pelos próprios marinheiros e cabos recém-chegados, para servir na função.

De acordo com os editais publicados, este serviço militar voluntário está dentro da norma de poder atingir uma duração máxima de até oito anos, desde que, ao longo deste período, a idade de cada recruta não exceda aos 45 anos. Deste modo, o tempo de serviço será renovado anualmente.

Paulo Henrique dos Santos


Seleção ofertará 66 vagas. Inscrições podem ser feitas até o dia 28 de janeiro de 2019.

Nova oportunidade de cargos públicos está sendo oferecida ao público de Santa Catarina neste final de ano de 2018.

Trata-se do processo seletivo promovido por meio da Universidade Federal do Estado de Santa Catarina, a UFSC, que divulgou edital de concurso público destinado ao preenchimento de 66 postos de trabalho estáveis, nas funções pertencentes ao setor técnico-administrativo, cujas vagas serão distribuídas entre os campi localizados nas cidades de Araranguá; de Blumenau; de Curitibanos; em Joinville e na capital do estado, Florianópolis.

Sobre os cargos e requisito para ocupá-los, seguem as informações:

Para concorrentes com médio e técnico estão disponíveis cargos de assistente em administração, 30 vagas e de técnico nas áreas de laboratório, em biologia, com duas vagas, em laboratório de física, com duas vagas, em tecnologia da informação, com 7 vagas; em agrimensura, com duas vagas; em mecânica, com duas vagas; em restauração, com uma vaga; em segurança do trabalho, com duas vagas e em som, com uma vaga. O valor da remuneração é de 2.904,96 mil reais.

Para os concorrentes com curso superior serão disponibilizadas vagas para administrador, com 2 postos; de arqueólogo, com um posto; de assistente social, com 2 postos; de auditor com 2 postos; de bibliotecário documentalista, com 2 postos; de contador, com 3 postos; de diretor de produção, com um posto; de farmacêutico, com um posto; de jornalista, com um posto; de médico do trabalho, com um posto e de matemático, com um posto de trabalho. O salário é de 4.638,66 reais.

As duas remunerações citadas estão acrescidas do direito ao auxílio alimentação mensal, que possui valor de 458 reais. Os candidatos nomeados e contratados cumprirão uma jornada semanal entre 20 e 40 horas, em conformidade com a função ocupada.

Sobre o Concurso UFSC, o período de inscrições e suas etapas, seguem as informações:

O período de cadastro de inscrições inicia no dia 21 de dezembro de 2018 e se estenderá até o dia 28 de janeiro de 2019, por meio de registro de cadastro no site: http://1362018ddp.concursos.ufsc.br/. Os valores das taxas estão estipulados conforme segue: 78,49 reais para nível médio e de 125,37 reais para ensino superior.

O caderno de prova objetiva conterá cerca de 50 questões versando sobre matéria de língua portuguesa, sobre os conhecimentos gerais e também específicos. A data do exame está previamente agendada para o dia 24 de fevereiro, a as mesmas serão ministradas nos cinco municípios catarinenses já citados e envolvidos na seleção.

Este mesmo processo seletivo da Universidade Federal do Estado de Santa Catarina será oficialmente válido por um ano, computados a partir da homologação de seu resultado definitivo e este mesmo prazo poderá ser prorrogado apenas uma vez, conforme o critério da universidade e conforme o que está estabelecido no edital.

Sobre as atribuições do cargo de assistente em administração, seguem as informações:

Prestar o devido suporte administrativo e suporte técnico diretamente às áreas de recursos humanos; de administração; de finanças e de logística; saber atender aos usuários; atuar fornecendo e recebendo as devidas informações; saber tratar dos variados documentos, e saber cumprir todo o necessário procedimento que se refere aos mesmos; saber preparar todos os relatórios e as planilhas; saber executar os necessários serviços nas áreas de escritório; saber assessorar as atividades no setor de ensino, de pesquisa e de extensão.

Este é um dos concursos mais aguardados no Estado de Santa Catarina. Os cargos ofertados são estáveis e as remunerações são boas. Vale a pena conferir.

Paulo Henrique dos Santos


Conheça os concursos que podem abrir em 2019.

O ano de 2019 tem promessa de trazer muitos concursos públicos. Essa é uma ótima chance para quem deseja mudar sua vida profissional e também financeira. Com o país passando por um grande momento de crise, fazer um concurso público é uma solução para quem precisa de estabilidade na vida profissional. Muitas pessoas que desejam fazer concurso público, acabam percebendo que é preciso muita dedicação e estudo, pois só assim as chances de aprovação serão altas. Para quem deseja passar em algum concurso público, a dica é escolher o concurso certo. E depois se prepare incansavelmente para realizar uma boa prova. Veja os principais concursos previstos para o ano de 2019.

Concurso Secretaria de Estado da Saúde

Esse é um concurso muito esperado, pois tudo indica que ele terá mais de 3.200 vagas disponíveis. Essa é uma ótima quantidade de vagas e as chances de aprovação se tornam melhores. O pedido desse concurso já foi encaminhado para a secretaria de gestão. O salário inicial é alto e tem o valor de R$7.542. As oportunidades são para os níveis: Fundamental, médio e superior. Esse concurso pode ser aprovado logo no início de 2019 e por isso o ideal é ficar de olho na confirmação e publicação do edital.

Concurso Hospital das Clínicas de Ribeirão Preto

Esse concurso já foi autorizado e maio de 2018, e só falta os principais acertos para a publicação do edital. A princípio esse concurso terá 252 vagas. Que serão distribuídas da seguinte forma: 92 para nível superior, 5 para nível fundamental e 155 para nível médio. Esse concurso tem como objetivo a convocação remanescentes. O salário pode chegar a R$14.368,50. Esse é um ótimo concurso para quem deseja ter um emprego estável e com ótimo salário.

Concurso Receita Federal do Brasil

Esse é um concurso que está sendo muito esperado. E tudo indica que em 2019 ele será aprovado. O pedido já foi enviado para o planejamento. A princípio serão 5000 vagas. As vagas são para quem tem nível superior e os cargos são de Analista e Auditor. O salário inicial vai de R$11.132,21 até R$19.669,01. Por ser um cargo de nível superior, ele terá uma quantidade muito grande de vagas.

Concurso Companhia de Engenharia de Tráfego

Esse concurso já está prestes a ser confirmado e ele será muito disputado. Tudo indica que os números de inscrições serão acima do esperado. A princípio serão 500 vagas abertas e os salários serão altos, apesar de não terem sido revelados, serão diferentes tipos de cargos para pessoas com níveis diferentes de escolaridade.

Concurso Secretaria Estadual da Fazenda

Esse concurso já está com seu pedido aguardando a liberação. Tudo indica que isso aconteça até o meio do ano de 2019. Ele será um concurso disputado e bem difícil. Para se inscrever é preciso ter o nível superior, independente do cargo escolhido. Serão 435 vagas e o número de inscritos pode ser o maior de todos os concursos passados. Quem desejar uma das vagas precisa estudar muito.

Concurso Secretaria da Justiça e Segurança Pública

Esse concurso já está em fase de preparação e tudo indica que será aprovado e publicado até metade do ano de 2019. São 228 vagas para contratação inicial e entre elas estão os cargos: A área de psicologia (11 vagas), Analista de Medidas Socioeducativas (27 vagas) e Serviço Social (16 vagas.) Os salários não foram divulgados, mais certamente serão altos e bem atrativos.

Para se manter na frente da disputa por uma vaga em algum concurso público, é preciso fazer diferente da maioria dos candidatos. Não espere o concurso ser aprovado para começar a estudar. Pegue dicas de matérias em sites de concursos, monte seu cronograma de estudo e tenha foco e disciplina. Dessa forma as chances de aprovação são bem maiores.

Escrito por Cristiane Amaral


Selecionados irão substituir os médicos cubanos que trabalhavam no programa.

Com o intuito de suprir a saída dos médicos cubanos do Programa Federal Mais Médicos, o governo divulgou um edital para todos os médicos com formação no Brasil, interessados em participar do programa.

O prazo para as inscrições será até o dia 25 de Novembro e podem ser realizadas através do website do programa: http://maismedicos.gov.br.

O valor estipulado para a bolsa será de R$ 11.865,60 e a seleção dos aprovados será feita através de análise curricular previamente enviada.

O governo tem pressa, após o encerramento das inscrições, toda a validação e análise de documentos será feita entre os dias 27 e 30 de Novembro, uma vez aprovados os candidatos podem ser apresentar nos locais escolhidos entre os dias 3 e 7 de Dezembro.

Fora este edital, haverá um novo processo de seleção para o mesmo programa federal (Programa Mais Médicos), porém, destinados especificamente para médicos com nacionalidade brasileira, com CRM e sem CRM, além de habilitar inscrição para médicos estrangeiros também. Neste novo edital em específico não existe prazo para encerramento das inscrições.

O próprio Ministério da Saúde alertou em nota no último dia 14 de Novembro a necessidade do Governo Federal em suprir a recente saída dos médicos cubanos em vista do encerramento dos seus contratos, possibilitando suprir o atendimento as populações carentes em todo país.

Como será a distribuição das Vagas

A oferta inicial de postos supera inclusive a quantidade de vagas anteriormente ofertadas que somavam 8.322 postos de trabalho, a distribuição para cada Região e Estado será oferecida da seguinte forma:

Região Norte

Estado do Acre: terá um total de 102 vagas a serem ofertadas;

Estado do Amazonas: terá um total de 292 vagas a serem ofertadas;

Estado do Amapá: terá um total de 73 vagas a serem ofertadas;

Estado do Pará: terá um total de 537 vagas a serem ofertadas;

Estado de Rondônia: terá um total de 152 vagas a serem ofertadas;

Estado de Tocantins: terá um total de 92 vagas a serem ofertadas;

Estado de Roraima: terá um total de 152 vagas a serem ofertadas.

Região Nordeste

Estado do Alagoas: terá um total de 131 vagas a serem ofertadas;

Estado da Bahia: terá um total de 822 vagas a serem ofertadas;

Estado do Ceará: terá um total de 429 vagas a serem ofertadas;

Estado do Maranhão: terá um total de 457 vagas a serem ofertadas;

Estado da Paraíba: terá um total de 126 vagas a serem ofertadas;

Estado de Pernambuco: terá um total de 414 vagas a serem ofertadas;

Estado do Piauí: terá um total de 201 vagas a serem ofertadas;

Estado do Rio Grande do Norte: terá um total de 139 vagas a serem ofertadas;

Estado de Sergipe: terá um total de 94 vagas a serem ofertadas.

Distrito Federal e Região Centro-Oeste

Estado do Distrito Federal: terá um total de 20 vagas a serem ofertadas;

Estado de Goiás: terá um total de 198 vagas a serem ofertadas;

Estado do Mato Grosso do Sul: terá um total de 110 vagas a serem ofertadas;

Estado de Mato Grosso: terá um total de 131 vagas a serem ofertadas;

Região Sudeste

Estado do Espírito Santo: terá um total de 210 vagas a serem ofertadas;

Estado de Minas Gerais: terá um total de 596 vagas a serem ofertadas;

Estado do Rio de Janeiro: terá um total de 220 vagas a serem ofertadas;

Estado de São Paulo: terá um total de 1.394 vagas a serem ofertadas.

Região Sul

Estado do Paraná: terá um total de 452 vagas a serem ofertadas;

Estado do Rio Grande do Sul: terá um total de 617 vagas a serem ofertadas;

Estado de Santa Catarina: terá um total de 253 vagas a serem ofertadas.

Autor: Carlos. B


Presidente do Órgão confirma realização de novo concurso público.

Recentemente, por meio da presidência do Tribunal Regional Federal da 3ª região, o TRF 3, setor que abrange os Estados de São Paulo e do Mato Grosso do Sul, foi declarado, mais precisamente no último dia 9, ao longo de uma apresentação junto ao ministro do Supremo Tribunal Federal, que haverá o novo projeto de reestruturação sobre a primeira instância do departamento da Justiça Federal, na qual se procederá de modo que o mesmo órgão, efetivamente, tenha necessidade de promover um novo certame público, no sentido de garantir a reposição de uma parte significativa de seu quadro de servidores.

Existe urgente carência de servidores em diversos setores e ainda não há possiblidade de novas nomeações, disse. Portanto, a meta está em que o próximo edital venha a ser publicado no decorrer do ano de 2019.

Conforme o conjunto de informações angariadas junto ao próprio setor de concursos destinados aos servidores, a próxima seleção ainda tramita em fase de análise e estruturação, para a posterior determinação das vagas a serem dispostas e as áreas de atuação nas quais serão abertos os postos, embora, até o presente momento, não exista uma data específica para conclusão do processo.

Mesmo assim, este processo de seleção está sendo aguardado desde o mês de abril, em que foi anunciado por meio da coordenação da Comissão de Acessibilidade e de Inclusão do órgão. Ao longo de uma reunião com a própria diretoria do setor de Sindicato dos Trabalhadores do órgão do Judiciário Federal do Estado de São Paulo, o Sintrajud.

Naquele evento, a autoridade responsável fez adiantar a informação que o TRF estaria encarregado de reservar um valor entre 6 e 8 milhões dentro do orçamento de 2018, destinados à realização do novo processo seletivo.

Assim, a intenção da organização é a de que todos os preparativos para o próximo processo seletivo sejam iniciados em tempo hábil, dado que a validade do último grande concurso público para os mesmos cargos, realizado no ano de 2013, terminou no dia 25 de abril. Após esse período, o mesmo órgão fez realizar outro concurso, no ano de 2015, porém, somente para algumas áreas específicas no setor de técnicos e de analistas.

Embora ainda não tenham sido apresentadas maiores informações sobre os cargos e as vagas a serem elencados no novo certame público, ou seja, nenhum dos casos esteja confirmado até agora, a tendência é a de que tais cargos se destinem para as mesmas opções do concurso realizado em 2013, destinado às carreiras de técnico e de analista judiciário, previamente reservadas aos candidatos com formação em nível médio e nível superior.

Portanto, as três principais áreas prestes a formar o rol de funções a ser abertas no próximo processo de seleção, está a função de técnico judiciário, no setor administrativo, que exige apenas ensino médio; a função de analista judiciário, na área administrativa, voltada aos concorrentes que possuam formação em nível superior em quaisquer áreas; e na função de analista judiciário no setor judiciário, voltada aos concorrentes que possuam formação na área de direito.

Os valores das remunerações iniciais, na atualidade, estão em 8.178,65 reais para os servidores técnicos e em 12.852,49 reais para os servidores analistas, acrescidos do auxílio-alimentação no valor de 884 reais por mês.

Este é um dos concursos público mais aguardados neste ano. Portanto, todos os interessados deverão manter-se atualizados.

Paulo Henrique dos Santos


Confira aqui algumas dicas para se preparar para concursos de carreira bancária.

Se preparar para concursos de maneira geral é bastante complexa, já que o sistema de estudos varia de pessoa para pessoa. As questões que envolvem exatas e principalmente linguagens normalmente é o que definem o candidato para a sua classificação em seus momentos decisivos.

Quando tratamos de carreiras bancárias, envolvem muitos aspectos, seja nas vantagens quanto nas possibilidades que a própria profissão lhe permite.

Características de carreira

Uma das características que pode ser abordada é a possibilidade de trabalhar 6 horas por dia, ou seja, na semana 10 horas a menos, tempo que poderia curtir com a família ou realizar alguma atividade por hobby, por exemplo.

Outra questão que pode ser benéfica a maioria dos candidatos é que normalmente existe um padrão das provas, ou seja, não há nada de extravagante para tornar a prova ‘diferente’.

Revisar as questões de concursos passados é fundamental para realizar uma boa prova.

A prova se divide em duas grandes categorias: conhecimentos gerais e específicos.

Conhecimentos gerais

Quando abordamos conhecimentos gerais, o candidato precisará ter um pouco de cuidado com questões de informática, inglês (não é utilizado na maioria dos bancos, somente alguns que exigem do possível selecionado um pouco de domínio da língua), mercado financeiro ou atualidades.

Vale recordar o momento em que o Brasil vive para compreender os desafios organizacionais que o novo governo pretende implementar, o que afeta diretamente a nossa economia, postos de trabalho, entre outros segmentos de nossa sociedade.

Outros casos a serem observados ao se deparar com a prova deste direcionamento são fatores mais casuais que acontecem no nosso dia-a-dia como: Raciocínio Lógico e Matemático, questões da própria matemática financeira (principalmente quando observamos em lojas com os descontos, aumentos, prestações a serem pagas), além da Língua Portuguesa, que não deixa de ser um problema e tanto para a maioria dos candidatos.

Conhecimentos específicos

Neste caso, o candidato deverá analisar pequenos aspectos que compõem a estrutura das questões como: conhecimentos bancários, técnicas de marketing, além da legislação específica, assuntos que podem ser cobrados em relação a impostos, direitos do trabalhador.

O peso maior nesta categoria específica é justamente sobre assuntos de conhecimentos bancários, por isso, a disputa cai mais em cima de questões que abordem sobre o tema.

Como se preparar?

Lembra daquelas horas de estudo que estava fazendo para atingir o objetivo de fazer uma prova do Exame Nacional do Ensino Médio? Pois então…Se preparar desde o primeiro minuto de sua decisão é importante para suas futuras conquistas pessoais e profissionais.

Diante a tantas dúvidas que possam surgir ao longo de sua preparação, é importante observar pequenos detalhes. Quais procedimentos devem ser tomados, se surgir problemas externos (problemas na família, amigos, relacionamento ou até mesmo depressão ou situações parecidas).

Além dos estudos diários provenientes que devem ser analisados e aprofundados para se preparar de maneira adequada, é importante ressaltar um detalhe muito despercebido: soberba.

Nunca coloque a soberba em primeiro lugar. Muitas vezes o melhor candidato não está atrás dos livros, o conhecimento adquirido ao longo da vida pode ser suficiente para conseguir sua classificação no concurso para bancário.

Desconhecer o desconhecido, procurar entender os erros de sua preparação e rever todos os conceitos sem distinção, para que lhe possibilite alcançar voos maiores.

Os desejos devem ser concebidos através do esforço de cada candidato, competitividade (através do conhecimento), garra, perseverança e em caso de derrota, assumir os erros para que na próxima vez que tentar, conseguir o êxito que todos buscam quando fazem sua inscrição.

Contar com a sorte também vale a pena, mas, não se abdique dos seus sonhos. Concurso é formidável e seus imensos benefícios trazem a segurança que toda pessoa gostaria de ter.

O primeiro passo é a sua disciplina, o segundo é a competência de suas ações: antes, durante e após a prova e terceiro a dignidade da vitória e também da derrota, só seremos suficientemente aceitos a partir do momento em que revermos nossas dificuldades a serem melhoradas para sermos merecedores de um grande emprego, seja dos nossos sonhos ou satisfação pessoal.

Thalles Cakan


Seleção deverá ofertar quase 1.500 vagas.

Nas próximas semanas deve ser divulgado o concurso para Polícia Civil do estado do Ceará. Diante disso, haverá oportunidades consideradas bastante amplas e que exigem o máximo de atenção ao candidato que irá concorrer uma dessas vagas.

A oferta inicial é significativa, pois contará com um total de 1.496 vagas, entretanto, não divulgaram a quantidade específica que cada cargo terá.

Como foram as provas realizadas no último concurso do órgão

Um dos cargos que eram ofertados no último concurso realizado em 2014 foi para inspetor e escrivão.

Os salários eram por volta de R$2.946,19 para escrivão e inspetor e R$14.592,39 para delegado.

Nesta prova continha as disciplinas como língua portuguesa, informática, direito constitucional, direito administrativo, direito penal, direito processual penal e legislação penal.

Neste sentido, a prova não é das mais simples, pois envolve paciência, ler e reler diversas vezes para colocar a resposta correta, caso contrário devido ao nível de exigência da prova, poderá ser sucumbido pelo cansaço e pela má administração do tempo ofertado.

As questões muita das vezes te deixa perplexo, pois envolve não apenas a vontade de passar no concurso, mas sim uma disciplina muito direcionada a uma ‘leitura com qualidade’, ou seja, não adianta ler e não compreender de maneira rápida e precisa, pois durante a prova perderá todos os macetes que poderiam ser utilizados para encontrar a resposta correta com mais facilidade.

A resposta para tudo isso define o futuro do candidato, responder todas as questões, principalmente da Constituição Brasileira, exige plano estratégico que serviria como facilitador para aprender com mais esmero, sem o famoso ‘decoreba’ nos concursos, já que a maioria utiliza esse artifício para conseguir se classificar.

Após a classificação das provas objetivas, o selecionado terá que passar por mais uma etapa, a seleção da formação profissional.

Além da própria formação profissional, as condições foram realizadas nos exames de psiquiatria para ver se estava apto a conseguir exercer as funções desempenhadas, além da digitação ser rápida e eficiente para o cargo selecionado. As questões físicas também foram analisadas.

Para o cargo de delegado, além das questões mencionadas para o cargo de inspetor e escrivão, o exame ainda contou com análise de desempenho nas seguintes áreas: medicina legal, direitos humanos, direito civil, direito processual civil, direito tributário, legislação ambiental, criminologia, legislação especial, peças processuais e questões discursivas.

O cargo de delegado pode ser um facilitador na construção de carreira, por isso, se preparar do início ao fim é fundamental para quem almeja um cargo de tamanha relevância como este. Os desafios de ler, interpretar, compreender, ir a fundo dos direitos e deveres das pessoas.

O delegado pode desempenhar um papel importante na sociedade, combatendo e auxiliando nos processos gerais que acompanham os índices de criminalidade, sendo um aliado para a população que pode contar.

Concurso 2019

Espera-se que a licitação seja promulgada brevemente, para que os candidatos possam concorrer a esses 3 importantes cargos.

Outro fator que deve ser analisado neste concurso de 2018 será a liberação do dinheiro na realização do concurso, cerca de R$ 4,5 milhões.

A busca por novas conquistas e desafios em sua carreira dignifica qualquer candidato, seja ele experiente ou não. Buscar sua colocação no mercado, compreender os desvios padrões que a sociedade insiste em cometer, desacreditando das possibilidades existentes que um concurso em si oferece para a vida e para o mundo em questão.

O concurso molda o profissional nas diferentes áreas, desde o psicológico até a organização fundamental que se passa no dia-a-dia, seja um simples bocejar a um boa noite. A tão sonhada disciplina é traduzida no concurso através de pequenos fatos e atos que todos precisamos para conquistar todos os objetivos que pretendemos atingir algum dia. Não necessitamos de opiniões, precisamos de atitude capaz de transformar qualquer lugar onde esteja.

Thalles Cakan


Banca Organizadora já está elaborando o edital do certame.

O Conselho Regional de Educação Física – 12ª região anuncia que seu concurso será de responsabilidade do Instituto Quadrix.

A banca examinadora é especializada em concursos do setor e está elaborando edital para publicação futura. As vagas ofertadas serão para preenchimento imediato e cadastro reserva, para nível superior com remuneração de R$ 3.600,00

Os concursados irão atuar nas regiões de Arcoverde, Recife e Petrolina. A Banca examinadora ainda irá divulgar as datas de inscrição e aplicação das provas.

Saiba mais sobre as provas da Quadrix

A importância de conhecer a Banca Examinadora

Enquanto não é publicado o edital, os interessados no concurso podem se informar sobre a banca examinadora e como ela conduz seus concursos..

A banca examinadora é a organização responsável por realizar o concurso em todas as suas etapas, cadastrando os candidatos, elaborando as provas, divulgando os resultados e recursos. A equipe geralmente é formada por profissionais qualificados aptos para elaborar, corrigir e revisar as questões.

O Instituto Quadrix tem vasta experiência nesse ramo, pois está em atividade desde 1997 e é especializado em organizar concursos de conselhos profissionais diversos como Biologia, Educação Física, Medicina, Farmácia, Odontologia e áreas correlatas.

Conhecer as características de uma banca examinadora é fundamental para o sucesso de quem irá fazer o concurso. Planejar os estudos sabendo como os conteúdos serão exigidos, faz com que o aprendizado seja mais eficiente. Entenda mais sobre o perfil da Quadrix nos concursos públicos.

Como a Banca Examinadora Quadrix conduz seus concursos

Analisando as provas da Quadrix, percebe-se que se assemelham às da banca examinadora Cesgranrio, porém, o nível de exigência é menor.

As provas objetivas são de múltipla escolha, geralmente com quatro opções possíveis e uma correta.

Exigir respostas literais é característica da Quadrix. Isso facilita muito para aqueles que possuem mais facilidade em memorizar os conteúdos.

Suas provas são extensas. Os candidatos devem estar bem preparados, não apenas em relação aos conteúdos estudados, mas também emocionalmente para não perderem a concentração devido ao cansaço. É bom organizar as horas de prova de forma que consiga fazer pequenas pausas para descanso, mas sem perder o ritmo..

O que as provas da Quadrix costumam exigir por matéria

Redação: Talvez essa seja uma das provas mais temidas pelos candidatos. A prova dissertativa da Quadrix costuma manter características tradicionais, exigindo do candidato um texto expositivo com base em uma estrutura básica. O tema é de acordo com um conhecimento específico contido no edital.

Raciocínio Lógico e Matemática: A banca formula problemas que envolvem frações, porcentagens conjuntos, sequências, trazendo imagens, gráficos e tabelas.

Informática: A prova é feita com muitas imagens e representações das telas para melhor visualização do candidato. É preciso dominar assuntos como sistemas operacionais, navegadores, noções básicas de internet, ferramentas do Office, segurança nas redes e correio eletrônico.

Língua Portuguesa: Esteja familiarizado com textos jornalísticos, pois a banca costuma usar muitos artigos e textos dos jornais, para que você faça a interpretação. Fique atento a acentuação, pontuação, tipos de textos, regência verbal, nominal e concordância.

Qual é a função exercida por profissionais de Edcação Físcia no CREF:

O profissional Graduado em Educação Física exerce várias funções no Conselho de sua categoria. São elas:.

  • Fazer a inspeção de estabelecimentos de ensino médio, fundamental, fisioterapia, clubes, academias, estúdios, associações esportivas e prestar consultorias.

  • Apurar as denúncias e elaborar projetos para melhoria do setor.

  • Fiscalizar, advertir e orientar os profissionais de Educação Física nos diversos ramos de atuação em Sergipe.

Requisitos para contratação após aprovação no concurso

De acordo com os últimos concursos e com as leis vigentes, para tomar posse do cargo, é preciso:

  • Ter nacionalidade brasileira,

  • Esta em dia com a obrigações eleitorais;

  • Idade mínima de 18 anos;

  • Apresentar a documentação solicitada durante o período de convocação;

  • Os candidatos de sexo masculino precisam apresentar certificado de reservista ou dispensa;

  • Gozar de aptidão mental e física para exercer as atribuições do cargo.

Informações sobre a publicação do edital ou pré-cadastro no site do Intituto Quadrix: www.quadrix.org.br

FABÍOLA CUNHA S DE MORAES


Seleção ainda aguarda o aval e deverá contar com mais de 1.300 vagas.

O segundo semestre de 2018 está próximo do fim, porém, um novo e importante processo seletivo está próximo de iniciar.

Trata-se do novo concurso público para o provimento de cargos, que será promovido pelo Ministério do Planejamento, do Desenvolvimento e da Gestão, o MPDG, o qual mantém em avaliação a anterior solicitação encaminhada para a realização do concurso do Ministério da Fazenda, o MF, que ocorreu no ano 2017. O pedido em questão estabelece um total de 1.301 postos de trabalho, dentro de seu quadro de pessoal.

Este processo de seleção tem certa urgência devido à grande quantidade de servidores no MF. Na atualidade, existem mais ou menos 3.148 postos vagos, dos quais 2.254 referentes às funções em nível médio e as demais 894 destinadas ao ensino superior.

A totalidade dos cargos disponíveis neste certame do Ministério da Fazenda serão distribuídas conforme segue: na função de assistente técnico administrativo, 904 vagas; de analista técnico administrativo, 257 vagas; de arquiteto,12 vagas; de arquivista, 9 vagas; de bibliotecário, 12 vagas; de contador, 53 vagas; de engenheiro, 15 vagas; de enfermeiro, 5 vagas; de pedagogo, 6 vagas; de psicólogo, 6 vagas e de técnico em comunicação social, com 22 vagas.

Todos os interessados em concorrer ao posto na função de assistente terão o dever de apresentar ensino médio completo, ao passo que nas demais funções serão aceitos concorrentes de nível superior nas mais diversas áreas de atuação. As remunerações iniciais, atualmente, estão entre 3.953,68 e 6.388,27 reais, acrescidos do vale-alimentação no valor de 458 reais.

Outras vagas que estão sendo consideradas para o quadro de pessoal do MF, constituem mais 3.040 oportunidades destinadas entre os demais órgãos atrelados. Neste caso, todas as vagas se destinam aos níveis médio e superior.

Estão reservadas para Receita Federal em torno de 630 vagas ao cargo de auditor-fiscal e mais 1.453 vagas ao cargo de analista tributário; para o cargo de auditor federal de finanças e controle, são 30 vagas e para técnico de finanças e controle são 70 vagas, por fim, para a função de procurador da Fazenda, são 240 vagas.

Com relação ao departamento de Comissão de Valores Mobiliários, estão sendo contempladas 16 oportunidades destinadas à carreira de inspetor, com 30 ao cargo de analista e mais 82 para função de agente executivo.

No setor de Superintendência de Seguros Privados, ou Susep, serão 55 vagas ao cargo de analista técnico. Com relação às demais profissões, as vagas se destinam ao quadro de Superintendência Nacional de Previdência Complementar, ou Previc: cargo de especialista em previdência social, 48 vagas; de analista administrativo, 23 vagas; de técnico administrativo, 39 vagas; de administrador, 11 vagas e atuário, 7 vagas.

Sobre onde as vagas serão lotadas, conforme o concurso realizado em 2014, seguem as informações:

Nos estados do Acre, com 18 vagas; de Alagoas, com 14 vagas; do Amazonas, com 28 vagas; do Amapá, com 6 vagas; da Bahia, com 80 vagas; do Ceará, 53 vagas; do Espírito Santo, com 14 vagas; Goiás, com 31 vagas; do Maranhão, com 30 vagas; de Minas Gerais, com 101 vagas; do Mato Grosso do Sul, com 34 vagas; do Mato Grosso, com 27 vagas, do Pará, com 55 vagas; da Paraíba, com 20 vagas; de Pernambuco, com 52 vagas; do Piauí, com 17 vagas; do Paraná, com 97 vagas; do Rio de Janeiro, com 61 vagas; do Rio Grande do Norte, com 17 vagas; de Rondônia, com 13 vagas; de Roraima, com 8 vagas; do Rio Grande do Sul, com 155 vagas; de Santa Catarina, com 74 vagas; de Sergipe, com 9 vagas e do Tocantins, com 12 vagas.

Paulo Henrique dos Santos


Seleção conta com vagas para todos os níveis de escolaridade.

A Prefeitura de Guarapuava, no estado do Paraná, lançou um novo edital para preenchimento de 71 vagas para diversos cargos, além de uma seleção prévia para formação de um cadastro de reserva (CR).

Vamos aos detalhes abaixo!

Pré-requisitos

Os pré-requisitos para as vagas são divididos em três níveis de escolaridade.

1. Para candidatos com Ensino Fundamental

Os interessados que possuírem somente o ensino fundamental em sua base curricular podem concorrer as vagas:

  • Auxiliar com funções Operacionais, sendo disponibilizada 1 vaga mais as destinadas ao cadastro de reserva do edital (CR);
  • Auxiliar para Saúde Bucal, sendo disponibilizada 1 vaga mais as destinadas ao cadastro de reserva do edital (CR);
  • Eletricista, sendo disponibilizada 1 vaga mais as destinadas ao cadastro de reserva do edital (CR);
  • Marceneiro, sendo disponibilizada 1 vaga mais as destinadas ao cadastro de reserva do edital (CR);
  • Mecânico, sendo disponibilizada 1 vaga mais as destinadas ao cadastro de reserva do edital (CR);
  • Motorista para Ambulância, sendo disponibilizada 1 vaga mais as destinadas ao cadastro de reserva do edital (CR);
  • Motorista para Veículos Leves, sendo disponibilizada 1 vaga mais as destinadas ao cadastro de reserva do edital (CR);
  • Motorista para Veículos Pesados, sendo disponibilizada 1 vaga mais as destinadas ao cadastro de reserva do edital (CR);
  • Operador para Motoniveladora, sendo disponibilizada 1 vaga mais as destinadas ao cadastro de reserva do edital (CR);
  • Operador para Retroescavadeira, sendo disponibilizada 1 vaga mais as destinadas ao cadastro de reserva do edital (CR);
  • Operador para Rolo Compactador, sendo disponibilizada 1 vaga mais as destinadas ao cadastro de reserva do edital (CR);
  • Operador para Servente de Obras, sendo disponibilizada 3 vagas mais as destinadas ao cadastro de reserva do edital (CR);

2. Para candidatos com ensino médio ou com formação técnica através de cursos específicos.

Os interessados que possuírem o ensino médio ou com algum curso técnico podem concorrer as vagas:

  • Agente de Saúde Comunitário e Agente para Combate às endemias, sendo disponibilizada 1 vaga mais as destinadas ao cadastro de reserva do edital (CR);
  • Agente de Trânsito, sendo disponibilizada 1 vaga mais as destinadas ao cadastro de reserva do edital (CR);
  • Agente Social e Atendente para o Educando, sendo disponibilizada 1 vaga mais as destinadas ao cadastro de reserva do edital (CR);
  • Fiscal para Estacionamento Rotativo, sendo disponibilizada 1 vaga mais as destinadas ao cadastro de reserva do edital (CR);
  • Fiscal Geral, sendo disponibilizada 1 vaga mais as destinadas ao cadastro de reserva do edital (CR);
  • Oficial para à área administrativa, sendo disponibilizada 1 vaga mais as destinadas ao cadastro de reserva do edital (CR);
  • Secretária Escolar, sendo disponibilizada 1 vaga mais as destinadas ao cadastro de reserva do edital (CR);
  • Técnico para a Segurança do Trabalho, Técnico com especialidade Agrícola, Técnico Dentário, Técnico em Saúde Bucal, somente vagas destinadas ao cadastro de reserva do edital (CR);

3. Para candidatos com ensino superior

Os interessados que possuírem o ensino superior podem concorrer as vagas:

  • Analista de Sistemas e Analista Social, sendo disponibilizada 1 vaga mais as destinadas ao cadastro de reserva do edital (CR);
  • Analista Imobiliário, Biomédico, Cirurgião na especialidade Dentista, sendo disponibilizada 10 vagas mais as destinadas ao cadastro de reserva do edital (CR);
  • Cirurgião Dentista com especialidade em Endodontia, Cirurgião Dentista com especialidade em Periodontia e Contador, sendo disponibilizada 1 vaga mais as destinadas ao cadastro de reserva do edital (CR);
  • Enfermeiro, sendo disponibilizada 1 vaga mais as destinadas ao cadastro de reserva do edital (CR);
  • Engenheiro Agrônomo e Engenheiro Ambiental, sendo disponibilizada 1 vaga mais as destinadas ao cadastro de reserva do edital (CR);
  • Engenheiro Civil, sendo disponibilizada 1 vaga mais as destinadas ao cadastro de reserva do edital (CR);
  • Engenheiro Químico, sendo disponibilizada 1 vaga mais as destinadas ao cadastro de reserva do edital (CR);
  • Farmacêutico e Bioquímico, sendo disponibilizada 1 vaga mais as destinadas ao cadastro de reserva do edital (CR);
  • Fiscal em Caráter Tributário, sendo disponibilizada 1 vaga mais as destinadas ao cadastro de reserva do edital (CR);
  • Fisioterapeuta, sendo disponibilizada 1 vaga mais as destinadas ao cadastro de reserva do edital (CR);
  • Fonoaudiólogo e Médico Generalista para ESF, sendo disponibilizada 1 vaga mais as destinadas ao cadastro de reserva do edital (CR);
  • Médico Generalista para o Pronto Atendimento, sendo disponibilizada 5 vagas mais as destinadas ao cadastro de reserva do edital (CR);
  • Médico Generalista para o Pronto Atendimento, sendo disponibilizada 5 vagas mais as destinadas ao cadastro de reserva do edital (CR);
  • Nutricionista e Pedagogo Social, sendo disponibilizada 1 vaga mais as destinadas ao cadastro de reserva do edital (CR);
  • Procurador, sendo disponibilizada 1 vaga mais as destinadas ao cadastro de reserva do edital (CR);
  • Professor, sendo disponibilizada 20 vagas mais as destinadas ao cadastro de reserva do edital (CR);
  • Professor para atendimento educacional com especialidades, Professor de Educação Física e Psicólogo, sendo disponibilizada 1 vaga mais as destinadas ao cadastro de reserva do edital (CR);
  • Veterinário, sendo disponibilizada 1 vaga mais as destinadas ao cadastro de reserva do edital (CR);

As remunerações vão desde R$ 1.043,11 até os R$ 10.753,83.

Inscrições e Prazos

Serão aceitas as inscrições no prazo de 19 de Novembro até o dia 6 de Dezembro, através do site da FAUEL (www.fauel.org.br). Os interessados deverão desembolsar valores entre R$ 60 e R$ 100,00, dependendo do cargo pretendido.

As provas acontecerão nos dias 27 de Janeiro e 3 de Fevereiro de 2019 e será uma prova com questões de múltipla escolha sobre diversas disciplinas como matemática, língua portuguesa e informática.

Boa sorte a todos interessados.

Autor: Carlos. B


Certame deverá ter a Organizadora confirmada ainda em novembro.

Pode começar a estudar, pois está previsto o concurso do Ministério Público do Ceará (MP-CE) e a expectativa é que o edital seja divulgado ainda este ano. A banca responsável pelo concurso deve ser definida ainda em novembro, por isso, os interessados não devem perder tempo e começar os estudos.

A comissão para a realização do concurso foi definida no mês de agosto e o certame vai oferecer oportunidades para o cargo de técnico (nível médio) e analista (nível superior). A remuneração inicial é de R$ 2.935,08 para Técnico e de R$ 4.815,59 para Analista.

Último concurso MP-PE

O último concurso do MP-PE foi organizado pela banca Fundação Carlos Chagas (FCC) e ocorreu em 2013. Na oportunidade, ofereceu chances para a carreira de Técnico Ministerial em área específica e Analista para áreas de Direito e também de Ciências de Computação.

A prova de Técnico contou com nada menos que 70 questões, sendo divididas em 30 para conhecimentos gerais, sendo 20 de português e 10 de informática, e o restante de conhecimentos específicos, que teve peso 2. A parte geral teve peso 1.

Para o cargo de Analista com formação em direito, a prova contou com 70 questões, sendo 30 de conhecimentos gerais (20 de língua portuguesa e 10 de informática) e o restante da parte específica. Para a área de Analista de Computação, também foram cobradas 70 questões, sendo 30 de conhecimentos gerais (20 de português e 10 de inglês técnico) e 40 que foram sobre conhecimentos específicos.

Concurso MPE-PE: como estudar?

O edital está previsto para ser divulgado ainda este ano, logo, você deve começar a sua preparação o quanto antes, para ganhar tempo e conhecimento nas disciplinas.

O primeiro passo é montar um planejamento para organizar a sua rotina. Escreva os seus horários de trabalho, faculdade e compromissos “obrigatórios”, que você tem durante a semana. Isso vai ajudar você a manter o foco nos estudos.

O seu planejamento deve ser composto por teoria, revisão e exercício. Por meio das revisões e repetições, é que você vai manter o conteúdo na sua memória e não se esquecer de nenhum detalhe como prazos e regras, por exemplo.

Os exercícios são essenciais para você conhecer o estilo da banca, os assuntos mais cobrados e os tipos de questões que são mais recorrentes. Faça uma lista dos tópicos que mais surgirem, assim você pode organizar a sua revisão de reta final, por exemplo.

O segredo do sucesso é a constância nos estudos. Por isso, estude com dedicação, compreensão e vontade. Não se deixe ficar desanimado, pelo contrário: lembre-se de que é isso que vai mudar a sua vida e de toda a sua família.

O último edital do concurso MP-PE foi a banca FCC, por isso, faça o seu cronograma inicial de acordo com o último edital que foi divulgado pelo certame.

O edital do MP-PE saiu? É o momento de você refazer todo o seu planejamento e se dedicar ainda mais para conquistar uma das vagas do concurso. Tenha foco total e saiba o que você quer de verdade para estudar com convicção e muita determinação.

Não abra mão de fazer atividade física. A rotina de estudo pode ser muito exaustiva e o treino vai ajudar você a manter a forma, a aliviar o estresse, a evitar a ansiedade e o nervosismo, além de ajudar na memorização.

Invista em bons materiais. Compre apostilhas que sejam específicas para o concurso e que sejam elaboradas de acordo com o edital publicado. Cuidado com materiais antigos ou muito desatualizados.

Evite comentar com as pessoas que está estudando para concurso público. Durante a sua preparação, dê o seu melhor para conseguir o seu objetivo. Bons estudos e sucesso!

Por Babi


Inscrições até o dia 3 de dezembro de 2018.

A Prefeitura de Santana do Parnaíba, localizada na região metropolitana da cidade de São Paulo, abrirá concurso que ofertará 48 cargos nos mais diferentes níveis acadêmicos.

Diante disso, o candidato que quiser concorrer a uma das diversas vagas oferecidas precisa se atentar as datas de inscrição, que começou dia 13 de novembro e vai até o dia 3 de dezembro. Os valores são considerados simbólicos apenas para cobrir a impressão das provas e de outros afins, variando entre R$13 e R$21,20.

Existem oportunidades para nível fundamental, médio/técnico e para superior, com salários que podem variar de R$1.206,41 a R$12.052,78.

O concurso tem fim no final do ano que vem, podendo ser renovado por mais um, de acordo com as necessidades do município.

A prova tem previsão de ser realizada no dia 16 de dezembro, com questões objetivas contando com 30 questões de múltipla escolha e três horas para a sua realização.

Cargos

No nível fundamental são oferecidas duas opções: motoristas com carteira do tipo D e auxiliar de saúde bucal.

Para quem tem já terminou o ensino médio ou fez algum curso técnico, as vagas oferecidas são: técnico de enfermagem, intérprete de Libras e auxiliar de farmácia.

Nos cursos superiores a uma boa gama de opções como: dentista, enfermeiro, farmacêutico, fisioterapeuta, fonoaudiólogo e médico.

Neste concurso será disponibilizado vagas para professores, que variam o tipo de conhecimento por área como: matemática, português, história, geografia além das línguas estrangeiras de inglês e espanhol.

Conteúdo das provas

Nas questões de língua portuguesa serão abordados conhecimentos prévios desde interpretação de um texto até nas questões consideradas básicas como pontuação. Além das estruturas que compõem um texto, entre elas, sujeito, predicado, orações coordenadas, subordinadas, preposição, verbos de ligação, predicativo do objeto e do sujeito, fora interpretação de charges.

A pessoa que souber aplicar todos os conhecimentos terá boas chances de sair bem no concurso.

As provas que envolvem números são consideradas simples no contexto geral do concurso, pois absorve conhecimentos prévios do dia-a-dia como situações envolvendo desconto, aumento, expressões consideradas simples das quatro operações, sistemas de medidas.

No caso de conhecimento específico é necessário compreender e memorizar pequenas dicas de ciências/biologia explicadas no ensino fundamental e médio, respectivamente, através das seguintes situações: vitaminas, nutrientes, validade dos alimentos, entre outros.

Qualquer um pode concorrer?

Todos que desejam concorrer a uma vaga no concurso disponibilizado pela Prefeitura de Santana do Parnaíba podem e devem concorrer. A preferência por idade ainda ocorre, quanto mais jovem, melhor força de trabalho será feita e assim poderiam ‘usar e abusar’ dos considerados inexperientes em sua carteira de trabalho.

Pessoas consideradas experientes devem buscar sua recolocação no mercado de trabalho e concorrer a uma vaga deste concurso oferecido, poderá diminuir um pouco a quantidade de pessoas que deixam de aproveitar essas oportunidades após uma certa idade,( geralmente quando chega nos seus 40 anos).

Independentemente da idade cada um tem seu talento, sua vontade e determinação, entretanto, não é fácil chegar e passar de primeira, requer perseverança e um pouco de sorte para que garanta sua colocação no cargo que candidatou.

Vencer em um grande concurso é uma conquista pessoal, mostrando o quanto é capaz de demonstrar ao longo do tempo que for efetivado, desempenhando com autoridade e muita paciência, podendo melhorar financeiramente, mas construindo um império de si mesmo tendo orgulho do que foi capaz.

Desenvolver para ser desenvolvido, compreender os macetes através do concurso para ser promovido, a chave do sucesso depende de todos e descobrir como e quando vai ocorrer

A vida já lhe dá pequenas pistas para se tornar gratificante tudo aquilo que foi construído durante sua carreira de trabalho, melhorando o seu próprio status como também impondo respeito de tudo aquilo que um dia da sua luta diária, em um passado não muito distante.

Thalles Cakan


Oportunidades serão direcionadas para o público com nível médio completo.

Terra de grandes poetas, escritores e músicos, Belo Horizonte, realizará mais uma vez um concurso público voltada para os guardas municipais.

A primeira exigência é que se tenha ao menos o ensino médio completo, para que possa desempenhar com maior facilidade as funções mediantes ao cargo das pessoas que passarem no concurso.

A partir disso é necessário ter um bom conhecimento das principais matérias que são cobradas nos mais variados concursos, incluindo para os guardas municipais.

A possibilidade de uma boa remuneração induz ao participante a mesma preparação para qualquer vestibular, ou seja, disciplina é fundamental para quem deseja o sucesso em caso de sua classificação para a função de guarda municipal. Ter obediência, foco e responsabilidade é a chave para que suas chances aumentem gradativamente. Ler bastante também é interessante ao ponto que seus concorrentes não terão a mesma ‘disposição’ e paciência para reler no tempo necessário, trazendo consigo mesmo a certeza que fizeste uma boa prova.

Remuneração e processo seletivo

O salário base é por volta de R$ 2.801,29, considerando já os pré-requisitos perante ao serviço, que é classificado como de risco, cerca de R$ 722,91 e gratificação para quem puder cobrir horário integral, em torno de R$ 271,09.

No atual momento, quem deseja ser guarda municipal precisa avaliar os riscos que estão por trás de todo concurso, se está preparado psicologicamente em casos mais graves de assaltos, problemas com a violência urbana, que só cresce nas cidades, entre outros que podem agravar ao longo do tempo de serviço prestado a prefeitura.

Ao todo serão cinco fases que os participantes que desejam entrar como guarda municipal deverão passar, entre elas: provas objetivas, análise de títulos, capacidade física, sindicância social e por último a avaliação psicológica, esta última derruba quase a metade dos candidatos.

Vale recordar que para passar na prova de aptidão física, é necessário fazer flexões, corrida de 400 metros e barra horizontal para os homens, as mulheres, porém, deverão realizar barra vertical.

Esta seleção contará com a possibilidade de serem preenchidas 2000 vagas, 500 de início imediato e as restantes por meio do cadastro reserva pessoal.

Provas

As provas em si se assemelham bastante aos demais concursos realizados por todo Brasil, com 50 questões.

As avaliações contarão com questões de de língua portuguesa (cerca de 10 questões), legislação (20 questões), informática (5 questões), geografia urbana e história de Belo Horizonte (7 questões cada um, este último assunto é interessante estudar bastante, principalmente dos que não nasceram na cidade, pois é critério de eliminação).

Último concurso foi realizado em 2009

Interessante ressaltar que o último concurso foi realizado há 10 anos, por isso, quem estiver com fome por emprego e estiver melhor preparado psicologicamente, intelectualmente e fisicamente, tende a conseguir o tão sonhado emprego.

Diante dessas questões é necessário acima de tudo comprometimento, perseverança, foco e não exagerar na quantidade de exercícios que são feitos para ajudar a memorizar todo conteúdo aprendido na sala de aula. O que importa é qualidade e não ‘se matar’ de estudar, cada um sabe o quanto cada um aguenta.

Em 2009 a prova continha 50 questões, com 15 questões de língua portuguesa, 15 de legislação, 10 de geografia urbana e da história de Belo Horizonte.

Em um breve comparativo, aumentou cinco questões de legislação, diminuiu cinco questões de língua portuguesa, três de geografia urbana e da história da capital de Minas Gerais e não possuía questões de informática.

Naquela ocasião foram ofertadas 600 vagas, sendo esmagador a quantidade oferecida para os homens do que para as mulheres, 570 contra 30 do público feminino. Oportunidade única de quem quer uma recolocação no mercado de trabalho ou até mesmo a chance de conseguir um grande emprego.

Thalles Cakan


Seleção deverá ofertar 94 vagas. Banca Organizadora será divulgada em breve.

O segundo de semestre de 2018 está próximo do fim, porém, novas oportunidades de cargos estáveis, por meio de processos seletivos, estão prestes a serem ofertados ao público geral de estudantes e profissionais.

Recentemente foi anunciado que o Departamento Estadual de Trânsito do Estado do Espírito Santo, o Detran-ES, está próximo de confirmar o nome da banca responsável pela organização do próximo concurso público, que será promovido pelo órgão. Este é um dos processos de seleção mais aguardados deste ano, embora a sua realização efetiva se dê, provavelmente, no próximo ano, de 2019.

De acordo com as informações angariadas no setor, o concurso em questão foi anunciado por meio do gabinete do governo daquele Estado, desde o dia 20 de agosto. Este processo seletivo pretende contar com uma oferta de mais ou menos 94 postos de trabalho nos setores do órgão, dos quais 80 vagas se destinam ao cargo de assistente de trânsito e as demais 14 vagas se destinam ao cargo de analista de trânsito.

Entretanto, todos deverão aguardar a definitiva determinação da empresa que estará encarregada da responsabilidade pela realização das provas objetivas e demais detalhes do processo. Somente depois da conclusão desta fase é que será possível uma confirmação precisa da data de liberação do documento de edital para a abertura oficial do período de inscrições.

Sobre os cargos e as remunerações em cada área, as informações são as seguintes:

Com relação ao cargo na área de assistente, toda pessoa interessada em concorrer deverá apresentar, necessariamente, a posse de formação integral, no mínimo, em ensino médio. A remuneração inicial, neste caso, está no valor de 2.409,75 mil reais.

Para o cargo na função de analista, todos os futuros interessados deverão apresentar a posse de formação em nível superior, no mínimo, sendo que serão aceitos cursos nas mais diversas áreas. A remuneração inicial, neste caso, está no valor de 5.179,94 mil reais.

Com relação ao cargo na função de analista, normalmente são exigidos diplomas de formação acadêmica nas seguintes áreas, para o devido ingresso: curso na área de administração; curso na área de análise de sistemas; curso de ciências da computação; curso de arquitetura; curso de economia; curso de psicologia e curso de serviço social, entre outras áreas atreladas.

O histórico do último concurso realizado indica o seguinte:

O anterior processo de seleção para vagas no órgão do Detran-ES, foi realizado no ano de 2010. Naquela ocasião, o evento promoveu um número restrito de 50 vagas, das quais 20 estavam destinadas ao cargo de assistente técnico de trânsito e as demais 30 se destinaram ao cargo de técnico superior, dentro da área de administração; na área de direito; na área de análise de sistemas; na área de contabilidade; na área de estatística; na área de jornalismo e na de psicologia.

A função de banca organizadora ficou nas mãos do Cespe/UnB.

As provas consistiram em cadernos distribuídos para candidatos de todas as classes, contando com 120 questões objetivas, das quais 50 sobre os conhecimentos básicos e as demais 70 versando sobre os conhecimentos específicos. Para o caso dos concorrentes com formação acadêmica em nível superior, foram cobradas mais duas questões discursivas versando sobre os conhecimentos específicos.

Para o caso dos concorrentes munidos de certificado de formação técnica, suplementada de ensino médio, a parte da prova sobre conhecimentos gerais abrangeu o seguinte conteúdo: matéria de língua portuguesa; sobre informática e em raciocínio lógico. Sobre os devidos conhecimentos específicos, foram cobradas questões em administração pública e em legislação de trânsito.

Para os candidatos com nível superior de formação acadêmica, a parte sobre os conhecimentos básicos incluiu matéria de língua portuguesa; de informática; de raciocínio lógico; em administração pública e em legislação de trânsito.

Vale a pena conferir.

Paulo Henrique dos Santos


Certame ainda depende de autorização formal.

A Ceasa – RS, Centrais de Abastecimento do Estado do Rio Grande do Sul ainda está dependendo de uma autorização formalizada, pelo governo do estado, para então conseguir iniciar o tão esperado processo público de seleção. Faz 30 anos que a Ceasa do Rio Grande do Sul se encontra sem realizar um certame para o órgão, entretanto, desta vez já foi dado início no processo para confeccionar o termo de referência que visa contratar a banca organizadora que realizará a avalição, porém, apenas depois de receber uma autorização oficial é que o certame pode ser iniciado efetivamente.

De acordo com Vanderlan Vasconcelos, que é o diretor administrativo do órgão, era esperado que a referida autorização fosse elaborada ainda no primeiro semestre deste ano de 2018, o que não se concretizou. Esta seletiva deverá oferecer, para os candidatos que se enquadrarem no perfil, 81 oportunidades para preenchimento imediato, sem contar que irá também realizar a formação de cadastro reserva para os mais variados cargos. Os interessados que pretendem concorrer a uma oportunidade necessitam ter uma formação acadêmica de nível superior, nível médio ou então técnico e então farão jus a uma remuneração inicial que chega a 4 mil reais.

Foi confirmado também, no dia 18 do mês de maio, que estas 81 oportunidades oferecidas por este certame estarão distribuídas em 40 cargos, onde sete deles são voltados para áreas de agentes técnicos, nove destinados ao cargo de analista, oito voltados para a função de agentes administrativos com formação em nível médio e por fim 16 oportunidades serão oferecidas para agentes operacionais.

No dia 20 de julho foi constituída a comissão do processo de seleção, a qual tem o colaborador Paulo Antonio Regla como presidente e ainda conta com outros membros, como: Álvaro Carlos Antunes Gonçalves, Claudia Teresinha dos Santos, Amauri Moraes Pereira, Nidia Bittencourt dos Santos, Claiton Colvelo de Rosa e também Rosa Marlene Laureano Fernandes.

Sobre as oportunidades para Ensino Médio e Técnico

No caso dos concorrentes que possuam formação em nível médio ou nível técnico, as oportunidades oferecidas nessa seleção serão para o cargo de orientador, tendo direito a uma remuneração mensal inicial num valor entre R$ 2.268,56 e R$ 2.674,94.

Sobre as oportunidade de Nível Superior

Já para os candidatos que possuem diploma de nível superior, as chances irão incluir cargos de administrador, engenheiro agrônomo, advogado, economista, jornalista e contador. Para todas essas posições o salário inicial mensal será no valor de R$ 4.379,65.

Somada a referida remuneração, o órgão também deve oferecer, como benefício, o vale transporte e auxílio alimentação.

Este provável certame já vem sendo esperado desde o mês de janeiro do ano passado, quando o mesmo foi aprovado pelo Plano de Cargos e Salários do Ceasa – RS.

Sobre o órgão

Em 1974 foi fundada a Ceasa – RS, a qual também é pertencente ao Sistema Nacional das Centrais de Abastecimento, assim estadualizada no ano de 1989, de maneira conjunta com as demais Ceasas existentes no território brasileiro.

Na América do Sul ela é considerada uma das maiores centrais de abastecimento, ficando entre as quatro principais.

A Ceasa se enquadra em uma sociedade de economia mista por meio de ações, a qual tem sua gestão realizada pelo governo do estado do Rio Grande do Sul, por meio de sua Secretaria de Desenvolvimento Rural, Pesca e Cooperativismo, que foi constituída por meio da lei estadual de número 5993 de 1970 e também da lei municipal de número 3413 do mesmo ano.

Entre a sua lista de objetivos está o conceito social de sua atuação, como fiscalizar e orientar o comércio de hortifrutigranjeiro, sendo um centro polarizador dentre os comerciantes, consumidores e produtores.

FILIPE R SILVA


Edital deve ser publicado nos próximos dias e pode contar com mais de 500 vagas.

Um dos editais mais aguardados ainda para este ano é o do Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo (DETRAN SP), que deve oferecer 575 vagas para os cargos de Oficial Estadual de Trânsito I e Agente Estadual de Trânsito I, em que para participar será necessário nível médio e superior, respectivamente. Já pensou em começar a estudar o quanto antes para o concurso DETRAN SP?

A expectativa é que o edital seja divulgado nas próximas semanas e a banca responsável pelo Concurso DETRAN SP deve ser a Vunesp ou a Fundação Carlos Chagas. O Órgão tem até janeiro para publicar o edital, que é considerado a data limite. O certame vai oferecer 575 vagas, sendo deste total 375 referente ao cargo de Oficial Estadual de Trânsito I e 200 para o cargo de Agente Estadual de Trânsito I.

A comissão para a realização do concurso Detran já foi formada e divulgada, por isso, os próximos passos para a realização do certame é a definição da banca organizadora e a publicação do edital.

Os candidatos com nível médio ou técnico podem concorrer para o cargo de Oficial Estadual de Trânsito, que tem a remuneração inicial de R$ 1.863,00. Para nível superior, o concurso DETRAN SP vai ter oportunidades para o cargo de Agente Estadual de Trânsito I, em que também é necessário ter carteira nacional de habilitação de, pelo menos, categoria B. A remuneração inicial é de R$ 4.657,50.

O último concurso realizado pelo DETRAN foi em 2013 e teve 1.200 vagas com 600 oportunidades para cada cargo: Agente e Oficial. Os interessados foram avaliados por meio de provas objetivas de múltipla escolha, que abrangiam tanto a parte de conhecimentos gerais, quanto à parte de conhecimentos específicos.

A banca responsável pelo último concurso DETRAN SP foi a VUNESP e as provas para o cargo de Oficial abrangiam as seguintes disciplinas: 12 para português, 5 de matemática, 4 sobre legislação, 4 de informática e também 25 sobre legislação de trânsito.

Em relação ao cargo de Agente, as provas foram compostas de 10 questões sobre português, 5 de matemática, 4 de legislação, 7 sobre direito administrativo, 22 sobre legislação de trânsito, 4 sobre informática e 8 relacionada ao conteúdo de gestão pública.

O último concurso DETRAN SP ofereceu oportunidades para Araçatuba, Botucatu, Barretos, Bauru, Itapeva, Campinas, Fernandópolis, Franca, Presidente Prudente, Marília, Mogi Guaçu, Taubaté, Santos, Ribeirão Preto, capital paulista, entre outras cidades.

Como passar no próximo concurso DETRAN SP?

– Como o edital está previsto para sair ainda este ano, o interessado deve começar os estudos antes da publicação do documento, pois isso ajudará a ter domínio dos conteúdos cobrados, sobretudo se este for o seu primeiro concurso público ou você ainda não tem muita base.

– É fundamental fazer um planejamento para organizar e estruturar toda a rotina, sobretudo se a pessoa precisa conciliar com outras atividades como o trabalho. O cronograma deve ser compatível coma realidade do estudante e ajustado de acordo com a carga horária.

– Priorize as disciplinas que tenham um maior peso e também um número maior de questões.

– Separe tempo para fazer revisão e resolver questões de forma exaustiva. Quando a banca do concurso DETRAN SP for definida, foque em resolver exercícios específicos da organizadora, para você conhecer o estilo de prova, nível de cobrança e os assuntos mais cobrados. Faça uma lista, para ajudar você na revisão de reta final.

– O seu cronograma deve ser estruturado em três partes: teoria, revisão e exercício, todavia dedique-se mais a resolução de questão e revisão. Outra dica é fazer simulado, para medir o seu desempenho e saber em que disciplina está bom ou precisa de um reforço.

Compartilhe a notícia nas suas mídias sociais e muito sucesso nos estudos para o concurso DETRAN SP!

Por Babi


Inscrições podem ser realizadas até o dia 27 de dezembro de 2018.

A Prefeitura de Teresina, capital do estado do Piauí, anuncia edital para o concurso da Guarda Civil Municipal. As inscrições começam a partir do dia 26 de novembro de 2018 e encerram em 27 de dezembro de 2018. Os interessados podem cadastrar seus dados por meio do endereço eletrônico da banca organizadora Nucepe: www.nucepe.uespi.br/guardamun2018 , imprimir o boleto e efetuar o pagamento da taxa no valor de R$ 100,00 até o dia 28 de dezembro de 2018.

O concurso oferece 475 vagas e para participar é exigido que os candidatos tenham Ensino Médio completo e Carteira Nacional de Habilitação categoria AB. O concurso de âmbito municipal terá a validade de 2 anos, contando a partir da homologação após o resultado final. Caso assim determine, a prefeitura poderá prorrogar esse prazo posteriormente conforme o que está definido no edital. Acompanhe abaixo os demais detalhes.

Isenção e desconto da taxa de inscrição

Para pleitear a isenção total da taxa de R$100,00 os candidatos devem entrar na página da banca organizadora www.nucepe.uespi.br/guardamun2018.php e selecionar a opção referente a solicitação de isenção – desconto da taxa. Também é preciso enviar a documentação que comprove que os candidatos são realmente beneficiários da isenção. Para usufruir do benefício, os candidatos precisam ser doadores de sangue, doadores de medula óssea ou possuírem alguma deficiência, conforme a lei municipal da cidade de Teresina.

Para os estudantes, é possível pleitear o desconto de 50% da taxa, enviando a documentação comprobatória para o endereço eletrônico da NUCEPE.

Os prazo para o requerimento de isenção ou desconto é entre 12 de novembro e 14 de novembro de 2018 e o resultado será divulgado em 19 de novembro de 2018.

Etapas do processo seletivo para Guarda Municipal da Prefeitura de Teresina

As provas objetiva e dissertativa do concurso serão realizadas em 13 de janeiro de 2019.

A prova objetiva terá 50 questões, contendo 5 alternativas em cada enunciado com apenas uma opção correta.

A prova abordará os conteúdos referentes à língua portuguesa, raciocínio lógico- matemático, conhecimentos específicos e informática. Para prova dissertativa será exigida uma redação com no mínimo 20 linhas e no máximo 30 linhas.

A fase seguinte será entre 1 e 5 de abril de 2019, com avaliação odontológica e médica.

Entre 22 a 27 de abril ocorrerão os exames de aptidão física, em 19 de maio de 2019 é a vez dos candidatos participarem da avaliação psicológica. E finalmente, entre 8 e 12 de julho de 2019, ocorrerá a investigação social.

Após essas etapas, será informado quando acontecerá o curso de formação profissional.

Atribuições da Guarda Civil Municipal

A Guarda Civil Municipal tem por função, proteger instalações, serviços e bens de domínio público na cidade de Teresina, incluindo também a Administração Indireta.

Deve orientar a comunidade sobre o uso e o direito a utilização dos serviços públicos e bens.

Deve coibir e prevenir o uso de drogas e colaborar com operações da defesa civil, quando for solicitada. Também faz parte de suas atribuições proteger o meio ambiente e demais competências e atribuições determinadas pela cidade de Teresina

Informações gerais

  • Concurso da Guarda Civil Municipal – Teresina- Piauí
  • Banca: NUCEP http://nucepe.uespi.br/guardamun2018.php
  • Inscrições: de 26 de novembro de 2018 a 27 de novembro de 2018
  • Taxa de inscrição: R$100,00
  • Solicitação de isenção da taxa ou desconto de 50%: 12 de novembro a 14 de novembro de 2018
  • Divulgação do resultado da isenção e desconto: 19 de novembro de 2018
  • Prova objetiva e dissertativa: 13 de janeiro de 2019
  • Inscrições e mais detalhes em http://nucepe.uespi.br/guardamun2018.php

FABÍOLA CUNHA S DE MORAES


Edital do certame deverá sair ainda no começo do próximo ano.

Quem está de olho nos concursos públicos que estão aparecendo para o ano de 2019, precisa saber que o Tribunal de Justiça do Amazonas, o TJ/AM, tem previsões de publicação e abertura de edital referente ao seu novo certame. Com banca organizadora já totalmente definida, sendo essa o Instituto de Estudos Superiores do Extremo Sul, o Ieses, sabe-se que não há nenhuma possibilidade de liberação da documentação hábil até o mês de dezembro. Por isso, nós te damos todas as informações referentes às definições e processos que estão em andamento. Fique ligado que, a qualquer momento, outras alterações podem ser anunciadas e acrescentadas. Vamos a elas.

Definição das ofertas e vagas

A comissão, que foi constituída já no início do mês de julho, está a todo vapor definindo as vagas que serão oferecidas no concurso público. Por esse motivo, as mesmas ainda não foram divulgadas publicamente.

Anunciado oficialmente no dia 4 de julho, durante uma solenidade de posse para o cargo do presidente do órgão e desembargador, senhor Yedo Simões de Oliveira, foi citado também que, embora as vagas ainda não tenham sido definidas, alguns detalhes já estão acertados. Portanto, o processo de seleção contará com oportunidades para os mais diversos níveis de formação, desde o fundamental, passando pelo médio e também superior.

Há vagas tanto para o preenchimento e contratação imediata como para a formação de um cadastro reserva de pessoas. As análises sobre a demanda necessária para o certame deverá ser concluído muito em breve, podendo indicar tanto o número de cargos vagos em nível superior e médio para o provimento de concurso na capital, como também em nível médio e fundamental destinado para as comarcas localizadas no interior.

Além disso, cabe também à comissão organizadora a avaliação das disponibilidades de orçamento para a realização do concurso público, apontando quais são as atividades pertinentes a cada um dos cargos. Dessa forma, chega-se à elaboração de um projeto básico para a seleção.

Sobre a comissão

Presidida pelo presidente do Tribunal de Justiça do Amazonas, Yedo Simões, a comissão organizadora ainda conta com outros nomes fortes como: Alexandre Henrique Novaes de Araújo, juiz auxiliar da presidência e juiz coordenador do concurso; Messias Augusto Lima Andrade, secretário-geral administrativo do órgão e coordenador-administrativo do processo; e os demais participantes da comissão, os servidores Camila Leite, Hernan Batalha, Wiulla Garcia, Eduardo Martins, Mauro Saraiva e Cyntia Kazuko.

Conforme Messias Andrade, a primeira das medidas adotadas por essa comissão foi o levantamento de soluções e leis para a normatização do provimento dos cargos para o TJ/AM. Com essas informações, foi possível criar um cenário exato referente ao número de vagas necessárias para o concurso.

É importante lembrar que o certame terá oportunidades para todo o Estado, mesmo que em cadastro reserva.

A partir de tais definições, a comissão se reúne semanalmente para continuar e dar andamento às demais medidas administrativas necessárias para a realização de concurso, sempre sob a orientação do desembargador.

Para o concurso público do órgão, é seguido todo um rito, com consultas seguidas ao Executivo para a possibilidade das alterações em Lei de Diretrizes Orçamentárias, a LDO.

Sobre o último concurso do TJ/AM

Há 3 anos que não é realizado um certame pelo Tribunal de Justiça do Amazonas. Sendo assim, o último realizado foi em 2015, sendo oferecidas 51 oportunidades destinadas para o cargo específico de notário de cartórios. Os pré-requisitos na ocasião foi de formação em nível superior na área de Direito ou, ainda, dez anos em atividade relacionada à função. Em 2013 o órgão ainda realizou um outro concurso visando ao preenchimento de outras 300 vagas, sendo essas em diversos outros cargos e para todos os níveis de formação. Nesse, foi feito também um cadastro reserva de pessoas.

A banca organizadora foi a Fundação Getúlio Vargas, FGV.

Kellen Kunz


Seleção conta com 123 vagas. Inscrições devem ser feitas até o dia 16 de novembro de 2018.

A promessa de abertura de novos concursos tem alimentado as esperanças de quem sonha em conseguir um cargo público. Nos últimos anos, muitos órgãos descartaram a possibilidade de realizar novas seleções por causa da crise econômica. No entanto, a falta de novas contratações fez com que muitas entidades chegassem à beira do colapso. Por conta dos vários problemas que a população enfrenta pela falta de efetivo em locais que prestam serviços essenciais, muitos órgãos públicos estão protocolando pedido de abertura de novos certames e alguns já conseguiram autorização para realizá-los.

É o caso da Assembleia Legislativa da Bahia. A casa conseguiu a liberação para seleção de servidores e já está com inscrição em andamento. Confira agora as principais notícias acerca do primeiro concurso ALBA e fique por dentro da evolução do certame.

Banca

O concurso ALBA será organizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Ao todo serão ofertadas 123 vagas, entre elas, cinco oportunidades reservadas aos portadores de deficiência.

A FGV é responsável pela elaboração de diversos concursos, além de manter programas educacionais e realizar pesquisas e eventos de cunho social. A instituição privada fundada em 1944 foi inclusa entre os dez melhores thinks tanks no mundo. Com essas informações, os interessados em prestar o concurso ALBA 2018 podem ter uma ideia do nível de confiabilidade e rigidez da instituição que organizará o concurso. Além disso, vale a pena conferir provas aplicadas pela FGV em concursos similares para melhor compreensão dos critérios avaliativos utilizados pela organização.

Inscrição e provas

A inscrição para o concurso público da Assembleia Legislativa da Bahia (ALBA) foi aberta no dia 29 de outubro. Esse será o primeiro concurso realizado pela instituição e os interessados devem efetuar inscrição até o dia 16 de novembro, às 12h, no endereço eletrônico da banca www.fgv.br/fgvprojetos/concursos/alba2018. Após cadastro, os interessados precisam pagar a taxa que é de R$ 66 para cargos de nível médio e técnico e R$ 77 para cargos com exigência de nível superior.

A prova será aplicada no dia 16 de dezembro de 2018, ocasião em que os candidatos que concorrem aos cargos de nível médio e técnico serão submetidos a 70 questões objetivas e os que concorrem aos cargos com exigência de nível superior deverão responder a 80 questões de igual formato. O local escolhido para aplicação das provas foi a capital baiana, Salvador.

As avaliações serão aplicadas em dois horários distintos. No período da manhã, prestarão exame os candidatos aos cargos de nível superior e técnico legislativo. À tarde é a vez dos participantes com ensinos médio e técnico realizarem a prova.

Entre os conteúdos cobrados estão as disciplinas de Língua portuguesa, legislação específica, conhecimentos específicos e gerais, raciocínio lógico e informática. Somente os concorrentes ao cargo de procurador realizarão também prova escrita discursiva, contendo três questões.

Requisitos

Haverá oferta de vagas para candidatos dos níveis médio, médio/técnico e superior. Para as 3 vagas de técnico legislativo- odontologia, é necessário curso técnico na função. Quem tem nível superior pode se inscrever para os cargos de procurador e analista legislativos formados em administração pública, auditor legislativo, informática, análise de sistemas, tecnologia da informação, enfermagem, taquigrafia, comunicação, jornalismo, nutrição, medicina do trabalho e revisão e redação legislativa.

Cargos e salários

Para os cargos de nível médio e técnico, o salário inicial é de R$ 4.118,67. Já para as oportunidades de nível superior, a remuneração iniial é de R$ 4.872,61. Alguns cargos podem exigir curso específico para o exercício da função. Além disso, quem deseja se tornar agente de polícia legislativa deverá estar apto fisicamente, será testado em etapa posterior.

O dia da prova está próximo, mas é bom reservar tempo para a leitura íntegra do edital. Agora é hora de intensificar a rotina de estudos para se sair bem na prova. também é importante ficar de olho na agenda do certame para não perder prazos importantes e manter a rotina de estudos bem organizada.

Boa sorte

Kátia Elaini Pereira da Silva


Inscrições até o dia 7 de dezembro de 2018.

Quem sonha com a estabilidade do emprego e em receber uma boa remuneração pode se informar aqui sobre uma boa oportunidade para atuação no serviço público.

O Ministério Público do estado de São Paulo (MP SP) anuncia que as inscrições para seu próximo certame estão abertas. O edital foi lançado na quinta-feira, dia 18 de outubro.

Há 9 vagas para profissionais com diploma de graduação. O salário inicial é de R$ 13 mil para os novos servidores da carreira.

Confira mais detalhes sobre o processo seletivo na matéria que segue abaixo.

As inscrições no concurso do MP de São Paulo já iniciaram e vão até o mês de dezembro

Aqueles que estão interessados em participar da seleção do ministério de São Paulo devem seguir o seguinte procedimento para se inscrever:

1) entrar no endereço eletrônico;

2) adicionar suas informações pessoais no formulário de cadastro;

3) imprimir e realizar o pagamento do boleto.

A instituição contratada pelo MP de São Paulo para ser a responsável pela organização do seu concurso público é a Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho – também conhecida por Fundação Vunesp.

O período de inscrição começou na segunda-feira, dia 29 de outubro e será encerrado na sexta-feira, 7 de dezembro.

O valor da taxa de inscrição é de R$ 140 e poderá ser pago até o dia 10 de dezembro (segunda-feira).

Confira quem pode fazer o pedido de isenção: ser doador de sangue, pertencer à família de baixa renda ou ser estudante de curso de graduação ou pós-graduação.

Sobre as vagas anunciadas no edital do certame do Ministério Público de São Paulo

Há oferta de 9 vagas para a função de analista técnico científico. Saiba quais são as especialidades disponíveis: ciências econômicas, administração e ciências contábeis. Além dessas oportunidades, o MP de SP visa formar cadastro reserva para que, caso seja necessário, possa preencher outras vagas que surjam em 2 anos, que é o tempo de validade do concurso. Esse tempo pode ainda ser estendido por igual prazo, um vez apenas, pela própria instituição, caso seja de seu interesse.

O vencimento básico oferecido aos iniciantes na carreira de analista do MP é de R$ 8.585. Além disso, terá direito a perceber R$5.205,08 de gratificação e aos benefícios de transporte e alimentação.

A jornada de trabalho para todas as áreas é de 40 horas por semana.

Quem for portador de necessidades especiais (PNE) deverá enviar laudo médico para concorrer a vagas exclusivas. Há chances reservadas também para afrodescendentes.

Confira os requisitos exigidos no concurso do MP de São Paulo

Para ocupar o cargo de analista técnico científico, você deve ser aprovado no concurso e ter diploma de graduação correspondente à área, emitido por instituição de ensino superior registrada no Ministério da Educação (MEC).

Saiba quais são as outras exigências: possuir registro ativo no conselho regional da sua classe, estar quite com as obrigações da justiça eleitoral, possuir idade não inferior a 18 anos, não ter quaisquer pendências junto ao serviço militar – requisito exigido apenas para candidatos homens, não ter antecedentes criminais, estar em gozo pleno dos direitos civis e políticos, possuir aptidão física e mental, entre outras.

Saiba aqui quais são as etapas do concurso público do MP SP

O processo seletivo será composto por duas fases, sendo a primeira a prova objetiva e a segunda a avaliação dissertativa.

Na prova de múltipla escolha, as disciplinas cobradas serão: informática, português, matemática e conhecimentos específicos. Os concorrentes devem responder às questões e ao estudo de caso da segunda fase no período de 5 horas. Esse tempo também deve ser reservado para marcar o cartão de resposta.

A data prevista para realização das duas etapas é no domingo, 10 de fevereiro de 2019.

Saiba mais informações do edital do certame do Ministério Público de São Paulo no portal da Fundação Vunesp.

Melisse V.


Oportunidades são para a área de Saúde. Novo edital com mais vagas deve ser divulgado em breve.

Mais um processo de seleção de grande abrangência está oficialmente aberto, neste fim de 2018.

Trata-se da publicação do novo edital para 30 postos no cargo de médico I, ocorrida no último dia 20 de outubro, e mais um edital dispondo de 28 postos neste mesmo cargo, publicado no sábado, dia 27 de outubro.

Este é o concurso promovido pelo Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual de São Paulo, o Iamspe. Além das vagas já anunciadas, serão disponibilizadas mais 161 cadeiras a serem preenchidas por meio de novos certames públicos, dos quais os editais deverão ser publicados em data breve. Todas as oportunidades abertas já estavam autorizadas desde o dia 28 de agosto, cedidas por meio do gabinete do governo do Estado, que aprovou o preenchimento de um total de 377 vagas, das quais 158 cadeiras se destinarão à convocação dos remanescentes de concursos ainda em validade e as demais 219 se destinarão às novas seleções direcionadas aos diversos cargos para nível superior, cujas remunerações iniciais serão de até 14.386,50 reais.

Dado que os primeiros editais já estão liberados, ou seja, destinados a 58 postos, este mesmo órgão estará publicando mais um documento, com abertura de 161 vagas, muito em breve.

A distribuição dos cargos se dará conforme o seguinte critério:

Serão 163 vagas destinadas ao cargo de médico I. Após a autorização de mais 58 postos, o mesmo cargo contará com mais 105 postos válidos, reservados ao preenchimento em outras especialidades incluídas no edital. Acrescenta-se a isso, o aval que também autoriza a liberação de mais 54 vagas destinadas ao cargo de agente técnico no setor de assistência à saúde e mais duas vagas de cirurgião dentista.

Para o caso do posto de agente técnico de assistência à saúde, o valor da remuneração inicial, atualmente, é de 1.996,53 reais; para o cargo de cirurgião dentista o valor da remuneração é de 2.658,14 reais e para o cargo de médico o valor da remuneração é de 3.726 reais, dentro do regime de 12 horas semanais, ou de 6.210 reais, para 20 horas, no valor de 7.452 reais para um regime de 24 horas para um regime de 14.386,50 reais de 40 horas.

Entretanto, a dita autorização não vai determinar qualquer jornada de trabalho, que deverá ser estabelecida conforme o critério da instituição.

Com relação à convocação dos remanescentes, as informações são as seguintes:

Uma vaga reservada ao cargo de analista administrativo; 5 vagas de executivo público; 30 vagas para oficial administrativo; 14 vagas para agente de saúde; 25 vagas para agente técnico de assistência à saúde; duas vagas para auxiliar de saúde; 21 vagas de enfermeiro; duas vagas de médico l; 50 vagas para técnico de enfermagem; 5 vagas para técnico de laboratório e mais 3 vagas para técnico de radiologia.

O histórico registrado no último concurso do Iamspe indica o seguinte:

O último concurso promovido pela mesma instituição, realizado no mês de abril deste ano de 2018, contou com um número de 93 postos destinados ao cargo de técnico de enfermagem. Deste modo, todos os 50 postos autorizados para o preenchimento por meio da convocação dos remanescentes deste processo, deverão ser destinadas exclusivamente aos aprovados neste processo. A função de banca organizadora, naquele evento, ficou nas mãos do Instituto Nosso Rumo.

O órgão intitulado Iamspe consiste em uma autarquia estabelecida no governo do Estado de São Paulo, atrelada à Secretaria de Planejamento e Gestão. Foi oficialmente inaugurado no ano de 1966, cujo objetivo fundamental está em oferecer o atendimento médico especializado aos servidores públicos estaduais, aos seus dependentes e aos seus agregados, por meio do atendimento no Hospital do Servidor Público no Estado de São Paulo.

Paulo Henrique dos Santos


Seleção deverá ofertar 2.302 vagas.

Estamos quase chegando ao fim deste ano de 2018 e muitos brasileiros ainda aguardam pela abertura de novos concursos públicos, para terem a oportunidade de concorrer a uma vaga de trabalho, conseguindo estabilidade e segurança. Porém, muitos concursos embora sejam anunciados nem chegam a acntecer, pois não recebem autorização por parte do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPDG). Entre alguns dos concursos que vem sendo aguardado pelos brasileiros está o concurso público do Ministério da Fazenda. Se você está na expectativa de novas informações sobre este certame, não deixe de ler este texto na íntegra.

No ano de 2017, foi encaminhado ao Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão um documento em que era solicitado autorização para a realização de um novo concurso no Ministério da Fazenda.

De acordo com o documento original, foi solicitada autorização para um concurso com 1.301 vagas abertas.

Segundo levantamentos realizados recentemente no Ministério da Fazenda, atualmente existe uma real necessidade de novos servidores, uma vez que o déficit já passa de 3.140 postos de trabalho. Deste total de vagas que devem ser supridas para o MF, 2.250 são para cargos que exigem formação de nível médio e 894 são para cargos que exigem formação de nível superior.

No texto original as vagas solicitadas serão distribuídas da seguinte forma:

  • Assistente técnico administrativo: 904 vagas;
  • Analista técnico administrativo : 257 vagas;
  • Arquiteto: 12 vagas;
  • Arquivista :9 vagas;
  • Bibliotecário: 12 vagas;
  • Contador : 53 vagas;
  • Engenheiro: 15 vagas;
  • Enfermeiro:5 vagas;
  • Pedagogo : 6 vagas;
  • Psicólogo : 6 vagas;
  • Técnico em comunicação social: 22 vagas.

Os interessados em concorrer a uma das vagas para o posto de Assistente precisa possuir formação de nível médio. Já para concorrer as outras funções os interessados precisam possuir formação de nível superior, em qualquer área do conhecimento.

As remunerações partem inicialmente de R$ 3.953,68, podendo chegar a R$ 6.388,27, valor este que já está incluído o vale-alimentação no valor de R$ 458.

No documento que solicita a autorização para a solicitação do concurso do Ministério da Fazenda 2018 – 2019 não foram apresentadas as regiões de lotação das vagas, contudo,é bem possível que Distrito Federal e São Paulo sejam as localidades com maior quantidade de oportunidades. O que deve ocorrer pelo fato de que no último concurso realizado não foram disponibilizdas vagas para estas localidades.

Como o concurso ainda não foi autorizado, muitas informações ainda não podem ser confirmadas, contudo um detalhe deste processo que já foi definido é em relação à empresa organizadora que já foi definida, sendo ela a Escola de Administração Fazendária, conhecida popularmente como Esaf.

Dessa forma, os interessados em realizar este concurso podem começar a se preparar para a realização das provas, consultando editais de concursos públicos realizados anteriormente pelo MF, uma vez que a empresa organizadora sempre foi a Esaf.

Além destas vagas, o MF ainda pediu autorização para o provimento de mais 3.000 oportunidades para serem distribuídas entre os órgãos com os quais possui vínculo. Para estes as oportunidades também seriam para cargos que exigem ensino médio e superior. Os órgãos em questão seriam a Receita Federal, a Comissão de Valores Mobiliários e a Superintendência de Seguros Privados .

Nesse sentido, resta aos interessados aguradar que este concurso seja autorizado. Pois assim que isso acontecer uma comissão deve ser formada por servidores que atuam no MF e esta comissão ficará responsável por coordenar os passos seguintes na organização do certame. Dessa forma, como a banca já foi definida, dentro de poucos dias o edital de abertura com todas as informações deve ser publicado.

Diante da demanda por novos servidores que o Ministério da Fazenda possui a perspectiva de que o concurso seja autorizado é grande. Resta aos interessados aguardar.

Sirlene Montes


Edital da seleção deverá ser divulgado em breve.

O segundo semestre de 2018 está avançando para os seus últimos dois meses, porém, os concursos públicos sendo oficializados e publicados, ou em fase de elaboração, estão aumentando.

Entre os processos de seleção que estão próximos de terem seus editais publicos, está o Sema-MT. Depois de formada a comissão para organização do novo concurso público para o provimento de cargos na Secretaria Estadual do Meio Ambiente do Estado do Mato Grosso, Sema/MT. A reunião da comissão se deu no dia 11 de setembro de 2018, o qual tem o dever de confirmar, nos dias vindouros, qual o número de ofertas de postos de trabalho no cronograma deste certame. Outra meta da comissão está na determinação da banca responsável pela organização do processo seletivo.

Assim que foi constituída a comissão, todos os membros do grupo estão comprometidos, conforme foi determinado, a realizar em um prazo de 30 dias a organização e conclusão dos devidos estudos sobre as necessidades desse órgão e na elaboração de um projeto essencial, o qual deverá ser anunciado a qualquer momento nos próximos dias.

Sobre a comissão e seus membros, as informações são as seguintes:

A mesma está composta de servidores como a analista do meio ambiente Alessandra Lu Wojcik Borges; conta com a presença do gerente de provimentos e de manutenção Edson Iwasaki; a presença do superintendente de mudanças climáticas e de biodiversidades, servidor Elton Antônio Silveira; a presença da coordenadora de gestão de pessoas, servidora Maíra Carla Rodrigues; a presença da analista de meio ambiente, servidora Nílma de Oliveira Faria e conta com a presença da gerente de capacitação e de conhecimento, servidora Rita de Cássia de Souza. O mesmo documento que fundamenta o concurso também está determinando a imprescindível indicação de um representante desse sindicato do Sintema.

Com relação ao anterior concurso realizado pelo mesmo órgão, as informações são as seguintes:

A Secretaria Estadual do Meio Ambiente do Estado do Mato Grosso, ou Sema-MT, está sem realizar um concurso público ao longo dos últimos 13 anos. Portanto, o último certame, iniciado no ano de 2005 abrangeu uma grande oferta, que contemplou em torno de 150 postos, oficialmente.

As vagas foram destinadas aos seguintes cargos: no setor de técnico de atividade ambiental; no setor de administração; no setor de direito; no setor de assistente social; no setor de analista de sistemas; no setor de biólogo; no setor de contador; no setor de economista; no setor de engenheiro agrônomo; no setor de engenheiro civil; no setor de engenheiro de minas; no setor de engenheiro florestal; no setor de engenheiro químico; no setor de engenheiro sanitarista; no setor de geógrafo; no setor de geólogo; no setor de historiador; no setor de letrado; no setor de médico; no setor de veterinário; no setor de pedagogo; no setor de químico; no setor de secretário executivo e no setor de turismólogo.

Sobre a prova objetiva daquele concurso seguem as informações:

Consistiu um um caderno composto de 70 questões, que abrangeram cerca de 20 perguntas versando sobre matéria de língua portuguesa; mais dez perguntas versando sobre os conhecimentos gerais e mais 40 questões versando sobre os conhecimentos específicos.

Vale a pena conferir. Todas as pessoas interessadas poderão manter-se atualizadas e, levando em conta as matérias acima descritas (conteúdo da prova do concurso anterior), têm toda chance de iniciar o preparo dos estudos e adiantar-se muito na concorrência.

Paulo Henrique dos Santos


Seleção deverá ofertar 500 vagas para Policial Rodoviário.

Em todo o país muitas pessoas se encontram na expectativa de novas notícias sobre o novo concurso da Polícia Rodoviária Federal. Finalmente a espera terminou pois a realização do concurso acaba de confirmada. Leia o texto completo e saiba de todas as informações sobre este tão esperado certame.

Foi divulgado nesta sexta-feira, dia 19 do mês de outubro, pela Polícia Rodoviária Federal, que a banca responsável pela organização do certame já foi definida. Desse modo, sem a existência de processo licitatório, mas por via direta, foi decidido que a empresa que ficará responsável pela organização e execução do certame é a Cebraspe, muito conhecida na área de concursos públicos e processos seletivos.

Dessa forma, uma vez definida a empresa organizadora, o passo seguinte será a assinatura entre as partes do contrato. A assinatura deve acontecer nos próximos dias. Assim, depois deste passo o edital de abertura estará disponível para ser publicado, o que está previsto para o início do mês de novembro.

De acordo com as primeiras informações, o certame irá disponibilizar um total de 500 oportunidades, todas para o cargo de policial rodoviário.

A autorização do concurso teve sua publicação no dia 27 do mês de julho deste ano e no mesmo documento foi estipulado um prazo de no máximo seis meses para que o edital seja publicado. Desta forma, a data limite é o dia 27 do mês de janeiro.

Contudo, o órgão não vai mais aguardar o limite para que o edital seja publicado. Principalmente pelo fato de Raul Jungmann, que é o ministro de segurança, ter a intenção de publicar este edital ainda no mês de junho deste ano. Fato este que não aconteceu pelo fato de existir um impasse na questão o número de vagas a serem disponibilizadas, fazendo com que a autorização atrasasse.

Quem estiver interessado em concorrer a uma das vagas a serem disponibilizadas no certame, deve possuir formação completa de nível superior, independente da área de formação. Além disso, é preciso possuir carteira nacional de habilitação com categoria B, no mínimo. Um policial rodoviário possui uma carga horária semanal de 40 horas.

O salário previsto para um PR é de R$ 9.931,57 iniciais, já incluído o auxílio-alimentação no valor de R$ 458.

Os servidores da PRF ainda poderão contar com um reajuste que levará o salário para o valor de R$10.357,88, o que se dá por causa de uma lei sancionada por Michel Temer no ano de 2016.

De acordo com um levantamento recentemente realizado na Polícia Rodoviária Federal, mesmo com a realização deste concurso o órgão ainda não estará com o quantitativo que necessita para desempenhar suas atividades. Renato Dias, que é o diretor geral da PRF. declarou que são necessários 3 mil servidores novos. Estes novos servidores poderão ser convocados por meio dos remanescentes deste novo certame. A PRF possui hoje quase 2 mil servidores em processo de aposentadoria até o fim deste ano.

Além da necessidade de mais servidores, a autorização deste concurso vem de encontro a uma necessidade do reforço do combate à criminalidade em todo o país e principalmente nas regiões fronteiriças.

O último concurso realizado pela PRF para o posto de policial rodoviário aconteceu no ano de 2013, quando a empresa organizadora foi a Cespe/UnB. Este concurso contou com um total de 109.769 inscrições para a concorrência de mil vagas. Os candidatos tiveram que fazer uma prova objetiva de múltipla escolha, exame discursivo, avaliação de capacidade física , teste de saúde, testes psicológicos, investigação da vida pregressa e por último análise de títulos.

Nesse sentido, se você possui interesse em realizar este concurso, fique atento à publicação do edital de abertura do certame, que deve acontecer nos próximos dias.

Ana Paula


Seleção deverá ofertar 372 vagas para Supervisor de Ensino.

Se você reside em São Paulo e se encontra na expetativa de novas informações sobre um novo concurso público da SEE/SP, acabam de chegar novas informações que devem lhe interessar. Continue lendo este texto e fique por dentro de tudo sobre este novo certame que deverá disponibilizar muitas vagas.

Pra quem está pensando em realizar um concurso público e tem aguardado novas notícias sobre um concurso da Secretaria Estadual de Educação do Estado de São Paulo, as novidades são boas. É que de acordo com as informações mais recentes, a organização do concurso está em andamento, sendo que sua organização já se encontra na fase em que a empresa organizadora está sendo definida.

A realização deste concurso já recebeu autorização e de acordo com o texto original serão disponibilizadas um total de 372 vagas, todas para a função de supervisor de ensino. Como a organização do concurso ainda se encontra em andamento, ainda não foi feita a publicação do edital de abertura que deve trazer todas as informações. A previsão inicial era de que essa publicação ocorresse no último mês de agosto, contudo, como a banca organizadora ainda não foi contratada, o edital teve que ter sua publicação adiada.

Enquanto a empresa responsável pela organização do certame não é definida, pois isso deve acontecer depois de um processo de licitação, o que demanda um pouco mais de tempo, a recomendação é de que os interessados em prestar o concurso já iniciem seus estudos preparatórios. Afinal, a estimativa é de que o número de inscritos neste certame.

Para se preparar para a realização da prova o interessado pode consultar a resolução SE 50, que teve sua publicação no dia 07 do mês de agosto, conferindo perfil, capacidades técnica e competências, assim como a bibliografia e as leis que serão cobradas no concurso.

Este concurso já é aguardado desde o dia 20 do mês de março, quando recebeu autorização por parte do ex-governador do estado, Geraldo Alckmin.

Uma comissão já foi formada para organizar este concurso, o presidente é Maria Stella Perin que é servidora da SEE, além de mais 7 membros que também são servidores do órgão.

Poderão se inscrever para concorrer a uma das vagas pessoas que possuem licenciatura plena de Pedagogia ou ainda pós-graduação em alguma área da educação. Além disso, é reciso possuir experiênia de no mínimo 8 anos em atividade de magistério, sendo que no mínimo tres anos devem ter sido na área de gestão educacional.

Um profissional que atua no cargo de Gestor de Educação possui uma remuneração no valor de R$ 4.350,59, sendo que o valor básico é R$ 3.356,59, mais uma gratificação no valor de de R$ 994. Neste montante já está incluso o reajuste de 7% que foi concedido por uma lei complementar que foi sancionada no dia 22 do mês de março.

Segundo informações de um último levantamento realizado na SEE-SP, até o dia 30 do mês de dezembro do ano de 2017, contabilizou-se uma defasagem de mais de 450 profissionais. EStes dados reforçam que haverá possibilidade de os aprovados no certame serem nomeados enquanto o concurso estiver dentro do prazo de validade.

O último concurso público realizado pela Secretaria de Educação do Estado de São Paulo aconteceu no ano de 2008. A empresa contratada para organizar o concurso foi o Instituto Cetro. Os candidatos tiveram que realizar provas objetivas sobre conteúdos de conhecimentos gerais e específicos do cargo. Além disso, houve análise de títulos.

Nesse sentido, se você possui interesse em realizar este concurso, esteja atento à publicação do edital que deve acontecer assim que a banca for definida. Por isso, já comece a se preparar para as provas.

Ana Paula


Novo pedido de 5 mil vagas está em análise.

A Receita Federal do Brasil, a RFB, encaminhou um novo pedido para concurso público referente ao preenchimento de um total de 5 mil vagas para o seu quadro de pessoal. A informação teve a sua divulgação pelo diretor Paulo de Tarso Cancela de Oliveira, diretor do Departamento de Trabalho no Serviço Público, o Deret/SGP.

No momento, a expectativa é grande para que a autorização seja lançada muito em breve, devido à grande falta de funcionários no órgão. Conforme dados oficiais, a situação da Receita Federal está se tornando cada vez mais crítica, isso pela grande defasagem de pessoas que vem aumentando progressivamente a cada levantamento.

Por isso, caso uma nova seleção não seja feita, a tendência é de que a quantidade de servidores seja cada vez mais escassa. Tal defasagem foi demonstrada, inclusive, diversas vezes nos últimos meses pelos sindicatos da categoria, dando conta da necessidade urgente de um novo certame.

Em caso de não realização do concurso pelo governo, a situação será ainda mais alarmante, uma vez que os serviços que são prestados pela RFB à população poderão ser gravemente prejudicados.

Em último levantamento realizado recentemente, no mês de agosto de 2018, foi apontado que a Receita Federal estaria com 21.237 postos disponíveis, número esse em constante crescimento. Desse déficit, 10.040 são para analista e 11.197 para auditores. A situação poderá ser ainda mais grave, uma vez que cerca de 20% do pessoal que atualmente atua na Receita já está apto para a sua aposentadoria.

Sobre o concurso da Receita Federal

Em solicitação feita pela Receita Federal, o concurso público teria um total de 2 mil vagas para o cargo de auditor-fiscal e outras 3 mil oportunidades para analista-tributário. Em ambas as carreiras é necessário que os profissionais tenham formação superior completa nas mais diversas áreas de atuação.

O salário inicial corresponde a R$ 9.714,42 para auditor e de R$ 16.201,64 para analista. O mesmo já inclui um vale-alimentação no valor de R$ 458.

Outro concurso da Receita Federal

Uma outra seleção muito aguardada pela Receita Federal é voltada para a área administrativa, contemplando um total de 400 vagas para os cargos de analista administrativo e assistente-técnico administrativo. Esse também é para lotação no quadro de pessoas da RFB.

É importante lembrar que, feita a autorização pelo MPDG, o lançamento do edital é realizado pelo Ministério da Fazenda. Esse distribui as vagas tanto para o seu próprio quadro como para o da Receita Federal.

Para o cargo de assistente, é preciso ter o ensino médio completo. O salário inicial é de R$ 4.137,97, com vale-alimentação de R$ 458 já incluso. Ainda, o cargo de analista tem como pré-requisito a formação em nível superior, oferecendo um vencimento de R$ 5.490,09 com o benefício de mesmo valor.

Sendo esse concurso autorizado, as vagas serão destinadas, em boa parte, para o Estado de São Paulo. Isso ocorre pois essa região não foi contemplada durante a última seleção feita para os cargos administrativos.

Sobre o último processo de seleção

Para o caso de assistente técnico-administrativo, o último concurso realizado ocorreu há quatro anos, em 2014, sendo a responsável pela sua organização a Escola de Administração Fazendária, a Esaf. A prova aplicada teve um total de 70 questões, sendo dessas 20 sobre conhecimentos específicos e 50 sobre conhecimentos básicos.

Nos conhecimentos específicos foram abordados os seguintes temas: gestão de pessoas e o atendimento ao público (5 questões), ética do servidor em administração pública (5), administração pública brasileira (5) e regime jurídico de agentes públicos (5). Já nos básicos, foram matemática e raciocínio lógico (10), língua portuguesa (20) , atualidades (10) e conhecimentos em informática (10). Esses dois últimos temas tiveram peso um, enquanto as demais disciplinas tiveram peso dois.

Kellen Kunz


Edital de abertura deverá ser publicado neste mês de outubro de 2018.

A PRF confirmou abertura do novo certame previsto para 2019. A Polícia Rodoviária Federal admitiu que a instituição entrou em uma situação delicada nos últimos anos. Por conta disso, um novo concurso se faz necessário. O aumento do efetivo é considerado uma das soluções para evitar o colapso.

Os concurseiros que acreditavam na liberação do novo concurso da PRF ainda em setembro terão de esperar mais um pouco. Em fase de escolha da banca organizadora, o certame ainda precisa que a Advocacia Geral da União emita o parecer que determinará os organizadores.

A expectativa é de que sejam liberadas 500 vagas para o cargo de policial rodoviário, mas a quantidade de vagas para cada estado ainda é uma incógnita.

Renato Dias, que é diretor-geral da Polícia Rodoviária Federal, recebeu aval do ministro da Segurança Pública, Raul Jungmann, para cuidar de todas as etapas até a finalização do concurso. Portanto, o lançamento do edital pode estar muito próximo de acontecer.

A data limite para a publicação de edital do certame é 27 de janeiro de 2019. Isso porque a autorização foi oficializada no dia 27 de julho e os organizadores têm seis meses para lançar o edital. O prazo termina, portanto, no início do próximo ano.

Nos últimos anos, muitos órgãos públicos solicitaram novas seleções. O motivo quase sempre é o mesmo : o número de aposentadorias registradas, sem que haja novas contratações, deixa um grande défice no contingente e isso faz com que a qualidade no atendimento à população diminua.

A PRF estima que até o final de 2018, dois mil servidores registrem aposentadoria. Mesmo assim, as vagas ofertadas no próximo concurso não serão suficientes para suprir tamanha carência.

Para acabar com o desfalque de pessoal, a PRF precisaria contratar três mil funcionários. Segundo Renato Dias, até o final do ano atual, a PRF sofrer desfalque de até 4.800 servidores.

Vale lembrar que após novo acordo, a PRF passa a integrar a força tarefa no combate à criminalidade juntamente com outras polícias e a Força Nacional, sob o comando de Jungmann.

A boa notícia é que caso haja permissão para contratações além das previstas, as convocações devem ser feitas a partir do certame de 2019, não havendo necessidade de realizar um novo concurso no prazo de dois anos.

Caos

Os concurseiros não precisam ter dúvidas a respeito da real possibilidade de concurso e já podem iniciar a rotina de estudos, pois, conforme já ressaltamos, a Polícia Rodoviária Federal precisa recompor o efetivo imediatamente.

Segundo Jungmann, caso o concurso não seja realizado , cerca de 400 municípios sofrerão com a falta de policiamento. Não podemos esquecer que a PRF monitora as rodovias, sendo primordial no combate ao tráfico de drogas, roubo de cargas e outras modalidades de crime.

Ao todo, 124 postos da PRF poderão ter que encerrar o funcionamento, caso não haja o novo concurso e cerca de 118.000 km de rodovias deixariam de ser monitoradas. Portanto, especialistas descartam a não-realização do certame.

Requisitos

As vagas de policial rodoviário são destinadas à candidatos que possuam nível superior em qualquer área. Além disso, é obrigatório possuir Carteira de habilitação na categoria B ou superior . O salário inicial é de R$ 9.931,57 para a jornada de quarenta horas por semana.

Última seleção

O último concurso para a PRF ocorreu no ano de 2013. Na ocasião, os candidatos foram submetidos à prova objetiva, de caráter eliminatório, contendo 120 questões de múltipla escolha, sendo 70 questões de conhecimentos específicos e 50 de conhecimentos gerais.

Os aprovados ainda tiveram que passar por avaliação da capacidade física, testes clínicos e psicológicos, prova de títulos e pesquisa social. Todas as etapas eliminatórias.

Com o número de inscritos sempre muito superior à oferta de vagas, o concurso do PRF é um dos mais concorridos. Por isso a dedicação precisa começar agora.

Boa sorte!

Kátia Elaini Pereira da Silva


Pregão Eletrônico adia processo de seleção da banca organizadora para o certame.

Em publicação oficializada na última quarta-feira, dia 26 de setembro, a Secretaria da Fazenda do Distrito Federal, a Sefaz/DF, confirmou o adiamento do processo de licitação para a escolha da banca organizadora que realizará o novo concurso público da mesma para o cargo de auditor fiscal. Conforme o aviso de licitação, que teve a sua publicação em 12 de setembro, a escolha da responsável estava marcada para a terça-feira, dia 25 de setembro. O critério utilizado seria o de pregão eletrônico.

Com o adiamento, a abertura de novas propostas deverá ocorrer somente no dia 10 de outubro. Sabendo disso, há alterações no cronograma do certame, uma vez que esse previa publicação de edital de abertura para as inscrições até a data máxima de 4 de outubro.

Esse dia havia sido indicado por uma autorização do concurso público, em publicação no diário oficial pela Secretaria de Estado do Planejamento, Orçamento e Gestão, a Seplag/DF, em 4 de abril. De acordo com esse documento, havia um prazo estabelecido em 180 dias para que fosse feita a liberação da documentação.

Para quem já possui interesse em se aprofundar mais nos assuntos do certame, vale ressaltar que o edital para licitação já possui indicações referentes à estrutura de provas, por exemplo. Ainda, o mesmo documento ainda determina sobre o cronograma preliminar de seleção, estabelecendo que a publicação do edital de abertura para as inscrições deverá ocorrer em 90 dias, contando a partir da data da publicação oficial do edital.

Sobre o resultado da prova objetiva e a convocação para a segunda etapa, esses somente devem ser liberados após 20 dias da data de realização do exame. A segunda fase ocorre dez dias depois da divulgação de lista com aprovados na primeira.

A lista final com os aprovados será divulgada aos exatos 30 dias após a finalização da segunda etapa.

Sobre as vagas e os pré-requisitos

A seleção do concurso público da Sefaz/DF contará com 120 vagas, sendo dessas 80 para a formação de cadastro reserva de pessoas e 40 para a contratação imediata. Para participar, é preciso atender a um pré-requisito muito importante.

Sendo assim, é necessário ter nível superior em qualquer uma das áreas de formação. A remuneração inicial para essa carreira é de R$ 12.296, podendo ela chegar a até R$ 19.173 para os servidores veteranos, após um período de aproximadamente 15 anos em exercício.

As atribuições do cargo

Para a carreira de auditor fiscal, as atribuições do cargo são de lançamento, cobrança e a fiscalização de tributos diretos, além de mercadorias que estejam em trânsito. Para a segunda prova somente serão convocados os 300 primeiros na colocação da prova objetiva, bem como dos empatados e dentro do limite. Ainda, há os 60 primeiros colocados em vagas que são destinadas para os portadores com alguma deficiência física.

Sobre as provas

Segundo o edital de licitação, serão realizadas duas provas, sendo a primeira objetiva e a seguinte discursiva. A primeira contará com um total de 160 questões, sendo dessas 80 de conhecimentos gerais e o restante de conhecimentos específicos.

Em conhecimentos gerais, os temas abordados são: matemática financeira/estatística/raciocínio lógico, língua portuguesa, direito constitucional, direito empresarial/civil/penal, direito administrativo, tecnologia da informação, finanças públicas, contabilidade pública e economia. Em conhecimentos específicos os temas serão: legislação tributária e direito tributário.

Último concurso da Sefaz/DF

Há 17 anos a secretaria não realiza nenhum concurso público. O último aconteceu no ano de 2001, contando com 200 vagas. A organização do certame foi feito pela Fundação Carlos Chagas, contando também com duas provas, sendo uma de conhecimentos gerais (peso de 1) e outra sobre conhecimentos específicos (com peso de 2). Os temas foram muito semelhantes aos propostos na nova seleção, podendo, inclusive, serem usados para o estudo e preparação dos candidatos.

Kellen Kunz


Certame ofertará vagas para Técnicos e Analistas.

O Ministério Público do Ceará, conhecido também pela sigla MP/CE, deve deixar confirmado, o mais breve possível, o nome da banca que fará a organização do seu novo concurso públicos, este que estará disponível para os cargos de técnicos e também analistas. A escolha feita pelo Ministério teve confirmação no dia 20 de agosto, com a divulgação oficial da portaria que constitui a comissão do certame. Sabe-se também que o número de vagas ainda deve ser confirmado, porém, os cargos que serão contratados com oportunidades já estão selecionados para que não ajam problemas. Estas oportunidades serão para os cargos de técnico ministerial, que necessita basicamente do ensino médio para ser feita a inscrição, e analista ministerial, este para aqueles que já têm formação superior. Para o caso de técnico, o salário inicial é de R$ 2.935,08, e ao mesmo tempo para analistas, a remuneração inicial é de R$ 4.815,59.

A comissão ainda tem um prazo limitado, esse que é de de 90 dias da sua formação, sendo, até o mês de novembro para a concluir os trabalhos, o que nele deve ser incluso a contratação da banca organizadora. Então, a esperança é de que o edital seja divulgado de maneira completa ainda neste semestre.

A comissão tem como presidente o conhecido promotor de justiça que também é secretário-geral Haley de Carvalho Filho e ainda tem mais uma ajuda de uma pessoa, desta vez com a figura feminina, sendo, com a também, renomada promotora de justiça e assessora do procurador-geral Daniele Carneiro Fontenele, e mais algumas outras pessoas que ajudarão nesta conduta, que são os nomes, Ana Lúcia Sudário Dias Branco, Francisco Gladson Batista Maia e Cicila Daiane Barbosa de Oliveira Duarte.

Atribuições que os cargos terão

Levando em consideração primeiramente o cargo técnico, suas atividades equivalem a prestar dar suporte administrativo ao órgão, nisso se incluem, serviços de cartório ou secretaria, porém, tudo feito em torno do Ministério Público, além de fazer a distribuição e auxílio na tramitação de processos que são feitos dentro do Ministério, digitação das audiências feitas e redação de ofícios e demais documentos que são requisitados.

Agora do ponto de vista do analista, este prestará auxílio diretamente aos membros do próprio Ministério Público, podendo ser o Promotor ou Procurador de Justiça do local, e isso pode ser via elaboração de minutas de pareceres, e algumas outras coisas que se incluem na parte processual. Mais ainda que isso, tem ainda o cumprimento de tarefas no setor administrativo, como a leitura de ofícios, controle das pautas das audiências e também sessões.

Último concurso

Pesando neste cargo, pode-se se dizer que a última seleção foi feita há pouco tempo, em 2013, que apesar de parecer muito, ainda é pouco para um cargo muitas vezes muito disputado, que deu oportunidades para as vagas de técnico ministerial na área especializada e analistas, diferentemente dos de agora nas áreas de direito e ciências da computação. A banca organizadora, naquela vez, foi a Fundação Carlos Chagas.

Na prova dos técnicos o número total de questões atingiu 70, sendo delas, 30 de conhecimentos gerais, 20 de conhecimento de língua portuguesa e mais 10 de informática e também pôde contar com 40 de conhecimentos específicos na área em que atuaria.

Para analistas que precisavam de ensino superior na parte de direito, foram 30 questões de conhecimentos gerais e nelas estavam inclusas a matérias de língua portuguesa (20 questões) e 10 de informática e ainda tinham as 40 de conhecimentos específicos da área de direito.

Como ainda não se sabe todas as informações sobre o concurso, espera-se que a divulgação de inscrições e edital sejam ainda feitas em 2018, então mantenha-se atualizado de quando serão divulgados estes detalhes para não ficar de fora.

Gustavo Martins


Certame deverá disponibilizar aos candidatos cerca de 228 vagas.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública, os procedimentos para escolha da banca que irá organizar o Concurso dos Bombeiros já está em andamento. O deputado Dermilson Chagas, que é também o líder de governo na Assembleia Legislativa no Amazonas, informou que o edital de abertura de vagas deverá ser publicado no início do ano que vem e que o certame já estaria incluso no orçamento previsto para 2019.

O novo concurso público do Corpo de Bombeiros do Amazonas deve abrir 228 novas oportunidades, sendo 30 para aluno oficial bombeiro e 198 para aluno soldado, de acordo com informações recentes.

O Corpo de Bombeiros passa por momento de baixo efetivo na corporação, causado pelo número de reservas remuneradas concedidas nos últimos anos. Por conta disso, um novo concurso já estava sendo bastante aguardado.

Durante o evento que oficializou a posse do novo comandante do Corpo de Bombeiros do Amazonas, o coronel Fernando Paiva Pires Júnior, em 13 de março de 2017, o governador do Amazonas, José Melo, confirmou que haveria a seleção do certame, além de promoção aos oficiais e praças dos bombeiros. Ainda segundo o governador, haverá aquisição de novos equipamentos que ajudarão a melhorar e agilizar o atendimento à população em casos de emergência.

Sabemos que o Corpo de Bombeiros presta serviços primordiais aos cidadãos e que os seus profissionais têm sofrido com as dificuldades e a precariedade que enfrentam.

Última seleção

Enquanto não sai o documento oficial contendo o calendário , os futuros candidatos podem acompanhar os editais de seleções anteriores.

O último certame foi em 2009 e ofertou 1.239 vagas, distribuídas entre candidatos do ensino médio e superior. Na ocasião, foram ofertadas 443 oportunidades para o cargo de soldado, sendo 43 vagas destinadas às mulheres e 400 para homens. Para concorrer às vagas de soldado era necessário ter o ensino médio. Ainda com exigência do nível médio, o corpo de bombeiros selecionou 3º sargento auxiliar de saúde – técnico de enfermagem (293 vagas), cabo auxiliar de saúde para auxiliar em consultório dentista (28 vagas), cabo auxiliar de saúde – para atuar como técnico em raio X (28 vagas) e cabo auxiliar de saúde – para exercer como técnico em gesso (12 vagas).

As oportunidades para candidatos com ensino superior , os postos foram para 2º tenente nas áreas de médico ortopedista (18 vagas), médico clínico (17 vagas), médico pediatra (67 vagas), dentista (42 vagas), farmacêutico (42 vagas), enfermeiro (107 vagas) e assistente social (42 vagas).

Concursos no Amazonas

Outros órgãos também tiveram editais previstos para o ano que vem no Amazonas. Entre os certames já confirmados estão o da polícia civil com 360 vagas, o concurso da polícia militar com 661 oportunidades, agente penitenciário com 108 ofertas e polícia científica com 64 vagas para candidatos com nível superior.

Amazonas deve ofertar duas mil vagas em concursos

Há muitos concursos públicos com previsão para o fim de 2018 e início de 2019. Diversos órgãos precisam recompor o quadro de profissionais e por esse motivo, o número de vagas oferecidas deve ser superior a 2.000 só no estado do Amazonas. No entanto, um cargo público não é mais sinônimo de estabilidade profissional, pois muitas instituições estão optando por ofertar vagas de caráter temporário.

Mesmo assim, os concursos públicos são muito concorridos e necessita muita atenção e preparo por parte dos interessados.

Os candidatos também precisam levar em consideração que algumas entidades ainda não convocaram todos os aprovados nas seleções anteriores, principalmente, por causa da crise financeira em que o país se encontra. Por isso, é sempre bom pesquisar as possibilidades de contratação antes de investir em um concurso.

Kátia Elaini Pereira da Silva


Seleção aguarda autorização para 1.888 vagas.

Está em análise no Ministério do Planejamento e Gestão (MPOG) o pedido para a realização do concurso IBAMA (Instituto Brasileiro do Meio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis), que consta 1.888 vagas. Já pensou em aproveitar a oportunidade?

As vagas devem ser distribuídas da seguinte maneira: 759 para técnico administrativo, 832 para analista ambiental e 297 para o cargo de analista administrativo. A remuneração, dependendo da carreira, pode chegar a mais de R$ 6 mil.

Concurso IBAMA: carreiras

Para concorrer ao cargo de analista administrativo ou ambiental, o interessado deve ter nível superior e a remuneração inicial corresponde a R$ 7.760,45. Em relação ao cargo de técnico, é requisito ter nível médio e a remuneração inicial é de R$ 3.712,72. Nos valores citados, já está incluso o valor do auxílio alimentação, que é de R$ 458,00.

Concurso IBAMA: últimos certames

Em 2018, o IBAMA organizou concurso para o cargo de analista ambiental e a oportunidade contou com um total de 108 vagas, sendo 45 para área de licenciamento ambiental no Distrito Federal, 15 para área também de licenciamento ambiental no Rio de Janeiro, 21 para gestão, proteção e controle de qualidade ambiental no Distrito Federal, entre outras.

Outro concurso IBAMA ocorreu em 2013 e para 61 vagas, sendo 2 para o Acre, 3 para Amazonas, 2 para Amapá, 27 para o Distrito Federal, 1 para Bahia, 3 para o Mato Grosso, 1 para o Maranhão, 1 para Espírito Santo, 2 para Minas Gerais, 2 para Mato Grosso do Sul, 2 para Paraná, 2 para Pará, 2 para Roraima, 1 para Rio Grande do Sul, 2 para Rondônia, 1 para São Paulo, 2 para Santa Catarina, 2 para Tocantins e 2 para Sergipe. Na ocasião, participaram do certame 43.5333 candidatos.

A banca responsável por ambos os concursos IBAMA foi a Cespe/Unb.

Concurso IBAMA: como passar?

– Como o edital ainda não está divulgado, este é o melhor momento para começar a sua preparação para o concurso IBAMA. Como a concorrência está cada vez mais alta, é fundamental ter tempo para dominar as disciplinas e garantir um estudo de qualidade.

– Estude por meio de apostilas e cursos específicos para o concurso IBAMA. Cuidado com materiais desatualizados. Antes de comprar, procure conhecer e peça referência a outros estudantes.

– Faça um planejamento para organizar a sua rotina. Isso vai ajudar a manter o foco no que é realmente importante para a sua preparação, sobretudo se você precisa conciliar o trabalho e o estudo.

– Faça metas que sejam compatíveis com a sua realidade diária. Não adianta querer estudar 5 horas, se você tem 2, por exemplo. Isso pode aumentar ainda mais a sua ansiedade e nervosismo.

– Como a banca do próximo concurso IBAMA ainda não está definida, direcione os seus estudos para o Cespe/Unb, que foi a organizadora do último certame. É uma das bancas mais temidas pelos candidatos, por isso, faça exercícios de forma exaustiva, para conhecer o estilo da prova, a forma de cobrança e os assuntos mais recorrentes. Conhecer o perfil da organizadora é imprescindível para você fazer uma boa prova.

– Se durante os estudos, surgir algum concurso com conteúdos parecidos, tente. Além de treinar, você pode medir o seu desempenho nos conteúdos. Quem sabe você não passa e garante a sua aprovação?

– Durante a rotina, mantenha uma alimentação saudável e equilibrada. Cuidado com as coisas que você come, pois isso influencia na sua produtividade e rendimento.

– Faça atividades físicas, para aliviar o estresse e a ansiedade. Exercícios também ajudam na memorização e no aprendizado do conteúdo. Se a grana estiver curta, aposte em uma caminhada ou corrida.

Seguindo as dicas, você vai conseguir ter uma boa preparação para o concurso IBAMA. Compartilhe a notícia nas suas redes sociais e sucesso!

Por Babi


Edital da seleção deverá ser divulgado nos próximos dias.

Cresce a expectativa para a confirmação da banca organizadora que estará a cargo da realização do próximo concurso público para o Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual de São Paulo (Iamspe). O certame que já teve sua autorização confirmada pelo governador do Estado de São Paulo, Márcio França, deverá oferecer aos candidatos interessados um total de 377 vagas para atuação no órgão.

De acordo com as informações divulgadas até o momento, das vagas oferecidas, 158 estão sendo direcionadas para convocação de aprovados remanescentes em concursos que ainda estão em período de validade. As demais 219 vagas são destinadas para a nova seletiva.

Serão oferecidas oportunidades para diversos cargos de nível superior. Os salários iniciais podem chegar a R$14.386,50.

Entretanto, vale ressaltar que a data publicação do edital para o concurso do Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual de São Paulo somente poderá ser confirmada após a definição da banca organizadora. Ainda assim, há informações que apontam que o edital de abertura de inscrições seja publicado ainda este mês.

Sobre as vagas oferecidas

Segundo o que foi informado até o momento, do total de vagas oferecidas para o novo concurso, o cargo de agente técnico de assistência à saúde contará com 54 vagas, para cirurgião dentista serão duas oportunidades e para médico, 163 chances.

Com relação aos salários oferecidos temos os seguintes valores:

  • Cirurgião dentista: R$2.658,14;
  • Médico: R$3.726 (12h por semana); R$6.210 (20 horas semanais); R$ 7.452 (24 horas por semana) e R$ 14.386,50 (40 horas por semana).

A autorização de realização do certame não dispõe sobre a jornada de trabalho, mas provavelmente a definição ficará à critério da instituição.

No caso da convocação dos remanescentes a distribuição de vagas foi feita da seguinte maneira: técnico de radiologia, 3 vagas; técnico de laboratório, 5 vagas; técnico de enfermagem, 50 vagas; médico, 2 vagas; enfermeiro, 21 vagas; auxiliar de saúde, 2 vagas; agente técnico de assistência à saúde, 25 vagas; agente de saúde, 14 vagas; oficial administrativo, 30 vagas; executivo público, 5 vagas e analista administrativo, 1 vaga.

Último concurso realizado pelo Iamspe

O último concurso público promovido pelo Iamspe foi realizado no mês de abril deste ano. Nessa ocasião foi ofertado aos candidatos inscritos um total de 93 vagas. Todas elas foram direcionadas para o cargo de técnico de enfermagem.

Sendo assim, as 50 oportunidades autorizadas para preenchimento por meio de convocação serão destinadas para os profissionais que foram aprovados nesse certame. Neste caso, a banca organizadora responsável pela seletiva foi o Instituto Nosso Rumo.

Conheça o Iamspe

O Instituto de Assistência Médica ao Servidor Público Estadual de São Paulo (Iamspe) é um sistema de saúde do Estado de São Paulo que tem como finalidade oferecer atendimento a mais de 1 milhão de funcionários públicos do Estado bem como aos seus dependentes.

A instituição está presente em 173 cidades por meio de clínicas, laboratórios de análises e de imagem, consultórios médicos e postos de atendimento próprios. Além disso, ele conta com o suporte de hospitais, sendo que o Hospital do Servidor Público Estadual, localizado na capital, figura como referência no setor da saúde em termos de tratamento de doenças de alta complexidade.

O Iamspe tem como missão elementar promover a melhoria da qualidade de vida dos contribuintes e seus dependentes. Para isso, visa oferecer ações de prevenção e reabilitação da saúde, além de investimentos em pesquisas.

Para maiores informações sobre o Instituto acesse: http://www.iamspe.sp.gov.br/

Dica de concurseiro: Uma boa ideia para quem quer estudar para concursos públicos sem o edital de abertura é pesquisar sobre os certames anteriores. Analisar os editais de concursos passados pode ajudar no direcionamento inicial dos estudos. Outra dica interessante é estudar por meio da resolução de perguntas. Especialistas apontam que essa técnica é uma das mais eficientes quando o assunto é a fixação do conteúdo.

Denisson A. Soares


Inscrições poderão ser feitas entre os dias 19 de novembro de 2018 até 20 de dezembro de 2018.

O segundo semestre de 2018 já está finalizando o seu terceiro mês, setembro, e a abertura de diversos processos de seleção de caráter público está aumentando. Recentemente foi divulgado o novo Concurso público da PM-MG, que contará com até 90 oportunidades de vagas. O departamento em questão é responsável por um dos concursos mais aguardados neste ano.

Os postos de trabalho se destinam ao cargo de soldado neste novo edital de concurso, para o provimento de cargos no órgão da Polícia Militar do Estado de Minas Gerais, neste caso, dentro das especialidades de saúde e de música. Todos os interessados poderão conferir o prazo de inscrições no site da JC Concursos.

Assim, este novo certame público da PM-MG, a Polícia Militar do Estado de Minas Gerais, contemplará um total de até 150 oportunidades para a função de soldado, distribuídas entre dois editais, os quais indicam duas especialidades.

No primeiro edital estão sendo disponibilizadas em torno de 60 vagas destinadas à área da saúde, das quais 26 voltadas para a função de técnico de enfermagem, outras 15 para o cargo de auxiliar de farmácia; mais nove postos de técnico na área de patologia clínica e as demais dez para o setor de técnico em saúde bucal. Neste caso, a exigência está em possuir graduação em curso superior e em curso técnico específico.

Todos os demais 90 postos de trabalho, neste próximo concurso da Polícia Militar de Minas Gerais, estão destinados ao quadro de servidores no setor de música. Neste caso, para poder concorrer, todos os interessados necessitam comprovar a posse de nível superior de formação acadêmica, estar em idade entre 18 e 30 anos e possuir altura mínima de 1,60 metros.

O vencimento inicial e oficial pago ao servidor na função de soldado em 2º classe corresponde ao valor de 3.506,41 reais por mês. Um salário bastante atraente.

Sobre como participar deste processo de seleção, as informações são as seguintes:

O cadastro de inscrições para este certame se estenderá por um período que vai do dia 19 de novembro ao dia 20 de dezembro de 2018, o qual deverá ser efetuado exclusivamente por meio do site: www.policiamilitar.mg.gov.br/crs. No link que indica – inscrições online.

Assim que o concorrente finalizar o devido preenchimento da ficha de inscrição, terá o dever de realizar o pagamento da taxa da mesma, que está estipulada no valor de 122,95 reais.

Com relação ao itinerário de fases deste novo concurso da Polícia Militar do Estado de Minas Gerais, as informações seguem abaixo:

Todos os concorrentes, sem exceção, serão submetidos às provas versando sobre os conhecimentos, tanto a objetiva quanto a dissertativa; em seguida serão realizadas as devidas avaliações psicológicas; a avaliação física militar; os necessários exames de saúde, desde os preliminares até os complementares e finaliza com o exame toxicológico. Para o cargo de músico, será necessária, ainda, a realização de uma prova prática.

Portanto, os concorrentes ao posto de músico deverão responder a uma série de questões sobre a matéria de língua portuguesa; em matéria de direito penal; em matéria de direito constitucional; em direito penal militar; em estatística; em direitos humanos; em legislação extravagante e, sobretudo, em teoria musical.

Com relação aos demais concorrentes, todos os exames na linda de conhecimentos consistirão em questões versando sobre a matéria de língua portuguesa; em matemática; em direitos humanos e nos necessários conhecimentos específicos de cada especialidade escolhida.

A etapa primeira deste certame será a das provas de conhecimentos, que estão agendadas para o dia 24 de fevereiro de 2019, iniciando a partir das 8h30, sendo que os locais aguardam a devida divulgação com antecedência.

Vale a pena conferir.

Paulo Henrique dos Santos


Seleção oferta 275 vagas. Inscrições poderão ser feitas até o dia 10 de outubro de 2018.

O Conselho Regional de Psicologia de São Paulo (CRP SP) disponibilizou recentemente o edital de abertura de seu novo concurso público, cujo intuito é selecionar 275 profissionais para preencher as vagas existentes. Do total, sete são para início imediato e as 268 restastes para criação de cadastro reserva. As oportunidades são para nível superior.

Vagas e Cargos

As vagas ofertadas são paras os cargos de Analista Superior (uma vaga para início imediato e 24 para cadastro reserva, sendo 17 ampla concorrência, duas para candidatos com deficiência e cinco para candidatos negros) e Analista Técnico (6 vagas imediatas e 246 cadastro reserva, das quais 180 são para ampla concorrência, 49 para candidatos negros e 15 para portadores de deficiência).

Os candidatos aprovados no concurso CRP SP exercerão suas funções na sede e nas subsedes do Conselho Regional de Psicologia de São Paulo, localizadas em Campinas, Ribeirão Preto, Bauru, Região do Vale do Paraíba, Mogi das Cruzes, São Paulo, São José do Rio Preto, Assis, Sorocaba, Santos e Região do Grande ABC.

Os profissionais selecionados exercerão jornada trabalhista de 40 horas semanais e receberão salário base de R$ 6.197,58, mais benefícios de vale refeição no valor de R$ 990,00 (R$ 45,00 por dia, considerando 22 dias trabalhados) e vale alimentação de R$ 488,00 mensais, totalizando a remuneração de R$ 7.675,58. Também terão direito a plano odontológico e médico, plano de carreira e vale transporte.

Inscrições

As inscrições tiveram início no dia 4 de setembro e os interessados poderão se inscrever até às 23:59h do dia 10 de outubro de 2018. Para se inscrever o candidato deverá acessar o site do Instituto Quadrix: http://www.quadrix.org.br e preencher os formulários necessários. A inscrição será confirmada somente após o pagamento da taxa de R$ 75,00. Esse valor deve ser pago por meio de boleto bancário até o dia 11 de outubro de 2018.

Os candidatos poderão acompanhar a inscrição ou alterar dados como telefone e e-mail no site da Quadrix. Antes de se inscrever e pagar a taxa, é necessários ler o edital atentamente, pois após a confirmação do pagamento, o valor não será devolvido em hipótese alguma.

Requisitos

Segundo o edital, os candidatos devem obedecer a alguns requisitos para assinar o contrato com a empresa, entre eles:

Ser aprovado em todas as partes do certame, obedecendo ao número de vagas disponíveis; possuir 18 anos ou mais no momento da contratação; ser brasileiro nato ou naturalizado; estar com os dados em dia no serviço militar (no caso dos homens) e com as obrigações eleitorais; apresentar todos os documentos oficiais que comprovem a escolaridade necessária para a posse e exercício da função escolhida, bem como qualquer outro documento exigido pela comissão organizadora; não estar ativo em outro cargo público, exceto os que possibilitam acumulação; possuir condições mentais e físicas de cumprir todas as atividades necessárias à função; não ter sido penalizado na realização de outras funções públicas.

Seleção

Os candidatos passarão por três etapas neste concurso, sendo elas: prova de múltipla escolha, eliminatória e classificatória; prova escrita, também eliminatória e classificatória; e avaliação de experiência e de títulos, somente classificatória. Aqueles que forem selecionados nas etapas descritas anteriormente também serão submetidos a exames médicos e admissionais, procedimentos de caráter eliminatório. De acordo com o edital, as fases acontecerão nas cidades de São José do Rio Preto, Assis, São Paulo, Bauru e Ribeirão Preto, todas localizadas no estado de São Paulo.

A prova objetiva será composta de 120 questões envolvendo Conhecimentos Básicos (40 questões), Conhecimentos Específicos (60 questões) e Conhecimentos Complementares (20 questões). As provas objetivas e discursivas estão previstas para acontecer no dia 25 de novembro, no horário vespertino com duração de quatro horas.

Todas as informações oficiais como documentações, cronogramas, prazos e recursos estão disponíveis no site do Instituto Quadrix.

Fabio Santos


Entre os concursos previstos para 2019 estão PRF, MPU, AGU, Receita Federal e INSS.

Neste segundo semestre de 2018 está sendo divulgada a notícia de que a Lei de Diretrizes Orçamentárias, destinada ao ano de 2019, está sancionada e publicada no Diário Oficial da União desde o dia 15 de agosto.

A atualização desta lei não impõe restrição à abertura de novos certames públicos. O projeto inicial enviado por meio da Câmara dos Deputados contém itens determinados pela presidência, os quais não proíbem a autorização de mais concursos públicos para o ano de 2019. A princípio o critério da lei estava voltado para a autorização de certames apenas na área da educação; da saúde; da segurança pública; da defesa; da diplomacia e na própria Agência Nacional de Águas. Em seguida, outros órgãos do executivo foram, também, incluídos na relação e poderão ter pedidos contemplados ao longo do próximo ano, em acordo com a dotação orçamentária oriunda da União.

Alguns dos concursos previstos para o ano de 2019 são:

1 – PRF. Abertura de concurso para cargos na Polícia Rodoviária Federal. Neste caso, o edital está previamente autorizado, cuja publicação está prevista para o mês de janeiro de 2019. O número de postos disponíveis, a princípio, será de 500 cadeiras destinadas ao cargo de Policial Rodoviário Federal, o qual consiste em uma função de nível superior, com remuneração inicial de 9.043,98.

2 – MPU. Abertura de concurso para cargos no Ministério Público da União. Serão em torno de 1.600 cargos à disposição. A realização deste processo seletivo se dará entre o fim de 2018 e início de 2019, assim que for aprovada a liberação das despesas necessárias para o orçamento. Serão vagas destinadas aos concorrentes com nível médio e superior, para as funções de Técnico e de Analista no MPU. As remunerações iniciais estão entre 6.862,73 e 11.259,8 reais.

3 – Minc. Abertura de concurso para cargos no Ministério da Cultura. A solicitação foi encaminhada para a realização deste processo seletivo, o qual deverá dispor de postos para concorrentes com níveis médio e superior, e as remunerações iniciais estão entre 3.877,97 e 5.493,29 reais.

4 – AGU. Abertura de concurso para cargos na Advocacia-Geral da União. O certame já está autorizado desde o mês de junho de 2018. Há um prazo de seis meses para a publicação oficial deste edital de abertura. O número de vagas ofertadas será de 100, distribuídas entre as funções de Administrador; de Analista Técnico Administrativo; de Arquivista; de Bibliotecário; de Contador; de Técnico sobre os Assuntos Educacionais e de Técnico no setor de Comunicação Social. Estes cargos demandam por escolaridade superior e possuem remuneração inicial no valor de 6.985,34.

5 – Receita Federal. Abertura de concurso para provimento de cargos no órgão da Receita Federal. A abertura deste processo de seleção já foi solicitada. Serão em torno de 400 postos de trabalho, dado que urge a necessidade de um novo certame para o órgão, e, segundo informações, novas movimentações deixam claro que a seleção terá autorização em breve. Os cargos que serão contemplados neste próximo certame, muito provavelmente, serão: na função de Analista Tributário e na função Auditor-Fiscal, a exigência é de nível superior de formação acadêmica. As remunerações iniciais estão entre os valores de 10.674,21 e 19.211,00 reais.

6 – INSS. Abertura de concurso para cargos no INSS. Ainda está no prazo de validade o último certame público deste órgão, realizado no ano de 2015, com abertura oficial de 950 postos. O órgão da Previdência Social está planejando um novo processo de seleção. Entretanto, nova solicitação foi encaminhada ao órgão do Ministério do Planejamento e consta de pedido de 7.580 vagas destinadas aos cargos de Perito; de Analista e de Técnico do Seguro Social.

Paulo Henrique dos Santos





CONTINUE NAVEGANDO: