Fundação Vunesp libera gabarito oficial das provas do Concurso PM-SP 2018.

Recentemente, outro concurso público de alta categoria fez divulgar os seus resultados para os candidatos.

Neste caso, a banca organizadora, cuja função estava nas mãos da Fundação Vunesp, publicou os resultados registrados no gabarito da prova objetiva ministrada no processo seletivo do departamento da Polícia Militar do Estado de São Paulo, PM-SP, destinado ao preenchimento de 270 postos iniciais na função de aluno oficial dentro da Academia do Barro Branco. As provas foram realizadas no último dia 18 de novembro de 2018 e o resultado da resolução das questões já pode ser consultado aqui.

Os cadernos de provas foram ministrados nos seguintes municípios:

Na cidade de Araçatuba; de Bauru; de Campinas; de Piracicaba; de Presidente Prudente; de Ribeirão Preto; cidade de Santos; de São José do Rio Preto; de São José dos Campos; na Capital São Paulo e na cidade de Sorocaba.

Esta carreira está sendo disputada por concorrentes que possuem ensino médio completo; em idade entre 17 e 30 anos e cuja altura mínima exigida é de 1,55 metros para as mulheres e 1,60 metros para os homens.

Todos os aprovados deverão participar de curso cuja duração será de três anos e terão direito a uma remuneração no valor inicial de 3.095,88 reais. Durante o período de formação, todos os vencimentos passarão por até três reajustes, de 3.106,99 reais para 3.414,53 reais e finalmente 3.690,23 mil reais.

Outras informações sobre o concurso em questão são:

A taxa foi estipulada no valor de 130 reais, sendo que o período de inscrições se estendeu até o dia 24 de setembro de 2018, exclusivamente por meio do site da Fundação Vunesp, banca organizadora: www.vunesp.com.br. Responsável pelo processo de seleção.

Sobre as etapas deste concurso público para a função inicial de aluno oficial PM-SP, seguem as informações:

São seis fases, sendo a primeira delas a parte da seleção, na qual os concorrentes realizaram a prova objetiva, que consistiu em um caderno contendo 80 questões em múltipla escolha, ministrada no período matutino, e a prova de redação (ou discursiva), ministrada durante o período vespertino.

Todo o conteúdo programático contou com matérias de história; de filosofia; de sociologia; de geografia; de língua portuguesa; em língua inglesa ou em língua espanhola; em matemática; sobre noções básicas de administração pública e em noções básicas na área de informática.

As demais etapas deste processo seletivo abrangerão os necessários exames de aptidão física; exames de saúde e os testes psicológicos; a avaliação histórica sobre a conduta social pregressa e sobre a idoneidade de cada candidato e finaliza com a análise sobre documentos.

Sobre as atribuições do cargo de oficial, seguem as informações:

É dever de cada oficial da Polícia Militar do Estado de São Paulo atuar na gestão e no comando de pessoas, na análise e na administração de processos, por meio da ampla utilização dos necessários conhecimentos para a correta busca das soluções dentro dos variados e inevitáveis problemas pertinentes a todas as atividades jurídicas e às atividades administrativas para a preservação da ordem pública e para garantir a atuação da polícia ostensiva, em plena conformidade com a própria filosofia do policiamento comunitário e, sobretudo, garantindo os direitos humanos, entre outras atividades definidas na lei, por meio da conclusão e com o aproveitamento do curso de Bacharelado na área de Ciências Policiais de Segurança e de Ordem Pública, que é destinado a formar, com a solidez teórica e prática, todo profissional que se tornará ocupante do dito posto inicial de Oficial.

Paulo Henrique dos Santos

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 38 Média: 2.5]

Inscrições até o dia 20 de dezembro de 2018.

Já se encontram abertas as inscrições para o concurso público a ser realizado pela Prefeitura do município de Porto Alegre, cidade situada no Rio Grande do Sul. O processo de seleção tem como objetivo preencher duas oportunidades que se encontram vagas no quadro de efetivos do município.

Entre as oportunidades oferecidas está a função técnico em nutrição e dietética, o qual tem como exigência o diploma de curso técnico na área, além de possuir o registro no respectivo órgão da classe em questão. O candidato aprovado fará jus a um salário mensal que inicia no valor de R$ 1.613,01, devendo cumprir uma jornada de trabalho, semanalmente de 30 horas.

Já a outra oportunidade oferecida pelo mesmo edital é para o cargo de terapeuta ocupacional, posto esse que exige diploma de curso superior na respectiva área e também registro neste órgão de classe. Os candidatos selecionados pelo certame receberão uma remuneração mensal no valor de R$ 2.257,76, devendo o servidor cumprir uma carga horária de 30 horas por semana.

Além destes vencimentos mensais, a Prefeitura da cidade de Porto Alegre (RS) irá oferecer ainda alguns benefícios pra os seus servidores, como vale-transporte; vale-alimentação e também plano de saúde.

Os concurseiros que tiverem interesse em concorrer a uma das oportunidades oferecidas será preciso que o candidato preencha um formulário de inscrição, o qual está disponível na página eletrônica da prefeitura www.portoalegre.rs.gov.br/concursos e depois efetivar a inscrição através do recolhimento de uma taxa, sendo no valor de R$ 72,30 para os cargos de técnico e no valor de R$ 128,50 para quem pretender ocupar o posto terapeuta. Os interessados possuem até a data de 20 de dezembro para realizar o procedimento.

Os inscritos serão submetidos somente a uma etapa, que será a avaliação objetiva, possuindo caráter classificatório e eliminatório. A seletiva consistirá em 60 questões, onde 10 versarão sobre a língua portuguesa, 40 sobre conhecimentos específicos e outras dez sobre legislação.

A prova terá uma duração de no máximo quatro horas e a mesma irá acontecer no município de Porto Alegre/RS, em local, horário e data a serem informados com antecedência através do edital de convocação, o qual será disponibilizado a todos no momento oportuno.

Sobre as atribuições dos postos de trabalho da Prefeitura do município de Porto Alegre – RS

O posto de Técnico em nutrição e dietética terá de colaborar na confecção de cardápios, além de proceder na distribuição e controle da elaboração dos mesmos; terá de manter a constante observância deste cardápios; realizar o controle de utensílios da cozinha e da copa, assim como mantê-los higienizados; instruir na distribuição, no modo de preparar e também no horário das refeições; fazer o controle de refeições distribuídas e das merendas; desenvolver trabalhos para incentivar a educação alimentar; além de se responsabilizar pelas equipes auxiliares para a execução do trabalho inerente ao cargo e desenvolver atividades afins.

O cargo de Terapeuta ocupacional exige o cumprimento de atividades técnicas específicas da função em questão no sentido de desenvolvimento, reabilitação e tratamento de pacientes que possuam deficiências psíquicas ou físicas; programar as tarefas do paciente-AVDs no dia a dia, o orientando quando executar essas atividades; planejar e realizar trabalhos criativos, de mecanografia, manuais, horticultura, entre outros, em pequenos grupos ou até mesmo individuais, indicando a melhores tarefas conforme a prescrição médica; fazer a orientação da família do paciente e também da comunidade sobe as condutas terapêuticas que serão observadas para que o mesmo seja aceito no meio social; elaborar e realizar testes específicos visando a avaliação do nível de capacidade funcional; orientar o uso de prótese e órtese para adaptação; ser responsável pelas equipes que irão auxiliar na execução das tarefas inerentes ao cargo.

FILIPE R SILVA

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 5 Média: 2.8]

Seleção oferta 100 vagas para escrivão. Provas foram aplicadas no dia 18 de novembro.

Recentemente foi divulgado o resultado de mais um concurso público, desta vez, no Estado do Paraná. Trata-se do edital que disponibiliza 100 vagas a serem distribuídas entre a capital daquele Estado e demais cidades da Região Metropolitana do município de Curitiba e interior.

Todos os candidatos participantes do último processo seletivo para o provimento de cargos no departamento da Polícia Civil do Paraná, PC-PR, como foi citado acima, devem verificar as informações sobre os 100 postos de escrivão, pois o gabarito da prova objetiva, ministrada no dia 18 de novembro último, já foi publicado.

Sobre o salário e os requisitos para ocupação do cargo, seguem abaixo as informações:

A remuneração inicial está no valor de 5.752,41 mil reais. Este é um cargo oficialmente destinado aos profissionais que possuam formação acadêmica universitária, ou curso superior completo em qualquer área de conhecimento; deverão possuir a Carteira Nacional de Habilitação, CNH, no mínimo na categoria "B" para superior e estar em idade mínima de 21 anos.

Todos os concorrentes selecionados, nomeados, convocados e contratados, atuarão no reforço sobre contingente de efetivos no departamento da Polícia Civil do Estado do Paraná, sendo que na capital, serão 30 postos a serem ocupados; na Região Metropolitana de Curitiba serão 20 postos e no interior do estado serão 50 postos.

Sobre este último concurso público para cargos na Polícia Civil do Estado do Paraná, seguem as informações:

O processo de seleção foi inteiramente organizado por meio da Coordenadoria de Processos Seletivos, ou Cops, que consiste em um setor da Universidade Estadual de Londrina. A banca organizadora recebeu inscrições ao longo de um período que se estendeu até o dia 9 de outubro de 2018, por meio do site: www.cops.uel.br. O valor da taxa foi estipulado em 120 reais.

Deste total de postos de trabalho em concorrência, dez estão previamente reservados aos candidatos que se autodeclararem negros, ou afrodescendentes, e seis para as pessoas com deficiência, em plena conformidade com as cotas legalmente estabelecidas por meio da legislação estadual.

Sobre as provas ministradas neste último concurso para o cargo de escrivão, na Polícia Civil PR, seguem as informações:

A realização contou com cadernos de questões ministrados no município de Cascavel, de Curitiba e de Londrina. Assim, as provas objetivas e de redação, ou discursiva, tiveram duração oficial e rigorosa de cinco horas no máximo. A primeira prova estava constituída de um total de 60 questões, ao passo que a segunda consistiu na elaboração de um texto, contendo de 15 a 25 linhas, versando sobre um tema da atualidade.

Sobre o conteúdo programático, seguem as informações:

O mesmo abrangeu tema de língua portuguesa; de informática; em raciocínio lógico; em noções sobre a estrutura do aparelho administrativo no Poder Executivo do Estado do Paraná; sobre a legislação especial; sobre o estatuto da PC-PR; e sobre os demais conhecimentos na área de direito penal; de direito processual penal; direito constitucional e direito administrativo.

As etapas seguintes deste certame abrangerão os seguintes exames:

O teste de aptidão física; o exame de higidez física e a devida investigação de conduta pregressa, cujas datas precisas ainda serão divulgadas. Dentro desta sequência, todos os concorrentes nomeados deverão participar do curso de formação de técnico-profissional promovido pela Escola Superior da Polícia Civil, ou ESPC, na capital Curitiba.

Este mesmo processo seletivo da Polícia Civil do Estado do Paraná terá validade oficial de dois anos, podendo ser estendido por até mais dois anos, conforme o critério da própria corporação, e conforme o que está estabelecido no edital.

Para mais informações e atualizações acesse aqui.

Paulo Henrique dos Santos

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 9 Média: 2.9]

Seleção deve ocorrer ainda no mês de dezembro de 2019.

O novo concurso para Polícia Civil do Estado do Ceará tem previsão para ocorrer neste mês de dezembro.

O concurso contará com as vagas de delegado, escrivão e inspetor, com salários que variam desde R$2.946,19 a R$14.592,39, com jornada de trabalho cerca de 40 horas semanais.

Vagas e pré-requisitos para concorrer aos cargos

Para concorrer um dos três cargos oferecidos pelo concurso da Polícia Civil é necessário ter no mínimo curso superior em seu currículo, além do CNH B.

No total devem ser disponibilizadas cerca de 1.496 vagas, porém, não definiu a quantidade exata que cada área será dada.

O anúncio foi feito no início do ano, porém, somente agora conseguiu a solicitação para poder abrir o concurso devido a falta de verbas que deveriam ser destinadas para completar os devidos processos legais essenciais para a realização da mesma.

Provas

Com relação as provas, para o cargo de escrivão contará com questões objetivas de informática, direito constitucional, direito penal e legislação penal extravagante.

Para a vaga de inspetor o que muda são apenas as questões de Língua Portuguesa, direito administrativo, direito penal e direito processual penal, o restante das questões é base para o cargo de escrivão.

Na vaga selecionada para delegado, a prova contará com questões de informática, língua portuguesa, direito administrativo, direito penal, direito processual penal, legislação penal extravagante, medicina legal, direitos humanos, direito civil, direito processual civil, direito tributário, legislação ambiental, criminologia, legislação ambiental, peça processual e duas questões discursivas.

Além da prova para as vagas de escrivão terão que ser avaliados na questão de digitação, ou seja, não basta apenas conhecer sobre os assuntos que estão em pauta todos os dias nos jornais, mas sim, praticar com agilidade e eficiência documentos importantes que serão desempenhados em caso de classificação, fora avaliações psicológicas e avaliação médica.

Os cargos de inspetor serão avaliados além das provas com conhecimento prévio, a capacidade física, avaliação psicológica, avaliação médica e exame toxicológico.

Cuidado com as pegadinhas e tenha certeza do que quer

Para quem acredita que passar em concursos é uma tarefa fácil, se engana, pois, exige muita das vezes disciplina e comprometimento naquilo que tanto almeja. Buscar estabilidade, qualidade de vida, paz e principalmente satisfação em um emprego que é o sonho de quase 100% das pessoas é formidável para a vida profissional e pessoal que se adquire.

Entender os desafios que sociedade lhe permite( jornais, revistas, amigos, pesquisas, dados estatísticos, funções desempenhadas) é fundamental para todos os cargos, incluindo principalmente as de inspetor e delegado.

A criminalidade só aumenta e as políticas públicas precisam estar melhor preparadas para combater com essa perigosa ameaça chamada crime organizado, já que muita das vezes, o próprio profissional está desprotegido, sendo alvo fácil de bandidos de maneira geral

Os desafios lhe permitem perigo e audácia de acreditar que é possível ser eficiente mesmo com pouco dinheiro em caixa. Ações que premiam ideias novas, capazes de serem utilizadas com eficácia gastando o menos possível, ajudando milhões de pessoas.

Trabalhar em qualquer uma das três áreas é entender que não é apenas a questão dos salários que premiam toda sua estrutura, é correr perigo todos os dias, se faz o uso deste perfil, faça e tente dar o melhor de si para que sempre.

Valorizar os profissionais desta área é importante, entretanto é preciso se reciclar sempre, independente do quanto de experiência o indivíduo possui, pois, quem não muda, fica preso a ideias que podem não dar certo ao combate nas premissas realizadas ao longo de sua profissão.

A consequência de todas essas ações são menos efetividade, maior reclamação por parte da sociedade, profissionais desacreditados e desmotivados a ponto de deixarem o que mais gostam por outras profissões que serviriam como ‘tapa-buraco’, diante ao medo, insegurança e incerteza que atualmente invade nos mais diversos cantos do Brasil.

Thalles Cakan

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 28 Média: 3.3]

Prazo de inscrição se encerra no dia 26 de novembro de 2018.

Um dos editais mais esperados deste ano foi finalmente divulgado. Trata-se do documento referente ao concurso público que a Secretaria da Justiça, Trabalho e Direitos Humanos do Paraná, a SEJU/ PR, está organizando. De acordo com as informações presentes no certame, a SEJU vai oferecer mais de 50 colocações de trabalho para profissionais de níveis de escolaridade diferente. As inscrições vão ser iniciadas na penúltima semana do mês de novembro. Se você se interessou sobre esse processo de contratação e quer saber mais detalhes, leia o texto abaixo, pois nele vão conter as principais informações a respeito deste concurso público.

Sobre o novo certame da Secretaria da Justiça, Trabalho e Direitos Humanos do Paraná

Segundo o que consta no edital, a SEJU do Paraná vai oferecer ao todo 61 vagas de trabalho. Um detalhe importante sobre essas oportunidades é que todas são para a contratação temporária. O vínculo de trabalho será inicialmente por 12 meses e caso seja interessante para as duas partes, o contratante e o contratado, o vínculo pode se estender por mais um ano. Veja agora a relação do número de oportunidades e outros dados pertinentes:

-Nível Médio:

  • 02 vagas para Técnico em Informática.
  • 55 vagas para Técnico Administrativo. Sendo 46 oportunidades para ampla concorrência, 06 para atender a cotas raciais e 03 para portador de necessidade especial.

Para as duas carreiras, a carga horária é de 40 horas por semana e a remuneração é de R$ 1.523,85. O interessado precisa ter o ensino médio completo.

-Nível Superior:

  • 02 vagas para Supervisor de Sistemas. É necessária a formação em uma das seguintes áreas: administração de empresas ou psicologia. Além disso, também é necessário Registro no Conselho de Classe (vigente).
  • 02 vagas para Analista de Sistemas. Os interessados precisam ter diploma no setor de Tecnologia da Informação.

Para ambas as funções, a jornada de trabalho a carga horária é de 40 horas semanais e o salário é de R$ 3.657,27.

Um ponto importante é que a SEJU no edital descreveu os deveres de cada um dos quatro cargos. Para consultar e saber exatamente sobre a rotina de trabalho consulte o documento. O edital está disponível em: http://www.justica.pr.gov.br/modules/noticias/article.php?storyid=2535&tit=Seju-abre-edital-para-contratacao-de-profissionais-para-a-Agencia-do-Trabalhador-de-Curitiba. Essas informações foram reportadas a partir da página 03 no item “4. DAS ATRIBUIÇÕES DAS FUNÇÕES”.

A respeito do processo seletivo definido pela SEJU do Paraná

A Secretaria da Justiça, Trabalho e Direitos Humanos do Paraná definiu que para este processo admissional, em específico, aconteceria de forma simplificada. Ou seja, os candidatos não seriam avaliados por meio de diferentes avaliações como provas de múltipla escolha, testes discursivos e outros. Os novos profissionais da SEJU vão ser definidos por meio de um único critério: prova de títulos.

Com isso, de acordo com o edital os interessados devem comprovar, inicialmente, o nível de escolaridade: diploma de graduação (para os que estão concorrendo a vagas que pedem nível superior) e o diploma de ensino médio. Após isso, serão distribuídos pontos para os inscritos que tiverem participado de cursos de pós-graduação, de aperfeiçoamento, dentre outros. A pontuação e os tipos de formações tendem a variar de acordo com a função. Todas essas informações estão presentes no edital para a consulta dos interessados. Esses dados estão presentes a partir da página 06, nos itens “8. DA ESCOLARIDADE OBRIGATÓRIA PARA CONTRATAÇÃO” e “9. DOS CRITÉRIOS DE PONTUAÇÃO E COMPROVAÇÃO DE TÍTULOS NÃO OBRIGATÓRIOS.”

O resultado vai ser divulgado na data de 05 de dezembro de 2018. Após isso, os aprovados devem apresentar uma série de documentos como: carteira de identidade, CPF, cartão do PIS/ PASEP, comprovante de residência, atestado de saúde e outros. A lista completa também se encontra no documento oficial. Para verificar a listagem de todos os documentos, role o edital até a página 12 no tópico “11. DA CONVOCAÇÃO E CONTRATAÇÃO”.

Processo de inscrição no concurso público da SEJU/ PR

As inscrições vão ser iniciadas em 22 de novembro e vão ser encerradas em 26 de novembro de 2018. Nenhum tipo de taxa será cobrado. As inscrições devem ser feitas através do seguinte endereço eletrônico: http://www.justica.pr.gov.br/. Boa sorte!

Isabela Castro.

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 13 Média: 3.8]

Inscrições até o dia 29 de novembro de 2018.

Localizada no litoral sul do Estado de Santa Catarina, o Município de Garopaba abre inscrições para um concurso público através de sua Prefeitura Municipal, com o intuito de preencher 114 postos temporários, além da formação de um cadastro de reserva (identificado pela sigla CR), podendo prover futuras oportunidades para os candidatos já aprovados.

Pré-requisitos

Os pré-requisitos para as vagas são divididos em três níveis;

Alfabetizados

Todos os interessados somente com o grau de alfabetização podem se candidatar às vagas de:

  • Merendeira, sendo disponibilizada 10 vagas mais aquelas destinadas ao cadastro de reserva (CR), com salários iniciais de R$ 976,39;
  • Servente, sendo disponibilizada 22 vagas mais aquelas destinadas ao cadastro de reserva (CR), com salários iniciais de R$ 976,39;
  • Motorista habilitados na categoria “D”, sendo disponibilizadas 6 vagas mais aquelas destinadas ao cadastro de reserva (CR), com salários iniciais de R$ 1.352,76.

Ensino Médio

  • Todos os interessados com nível de escolaridade de ensino médio, além do magistério, podem se candidatar a vaga de professores, com vencimentos iniciais de R$ 1.227,67 optando pela jornada de trabalho de 20 horas semanais ou com vencimentos iniciais de R$ 2.455,35 se optarem pela jornada de trabalho de 40 horas semanais.

Nível Superior

Já os interessados com nível de escolaridade de grau superior, podem se candidatar a vaga de professores, sendo oferecidas as vagas de:

  • Professores com licenciatura, são disponibilizadas 45 vagas mais aquelas destinadas ao cadastro de reserva;
  • Professores para Contação de Histórias e também Musicalização, são disponibilizadas 16 vagas mais aquelas destinadas ao cadastro de reserva;
  • Professores voltados ao ensino das disciplinas de Artes, Ciências e Educação Física, são disponibilizadas 9 vagas mais aquelas destinadas ao cadastro de reserva;
  • Professores voltados ao ensino das disciplinas de Geografia, História e Língua Inglesa, são disponibilizadas 6 vagas mais aquelas destinadas ao cadastro de reserva;

Além disto, o edital prevê a formação de cadastro de reserva para professores das disciplinas de Língua Portuguesa e Matemática.

Todas as remunerações para estas vagas partem dos R$ 638,39, podendo chegar até os R$ 2.553,57, dependendo do cargo e função.

Inscrições e Prazos

Todas inscrições podem ser feitas até o dia 29 de Novembro de 2018, os candidatos devem realiza-las exclusivamente através do site: www.iobv.org.br (do Instituto O Barriga Verde).

Para os interessados nas vagas cuja formação escolar é somente o grau de alfabetização, a taxa cobrada será de R$ 43,50, para as vagas de ensino médio o valor passa para R$ 73,50, por último os candidatos interessados em cargos com exigência do nível superior o valor será de R$ 93,50.

O edital prevê uma avaliação composta por uma prova de forma objetiva, com o intuito classificatório e também eliminatório. A avaliação é composta por 5 disciplinas: disciplina de matemática, língua portuguesa, conhecimentos gerais em conjunto com conhecimentos específicos, além de informações sobre atualidades.

A prova será aplicada no próprio município, na data de 9 de Dezembro de 2018, tanto o local como os horários serão divulgados através das informações do edital.

Em especial para os cargos de Motorista, será necessário a aplicação de uma prova prática adicional com caráter eliminatória.

Os cargos de nível superior também vão requerer uma análise de títulos oferecidos pelos candidatos, este com o intuito classificatório.

Um pouco mais da Cidade de Garopaba

O município catarinense de Garopaba é famoso por suas belas praias, atraindo até 140 mil turistas no verão, sua economia é baseada na agricultura familiar, pesca artesanal, construção civil, comércio, indústria de confecções, além do próprio turismo.

O nome Garopaba é de origem indígena e pode significar tanto enseada de barcos como também lugar de barcos pela cultura popular.

Maiores informações, convidamos a todos a visitarem a cidade: https://www.garopaba.sc.gov.br/.

Autor: Carlos. B

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 9 Média: 2.4]

Seleção oferece 157 vagas para nível médio e superior.

Você está em Brasília e gostaria de trabalhar no setor público? A Universidade de Brasília (UnB) está com as inscrições abertas para o seu concurso público 2018, tendo como objetivo realizar o preenchimento de 157 vagas para funções de nível médio e superior, que vão desde nutricionista até assistente administrativo.

Os cargos serão ocupados nos campi da instituição situados em Ceilândia, Plano Piloto, Planaltina e Gama. Os interessados devem ficar atentos às exigências e prazos a serem cumpridos, uma vez que a as inscrições serão recebidas até o mês de novembro.

Quer participar? Confira, abaixo, tudo que você precisa saber sobre o Concurso Público UnB!

Quais são as vagas oferecidas?

Há oportunidades disponibilizadas para as pessoas com o Ensino Médio completo e curso técnico para as funções de revisor de texto braile (1 posto), assistente administrativo (120 postos), técnico nas áreas de necropsia e anatomia (1 posto), tradutor e intérprete de linguagem de sinais (1 postos), ótica (1 posto), segurança do trabalho (1 posto), contabilidade (1 posto), audiovisual (1), laboratório de análises clínicas (1 posto), laboratório industrial (1 posto) e tecnologia da informação (6 postos). O salário pago para esses cargos é de R$ 2.446,96.

Também foram abertas vagas para profissionais com curso superior para as funções se assistente social (1 posto), administrador (4 postos), editor de publicações (1 postos), economista (1 posto), engenheiro de segurança do trabalho (1 posto), engenheiro elétrico (1 posto), nutricionista (1 posto), engenheiro de produção (1 posto), técnico de assuntos educacionais (10 postos) e técnico desportivo (1 posto). A remuneração base paga é de R$ 4.180,66.

Como será o concurso público UnB 2018?

Em primeiro lugar, os candidatos vão passar por uma prova objetiva aplicada para todos os cargos, que inclui questões referentes aos temas de língua portuguesa, noções de Direito Constitucional, Legislação e Ética na Administração Pública e noções de informática.

Para os cargos de técnico em contabilidade, assistente administrativo e demais vagas para nível superior, será necessário realizar uma prova discursiva. Os dois testes serão aplicados no dia 16 de dezembro. Os locais de prova ainda vão ser divulgados, conforme o edital, isso deve acontecer a partir do dia 04 de dezembro.

Além disso, o certame também conta com um exame de desempenho teórico-prático para os cargos de técnico em ótica, revisor de texto braile, técnico de necropsia e anatomia, revisor de texto braile, técnico de laboratório na área industrial e análises químicas, tradutor e intérprete de linguagem de sinais. A data será definida e publicada oficialmente pelo edital.

De acordo com informações dadas pela instituição, o concurso público da UnB vai ter um prazo de validade de dois anos, que começam a contar desde a data da homologação do resultado final. O vencimento pode ser renovado somente uma vez, pelo mesmo período, levando em consideração as necessidades da universidade.

Como se inscrever?

Para participar do concurso público UnB, você deve se inscrever do dia 19 de outubro até 05 de novembro, diretamente no site da instituição (http://www.cespe.unb.br/concursos/fub_18). Basta entrar na página e efetuar a sua candidatura, registrando os seus dados pessoais e profissionais. Em seguida, você tem que confirmar as suas informações.

Por fim, será necessário arcar com uma taxa de participação, cujo valor é de R$ 61,00 para os candidatos aos cargos de Ensino Médio, e de R$ 104,00 para aqueles que vão disputar as vagas para ensino superior. O pagamento do boleto tem que ser feito até a data de vencimento, do contrário a sua candidatura será invalidada e você não poderá participar.

A partir daí, você deve acompanhar as publicações dos editais para não perder o prazo da prova.

Texto por Simone Leal!

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 9 Média: 3.7]

Inscrições deverão ser realizadas até o dia 6 de novembro de 2018.

Quem está em busca de oportunidades em concursos públicos, já pode se preparar para essa grande novidade. Foram abertas na última terça-feira, dia 16 de outubro, as inscrições para o certame da Companhia de Gás do Estado do Rio Grande do Sul, a Sulgás.

No total, o edital contempla 11 vagas que são para a contratação imediata. Há oportunidades tanto para candidatos que possuem formação em nível superior, como para pessoas que possuem ensino médio completo.

Ficou interessado e quer mais informações? Então fique ligado que nós te damos todas as dicas para você não ficar de fora. Vamos a elas.

Quais são as vagas?

No total, são 11 vagas. Para os participantes que possuem curso superior, o processo de seleção está disponibilizando cargos de engenheiro de gás e para advogado. Na primeira opção, são no total 4 vagas com salários de até R$ 8.281,13. Já para a segunda opção, somente está disponível uma vaga, com vencimento em R$ 5.639,05.

Ainda, para quem possui formação em nível médio completo, há primeiramente disponibilidade no cargo técnico em gás. É ofertada uma vaga com salário de R$ 3.122,20. É importante lembrar que, para essa oportunidade, é necessário que o candidato tenha também a formação técnica na área.

E, além dessa, há também cinco postos como assistente de serviços. O salário para esses é de R$ 2.464,70.

Conforme o edital, que pode ser acessado no site da organizadora, a Fundação Universidade-Empresa de Tecnologia e Ciências, a Fundatec, no endereço eletrônico https://fundatec.org.br/, os profissionais que forem contratados terão a sua lotação em uma das sedes da companhia. Essas estão localizadas em Porto Alegre, Caxias do Sul e Canoas.

Como faço para me inscrever?

Para se inscrever é muito simples. Basta acessar o portal www.fundatec.org.br e preencher o formulário de inscrição disponível no link.

Vale lembrar que as candidaturas são aceitas até o dia 6 de novembro de 2018. Para efetivar a participação, é solicitado o pagamento de uma taxa simbólica no valor de R$ 187,87 para cursos superiores e R$ 82,36 para nível médio.

Quais os benefícios concedidos?

A Sulgás oferece diversos benefícios para seus servidores, como refeição, vale-transporte, plano odontológico e de saúde, creche, auxílios em educação, ensino fundamental e atividade física, previdência privada e participação em resultados e lucros.

Sobre o processo seletivo da Sulgás

Com prova objetiva prevista para ocorrer em 9 de dezembro, em Porto Alegre, essa contará com um total de 50 questões com múltipla escolha. Os assuntos são os seguintes: raciocínio lógico, informática, língua portuguesa e conhecimentos específicos.

As demais fases da seleção incluem ainda a análise de títulos (somente para os cargos de engenheiro e advogado), entrega de documentação de 3 a 7 de janeiro, avaliação com psicólogo no dia 26 de janeiro e, por fim, entrevistas de devolução, marcada para 6 de fevereiro.

Validade do concurso da Sulgás

O concurso público da Sulgás tem a validade de dois anos, contando essa a partir do dia de homologação do resultado final do certame. Esse prazo poderá ainda ser prorrogado por uma única vez e pelo mesmo período. Isso ficará a critério da própria companhia, bem como é estabelecido no edital.

Sobre a Companhia de Gás do Estado do Rio Grande do Sul

A Companhia de Gás do Estado do Rio Grande do Sul, a Sulgás, é a responsável por toda a comercialização e a distribuição do gás natural que é canalizado dentro do Estado. Sua criação foi no ano de 1993 e, desde então, ela atua baseado em uma sociedade de economia mista.

Seus acionistas são a Petrobras Gás S/A (Gaspetro) e o próprio Estado do Rio Grande do Sul. Em 2000, com a conclusão do gasoduto entre Bolívia e Brasil, a companhia iniciou a sua comercialização de gás natural.

Kellen Kunz

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 5 Média: 3.6]

Inscrições serão recebidas até outubro de 2018.

O mês de outubro de 2018 está chegando com boa notícia para a Região Centro-Oeste, no Planalto Central Brasileiro. Está oficialmente aberto o período de inscrições para o novo concurso que prevê o provimento de cargos no Ministério Público do Estado de Goiás, o MP-GO. Apesar de ser uma grande oportunidade, há somente duas vagas disponíveis para a função de secretário auxiliar. A lotação se dará nas Promotorias de Justiça estabelecidas nas Comarcas de Goiás e de Cristalina.

Todas as pessoas interessadas em se candidatar para esta concorrência de emprego deverão apresentar o diploma de conclusão do curso de ensino fundamental. A remuneração inicial está no valor de 3.118,89 reais, destinada a uma jornada de trabalho de 40 horas por semana.

Atrelado a este vencimento, o Ministério Público do Estado de Goiás também fornece aos seus servidores os seguintes benefícios: direito ao auxílio-alimentação; direito ao auxílio-transporte e ao auxílio-creche. São os benefícios básicos e garantidos de modo vitalício.

Sobre o procedimento de cadastro de inscrição para este processo de seleção, as informações são as seguintes:

Está disponível um formulário de inscrição, que pode ser encontrado no próprio site do órgão: http://www2.mp.go.gov.br/coliseu. O prazo oficial de inscrição se estenderá até o dia 9 do mês de outubro de 2018, com relação ao posto lotado na Comarca de Goiás, e até o dia 24 de outubro de 2018 em relação ao posto lotado na Comarca de Cristalina. O valor fixo cobrado para a taxa de participação será 62,02 reais, sendo que o seu pagamento deverá ser realizado até o primeiro dia útil que segue à data oficial de encerramento do período de inscrição; o boleto poderá ser pago em todas as redes bancárias.

Este concurso público será constituído de fases, que consistirão nas seguintes avaliações: inicia com a prova objetiva, a prova discursiva e a de redação, que estão previamente marcadas para realização no dia 11 do mês de novembro de 2018, na Comarca de Goiás e para o dia 25 de novembro de 2018 na Comarca de Cristalina; na segunda fase será realizada a devida análise de títulos.

A estrutura básica dos testes será a seguinte:

A prova objetiva consistirá em um caderno composto de 50 questões em múltipla escolha, das 15 versarão sobre a matéria de língua portuguesa; mais dez questões sobre matéria de matemática; serão cinco questões versando sobre a matéria de história do Brasil; serão cinco questões versando sobre a matéria de geografia; mais cinco questões versando sobre a matéria de informática básica e mais dez questões sobre a matéria de organização do Ministério Público.

Com relação à prova discursiva, a mesma consistiráa em um caderno contendo somente duas questões, e a resposta deverá ser escrita em um texto de cinco a 15 linhas, no qual será avaliado o conhecimento preciso de cada candidato respeito das tarefas típicas e necessárias deste cargo.

Com relação à prova de redação, esta consistirá numa elaboração de texto rigorosamente dissertativo ou descritivo-dissertativo, versando sobre um tema a ser formulado pela própria banca examinadora, o qual deverá conter uma extensão entre 15 e 30 linhas.

Entre as atribuições deste cargo estão:

Atuar no planejamento, na execução e na avaliação de planos, de projetos, de programas e demais pesquisas na administração superior no interior do Ministério Público e junto aos órgãos de execução; atuar no atendimento ao público; no recebimento, na autuação e no controle de tramitações sobre os processos administrativos e judiciais referentes à unidade ou ao órgão, sabendo cumprir os despachos e registrando os mesmos de modo preciso; atuar na organização, no preenchimento e no mantimento de livros obrigatórios na unidade ou no órgão, entre outras tarefas.

Paulo Henrique dos Santos

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 3 Média: 2.3]

Pedido realizado pelo órgão solicita abertura de 148 vagas.

A Agência Nacional de Energia Elétrica está com seu concurso previsto e são 148 vagas que já estão em análise. Essa é uma ótima oportunidade para quem está em busca de um emprego seguro e com boa remuneração. Para conquistar uma das vagas é preciso muita dedicação nos estudos, pois a disputa vai ser muito grande. Quem tem interesse em ser aprovado para o concurso da Aneel já pode começar a se preparar, pois nesse caso, quanto maior for o tempo de preparação, maior é a chance de aprovação.

Conheça os cargos e salários das funções da Aneel

Um dos motivos para se inscrever nesse concurso é o alto valor dos salários de cada cargo. Passar nesse concurso é a certeza de uma estabilidade na vida financeira e melhoria na área profissional. Todos os cargos têm um bom salário, assim como ótimos benefícios. E o melhor de tudo é a certeza de um emprego para a vida toda, isso se não quebrar nenhuma regra de que tem cargo na Aneel. Veja agora os cargos e os salários:

– Cargo de Especialista em Regulação de Serviço Público de Energia: R$12.432,39 e deve contar com 31 vagas;

– Cargo de Analista Administrativo: R$11.529,29 e deve contar com 39 vagas;

– Cargo de Técnico Administrativo: R$6.147,52 e deve contar com 78 vagas;

Todos os cargos contam com um auxílio-alimentação no valor de R$458,00.

Concurso para quem tem nível médio e superior

O lado positivo desse concurso é que ele vai ter vagas para quem tem nível médio e também para quem possuí nível superior. O cargo de nível médio é o de Técnico Administrativo, e os cargos de Analista Administrativo e Especialista em Regulação de Serviço Público de Energia exigem o nível superior. Todos os cargos exigem certificado reconhecidos pelo MEC. Esse é um critério que precisa ser respeitado por todos os candidatos. Pois caso sejam aprovados, esse certificado original será exigido para avaliação.

Aneel conta com 150 vagas abertas esperando serem preenchidas

A expectativa é que os aprovados para esse concurso, sejam convocados rapidamente. Pois a Aneel tem em aberto 150 vagas, que são para ocupação emergencial em seus postos. Além disso, a empresa conta com seu quadro vagas reservas que vão se abrindo conforme a necessidade de novas contratações. Então vale apena tentar uma das vagas desse concurso.

Último concurso da Aneel foi em 2010

O último concurso da Aneel foi realizado a 10 anos atrás, isso aumenta mais ainda a ansiedade de quem está esperando o concurso, e a certeza que a liberação do edital está bem próxima de acontecer. Pois a precisão de novos funcionários para os postos da Aneel é certa.

Nível de dificuldade desse concurso

Como já é esperado, o nível de dificuldade desse concurso será alto. O ideal é que os candidatos já comecem a elaborar seu plano de estudo o mais rápido possível. Existem muitos conteúdos gratuitos na internet, que já podem ser aproveitados para quem vai fazer a inscrição para esse concurso. A expectativa é que a quantidade de inscritos supere o recorde do concurso de 2010.

Como aumentar as chances de aprovação para esse concurso?

Quem deseja passar no concurso da Aneel, deve começar a se preparar rapidamente. Já existem diversos materiais pagos na internet como apostilas digitais e físicas. Nelas existem materiais ricos para esse concurso, porém, o mais indicado é esperar pelo edital para se comprar qualquer apostila. Mas essa é uma decisão individual e que deve ser avaliada com calma por todos que desejam participar desse concurso.

O ideal é ficar de olho na liberação e publicação do edital. Nele vão ter todas as informações necessárias desse concurso!

Escrito por Cristiane Amaral

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 1 Média: 4]

Prazo para inscrição se encerra no dia 26 de outubro de 2018.

Estamos quase no mês de outubro de 2018 e boas notícias estão sendo divulgadas. Entre elas está a publicação oficial do novo edital de abertura do período de inscrições do processo seletivo promovido pelo Ministério Público do Estado de Pernambuco, o MP-PE, na Capital Recife, destinado ao provimento da carreira de técnico e de analista ministerial. Este certame público tem por meta o preenchimento de até 23 vagas, das quais duas estão previamente reservadas às pessoas com deficiência e mais quatro aos candidatos afrodescendentes, além da formação do cadastro reserva de pessoas.

Com relação aos candidatos com ensino médio completo, o cargo disponível será na função de técnico ministerial, em área administrativa, com 13 vagas e mais o CR, o vencimento inicial está em 3.171,52 reais.

Com relação aos concorrentes com graduação superior, os cargos disponíveis são: para o cargo de analista ministerial nem áreas jurídicas com 7 vagas e o CR; cargo de auditoria, com uma vaga e o CR; cargo de biblioteconomia, com uma vaga e mais o CR; no setor de documentação, com uma vaga, mais o CR; no setor de serviço social, para o CR; no setor de arquitetura, para o CR; no setor de medicina, para o CR; no setor de engenharia civil, para o CR; no setor de comunicação social, especialidade em jornalismo, para o CR; no setor de informática, para o CR e no setor de pedagogia, para o CR. A remuneração inicial está em 4.809,54 reais.

A banca organizadora está nas mãos da Fundação Carlos Chagas, que será a empresa responsável pela condução e execução deste certame. O cadastro de inscrições deverá ser realizado somente via internet, por meio do seguinte endereço eletrônico: www.concursosfcc.com.br. O período de inscrição inicia a partir das 10 horas do dia 1º de outubro e se estenderá até às 14 horas do dia 26 de outubro de 2018. O valor das taxas está estipulado em 75 reais para candidatos com ensino médio e 110 reais para candidatos com nível superior completo.

Sobre o itinerário dos exames as informações são as seguintes:

Todos os concorrentes serão avaliados por meio das duas provas: objetiva e discursiva, de redação. A duração oficial máxima dos testes será de quatro horas, e as mesmas provas serão ministradas na cidade de Recife, capital do Estado de Pernambuco, no dia 2 do mês de dezembro de 2018, durante o período matutino com relação ao cargo de técnico ministerial e no período vespertino com relação ao cargo de analista ministerial.

Sobre as provas, as informações são as seguintes:

A prova objetiva consistirá em um caderno com 50 questões de tipo múltipla escolha, das quais 20 versando sobre os conhecimentos básicos, com peso 1 e mais 30 versando sobre os conhecimentos específicos, com peso 3. Na prova discursiva, ou prova de redação, o concorrente terá o dever de desenvolver um texto de tipo dissertativo-argumentativo a partir de uma única proposição, a respeito de um assunto de interesse geral e atual, sendo que a resposta deverá abarcar entre 20 e 30 linhas de discurso coerente e no padrão da norma culta.

Observação importante: serão analisadas e avaliadas somente as provas discursivas dos concorrentes devidamente capacitados para a coerência do discurso, e também os candidatos mais bem classificados na prova objetiva, dentro dos limites rigorosamente estabelecidos. Todos aqueles que estão concorrendo ao posto de Analista Ministerial, em todas as suas áreas, deverão, ainda, ser submetidos à análise dos títulos.

Vale a pena conferir.

Paulo Henrique dos Santos

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 7 Média: 3.6]

Seleção ofertará 460 oportunidades.

Desde o ano de 2016 muitos brasileiros têm recorrido aos concursos públicos para tentar uma vaga no mercado de trabalho, já que este se encontra, devido à forte crise econômica, em um momento em que há pouca ofertas de vagas e uma grande disponibilidade de profissionais.

E para quem reside no estado do Paraná e gostaria de prestar um concurso público para concorrer a uma vaga em um trabalho que ofereça segurança e disponibilidade, acaba de surgir uma novidade bastante interessante.

Trata-se do novo concurso público do Tribunal de Justiça do estado do Paraná, que acaba de ter o período para inscrições aberto.

É bem assim, quem já há algum tempo aguardava pela publicação do edital de abertura do processo seletivo do TJ-PR, já pode realizar a sua inscrição.

As inscrições tiveram início na última segunda-feira dia 18 de setembro.

De acordo com informações disponíveis no edital de abertura do certame, serão oferecidas na concorrência um total de 460 oportunidades. Deste total, 315 vagas são para o ingresso em novas vagas e as restantes 145 são para o preenchimento de vagas que se deram por questão de remoção, no caso de quem já possuir uma outorga de delegação e for transferido para uma outra.

Para os interessados nas vagas por provimento elas estraõa disponíveis para a concorrência entre pessoas que possuam formação de nível superior na área de direito, ou ainda pessoas que possuam certificado do exercício pelo período mínimo de 10 anos de atividade em serviços de nota ou de registro. Além disso, o candidato também não pode ter antecedentes criminais ou aibnda civis que são incompatíveis com a outorga de delegação. Dessa forma é necessário que uma certidão de seus distribuidos criminal e civil (dez anos), por parte da Justiça Federal e da Justiça Estadual, assim como dos protetores dos títulos( período de 5 anos), que sejam expedidas em locais em que o candidato ao concurso manteve residência por 10 anos.

Já em relação às vagas por remoção, para o preenchimento destas o interessado precisa estar em exercício da titularidade de uma outra delegação, de registro ou de notas, que seja no estado do Paraná, em um período que seja maior que dois anos.

De acordo com as informações que se encontram no edital de abertura, os salários que são oferecidos para os cargos em questão não possuem um valor fixo. De modo que são calculados com embasamento nos lucros que o cartório obtém a cada mês, sendo descontadas as taxa geralmente pagas ao governo.

Para realizar a sua inscrição basta acessar o site www.nc.ufpr.br e preencher de forma correta uma ficha para cadastro. A inscrição uma vez realizada é válida para um ou para ambas formas de cargo, seja de provimento ou remoção.

Pra ter a sua inscrição efetuada com sucesso o candidato precisa pagar uma taxa de inscrição cujo valor é R$ 240.

O processo seletivo será realizado por meio de etapas, sendo elas:

– Realização de prova objetiva de múltipla escolha;

– Prova escrita;

– Prova Oral;

– Exame de títulos.

A prova objetiva será composta por 100 questões, sendo que 25 serão sobre registros públicos, sua organização e divisão judiciárias que pertencem ao Estado do Paraná, assim como as normas regulamentares imposta pela Corregedoria-Geral da Justiça. Outras dez questões serão sobre direito constitucional, dez sobre direito administrativo, além de dez sobre direito tributário. Sobre direito civil serão 15 questões, cinco questões sobre direito processual civil, cinco questões sobre direito penal, cinco questões sobre direito processual penal, dez questões sobre direito empresarial e por último cinco questões sobre conhecimentos gerais.

Haverá aplicação de provas no município de Curitiba/PR. O dia marcado é 17 do mês de fevereiro do ano de 2019. Os candidatos as vagas de remoção devem fazer a prova pela manhã, enquanto que os de provimento irão realizá-la no período da tarde.

Não perca essa oportunidade. Faça a sua inscrição.

Sirlene Montes

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 7 Média: 3]

Instituto AOCP será o responsável pela organização do certame.

Estamos no mês de setembro e as muitas oportunidades de concursos públicos estão em fase de preparação, neste segundo semestre de 2018. Entre os departamentos públicos prestes a oficializar novos processos seletivos está o órgão da Polícia Militar do Estado de Santa Catarina, a PM-SC, cujo próximo certame está sendo elaborado, no sentido de fazer realizar o evento que abrirá uma série de oportunidades empregatícias para o ingresso de estudantes profissionais no curso de formação de oficiais. Assim, o mesmo órgão já determinou a banca responsável pela organização deste processo de seleção.

Por meio do recurso da dispensa de licitação, a empresa encarregada da organização será o Instituto AOCP. A assinatura que firmou definitivamente o contrato para a prestação do serviço foi efetivada no mês passado, agosto de 2018.

Entretanto, ainda não foi divulgada a quantidade oficial de postos de trabalho que serão contemplados neste novo concurso público, que visa ao provimento de cargos na PM-SC. Portanto, existe a grande expectativa de que este mesmo edital venha a ser publicado após o período das eleições.

Observação importante: em caso de esse próximo certame consistir na mesma estrutura do concurso anterior, todos os concorrentes deverão comprovar, por meio de certificado, a posse de graduação em nível superior na área de direito; estar em idade de no máximo 30 anos até o último dia do cadastro da inscrição e possuir de altura mínima de 1,65m para os candidatos homens e 1,60m para as candidatas mulheres.

O histórico registrado no último concurso para o mesmo cargo, na Polícia Militar do Estado de Santa Catarina, abrange as seguintes informações:

A mesma seleção terminou sendo suspensa no mês setembro de 2017, devido a fato de ter sido levantada uma suspeita de fraude. Dado isso, na totalidade haviam sido disponibilizadas 70 ofertas de vagas, das quais 65 se destinavam ao sexo masculino e cinco destinadas para o feminino.

Naquela ocasião a remuneração estava no valor de 4.764,24 reais, para o primeiro período de formação. Após a aprovação no estágio probatório e da chegada ao posto oficial de 2º tenente QOPM, os salários mensais subiriam para o valor de 12.882,69 reais.

Naquela ocasião toda a triagem ocorreria em oito fases, iniciando pela inscrição; seguida da prova escrita; da avaliação sobre a saúde; da avaliação da condição física; da avaliação psicológica; a devida investigação social; a entrega do exame toxicológico e da documentação destinada à comprovação dos requisitos; da inclusão e da matrícula no imprescindível curso de formação de oficiais.

A prova escrita consistiu em um exame objetivo, o qual apresentou um caderno com 80 questões versando sobre a matéria de direito constitucional; matéria de direito administrativo; matéria de direito penal comum; na matéria de direito penal militar; em matéria de direito processual e direito penal comum; em matéria de direito processual e penal militar; em matéria de direito civil; em matéria de legislação institucional; em matéria de língua portuguesa; em matéria de língua inglesa e em matéria de informática.

Entre as atribuições do cargo estão:

Atuar no comando, na chefia e na direção de organizações policiais militares; na coordenação do policiamento ostensivo e sistemático, de forma reservada e velada; no assessoramento do comando; no gerenciamento dos recursos humanos e recursos logísticos; na participação de planejamentos e de execução sobre as ações preventivas e nas operações policiais; no desenvolvimento de processos e de procedimentos administrativos; na atuação e na coordenação das comunicações sociais; na promoção de estudos técnicos e na capacitação profissional; nas pautas de ações sobre os preceitos éticos, técnicos e legais, entre outras tarefas imprescindíveis ao andamento da ordem pública e institucional.

Paulo Henrique dos Santos

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 27 Média: 3]

Edital do concurso deverá ser divulgado ainda este ano.

Na primeira semana de setembro, os profissionais do Direito, assim como aqueles que estão terminando seus estudos acadêmicos na área, foram agraciados com uma excelente notícia.

A Advocacia Geral da União, a AGU, anunciou que já definiu qual a banca organizadora do seu próximo concurso público para este ano de 2018.

Com a autorização do Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão (MPGD) concedida desde o dia 14 de junho deste ano, o órgão agora avança mais um passo rumo ao processo seletivo que vai possibilitar o preenchimento de novas vagas em seu quadro de pessoal.

Para a alegria dos futuros candidatos que já estão em ritmo de preparação, no dia 4 deste mês de setembro, foi divulgado em publicação feita dno Dário Oficial da União (DOU) que a responsável pela execução de todo o processo seletivo será o Instituto de Desenvolvimento Educacional, Cultural e Assistencial Nacional, o Idecan.

Além de divulgar a empresa, a Advocacia Geral da União (AGU), divulgou nota informando que o total almejado de vagas para este concurso deverá ser em torno de 100 vagas a serem distribuídas de modo o mais igualitário possível entre a maioria dos estados brasileiros.

Para tal, a instituição afirma que já está em curso um levantamento prévio das necessidades de cada estado brasileiro para o número de servidores que será preciso locar em cada lugar.

Ainda segundo as informações divulgadas pela assessoria de comunicação, com este anúncio, a expectativa é que o edital do concurso seja publicado em torno do dia 14 de dezembro.

Na expectativa de quais serão os próximos passos em relação à realização do concurso, antes da publicação do edital, a AGU divulgou que ele contará com as seguintes vagas por função: contador (32), técnico em assuntos educacionais (2), técnico em comunicação social (5), administrador (48), analista administrativo ( 10), bibliotecário (1) e arquivista (2).

Se você está lendo este artigo e está querendo iniciar a sua preparação desde já, é bom ir revisando os conteúdos e não deixar para estudar somente com a publicação do edital.

Uma dica é tentar conseguir as provas de concursos anteriores, o que possibilita ao candidato já ir se familiarizando com o tipo de conteúdo que é cobrado pelo órgão.

Para a sua informação dos interessados, o último concurso realizado para o órgão foi realizado em 2014 para o preenchimento também de 100 vagas. Entretanto, elas foram destinadas somente para a cidade de Brasília e para a Secretaria de Portos da Presidência da República.

Na ocasião, além dos mesmos cargos que também serão ofertados para o próximo concurso, foram ofertadas para os cargos de analista de sistemas e de técnico em contabilidade.

A realização deste concurso faz parte de uma das antigas reivindicações por parte de alguns servidores do órgão, com o objetivo de preencher uma lacuna deixada por aqueles que já se aposentaram ou que já deram entrada neste tipo de processo.

Além disto, o ingresso de novos funcionários deverá seguir uma tendência de valorização e de fortalecimento das atividades da AGU em uma boa parte dos estados brasileiros, algo que já faz parte também das propostas defendidas pela categoria de servidores do órgão.

Portanto, se você pretende ingressar numa carreira pública e conseguir a tão sonhada estabilidade financeira e funcional, além de contar com uma remuneração considerada bastante satisfatória para as condições atuais, agora é a hora de intensificar os estudos.

Caso você já esteja em um ritmo de preparação forte, agora é o momento de começar a fazer uma intensa revisão de todo os seus conteúdos com base também no edital do último concurso. O mais importante é não desanimar e ter em mente que todo este sacrifício vai valer a pena no futuro.

Emmanoel Gomes

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 4 Média: 3.3]

Seleção deverá ofertar 167 vagas para Oficial Administrativo.

A previsão é para Setembro de 2018, para a disponibilização do edital da SEE-SP (Secretaria Estadual da Educação). Por enquanto, todo o processo está seguindo seus ritos normais, tanto que o atual governador do estado (Márcio França) já havia anunciado no último dia 3 de Julho a previsão para lançamento do edital.

Em 31 de Julho foi publicada no Diário Oficial a autorização para publicação do certame, também já foi escolhida a comissão especial para o concurso com os seguintes participantes: Viviane Lima, Camila de Azevedo, Lígia Costa (responsável pela presidência da comissão), Nélio Pires e também Leda de Paiva.

A previsão é a disponibilização de 167 vagas, todas para o cargo de Oficial Administrativo, este montante é necessário em vista da quantidade de funcionários aposentados, exonerados e falecidos após o meio do ano de 2017.

Exigências para o edital anterior

Qualquer candidato com o ensino médio finalizado em qualquer instituição com reconhecimento pelo MEC (Ministério da Educação) pode participar.

Estimativas das Remunerações do Cargo

Inicialmente todos os ocupantes dos cargos terão como estimativa as remunerações de R$ 1.339,29 correspondendo a 50% do aproveitamento do PDI (Prêmio de Desempenho Individual) ou R$ 1.535,94 correspondendo ao PDI (Prêmio de Desempenho Individual) com 100% de aproveitamento.

Como foi o último concurso

Realizado em 2011, o concurso contemplava mais de 1.200 oportunidades (cerca de 1.203) houve disponibilização de vagas para diversas cidades do interior do estado (representadas pelas unidades regionais) e também para a capital, foram mais de 70 munícipios contemplados, dentre as cidades selecionadas, destacamos:

  • São Paulo
  • Campinas
  • Apiaí
  • Guaratinguetá
  • Itararé
  • Mauá
  • Itaquaquecetuba
  • São Vicente
  • Registro
  • Bragança Paulista
  • Jaú
  • Pirassununga
  • Jacareí
  • Itapecerica da Serra
  • São Joaquim da Barra
  • São Carlos
  • Pindamonhangaba
  • Andradina
  • Osasco
  • Sorocaba
  • Guarulhos
  • Diadema
  • Santo André,
  • Catanduva
  • Presidente Prudente
  • São Bernardo do Campo
  • Caieiras
  • Ourinhos
  • Araçatuba
  • Taubaté
  • Jaboticabal
  • Mogi das Cruzes
  • Guarulhos
  • São Roque
  • Araraquara
  • Suzano
  • Santos
  • Sumaré

Toda a organização do concurso foi feita pela Fundação Vunesp. Os candidatos foram submetidos a uma prova de 80 questões em caráter objetivo, sempre com cinco alternativas para escolha de uma correta para cada questão, os conteúdos e áreas ministradas na prova foram:

  • Área da Matemática;
  • Área da Língua Portuguesa;
  • Conhecimentos Específicos a área;
  • Área da Informática;

Um pouco mais sobre o SEE

Representando ao maior rede para ensino em todo o Brasil, a Secretaria da Educação do Estado de São Paulo conta hoje com mais de 5 mil escolas, mais de 230 mil professores em seu corpo docente e cerca de 59 mil servidores estaduais. Todo este contingente atende mais de 4 milhões de estudantes em várias etapas do Ensino Básico.

O SEE é localizado no centro da cidade de São Paulo, na Casa Caetano de Campos, desde 1979 a construção é tombada como patrimônio cultural do estado e do munícipio de São Paulo, pelos seus órgãos oficiais, o CONDEPHAAT (Conselho de Defesa do Patrimônio Histórico Artístico Arqueológico e Turístico do Estado de São Paulo) e também o CONPRESP (Conselho Municipal de Preservação do Patrimônio Histórico, Cultural e Ambiental da Cidade de São Paulo).

Hoje o SEE conta com mais de seis coordenadorias e três órgãos vinculados a sua estrutura organizacional, realizando importante papel na educação de todo estado de São Paulo.

Existe previsão de novos concursos para o SEE-SP

Além deste importante edital em vias de ser finalizado, o Governador de São Paulo também confirmou um novo certame para o cargo de supervisor de ensino, aonde podem ser oferecidas cerca de 372 vagas.

Ainda existe a previsão de abertura de mais de 15 mil oportunidades para professores ministrarem aulas na Educação Básica da rede estadual, seguindo o próprio governo do estado.

Autor: Carlos B.

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 4 Média: 2.3]

Seleção oferta 147 vagas. Inscrições devem ser feitas até o dia 15 de outubro de 2018.

Com um total de 147 vagas, já contando com 33 postos para preenchimento imediato e um restante de 114 vagas para Formação de Cadastro de Reserva, o Conselho Regional dos Representantes Comerciais do Estado de São Paulo, ou simplesmente Core-SP, divulgou recentemente (no último dia 31 de Agosto) seu edital para todos seus interessados.

Cargos, Salários e Pré-requisitos

Os interessados podem participar do preenchimento das vagas com a exigência de três níveis de escolarização:

Candidatos que possuem somente o ensino Nível Fundamental:

  • Cargo de Copeiro, com salários iniciais de R$ 1.429,09 (sendo uma vaga para início imediato e quatro para formação de cadastro de reserva).
  • Cargo de Office boy, com salários iniciais de R$ 1.429,00 (sendo uma vaga para início imediato e quatro para formação de cadastro de reserva).

Candidatos que possuem o Ensino Médio:

  • Cargo de Assistente Administrativo, com salários iniciais de R$ 2.828,49 (sendo dezenove vagas para início imediato e sessenta e dois para cadastro de reserva).
  • Cargo de Operador de Teleatendimento, com salários iniciais de R$ 2.571,36 (sendo duas vagas para início imediato e sete para cadastro de reserva).
  • Cargo de Telefonista, com salários iniciais de R$ 2.571,36 (sendo duas vagas para início imediato e sete para cadastro de reserva).
  • Cargo de Motorista, com salários iniciais de R$ 2.828,40 (sendo uma vaga para início imediato e quatro para cadastro de reserva).
  • Cargo de Fiscal, com salários iniciais de R$ 2.828,40 (sendo duas vagas para início imediato e sete para cadastro de reserva).
  • Cargo de Técnico de T.I, com salários iniciais de R$ 3.438,03 (sendo uma vaga para início imediato e quatro para cadastro de reserva).

Candidatos que possuem o Ensino Superior:

  • Cargo de Assistente Jurídico, com salários iniciais de R$ 5.382,85 (sendo duas vagas para início imediato e sete para cadastro de reserva).
  • Cargo de Contador, com salários iniciais de R$ 5.382,85 (sendo uma vaga para início imediato e quatro para cadastro de reserva).
  • Cargo de Analista de T.I, com salários iniciais de R$ 5.382,85 (sendo uma vaga para início imediato e quatro para cadastro de reserva).

O local de trabalho será na cidade de São Paulo, com exceção dos cargos de Assistente Administrativo, cujas vagas também podem ser preenchidas nas cidades de Campinas, Ribeirão Preto, Presidente Prudente, Araraquara, Santos, Sorocaba e Bauru.

Como se Inscrever

As inscrições podem ser realizadas do dia 3 de Setembro até o dia 15 de Outubro deste ano (2018), todo o processo de cadastro é online e feito pela empresa Inaz do Pará, através do website: http://paconcursos.com.br.

Os candidatos que optarem por cargos que exigem o ensino fundamental irão pagar R$ 9,00 de taxa de inscrição, já aqueles que preferirem os cargos com a exigência mínima do ensino médio pagam R$ 9,10, por fim os candidatos a cargos com exigência de ensino superior irão desembolsar R$ 9,20 de custas.

As Etapas e Provas

As provas serão realizadas na Cidade de São Paulo, com data prevista para sua realização no dia 20 de Janeiro de 2019. Os candidatos irão se submeter a provas objetivas, havendo provas discursas para os cargos de Analista, Assistente Jurídico e também Contador.

As provas terão como conteúdo programático principal áreas e temas da língua portuguesa, lógica em seu raciocínio, noções de informática, além de conhecimentos gerais e também específicos dependendo do cargo a ser disputado pelo candidato.

Ainda para os cargos cuja exigência é o ensino superior, o Core SP fará uma avaliação de títulos como etapa classificatória do processo, sendo que toda a documentação deve ser enviada impreterivelmente até o dia 4 e 5 de Abril de 2019.

O Edital também estipula dois anos de validade para este concurso, com a possibilidade de prorrogar para mais dois anos caso seja necessário.

Boa sorte a todos!

Autor: Carlos B.

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 7 Média: 3]

Seleção deverá ofertar 50 vagas com salários de mais de R$ 20 mil.

O mês de agosto terminou recentemente com boas notícias para estudantes e profissionais, que desejam engajarem-se em concursos públicos. Foi publicado na última sexta-feira, dia 31 de agosto de 2018, dois editais destinados aos novos concursos públicos para cargos na Secretaria da Fazenda do Estado do Rio Grande do Sul, o Sefaz-RS, destinadas às funções de técnico tributário e de assistente administrativo.

Entretanto, ainda falta uma etapa nesta oficialização, que consiste na liberação de um novo certame destinado ao provimento de cargos na carreira de auditor fiscal do órgão da Receita Estadual. Assim, existe uma grande expectativa de que este documento seja publicado nos próximos dias do mês de setembro, já que, o mesmo faz parte de um contrato assinado com a banca organizadora, cuja responsabilidade estará nas mãos do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação, em Seleção e na Promoção de Eventos, a organização Cebraspe.

Este processo de seleção contemplará um conjunto de, mais ou menos, 50 postos de trabalho. As condições exigidas para se concorrer abrangem o seguinte: que o candidato possua diploma de formação em nível superior. A remuneração inicial paga está no valor de 21,4 mil reais.

Deste modo, a comissão deste próximo concurso público, formada desde o dia 24 de abril de 2018, estará sendo presidida pelo servidor Cláudio Graziano Fonseca e contará, além dele, com a presença dos seguintes suplentes, os servidores Jocemar Joarez Rodrigues e Antônio César Ohse Varela. Este é o grupo responsável pelo andamento de parte do processo seletivo.

De modo geral, é normal que, para se concorrer a um cargo de auditor seja necessário o concorrente possuir certificado de graduação superior em áreas de ciências contábeis; de ciências econômicas; de ciências jurídicas ou mesmo na área de ciências sociais e em administração.

O histórico registrado no concurso anterior dispõe das seguintes informações:

O último certame realizado para o provimento de cargos na mesma função, ocorrido no ano de 2014, foi estruturado no sentido de dispor de um número de 30 postos de trabalho em cargo estável. A banca responsável pela organização, naquela ocasião, foi a instituição Fundatec.

Naquela ocasião, os exames do processo de seleção foram organizados em provas objetivas que consistiram em um caderno contendo 260 questões objetivas, das quais 100 estavam dispostas na primeira prova e mais 80 distribuídas em cada um dos dois testes posteriores.

Portanto, a primeira prova contou com cerca 24 questões versando sobre a matéria de língua portuguesa; foram 16 questões versando sobre matemática e sobre a matéria de raciocínio lógico; foram 20 questões versando sobre a matéria de direito empresarial; versando sobre a matéria de direito penal e sobre a matéria de direito civil e as últimas 40 questões versando sobre a matéria de tecnologia da informação.

Com relação à segunda prova objetiva, foram 30 questões versando sobre matéria de direito tributário; mais 20 questões versando sobre matéria de direito administrativo e direito constitucional e as últimas 30 questões versando sobre a matéria de contabilidade.

Os testes finalizaram com um terceiro caderno de provas objetivas, que contaram com mais 80 questões versando sobre matéria de legislação tributária estadual do Rio Grande do Sul e mais 80 questões versando sobre matéria de auditoria contábil e em matéria fiscal.

Este será um dos concursos públicos mais importantes realizados neste ano de 2018, já que promove quantidade de cargos razoável, além de contar com um possível longo período de duração, que garantirá a nomeação e convocação de concorrentes selecionados na lista.

Vale a pena conferir.

Paulo Henrique dos Santos

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 7 Média: 3.7]

Seleção oferece 9 vagas para o cargo de Juiz.

A carreira da advocacia está entre as seguidas pelos brasileiros. Muitos sonham em se tornar advogados, juízes, promotores e tantas outras funções que essa formação permite. Para aqueles já são profissionais graduados e procuram por novos desafios, uma grande oportunidade acaba de surgir nesta reta final do mês de agosto. Pois o Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso, o TJ/MT, vai realizar um novo certame com a intenção de contratar novos juízes. Saiba agora todas as informações e quem sabe você não se interessa em participar deste novo concurso público.

A respeito das vagas para o cargo de juiz abertas pelo Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso

Para a edição do seu novo processo de contratação, o TJ/MT abriu um total de nove vagas. Desse número, se tem uma oportunidade para candidato portador de necessidade especial e duas oportunidades para indivíduos que atendem a cota racial. Como é do conhecimento da maioria das pessoas, para ocupar um cargo de juiz, o interessado precisa ter a formação em direito. Além disso, é necessário que ele tenha entre 25 a 65 anos. E que tenha no mínimo, três anos de experiência na área e por fim, que não tenha nenhum tipo de pendência com a justiça.

Como o período de inscrições já foi iniciado, posteriormente será explicada toda essa parte, o edital do concurso já foi publicado e algumas informações são de bastante relevância. Uma delas, por exemplo, é a respeito da banca organizadora, que será a Fundação Vunesp. Esse ponto é importante, pois as bancas costumam ter certas características próprias e os candidatos que se preocupam com isso podem ter alguma vantagem. Por isso, é interessante olhar provas passadas que já foram aplicadas pela Vunesp. Outro dado importante é sobre o valor da remuneração, os aprovados vão receber cerca de R$ 23.577,96.

Sobre as cinco etapas do processo seletivo aplicadas pelo TJ/MT

Os interessados neste processo seletivo vão realizar cinco tipos distintos de avaliações. Veja agora sobre cada uma delas:

-Primeira etapa: nesta fase inicial, os inscritos vão realizar uma prova de múltipla escolha com 100 questões. Essa avaliação vai ser dividida em três blocos. O primeiro vai contar com 30 perguntas sobre direito da criança e do adolescente, do consumidor, processual civil e direito civil. Já o segundo bloco vai contar com 35 questionamentos e nele as temáticas de direito eleitoral, constitucional, processual civil e direito penal vão ser abordadas. Por fim, o último bloco também vai ter 35 perguntas sobre direito administrativo, ambiental, tributário e direito empresarial.

-Segunda etapa: os participantes vão realizar um exame com questões abertas sobre questões específicas que estão todas listadas nos anexos presentes no edital. Para saber quais são os assuntos, os inscritos podem acessar o seguinte endereço eletrônico: https://www.vunesp.com.br/TJMT1801. Essas informações se encontram no item “Anexo I – Conteúdo Programático”, a partir da página 39.

-Terceira etapa: nesta fase vão ser analisadas todas as informações sobre os candidatos. Além disso, vão ser feitos testes de sanidade física e psicológica.

-Quarta etapa: nesta última etapa, os inscritos vão realizar uma prova oral. O conteúdo vai ser o mesmo aplicado na segunda etapa, cujos assuntos foram todos relacionados no edital. As temáticas estão todas no documento oficial, pois, se tem uma quantidade grande de assuntos.

-Quinta etapa: a última fase vai ser uma prova de títulos. Ou seja, uma avaliação de todas as formações e especializações dos candidatos.

A primeira, segunda e quarta etapa vão ser de caráter classificatório e eliminatório. Já a terceira vai ser apenas eliminatória e a quantia classificatória. A primeira etapa está marcada para a data de 18 de novembro de 2018. As demais etapas ainda vão ter os dias divulgados.

Inscrições para o certame do Tribunal de Justiça do Estado de Mato Grosso

Como mencionado acima, o período de inscrições foi aberto, mais precisamente na segunda-feira, dia 20 de agosto de 2018, e as participações vão ser aceitas até o dia 26 de setembro de 2018. A taxa de inscrição é de R$ 235,77 e ela deve ser paga até 27 de setembro de 2018. As participações vão ser exclusivas pela internet, através do seguinte link: https://www.vunesp.com.br/. Basta rolar a página e procurar pelo certame do TJ/MT. O passo a passo para a inscrição está todo explicado e muito fácil de ser realizado.

Boa sorte!

Isabela Castro.

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 2 Média: 4.5]

Novo certame deverá selecionar profissionais para o cargo de Fiscal de Obras Públicas.

Cada vez mais estão surgindo oportunidades de concursos públicos para profissionais de diferentes áreas de formação. Pois, hoje em dia, o que mais se tem são empresas ou órgãos com um quadro de servidores com pessoas de diferentes áreas de atuação. Dessa forma, os concursos se tornaram uma das melhores alternativas para a escolha de novos funcionários. E uma das últimas organizações a divulgar que está na fase inicial de um novo certame é a Agência Estadual de Empreendimentos do Mato Grosso do Sul, a Agesul/MS. Saiba agora as primeiras informações a respeito deste processo seletivo.

O novo concurso público da Agência Estaual de Empreendimentos do Mato Grosso do Sul

As primeiras informações sobre a possibilidade da Agesul/MS realizar um novo concurso público surgiram há algum tempo. Visto que, o último certame da Agência aconteceu no ano de 2016. E muitos certames atuais estão com validade de dois anos de contratação, devido a isso, a expectativa para um novo processo seletivo da Agência estava ganhando força, nos últimos tempos.

Este novo certame ainda se encontra na fase inicial, ainda se tem poucas informações sobre ele. Pois, todos os detalhes ainda estão sendo fechados para que possa publicar o edital e todos os dados serem confirmados de oficial. Mas, enquanto isso não acontece, algumas informações já são de domínio público e precisam ser apresentadas. Por exemplo, existem rumores de que a banca organizadora deste certame vai ser o Instituto Nacional de Seleções e Concursos, o Instituto Selecon. O Selecon, nos últimos anos, se tornou uma das instituições mais conhecidas e mais requisitadas dentro do universo dos concursos públicos. Essa informação deve ser divulgada em alguns dias e depois disso o edital deve ser publicado. Com isso, os interessados podem dar início ao processo de preparação para as etapas do processo seletivo.

Outra informação divulgada é a respeito do cargo em que se têm vagas abertas. Trata-se da função de fiscal de obras. Para os interessados em ocupar este posto é necessário que eles tenham formação a nível superior em geologia, engenharia ou arquitetura. E também que tenham registros nos órgãos responsáveis por cada uma dessas áreas. De acordo também com o que já foi externado, os interessados precisam ter experiência na função, de no mínimo dois anos.

Devido ao dia a dia do cargo, os interessados precisam ter carteira de habilitação nacional para carros. Um grande atrativo para este concurso é a relacionado aos vencimentos dos contratados. As pessoas que forem aprovadas em todas as etapas vão receber um salário que gira em torno de R$ 27.000,00. O número total de vagas não foi divulgado.

A respeito do último processo seletivo da Agesul/MS

Em um parágrafo anterior, foi mencionado que a Agência Estadual de Empreendimentos do Mato Grosso do Sul realizou seu último processo de contratação há dois anos. É importante analisar alguns pontos daquele concurso anterior, pois algumas coisas podem não variar em relação ao novo certame. Assim, já é uma forma do candidato ir se preparando para quando o edital deste ano for divulgado.

No certame de 2016, foram oferecidas 38 vagas para pessoas formadas em arquitetura e engenharia civil. O salário na época chegava próximo a R$ 8.000,00. Os aprovados tinham uma carga horária de 40 horas semanais. Dentre todas essas informações, a mais que se destacou era o tipo de seleção que os recrutadores da Agesul/MS escolheram. Eles não realizaram um processo seletivo com diferentes etapas. Eles selecionaram os novos funcionários, através de uma verificação do currículo levando em consideração a formação e as especializações dos candidatos e também realizaram entrevistas com todos eles para saber quais dos inscritos atendiam melhor às expectativas da instituição. Os contratados podiam trabalhar por até dois anos na Agência.

Não se tem informações ainda de como será as provas aplicadas neste novo edital, se de fato terá avaliações com assuntos específicos ou se os métodos avaliativos vão ser como o do concurso de 2016. Para conferir as novidades a respeito deste novo certame acompanhe diariamente: http://www.agesul.ms.gov.br/.

Isabela Castro.

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 2 Média: 3]

Prazo para se inscrever termina no dia 10 de setembro de 2018.

A Aeronáutica já abriu seu novo concurso 2018/1019. Essa é uma ótima oportunidade para quem deseja ingressar na área. Essa oportunidade é quem para quem quer entrar no Curso de Formação de Sargentos. Esse curso será realizado na EEAR (Escola de Especialistas de Aeronáutica), que fica situada em Guaratinguetá, em SP. Então esse é o momento ideal para quem deseja entrar na carreira. Veja as informações completas sobre esse concurso logo abaixo.

Quem pode se inscrever nesse concurso

Para quem deseja se inscrever nesse concurso, é preciso ter alguns requisitos que são:

– Ter o Ensino Médio completo e o Diploma de conclusão

– Ter idade de 17 a 25 anos até a data de 31 de dezembro de 2019

Quem concluir o curso será nomeado ao cargo de terceiro-sargento.

Veja como se inscrever para esse concurso

As inscrições podem ser feitas em dois endereços eletrônicos que são: http://ingresso.eear.aer.mil.br ou www.fab.mil.br/eear. A data máxima para a inscrição é até o dia 10 de setembro, até às 15 horas. Vale lembrar que todos os candidatos devem ter atenção ao preencher a ficha, tomando cuidado para não colocar nenhum dado errado. O valor da inscrição é de R$60,00.

Veja a data máxima para realizar o pagamento da inscrição

Os inscritos podem fazer o pagamento da inscrição até o dia 17 de setembro, é preciso ter atenção ao horário de funcionamento da agência bancária.

Concurso terá 129 vagas

O novo concurso da Aeronáutica conta com 129 vagas que são distribuídas da seguinte forma:

– 8 Vagas para a área de pintura

– 18 Vagas para a área de eletricidade e instrumentos

– 8 Vagas para a área de meteorologia

– 5 Vagas na área de desenho

– 8 Vagas na área de informações da Aeronáutica

– 30 Vagas na área de guarda e segurança

– 6 Vagas na área de cartografia

– 6 Vagas na área da metalurgia

– 10 Vagas na área da eletromecânica

– 8 Vagas para bombeiros

– 12 Vagas na área de suprimento

As vagas para esse concurso são para ambos os sexos, exceto a vaga na área de guarda e segurança.

Veja as informações sobre as etapas desse concurso

Esse concurso terá a primeira etapa onde será aplicada uma prova escrita, que terá o poder de classificar e eliminar. Ela é muito importante e deve ser feita com muita atenção por todos os candidatos, até mesmo aqueles que acham que estão muito preparados. Essa prova é de múltipla escolha e terá as seguintes matérias: Física, matemática, língua inglesa e língua portuguesa.

Além da prova escrita, o novo concurso da Aeronáutica terá outras etapas que podem eliminar alguns candidatos. E elas são:

– Teste de avaliação de condicionamento físico

– Teste de inspeção de saúde

– Exame de aptidão psicológica

– Validação de documento

– Procedimento de heteroidentificação

É claro que todas essas fases podem assustar muitos candidatos, mas o ideal é ficar tranquilo para passar por todas elas sem qualquer tipo de problemas. Quem se inscrever nesse concurso precisa ter em mente que é necessário ter um preparo bem antes do dia da prova e dos testes.

Conheça um pouco sobre o Curso de Formação de Sargento da Aeronáutica

O curso terá duração de 24 meses e terá dentro desse tempo instruções no campo militar, geral e técnico especializado. Ele será administrado dentro de regime de internato militar dentro da Escola de Especialista de Aeronáutica, que fica em Guaratinguetá em São Paulo.

Os alunos irão ficar em um período médio de 40 dias seguidos, dentro de regime fechado, e irá começar a partir da data de início do curso. Esse curso será administrado em formato coletivo com todos os alunos que forem matriculados dentro da Escola de Especialista de Aeronáutica.

Todos os alunos vão receber remuneração fixa dentro da lei para alunos da escola de Sargentos da Aeronáutica e benefícios como: Assistência médica e odontológica, alimentação, alojamento e fardamento.

Essas são algumas das informações do novo Concurso Público da Aeronáutica 2018/2019!

Escrito por Cristiane Amaral

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 41 Média: 3.3]

AOCP foi a escolhida para organizar o concurso.

A expectativa para o concurso da Polícia Civil do Pará é que o edital seja lançado nos próximos meses, já que a banca organizadora já foi contratada e agora faltam poucos detalhes a serem acertados. Quem já vem se preparando para esse concurso fica ainda mais ansioso para o lançamento do edital e quem não deu início aos estudos ainda deve começar logo, pois já está atrasado.

No dia 27 de julho foi divulgado no Diário Oficial do Estado, as informações a respeito do contrato, revelando que a AOCP – Assessoria em Organização de Concursos Públicos Ltda é a organizadora desse certame. É quase certo que até dezembro o edital venha a ser divulgado.

O objetivo desse concurso é preencher 11 vagas, sendo que para Administrador são 5 oportunidades, para Assistente Social é apenas 1 vaga, assim como para o cargo de Psicólogo, mas para Psiquiatra estarão sendo oferecidas 4 oportunidades. E de acordo com edital de licitação para definir a organizadora, pode-se ver que também deverão ser oferecidas vagas para técnico em gestão pública e também médico.

Os salários chegam a R$ 2.727,54 e a taxa de inscrição deve ser de R$ 109,83. Os interessados já podem ir reservando o valor da inscrição. Esse concurso já definiu sua Comissão Especial de Licitação, que ficará responsável por todo planejamento, definindo os requisitos que constarão para todos os candidatos.

A última vez que teve um concurso público para a Polícia Civil do Pará foi em 2016, quando houve a divulgação do edital para o cargo delegado. Os interessados naquela ocasião precisavam ter curso superior completo de bacharel em Direito para poder se inscrever e a conclusão do curso precisava ser feita em uma instituição de ensino superior com reconhecimento do MEC. A remuneração oferecida para os aprovados foi de R$ 12.250,00.

E teve vagas também para outros cargos, como de escrivão, investigador, papiloscopista, mas todos exigiram nível superior completo e o salário ficou na média de R$ 5.204,05. Pelo que conta neste último edital, a jornada de trabalho era integral, sendo que os contratados precisariam se dedicar exclusivamente às atividades dos cargos para os quais se inscreveram, sendo 44 horas semanais, mas em algumas situações pode ser que o profissional seja chamado a qualquer instante, de acordo com as necessidades da Administração da Polícia Civil do Pará.

Os candidatos inscritos neste último concurso se submeteram a uma avaliação por prova objetiva com questões de múltipla escolha, sendo esta de caráter eliminatório e também classificatório. Depois veio a prova de capacitação física, que foi de caráter eliminatório. Em seguida eles seguiram para o exame médico e exame psicológico, sendo ambos de caráter eliminatório. Teve ainda a fase de investigação criminal e social.

Outro detalhe muito importante para quem deseja se inscrever no concurso da Polícia Civil PA 2018 é verificar no edital que será lançado, o local onde as provas serão aplicadas e já ir vendo sobre a viagem, para quem não morar nas cidades indicadas. No último concurso realizado, a prova objetiva foi aplicada em Marabá, Belém, Santarém e também em Altamira.

A prova para delegado, no concurso anterior, teve questões de Direito Administrativo, Língua Portuguesa, Direito Civil, Direito Ambiental, Medicina Legal, Direito Penal, Direito Constitucional, entre outras matérias abordadas, sendo que ao todo foram 80 questões. Teve ainda a prova discursiva onde foi preciso criar uma Peça Processual de Representação.

Já que o concurso da Polícia Civil do Pará 2018 terá o edital divulgado nos próximos meses, a melhor forma de já ir se preparando desde agora é verificar todas as matérias abordadas no concurso anterior, através do último edital e assim o candidato terá uma boa ideia do que poderá ser pedido dessa vez, já que muda muito pouco.

Por Russel

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 14 Média: 2.9]

Seleção deverá ofertar 33 oportunidades.

No início deste segundo semestre de 2018, um novo concurso público está prestes a ser definitivamente oficializado. Nestes próximos dias o novo edital de um processo seletivo público será divulgado. Trata-se do certame promovido pelo Conselho Regional dos Representantes Comerciais do Estado de São Paulo, o Core-SP. Este concurso tem por meta o preenchimento de 33 postos de trabalho imediatos, junto da formação do cadastro reserva de pessoas em relação aos mesmos cargos.

Foi realizado, recentemente, o dito contrato que promove prestação de serviços com a banca responsável pela organização do processo de seleção, que está ao encargo do Inaz do Pará. A fase seguinte será a elaboração do necessário itinerário contendo todas as datas, desde a publicação do edital, a publicação do período de inscrições e a publicação do dia, local e horário das provas.

Este certame contempla todas as classes de estudantes e profissionais, os quais poderão, portanto, participar. Com relação aos concorrentes que possuam ensino fundamental completo, será possível concorrer ao posto de copeiro, com uma vaga disponível e remuneração no valor de 1.429,09 reais e para o posto de office-boy, com uma vaga disponível e remuneração de 1.429,09 reais. Estas duas funções serão preenchidas no município de São Paulo.

Com relação aos cargos cuja exigência seja de nível médio completo, estão disponíveis postos no setor de operador de Tele Atendimento, com duas vagas e vencimento no valor de 2.571,36 reais; posto de telefonista, com duas vagas e vencimento de 2.571,36 reais; posto de motorista, com uma vaga disponível e vencimento no valor de 2.828,49 reais; posto de fiscal, com duas vagas e vencimento no valor de 2.828,49 reais e posto de técnico de TI, com uma vaga e vencimento no valor de 3.438,03 reais. Três destes primeiros postos serão lotados no município de São Paulo e os demais cargos se destinam às cidades de Araraquara e de Bauru, na sequência.

Na mesma linha das pessoas que possuem nível médio completo de escolaridade, este mesmo concurso estará abrindo mais 19 vagas destinadas ao posto de assistente administrativo, a ser lotado nos seguintes municípios: em São Paulo, com 10 vagas; em Campinas, com uma vaga; em Bauru, com uma vaga; em Ribeirão Preto, com uma vaga; em Presidente Prudente, com duas vagas; em Araraquara, duas vagas; em Sorocaba, com uma vaga e em Santos, com uma vaga. O valor inicial do salário é de 2.828,49 reais mensais.

Sobre os cargos reservados aos candidatos com graduação superior em algumas áreas específicas, estão disponíveis postos como: assistente jurídico, com duas vagas e salário de 5.382,85 reais; posto de contador, com uma vaga e salário no valor de 5.382,85 reais e posto de analista de TI, com uma vaga e salário de 5.382,85 reais. Estes cargos terão preenchimento na capital São Paulo.

No que toca às taxas de inscrição, as mesmas, provavelmente, serão estipuladas em 40 reais para o nível fundamental; 57,33 reais para o nível médio e 75,33 reais para o nível superior.

Sobre as fases deste processo seletivo, o itinerário será o seguinte:

O edital de licitação registra que este processo seletivo consistirá de uma prova objetiva contendo questões em múltipla escolha destinadas a todas as carreiras, além da realização de teste discursivo (redação) exclusivo para os candidatos que necessitam comprovar graduação superior.

Com relação ao teste para postos em nível fundamental serão distribuídos cadernos com dez questões sobre língua portuguesa; dez questões sobre raciocínio lógico e mais 20 questões sobre conhecimentos gerais. As provas ministradas aos concorrentes com ensino médio consistirão de dez questões sobre língua portuguesa; cinco sobre raciocínio lógico; cinco sobre informática e as demais 20 sobre conhecimentos específicos.

No caso das provas ministradas aos candidatos com nível superior, serão dez questões sobre língua portuguesa; dez sobre informática e mais 30 sobre conhecimentos específicos.

Paulo Henrique dos Santos

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 6 Média: 3.8]

Seleção deverá contar com 135 vagas de nível médio, técnico e superior.

Para as pessoas que estão estudando para futuros concursos públicos, alguns órgãos já estão divulgando informações a respeito de certames que devem acontecer no início de 2019. Alguns processos seletivos já estão mais adiantados e outros ainda estão no início da organização. Neste último caso, um representante é o concurso da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Amazonas, a Adaf/AM. Os primeiros dados foram revelados no início do último mês e a acredita-se que mais de 100 vagas sejam oferecidas. Veja agora tudo o que já foi divulgado a respeito deste certame e outras informações importantes para a preparação dos interessados.

Os dados iniciais do novo processo seletivo da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Amazonas

As primeiras informações sobre este certame foram divulgadas no final do mês de julho. Uma delas é a respeito da quantidade de vagas e como será a distribuição das oportunidades por cargo. De acordo com o que foi publicado no documento de abertura, vão ser abertas 135 novas vagas apenas para dois níveis de escolaridade: superior e médio.

Ainda de acordo com este documento, do total de vagas, 42 vão ser para pessoas com formação superior e 93 para quem possui ensino médio ou técnico. Para os indivíduos que possuem diploma universitário, as vagas foram distribuídas da seguinte forma: 12 oportunidades vão ser para o cargo de engenheiro agrônomo e 30 para a função de médico veterinário. Já as outras 93 são todas para técnico em agropecuária. Não se tem dados sobre a quantidade de vaga reservada para cota racial e também para portadores de necessidades especiais.

Não se tem informações precisas relacionadas ao valor da remuneração de cada cargo. Pois, como citado acima, só foi divulgado um documento inicial. O edital que traz todos os dados de forma mais precisa ainda não foi publicado. Mas, acredita-se que o valor do salário pode chegar até a R$ 5.000,00. Levando-se em consideração o que esses profissionais recebem atualmente no mercado de trabalho.

Outros dados ainda não confirmados foram a respeito da validade do certame. Além da banca organizadora, as exigências que os candidatos precisam cumprir para ocupar um dos cargos, datas referentes ao processo seletivo e outros. Seguindo os trâmites normais de um certame, para que todos esses pontos sejam confirmados, o próximo passo dado pela Adaf/AM para este certame deve ser a escolha da instituição que vai atuar como banca organizadora.

A respeito das seleções de novos profissionais realizadas pela Adaf/AM

Um dos últimos processos de contratação que a Adaf participou aconteceu no ano de 2015. Um ponto curioso é que esse projeto foi realizado em conjunto com a Agência Amazonense de Desenvolvimento Econômico e Social, a AADES. Na época foram oferecidas mais de 100 vagas e também para formação técnica e superior.

Esse processo seletivo dos dois órgãos tinha como objetivo contratar profissionais para atuar no Projeto de Apoio ao Fortalecimento da Defesa Agropecuária e Florestal no Amazonas. As oportunidades eram para os seguintes cargos: auxiliar de serviços gerais, artífice, motorista, auxiliar administrativo, auxiliar de campo, técnico de campo, técnico agropecuário, jornalista, médico veterinário, engenheiro florestal, engenheiro agrônomo, analista de tecnologia da informação, economista, contador, administrador de empresas, analista administrativo e advogado.

O projeto visava alocar os profissionais para atuarem em cidades como: Presidente Figueiredo, Careiro da Várzea, Boa Vista do Ramos, São Sebastião do Uatumã, Novo Aripuanã, Boca do Acre, Santo Antônio do Içá, Manau e outras localidades do estado. Na ocasião, os salários variavam entre R$ 820,00 e R$ 4.800,00.

Outras informações davam conta que o processo seletivo de 2015 foi realizado de forma simplificada, o que na maioria das vezes significa que os candidatos precisam apenas se inscrever e mandar os documentos exigidos. Após isso, os selecionadores avaliam os melhores inscritos de acordo com os documentos e competências que cada um apresentou.

O novo processo de contratação da Agência de Defesa Agropecuária e Florestal do Amazonas deve divergir em alguns pontos com o de 2015. A expectativa é que o documento oficial seja divulgado ainda este ano e assim todos os pontos referentes da escolha dos novos funcionários da Adaf vão ser devidamente apresentados. Para acompanhar o andamento deste concurso acesse: http://www.adaf.am.gov.br/index.html.

Isabela Cristina Martins de Castro

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 12 Média: 4.4]

Seleção deverá ofertar 500 vagas para Policial Rodoviário Federal.

Quem se encontra na expectativa de novas notícias sobre um novo concurso da Polícia Rodoviária Federal, já pode se animar pois as notícias que chegam são bastante motivadoras. É que o edital deve ser publicado já neste mês de agosto. De acordo com as primeiras informações o certame irá disponibilizar um total de 500 vagas para a função de Polícial Rodoviário Federal. Saiba mais na continuação deste artigo.

A confirmação se deu por meio da publicação do documento no Diário Oficial da União que autoriza a realização do concurso. A publicação ocorreu na última quarta-feira, dia 27 do mês de julho.

Dessa forma, se tudo ocorrer conforme o previsto o edital de abertura do concurso da Polícia Rodoviária Federla de 2018 deve ser publicado no prazo máximo de seis meses, contando a partir da data em que o documento de autorização foi publicado. Ou seja, até o mês de janeiro de 2019.

Porém, os preparativos já estão em andamento e o edital deve ser publicado já no próximo mês de agosto e o concurso deve ser realizado ainda neste ano.

Inicialmente foram disponibilizdas para aconcorrência 500 vagas, contudo Rentao Dias que é o diretor da corporação afirma que esse número de novos policiais ainda não será o suficiente para o reforço da PRF. De acordo com o diretor, para atender a demanada atual da PRF seriam necessários a contratação de 3 mil novos policiais. Existe na PRF um número alto de servidores que se encontram em processod e aposentadoria, e eles representam um quantitativo de 2 mil policiais.

Os últimos levantamentos apontam que a PRF possui hoje o mesmo quadro de pessoal que possuia no ano de 1994. Contudo, apesar de estar trabalhando com um número reduzido de servidores a corporação tem trabalhado com muita eficiência, alcançando resultados positivos em suas atividades, contribuindo de forma considerável para a redução no número de acidentes nas nossas estradas federais, alémd e trabalhos de fiscalização.

Os planos iniciais eram de que fossem disponibilizadas para a concorrência um total de mil vagas, tanto que havia com o Ministério do Planejamento uma negociação para o acréscimentod e 500 vagas. Porém, com o orçamento mais baixo não foi possível esse aumento das vagas para este ano de 2018.

Segundo as informações da PRF o edital de abertura já foi confeccionado e se encontra pronto para ser publicado. Agora, para que a publicação seja feita falta a contratação da empresa organizadora do certame.

Raul Jungmann, que é o ministro de Segurança Pública declarou em uma recente entrevista que deseja que o editals eja publicado o mais rápido possível, para que o concurso possa ser realizado ainda neste ano de 2018 e os aprovados possam ser nomeados no início de 2019.

Este concurso foi anunciado pelo ministro no dia 28 do mês de fevereiro deste ano,quando foi encaminhado ao Ministério do Planejamento, Gestão e Desenvolvimento um documento que solicitava a liberação d eum concurso para quase 3 mil vagas.

Não foi divulgado como será realizada a contratação da banca organizadora do concurso, mas ao que tudo indica, diante da pressa em se realizar este concurso, esta contratação deve ser de forma direta, sem necessidade de fazer um processo licitatório, que demandaria um tempo maior.

Dessa forma, ao que tudo indica em breve a empresa organizadora deve ser contratada e assim os últimos detalhes do concurso acertados para que o edital seja aberto, assim como o período para realização das inscrições.

Nesse sentido, se você possui interesse em realizar este concurso e se tornar um Policial Rodoviário Federla, já podfe começar a dar início aos seus estudos preparatórios pois o concurso está confirmado e geralmente as vagas são bastante concorridas.

Sirlene Montes

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 3 Média: 2.7]

Edital deverá ser publicado no dia 17 de agosto.

Você é de Roraima e seu sonho é trabalhar no Polícia Civil? Então, temos uma boa notícia: o edital do concurso público PC RR deve ser lançado no próximo dia 17 de agosto. Segundo o que foi divulgado pela governadora do estado, estima-se que o processo seletivo seja realizado até o final desse ano.

O certame tem como objetivo aumentar o seu quadro de pessoal, a fim de melhorar a qualidade do serviço prestado pela instituição. A seleção vai contratar desde peritos criminais até auxiliares de necropsia, compreendendo cargos de nível médio e superior.

Quer saber mais? Confira, abaixo, mais informações sobre o concurso PC RR 2018!

Vagas oferecidas

Conforme o que se sabe sobre a nova edição do concurso, cerca de 315 vagas serão oferecidas, sendo 35 para o posto de delegado, 06 para médicos legistas, 14 para peritos criminais, 02 para odontolegistas, 100 para agentes de polícia, 120 para escrivães, 15 para auxiliares de necropsia e papiloscopista e 23 para auxiliar de perícia criminal.

Para as áreas de auxiliar de necropsia, papiloscopista e escrivão, os candidatos devem ter o Ensino Médio completo. Nesse caso, o salário inicial é de R$ 2.647,03. Já para as demais é preciso ter formação completa no Ensino Superior, tendo o diploma devidamente registrado pelo seu respectivo órgão regulatório. A remuneração inicial para esses cargos é de R$ 3.970,56, com exceção do posto de delegado, que paga R$ 18.387,00.

Quem será a organizadora do Concurso Público PC PR 2018

A PC RR divulgou por meio do Diário Oficial do Estado a banca organizadora do concurso, que vai ser a Fundação Vunesp, que já participou das edições anteriores e é conhecida por aplicar provas com um nível de complexidade médio.

De acordo com a publicação, depois de terem sido apresentadas quatro propostas de instituições diversificadas, o melhor projeto foi o da Fundação Vunesp, o que se deve ao fato de ter capacidade comercial e técnica comprovada a partir da documentação evidenciada.

Como foi o último concurso

A última edição do concurso da PC de Roraima foi realizado em 2003, quando abriu 930 vagas. Na ocasião, o certame selecionou 25 médicos legistas, 05 odontolegista, 30 peritos criminais, exigindo graduação no Ensino Superior. Para o nível fundamental, as ofertas eram de 20 vagas para auxiliar de perito criminal e 20 vagas para auxiliar de necropsia. Além disso, também foram disponibilizadas 100 oportunidades para escrivão, 400 para agente de polícia civil, 200 para agente carcerário, 30 para perito papiloscopista e 100 para delegado.

Os participantes foram avaliados a partir de uma prova objetiva, e discursiva, teste psicológico, exames biométricos e psicológicos, mais a comprovação da capacidade física. Também é feita uma investigação social e funcional, cuja finalidade é verificar se o candidato não possui nenhum impedimento para assumir a função.

Para o posto de delegado, a prova objetiva era composta por 50 questões de conhecimentos gerais, 100 de conhecimentos específicos, mais uma prova discursiva. Para o agente de polícia civil, escrivão, agente carcerário e perito papiloscopista, o exame teve 150 questões, abordando conhecimentos gerais e específicos.

Como se inscrever

Com base no cronograma do concurso, o edital será lançado no dia 17 de agosto, entre os dias 20 e 22 é o prazo final para impugnação do documento, e as inscrições deverão ser realizadas 31 de agosto e 16 de outubro, diretamente no site da banca organizadora. Estima-se que as provas serão aplicadas entre 15 e 16 de dezembro.

Portanto, se você tem interesse em participar do processo seletivo, fique atento às próximas divulgações para não perder nenhum prazo e garantir que a sua inscrição seja feita corretamente.

Texto por Simone Leal

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 5 Média: 3]

Seleção deverá ofertar 40 vagas.

Quem estava esperando o concurso da GGE AL pode se preparar porque em breve será divulgado o edital oferecendo 40 vagas. As oportunidades são para Analista e muitos já veem estudando há algum tempo, justamente para ficar melhor preparado para as provas. Inclusive o documento já foi publicado no Diário Oficial e as vagas para Analista serão para as mais variadas áreas.

Há algum tempo que o concurso público da Controladoria Geral vem sendo esperado e acreditava-se que seriam mais vagas abertas, mas apenas 40 serão disponibilizadas para Analista de Controle Interno. A esperança agora para muitos é que o edital seja publicado nos próximos meses. Em maio, no Diário Oficial do Estado, foi publicado o despacho da Procuradoria-Geral do Estado, que autorizou que um novo certame fosse realizado pelo órgão. A questão é que para tomar posse ainda esse ano é preciso que seja homologado o quanto antes.

Renan Filho, governador de Alagoas, chegou a sancionar uma lei para que o quadro permanente ficasse estabelecido e as normas para que o certame seja realizado fossem todas definidas. A Lei nº 7.972 dispõe as carreiras e no início do ano constou no Diário Oficial do Estado.

Confira como serão divididos os cargos para as vagas de Analista de Controle Interno:

  • Direito: 10
  • Ciências Contábeis: 10
  • Ciências da Computação: 03
  • Engenharia Civil: 04
  • Demais Graduações: 13

Serão aplicadas provas e conferência de títulos para realizar a seleção. Estes contratados deverão realizar tarefas diversas, como análise e controle interno, atuando nos setores relacionados a auditoria de gestão e obras, trabalhando também com convênios, contratos, controle financeiro, contas públicas, ouvidoria, entre outros. É quase certo que os aprovados para o cargo de Analista de Controle Interno tenham uma jornada de trabalho de 40 horas semanais. Todos que forem selecionados terão que participar de um curso de capacitação que será administrado pela Escola de Governo de Alagoas.

Para este cargo serão muitas as atribuições, por exemplo, realizar o controle social sempre atento à transparência da gestão pública, também precisará organizar as atividades relacionadas à fiscalização, conferir os resultados relacionados à ação governamental, cuidar dos recursos públicos, entre outros. De acordo com a publicação já feita, foram determinadas todas as regras para o edital e exigências relacionadas ao mesmo, assim como a quantidade de vagas que poderão ser abertas, as que devem ser reservadas a candidatos com deficiência e o plano de desenvolvimento na carreira.

A validade desse concurso será de dois anos, contando a partir da data de homologação, podendo ser prorrogado por igual período. O edital irá informar qual é o prazo de validade para esse concurso.

A banca organizadora ainda será definida, mas já se sabe que os candidatos devem ter curso superior. A remuneração também não foi informada, assim como o valor da taxa de inscrição.

Até hoje a Controladoria-Geral do Estado de Alagoas não contou com nenhum concurso e o primeiro vem gerando grande expectativa. Com a assinatura do projeto de lei, pelo governador Renan Filho, foi criado o projeto de lei para a instituição do plano de cargos e carreiras. As 40 vagas certamente deverão ser bem concorridas, até porque já circula a notícia de que a remuneração inicial ficará entre R$ 1.265,00 e R$ 3.800,00.

Quem tem experiência em concurso público sabe que é possível começar a se preparar antes mesmo da divulgação do edital, baseando-se no concurso anterior, mas como esse será o primeiro da Controladoria-Geral do Estado de Alagoas, então fica difícil saber ao certo o que poderá ser pedido nas provas. Seja como for, o importante é ficar atento para que tão logo seja publicado o edital, possa fazer sua inscrição e começar a se preparar.

Por Russel

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 5 Média: 3.6]

Seleção conta com 45 oportunidades para diversos cargos.

Foi informado que a Prefeitura de Ponta Grossa, no Paraná, estará recebendo inscrições para seu novo concurso público a partir de quarta-feira, 25 de julho de 2018. Esse concurso visa à contratação de 45 servidores imediatos, além desse total de vagas imediatas também será feito cadastro reserva de pessoal, para vários cargos.

Sobre as vagas

Desse total de vagas imediatas, 10 vagas serão direcionadas para candidatos com ensino fundamental, 14 vagas serão destinadas para candidatos com ensino médio e 21 vagas serão direcionadas para candidatos com ensino superior completo.

Remuneração

Será oferecido salários iniciais que variam entre R$ 1.014,50 e R$ 12.554,17, dependendo do cargo de escolha do candidato.

Carga horária

Os aprovados no concurso terão jornadas de trabalho que variam entre 4 e 8 horas por dia.

Cargos

Ensino Fundamental:

  • Cozinheiro – 4 vagas disponíveis + cadastro reserva. Salário inicial de R$ 1.444.77 e jornada de trabalho de 8 horas por dia.
  • Motorista plantonista – 2 vagas disponíveis + Cadastro reserva. Salário inicial de R$ 1.014,50 e carga horária de trabalho de 8 horas por dia.
  • Operador de escavadeira hidráulica – 2 vagas disponíveis + Cadastro reserva. Salário inicial de R$ 1.632,52 e jornada de trabalho de 8 horas por dia.
  • Trabalhador braçal – 1 vaga disponível + Cadastro reserva. Salário inicial de R$ 1.014,50 e jornada de trabalho de 8 horas por dia.
  • Zelador – 1 vaga disponível + Cadastro reserva. Salário inicial de R$ 1.014,50 e jornada de trabalho de 8 horas por dia.

Ensino Médio ou Técnico:

  • Assistente de administração – 1 vaga disponível + Cadastro reserva. Salário inicial de R$ 1.323,86 e jornada de trabalho de 6 horas por dia.
  • Auxiliar em saúde bucal – 3 vagas disponíveis + Cadastro reserva. Salário inicial de R$ 1.323,86 e jornada de trabalho de 8 horas.
  • Inspetor sanitário – 5 disponíveis + Cadastro reserva. Salário inicial de 2.185,59 e jornada de trabalho de 8 horas por dia.
  • Técnico em segurança do trabalho – 4 vagas disponíveis + Cadastro reserva. Salário inicial de R$ 2.185,59 e jornada de trabalho 8 horas por dia.
  • Telefonista plantonista – 1 vaga disponível + Cadastro reserva. Salário inicial de R$ 1.014,50 e jornada de trabalho de 6 horas por dia.

Nível Superior

  • Analista de sistemas – 1 vaga disponível + Cadastro reserva. Salário inicial de R$ 3.756,38 e jornada de trabalho de 6 horas por dia.
  • Dentista – 2 vagas disponíveis + Cadastro reserva. Salário inicial de R$ 2.866, e jornada de trabalho de 4 horas por dia.
  • Enfermeiro plantonista – 3 vagas disponíveis + Cadastro reserva. Salário inicial de R$ 4.080,18 e jornada de trabalho de 8 horas por dia.
  • Enfermeiro PSF – 3 vagas disponíveis + Cadastro reserva. Salário inicial de R$ 4.080,18 e jornada de trabalho de 8 horas por dia.
  • Farmacêutico bioquímico III – 1 disponíveis + Cadastro reserva. Salário inicial de R$ 4.080,18 e jornada de trabalho de 8 horas por dia.
  • Farmacêutico PSF – 2 vagas disponíveis + Cadastro reserva. Salário inicial de R$ 4.080,18 e jornada de trabalho de 8 horas por dia.
  • Fisioterapeuta – 1 vaga disponível + Cadastro reserva. Salário inicial de R$ 2.866 e jornada de trabalho de 4 horas por dia.
  • Fonoaudiólogo – 1 vaga disponível + Cadastro reserva. Salário inicial de R$ 3.756,38 e jornada de trabalho de 6 horas por dia.
  • Médico plantonista – 1 vaga disponível + Cadastro reserva. Salário R$ 11.343,17 e jornada de trabalho de 24 horas por semana.
  • Médico PSF II – 1 vaga disponível + Cadastro reserva. Salário inicial de R$ 12.554,17 e jornada de trabalho de 8 horas.
  • Médico socorrista – 1 vaga disponível + Cadastro reserva. Salário inicial de R$ 6.902,73 e jornada de trabalho de 12 horas semanais.
  • Médico veterinário – 1 vaga disponível + Cadastro reservas. Salário inicial de R$ 6.835,65 e jornada de trabalho de 6 horas.
  • Musicoterapeuta – 1 vaga disponível + Cadastro reserva. Salário inicial de R$ 3.756,38 e jornada de trabalho de 6 horas por dia.
  • Psicólogo – 1 vaga disponível + Cadastro reserva. Salário inicial de R$ 6.835,65 e jornada de trabalho de 6 horas.
  • Terapeuta ocupacional – 1 vaga disponível + Cadastro reserva. Salário inicial de R$ 6.835,65 e jornada de trabalho de 6 horas por dia.

Inscrições

As inscrições devem ser feitas por meio da internet, na página organizadora do concurso, a Fau Concursos, www.concursosfau.com.br, até o dia 22 de agosto de 2018.

Taxa

O valor da taxa de inscrição será de R$ 40,00 para candidatos que vão concorrer aos cargos que exigem ensino fundamental, R$ 70,00 para os cargos que exigem o ensino médio e R$ 100,00 para os cargos de nível superior.

Provas

As provas objetivas serão aplicadas no dia 23 de setembro.

Rosângela Rodrigues

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 21 Média: 2.6]

Seleção deve abrir 220 oportunidades.

A cada dia, aumenta-se a expectativa da realização de um novo concurso público para o Banco Central, principalmente por conta da atual defasagem de funcionários públicos. São mais de 2 mil postos abertos, acrescidos de futuras aposentadorias, que resultam em um total de 2.356 cargos vagos. Ou seja, aproximadamente 36% do quadro de pessoal está vazio. Desse déficit total, atualmente, cerca de 1.944 estão relacionadas ao cargo de Analista, 123 ao cargo de Procurador e 289 ao cargo de Técnico.

Por essa razão, no dia 30 de maio, a Central do Brasil (Bacen), também conhecida como BCB ou BC, enviou ao MPDG (Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão) um pedido para realização de um novo concurso público, que ainda está em processo de análise.

Nesse pedido, o órgão solicitou cerca de 220 novas vagas para o seu quadro de colaboradores, o que muitos consideraram um número bastante baixo, em comparação com o número de vagas solicitadas no último requerimento, que foi de aproximadamente mil.

Deste total, 200 seriam destinadas para o cargo de Analista e 20 seriam para o cargo de Procurador, excluindo, dessa vez, o cargo de Técnico. Na última solicitação, 800 vagas eram destinadas para o cargo de Analista, 40 para o cargo de Procurador e 150 para o cargo de Técnico.

Segundo Dario Piffer, o presidente do Sinal (Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central), essa crise de quadro de pessoal acarreta em problemas de toda a ordem, especialmente à área da fiscalização. Por essa razão, o Banco Central visa suprir às maiores demandas, como nessa área e na área de procuradoria.

Concurso do Bacen: cargos

Como visto, o cargo de técnico não está mais em cogitação no pedido, mas essa se destinava aos profissionais de nível escolar médio e oferecia uma remuneração inicial no valor de R$ 6.463,44.

Veja agora mais detalhes sobre os demais cargos solicitados no pedido encaminhado ao MPDG:

Vaga de Analista

Haja vista, são quase 2 mil postos em aberto para o cargo de Analista. No entanto, no pedido, a Bacen solicitava apenas 200 vagas — aproximadamente 10% da demanda. O salário mensal inicial para esse cargo é no valor de R$ 16.286,90, já incluso o vale alimentação no valor de R$ 458,00.

Vaga de Procurador

Enquanto que para o cargo de Procurador, a demanda é de cerca de 123 postos, sendo solicitadas 20 novas oportunidades. A remuneração inicial para este cargo é no valor de R$ 17.788,33 ao mês, também com o valor do vale alimentação (R$ 458,00) incluso.

Concurso Bacen: último concurso

O último concurso do Banco Central foi realizado no ano de 2013, oferecendo 500 vagas para o cargo de Técnico e Analista. A banca escolhida, na época, para organizar o certame, foi a Cespe/UnB.

Foram oferecidas cerca de 100 oportunidades para o cargo de Técnico, de nível médio, e 400 para o cargo de Analista, de nível superior. A remuneração inicial variava entre R$ 5.158,23 e R$ 14.289,24. Estas vagas eram destinadas às cidades de Belém (PA), Brasília (DF), Porto Alegre (RS), Salvador (BA) e São Paulo (SP).

Em agosto, do mesmo ano, a Bacen ofereceu também 15 oportunidades para o cargo de Procurador, sendo 14 para a cidade de Brasília (DF) e 1 para Belém (PA).

O processo seletivo constituiu-se de etapas como prova objetiva, prova discursiva e análise de títulos (esta, no entanto, foi destinada apenas para o cargo de Analista). Os candidatos aprovados participaram de um programa de capacitação para começar a exercer função.

Felicia Lopes

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 8 Média: 2.6]

Certame deverá contar com 80 vagas.

Quem sonha em trabalhar no Poder Legislativo da Administração Pública a fim de ser bem remunerado pode conferir aqui uma boa oportunidade. No Centro Oeste, estado de Goiás, a Assembleia Legislativa (ALE GO) está se preparando para seu próximo certame, que visa prover 80 vagas para cargos tanto de nível superior, quanto de nível médio. Se você quer ingressar no serviço público, não perca essa chance. Inicie logo a sua preparação, pois o edital será lançado em breve. Veja mais detalhes do processo seletivo a seguir.

Sobre as vagas a serem oferecidas na ALE de Goiás

Os cargos disponíveis na Assembleia são de Analista e Assistente Legislativos e de Procurador de Segunda Classe. Aqueles que almejam a função de analista devem possuir formação de nível superior nas seguintes áreas: Ciências Contábeis, Assistência Social, Engenharia Civil, Arquitetura, Odontologia, Segurança da Informação, Fisioterapia, Arquivologia, Comunicação Social, Enfermagem do Trabalho, Engenharia Elétrica, Psicologia Organizacional, Revisão Ortográfica, Engenharia do Trabalho e Medicina. Nessa última área, as especialidades a serem anunciadas no edital são: Clínica, Trabalho, Psiquiatria, Cardiologia, Ginecologia e Ortopedia.

É necessário que o diploma de graduação seja emitido por instituição de ensino que esteja regulamentada junto ao Ministério da Educação (MEC).

Já para concorrer ao cargo de assistente legislativo você precisa ter certificado de conclusão de curso técnico em segurança do trabalho ou enfermagem do trabalho; certificado de conclusão de ensino médio para ser policial legislativo ou tradutor intérprete da linguagem brasileira de sinais – libras.

Para ocupar a função de procurador é necessário ser formado em Ciências Jurídicas e possuir registro ativo na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB).

Haverá oportunidades reservadas para pessoas com deficiência (PCD). A jornada de trabalho é de 30 horas semanais.

Inicialmente, a previsão era de contratar 59 profissionais, mas recentemente, no dia 20 de julho (sexta-feira), o presidente da Assembleia Legislativa de Goiás, o deputado José Vitti, do Partido da Social Democracia Brasileira (PSDB), anunciou que autorizou o aumento da quantidade para 80. Segundo o parlamentar, o objetivo é destinar mais 21 chances para a Procuradoria, para a Junta Médica e para o cargo de Policial Legislativo. Assim, será reduzido o número de cargos comissionados. Além disso, o serviço público na ALE de Goiás se tornará mais profissionalizado.

O deputado ainda confirmou que a estimativa de despesas com pessoal, com a contratação dos novos servidores, está adequada com a Lei Orçamentária Anual (LOA), bem como com a Lei de Diretrizes Orçamentárias (LDO).

Previsão de lançamento do edital

Em 2016, a Assembleia havia assinado com a promotoria do estado de Goiás um TAC (Termo de Ajustamento de Conduta). Nesse documento, a ALE GO se comprometia a realizar um concurso no ano de 2017.

Assim, desde o início do ano passado, a publicação do edital é esperada. Em seguida, houve prorrogação do prazo, com o aditivo ao TAC para 31 de março. Como aquele prazo não foi cumprido, foi estabelecido um novo para o segundo semestre de 2018.

Agora há previsão de publicação do edital do certame da ALE de Goiás entre 40 e 60 dias. Mesmo havendo eleição em 2018, a Casa Legislativa poderá realizar o concurso público, só não poderá realizar a nomeação ainda esse ano.

Sobre o último concurso da Assembleia do Estado de Goiás

O último processo seletivo da ALE GO ocorreu no ano de 2015. Na ocasião, a banca responsável por organizar o concurso foi o Centro de Seleção da Universidade Federal de Goiás (UFG). Foram oferecidas chances para nível médio e superior. Os candidatos foram avaliados nas seguintes fases: 1) prova objetiva, 2) prova discursiva, 3) prova de títulos, 4) prova prática – apenas para o cargo de taquígrafo. A remuneração variou entre R$ 3,3 mil e R$ 4,6 mil.

Melisse V.

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 33 Média: 2.6]

Seleção deverá ofertar 37 vagas.

O início do segundo semestre de 2018 conta com mais dois super concursos prestes a serem oficializados. Trata-se do certame destinado ao provimento de cargo de analista jurídico, cujo edital necessita ser publicado nas próximas semanas, e o certame para cargos no Ministério Público do Estado de São Paulo, o MP-SP. Os ditos editais já estão em adiantada fase de configuração, portanto, próximos da liberação oficial.

Deste modo, a meta principal está em abrir em torno de 37 postos, dos quais são 28 destinados aos concorrentes que possuírem a formação no ensino fundamental e os demais nove destinados aos candidatos com nível superior de formação acadêmica. Os vencimentos iniciais podem chegar até ao valor de 12.875,55 reais.

As pessoas com ensino fundamental completo terão chance de concorrer ao cargo no setor de auxiliar de promotoria, o qual conta com uma oferta de 28 postos de trabalho e cuja remuneração inicial está no valor de 3.575,13 reais, que inclui, ainda, o salário no valor de 2.604,65 reais; o auxílio-alimentação no valor de 710 reais e o auxílio-condução no valor de 11,84 reais, todos os dias, o que equivale a 260,48 mensais.

Com relação às nove vagas destinadas aos concorrentes com nível superior de formação, se destinam a cargos no setor de analista técnico científico. Todos os interessados, neste caso, terão que apresentar diploma de formação em nível superior no curso de Administração; de Contabilidade ou de Economia, cujo salário inicial está no valor de 12.875,55 reais.

O critério de distribuição dos postos de trabalho, neste processo seletivo promovido pelo Ministério Público do Estado de São Paulo, será o seguinte:

Entre os 28 postos de trabalho no setor de auxiliar, 20 deles serão destinados para a chamada primeira região administrativa, a qual abrange a capital paulista, ou a Grande São Paulo; o município de Santos e a região do Vale do Ribeira. Portanto, neste caso, todas as vagas se destinam às áreas de eletricista; área de encanador; de marceneiro; de pedreiro; de pintor e no setor de serralheiro.

Os demais oito postos se destinam ao cargo de eletricista e um cargo no setor de encanador, destinado cada um dos outros às quatro áreas regionais. Esta segunda região abrange a cidade de Campinas e a cidade de Taubaté. A terceira região abrange o município de Sorocaba e o de Piracicaba. Na quarta região, a cidade de Araçatuba; cidade de Bauru e de Presidente Prudente. Na quinta e última região, a cidade de Franca; cidade de Ribeirão Preto e de São José do Rio Preto.

O programa para as provas será o seguinte:

Será necessário que os interessados comecem a se preparar nos estudos, já que a base do conteúdo programático dos processos seletivos anteriores está disponível na internet. Com relação ao cargo no setor de auxiliar de promotoria, o último processo de seleção foi realizado no ano de 2014, destinado apenas para o departamento administrativo. Para o cargo de analista técnico científico, o último certame foi realizado no ano de 2015. Os dois concursos acima referidos tiveram como banca organizadora a instituição Vunesp.

Para o cargo de auxiliar de promotoria, o processo de seleção foi realizado por meio de uma única prova objetiva, que consistiu em um caderno com 60 questões, das quais 25 versaram sobre língua portuguesa; 15 versaram sobre conteúdos de matemática e mais 20 questões em cima dos conhecimentos gerais, os quais incluíram seis perguntas sobre história; seis perguntas sobre geografia; seis perguntas sobre as atualidades e as duas últimas sobre temas de legislação.

Vale a pena conferir.

Paulo Henrique dos Santos

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 1 Média: 5]

Edital do certame deverá ser divulgado no dia 20 de julho.

O novo concurso público que visa à contratação de profissionais para o quadro de funcionários da Secretaria Estadual de Educação (Seduc/CE) será publicado no próximo dia 20 de julho. A informação foi anunciada, no dia 3 de julho de 2018, por Camilo Santana, o governador do Ceará.

O processo de seleção tem por objetivo a contratação de 2.500 professores, para diversas áreas de atuação. A distribuição das vagas, de acordo com as especialidades, ainda será confirmada.

Após a declaração do governador, a expectativa é de que nos próximos dias, o nome da banca organizadora responsável pela elaboração das provas seja confirmado.

Segundo o governador, Camilo Santana, o Ceará possui a melhor carreira do país em rede pública. Ele disse que o estado é referência no país. Disse ainda que o governo investe na educação, já que é o que pode mudar o futuro.

Sobre a Seleção Anterior

O último concurso a se realizar com o objetivo de contratar profissionais para a Secretaria Estadual de Educação do Estado do Ceará, a Seduc/CE, aconteceu no ano de 2009.

Na ocasião foram ofertadas 4 mil vagas e a banca organizadora do concurso foi o Cespe/UnB.

O processo de seleção também contou com oportunidades para as diversas áreas de atuação. As vagas foram distribuídas da seguinte maneira:

Cargo: Professor

Área de Atuação: Arte-Educação

Quantidade de vagas disponíveis: 68 vagas disponíveis

Cargo: Professor

Área de Atuação: Biologia

Quantidade de vagas disponíveis: 308 vagas disponíveis

Cargo: Professor

Área de Atuação: Educação Física

Quantidade de vagas disponíveis: 181 vagas disponíveis

Cargo: Professor

Área de Atuação: Filosofia

Quantidade de vagas disponíveis: 117 vagas disponíveis

Cargo: Professor:

Área de Atuação: Física

Quantidade de vagas disponíveis: 374 vagas disponíveis

Cargo: Professor:

Área de atuação: Geografia

Quantidade de vagas disponíveis: 289 vagas disponíveis

Cargo: Professor

Área de Atuação: História

Quantidade de vagas disponíveis: 298 vagas disponíveis

Cargo: Professor

Área de atuação: Língua Espanhola

Quantidade de vagas disponíveis:17 vagas disponíveis

Cargo: Professor

Área de atuação: Língua Inglesa

Quantidade de vagas disponíveis: 249 vagas disponíveis

Cargo Professor

Área de atuação: Língua Portuguesa

Quantidade de vagas disponíveis: 662 vagas disponíveis

Cargo: Professor

Área de Atuação: Matemática

Quantidade de vagas disponíveis: 919 vagas

Cargo: Professor

Área de Atuação: Química

Quantidade de vagas disponíveis: 396 vagas disponíveis

Cargo: Professor

Área de Atuação: Sociologia

Quantidade de vagas disponíveis: 122 vagas disponíveis

A seleção de 2009 contou com quatro etapas, que foram aplicadas da seguinte forma:

1º Etapa: Essa fase foi composta por provas objetivas.

2º Etapa: A prova prática em sala de aula foi aplicada na segunda fase.

3º Etapa: A terceira etapa contou com o programa de capacitação profissional.

4º Etapa: A última fase foi composta pela análise de títulos.

Concurso 2018

Os interessados em participar desse processo de seleção devem ficar atentos a futuras informações, pois conformr informado acima, o concurso já foi confirmado por Camilo Santana, o governado do Estado do Ceará e o próximo passo é a definição da banca organizadora que fará a elaboração das provas.

Assim que esses ajustes finais forem feitos, não demora muito para que o Edital de abertura do concurso seja publicado.

Após a publicação do Edital, os interessados em concorrer a uma das vagas disponíveis devem lê-lo com atenção, para saber se atendem a todos os requisitos exigidos, além disso, devem se atentar a outras informações como o processo de inscrição, pagamento da taxa de inscrição, conteúdos das provas, etapas de avaliação, data de aplicação das provas, datas de publicação de resultados, entre outros.

Além de se atentar a futuras informações referentes a publicação do Edital, esse é o momento que os concurseiros devem intensificar os estudos, para aumentarem as suas chances de aprovação na vaga de interesse.

Rosângela Rodrigues

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 3 Média: 3.3]

Edital deverá ser publicado no segundo semestre deste ano.

Está previsto para o segundo semestre de 2018 um novo edital que anuncia o próximo processo seletivo, destinado a prover cargos no departamento de Polícia Civil do Estado de Sergipe, a PC-SE, na Região Nordeste do Brasil. O concurso está em fase de estruturação final, portanto, a divulgação deste mesmo certame público está próxima de acontecer, agendada para as semanas vindouras, que iniciam o segundo semestre desse ano. Este será um dos melhores concursos realizados em 2018.

Trata-se de um dos concursos mais aguardados, devido a uma longa demanda e ao bom salário pago. Este processo de seleção se destina ao provimento de vagas para o cargo de delegado. Entretanto, depois de solicitada a liberação o evento depende, ainda, de diversos acertos finais sobre o documento oficial, cujos procedimentos estão sendo realizados em conjunto com a banca que será responsável pela organização deste novo certame, a qual ficará por conta do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação, em Seleção e na Promoção de Eventos, o conhecido Cebraspe.

Com relação ao critério adotado para a organização distributiva das vagas e a quantidade das mesmas, a informação lançada ao público foi a de que são dez postos de trabalho disponíveis, sendo que para participar deste processo seletivo será necessário que as pessoas interessadas apresentem o diploma de formação em curso de nível superior na área de direito. A remuneração paga aos servidores do cargo em questão está no valor de 11.500 mil reais.

O histórico registrado sobre o último concurso promovido para o mesmo cargo de delegado, realizado no ano de 2005, indica que a quantidade de vagas ofertadas chegou ao número de 61. Naquela ocasião a banca responsável pela organização foi a instituição Cespe da unB, ou seja, o Centro de Seleção e de Promoção de Eventos, que consiste no órgão que integra a Fundação Universidade de Brasília, o qual está encarregado da realização de diversos concursos públicos no Brasil.

O itinerário de organização e realização dos exames classificatórios e eliminatórios foi o seguinte:

As provas objetivas consistiram em um caderno composto de 120 questões de múltipla escolha, das quais 50 versaram sobre os conhecimentos básicos e as demais 70 questões versaram sobre diversos conhecimentos específicos.

Houve uma segunda etapa na avalição, em que todos os participantes estavam obrigados a se submeter a prova discursiva (redação), na qual foi necessário dissertar sobre uma típica petição inicial, sobre um parecer ou uma dissertação abrangendo o tema a respeito do direito penal ou do direito processual penal, além de uma final avaliação oral, em que os candidatos dissertaram sobre matérias de direito penal e direito processual penal.

Em seguida, depois dos testes classificatórios e eliminatórios, foram realizados os devidos exames admissionais, ou seja: a avalição psicológica; e a devida análise sobre os títulos. A fase seguinte consistiu na realização do curso de formação profissional, no sentido de efetivação dos candidatos nomeados e convocados.

Com relação à estrutura da prova objetiva, em termos de conteúdo programático, o caderno com questões sobre conhecimentos básicos abrangeu os seguintes temas: matéria de língua portuguesa; questões versando sobre conhecimentos específicos, como a matéria de direito administrativo; matéria de direito constitucional; matéria de direito penal; matéria de direito processual penal; matéria de legislação especial e matérias versando sobre os conteúdos de medicina legal.

Este concurso ainda está em fase de oficialização, portanto, todas as pessoas interessadas poderão observar bem as matérias que compõem o conteúdo programático e começar a preparar-se desde agora, no sentido de ganhar tempo e conhecimento. Vale a pena conferir.

Paulo Henrique dos Santos

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 3 Média: 2.7]

Organizadora do certame será a Certame ofertará vagas para os cargos de Delegado, Escrivão e Inspetor.

Está crescendo a expectativa de que em breve será realizado um novo concurso público para preenchimento de postos de trabalho na Polícia Civil do Ceará (PC/CE), concurso que foi anunciado no dia 22 de fevereiro por Camilo Santana, o governador do estado, durante sua entrevista no Programa Paulo Oliveira.

Na entrevista, o governador afirmou que o concurso terá como objetivo a contratação de pessoal para ocupar os cargos de delegado, escrivão e inspetor, porém, não informou a quantidade de vagas que serão oferecidas.

Camilo Santa disse que a Procuradoria Geral do Estado está avaliando a possibilidade de convocar os candidatos do último concurso. Caso isso não seja possível, o governador afirmou que convocará de imediato um novo certame, ainda este ano de 2018. Dessa forma, espera-se que o processo de seleção possa ser iniciado em meados do segundo semestre.

A primeira etapa para a seleção, já havia ocorrido no último dia 31 de janeiro de 2018, quando foi publicada, no diário oficial, a liberação de verbas complementares destinadas para a realização do novo concurso. Esse documento estipula um valor total de R$ 4,5 mi para a nova seleção.

Sobre as Vagas

Acredita-se que a oferta seja similar a do último concurso do órgão, que ocorreu no ano de 2014. Na ocasião foram ofertadas um total de 763 postos de trabalho, divididos entre os cargos de delegado, escrivão e inspetor.

Requisitos para concorrer à uma das vagas

Será exigido de todos os candidatos interessados nas carreiras citadas acima, o Ensino Superior completo e a carteira de habilitação de categoria ‘B” ou superior.

Remuneração

Os aprovados no processo de seleção de 2014 receberam remunerações iniciais entre R$ 2.946,19 e R$ 14.592,39.

Os aprovados no cargo de Inspetor e Escrivão contaram com o salário de R$ 2.946,19, já os aprovados na função de Delegado receberam um salário inicial de R$ 14.592,39.

Carga horária de trabalho

Todos os cargos tinham uma jornada de trabalho de 40 horas semanais.

Sobre a Banca Organizadora

A banca organizadora do concurso que aconteceu no ano de 2014, foi a Fundação Vunesp.

Etapas das Provas

Ainda utilizando o concurso de 2014 como base, para os candidatos que estavam concorrendo aos cargos de Inspetor e Escrivão, o processo de seleção foi composto por duas fases. Na primeira foram aplicadas provas objetivas, já a segunda fase contou com o curso de formação profissional.

Os candidatos que estavam concorrendo às vagas para o cargo de Delegado, além das etapas de provas objetivas e curso de formação profissional, tiveram questões discursivas e análise de títulos.

Além disso, na segunda etapa, os concorrentes foram submetidos ainda a sindicância de vida pregressa, uma prova prática de digitação destinada a candidatos ao cargo de escrivão, um teste de capacidade física destinado a candidatos aos cargos de inspetor e delegado, uma avaliação psicológica, exame toxicológico e avaliação médica.

Conteúdo das Provas

Quem estava concorrendo ao cargo de escrivão, precisou realizar uma prova objetiva composta por 8 questões sobre noções de informática, 12 questões sobre noções de direto constitucional, 14 questões sobre noções de direito penal e 12 questões sobre legislação penal extravagante.

Para os candidatos ao cargo de inspetor, a prova objetiva foi composta por 10 questões sobre língua portuguesa, 8 questões sobre noções de informática, 12 questões sobre noções de direito constitucional, 12 questões sobre noções de direito administrativo, 14 questões sobre noções de direito penal, 12 questões sobre noções de direito processual penal e 12 questões sobre legislação penal extravagante.

Já aqueles que estavam concorrendo à uma das vagas, para o posto de delegado precisou realizar uma prova composta por 10 questões sobre língua portuguesa, 5 questões sobre noções de administração pública, 5 questões sobre noções de informática, 5 questões sobre direito constitucional, 6 questões sobre direito administrativo, 6 questões sobre direito penal, 14 questões sobre direito processual penal, 12 questões sobre legislação penal extravagante, 8 questões sobre medicina legal, 5 questões sobre direitos humanos, 4 questões sobre direito civil, 4 questões sobre direito processual civil, 4 questões sobre direito tributário, 4 questões sobre legislação ambiental, 4 questões sobre criminologia e 5 questões sobre legislação especial. Aprova também contou com uma peça processual e 2 questões discursivas.

Rosângela Rodrigues

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 6 Média: 3.2]

Seleção oferta 2.700 vagas para a função de soldado.

Nos últimos dias, a Polícia Militar do Estado de São Paulo (PM/SP) divulgou o nome da banca escolhida para preparar o seu novo concurso público, que visa oferecer cerca de 2.700 vagas para o cargo de soldado. A banca escolhida, por meio de dispensa de licitação, para ser a responsável por organizar esse certame foi a Vunesp.

Agora com a banca definida, o próximo passo a ser dado é a assinatura do contrato de prestação de serviços. Após ter assinado o contrato, a Vunesp tem alguns dias disponíveis para finalizar o edital e, logo em seguida, ele é publicado, abrindo também o período para as inscrições.

Além disso, é muito importante ressaltar que no mês de dezembro do ano passado (2017), o governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, assinou uma autorização para a realização do concurso público da PM/SP, que vinha a ofertar 5.400 oportunidades, que seriam distribuídas em, pelo menos, dois editais. O primeiro edital também está sendo organizado pela Vunesp e já foi publicado no mês de março. No momento, o processo seletivo deste edital está na etapa de triagem dos participantes.

Dessa forma, o estimado é que o novo edital seja divulgado dentro dos próximos meses, ainda no início do segundo semestre.

Acompanhe o post e saiba mais sobre o concurso público para o cargo de Soldado da Polícia Militar do Estado de São Paulo.

Concurso público da PM/SP: soldado

Muitas são as atribuições dadas a um soldado. Por isso, é necessário que ele atenda a alguns requisitos básicos para cumprir sua função. Veja melhor o que um candidato precisa para concorrer ao cargo de soldado na PM/SP.

Sobre o cargo de soldado

Os requisitos básicos para concorrer ao posto de soldado são os seguintes:

  • ter concluído o Ensino Médio e possuir o certificado de conclusão;

  • estar na faixa etária entre 17 e 30 anos;

  • possuir a altura mínima, que é de 1,60 m para os homens e 1,55 m para as mulheres; e

  • ter carteira de habilitação (CNH) nas categorias “B” e “E”.

De início, o profissional contratado como Policial Militar da 2° classe recebe uma remuneração mensal no valor de R$ 3.049,41. Esse valor total corresponde às parcelas com valor de R$ 1.178,88 de padrão, mais R$ 1.178,88 de Regime Especial de Trabalho Policial (RETP) e ainda R$ 691,65 pelo fator insalubridade.

Atribuições do soldado

Como visto, são muitas as atribuições de um soldado da Polícia Militar. Podemos listar algumas delas, que são:

  • Efetuar o policiamento ostensivo a fim de assegurar ordem pública;

  • Agir com repressão imediata, em casos de infrações penais e administrativas;

  • Garantir a aplicação da lei;

  • Priorizar sempre pela defesa da vida, pela integridade física e pela dignidade de todas as pessoas humanas, sem exceção, independente de quem seja;

  • Estar sempre em conformidade com os princípios doutrinários da polícia comunitária, com os direitos humanos e com os prescritos da gestão pela qualidade;

  • Realizar o Curso Superior de Técnico de Polícia Ostensiva e Preservação da Ordem Pública, concluindo com aproveitamento, de modo que o profissional esteja devidamente formado, na prática e na teoria, para exercer função no ramo militar; entre muitas outras.

Concurso público da PM/SP: Provas

O esperado é que todo o processo seletivo se assemelhe com o certame que se iniciou no mês de março, devido à escolha da mesma banca. As etapas do concurso anterior consistiam em:

  • Primeira fase: exames de conhecimentos;

  • Segunda fase: exames de aptidão física;

  • Terceira fase: exames de saúde;

  • Quarta fase: exames psicológicos;

  • Quinta fase: avaliação da idoneidade, reputação e conduta social; e

  • Sexta fase: análise de documentos.

Felicia Lopes

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 1 Média: 5]

Seleção irá ofertar 2.700 vagas para soldado.

Nos últimos dias, a Polícia Militar do Estado de São Paulo (PM/SP) divulgou o nome da banca escolhida para preparar o seu novo concurso público, que visa oferecer cerca de 2.700 vagas para o cargo de soldado. A banca escolhida, por meio de dispensa de licitação, para ser a responsável por organizar esse certame, foi a Vunesp.

Agora com a banca definida, o próximo passo a ser dado é a assinatura do contrato de prestação de serviços. Após ter assinado o contrato, a Vunesp tem alguns dias disponíveis para finalizar o edital e, logo em seguida, ele é publicado, abrindo também o período para as inscrições.

Além disso, é muito importante ressaltar que no mês de dezembro do ano passado (2017), o governador do Estado de São Paulo, Geraldo Alckmin, assinou uma autorização para a realização do concurso público da PM/SP, que vinha a ofertar 5.400 oportunidades, que seriam distribuídas em, pelo menos, dois editais. O primeiro edital também está sendo organizado pela Vunesp e já foi publicado no mês de março. No momento, o processo seletivo deste edital está na etapa de triagem dos participantes.

Dessa forma, o estimado é que o novo edital seja divulgado dentro dos próximos meses, ainda no início do segundo semestre.

Acompanhe o post e saiba mais sobre o concurso público para o cargo de Soldado da Polícia Militar do Estado de São Paulo.

Concurso público da PM/SP: Soldado

Muitas são as atribuições dadas a um soldado. Por isso, é necessário que ele atenda a alguns requisitos básicos para cumprir sua função. Veja melhor o que um candidato precisa para concorrer ao cargo de soldado na PM/SP.

Sobre o cargo de soldado

Os requisitos básicos para concorrer ao posto de soldado são os seguintes:

  • ter concluído o Ensino Médio e possuir o certificado de conclusão;

  • estar na faixa etária entre 17 e 30 anos;

  • possuir a altura mínima, que é de 1,60 m para os homens e 1,55 m para as mulheres; e

  • ter carteira de habilitação (CNH) nas categorias “B” e “E”.

De início, o profissional contratado como Policial Militar da 2° classe recebe uma remuneração mensal no valor de R$ 3.049,41. Esse valor total corresponde às parcelas com valor de R$ 1.178,88 de padrão, mais R$ 1.178,88 de Regime Especial de Trabalho Policial (RETP) e ainda R$ 691,65 pelo fator insalubridade.

Atribuições do soldado

Como visto, são muitas as atribuições de um soldado da Polícia Militar. Podemos listar algumas delas, que são:

  • Efetuar o policiamento ostensivo a fim de assegurar ordem pública;

  • Agir com repressão imediata, em casos de infrações penais e administrativas;

  • Garantir a aplicação da lei;

  • Priorizar sempre pela defesa da vida, pela integridade física e pela dignidade de todas as pessoas humanas, sem exceção, independente de quem seja;

  • Estar sempre em conformidade com os princípios doutrinários da polícia comunitária, com os direitos humanos e com os prescritos da gestão pela qualidade;

  • Realizar o Curso Superior de Técnico de Polícia Ostensiva e Preservação da Ordem Pública, concluindo com aproveitamento, de modo que o profissional esteja devidamente formado, na prática e na teoria, para exercer função no ramo militar; entre muitas outras.

Concurso público da PM/SP: Provas

O esperado é que todo o processo seletivo se assemelhe com o certame que se iniciou no mês de março, devido à escolha da mesma banca. As etapas do concurso anterior consistiam em:

  • Primeira fase: exames de conhecimentos;

  • Segunda fase: exames de aptidão física;

  • Terceira fase: exames de saúde;

  • Quarta fase: exames psicológicos;

  • Quinta fase: avaliação da idoneidade, reputação e conduta social; e

  • Sexta fase: análise de documentos.

Felicia Lopes

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 9 Média: 2.4]

Oportunidades são para o cargo de Defensor. Salários chegam a R$ 22 mil.

O próximo certame público a ser realizado na Capital Federal está em processo de oficialização. Trata-se do novo concurso publico promovido pela Defensoria Pública do Distrito Federal, destinado a prover vagas no cargo de defensor. A primeira etapa de formação do processo de seleção foi realizada no dia 20 de junho, em que o mesmo órgão pode expedir um boletim de serviço número 802, o qual agendou a necessária reunião extraordinária, ocorrida na última quarta-feira, dia 27 de junho. Houve uma sessão para determinação dos membros que comporão toda a comissão regente deste certame. Deste modo, as próximas fases de estruturação do concurso terão por meta a elaboração do edital e a definição da banca que será responsável pela realização das provas objetivas, sendo que a etapa final será a confirmação da data de publicação do mesmo edital.

O máximo de vagas ofertadas é em número de cinco. Todas as pessoas interessadas em concorrer deverão apresentar o diploma de graduação acadêmica de nível superior na área de direito, com o devido registro de atuação na OAB e mais dois anos em prática forense. O salário inicial está no valor de 22.589,59 mil reais.

A definição oficial da prática forense é conceituada como o exercício de funções correlatas ao Direito, em quaisquer órgãos públicos federais, estaduais e também municipais; atuação como estágio nas instituições de ensino superior na área do direito; em atividade judicial ou atividade jurídica que mantenha contato direto e permanente com as demais lides forenses e a atuação no efetivo exercício da profissão da advocacia, com no mínimo cinco feitos diferentes e cada ano.

O histórico registrado sobre o concurso anterior expressa o seguinte:

Foi um processo seletivo destinado ao provimento de cargos no mesmo setor, realizado no ano de 2011. Naquela ocasião o número de vagas oferecidas se limitou a três cargos imediatos. Naquele evento a banca responsável pela organização ficou por conta da instituição Cespe da UnB.

Naquele concurso a prova objetiva consistiu em um caderno com 200 questões, as quais versaram sobre matéria de direito constitucional; sobre matéria de direito administrativo; matéria de direito penal; matéria de direito processual penal; matéria de direito civil; matéria de direito empresarial; matéria de direito processual civil; matéria de direito do consumidor; matéria de direitos difusos e direitos coletivos; conteúdos em direito da criança e direito do adolescente; matéria sobre direitos humanos; matéria de direito tributário; de direito previdenciário e sobre organização e matéria sobre os princípios institucionais da Defensoria Pública e sobre a Defensoria Pública do Distrito Federal.

No mesmo processo seletivo foi realizada a prova discursiva (redação), além de uma avaliação oral e análise de títulos.

Com relação à fase dissertativa, as matérias cobradas incluíram o seguinte: uma peça processual e mais quatro questões discursivas. Sobre a primeira, esta versou sobre matérias de direito constitucional; matéria de direito administrativo; matéria de direito penal; matéria de direito processual penal e matéria sobre direitos humanos.

Com relação à segunda, os conteúdos versaram sobre matéria de direito civil; matéria de direito processual civil; matéria de direito empresarial; matéria sobre o direito da criança e do adolescente; matéria sobre direitos difusos e direitos coletivos e matérias sobre direito do consumidor.

Sobre a prova oral, a mesma dividiu-se em três fases, ou seja, uma primeira exposição sobre conteúdos de direito constitucional; matérias de direito administrativo e sobre direitos difusos e coletivos; na segunda parte, a exposição versou sobre conteúdos de direito civil; sobre direito do consumidor e sobre direito processual civil. Por fim, na terceira e última fase, exposição sobre matéria de direito penal; matéria de direito processual penal e sobre direitos humanos.

Vale a pena conferir.

Paulo Henrique dos Santos

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 2 Média: 1.5]

Seleção oferece 500 vagas. Inscrições podem ser feitas até o dia 24 de julho de 2018.

Muitos jovens desde crianças sonham com a oportunidade de um dia fazer parte da corporação da Polícia Militar. Como todos já sabem, a única forma de entrar para a PM é por meio de realização de concurso público. E se você reside no estado de Alagoas e busca perla oportunidade de prestar concurso para a Polícia Militar de seu estado, sua chance pode estar bem próxima. É que acaba de ser publicado o edital de abertura do novo concurso público da PM AL, que irá disponibilizar o total de 500 oportunidades. Continue lendo este artigo e saiba tudo sobre esta oportunidade.

As notícias que acabam de chegar são bastante animadoras para quem busca a oportunidade de realizar concurso para a Polícia Militar do estado de Alagoas, pois acaba de ser publicado o edital de abertura de um novo concurso e de acordo com o documento serão ofertadas 500 vagas, sendo que todas elas são para a carreira de soldado, afim de reforçar o efetivo que a corporação possui no estado de Alagoas.

Quem estiver interessado já pode realizar a sua inscrição, uma vez que estas foram abertas na última segunda-feira, dia 25 do mês de junho.

De acordo com as informações dispostas no edital, podem se inscrever no certame pessoas que possuam formação completa de ensino médio, com idade superior a 18 anos e inferior a 30 anos. Além disso, o candidato precisa possuir Carteira Nacional de Habilitação de categoria "B" (no mínimo) e altura mínima de 1,60 m para candidatas mulheres e 1,65 m para candidatos homens.

Os candidatos que forem aprovados nas provas terão que realizar um curso de formação, de modo que somente após a sua realização com um bom desempenho que os recrutas receberão a nomeação de soldados.

Desse modo, enquanto os selecionados estiverem realizando o curso poderão contar com uma remuneração cujo valor é de R$ 1.453,14. Quando o curso for encerrado, o então já nomeado soldado passa a receber uma remuneração no valor de R$ 3.744,47.

Quem desejar realizar o concurso poderá realizar a sua inscrição no certame até o dia 24 do mês de julho.

A empresa contratada para fazer a organização e execução do certame foi a Cespe, que disponibiliza o seu site para que os interessados realizem as suas inscrições. Assim, que quiser se inscrver deve acessar o endereço www.cespe.unb.br. Os inscritos devem pagar uma taxa de participação cujo valor é de R$ 95.

Os inscritos deverão passar por um processo de seleção que consiste na realização de uma prova objetiva composta por 120 questões, que está prevista para ser realizada nas cidades de Maceió e Arapiraca, de modo que os candidatos poderão contar com 3 horas e meia para responder a prova.

Os conteúdos a serem cobrados na prova são de matemática, língua portuguesa, informática, atualidades, ciências sociais, direito administrativo, direito processual penal, direito constitucional, direitos humanos e leis relacionadas ao policial militar.

Além da prova objetiva os candidatos ainda terão que passar por outras fases como avaliações médicas, testes de aptidão física, análise de documentação e investigação de vida social, sendo todas estas etapas de caráter eliminatório. Estas etapas do processo seletivo serão realizadas apenas na cidade de Maceió.

De acordo com o que é informado no edital de abertura, este concurso possui validade de 12 meses, sendo que esta validade pode ser prorrogada por mais 12 meses, conforme necessidade e determinação da Polícia Militar do estado de Alagoas.

Nesse sentido, se você possui interesse em realizar este concurso, não deixe de acessar o site da banca organizadora e ficar por dentro de todas as informações pertinentes ao certame.Faça a sua inscrição e prepare-se para o processo de seleção. Boa sorte.

Sirlene Montes

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 24 Média: 3.3]

Certame ainda precisa de autorização do MPDG.

Quem vem se preparando para o concurso do IBGE, acredita que o edital está próximo de ser lançado, por isso tem intensificado os estudos. Quem tem interesse em se inscrever quando este concurso abrir as inscrições e ainda não começou a se preparar, está é atrasado, pois através do que foi exigido no último edital publicado, é possível ter uma boa base do que será exigido no próximo.

A expectativa para que o concurso IBGE 2018 seja autorizado é muito grande. No último mês de maio, Roberto Olinto, que é presidente do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística, confessou que de fato há uma necessidade urgente para que o certamente seja realizado, de forma que os cargos possam ser preenchidos. Já no final do mês de maio, quando estava sendo realizado o 'II Congresso Democrático sobre o IBGE', Olinto voltou a falar sobre a situação do órgão que precisa contar urgente com novos servidores. Apesar de serem apenas um desabafo, as duas declarações serviram para estimular aqueles que já estão interessados em participar do próximo concurso.

Para o presidente do IBGE, este concurso é uma das prioridades para este ano. Olinto disse ainda que sem a realização do concurso e sem plano de carreira, o Instituto poderá até chegar ao fim e de forma melancólica, pois não sobreviverá sem novos contratados. A preocupação dele agora é passar este problema para o Ministério do Planejamento, mostrando exatamente como a situação é preocupante e grave.

Será feito um reforço ao pedido já passado ao MPDG – Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, para que o concurso seja autorizado o quanto antes e o edital seja publicado ainda este ano. Esse posicionamento do presidente do Instituto faz com que os interessados em participarem do concurso acreditem ainda mais que ele seja mesmo realizado em 2018.

Em dezembro do ano passado, O IBGE solicitou a aprovação para que fossem abertas 1.800 vagas efetivas e deste total, 1.200 são para o cargo de Técnico em Informações Geográficas e Estatísticas. Outras 600 vagas são para o cargo de Analista de Planejamento, Gestão e Infraestrutura em Informações Geográficas e Estatísticas.

Esta solicitação encontra-se até hoje em trâmite na Divisão de Concursos Públicos do Ministério do Planejamento, não tendo uma data para que seja dada uma resposta, dizendo se foi ou não aprovado. Mais de 20 movimentações foram feitas dentro da Pasta desde dezembro de 2017, mas nada de concreto foi definido até agora. Somente depois da autorização do MPDG é que o edital para o concurso do IBGE 2018 pode ser publicado.

Para se inscrever às vagas de Técnico no concurso do IBGE é preciso ter concluído o ensino médio e ter o certificado emitido pela instituição, que deverá ser reconhecida pela MEC. O salário vigente de um Técnico hoje no Instituto é de R$ 3.890,87, já incluso o vale-alimentação. Para o cargo de Analista, o salário é de R$ 8.213,07 e para se candidatar a estas vagas é preciso ter ensino superior completo, sendo aceitos vários cursos.

Em 2015, o IBGE chegou a publicar dois editais de uma só vez, que somavam 600 vagas e a responsável pelo certame foi a FGV – Fundação Getúlio Vargas. Para a carreira de Técnico foram 460 vagas para os mais variados estados, só que a validade terminou ano último dia 30 de maio, já levando em consideração a prorrogação, ou seja, se o IBGE quiser contratar novos funcionários, primeiro terá que realizar um novo concurso.

Com toda esta expectativa, muita gente vem intensificando os estudos, pois acreditam que no segundo semestre deste ano o edital deverá ser publicado e certamente a concorrência será grande.

Por Russel

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 11 Média: 2.6]

Processo Seletivo contará com 500 vagas.

Muitas pessoas que se encontram em situação de desemprego passaram a ver os processos seletivos e concursos públicos como novas opções na hora de tentar conseguir um novo trabalho. Afinal, na atual situação do país, que se encontra em meio a uma crise econômica, o número de vagas disponível no mercado de trabalho é cada vez menor, o que dificulta ainda mais a situação para quem busca uma nova oportunidade. Desse modo, se você reside no estado de Goiás e busca pela oportunidade de realizar um concurso público, acaba de surgir uma novidade bastante positiva.

É que a Seap-GO, que é a Superintendência Executiva de Administração Penitenciária do estado de Goiás, acaba de tornar público aos interessados através da assessoria de imprensa, que está previsto para o mês de setembro a publicação do edital de abertura de seu novo concurso que irá disponibilizar vagas para a função de agente penitenciário.

Já foi adiantado pelo órgão que o documento de contratação da empresa organizadora já está sendo elaborado e em poucos dias deve ser assinado entre as partes. Desse modo, também será anunciado o nome da empresa contratada para organizar e executar o concurso.

Para quem não possui reconhecimento, a realização do concurso foi anunciada no dia 09 do mês de fevereiro. O anúncio foi feito por Marconi Perillo, que é o governador do estado de Goiás, que na ocasião recebeu a visita de Cármem Lúcia, que como todos sabem é presidente do CNJ (Conselho Nacional de Justiça) e também STF (Supremo Tribunal Federal). Nesta visita foram discutidas algumas questões sobre eventuais medidas a serem tomadas pelo governo em relação à crise atual do sistema prisional.

Assim, durante a realização desta reunião o governador comunicou oficialmente à presidente a autorização dada para a realização deste novo concurso que deverá disponibilizar para a concorrência o total de mil vagas no posto de agente penitenciário.

Contudo, segundo as informações cedidas pela assessoria, o quantitativo de vagas a serem realemente disponibilizadas na concorrência deve ser um pouco menor, totalizando 500 vagas.

Desse modo, poderão se candidatar ao cargo de agente penitenciário pessoas que possuam formação de nível superior, indepenedente da área de conhecimento.

A remuneração inicial prevista para este cargo é no valor de R$ 1.500.

A comissão organizadora do concurso já foi formada, sendo presidida por Liliane Morais de Sá, que é a superintendente da escola do governo. Além disso, há outros membros sendo eles Joseleno Borges Sales, João Francisco Alves, Ronnie Peterson, Lorena Pratti, Weruska de Godoy Silva, Degmar Rocha de Souza, Daniel Porto e Cezar Tadeu Veiga, todos servidores da área de segurança do estado de Goiás.

Um agente penitenciário possui como atribuição uma série de atividades, sendo elas a orientação dos presos com esclarecimento das normas de disciplina vigentes, prestando assitência aos internos, conforme haja necessidade, além de outras atribuições.

O último concurso realizado pela Seap do estado de Goiás aconteceu no ano de 2014, quando foram disponibilizadas um total de 300 vagas. O processo de seleção dos candidatos se deu por meio de cinco etapas em que os candidatos foram submetidos à realização de provas objetivas, discursivas, testes médicos, testes físicos e testes psicológicos. Embora tenham sido disponibilizdas na concorrência 300 vagas, contudo, diante da necessidade de novos servidores, foram nomeados o total de 800 candidatos aprovados no certame.

Nesse sentido, se você possui interesse em realizar este concurso, fique atento às novas informações sobre o mesmo, assim como à publicação do edital de abertura com todas as informações sobre o certame.

Não perca essa oportunidade. Prepare-se para a realização das provas e testes e faça a sua inscrição. Aguarde o edital de abertura no mês de setembro.

Sirlene Montes

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 5 Média: 2.4]

Concurso contará com 125 vagas.

Na última terça-feira, dia 26 de junho, Paulo Hartung, governador do Espírito Santo, assinou a autorização para a realização de um novo concurso público para a Secretaria de Gestão de Recursos Humanos do Estado do Espírito Santo (Seger/ES). Esse concurso tem como objetivo oferecer um total de 125 vagas, sendo 90 vagas destinadas para o cargo de Assistente de Gestão e as outras 35 destinadas para o cargo de Analista do Executivo.

Com a autorização, a próxima etapa é decidir qual será a comissão que ficará responsável pela organização do certame, definir qual será o tipo de contratação da banca e, após contratada, a publicação do edital, junto com a abertura do prazo de inscrições. O esperado é que o edital seja publicado até a metade do segundo semestre deste ano.

Segundo o governador, essa seleção será muito importante para a evolução da capacidade de resposta do estado aos cidadãos. Algumas áreas estratégicas do Poder Executivo do Espírito Santo será reforçada graças à contratação de novo pessoal.

Além do mais, essa é a primeira vez que o governo do Espírito Santo está abrindo um concurso para o cargo de Assistente de Gestão. De acordo com Dayse Lemos, a secretária da Secretaria de Gestão de Recursos Humanos do Estado do Espírito Santo, os cargos que compreendem esse concurso são transversais, podendo ser alocados em diferentes secretarias, de modo que fortalecem a administração dos órgãos do Poder Executivo.

Continue acompanhando o post e saiba mais sobre os cargos de Analista e de Assistente de Gestão.

Concurso Seger/ES: Assistente de Gestão e Analista

Para concorrer às vagas de Assistente de Gestão, somente é necessário ter concluído o Ensino Médio. A remuneração inicial prevista é no valor de R$ 1.825,82.

Já para a carreira de analista, é necessário que os candidatos possuam Ensino Superior completo, em qualquer área de formação (porém, desejável Administração, Economia, Ciências Contábeis ou Direito). O profissional contratado virá a receber um salário inicial no valor de R$ 4.443,60.

Além da remuneração, os profissionais contratados em ambos os cargos terão direito de receber um auxílio-alimentação no valor de R$ 300,00. A jornada de trabalho de ambas as carreiras é de 40 horas semanais.

Concurso Seger/ES: atribuições dos cargos

Confira melhor as atribuições de cada cargo desse concurso a seguir.

Assistente de Gestão

Algumas das responsabilidades do Assistente de Gestão são:

  • acompanhar, executar e controlar atividades que são relacionadas às funções de administração de recursos humanos – dentre elas, orçamentários e financeiros, desenvolvimento organizacional, suporte administrativo e de materiais e patrimoniais – todas de nível médio;

  • auxiliar as autoridades em assuntos relacionados a sua área de atuação;

  • realizar atividades de levantamento de dados;

  • ajudar na emissão e organização de relatórios técnicos e demais informações;

  • conferir e realizar cálculos (parte administrativa);

  • produzir, revisar, enviar e arquivar documentos e correspondências (online e offline);

  • efetuar trabalhos de informática básica; entre outras atividades correlatas.

Analista do Executivo

Já as principais responsabilidades do Analista do Executivo são atividades como:

  • planejar e realizar a supervisão as atividades de sua área;

  • realizar estudos e pesquisas na sua área de atuação;

  • compilar informações, pareceres e relatórios dos assuntos relacionados ao seu segmento de atuação;

  • fazer pesquisas de dados e estudos comparativos;

  • manter atualizado o banco de dados específicos, relativos ao seu setor;

  • apresentando soluções e alternativas para o setor administrativa;

  • analisar, avaliar e diagnosticar programas e projetos; entre outras atribuições que estão escritas em sua lei de criação.

Como visto, no momento, pode-se apenas esperar a definição da banca organizadora para prosseguir com as demais etapas do concurso público da Seger/ES.

Felicia Lopes

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 4 Média: 3.3]

Certame ofertará 132 vagas e terá como organizadora a Funece.

Ao norte da Região Nordeste do Brasil um novo certame público está próximo de ser oficializado e anunciado na mídia. Avançaram mais todos os preparativos para a promoção do primeiro concurso realizado por meio da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará, a Secult-CE. O anúncio do mesmo havia sido confirmado no dia 17 do mês de abril de 2018, pela secretaria do governador daquele Estado. Este mesmo órgão realizou, há poucos dias, a contratação da banca responsável pela organização deste certame inédito, a Funece estará encarregada como banca organizadora.

De acordo com o que foi oficial e anteriormente informado pelo governo daquele Estado, este novo certame tem por meta principal o preenchimento de 132 postos de trabalho. Entretanto, ainda não foram revelados mais detalhes sobre este mesmo processo de seleção, porém, foi divulgado, junto da informação do número de vagas, que todas as oportunidades à disposição serão distribuídas em diversas carreiras existentes, sendo que a exigência de escolaridade para concorrer abrange o nível superior completo de formação acadêmica.

Entre as carreiras que este próximo concurso visa promover aos candidatos classificados, na Secult-CE de 2018, estão cargos destinados às seguintes áreas: no setor de arquitetura; no setor de administração; no setor de audiovisual; no setor de artes cênicas; no setor de biblioteconomia; no setor de contabilidade; no setor de direito; no setor de economia; no setor de engenharia; no setor de história; no setor de letras; no setor de mídias digitais; no setor de museologia; no setor de música e no de pedagogia.

Portanto, levando em conta que a publicação do edital de certa formar urge, é muito provável que o mesmo chegue ao público no próximo mês, ou ainda nesses últimos dias do mês de junho.

Conforme a declaração publicada pelo governador, a Secretaria da Cultura do Estado do Ceará (Secult) constitui a mais antiga secretaria na história do Brasil. São mais de 50 anos de atuação, porém, nunca houve um processo seletivo destinado a esse departamento, em especial. Deste modo, foi devidamente autorizado o primeiro concurso visando ao provimento de cargos nesse órgão do setor público. Está sendo realizada uma intensa consultoria, abrangendo todos os estudos necessários.

Desta feita, serão disponibilizados 132 postos de trabalho destinados à Secretaria da Cultura. O processo de oficialização da demanda está na Seplag e a autorização tramitará na Assembleia Legislativa para que a mesma permita realização das provas. Um certame dessa proporção e nesta categoria representa um importante passo na manutenção das raízes da cultura brasileira.

A história da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará pode ser sumarizada no seguinte:

Fundada e inaugurada por meio da lei nº 8.541, no dia 9 de agosto de 1966, o departamento desmembrou-se da Secretaria de Educação por obra, na época, do então governador daquele Estado, senhor Virgílio Távora, cuja oficialização foi devidamente publicada no Diário Oficial do dia 10 do mês de agosto de 1966. A sua vigência se deu a partir do dia 1º do mês de janeiro do ano de 1967, com o início do governo do senhor Plácido Aderaldo Castelo.

Entretanto, com a aprovação da lei nº 8.577, no dia 30 do mês de setembro do ano de 1966, por meio do governo de Plácido Aderaldo Castelo, a qual também foi oficialmente publicada no Diário Oficial naquele mesmo dia, se deu a definitiva inauguração da Secretaria da Cultura do Estado do Ceará. Este é um dos mais importantes concursos prestes a ser realizado no Brasil, em 2018. É muito importante conferir e manter-se atualizado sobre.

Paulo Henrique dos Santos

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 1 Média: 5]

Concurso contará com 119 vagas para Escrivão.

Ontem, dia 26 de junho, a Polícia Civil de Minas Gerais (PC/MG) realizou a divulgação, por meio do seu diário oficial, da banca escolhida para ser a organizadora de seu novo concurso público, destinado para o cargo de escrivão de polícia. A banca eleita foi a Fumarc (Fundação Mariana Rezende Costa).

Agora, com a decisão da banca, é esperado que a publicação do edital ocorra nos próximos dias, junto do período de abertura das inscrições. Serão oferecidas um total de 119 vagas e o requisito básico para concorrer é a conclusão da formação superior, em qualquer área do conhecimento.

A remuneração inicial prevista para o cargo de Escrivão de Polícia é no valor de R$ 4.098,43, junto de demais benefícios, trabalhando numa jornada de 40 horas por semana. O chefe da Polícia Civil, João Octacílio Silva Neto se pronuncia otimista com o concurso, satisfeito com os avanços que estão ocorrendo na Polícia Civil de Minas Gerais.

Novo concurso para Escrivão de Polícia da PC/MG: Atribuições ao cargo

O servidor público do cargo de Escrivão de Polícia está encarregado de prestar seus serviços mediante condições adversas de segurança — colocando sua vida em risco — de modo que pode vir a cumprir horários normais ou irregulares, podendo estar sujeito a ser chamado a qualquer hora do dia ou para realizar plantões noturnos para efetuar as diligências policiais.

Novo concurso para Escrivão de Polícia da PC/MG: último concurso

O último concurso realizado pela PC/MG para o cargo foi no ano de 2011. Nesse processo seletivo foram oferecidas um total de 349 vagas, sendo 205 para o cargo de Escrivão da Polícia e 144 para Delegado. Nesta época, a banca selecionada para organizar o certame também foi a Fundação Mariana Resende Costa (Fumarc).

O processo seletivo do ano de 2011 era composto pelas seguintes fases:

  • Etapa 1: prova objetiva;

  • Etapa 2: prova de digitação;

  • Etapa 3: avaliação psicológica;

  • Etapa 4: exames biomédicos e biofísicos;

  • Etapa 5: investigação social; e

  • Etapa 6: curso de formação policial.

A prova objetiva continha 60 questões de múltipla escolha e o conteúdo programático cobrado se distribuía da seguinte forma:

  • Conhecimentos básicos na disciplina de Língua Portuguesa — 10 (dez) questões;

  • Conhecimentos básicos na disciplina de História — 10 (dez) questões;

  • Conhecimentos básicos na disciplina de Geografia — 10 (dez) questões;

  • Conhecimentos básicos na disciplina de Informática — 10 (dez) questões;

  • Conhecimentos básicos na disciplina de Direitos Humanos — 5 (cinco) questões;

  • Conhecimentos básicos na disciplina de Direito — 10 (dez) questões; e

  • Conhecimentos básicos na disciplina de Medicina Legal — 5 (cinco) questões.

Novo concurso para Escrivão de Polícia da PC/MG: previsão para 2018

Como visto, ainda não há previsão da data de publicação do edital oficial, nem da abertura do período das inscrições. No entanto, como no momento a banca já foi escolhida, o próximo passo é que as duas partes assinem o contrato. Após a assinatura do contrato, a banca recebe mais alguns dias para finalizar o certame e, logo em seguida, ele é publicado.

Por isso, acompanhe sempre o portal da Fundação Mariana Resende Costa (Fumarc) e também o da Polícia Civil de Minas Gerais para estar por dentro das informações e ter acesso ao edital assim que ele for publicado.

Vale ressaltar também a importância de ler todo o edital e, se possível, mais de uma vez, para que tenha a certeza de que absorveu todas as informações necessárias do certame. Além disso, também é importante ficar atento às datas para não perder nenhuma das etapas do processo seletivo.

O edital poderá ser publicado no portal da Fumarc ou no site da PC/MG.

Felicia Lopes

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 10 Média: 3.2]

Certame deverá contar com 53 vagas de nível médio e superior.

Uma notícia animadora para quem estava aguardando ansiosamente por informações sobre o andamento do concurso do Instituto de Atendimento Socioeducativo do Espírito Santo, é que foi autorizado novo concurso. Muitas pessoas estavam aguardando e já se preparando para esse concurso, que vai ser muito disputado. A notícia que não anima muito é que não serão muitas vagas, então o ideal é estar preparado para ter uma ótima pontuação e aumentar as chances de passar e ser convocado. Veja logo abaixo mais informações sobre esse concurso.

Quando será a publicação do edital?

A previsão para a publicação do edital desse concurso é para a metade do segundo semestre, que logo está chegando. Então para quem não quer perder tempo nos estudos, o ideal é seguir a linha de raciocínio de professores especializados que dão dicas na internet. É bom pesquisar bastante e se preparar com o pouco de informação que se tem. Outra dica legal é fazer cursos preparatórios especiais para essa área. Essa é a melhor forma de ficar na frente em um concurso tão disputado.

Informações sobre a banca organizadora

A notícia sobre a banca organizadora desse concurso vai sair logo, e há uma grande expectativa sobre essa informação. Os futuros inscritos para o concurso Iases ES torcem para que a escolha seja de uma banca não tão rígida e que não coloque muitas pegadinhas em suas questões. Por hora não se tem mais notícias sobre essa escolha, o que resta é torcer.

Quantidade de vagas desse concurso

São 53 vagas no total, que para muitos candidatos é uma quantia pequena. São 37 vagas para quem possui o Ensino Superior e 16 vagas para quem tem o Ensino médio. Talvez muitas pessoas tenham se decepcionado com a quantidade de vagas, porém, não tem nada mais há fazer além de estudar bastante para esse concurso.

Informações sobre as vagas para o Ensino Médio

As vagas para quem tem o Ensino Médio é para o cargo de Assistente de Suporte Socioeducativo. São apenas 16 vagas e a remuneração inicial é de R$1.825,82, além do benefício de auxílio alimentação no valor de R$300,00.

Informações sobre a vaga para quem tem Ensino Superior

As vagas para quem tem Ensino Superior são para os seguintes cargos: Assistente social socioeducativo (10), Analista de Suporte (15), Psicólogo Socioeducativo (7) e Pedagogo Socioeducativo (5). No total são 37 vagas e a remuneração inicial é de R$4.433,60, além do benefício de auxílio alimentação no valor de R$300,00.

Veja as formações desejáveis para quem tem o Nível Superior

Há regras para os cargos de Nível superior, pois eles precisam de formação específica.

Para o cargo de Pedagogo Socioeducativo é preciso ter formação em Pedagogia ou Bacharelado e registo no conselho.

Para o cargo para o cargo de Psicólogo Socioeducativo é preciso ter Bacharelado em Psicologia e registro no conselho.

Para o cargo de Analista de Suporte Socioeducativo é preciso ser formado em uma das seguintes áreas: Direito, Administração, Ciências Contábeis, Jornalismo e Economia.

Informações sobre taxas de inscrição e isenção

Essas informações vão estar dentro do edital, assim como matéria completa das provas, locais onde serão realizadas as provas (bairros) e todas as informações precisas.

Dicas de como estudar para o concurso

Para não se enrolar nos estudos para o concurso o ideal é montar um cronograma de matérias, com dias e horários para estudar. Dessa forma a preparação não fica tão maçante. Quem tiver a oportunidade de fazer um curso preparatório, terá mais chance de assimilar as matérias, já que as ajudas de professores sempre são bem-vindas.

Dicas para o dia da prova

No dia da prova o candidato deve chegar antes da abertura dos portões ou de acordo com o que for estipulado no edital. Tente não ficar nervoso e faça a prova de forma tranquila sem correr!

Boa sorte a todos!

Escrito por Cristiane Amaral

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 22 Média: 3.5]

Concurso conta com remuneração de R$ 24.818,90. Inscrições vão até 25 de julho.

O Ministério Público da Paraíba divulgou no Diário Oficial Eletrônico o edital do novo concurso público para o cargo de Promotor Substituto. Regido pela FCC (Fundação Carlos Chagas), a atual seleção será composta de 10 vagas, todas para nível superior de escolaridade.

De acordo com o Portal de Transparência do Ministério Público da Paraíba, o salário atual de Promotor de Justiça Substituto é de R$ 24.818,90. O auxílio moradia é de R$ 4.377,73 e auxílio alimentação de R$ 900,00.

Vagas e Inscrição

Das 10 vagas disponíveis para Promotor, uma será de uso exclusivo dos candidatos portadores de necessidades especiais, desde que as limitações não interfiram nas funções do cargo. Outras duas serão concedidas aos candidatos negros que concorrerem nessa categoria.

Os portadores de deficiência deverão enviar via online, juntamente com o formulário de inscrição, laudo médico especificando o tipo e grau de deficiência. Também deve ser solicitado o atendimento especial necessário para a realização das provas, como fonte ampliada, prova em braile, intérprete de língua de sinais, mesas e banheiros adaptados, entre outros.

Os interessados deverão se inscrever entre o dia 26 de junho e o dia 25 de julho de 2018, até às 14h, unicamente via internet. Para se inscrever basta acessar o site da Fundação Carlos Chagas (www.concursosfcc.com.br) nos dias especificados no edital, preencher os formulários de inscrição e gerar o boleto para pagamento da taxa de inscrição. O valor de R$ 285,00 deve ser pago até o dia 25 de julho de 2018 para que haja a confirmação da inscrição.

É importante ao candidato ler atentamente o edital, a fim de verificar se atende a todos os requisitos exigidos para a posse de cargo antes de se inscrever e pagar o boleto.

Poderão solicitar isenção do pagamento da taxa os candidatos doadores de sangue ou de medula óssea, doadoras de leite materno e cidadãos de baixa renda devidamente cadastrados no CadÚnico. Os interessados terão até o dia 2 de julho de 2018 para solicitar a isenção.

Requisitos

Caso seja aprovado, o selecionado deve atender a uma série de requisitos para tomar posse do cargo.

Além de possuir diploma reconhecido pelo MEC, comprovando nível superior de Bacharel em Direito, o interessado deve ter registro na OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) e três anos de experiência na área jurídica, também será necessário se encaixar nos seguintes requisitos:

Ser brasileiro; não possuir antecedentes criminais; estar regularizado com as obrigações eleitorais e militares; possuir bom porte social; ter capacidade física e mental para exercer as atividades da função; comprovar toda a documentação exigida no edital.

Seleção

Os futuros promotores serão avaliados e selecionados por meio de provas objetiva (eliminatória e classificatória), discursiva em duas etapas (eliminatória e classificatória), oral (eliminatória e classificatória) e de tribuna (somente classificatória), além de avaliação de títulos (classificatória). Também será necessário participar e concluir o Curso de Formação.

Todas as provas acontecerão na cidade de João Pessoa.

Demais informações como cronograma, datas, disciplinas das provas e números de questões estão disponíveis no edital oficial do concurso.

Concurso MP PB 2011

A última edição do concurso do Ministério Público da Paraíba aconteceu em 2011, ofertando 20 vagas para o cargo de Promotor. Nesse ano 5% das vagas foram reservadas para candidatos com deficiência e a remuneração inicial foi de R$ 15 mil.

Os candidatos passaram por prova preambular objetiva com 5h de duração, prova escrita em duas etapas, aplicadas em dias diferentes, com duração de 4h cada. Também houve prova oral e prática de tribuna.

Apesar da grande necessidade de novos Promotores no Ministério Público, um novo concurso ainda não havia sido realizado por baixas no orçamento.

Fabio Santos

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 0 Média: 0]

Concurso contará com 140 oportunidades de trabalho.

Para quem busca uma oportunidade de ingressar numa carreira pública e conseguir a tão sonhada estabilidade no emprego, aliado ao fato de uma remuneração razoável, então é bom estar atento para as oportunidades que deverão surgir nos próximos meses.

Se você que está começando a leitura deste artigo mora no estado de Goiás, saiba que cresce as expectativas em relação ao concurso público a ser realizado pela Emater (Agência de Assistência Técnica, Extensão Rural e Pesquisa Agropecuária) da região.

A notícia em torno do processo seletivo deixou de ser uma especulação e ficou confirmada logo depois que o próprio governador do estado, Marconi Perillo, anunciou em um evento público na região que o concurso vai ser realizado no segundo semestre de 2018.

O fato aconteceu durante uma cerimônia em que foram entregues cerca de 24 aparelhos de GPS para os técnicos agrícolas do órgão e de 21 novos veículos que irão auxiliar nos trabalhos do órgão em todo o estado.

O anúncio foi feito no último dia 21 de março e desde então está sendo um dos principais motivos para que todos os interessados já estejam em fase de preparação para este próximo concurso.

Além do anúncio oficial feito pelo próprio governador do estado, os integrantes da gestão estadual anunciaram que as provas de seleção para o órgão só deverão ser aplicadas depois que um programa de demissão voluntária for executado.

O objetivo é ‘enxugar’ a máquina administrativa do órgão e, segundo Pedro Arraes, atual presidente da Emater Goiás, a execução do desligamento voluntário deve ocorrer de maneira generalizada e deverá atingir todos os atuais servidores da ativa.

De acordo com o gestor do órgão, a agência conta com mais de 360 servidores que se enquadram nos critérios adotados para o cumprimento do programa.

Segundo Pedro Arraes, uma grande maioria já está na terceira idade, o que contribui para o fato de que se possa apressar o processo de aposentadoria deste número expressivo de funcionários.

Além de tornar o órgão mais eficiente, pois os novos integrantes do quadro funcional da instituição a serem selecionados por meio de concurso público, deverão ter uma formação técnica mais atual, o que contribui para elevar a eficiência administrativa e operacional interna, haverá uma grande economia para o estado.

O PDV espera ter uma economia da ordem de quase 30 milhões nessa fase inicial e cerca de quase 60 milhões ao longo de mais de cinco anos.

Para o governo, esta é a solução mais adequada para tornar todo a administração pública estadual muito mais eficiente e bem mais produtiva, o que se reverte em vários benefícios para todos os habitantes do estado.

Depois deste processo é que serão apuradas quais as reais necessidades do órgão em termos de pessoal e serão solicitadas as vagas necessárias a serem preenchidas numa nova configuração.

As especulações iniciais já falam em algo em torno de 144 vagas, mas somente após os desligamentos previstos é que se terá uma noção da verdadeira necessidade do órgão.

A previsão é que o edital só seja publicado após os desligamentos. Entretanto, para quem não quer perder tempo, é bom ir se preparando. O ideal seria que os interessados pudessem ter acesso ao conteúdo das últimas provas aplicadas em concursos anteriores do órgão.

Os mais experientes com certeza aproveitar todo este tempo que existe bem antes de publicação do edital para ir logo revisando todo o conteúdo acumulado e o bom é não deixar um conteúdo muito extenso para ser estudado depois da publicação do edital.

As provas costumam ocorrer num prazo de seis meses depois, tempo muito curto para quem quer aprender um conteúdo que não domina muito bem.

Portanto, é hora de ficar bastante atento e se preparando desde já para quem sonha ingressar numa carreira pública na vida.

Emmanoel Gomes

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 1 Média: 5]

Processo Seletivo deverá ficar para o segundo semestre de 2018.

Quem está procurando um novo emprego sabe que está muito difícil conseguir uma oportunidade no mercado de trabalho. Afinal, este se mostra cada dia mais exigente e as vagas que existem são muito concorridas, o que deixa tudo mais difícil. O motivo deste quadro se deve ao fato de que o país atravessa uma forte crise econômica e também política que atingiu todos os setores. Muitas empresas de todos os portes tiveram que encerrar suas atividades, enquanto que outras para conseguirem se manter no mercado tiveram que realizar cortes em seus quadros de servidores. Daí, ocorreu um aumento no número de desempregados no país, buscando por novas formas de driblar esta crise.

E por falar em escapar da crise, muitas pessoas passaram a ver os processos seletivos e concursos em geral, como novas formas de se conseguir uma nova colocação. Dessa forma, o número de pessoas inscritas em concursos públicos aumentou muito desde o ano passado.

Desse modo, quem reside no estado do Mato Grosso e aguarda pela publicação do novo edital de abertura do concurso público da Polícia Civil deve esperar um pouco mais. É que a publicação do edital do certame foi adiada para o segundo semestre deste ano de 2018.

Inicialmente, de acordo com o que foi anunciado por Gustavo Gracia, que é o Secretário de Segurança Pública, o documento já estaria pronto para publicação no mês de março deste ano, porém isso não aconteceu.

O motivo do adiamento se deve ao fato de que o governador do estado, Pedro Taques, ainda não deu a autorização de modo formal, ou seja, não foi publicado no Diário Oficial o documento que autoriza a realização do concurso, documento este que deve conter todas as informações sobre o mesmo. Além disso, somente após essa autorização formal ser concedida é que se poderá contratar uma empresa para organizar e executar todo o processo do concurso.

Mas, ainda existe uma grande expectativa de que isso seja resolvido o mais pronto possível e assim o edital possa ser publicado com todas as informações sobre o certame.

Embora nada ainda tenha sido confirmado, a expectativa inicial é de que o novo concurso público da Polícia Civil do estado de Mato Grosso venha disponibilizar para a concorrência o total de 1.200 vagas, sendo que deste total 600 são para o posto de escrivão e outras 600 são para o posto de investigador de polícia.

Aos interessados em realizar o concurso vale saber que para concorrer a uma vaga, independente do cargo pretendido, o candidato precisará possuir formação em curso superior em qualquer área do conhecimento.
Um profissional que atua em qualquer uma dessas funções recebe inicialmente uma remuneração no valor de R$ 5.310,83, para o cumprimento de uma carga horária de trabalho no total de 40 horas por semana.

O concurso foi realizado em duas etapas, sendo que na primeira os candidatos tiveram que realizar uma prova objetiva, mais uma prova de digitação ( para o cargo de escrivão), exames de saúde, exames de aptidão física, teste psiscológico, além de pasarem por investigação social.

Assim, os aprovados nesta primeira etapa tiveram que na segunda realizar um curso de formação profissional na área de atuação.

O fato de a publicação do concurso ter sido adiada para o segundo semestre deste ano não significa que o concurso não será realizado. O governador do estado já havia confirmado a realização deste concurso, mas por motivos não revelados ainda não foi possível conceder a autorização oficial para que os preparativos tenham início e assim o edital possa vir a ser publicado. Mas, ao que tudo está indicando no próximo semestre tudo estará resolvido e o edital de abertura publicado.

Nesse sentido, se você possui interesse em realizar o Concurso Público da Polícia Civial do estado do Mato Grosso, fique atento à novas informações.

Sirlene Montes

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 9 Média: 1.8]

Seleção deverá ofertar cargos com salários de até R$ 8 mil.

Em breve teremos o Concurso do CRQ em São Paulo. Com a banca já definida, estamos breve de conhecer o novo cronograma desse tão esperado concurso.

A banca foi anunciada no dia 11 de maio e foi divulgado que o concurso terá vagas para o ensino médio e superior. E os salários variam entre os cargos desde 2 mil e 300 reais até 8 mil e 400 reais.

Foram anunciadas também as cidades que disponibilizarão vagas para o certame: Araçatuba, Bauru, Araraquara, Campinas, Presidente Prudente, Piracicaba, Santos, São Paulo, São José dos Campos, Sorocaba e São José do Rio Preto.

Ainda não se sabe ao certo quais vagas e nem a quantidade que serão disponibilizadas através desse concurso, mas a expectativa é que abra vagas para contratação imediata e também para cadastro.

O último concurso realizado pelo órgão foi no ano de 2013 e a banca que realizou o processo seletivo foi a mesma de agora, a Quadrix. E os salários na época variaram entre mil e 300 reais até 6 mil reais.

Na eventual época foram disponibilizadas vagas de assistente administrativo, manutenção predial e elétrica, alvenaria, pintura e hidráulica, mensageiro, tele atendimento e motorista. Dentre elas foram vagas de contratação imediata e cadastro reserva.

Quem possuia curso técnico pode concorrer as vagas de compras, financeiro, recursos humanos, contabilidade e informática. Também obtinha cadastro reserva e contratação imediata.

Já as vagas para curso superior foram de analista de sistema e programação, rede, bibliotecário, fiscal e jornalismo.

Com certeza é uma ótima opção de carreira profissional, se você possui alguma das formações exigidas ou até mesmo só o ensino médio, não perca essa grande oportunidade. Fique atento a todos os detalhes do próximo concurso.

Em breve novos detalhes serão divulgados para todos os interessados. Se está à procura de um bom concurso para prestar e conseguir um ótimo emprego, esse é uma das melhores opções.

Com vagas para muitas cidades do estado paulista, se você mora no estado não pode perder nenhum detalhe, se preparando para o processo seletivo da melhor maneira possível.

Muito importante procurar as provas passadas para poder estudar e se preparar. Quando sair o edital veja cada detalhe que será cobrado nas provas objetivas. Se prepare para assim conseguir uma vaga.

Com certeza será muito disputado os cargos. Com o desemprego ainda em alta no país, se preparar será um grande diferencial para sair na frente de seus concorrentes.

A crise está passando e muitas pessoas já conseguiram ingressar novamente no mercado de trabalho, porém, ainda há muitas pessoas em busca de uma nova oportunidade. Com isso a concorrência será ainda grande. Por isso ser preparar é tão importante.

Outra dica importante é em relação ao cronograma, fique atento para não perder nenhum prazo, seja ele de inscrição. E nem sobre onde será realizada as provas objetivas. Se não tiver prova na sua cidade, pesquise qual é a melhor opção. Nem sempre realizar a prova no mesmo dia de sua viagem até o local é a melhor opção. Caso opte por chegar um dia antes, deverá pesquisar um hotel bem localizado. De preferência perto do local da prova. Para que não perca a hora de entrada no dia. Pesquise qual o melhor trajeto e qual a melhor forma de chegar até o destino exato da prova.

Se prepare em todos os sentidos para que possa de fato conseguir sua tão sonhada vaga, em uma das carreiras oferecidas por esse processo seletivo. Com certeza se entrar poderá ter a oportunidade de ter uma vida financeira bem-sucedida.

E estabilizando economicamente por toda a vida. Podendo de fato dar uma boa e confortável vida para sua família.

Ricardo Ferreira Rodrigues

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 1 Média: 2]

Seleção oferta 500 vagas com salários de até R$ 22 mil.

Quem sonha em trabalhar em um importante órgão público pode conferir uma boa notícia aqui. Na sexta-feira, dia 15 de junho, foi publicado o edital do certame da Polícia Federal (PF) no diário oficial da União. Podem participar do processo seletivo quem tem formação de nível superior. São oferecidas 500 vagas e a remuneração para quem ingressar na carreira pode chegar até R$ 22 mil, a depender do cargo. Se você já estava estudando, aproveite a chance. Caso você vai iniciar os estudos só agora com o lançamento do edital, ainda há tempo. Mas você deve ter muito foco para garantir a aprovação. Confira mais informações a seguir.

Como posso me cadastrar no concurso público da Polícia Federal?

Os candidatos devem acessar o endereço eletrônico a fim de preencher o formulário de cadastro no processo seletivo da PF. O valor da inscrição varia entre R$ 180 e R$ 250. O boleto pode ser pago até o dia 20 de julho (sexta-feira), mas o período de inscrição só começará no dia 19 de junho (terça-feira) e terminará em 2 de julho (segunda-feira).

Caso você seja doador regular de medula óssea, seja componente de família de baixa renda ou esteja registrado no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (Cad Único), poderá solicitar isenção do pagamento da taxa de inscrição.

A instituição contratada para ser a banca responsável por organizar o processo seletivo é o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (CEBRASPE).

Quais são os cargos disponíveis na Polícia Federal?

No total, são ofertadas 500 oportunidades para quem possui graduação completa. O edital prevê que sejam preenchidos os seguintes cargos: Delegado de Polícia Federal, Escrivão de Polícia Federal, Agente de Polícia Federal, Papiloscopista e Perito Criminal Federal.

As áreas oferecidas para perícia são: Medicina, Engenharias, Tecnologia da Informação, Ciências Econômicas, Farmácia, Química, Ciências Contábeis e Geologia.

A remuneração inicial para delegado e perito da Polícia Federal é de R$ 22.672,48.

Para concorrer aos cargos de papiloscopista, agente ou escrivão, não há exigência de curso de graduação específico, basta que possua diploma de nível superior emitido por instituição de ensino que seja registrada no Ministério da Educação (MEC). O salário ofertado para os iniciantes nessas funções é de R$ 11.983,26.

Para todos os postos de trabalho na Polícia Federal a carga horária semanal corresponde a 40 horas.

Sobre os requisitos exigidos para tomar posse na PF

Para ser delegado é necessário ser formado em Ciências Jurídicas e também deve possuir três anos de atuação. Veja os outros requisitos que são exigidos para todos os cargos: possuir graduação compatível com o cargo pretendido, ser aprovado no certame, estar quite com as obrigações da justiça eleitoral, estar em pleno gozo dos direitos políticos e civis, ter 18 anos de idade no mínimo, possuir aptidão mental e física, estar em dia com as obrigações militares, se o candidato for homem, entre outras exigências.

Sobre as fases do concurso público da PF

O processo seletivo é composto das seguintes etapas:

1) prova objetiva – com 120 quesitos no formato certo ou errado;

2) prova discursiva – de até 30 linhas;

3) teste de aptidão física – de caráter eliminatório;

4) exame médico;

5) avaliação psicológica;

6) prova prática de digitação – apenas para os candidatos ao cargo de escrivão;

7) avaliação de títulos;

8) prova oral – apenas para os candidatos ao cargo de delegado;

9) curso de formação profissional – que ocorrerá no Distrito Federal.

A data prevista para a realização das provas objetiva e discursiva é no domingo, 19 de agosto. Essas etapas ocorrerão em todas as capitais estaduais.

Para mais informações do certame acesse o site do CEBRASPE.

Melisse V.

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 21 Média: 2.9]

Seleção ofertará vagas para os cargos de Analista e Técnico Judiciário.

O primeiro semestre desse ano de 2018 fechará com chave de ouro. Uma notícia animadora foi publicada no diário oficial, na última sexta-feira, dia 15 desse mesmo mês de junho. Está confirmada a assinatura de contrato com a instituição que será responsável pela organização do próximo certame para o provimento de cargos no Tribunal Regional do Trabalho da 14ª Região, a TRT 14ª, o qual abrange o Estado de Rondônia e o Estado do Acre. Serão abertos postos de trabalho para o cargo de analista e de técnico judiciário. Assim, o próximo e definitivo passo será a publicação do edital, que deverá ocorrer nos próximos dias ou semanas, sendo que ainda estão em processo os devidos acertos finais com a empresa contratada, ou seja, a Fundação Carlos Chagas.

Todas as pessoas interessadas em participar deste processo seletivo precisam manter-se mais atentas e atualizadas sobre o mesmo, daqui para frente. O pedido de certame recebeu autorização ao longo de uma sessão administrativa, realizada no dia 24 do mês de abril. As funções para as quais serão liberadas as vagas abarcam somente setores nas áreas de psicologia e de estatística. Ainda assim, a quantidade de postos de trabalho a serem ofertados não foi anunciada até o presente momento. Todos poderão se surpreender ou não com o número de vagas futuramente anunciado.

Os profissionais, estudantes e demais interessados em participar necessitarão apresentar o diploma de graduação em nível superior. Nas duas áreas de atuação específicas, os servidores serão remunerados inicialmente com o valor de 11.006,83 mil reais, sendo que este valor abrange, também, os chamados vencimentos básicos e a gratificação judiciária que os servidores têm direito. Este concurso tem um peso maior, já que são cargos para especialistas com graduação superior.

O histórico registrado sobre o processo seletivo anteriormente realizado, no mesmo órgão e para os mesmos cargos, o qual se deu no ano de 2015, revela que, naquela ocasião, o número de postos de trabalho que constituiu preenchimento imediato foi seis, sem mencionar a formação do cadastro reserva de pessoas, no setor de técnico e no setor de analista judiciário. A instituição responsável pela organização daquele certame ficou por conta da mesma Fundação Carlos Chagas.

Portanto, existe uma grande e positiva expectativa de que o próximo certame público para cargos no TRT da 14º região seja estruturado no mesmo padrão, com vagas imediatas, com formação de cadastro reserva, com exigência de diploma de curso superior, entre outros requisitos. Muito provavelmente o conteúdo programático a ser estudado será o mesmo. É muito importante que os futuros candidatos se mantenham atentos às atualizações e iniciem o preparo para este processo de seleção que está prestes a ser oficialmente aberto.

Naquele certame anteriormente realizado, também houve oferta de oportunidades destinadas aos candidatos que comprovaram posse de diploma de nível médio, que, no caso, os encaminhou para o cargo no setor de técnico administrativo e no setor de técnico administrativo dentro da especialidade na área de tecnologia da informação.

Com relação aos candidatos portadores de diploma de graduação em curso superior, as oportunidades ofertadas estavam voltadas para cargo no setor de analista na área judiciária, cargo no setor de oficial de justiça avaliador e cargo no setor de analista judiciário, dentro da área onde se presta apoio especializado em termos de tecnologia da informação.

Portanto, dado que o histórico do concurso anterior apresenta uma ficha positiva e variada, no que se refere aos cargos ofertados, vale a pena acompanhar esta nova edição de certame público com meta de preenchimento de cargos no Tribunal Regional do Trabalho da 14ª Região, a TRT 14ª.

Paulo Henrique dos Santos

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 9 Média: 2.7]

Saiba aqui mais informações sobre o concurso público da Polícia Civil 2018.

O pedido de autorização para ser realizado o concurso da Polícia Civil no Distrito Federal está em análise. Espera-se que seja autorizado muito em breve. O processo de aprovação está sendo aguardada desde abril do ano passado, quando a diretoria do órgão anunciou a necessidade de contratação para mais de 2 mil vagas que estão sem funcionários. Essa distribuição ainda não foi divulgada e poderá ser conhecida assim que o certame for por fim oficializado.

Apesar do número solicitado ser considerado grande, provavelmente ainda não suprirá toda a demanda, já que há muitos servidores próximos de sua aposentadoria até o ano de 2020. De 2017 para cá foram feitos 150 pedidos para aposentadoria.

O último concurso realizado foi no ano de 2016 onde foram oferecidos 100 cargos na função de perito, 20 desses postos foram atendidos imediatamente e 80 ficaram para cadastro reserva.

Anteriormente no ano de 2015 havia sido realizado um concurso para os cargos que exigem formação superior, sendo abertas na ocasião 417 vagas, 170 foram para atendimento imediato e 247 para cadastro reserva.

Os cargos foram para papiloscopista, perito médico e delegado de polícia.

A expectativa é que nesse novo concurso abra vagas para todos esses cargos novamente, pois o contingente está muito defasado. Deixando assim os funcionários com uma demanda de trabalho muito maior que deveriam.

Para aqueles que estão esperando essa grande oportunidade de ingressar nessa brilhante carreira, é preciso se preparar muito bem, para as provas escritas e também os testes físicos que são exigidos para entrar na polícia.

Muitos passam na prova escrita, mas infelizmente acabam perdendo a vaga no teste físico. Por isso precisa se preparar de ambas as formas para que possa de fato garantir seu espaço dentro da corporação.

A polícia civil realiza um importante trabalho para a sociedade, pois na maioria das vezes é ela que soluciona os casos policiais. Então o profissional deve estar completamente compromissado com sua função. As jornadas de trabalho geralmente são por escalas, pois na maioria das vezes se trabalha 24 por 48 hora, possibilitando que possa até ter outra atividade remunerada em seus intervalos de trabalho e folga.

Com certeza é uma carreira de muitas vantagens financeiras, e é um dos cargos que ainda mais compensam na carreira pública.

Muitos jovens sonham em ingressar na carreira da polícia seja ela militar ou civil. Por esse motivo precisa se preparar muito bem para conseguir a vaga, estude provas anteriores, se possível faça um curso preparatório. E não se esqueça de se preparar fisicamente para os testes físicos.

Com certeza se você preparar bem poderá de fato conseguir uma dessas tão sonhadas vagas.

Mesmo não morando em Brasília, você que sonhe em ingressar nessa carreira deverá fazer sua inscrição e tentar ingressar. Pois com a competitividade de um desses cargos no país todos, onde ingressar deverá assumir para não perder sua vaga.

Podemos afirmar também que esse é um posto de muita responsabilidade, e muitos infelizmente acabam não tendo esse comprometimento com seu serviço à sociedade. Acabando prejudicando o sistema social de segurança do que colaborando com ele. Por isso se você é uma pessoa séria e sonha em fazer a diferença no seu trabalho com certeza deverá realizar o processo seletivo.

Pois a polícia e a sociedade em geral precisa de pessoas que tenham esse pensamento, e caráter não deixando que a corrupção contamine sua personalidade. E podendo de fato combater esse esquema sujo que gere nosso país.

Fique atento nos sites de concursos para que não perca nenhuma novidade sobre esse concurso, e assim que sair faça sua inscrição e se prepare para garantir essa tão disputada vaga.

Ricardo Ferreira Rodrigues

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 7 Média: 3.6]

Pedido podem liberar 220 vagas para novo concurso.

Muitas pessoas que se interessam em realizar um concurso público se encontram na expectativa de novas informações sobre um possível concurso do Banco Central, o Bacen. Se este for o seu caso, continue lendo este texto e saiba das informações mais recentes sobre este novo concurso.

Existe uma grande expectativa de que o Banco Central realize um novo concurso público. Toda essa expectativa se deve ao fato de que o banco na atualidade possui um grande déficit de servidores, tornando-se necessário a realização de um novo certame.

Não é de hoje que o Bacen trabalha com uma defasagem de pessoal considerável. De acordo com informações recentemente atualizadas pelo banco, já passa de 2 mil o número de postos de trabalho que estão vagos no banco.
Outro fato que deve ser considerado é que existe um grande número de profissionais do banco que estão entrando em processo de aposentadoria.

No geral, os números apontam que cerca de 35% do quadro de servidores do banco estão vazios, o que em números indica que são mais de 2.300 postos vazios, sendo a maioria deles no cargo de analista com 1.944 postos, 289 no cargo de técnico e 123 no cargo de procurador. Sem falar que esses números aumentam a medida que os atuais servidores se aposentam ou se afastam do trabalho.

Dario Piffer, que é o presidente do Sinal, que é o Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central comentou em entrevista que com essa defasagem de pessoal fica muito difícial realizar o atendimento, uma vez que a demanda é muito grande e que em razão disso muitos problemas acabam surgindo e algumas áreas acabam ficando mais prejudicadas como é o caso da área de fiscalização.

No ano de 2013 o Banco Central realizou um processo seletivo de forma que disponibilizava um total de 500 vagas, todas elas distribuídas entre os cargos de analista e técnico. Na época, a empresa contratada para organizar o certame foi o Cespe/UnB. Os cargos disponibilizados na ocasião contavam com remunerações iniciais cujos valores partiam de R$ 5.158,23 até R$ 14.289,24.

Para o cargo de técnico foram disponibilizadas na concorrencia de 2013 100 vagas, para atuação nas áreas de segurança institucional e suporte técnico-administrativo. Podiam entrar para a concorrência de uma das vagas pessoas com formação de nível médio.

Já as pessoas que possuíam formação de nível superior puderam concorrer a 400 vagas no posto de analista, para atuação em seis áreas, sendo elas suporte à infraestrutura de tecnologia da informação, análise e desenvolvimento de sistemas, contabilidade e finanças, política econômica e monetária,gestão e análise processual e infraestrutura e logística.

O processo de seleção dos novos servidores foi constituído pela realização de uma prova objetiva de múltipla escolha, teste discursivo e por último avaliação de títulos para quem concorria a uma vaga no cargo de analista.

Quem conseguiu ser aprovado no certame realizou um curso de capacitação para a sua área de atuação. Dessa forma, os aprovados foram lotados nas cidades de Belém (PA), Brasília (DF), Salvador (BA), São Paulo (SP) e Porto Alegre (RS).

Ao que tudo indica o concurso que todos aguardam será realizado seguindo este mesmo esquema. Mas por mais que expectativas sejam criadas em razão das dificuldades que o banco enfrenta devido a defasagem de pessoal, sua realização ainda não pode ser confirmada.

O que se sabe até o momento é que um novo documento que solicita autorização para a sua realização foi enviado ao MPDG, restando aos interessados aguardar pelo resultado, o que deve levar ainda alguns meses, já que o documento deve passar por diversos setores ministeriais para enfim conseguir o aval de realização. Mas ao que tudo indica, em razão da necessidade do Banco Central o concurso será autorizado.

Sirlene Montes

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 2 Média: 4.5]

Certame deverá ofertar 496 vagas e está na fase de seleção de Banca.

Antes do primeiro semestre de 2018 terminar, mais um concurso público segue em fase de oficialização. Trata-se dos procedimentos de estruturação do certame público destinado a prover cargos na Fundação de Atendimento Socioeducativo de Pernambuco, a Funase, do Estado de Pernambuco.

O objetivo deste processo seletivo está em preencher um número de, mais ou menos, 496 postos de trabalho no cargo de agente socioeducativo, em regime de caráter temporário. A determinação da banca responsável pela organização deste processo seletivo ainda está pendente. O critério adotado para a realização deste certame se dará por meio da chamada dispensa de licitação, na qual diversas empresas interessadas fizeram apresentar algumas propostas até o dia 16 de abril.

Assim, existe a expectativa de que esta fase de oficialização seja concluída em breve, no sentido de ser possível lançar a data de publicação definitiva do edital que abrirá o período de inscrições.

O pré-requisito principal para participar deste concurso é a posse de diploma de ensino médio. O vencimento inicial está no valor de 1.320 mil reais, dentro do regime de plantão, na escala em que se exerce 24 horas de serviços por 72 horas de descanso.

De acordo com o que está exposto no edital de licitação, está determinado que a minuta do edital necessita ser enviada em até dez dias, contados a partir da assinatura do contrato com a empresa ou instituição que se encarregará da função de banca organizadora.

Entre as atribuições do cargo em questão, estão:

Atuar na recepção de adolescentes internos da unidade de atendimento, agindo com muita solicitude, sabendo se orientar a respeito de seus direitos, de seus deveres e dentro das normas disciplinares, no sentido de garantir a integridade física; integridade psicológica e moral dos adolescentes ali presentes; estar presente junto dos adolescentes nas consultas médicas, nos exames, nas audiências e nas visitas domiciliares, de acordo com a devida orientação transmitida pela direção da unidade de atendimento; orientar os adolescentes nas atividades cotidianas de educação, de esporte e de lazer; orientar os adolescentes nos atendimentos realizados pelos técnicos, pelos coordenadores e na própria direção das unidades; auxiliar na higiene pessoal dos adolescentes; saber manter a devida disciplina dos adolescentes e de seus colegas, no interior das dependências da unidade na qual se exercem as atividades laborais; atuar na custódia dos adolescentes, na medida em que for solicitada por meio da direção da unidade; produzir relatórios diários, registrados em livro de ocorrências, documentando todas situações do dia e das devidas tomadas de providências necessárias sobre o comportamento dos adolescentes; estar atento e saber intervir nas inevitáveis situações de conflito e nos eventuais tumultos gerados, no sentido de pacificar todo o ambiente e evitar qualquer tipo de violência, ou seja, as agressões físicas ou morais; estar preparado para prestar o devido socorro imediato aos adolescentes, em situações de emergência, no sentido de encaminhar os mesmo ao setor competente; respeitar o compromisso de revistar todo os alojamentos, os adolescentes e as demais dependências da Unidade Socioeducativa, no sentido de confiscar objetos ou substâncias perigosas e proibidas; estar participando de todas as atividades necessárias e relacionadas aos treinamentos e às capacitações, bem como também marcar presença nos processos de integração interdisciplinar, no sentido de colaborar para a elaboração, para o acompanhamento e para a ações necessárias, entre outras responsabilidade imprescindíveis que cabem ao agente socioeducativo.

Apesar de temporário, o cargo exercido é de grande importância na experiência profissional, havendo chance, também, de prorrogação.

Este concurso terá validade máxima de até dois anos, embora seja possível o mesmo ser prorrogado por um período de até mais dois anos, a critério o órgão. Vale a pena conferir.

Paulo Henrique dos Santos

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 6 Média: 4]

Inscrições podem ser feitas até o dia 6 de julho de 2018.

Se você vem se preparando para participar de um algum concurso público. Neste ano de 2018, diferentes organizações estão adotando esse tipo de processo seletivo para escolher os seus novos servidores. E uma das últimas entidades a anunciar que vai realizar este tipo de processo de contratação foi a Companhia Hidromineral Caldas da Imperatriz, a HidroCaldas, localizada na cidade de Santo Amaro da Imperatriz, no estado de Santa Catarina. Segundo a HidroCaldas, estão abertas novas 10 vagas. As oportunidades para diferentes cargos. Confira o texto abaixo e saiba de todas as informações.

Informações sobre as oportunidades abertas na Companhia Hidromineral Caldas da Imperatriz

Em seu novo processo seletivo, a Hidrocaldas vai oferecer vagas para contratação direta e também vai usar este certame para formar um quadro com nomes de possíveis servidores no futuro. Uma das exigências que chama atenção no concurso deste ano é que ele vai oferecer trabalho apenas para profissionais que possuem ensino fundamental. Em seu quadro de funcionários, a Hidrocaldas está precisando de pessoas com certas formações específicas.

Veja a relação das vagas abertas pela Companhia Hidromineral Caldas da Imperatriz:

02 vagas para lavadeira/ passadeira.

02 vagas para garçom.

03 vagas para faxineiro.

01 vaga para cozinheiro.

01 vaga para barman.

01 vaga auxiliar de cozinha.

Para este processo seletivo, existem apenas vagas de ampla concorrência. Dessa forma, pessoas portadoras de necessidades especiais e candidatos negros vão concorrer da mesma forma que outros interessados.

Em relação à jornada de trabalho, para todas as vagas a carga horária é de 40 horas semanais. Os aprovados vão trabalhar de segunda-feira a sábado, com folgas aos domingos. Para a maioria das carreiras a remuneração é de R$ 1.006,05. Entretanto, para a função de cozinheiro o pagamento é de R$ 1.225,55.

A banca organizadora deste certame é a NBS SERVIÇOS ESPECIALIZADOS EIRELI – NBS PROVAS.

Informações sobre o processo seletivo escolhido pela HidroCaldas

Todos os inscritos vão participar de uma prova objetiva. Ou seja, uma avaliação em que é necessário marcar uma resposta entre as alternativas “A” até “D”. Ao todo essa avaliação vai contar com 25 questões. Confira quais matérias vão ser cobradas no teste objetivo:

Língua Portuguesa: 05 questões. Valor por questão: 0,30.

Matemática: 05 questões. Valor por questão: 0,30.

Conhecimentos gerais e atualidades: 05 questões. Valor por questão: 0,30.

Conhecimentos específicos: 10 questões. Valor por questão: 0,55.

Como acontece em todo concurso público, a Companhia Hidromineral Caldas da Imperatriz também divulgou os conteúdos programáticos que devem ser estudados pelos candidatos em preparação para a prova. Para ter acesso a essas informações, acesse o edital disposto no seguinte site: https://www.nbsprovas.com.br/informacoes/1010/. Essa relação está publicada no item “ANEXO I – CONTEÚDO PROGRAMÁTICO” página 19.

A prova está marcada para o dia 15 de julho. A avaliação vai ter a duração total de 03 horas e é necessário que os candidatos cheguem com uma antecedência de no mínimo 30 minutos. Os locais da prova e também o horário ainda vão ser confirmados. O gabarito do teste objetivo vai ser publicado em 16 de julho. Já a lista com o nome dos aprovados deve ser divulgada na data de 27 de julho.

Como realizar a inscrição no concurso da HidroCaldas e a taxa de participação

As inscrições devem ser efetuadas até o dia 06 de julho. A taxa de inscrição tem o valor de R$ 30,00 e o boleto também deve ser pago até o dia 06 de julho de 2018. O não pagamento dessa taxa significa a anulação da inscrição do candidato. Salvo algumas exceções, por exemplo, quando o interessado solicitar isenção da taxa, todas essas informações também estão no edital. Por fim, para realizar a inscrição acesse: https://www.nbsprovas.com.br/informacoes/1010/. Boa sorte!

Isabela Castro.

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 3 Média: 4]

Edital da seleção deverá ser divulgado ainda neste mês de junho.

Nos dias atuais, existem diferentes tipos de processos seletivos. Em especial, têm-se processos de contratação que chamam atenção ao alto valor pago para os aprovados. Consequentemente, este tipo de seleção costuma ser bastante rigorosa em todas as suas etapas. Devido a isso, as organizações que oferecem este tipo de vaga precisam organizar muito bem todas as fases de processos seletivos como este. E este é justamente o caso do Ministério das Relações Exteriores, o MRE. O órgão está no processo de organização de seu novo concurso público que tem como objetivo oferecer vagas para futuros diplomatas. Veja agora todas as informações a respeito deste novo certame que ainda não teve o edital divulgado.

Em que fase se encontra o concurso público do Ministério das Relações Exteriores

Segundo o que foi informado pelo MRE, o órgão está na fase de selecionar uma nova banca organizadora, que será a responsável por este novo certame. Anteriormente, o Ministério das Relações Exteriores firmou parcerias com o Centro de Seleção e de Promoção de Eventos, a Cebraspe. A relação entre as duas entidades na organização de concursos acontece há mais de uma década. Entretanto, a cada novo concurso é necessário uma avaliação de diferentes bancas. Isso significa que o MRE pode ou não ainda manter a parceria com a Cebraspe. A expectativa é que o anúncio da banca organizadora aconteça o mais rápido possível.

Este comunicado é importante por um segundo motivo, pois assim que ele for realizado, o edital do certame vai ser publicado para que todos os interessados tenham acesso ao documento e consequentemente fiquem informados sobre todas as informações a respeito do concurso.

As informações já divulgadas até o momento sobre este certame

Como mencionado anteriormente, este processo de contratação vai oferecer vagas para pessoas que desejam conseguir uma vaga na função de diplomata. Para esta nova edição, vão ser oferecidas 30 vagas e todas são para contratação imediata. Além disso, desse total de oportunidades uma porcentagem vai ser destinada a candidatos negros e portadores de necessidades especiais.

Os novos diplomatas vão ter uma remuneração de R$ 17.393,40. Além disso, eles vão ter direito a uma bolsa no valor de R$ 458,00 referente a auxílio-alimentação. Em relação, a outros benefícios, o MRE não divulgou nenhuma informação por enquanto. Outros dados referentes ao certame só vão ser de conhecimento público quando o edital for divulgado.

Sobre o último concurso público realizado pelo Ministério das Relações Exteriores

Instituições como o MRE costumam realizar novos processos seletivos com base em processos admissionais antigos. O último certame realizado pelo órgão aconteceu em 2016. Devido a isso, é importante avaliar alguns pontos do edital do ano retrasado e que podem ser muito semelhantes ao documento que vai ser publicado em 2018.

Primeiramente, as pessoas que desejam um cargo de diplomata devem ter formação a nível superior e também estar em dia com obrigações públicas (eleição, exército). Além de possuir nacionalidade brasileira.

Já em relação ao processo seletivo, a expectativa é que os inscritos para a prova de 2018 sejam avaliados em três fases, assim como aconteceu em 2016. Há dois anos, os candidatos participaram das seguintes etapas:

Primeira etapa: prova de múltipla escolha contendo 73 questões com os seguintes temas: Direito Internacional Público, Noções de Direito, Noções de Economia, Geografia, Política Internacional, História Mundial, História do Brasil, Língua Inglesa e Língua Portuguesa.

Segunda etapa: avaliação escrita contendo perguntas de Língua Portuguesa.

Terceira etapa: teste escrito abordando as seguintes temáticas: Direito Internacional Público, Noções de Direito, Noções de Economia, Política Internacional e Geografia, História do Brasil e Língua Inglesa. Nesta etapa ainda se teve uma avaliação objetiva sobre a Língua Espanhola e a Língua Francesa.

Em 2016, todas as fases foram de caráter classificatório e eliminatório e as provas aconteceram em diferentes estados do país. Para posteriores informações sobre o certame de 2018 acesse: http://www.itamaraty.gov.br/pt-BR/. Boa sorte!

Isabela Castro.

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 0 Média: 0]

Seleção ofertará 50 vagas. Salários passam de R$ 3 mil.

Muitas pessoas ainda não conhecem a ADEPARÁ e se for seu caso, aqui está uma breve explicação, o nome completo Agência de Defesa Agropecuária do Estado do Pará já remete qual a função do órgão em relação ao seu trabalho, ou seja, defender a agropecuária do estado do Pará, mas não só isso, o cuidado e análise também estão dentro de todo esse conjunto. Foi divulgado então, um concurso público por eles mesmos, porém, todo concurso necessita de uma banca organizadora, sendo assim a banca escolhida para entrar como parceira e organizadora do projeto foi a AOCP, esta terá responsabilidades como, a marcação do dia da prova, o local, apesar da cidades já estarem definidas, assim como a aplicação da prova, que nos anos anteriores foram de múltipla escolha.

Apesar de muitos acharem que seriam disponibilizadas muitas vagas, não foram o tantas como se esperava, sendo 50 vagas e as mesmas já têm um número de cargos definidos, sendo 37 disponíveis para quem tem interesse na área de agente de fiscalização agropecuária, mas para quem deseja isso têm necessidade obrigatória de conclusão do ensino médio, em escola que seja reconhecida pelo Ministério da Educação, restando então as 13 vagas que também tem uma divisão, que são 10 para quem está no ramo de medicina veterinária e as 3 restantes para a agropecuária.

Os salários de cada profissional irão variar conforme o cargo exercido, por exemplo, para quem foi classificado na parte de medicina veterinária e agropecuária o salário será de R$ 1.446,47, sendo mais baixo que o de fiscal, por exemplo, que chega a R$ 3.385,15.

Como já citado anteriormente, a banca organizadora já determinou as cidades, essas todas no estado do Pará, segue abaixo a lista de todas:

  • Belém
  • Altamira
  • Itaituba
  • Santarém

O fato de alguns acharem as vagas do concurso com um número menor é causado devido a seu último concurso em 2009, que reuniu muitas vagas, sendo 247, também com divisão de setores. Porém, a banca foi diferente, a escolhida esse ano é uma parceria recente, em 2009 a banca foi a Instituto Movens.

Como se preparar para um concurso público ? – Dicas e ajudas

Quando precisamos prestar algum concurso ou algo do tipo, uma das coisas que mais nos ajuda na hora da prova é a calma, por incrível que pareça o excesso de nervosismo é quem causa o "branco" na hora de resolver uma questão. Então mantenha a calma e a concentração ao fazer sua prova.

Procure ler todas as questões atentamente antes de fazer, dentre elas estarão aquelas que você tem mais facilidade e resolve em pouco tempo, isso lhe adiantará e você terá mais tempo e confiança para responder aquelas que sobraram.

Outra coisa que ajuda muito é a revisão de conteúdos que não ficaram tão bem fixados em sua mente, revisá-los lhe ajudará quando chegar uma questão com essas características e você terá uma facilidade maior para resolvê-las, isso deixará você despreocupado, pois saber o conteúdo com certeza deixa a mente menos ocupada com a preocupação em errar.

O que é a ADEPARÁ e como atua ?

O órgão ADEPARÁ é como o próprio nome já diz, pertencente ao estado do Pará, sendo assim atua com muitas competências no local, algumas delas são:

  • A fiscalização de epidemias que vêm acontecendo precocemente na área, devido a falta de condições sanitárias boas;
  • A fiscalização do trânsito dos animais de um lado para o outro no local;
  • A prevenção e conscientização dos moradores da área em relação a cuidados com animais e vegetação, explicando assim quais são os problemas causados e o quão contribuinte vai ser caso houver uma preservação, tanto para o Pará, quanto para a natureza em geral.

Gustavo Martins

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 2 Média: 1]

Seleção deverá ofertar 81 vagas.

Todos os anos, centenas de concursos públicos são anunciados em todos os estados do território nacional. Este tipo de seleção tem como objetivo a contratação de profissionais específicos para atuarem em diferentes órgãos e entidades. E uma das últimas organizações a divulgar que está em processo de organização e posteriormente realização de um novo processo seletivo são as Centrais de Abastecimento do Rio Grande do Sul, a Ceasa/RS. De acordo com o comunicado da Ceasa, a expectativa é oferecer mais de 80 novas vagas de emprego. Saiba agora todos os detalhes deste projeto.

Primeiras informações a respeito do concurso das Centrais de Abastecimento do Rio Grande do Sul

Há mais de três décadas, a Ceasa não realiza um concurso público para contratar novos funcionários. Devido a este fato e também com a necessidade de contar com certo número de servidores, este tipo de seleção vai permitir que a organização consiga contemplar todos os seus setores que hoje precisam contar com uma quantidade específica de novos profissionais.

Para contar com novos servidores, a empresa está desde o mês de maio com o propósito de organizar um novo concurso público. Para isso, os responsáveis pela Ceasa precisam contar com o aval do governamental. Esta autorização ainda não foi divulgada. E ainda não se tem uma data definitiva para que o aval seja dado pelo governo. A expectativa é que a resposta seja dada o mais rápido possível. Enquanto isso, a empresa segue acertando alguns detalhes do concurso público.

Os planos da Ceasa para o seu mais novo processo seletivo

Como mencionado antes, as Centrais de Abastecimento do Rio Grande do Sul definiu que vai disponibilizar 81 vagas de emprego. Este número é para a ocupação imediata. Além disso, este novo certame também vai ser útil para a criação de um cadastro reserva. Pois, a organização tem a intenção de contar com novos funcionários no futuro. Isso claro, vai depender da urgência de cada setor que compõe a Ceasa.

Uma informação já divulgada pela Ceasa é que os candidatos precisam ter formação de nível médio, técnico ou superior. Além disso, se não houver nenhuma mudança, as vagas de emprego abertas são para os cargos de: agentes operacionais, agentes administrativos, agentes técnicos e área de analista. A quantidade correta de vaga para cada uma das funções vai ser divulgada quando o edital do concurso for publicado, também quando a banca organizadora do certame for escolhida.

Outro dado confirmado pela Central é que os salários podem variar entre R$ 2.000,00 e R$ 4.000,00. Os novos funcionários também devem contar com benefícios. Em relação às quais e quantos benefícios, também só vão ser de conhecimento público mais futuramente.

É importante salientar que essas foram às primeiras informações divulgadas, os demais dados como tipo de métodos avaliativos; validade do contrato de trabalho; carga horária; local de trabalho; locais das provas; conteúdo programático das avaliações; existência de vagas destinadas para candidatos negros e para portadores de necessidades especiais; possibilidade de renovação do vínculo empregatício e outras informações, só vão ser devidamente apresentadas com a publicação do edital.

Por isso, é de extrema importância que os interessados fiquem atentos aos meios de comunicação que trazem informações sobre processos seletivos e também na página da Ceasa na internet, que é: www.ceasa.rs.gov.br.

Um pouco sobre Ceasa do Rio Grande do Sul

As Centrais de Abastecimento do Rio Grande do Sul foram criadas no início dos anos 70, mais precisamente em 1974. O órgão é responsável por fiscalizar todas as partes que envolvem o mercado hortifrutigranjeiro do estado. No Brasil, existem Ceasas em diferentes estados. Visto que o trabalho deste órgão é vital para a vida do consumidor brasileiro para que as pessoas consumam produtos de boa qualidade e que só tragam benefícios para a sua saúde. Se você está à procura de uma nova colocação no mercado de trabalho, o concurso da Ceasa do Rio Grande do Sul é uma grande importância.

Isabela Castro.

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 0 Média: 0]

Edital deverá ser publicado em breve.

Previsto o concurso do Tribunal de Justiça de Minas Gerais (TJMG), que vai oferecer oportunidades para os cargos de Oficial de Justiça e Técnico, nível superior, nas áreas de assistente social e psicólogo. A remuneração pode chegar a mais de R$ 4 mil. Comece os seus estudos para o concurso TJMG e aproveite a chance!

Concurso TJMG 2018: previsto!

A expectativa é que o concurso TJMG 2018 1ª instância seja divulgado no próximo semestre e vai oferecer oportunidades para dois cargos: Oficial e Técnico Judiciário.

A organizadora para o concurso ainda não foi escolhida, a remuneração para os cargos é de R$ 2.683,58 para o cargo de Oficial e R$ 4.202,59 para a função de técnico.

Para concorrer ao cargo de Oficial Judiciário é necessário ter nível médio e as áreas abrangidas serão para a área de Oficial de Justiça Avaliador.

Para o cargo de técnico, o interessado deve ter nível superior e as especialidades abrangidas serão para psicólogo judicial e assistente social judicial.

Inscrições do concurso TJMG 2018

De acordo com o edital de licitação do concurso TJMG 2018, os valores das inscrições serão de R$ 90,00 para o cargo de técnico e R$ 70,00 para superior.

As provas objetivas serão compostas por meio de 60 questões para ambos os cargos. Segundo o edital de licitação, os conteúdos programáticos serão:

Cargo de Oficial: 20 questões de português, 15 de noções de direito e também 20 de conhecimentos específicos.

Cargo de Técnico: 15 de português, 5 de noções de informática, 15 de noções de direito e 25 de conhecimentos específicos.

Além da prova objetiva, o concurso TJMG 2018 também terá redação. A duração das provas deve ser em torno de 4h30 e as provas devem ser aplicadas em Belo Horizonte, capital, Diamantina, Governador Valadares, Montes Claros, Varginha, Uberlândia e Juiz de Fora.

Último concurso TJMG 1ª Instância

Em 2017, também teve um concurso TJMG 1ª instância para os cargos de Oficial de Apoio Judicial, 10 vagas, e Oficial Judiciário – área Comissário da Infância e Juventude- 5 vagas.

Para ambos os cargos, a remuneração inicial era de R$ 3.457,00 e a jornada de trabalho é de 40 horas semanais.

O concurso TJMG 2018 contou com nada menos que 103 mil inscritos. Para o cargo Oficial de Apoio Judicial a duração da prova objetiva foi de 4 horas. Além dessa etapa, também teve prova de digitação.

Para o cargo de Oficial Judiciário, área de comissário da infância e juventude, os interessados foram avaliados por provas objetivas de múltipla escolha e a duração foi de 4 horas.

Concurso TJMG 2ª instância: previsto para este ano

Além do concurso TJMG 1ª instância, o Órgão também planeja outro para a 2ª instância. A comissão já está formada e a expectativa é que as oportunidades sejam para Técnico Judiciário, nível médio, e Oficial Judiciário, nível superior.

O último concurso TJMG 2ª instância ocorreu em 2011 e foi organizado pela banca FUMARC. Na época, ofereceu cadastro reserva para os cargos. A remuneração era de até R$ 3 mil e a jornada de trabalho, para alguns cargos, era de 30 horas semanais.

Dicas de estudo concurso TJMG 2018

Como o edital está previsto, comece a sua preparação o quanto antes, pois este é um dos cargos mais cobiçados. Elabore um planejamento de estudo com as disciplinas cobradas no último certame e mantenha o foco.

No cronograma, coloque todas as suas atividades como trabalho, faculdade, entre outros. Defina o seu horário de estudo e separe uma parte do fim de semana também. Aproveite cada tempo livre para fazer uma revisão ou exercício.

Invista em materiais específicos e atualizados para o concurso TJMG 2018. Faça vários exercícios para memorizar e ficar atento aos tópicos mais cobrados.

Compartilhe a notícia nas suas redes sociais e muito sucesso nos estudos!

Por Babi

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 9 Média: 3.2]

Seleção deverá ocorrer no segundo semestre deste ano.

O TRF 3ª – Tribunal Regional Federal, que é responsável pelos estados de São Paulo e também do Mato Grosso do Sul, está se preparando para divulgar o edital referente ao novo concurso público que será realizado provavelmente no segundo semestre desse ano e os interessados já podem ir se preparando. Uma ótima forma para dar início aos estudos é verificar o que foi pedido no curso anterior, assim é possível já ter uma ideia do que será exigido.

Inclusive, alguns candidatos já estão se preparando desde abril, quando esta seleção foi comunicada pela juíza Luciana Ortiz Tavares Costa Zanoni, que é a coordenadora da Comissão de Acessibilidade e Inclusão do órgão. Tal comunicado foi feito durante uma reunião realizada com o Sintrajud – Sindicato dos Trabalhadores do Judiciário Federal do estado de São Paulo.

Mas os preparativos ainda não tiveram início, já que o órgão precisará constituir a comissão responsável por este certame, mas isto pode acontecer nas próximas semanas, já que a expectativa da realização do concurso é no segundo semestre.

Durante a reunião com o Sintrajud, a juíza Luciana Zanoni antecipou a informação de que está estudando separar entre 6 a 8 milhões de reais do valor referente ao orçamento deste ano, para que o concurso público seja realizado. Zanoni informou ainda que existe uma prioridade para a realização do concurso e até comentou a respeito do problema de déficit de pessoal, que teria se agravado ainda mais depois do crescente número de aposentadorias, já que muitos servidores estão preocupados com a Reforma da Previdência, além dos efeitos causados pela Emenda Constitucional 95/2016, que acabou deixando os orçamentos dos órgãos públicos congelados por duas décadas.

A juíza lembrou ainda que mesmo fazendo muita economia em outros setores, ainda assim não há como escalar novos servidores, a não ser naqueles casos autorizados, assim, todos ficam sem ter como agir e da mesma forma que faltam servidores, também faltam juízes.

A meta agora é adiantar o processo para que o processo seletivo possa ter início o mais breve possível, principalmente pelo fato de que a última seleção realizada começou em 2013 e terminou no final do último mês de abri. Em 2015 chegou a ser realizado um concurso, mas apenas para algumas poucas áreas técnicas e também analistas.

Ainda não foram confirmadas quais e quantas vagas serão oferecidas neste novo concurso público, mas acredita-se que sejam bem semelhantes ao que foi pedido em 2013, com oportunidades para carreiras de analista judiciário e também técnico, para candidatos que possuem nível superior e também médio. As primeiras áreas que deverão ter vagas oferecidas devem ser as de técnico judiciário superior e também analista judiciário na área judiciária, sendo exclusivas para aqueles que se formaram em direito.

O salário inicial hoje é de R$ 7.887,24 para os técnicos e para os analistas é de R$ 12.374,34, já sendo considerado o benefício do auxílio-alimentação, que é de R$ 884,00 mensais.

Para os técnicos os valores sobem de R$ 8.178,65 para R$ 8.475,36, já considerando o auxílio-alimentação. No caso dos analistas, o valor vai de R$ 12.852,49 para R$ 13.339,30.

Em 2013, quando aconteceu o último concurso, 260 vagas foram oferecidas, ficando 125 para analistas e 135 vagas foram para técnicos. Deste total de vagas abertas, 195 ficaram para a região metropolitana de São Paulo, 50 vagas foram destinadas ao interior do estado e 15 foram para o estado do Mato Grosso do Sul. A Fundação Carlos Chagas foi a banca organizadora naquele ano.

Os interessados em se inscreverem este ano devem começar os preparativos o quanto antes, já estudando o material que foi exigido no concurso anterior e assim, quando o edital for publicado, já estará mais adiantado e terá mais chances, sendo que são muitos inscritos e a concorrência deve crescer muito.

Por Russel

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 5 Média: 3.6]

Veja aqui mais detalhes sobre o novo concurso do DETRAN-AL 2018.

Foi anunciado que o Departamento de Trânsito do estado de Alagoas, provavelmente realizará um concurso público ainda no ano de 2018. Foi publicado no diário oficial do dia 4 de junho, que o gabinete da Casa Civil despachou um aval para autorizar a realização do concurso. Dando assim o start inicial para poder divulgar mais detalhes sobre o processo seletivo.

Os próprios funcionários do órgão vêm reivindicando mais pessoas para trabalharem pois o quadro de funcionários está bem escasso, isso foi uma das pautas das paralisações no ano de 2017. Outras reivindicações foram a implementação de um plano de carreira coeso e uma valorização melhor da classe.

Ainda não foi divulgado o número total de vagas a serem preenchidas através desse concurso, porém sabemos que o órgão está com um déficit de 140 funcionários e possuem pelo menos 70 servidores que estão para aposentar até o ano de 2019.

Há uma grande expectativa para esse processo seletivo sair em breve levando em conta que o último concurso elaborado pelo DETRAN do estado de Alagoas foi no ano de 2001.

Portanto, se você procura uma oportunidade de ingressar no funcionalismo público essa será uma grande oportunidade, pois o DETRAN é um dos melhores órgãos para se trabalhar na atualidade. Fique atento em todos os detalhes e as novas informações.

Não perca nenhum detalhe e se interesse sobre o conteúdo que será cobrado nas provas, para estar bem preparado e conseguir sua vaga.

Se você não mora no estado de Alagoas e está procurando uma boa oportunidade de emprego, além de uma carreira sólida, vale a pena mudar de cidade e até de estado, pois a carreira que irá construir será sólida e segura.

Com a dificuldade de ingressar no mercado de trabalho atual, fica cada dia mais difícil achar uma vaga em uma boa empresa, por isso os concursos públicos estão cada vez mais concorridos. Por isso se você deseja ingressar tem que se preparar. Pois a disputa está muito acirrada e até em alguns casos desleais, pois muitos candidatos possuem formação acadêmica obtendo mais conhecimento em determinadas áreas, por isso é importante pegar o conteúdo que será cobrado e estudar minuciosamente, para concorrer de forma satisfatória e ter uma grande chance em ficar entre os primeiros colocados.

Se você procurar poderá encontrar em alguns sites a apostila para comprar, com isso se tornará mais fácil estudar e se preparar especificamente para esse concurso. Se tiver condições financeiras também é importante fazer um cursinho preparatório, para poder absorver todo conteúdo que será cobrado no processo seletivo.

Uma dica muito importante é ficar atento aos prazos de inscrições, para não perder a chance de participar do concurso, lembrando que sempre a data final de pagamento do boleto geralmente é no mesmo dia que se encerra o período de inscrição.

Outra coisa importante a observar é sobre os locais, datas e horários das provas. Pois não serão tolerados atrasos no dia da prova. Portanto, é sempre importante ficar atento para não perder nenhuma dessas datas e horários. Em relação ao local da prova, é importante também observar o melhor trajeto e se não for da cidade planejar a melhor forma de ir até o local. Se for viajar no mesmo dia é importante programar o cronograma da viajem para que eventuais imprevistos aconteçam, para que se de fato eles ocorrerem não venham atrapalhar sua chegada até o local dentro do horário previsto.

Já se você for dormir na cidade, seria bom ver com antecedência o melhor hotel com um preço acessível e que seja perto do local da prova para se programar e evitar chegar depois do horário marcado para inicio do concurso.

Ricardo Ferreira Rodrigues

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 11 Média: 2.1]

Ministério do Planejamento já estuda solicitação.

O Ibram, órgão responsável por cuidar dos Museus brasileiros, solicitou um novo pedido de abertura para concursos ao Ministério do Planejamento, que está analisando a proposta de 313 vagas, sendo que variam em cargos de nível médio e superior.

Esses cargos solicitados são 73 vagas para o cargo de assistente técnico, 100 de analista, 19 técnico para assuntos educacionais e 121 para assuntos culturais.

Praticamente todos os cargos exigem formação superior, salvo o técnico, que precisa ter somente nível médio completo.

Em relação ao valor dos salários, não foram divulgados, porém, dá para tirar uma base pelos salários atuais que não são nada ruins.

O último concurso realizado pelo órgão foi no ano de 2010 e a média dos salários chegou na época a três mil reais. Portanto, com as correções salariais com certeza a média de salário não será ruim.

Ele abriu vagas para vários estados de todo o Brasil, então a estimativa é que tenham vagas em uma ampla região abrangendo vários estados novamente.

Na ocasião o processo seletivo contou com uma prova escrita que continha questão de língua portuguesa, conhecimentos gerais e específicos, noções de informática, e para as provas de técnico e analista também contaram com questões de inglês e espanhol.

O último concurso expirou em 2014, portanto, há bastante tempo não há contratação pelo órgão, estimando então que irá abrir várias vagas em todo território nacional.

O órgão foi criado no ano de 2009 pelo ex-presidente da época, Luiz Inácio Lula da Silva. Que fundamentado em lei ele tem a obrigação de manter a ordem e preservação dos Museus federais, assim como o Iphan.

Atualmente são 30 museus que poderão contar com os serviços dos novos contratados.

Portanto, aproveite que ainda não saiu nada sobre o edital final do concurso e pesquise sobre as unidades que poderão precisar de funcionários, veja quais são as mais próximas de você e se realmente compensará até uma eventual mudança de cidade para poder ocupar uma dessas vagas.

Já vá pesquisando sobre a prova passada e seu conteúdo, para se preparar da melhor maneira possível e conseguir um cargo nesse órgão que com certeza te oferecerá uma carreira bem-sucedida ao longo dos anos.

Com a instabilidade econômica do nosso país cada vez mais abalada, sem dúvida nenhuma um cargo federal é uma das melhores opções no momento, então presume-se que o concurso será bem disputado. Por isso é importantíssimo já começar a se preparar. Estude sobre todo conteúdo que costuma ser cobrado nas provas, para que no dia do exame você não ser pego de surpresa.

Outra coisa importante é pesquisar onde geralmente se aplica as provas do concurso, para ver qual local é mais próximo de você, podendo assim organizar todos os detalhes de uma possível viagem. Assim como hospedagem se for necessário, e uma rota mais econômica e até mais eficiente de sua cidade até o local da prova.

Vamos aguardar que o Ministério do Planejamento aprove esse concurso para que assim possamos ter mais uma chance de ingressar com um bom salário na carreira federal. E que assim mais pessoas que se encontram desempregadas e sem muita opção de emprego consiga assim sair dessa situação.

O país tem enfrentado uma crise financeira muito forte, com isso mais famílias estão sendo abaladas, pais desempregados, filhos, maridos, a economia nunca teve tão desestruturada como nesses últimos tempos, por isso é preciso ficar atento e se preparar para quando surgir uma ótima oportunidade como essa, esteja pronto para não deixar passar uma grande chance como essa.

Com certeza se você conseguir efetivar em um desses cargos propostos sua carreira estará garantida para o resto de sua vida, se assim preferir.

Ricardo Ferreira Rodrigues

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 1 Média: 5]

Seleção deverá ofertar 50 vagas.

Boas novas para os gaúchos e estudantes de todo o Brasil. Novo certame público está próximo de sua oficialização. Trata-se do novo processo seletivo de caráter público promovido pela Secretaria da Fazenda do Estado do Rio Grande do Sul, a Sefaz do RS. Foi autorizada a portaria por meio do governo daquele Estado, desde o dia 20 de abril de 2018. Neste momento está em processo a determinação da banca que será responsável pela sua organização, a qual está prestes a ser anunciada nos dias vindouros.

Este processo de seleção abrangerá a abertura de 50 postos de trabalho destinados ao cargo de auditor fiscal no departamento da Receita Estadual. De acordo com o que foi anunciado pela Secretaria da Fazenda, por meio de seu secretário, que embora esta autorização se destine somente ao posto de auditor, ainda assim não está descartada a possibilidade de ofertas em mais setores do órgão em questão. São diversas carreiras existentes, tais como a de técnico tributário e na área de assistente administrativo fazendário.

Todas as pessoas interessadas em concorrer ao cargo ou cargos ofertados, no caso o de auditor, terão o dever de comprovar a posse de formação em nível superior em algumas áreas específicas, já que a remuneração inicial está no valor de 21,4 mil reais.

Foi formada uma comissão gerenciadora deste novo concurso público, próximo de sua oficialização, a qual está estabelecida desde o dia 24 de abril de 2018, sendo presidido pelo chefe e servidor Cláudio Graziano Fonseca, além de contar, com diversos suplentes, como os servidores Jocemar Joarez Rodrigues e Antônio César Ohse Varela, os quais colaboram, neste momento, para que tudo fique pronto o quanto antes.

Em geral, em casos como esse, para poder participar é sempre necessário portar certificado que comprove formação em diversas áreas de ciências contábeis, na área de ciências econômicas; na área de ciências jurídicas ou mesmo em ciências sociais e no setor de administração.

O histórico do concurso anterior, destinado a promover vagas no mesmo setor, realizado no ano de 2014, registrou que houve uma oferta 30 postos de trabalho. A banca responsável pela organização, naquela ocasião, ficou por conta da Fundatec, ou Fundação Universidade Empresa de Tecnologia e Ciências. O concurso, conforme pode ser atestado, foi bem sucedido.

No que tange à estrutura das provas então ministradas, houve a distribuição e cadernos com 260 questões de caráter objetivo, das quais 100 fizeram parte da primeira escala de provas e mais 80 em cada uma das duas provas que foram realizadas posteriormente.

A primeira prova do itinerário consistiu em 24 questões versando sobre a matéria de língua portuguesa; mais 16 questões em cima da matéria de matemática e em raciocínio lógico; foram 20 questões versando sobre a matéria de direito empresarial; sobre a matéria de penal e civil e as demais 40 questões versando sobre a matéria de tecnologia da informação.

Na segunda etapa, a prova consistiu em um caderno com 30 questões versando sobre a matéria de direito tributário; 20 questões versando sobre a matéria de direito administrativo e direito constitucional e as demais 30 questões sobre a matéria de contabilidade.

Na terceira e última etapa, a prova consistiu em um caderno com 80 questões versando sobre a matéria de legislação tributária estadual do Estado do Rio Grande do Sul e mais 80 questões sobre a matéria de auditoria contábil e fiscal.

Vale a pena conferir.

Paulo Henrique dos Santos

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 3 Média: 3.3]

Edital deverá ser publicado no segundo semestre.

De acordo com as informações recebidas do setor de recursos humanos do TCM/SP, há a previsão de que a publicação do edital referente ao novo concurso público do Tribunal de Contas do Município de São Paulo (TCM/SP) deva ocorrer até o início do próximo semestre, ou seja, por volta do começo do mês de agosto.

A realização do concurso foi autorizada pelo presidente do órgão, o Roberto Branquim, em meados do mês de janeiro. O que impede a finalização e a divulgação deste certame são dois pontos ainda não definidos. Estes são a confirmação dos membros que integrarão a comissão do concurso e a definição da banca que ficará responsável por sua organização.

Quer saber mais sobre o próximo concurso público do TCM/SP? Acompanhe este post.

TCM/SP: cargo e salários do próximo concurso público

Este processo seletivo tem como objetivo disponibilizar oportunidades de emprego, na área de Suporte Administrativo, para o cargo de Auxiliar Técnico de Fiscalização. Serão oferecidas algumas vagas iniciais e este cargo exige do candidato apenas a conclusão do Ensino Médio. A remuneração inicial prevista é no valor de R$ 10.032,40.

Esta remuneração total é referente ao salário básico no valor de R$ 4.907,45, somado à gratificação de incentivo, especialização e produtividade, que passa a ser recebida a partir do sexto mês de trabalho, no valor de R$ 5.124,95.

TCM/SP: defasagem de colaboradores no cargo de Auxiliar de Fiscalização

Apesar de tudo, a quantidade de vagas abertas ainda não é o suficiente para suprir as necessidades atuais do órgão, visto que o último concurso do TCM/SP, para esta carreira, foi realizado há quase 12 anos.

Segundo o levantamento funcional realizado no ano de 2012, foi contabilizada a defasagem de 63 auxiliares neste cargo, que deve ser aumentado consideravelmente, devido à aposentadoria dos atuais colaboradores, resultando em um número extremamente superior ao total de vagas autorizadas pelo presidente do órgão.

Por essa razão, há a expectativa de que mais vagas possam ser preenchidas por vagas remanescentes, além das que foram inicialmente ofertadas.

TCM/SP: Progressão salarial

O candidato selecionado recebe, inicialmente, um salário fixo, de valor satisfatório. Não o bastante, conforme aumenta o tempo de exercício da função, a carreira conta com mais sete níveis, que proporcionam uma progressão salarial.

Como visto, a primeira gratificação de incentivo atual é recebida a partir da conclusão de seis meses de exercício da função, que somada ao salário inicial, resulta em R$ 10.032,40. Posteriormente, a remuneração total vai crescendo exponencialmente para os seguintes valores:

  • Nível 1: remuneração total no valor de R$ 10.523,14;

  • Nível 2: remuneração total no valor de R$ 11.062,97;

  • Nível 3: remuneração total no valor de R$ 11.656,79;

  • Nível 4: remuneração total no valor de R$ 12.309,96;

  • Nível 5: remuneração total no valor de R$ 13.028,48;

  • Nível 6: remuneração total no valor de R$ 13.818,79; e

  • Nível 7: remuneração total no valor de R$ 14.688,22.

TCM/SP: o último concurso realizado

Haja vista, o último processo seletivo para preencher vagas referentes ao cargo de Auxiliar Técnico de Fiscalização teve realização no ano de 2006, tendo o Instituto Cetro como banca responsável pela organização do certame. Neste ano, foi oferecido um total de 32 vagas, distribuindo apenas 23 vagas para a área de Suporte Administrativo, a qual exige do candidato a conclusão do Ensino Médio, apenas, para concorrer.

Do total de 9 vagas restantes, 3 foram direcionadas para a área de Técnico de Enfermagem, que exigia que o candidato possuísse um Ensino Médio com técnico especializado. E 6 foram direcionadas para o cargo de Professor de Educação Infantil, que exigia do profissional uma formação superior, junto da licenciatura plena.

Felicia Lopes

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 6 Média: 2.7]

Inscrições até o dia 4 de junho de 2018.

Nos últimos dias, tem-se vinculado em diferentes meios de comunicação diversos anúncios de concursos públicos por todo o território nacional. E a última notícia que se tem a respeito de um novo certame foi em relação ao novo processo seletivo do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Goiás, o Crea/ GO. Segundo o órgão, estão abertas mais de 20 vagas para três cargos específicos. Além de contratação direta, este certame também vai ser utilizado para a criação de um cadastro reserva. Veja agora todos os detalhes do concurso do CREA/GO.

As oportunidades oferecidas pelo Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Goiás

A unidade do CREA de Goiás vai oferecer ao todo 21 vagas em seu novo processo de contratação. A admissão de novos profissionais se faz importante. Visto que o último processo seletivo do órgão aconteceu no ano de 2016. E uma organização com a importância do Conselho necessita ter um bom número de funcionários para poder atender a todas as suas demandas.

Veja agora a lista das oportunidades abertas e demais informações sobre as vagas:

-Nível Superior:

01 vaga direta para o cargo de analista de área de tecnologia da informação. Cadastro reserva: 02. Remuneração: R$3.703,69

-Nível Médio:

05 vagas diretas para o cargo de assistente administrativo. Cadastro reserva: 10. Remuneração: R$ 1.714,44.

-Nível Fundamental:

01 vaga direta para o cargo de auxiliar operacional. Cadastro reserva: 02. Para esta função é necessário que o interessado tenha uma carteira nacional de habilitação para automóveis. Remuneração: R$1.556,90.

Para todas as funções é necessário ter a formação exigida no nível de escolaridade. Todos os contratados vão ter uma carga horária de oito horas semanais (segunda-feira a sexta-feira) ou 40 horas por semana. Além disso, os contratados vão ter direito a benefícios como: licença maternidade no período de 180 dias; auxílio com creche; folga no dia do aniversário; plano médico e auxílio com alimentação.

Os cargos vão ser divididos para as seguintes cidades: Goiânia, Goianésia, Campos Belos, Porangatu, Minaçu e Formosa.

Processo de escolha dos novos funcionários do CREA/ GO vai ser realizado por meio de diferentes etapas

O Conselho Regional de Engenharia e Agronomia de Goiás definiu que vai realizar os seguintes procedimentos para a escolha dos novos servidores:

01º: análise de currículo;

02º: avaliação de múltipla escolha;

03º: prova de redação (somente para candidatos a cargos da função de assistente administrativo);

04º: teste de digitação (etapa semelhante aos critérios da terceira etapa).

05º: entrevista individual.

Na primeira etapa, análise de currículos, os responsáveis pela avaliação vão pontuar os candidatos de acordo com as experiências que eles possuírem nos seguintes pontos:

-analista de área de tecnologia da informação: desenvolvimento no padrão MVC; banco de dados MySQL e PHP.

-assistente administrativo: sistema operacional Linux; aplicativos para escritório, como Word, Writer, Excel, Calc etc e atendimento ao público.

-auxiliar operacional: sistema operacional Linux; aplicativos para escritório, como Word, Writer, Excel, Calc etc e desenvolvimento e auxílio nas atividades previstas no item 2.2.1

Para conferir a pontuação de cada um dos itens acesse o edital deste certame que está disponível em: http://www.creago.org.br/. Essas informações estão dispostas no item “4 – DO PROCEDIMENTO DE SELEÇÃO” página 04. O resultado da primeira etapa vai ser divulgado no dia 15 de junho de 2018.

Já a segunda a avaliação de múltipla escolha será composta da seguinte maneira:

-auxiliar operacional e assistente administrativo. Total de 25 perguntas sendo:

07 questões sobre a norma NBR ISO 9001:2015.

08 questões sobre o Capítulo VII – da Administração Pública – da Constituição Federal.

10 questões sobre a lei 5.194/66.

-analista de área de tecnologia da informação. Total de 25 perguntas sendo:

05 questões sobre a norma NBR ISO 9001:2015.

05 questões sobre o Capítulo VII – da Administração Pública – da Constituição Federal.

05 questões sobre a lei 5.194/66.

10 questões sobre os seguintes conhecimentos específicos: Versionador de Arquivos SVN, Desenvolvimento no padrão MVC, AngularJS, CSS3, HTML5, Jquery, Javascript, Banco de Dados MySQL, PHP e Logística de Programação.

A prova de múltipla escolha está marcada para a data de 19 de junho e o resultado vai ser divulgado em 04 de julho. A prova de digitação e a entrevista acontecem no período entre 09 a 20 de julho. O resultado final vai ser divulgado na data de 01º de agosto. As provas acontecem nas cidades em que vão ser distribuídos os cargos.

Inscrições no processo seletivo do CREA/ GO

As inscrições estarão abertas até o dia 04 de junho e devem ser efetuadas até a data de http://www.creago.org.br/. O certame vai ter validade de um ano e pode ser prorrogado por mais um ano.

Isabela Castro.

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 2 Média: 2]

Seleção deverá ofertar 575 vagas.

Muitas pessoas se encontram na expectativa de novas informações sobre a abertura de novos processos seletivos e concursos públicos. Este fato se deve em razão de uma forte crise ter atingido a economia do país desde o ano de 2016. DESSA FORMA, DE LÁ PARA CÁ MUITAS EMPRESAS EM TODO O PAÍS TIVERAM QUE REDUZIR SUAS ATIVIDADES E ASSIM TIVERAM QUE DIMINUIR O NÚMERO de colaboradores, contribuindo diretamete para o número de pessoas desempregadas no país. Diante de tanta instabilidade, os brasileiros passaram a ver os concursos como boas oportunidades na busca de um novo posto no mercado de trabalho.

Dessa forma, quem reside no estado de São Paulo e busca por uma oportunidade de prestar um concurso, acaba de surgir uma excelente oportunidade. Estamos falando do novo concurso público do Detran- SP, cuja realização acaba de receber autorização por parte do governo estadual. Saiba mais.

É isso mesmo, quem no estado de São Paulo busca por concursos públicos para realizar, já pode começar a se preparar, pois o Departamento Estadual de Trânsito de São Paulo irá realizar um novo concurso.

De acordo com as informações mais recentes, nesta última sexta-feira, dia 25 do mês de maio, foi publicado no Diário Oficial, a portaria que libera a autorização do novo certame do Detran-SP. No documento, que é uma portaria criada por Márcio França, atual governador do estado, em que é concedida autorização do estado de São Paulo.

Segundo as primeiras informações sobre o concurso, já foi confirmado pelo órgão que serão disponibilizadas para a concorrência o total de 575 vagas, de modo que haverá oportunidades para pessoas com formação de nível médio e de nível superior.

Dessa forma, do total de vagas a srem disponibilizadas, 375 são para o posto de oficial estadual de trânsito de nível I e as restantes 200 são para o cargo de agente estadual de trânsito de nível l.

Desse modo, quem possui interesse em realizar o certame e concorreer a uma vaga no cargo de oficial de trânsito deve possuir formação completa de nível médio ou de nível técnico, porém, é exigido que a instituição que emitiu o certificado de conclusão possua reconhecimento do Ministério da Educação e Cultura, o MEC. Um profissional que atue nesta função possui uma remuneração no valor de R$ 1.863.

Por sua vez, quem possui formação de nível superior pode entrar para a concorrência de uma vaga no posto de agente de trânsito. Além de ser graduado ( são aceitos vários cursos) o candidato ainda precisa possuir CNH de categoria a partir da "B". Um profissional neste cargo possui uma remuneração no valor de R$ 4.657,50.

Dessa forma, agora que a realização do concurso já foi autorizada, o próximo passo em sua elaboração será a formação de uma comissão organizadora que ficará responsável por resolver as demais pendências sobre o certame,

inclusive a contratação de uma empresa que ficará responsável em elaborar e executar o concurso.

Assim, se tudo ocorrer conforme o esperado, a previsão é de que em breve os membros da comissão sejam eleitos, assim como a banca seja contratada.

De acordo com informações cedidas pelo órgão , o último concurso público realizado pelo Departamento Estadual de Trânsito do estado de São Paulo aconteceu no ano de 2013. Na época foram disponibilizadas na concorrência um total de 1.200 oportunidades, para os cargos de agente e oficial de trânsito, com lotação em diversas localidades do estado de São Paulo. A empresa contratada para organizar o concurso foi a Fundação Vunesp, muito conhecida na área de organização de certames públicos.

Nesse sentido, se você possui interesse em realizar o concurso público do Detran de São Paulo, não deixe de estar atento às novas informações. Não perca essa oportunidade.

Sirlene Fátima Oliveira Justo

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 11 Média: 2.5]

Seleção contará com 110 vagas.

Nos últimos dias, o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial do Amapá (Senac/AP) realizou a divulgação do edital relacionado ao seu novo processo seletivo. Este novo certame tem o objetivo de preencher 110 vagas. Deste total, apenas 9 vagas serão para preenchimento imediato e as outras 101 são para CR (cadastro reserva).

Confira a seguir mais informações sobre o concurso público do Senac/AP.

Vagas

As vagas abertas, de nível fundamental são referentes aos seguintes cargos:

  • Cargo de Auxiliar de Serviços Gerais: total de 16 vagas (1 vaga para preenchimento imediato e 15 vagas para cadastro reserva), recebendo todo mês o salário de R$ 994,00;

  • Cargo de Vigia: total de 12 vagas (3 vagas para preenchimento imediato e 9 vagas para cadastro reserva), com remuneração mensal no valor de R$ 1.000,00; e

  • Cargo de Motorista: total de 6 vagas (1 vaga para preenchimento imediato e 5 vagas para cadastro reserva), com salário no valor de R$ 1.278,00.

Já as chances para candidatos com escolaridade de nível médio são as seguintes:

  • Cargo de Operador de Caixa: total de 6 vagas (apenas para cadastro reserva), com remuneração mensal de R$ 1.117,00; e

  • Cargo de Auxiliar de Administração: total de 10 vagas (apenas para cadastro reserva), com salário mensal de R$ 1.435,00.

E as oportunidades abertas para nível superior são as seguintes:

  • Cargo de Pedagogo(a): total de 12 vagas (sendo 1 vaga para preenchimento imediato e 10 vagas para cadastro reserva), com remuneração de R$ 2.866,00;

  • Cargo de Cientista Contábil: total de 6 vagas (apenas para cadastro reserva), com salário inicial no valor de R$ 2.866,00;

  • Profissional graduado em qualquer curso de nível superior: total de 10 vagas (apenas para cadastro reserva), com remuneração no valor de R$ 2.866,00;

  • Cargo de Instrutor da área de Farmácia: total de 6 vagas (1 vaga para preenchimento imediato e 5 vagas para cadastro reserva), com salário fixo que pode variar entre R$ 179,00 e R$ 190,00, junto da hora/aula que também pode variar entre R$ 25,57 a R$ 27,15, com direito a ⅙ de DSR (descanso semanal remunerado) sobre o salário-base;

  • Cargo de Instrutor da área de Informática: total de 10 vagas (apenas para cadastro reserva), com salário fixo que pode variar entre R$ 179,00 e R$ 190,00, junto da hora/aula que também pode variar entre R$ 25,57 a R$ 27,15, com direito a ⅙ de DSR (descanso semanal remunerado) sobre o salário-base;

  • Cargo de Instrutor da área de Libras: total de 11 vagas (1 vaga para preenchimento imediato e 10 vagas para cadastro reserva), com salário fixo que pode variar entre R$ 179,00 e R$ 190,00, junto da hora/aula que também pode variar entre R$ 25,57 a R$ 27,15, com direito a ⅙ de DSR (descanso semanal remunerado) sobre o salário-base; e

  • Cargo de Instrutor da área de Estética: total de 5 vagas (apenas para cadastro reserva), com salário fixo que pode variar entre R$ 179,00 e R$ 190,00, junto da hora/aula que também pode variar entre R$ 25,57 a R$ 27,15, com direito a ⅙ de DSR (descanso semanal remunerado) sobre o salário-base;

Todas as oportunidades são para a cidade de Macapá, exceto as vagas para o cargo de Operador de Caixa que é para a cidade de Santana.

O concurso

A banca responsável pela organização deste concurso é a RHS Consult. As inscrições podem ser realizadas por meio do portal da banca, até o dia 26 de junho, mediante pagamento de taxa de inscrição no valor de R$ 35,00 (para vagas de nível fundamental), R$ 45,00 (para vagas de nível médio) ou R$ 55,00 (para vagas de nível superior).

A aplicação da prova está prevista para o dia 15 de junho. Serão um total de 30 questões objetivas, abordando disciplinas como Português, Matemática, Conhecimentos Gerais e Conhecimentos Específicos, com duração de três horas.

Os candidatos aos cargos de nível superior devem entregar, no mesmo dia, documentos que comprovem sua especialização (como diplomas, mestrado e doutorado).

Todos os 20 candidatos com as melhores notas na prova deverão realizar uma avaliação prática, como parte do processo seletivo, porém, a data desta avaliação ainda não foi divulgada.

Este concurso tem validade de um ano, com a possibilidade de prorrogação de mais um.

Felicia Lopes

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 8 Média: 3.4]

Seleção oferece 483 vagas

Todo brasileiro sabe o quanto está difícil conseguir um novo posto de trabalho. Mesmo quem possui uma boa formação tem encontrado dificuldades na hora de conseguir um nova colocação, por isso muitas pessoas buscam nos processos seletivos e concursos públicos em geral boas oportunidades para assim conseguirem estabilidade e segurança, tão em falta neste momento em que o país atravessa uma forte crise em sua economia, o que entre tantos problemas contribuiu para que o número de pessoas desempregadas aumentasse de forma considerável.

Dessa forma, quem reside no estado da Bahia, mais precisamente em Salvador e se encontra na expectativa pela abertura de novos concursos, acaba de surgir uma interessante oportunidades. Estamos falando do novo concurso público da Prefeitura Municipal de Salvador-BA.

O novo concurso público da Prefeitura de Salvador é voltado para profissionais que atuam na área da saúde. De acordo com as informações contidas no edital de abertura do certame, serão disponibilizadas o total de 483 vagas, havendo oportunidades para pessoas com formação de nível médio/técnico e com formação de nível superior.

Quem estiver interessado em entrar para a concorrência e possuir formação de nível médio poderá concorrer à vagas nos seguintes cargos:

– Auxiliar de Saúde bucal: 112 vagas imediatas.

– Técnico em Enfermagem: 183 vagas imediatas;

Um profissional que atue como auxiliar de saúde bucal possui uma remuneração no valor de R$ 1.453,69. Por sua vez, um técnico de enfermagem recebe uma remuneração no valor de R$ 1.938,26, sendo que para este cargo o candidato também precisa possuir curso técnico de enfermagem.

Já as pessoas que possuem formação de nível superior poderão concorrer à vagas nos seguintes cargos:

– Cirurgião dentista: 96 vagas imediatas;

– Enfermeiro: 92 vagas imeditas.

O profissional que atua no cargo de cirurgião dentista ou no cargo de enfermeiro possui uma remuneração no valor de R$ 3.876,53.

Os interessados em participar do concurso concorrendo a uma das vagas disponibilizadas deve realizar a sua inscrição até o dia 3 do mês de junho. Para isso basta acessar o endereço eletrônico: http://www.processoseletivosimplificadoatencaoprimaria.salvador.ba.gov.br/ e preencher um formulário de inscrição.

Os inscritos deverão pagar uma taxa de participação cujo valor é de R$35 para quem for concorrer a cargos de ensino médio e R$50 para quem for concorrer a cargos de nível superior.

De acordo com informações do edital de abertura do certame, do total de vagas disponíveis, 146 são exclusivas para pessoas declaradas negras e 26 são para pessoas portadoras de deficiência. Além disso, o concurso também aproveitará para formar cadastro de reserva.

O processo de seleção dos candidatos se dará por meio de análise de títulos, sendo que os documentos deverão ser enviados por meio de endereço eletrônico, quando o candidato realizar a sua inscrição.

Se tudo ocorrer conforme o previsto, o resultado final com os nomes dos aprovados será divulgado no dia 6 do mês de agosto.

Assim, aqueles que tiverem seus nomes divulgados na lista serão contratados pelo período de 2 anos, tempo de contratação que pode ser prorrogado por mais dois anos conforme haja necessidade e seja determinado pela Prefeitura Municipal de Salvador.

Nesse sentido, se você atende aos requisitos deste certame e gostaria de encontrar um novo trabalho, que lhe ofereça segurança e estabilidade, não deixe de fazer a sua inscrição, pois esta pode ser a oportunidade que você tanto procurava.

Como se pode notar, são muitas vagas, por isso você possui muita chance. Além do mais, não custa tentar já que o processo de seleção não será por meio de realização de provas, o que exige uma certa preparação. Basta acessar o endereço eletrônico informado acima, preencher corretamente o cadastro e anexar seus documentos. Saia da crise que atingiu o país, inscreva-se no concurso Público da Prefeitura de Salvador, são 483 vagas. Uma pode ser a sua.

Sirlene Montes

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 5 Média: 3.2]

Inscrições poderão ser feitas entre os dias 12 de junho e 11 de julho de 2018.

O Governo do Estado de Goiás, através da sua Secretaria de Segurança, divulgou na última terça-feira, dia 15, o edital para o próximo concurso ao cargo de delegado da Polícia Civil daquele estado.

Esta é uma excelente oportunidade para quem é bacharel em Direito ou para aqueles que estão terminando o curso ainda este ano. Isto porque um dos requisitos básicos para o cargo é possuir curso superior nesta área.

Segundo as informações divulgadas pela instituição daquele estado, os aprovados para o cargo terão que cumprir uma jornada de trabalho de 40 horas semanais e terão uma remuneração inicial de pouco mais de R$ 19.000,00 para quem está em início da carreira.

Além disto, os aprovados não ficarão lotados apenas nas delegacias da capital, mas deverão ser realocados para as diversas delegacias espalhadas pelo interior do estado, de acordo com as necessidades de cada município.

Ao todo, serão selecionados um número inicial de 100 candidatos, sendo que desta, 05 vagas são destinadas aos portadores de deficiência física.

Este número inicial anunciado deverá cumprir um cronograma estabelecido pela própria Polícia Civil para que haja um reforço no esquema de segurança em diversas localidades do estado.

As inscrições deverão ser iniciadas a partir do dia 12 de junho e poderão ser feitas exclusivamente pela internet, até às 23:59hrs do dia 11 de julho.

O valor da inscrição será de R$ 200,00 e todo o processo seletivo ficará por conta da Universidade Estadual de Goiás (UEG). O endereço eletrônico para a inscrição será o seguinte: www.nucleodeselecao.ueg.br.

Vale lembrar aos interessados que somente a inscrição no site não garante a efetiva participação do candidato no processo seletivo. Os participantes deverão realizar o pagamento da respectiva taxa para garantir o seu acesso a todas as fases do concurso.

Os interessados em participar do processo seletivo deverão estar cientes de que deverão enfrentar uma verdadeira maratona de teste e avaliações. Para o cargo de delegado todo o processo seletivo constará de oito fases a serem cumpridas.

A primeira fase é composta de uma prova objetiva, a ser aplicada no dia 12 de agosto. A segunda etapa será composta por questões subjetivas e tem por finalidade de testar os conhecimentos mais aprofundados dos candidatos. Esta segunda etapa será realizada nos dias 25 e 26 de setembro.

Nas duas fases, os candidatos serão avaliados com relação ao grau de conhecimento teórico com relação às seguintes disciplinas: criminologia, medicina legal, legislação aplicada no estado de Goiás e do Brasil, noções de cultura, política e geografia de Goiás, legislação penal e conhecimento específico em algumas áreas do Direito como o penal, processual penal, administrativo, constitucional, administrativo, empresarial, civil, tributário e eleitoral.

Depois desta etapa teórica, os candidatos deverão ser submetidos a outras etapas que deverão constar de outros tipos de avaliação como avaliação médica, testes de aptidão física, exame psicotécnico, análises de títulos, investigação da vida pregressa, exame de aptidão e sanidade mental e a avaliação do formação do aspirante ao cargo em cursos de formação profissional.

O concurso anunciado pelo governo de Goiás terá a validade de apena seis meses, sendo passível de prorrogação por igual período.

Os interessados em participar do concurso podem ter acesso ao edital do referido pleito através da mesma página na qual poderão fazer a sua respectiva inscrição e a mesma já foi citada anteriormente neste artigo.

Se você é bacharel em Direito ou está concluindo o curso até o final do primeiro semestre deste ano, esta é uma boa oportunidade para ingressar numa carreira pública que , apesar dos riscos, poder garantir um salário razoável e uma boa estabilidade funcional. Então não perca tempo e começe a estudar agora ou intensifique seu ritmo de estudo para não perder mais tempo.

Emmanoel Gomes

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 0 Média: 0]

Seleção deverá contar com mais de 2 mil vagas.

A um ano atrás, em maio de 2017, o Ministério da Fazenda solicitou autorização do MPDG (Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão) para a realização de um novo concurso público para a ocupação de oportunidades de emprego disponíveis no órgão da Receita Federal. Ao total, são 2.083 vagas abertas, sendo 1.453 oportunidades direcionadas para o cargo de Analista Tributário e 630 vagas ofertadas para a ocupação do cargo de Auditor Fiscal.

Para as duas carreiras, é exigida formação completa no ensino superior, podendo ser em diversas áreas do conhecimento. A remuneração inicial para o cargo de Analista Tributário é no valor correspondente a R$ 9.714,42, estando incluso o valor de R$ 458,00 do vale alimentação. Já o salário inicial para o cargo de Auditor Fiscal é no valor de R$ 16.201,64, também estando inclusos os R$ 458,00 do vale alimentação.

Estima-se que este concurso público da Receita Federal do Brasil (RFB) seja realizado ainda neste ano (2018), mas até o momento, o MPDG ainda não se manifestou quanto à autorização, deixando uma grande expectativa, pois o órgão apresenta uma grande defasagem em seu quadro de pessoal, com tendência a aumentar o número de cargos vagos, devido à aposentadoria de 20% dos atuais contratados. De acordo com o último levantamento, realizado no fim do ano de 2017, a Receita Federal apresenta quase 21 mil cargos em aberto, sendo quase 20 mil referentes aos cargos citados acima.

Concurso Receita Federal: área administrativa

Além disso, também se aguarda a autorização do MPDG para a realização de um processo seletivo que tem como objetivo ocupar 400 vagas abertas no setor administrativo, relacionados aos cargos de Analista Administrativo e Assistente Técnico Administrativo.

Para ocupar o cargo de Assistente Técnico Administrativo, é necessário que o candidato tenha concluído o Ensino Médio e o salário inicial oferecido é no valor de R$ 4.137,97, contando com o vale alimentação de R$ 458,00. E para o cargo de Analista Administrativo, a remuneração inicial é no valor de R$ 5.490,09, junto do vale alimentação de mesmo valor, necessitando ter concluído o Ensino Superior.

Concurso Receita Federal: o último concurso

O último concurso para preencher as vagas do cargo de Assistente Técnico Administrativo foi realizado no ano de 2014, pela Esaf (Escola de Administração Fazendária). O processo seletivo ocorreu por meio de uma prova objetiva, de 70 questões, sendo 50 questões sobre conhecimentos básicos e 20 questões sobre conhecimentos específicos. A parte de conhecimentos básicos abordou conteúdos sobre Matemática e Raciocínio Lógico, Língua Portuguesa, Informática e Atualidades. Já sobre conhecimentos específicos foram cobrados assuntos como Ética, Gestão de Pessoas, Administração Pública Brasileira, Regime Jurídico dos Agentes Públicos, Atendimento ao Público, entre vários outros.

Para o cargo de Analista Administrativo, o último concurso público também foi realizado pela Esaf e ocorreu no ano de 2013. O processo de seleção contou com a aplicação de duas provas. A primeira possuía 65 questões objetivas, abordando assuntos de conhecimentos gerais como Atualidades, Língua Portuguesa, Raciocínio Lógico e Informática, além de conhecimentos específicos como Direito Administrativo, Direito Constitucional, entre outros. Já a segunda prova foi de caráter discursivo, abordando os mesmos assuntos.

Concurso Receita Federal: como se preparar?

É de praxe que se preparar para um concurso público não é uma tarefa fácil, ainda mais quando se trata de um processo seletivo da Receita Federal, que recebe milhares de candidatos, sendo considerado um dos concursos mais concorridos do país. Portanto, é de extrema importância que os estudos se iniciem com determinada antecedência.

As maiores estratégias de estudo que se pode tomar, nessa circunstância, é a preparação para a prova a partir do conteúdo programático disposto no edital e a realização de provas de processos seletivos anteriores, para que se acostume com a forma que os exames abordam os conteúdos solicitados. Lembrando que essa última prática ajuda a saber quais temas mais caem, de forma que é possível focar nestas matérias.

Felicia Lopes

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 7 Média: 2.4]

Oportunidades são para o cargo de Soldado Combatente.

Segundo informes da Secretaria de Estado do Planejamento, Gestão e Patrimônio (Seplag) do estado de Alagoas, o edital do próximo concurso público da Polícia Militar de Alagoas, do ano de 2018, terá divulgação até o último dia desse mês (31 de maio), com previsão de aplicação dos exames no fim do mês de agosto. A banca definida foi divulgada em uma publicação no Diário Oficial no dia 9 de maio, e a escolhida como organizadora foi o Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos (CEBRASPE), com quem a Seplag já está formalizando o contrato.

O anúncio da realização deste concurso público ocorreu na data de 4 de janeiro, junto da pretensão de realizar um concurso público também para o CB (Corpo de Bombeiros) do estado. Desde a divulgação da comissão responsável pelo certame, o concurso teve grande avanço, tendo, no último dia 13, a divulgação da data de publicação do edital.

Quer saber mais sobre o concurso da PM/AL? Acompanhe a seguir neste post.

Concurso da PM/AL: último concurso

O último concurso público realizado pela Polícia Militar de Alagoas foi realizado no ano de 2017, disponibilizando cerca de mil vagas para o cargo de Soldado Combatente, sobre a responsabilidade do Centro de Seleção de Promoção de Eventos (Cespe/UnB).

Os requisitos para os candidatos que desejavam ser selecionados para este cargo eram a conclusão do Ensino Médio, ter entre 18 e 30 anos de idade na data de inscrição e medir, no mínimo, 1,60 m de altura (para as mulheres) e 1,65 m de altura (para os homens). O salário inicial previsto para este cargo, após realizado o curso de formação, é no valor de R$ 3.522,88.

O processo seletivo constou com uma prova de 120 questões, de caráter objetivo, que cobravam conhecimentos gerais e específicos, junto da realização de uma redação.

O Concurso PM/AL 2018

Os requisitos necessários para concorrer a uma das vagas que serão ofertadas no concurso público da Polícia Militar de Alagoas, do ano de 2018 são:

  • Ter concluído o Ensino Médio ou equivalente, apresentando certificado de conclusão de curso, válido pela Secretaria da Educação ou órgão relacionado;

  • Possuir entre 18 e 30 anos de idade, quando for realizar a inscrição para o concurso;

  • Estar habilitado para conduzir veículos automotores, no mínimo, na categoria B, ou seja, possuir CNH ou carteira provisória; e

  • Possuir, no mínimo, a altura de 1,65 m para pessoas do sexo masculino e 1,60 m para pessoas do sexo feminino.

Confira a seguir as etapas deste concurso.

O concurso da Polícia Militar do estado de Alagoas é composto por quatro etapas, que são as seguintes:

  • Prova objetiva, de caráter classificatório e eliminatório;

  • Avaliação das condições de saúde;

  • Teste de aptidão física; e

  • Investigação social e comprovação documental.

Concurso PM/AL 2018: atribuições do soldado combatente

Após ser selecionado, o soldado deverá participar de um curso de formação integral e exclusivo, de regime de internato ou semi-internato, além de executar atividades relacionadas às suas funções. Após formado, é responsabilidade deste profissional:

  • Realizar policiamento ostensivo, de modo reservado, velado e fardado;

  • Executar assessoria aos comandantes de guarnição;

  • Ser sentinela das guardas militares;

  • Participar de operações policiais;

  • Auxiliar nos procedimentos administrativos da Polícia Militar; entre outras atribuições.

Todas suas funções devem ser realizadas com obediência à hierarquia e às leis.

Para mais informações sobre o concurso público da Polícia Militar do estado de Alagoas, aguarde a divulgação do edital, que tem previsão de ser liberado no dia 31 de maio. Portanto, fique atento às novidades do portal da CEBRASPE, do Seplag/AL e da própria Polícia Militar de Alagoas.

Felicia Lopes

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 43 Média: 2.6]

Confira aqui mais detalhes sobre o novo certame que será promovido pelo Conselho.

Muitos estão interessados no concurso público do CRQ 4 – Conselho Regional de Química da 4ª Região, cuja jurisdição encontra-se em São Paulo, e novos detalhes já estão sendo divulgados, sendo que o Instituto Quadrix é que ficará responsável por toda organização. Através de dispensa de licitação há alguns dias atrás, ficou decidido sobre a banca organizadora.

As vagas para o concurso CRQ/SP estará oferecendo vagas para candidatos de nível médio e também de ensino superior, sendo que os salários variam de acordo com o cargo, ficando entre R$ 2.306,13 e R$ 8.416,52. O Instituto Quadrix informou ainda que as oportunidades estarão sendo distribuídas para 12 municípios, sendo eles: Sorocaba, São Paulo, Araraquara, Araçatuba, Piracicaba, Campinas, Ribeirão Preto, Presidente Prudente, São José dos Campos e São José do Rio Preto.

Agora a expectativa dos futuros candidatos é em relação aos cargos, mas nada foi revelado sobre isso e também não comunicaram qual será o número de vagas, porém, acredita-se que haja vagas imediatas e também para a formação de cadastro de reserva. Agora é aguardar a divulgação do edital após a abertura deste concurso, mas para isso ainda falta a assinatura do contrato para prestação de serviços com a empresa responsável pela organização. Quando isso acontecer, já é confirmado o cronograma com a data de publicação do edital, das inscrições e também das provas.

Muitos estão confiantes que o concurso CRQ/SP acontece mesmo este ano e muito em breve, pois o último foi em 2013 e ao longo destes anos, muitas novas vagas surgiram e precisam ser preenchidas. Em 2013 foram ofertadas apenas 10 vagas imediatas e cadastro, sendo que o Instituto Quadrix também foi o responsável pela organização do concurso, sendo que a remuneração ficou entre R$ 1.357,92 e R$ 6.102,00.

Os candidatos que tinham o ensino médio completo puderam se inscrever para os seguintes postos: administrativo, manutenção predial e elétrica, alvenaria, manutenção predial, pintura e hidráulica, motorista, mensageiro e também para o teleatendimento.

Os candidatos com curso técnico puderam se inscrever para: financeiro, compras, contabilidade, informática e recursos humanos.

E aqueles graduados tiveram as seguintes opções: analista de sistema – programação, fiscal, bibliotecário, rede e jornalismo.

O CRQ é uma autarquia federal no estado de São Paulo, que fiscaliza os profissionais e também as empresas que atuam na área da química. A sede do Conselho fica na rua Oscar Freire, 2039 e o atendimento ao público é feito de segunda a sexta-feira, no horário das 9h30 às 15 h, mas os escritórios de São José dos Campos e Santos começam a atender neste horário, mas para às 12h, voltando às 13h e encerrando às 15h. Há escritórios também em várias outras cidades do estado de São Paulo.

Em 2013, o concurso CRQ teve as inscrições abertas no dia 21 de outubro, finalizando dia 1º de dezembro, com as provas sendo aplicadas no dia 15 do mesmo mês e os gabaritos sendo divulgados no dia seguinte. A prova objetiva para todos os cargos foi de caráter eliminatório e classificatório. A 2ª fase teve a prova de redação para todos, exceto PAE/Fiscal, que foi prova de redação técnica. A 3ª fase teve prova prática de informática para os candidatos ao cargo PAS/Especialista/Jornalismo, sendo de caráter classificatório e eliminatório, onde foi realizada a avaliação dos conhecimentos. Para os cargos de PSA/Motorista e PAE/Fiscal, a prova prática foi de direção veicular, sendo classificatória e eliminatória, avaliando a habilidade dos candidatos na condução de um veículo automotor.

Acesse aqui o site para consultar o edital de 2013, assim é possível ter uma boa ideia de como será o deste ano, podendo inclusive, já ir conferindo os requisitos que foram exigidos para a contratação, que não deverão ser muito diferentes este ano.

Por Russel

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 0 Média: 0]

Oportunidades são para profissionais de todos os níveis de escolaridade.

Uma das instituições de ensino superior mais importante da região sul, a Universidade Estadual do Oeste do Paraná, a Unioeste/PR, vai realizar mais um concurso público para a contratação de novos profissionais de diferentes funções. Segundo o que a faculdade divulgou, este certame vai oferecer mais de 20 vagas para os mais diversos níveis de escolaridade. Se você está interessado em participar deste concurso público leia o texto abaixo e se informe agora mesmo.

As vagas disponibilizadas pela Universidade Estadual do Oeste do Paraná em seu novo certame

A instituição vai disponibilizar 27 novas colocações em seu quadro de funcionários. Segundo o que consta no edital deste certame, as vagas são para as seguintes funções:

-Nível Fundamental Completo:

04 vagas para a função de zelador.

02 vagas para jardineiro.

01 vaga para auxiliar operacional em manutenção.

03 vagas para auxiliar operacional.

-Nível Médio Completo:

02 vagas para motorista.

-Nível Técnico:

01 vaga para técnico em prótese dentária.

01 vaga para técnico em segurança do trabalho.

02 vagas para técnico em laboratório.

01 vaga para técnico em enfermagem.

07 vagas para técnico administrativo.

-Nível Superior:

01 vaga para médico veterinário.

02 vagas para administrador de empresas.

Para todas as funções descritas acima a carga horária é de 40 horas semanais. A remuneração está fixada entre R$ 1.048,92 e R$ 3.253,72. Os cargos estão distribuídos para os seguintes locais: Campus de Toledo, Reitoria, Campus de Foz do Iguaçu, Campus de Cascavel, Campus de Marechal Cândido Rondon, Campus de Francisco Beltrão e o Hospital Universitário do Oeste do Paraná – HUOP.

Neste certame existem vagas para portadores de necessidades especiais e cotas para negros, para conferir essas informações acesse o edital do concurso que pode ser encontrado em: https://www5.unioeste.br/cogeps/arquivos/concursos/interno/2018/2pssagentes/002.pdf. Estes pontos se encontram respectivamente nos itens 07 (página 12) e 08 (página 14).

Segundo a universidade, este concurso vai ter validade de um ano e o contrato pode ser estendido por mais um ano. O funcionário aprovado não vai poder atuar por mais de dois anos na Unioeste/PR.

Avaliações escolhidas pela Unioeste/PR para escolher os novos funcionários

Todos os inscritos devem fazer uma avaliação objetiva e para as funções de motorista e técnico em prótese dentária é necessário realizar uma avaliação prática. Confira agora o número de questões e as matérias que vão ser cobradas para todos os níveis de escolaridade:

30 perguntas sendo: 05 perguntas de português, 05 de matemática, 05 de conhecimentos gerais e 15 de conhecimentos específicos.

Para conferir quais temáticas abordadas em cada um dos assuntos, a universidade disponibilizou essa relação no edital. Está lista está no “Anexo II – Conteúdos Programáticos Para as Provas”. Página 44.

Informações sobre a data da avaliação objetiva

A avaliação objetiva ou de múltipla escolha está marcada para o dia 24 de junho de 2018. O inscrito pode escolher um dos campi da faculdade para realizar a prova. O teste está marcado para ser iniciado às 8:30 e para acabar às 12:30. Apenas caneta preta, lápis e borracha vão ser aceitos no momento da realização da prova. Além disso, o inscrito deve apresentar um dos documentos para fazer a avaliação:

  • Carteira de identidade (RG).
  • Carteira de identidade emitida no Brasil (para participantes estrangeiros).
  • Carteira de identificação para militares (Aeronáutica, Exército ou Marinha).
  • Carteira de reservista.
  • Carteira profissional de trabalho.
  • Passaporte do Brasil.
  • Carteira de identidade fornecida por órgão ou conselho de representação de classe.
  • Carteira de Habilitação Nacional (CNH).

O resultado da avaliação objetiva vai ser publicado no dia 06 de julho de 2018. Já as provas práticas para motorista e para técnico em prótese dentária ocorrem em 15 de julho. O resultado da avaliação prática será revelado na data de 20 de julho de 2018.

Inscrição para o certame da Universidade Estadual do Oeste do Paraná

Para se inscrever neste concurso público, o interessado deve acessar: https://www5.unioeste.br/cogeps/index.php/processo-seletivos/agentes-universitarios-convocacoes/391-2pssagentes2018. A taxa para inscrição varia entre R$ 50,00 e R$ 150,00. O boleto referente à taxa deve ser pago até a data de 01 de junho de 2018, o documento deve quitado em uma das agências da Caixa Econômica Federal. Boa sorte!

Isabela Castro.

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 1 Média: 5]

Inscrições podem ser feitas até o dia 28 de maio de 2018.

Uma boa notícia para a população de Santa Catarina, a UDESC (Universidade do Estado de Santa Catarina) abre concurso público com regime estatutário, são 14 vagas para cargos de Ensino Médio.

A Universidade do Estado de Santa Catarina (UDESC) tem mais de 50 anos e hoje possui 15 mil alunos em uma estrutura com 12 unidades distribuídas em nove cidades do Estado de Santa Catarina, no Sul do Brasil, além de 32 pólos de apoio presencial para o ensino a distância. Além de oferecer 59 cursos de graduação, também possui 48 mestrados e doutorados.

Uma boa oportunidade de sair das estatísticas crescentes de desemprego, resultado da atual crise econômica nacional. E ainda poder alcançar a estabilidade profissional ao se tornar um funcionário público.

As inscrições estarão abertas a partir de 28 de maio de 2018 e se encerrarão dia 28 de maio de 2018, e deverão ser feitas no site www.udesc.com.br. Lembrando que as inscrições só serão validadas após o pagamento do boleto, com a taxa no valor de R$ 90,00, este terá vencimento máximo em 29 de junho de 2018.

Ao inscrever-se o candidato torna-se responsável em acompanhar o andamento do concurso, que terá todas as informações e comunicados divulgados no mesmo site: www.udesc.com.br.

Serão 14 vagas para o cargo de Técnico Universitário de Suporte Na função de Assistente Administrativo, ditribuídas da seguinte maneira:

  • 5 vagas para unidade de Florianópolis;

  • 1 vaga exclusiva para pessoas com deficiência – PCD, para unidade de Florianópolis;

  • 1 vaga para unidade de Chapecó;

  • 1 vaga para unidade de Balneário Camboriú;

  • 1 vaga para unidade de Lages;

  • 1 vaga para unidade de Joinville;

  • 1 vaga para unidade de Ibirama;

  • 1 vaga para unidade de São Bento do Sul;

  • 1 vaga para unidade de Laguna;

  • 1 vaga para unidade de Pinhalzinho.

O vencimento básico é de R$ 3.264,53, além do auxílio alimentação concedido no valor de R$ 29,25 por dia útil.

A pessoa com deficiência se aprovado e classificado será submetido a exame médico oficial e avaliação da Junta Médica da Diretoria de Saúde do Servidor da Secretaria de Estado da Administração, a qual terá decisão definitiva. Avaliando se a deficiência que é portadora não a impede de exercer as atribuições do cargo pretendido sobre a qualificação do candidato para o exercício do cargo pretendido.

Quanto a prova deste concurso público, será composta por prova objetiva e Prova de redação, ambas serão classificatórias e eliminatórias. A prova objetiva terá 50 questões, divididas em:

  • Conhecimentos específicos – Com 35 (trinta e cinco) questões com conteúdos da Constituição Federal; Noções de Direito Administrativo; Estatuto dos Servidores Públicos Civis de SC; Estatuto e Regimento Geral da UDESC e aspectos históricos, socioeconômicos, políticos e culturais do Estado de Santa Catarina;

  • Conhecimentos Gerais – Com 15 (quinze) questões de Língua Portuguesa e Raciocínio Lógico e 15 questões de conhecimentos gerais

A prova de redação terá um tema relacionado a Administração Pública.

Vale ressaltar que os alunos que não atingirem 50% de acertos na prova objetiva, ou seja, 25 acertos ou mais do total das 50 questões.

Serão critérios de desempate:

  • ter 60 anos completos ou mais até a data do término das inscrições;

  • maior pontuação na prova objetiva de Conhecimentos Específico;

  • maior pontuação na prova objetiva de Conhecimentos Gerais;

  • maior pontuação na prova de redação;

  • menor idade.

As provas serão aplicadas dia 05 de agosto de 2018, no período vespertino e terá a duração de 5 horas, entre 14h e 19h. A partir do dia 26 de julho de 2018 estarão disponíveis os locais de realização da prova. Ressaltando que o candidato só poderá realizar as provas na cidade que se inscreveu para concorrer a vaga.

A classificação final será divulgada até o dia 17 de setembro de 2018, no site www.udesc.com.br.

E por fim, para aqueles que assumirem o cargo de Técnico Universitário de Suporte na função de Assistente Administrativo, terão as seguintes atribuições gerais:

  • Executar, sob supervisão, atividades auxiliares de apoio administrativo de competência da UDESC;

  • Executar atividades e serviços auxiliares, administrativos, laboratoriais, logísticos e operacionais que lhes forem atribuídos na sua área de formação, relacionados aos serviços administrativos da UDESC;

  • Elaborar relatórios de apoio aos serviços administrativos da UDESC;

  • Executar trabalhos relativos à tramitação de papéis e processos;

  • Executar sob supervisão, atividades de apoio operacional, relacionadas à administração da UDESC;

  • Executar outras atividades correlatas.

Vale a pena consultar o edital, disponível no site da universidade www.udesc.com.br, e verificar todos as informações detalhadas do concurso.

Texto de Alvina M Soares

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 3 Média: 5]

Certame deverá contar com 990 vagas para os cargos de Analista, Técnico e Procurador.

O Bacen – Banco Central do Brasil encaminhou um pedido para preenchimento de 990 postos de trabalho. Com isso a expetativa para que a autorização de um novo concurso público aconteça, vem aumentando.

De acordo com o pedido de autorização feito pelo órgão, desse total de 990 vagas, 800 serão destinadas para a carreira de Analista; 150 vagas serão direcionadas para os cargos de Técnico e as demais para o cargo de Procurador.

Falta de Servidores

O principal motivo para que o Bacen tenha entrado com o pedido de autorização para o concurso é a grande defasagem de servidores que existe no órgão.

Atualmente há mais de 2.000 postos de trabalho vagos, além disso há também um grande número de servidores prestes a se aposentarem, o que resultará em uma diminuição de mais 36% de servidores do quadro de pessoal do Bacen.

O número exato de postos vagos é de 2.356 cargos, sendo que desse total, 1.944 são referentes a cargos de analistas, 289 postos são referentes a cargos de técnicos e 123 são postos de procuradores.

Dario Piffer, o presidente do Sindicato Nacional dos Funcionários do Banco Central (Sinal), comentou que o órgão não consegue atender toda demanda de serviços e que essa situação traz inúmeros problemas, sendo que a área de fiscalização é uma das mais prejudicadas com a falta de pessoal, além disso, por conta da defasagem de servidores, o Banco Central dá prioridade somente para as demandas que são consideradas mais importantes.

Sobre os cargos

Requisitos: Os candidatos que forem concorrer às vagas de técnico devem ter o Ensino Médio Completo. Já os que forem concorrer às vagas disponíveis para o cargo de Analista e de Procurador, deverão ter o Ensino Superior Completo em diversas áreas do conhecimento.

Remuneração: O salário inicial oferecido para os aprovados no cargo de técnico será de R$ 6.463,44; os aprovados no cargo de Analista vão receber R$ 16.286,90 e no cargo de Procurador o salário inícial será de R$ 17.788,33.

OBS: Nos salários informados acima, já estão inclusos o valor do benefício-alimentação, que será de R$ 458,00 por mês.

Sobre o último concurso para os cargos de Técnico e Analista do Bacen

O último concurso para os cargos de Técnico e Analista aconteceu no ano de 2013. Na ocasião foram ofertadas 500 vagas e a Banca Organizadora do concurso foi o Cespe/ UnB.

A remuneração inicial oferecida para os aprovados variou entre R$ 5.158,23 e R$ 14.289,24.

Veja abaixo como foram distribuídas as vagas:

Cargo: Técnico

Áreas: Suporte Técnico Administrativo e Segurança Institucional

Vagas: Foram ofertadas 100 vagas

Requisitos: Ensino Médio Completo.

Cargo: Analista

Áreas: Análise e Desenvolvimento de Sistema; Política Econômica e Monetária; Suporte à Infraestrutura de Tecnologia da Informação, Contabilidade e Finanças, Infraestrutura e Logística, e Gestão e Análise processual.

Requisitos: Ensino Superior Completo

Vagas: Foram ofertadas 400 vagas

Sobre as Provas do Concurso de 2013

O processo seletivo de 2013 contou com a aplicação dos seguintes exames:

  • Prova Objetiva;
  • Teste Discursivo;
  • Análise de Títulos – direcionada apenas para candidatos concorrentes das vagas para analista.
  • Após essas três etapas, os candidatos aprovados passaram por um programa de capacitação.

Locais contemplados com as vagas:

  • Brasília – Distrito Federal;
  • Belém – Pará;
  • São Paulo – São Paulo;
  • Salvador – Bahia;
  • Porto Alegre Rio Grande do Sul.

Sobre o último concurso para o cargo de Procurador do Bacen

O órgão publicou também no ano de 2013, um edital que tinha como objetivo o preenchimento de 15 vagas para o cargo de procurador.

Desse total de 15 oportunidades, 14 vagas foram direcionadas para Brasília e uma para Belém.

A Banca Organizadora desse concurso também foi o Cespe/UnB e as etapas do processo seletivo contou com a aplicação da prova objetiva, inscrição definitiva, exames discursivss, exame oral e análise de títulos.

Rosângela Rodrigues

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 5 Média: 2.8]

Saiba aqui mais detalhes sobre o nobo concurso

Os preparativos para a criação de um novo concurso público da Prefeitura Municipal de São Luís, no Maranhão, já tiveram início.

Esse novo concurso, terá como objetivo o preenchimento de dez vagas para o cargo de Auditor Fiscal de Tributos I.

A empresa que será responsável pelo concurso, já foi definida e a escolha dela se deu através de dispensa de licitação.

A Instituição escolhida para elaborar, organizar e executar as etapas do concurso público, será a Fundação Carlos Chagas.

As informações referentes à empresa escolhida como Banca Organizadora, juntamente com as informações sobre as vagas e cargos, foram divulgadas no Diário Oficial.

Ainda na publicação do Diário Oficial, foi dito que também terá formação de cadastro reserva.

Agora é o momento dos futuros candidatos intensificarem seus estudos, pois após a definição da Banca organizadora, não demora muito para que o Edital seja publicado e a data da prova seja definida.

Além disso, a prefeitura de são Luís não realiza um concurso para esse cargo há mais de duas décadas, o que pode fazer com que a concorrência seja ainda maior.

Sobre as vagas

Veja como serão distribuídas as vagas do concurso da Prefeitura de São Luís:

Área: Abrangência geral

Vagas: 8 vagas disponíveis

Área: Tecnologia da Informação

Vagas: 2 vagas disponíveis

Requisitos

Para participar do processo seletivo e concorrer a uma das vagas disponíveis, os interessados deverão ter o Ensino Superior completo.

Remuneração

O salário inicial que será oferecido para os aprovados no processo de seleção, será de R$ 9.000,00.

Nesse valor referente ao salário, estão inclusos o Salário base + 100% de gratificação, referente à produtividade fiscal.

Sobre o Edital

A data de publicação do Edital ainda não foi informada, porém, a expectativa é de que não demore muito para isso acontecer, pois a banca organizadora do concurso já foi escolhida.

Portanto, quem tiver interesse em participar do processo seletivo deve ficar atentos à novas informações que forem surgindo.

Assim que o Edital for publicado é de extrema importância que o candidato leia ele por completo, antes de realizar as inscrições e efetuar o pagamento da taxa referente a ela, para saber se atendem a todos os pré-requisitos cobrados pelo órgão.

Ainda no Edital, será possível obter as seguintes informações:

  • Inscrição;
  • Taxa de Inscrição;
  • Pedido de Isenção;
  • Provas;
  • Conteúdo das Provas;
  • Local, horário e data em que o exame será aplicado;
  • Etapas do processo seletivo;
  • Data de divulgação dos Resultados.

Funções Atribuídas ao cargo

As funções atribuídas aos cargos de Auditor Fiscal de Tributos I serão:

Realizar a fiscalização, o lançamento e constituir os créditos tributários, proceder à sua revisão de cargo, fazer a homologação e aplicação das penalidades de acordo com a legislação e executar à revisão das afirmações feitas pelos sujeitos passivos;

Controlar, executar e melhorar os procedimentos de auditoria, diligência, com o objetivo de verificar o eficaz cumprimento das obrigações tributárias dos sujeitos passivos;

O auditor Fiscal também deverá supervisionar o compartilhamento dos cadastros e de informações fiscais com as outras administrações tributárias da União, Estados e demais Municípios, quando assim estiver definido na lei ou convênio;

Realizar o planejamento, a coordenação, supervisão e praticar, de acordo com a competência específica dos outros órgãos, as atividades de coibição à sonegação fiscal, ocultação de bens, direitos e valores; entre outras atividades.

Sobre o Último Concurso

O último concurso público que foi criado pela Prefeitura de São Luís, com o objetivo ofertar vagas para preenchimentos do cargo de Auditor Fiscal de Tributos I, aconteceu há mais de 20 anos.

Depois desse último concurso criado, o órgão lançou um novo concurso no ano de 2015, porém esse Edital ofertava nove vagas para preenchimento do cargo de Auditor de Controle Interno.

Rosângela Rodrigues

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 8 Média: 3.5]

Seleção deverá preencher até 3 mil vagas.

Novo certame público de escala nacional está prestes a ser oficializado. Os procedimentos estão em andamento por meio da direção geral do departamento da Polícia Rodoviária Federal, a PRF. O responsável pela direção do órgão fez reforçar a urgência da realização de um novo concurso público neste setor, além de precisar que a quantidade de postos de trabalho ofertados seja de 3.000 oportunidades, destinadas aos futuros servidores, mesmo que seja necessária a nomeação e convocação de candidatos remanescentes. A solução urge, pois em 2018 existe a previsão de aposentadoria compulsória de pelo menos 2.000 servidores da PRF.

Portanto, está em processo de tramitação e sanção, dentro do órgão, o documento para a devida publicação de portaria que autorize, no Diário Oficial da União, o próximo certame público. De acordo com declaração do ministro extraordinário, responsável pela Segurança Pública, Raul Jungmann, está confirmada a liberação inicial do número de 500 postos de trabalho.

Foi ratificada a informação, por meio da direção geral da Polícia Rodoviária Federal, assim que se iniciou o mês de março, que o novo edital para o processo de seleção em questão deverá ser publicado neste primeiro semestre, portanto, até o mês de julho. O órgão permanece no aguardo da formalização definitiva, a qual se dará em publicação no Diário Oficial da União.

Conforme o que foi dito pelo mesmo ministro da Segurança Pública, senhor Raul Jungmann, foi estipulado um novo orçamento para a pasta criada recentemente, que confere a soma de 2,7 bilhões de reais, sem a necessidade de haver contingenciamento em cima das verbas deste órgão, de acordo com o que foi decidido em uma reunião junto ao Ministério do Planejamento.

Assim, a oficialização deste novo processo seletivo, para cargos no órgão da PRF, está diretamente atrelada à principal meta do novo ministério criado por meio de uma Medida Provisória, no dia 27 de fevereiro. A intenção desde governo para a pasta em questão está em assumir a responsabilidade pela coordenação e pela promoção de um urgente e mais intenso combate à criminalidade, em plena parceria com todos os Estados da União.

O ministro da segurança pública responde pelo próprio comando da Polícia Rodoviária Federal; pelo comando da Polícia Federal, o qual está com concurso autorizado para 500 vagas, em paralelo; pela Força Nacional e também pelo Departamento Penitenciário Nacional, o Depen, os quais estavam atrelados ao Ministério da Justiça.

As duas condições necessárias para se concorrer às vagas de policial rodoviário são: apresentar o diploma de curso em nível superior, em diversas áreas de formação, e portar a carteira nacional de habilitação, ao menos na categoria B. Este posto possui carga horária de 40 horas semanais para todos os servidores. A função a ser exercida é de grande responsabilidade, tal como poderá ser conferida no edital, sobre os atributos do cargo.

É muito importante observar que, em conformidade com o estabelecido na lei 13.371, sancionada pela presidência do senhor Michel Temer, no ano de 2016, a partir do mês de janeiro, toda a remuneração inicial desta categoria começou a receber o valor de 9.931,57 reais, incluído nessa soma o valor do auxílio-alimentação, estipulado em 458 reais.

Portanto, levando em conta o que está estabelecido na lei, todos os servidores poderão contar com novo reajuste a ser firmado no mês de janeiro, do ano de 2019, já que será o momento em que o salário será elevado ao valor de 10.357,88 reais, somado aos benefícios a que os servidores têm direito. Vale a pena conferir.

Paulo Henrique dos Santos

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 11 Média: 2.7]

Organizadora da seleção será a CKM Serviços Ltda.

O esperado concurso público da Secretaria Estadual de Educação de São Paulo (SEE/SP) deu mais um passo. Agora, a organizadora que irá elaborar o certame já foi revelada, é a CKM Serviços Ltda.

A decisão foi tomada no dia 11 de maio, após a realização de um pregão eletrônico. O certame trará 1.495 vagas para agente de organização escolar.

Agora, após a realização do pregão, o concurso público da Secretaria Estadual de Educação de São Paulo (SEE/SP) entra na fase de assinatura de contrato, que deve acontecer o quanto antes, visto que a intenção é lançar o edital ainda neste mês.

O cronograma deve ser estabelecido em até três dias após a assinatura do contrato ser feita.

Assim que o edital do concurso público da Secretaria Estadual de Educação de São Paulo (SEE/SP) for publicado, dentro de cinco dias as inscrições deverão começar e ficarão abertas por 30 dias. A previsão é de que as provas do certame sejam realizadas em agosto de 2018.

Prova do concurso público da Secretaria Estadual de Educação de São Paulo (SEE/SP)

Os inscritos serão submetidos a uma prova de múltipla escolha com 80 questões objetivas. Cada uma delas terá cinco alternativas. Para garantir a lisura do certame, serão feitos três modelos e prova, que terão as mesmas questões, mas em ordem diferente.

Os candidatos vão ter quatro horas para terminar a prova do certame. A previsão é de que o gabarito seja liberado no dia seguinte da aplicação da prova objetiva. Depois que isso acontecer, os candidatos terão três dias para a apresentação de recursos, caso não concordem com alguma resposta das questões do concurso.

A banca organizadora terá cinco dias para análise dos recursos. A lista de aprovados deverá ser publicada em até 20 dias após esta definição.

Depois da lista de aprovados ser publicada, os concorrentes terão mais três dias para realizar o recurso, caso sintam necessidade. Os recursos vão ser analisados e, 45 dias depois, será feita a divulgação do resultado oficial do concurso público da Secretaria Estadual de Educação de São Paulo.

O certame será válido por dois anos, podendo ser prorrogado por mais dois, caso se faça necessário.

Espera-se que mais de 180 mil pessoas se inscrevam para esta seleção.

Cargo de agente de organização escolar do concurso SEE/SP 2018

Podem se inscrever pessoas que tenham pelo menos 18 anos de idade e ensino médio completo. Além disso, é preciso ter conhecimentos básicos em informática. No início de carreira, o profissional recebe salário de R$ 1.005,79 acrescido de R$ 136,85 de abono complementar, por 40 horas de trabalho.

O selecionado poderá atuar atendendo aluno, redigindo documentos, atendendo a pais, professores e ajudando em diversas funções nas atividades de organização escolar.

O que estudar para o concurso SEE/SP

Interessados em ocupar uma das vagas já podem começar a se preparar, visto que a prova provavelmente vai acontecer no mês de agosto. O último certame foi realizado em 2012. Embora o edital ainda vá ser publicado e alterações possam ocorrer, é possível ter como base o concurso anterior para poder adiantar o estudo.

Quem fez o último concurso foi a Vunesp. Assim como neste ano, foram 80 questões com conhecimentos específicos e gerais. Foram cobrados conhecimentos de português, matemática e informática, na parte de conhecimentos gerais. Já como conhecimentos específicos foram cobradas legislações.

Sinônimos e antônimos, substantivo e adjetivo, ortografia oficial, acentuação gráfica, crase, flexão de gênero, número e grau; emprego de verbos regulares, irregulares e auxiliares, regência nominal e verbal, concordância verbal e nominal, conjugação de verbos; sentido próprio e figurado das palavras, usos e colocação pronomes, foram alguns dos temas de língua portuguesa.

Já na parte de matemática é interessante estudar equações de 1º e 2º graus, operações com números inteiros, fracionários e decimais, juros simples, regra de três simples, raciocínio lógico, razão e proporção, medidas de comprimento, porcentagem, noções de estatística.

O conteúdo completo será disponibilizado no edital do concurso público da Secretaria Estadual de Educação de São Paulo, que deve ser lançado ainda este mês.

Por Milena Godoy

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 132 Média: 2.9]

Oportunidade são para profissionais de nível médio/técnico e superior. Inscrições poderão ser feitas até o dia 25 de maio de 2018.

No Estado do Rio Grande do Sul, mais um certame público está oficialmente aberto. Trata-se do processo seletivo promovido pelo Instituto de Previdência e Assistência dos Servidores Municipais da cidade de Campo Bom, intitulado Ipasem-CB. O período de inscrições deste novo concurso público já está aberto e esta seleção conta com a disponibilidade de dois postos de trabalho. Por outro lado será formado o cadastro reserva de pessoal, para garantir as futuras oportunidades.

Serão distribuídas vagas para duas classes de acadêmicos profissionais, os que possuem ensino médio completo e os que possuem graduação superior. Em relação aos candidatos com ensino médio, serão disponibilizados postos de trabalho no setor de assistente administrativo, com uma vaga e o cadastro reserva e função de tesoureiro, para cadastro reserva, com remunerações iniciais no valor de 1.427,60 reais e 2.140,27 reais, respectivamente. Para a função de tesoureiro será necessária a formação suplementar de técnico em contabilidade.

Em relação aos candidatos com formação em nível superior, o posto à disposição é o de procurador jurídico, com uma vaga disponível e exigência de formação na área de ciências jurídicas e ciências sociais, além da capacitação no exercício da advocacia. A remuneração, neste caso, está no valor de 3.242,56 reais.

Somado aos salários pagos, o departamento do Ipasem-CB fornece, também, aos seus servidores os benefícios de auxílio-alimentação, que está no valor de 208,21 reais e direito ao auxílio-transporte.

O período de inscrições se estenderá até o dia 25 de maio de 2018. A ficha de cadastro permanecerá disponível no próprio site da banca responsável por sua organização, o instituto Objetiva Concursos: www.objetivas.com.br. A taxa de inscrição está dividida em dois valores, ou seja, 60 reais para o candidato com ensino médio/técnico e 100 reais para o candidato com formação superior.

Se o interessado não puder acessar a internet para se cadastrar, PCs serão disponibilizados para essa finalidade na própria unidade do Ipasem-CB, localizada na Rua São Paulo, número 317, no Bairro Centro, no interior do Município de Campo Bom, Estado do Rio Grande do Sul, apenas nos dias úteis da semana, sempre no horário de atendimento, entre às 12h30 e às 18h30.

O itinerário do exame será realizado em uma única fase, por meio de uma prova objetiva com questões de múltipla escolha, cujo caráter será eliminatório e classificatório. O tempo oficial de resolução das provas será de três horas, as quais serão ministradas no dia 24 do mês de junho de 2018, embora o local e o horário de sua aplicação ainda estejam em processo de definição, sendo anunciados no edital de convocação. Portanto, todos os interessados precisam manter-se atualizados por meio do site do Objetiva Concursos.

O caderno da prova, no caso dos postos de assistente administrativo e de tesoureiro conterá um número exato de 40 questões, em sua avaliação, das quais dez versarão sobre a matéria de língua portuguesa; dez questões versando sobre a disciplina de matemática; cinco questões versando sobre a matéria de informática e mais 15 questões versando sobre a matéria de legislação, além de questões em cima da matéria de conhecimentos gerais e de conhecimentos específicos.

No caso do teste para o cargo de procurador jurídico, o caderno da prova conterá também o número exato de 40 questões, das quais dez versarão sobre a matéria de língua portuguesa; serão cinco questões versando sobre a disciplina de informática e mais 25 questões versando sobre a matéria de legislação; além de questões sobre os devidos conhecimentos gerais e conhecimentos específicos. Vale a pena conferir.

Paulo Henrique dos Santos

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 0 Média: 0]

Número de oportunidades no concurso chega a 1.529.

No dia 1º de fevereiro, o Ibama reiterou o seu pedido de autorização para criação de um novo concurso público, junto ao MPDG – Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão. Por conta dessa reiteração do pedido, a expectativa em relação a liberação desse concurso vem aumentando.

O requerimento foi enviado ao Ministério do Planejamento em março do ano passado e solicitava a abertura de 1.529 vagas. Pois o órgão não possui seleções vigentes, além disso, ele vem enfrentando problemas com falta de pessoal, quadro que só tende a piorar nos próximos 3 anos, devido ao grande número de servidores que vão se aposentar.

Esse pedido de concurso feito pelo órgão é para que quando esses servidores vierem se aposentar, não ocorra uma crise por conta da falta de pessoal.

Por conta disso, assim que o Ministério do Planejamento liberar a autorização, parte das vagas será direcionada para os cargos que já estão vazios e a outra parte para os postos que ainda vão ficar vagos, sendo que desse total, 680 vagas serão para os cargos que já estão com falta de pessoal e 849 referentes aos postos que ainda ficarão vagos.

De acordo com o pedido do Ibama, as vagas referentes aos postos que já estão com falta de pessoal serão ofertadas da seguinte maneira:

Cargo: Analista Ambiental

Total de Vagas: 500 vagas disponíveis

Requisitos: Ensino Superior completo

Remuneração: R$ 7.760,45

Cargo: Analista Administrativo

Total de Vaga: 180 vagas disponíveis

Requisitos: Ensino Superior completo

Remuneração: R$ 7.760,45

Ainda não se sabe ao certo como será a distribuição das 849 vagas, referentes aos postos que ainda ficarão vagos, porém, acredita-se que será para ocupar diversos cargos, incluindo o cargo de Técnico Administrativo.

Para concorrer aos cargos de Técnico Administrativo, será cobrado que o candidato tenha o Ensino Médio completo. O salário inicial oferecido aos aprovados será no valor de R$ 3.712,72

Obs.: Os valores informados, referente aos salários já estão com o valor do auxílio-alimentação de R$ 458,00 incluso.

Sobre os últimos concursos do órgão

Nos últimos dois Concursos do Ibama, para a contração de Analistas Ambientais e Analistas Administrativos, a Banca organizadora foi o Cespe/UnB.

O último concurso do Ibama que tinha como objetivo a contratação de Analista Ambiental, ocorreu no ano de 2012 e foram ofertadas 108 vagas.

As 108 vagas foram distribuídas entre as áreas de Licenciamento ambiental; Monitoramento, regulação, controle, fiscalização e auditoria ambiental e Gestão, proteção e controle da qualidade ambiental.

Os locais contemplados com as vagas foram: Distrito Federal e Rio de Janeiro.

Nesse ano, 16.290 candidatos se inscreveram no processo seletivo, para concorrer à uma das vagas.

Já o último Concurso, que tinha como objetivo a oferta de vagas para o cargo de Analista Administrativo, aconteceu no ano de 2013 e ofertou 61 vagas.

Os locais contemplados com as vagas foram: Acre; Amapá; Amazonas; Bahia; Distrito Federal; Espírito Santo; Maranhão; Mato Grosso; Mato Grosso do Sul; Minas Gerais; Pará; Paraná; Piauí; Rio Grande do Sul; Rondônia; Roraima; Santa Catarina; São Paulo; Sergipe e Tocantins.

Nesse Concurso 43.533 candidatos se inscreveram no processo seletivo.

Sobre O Ibama

O Instituto foi criado no ano de 1989, para substituir outros 4 órgãos relacionados com o meio ambiente.

O Ibama está vinculado com o Ministério do Meio Ambiente e sua função é a de exercer a política ambiental e realizar a execução de políticas nacionais, relacionadas ao meio ambiente, porém o trabalho mais conhecido do Instituto é o de fiscalização, pois desde a sua criação atua em todos os Estados do país, garantindo que os patrimônios naturais sejam preservados e que as leis em relação à preservação sejam cumpridas.

Rosângela Rodrigues

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 6 Média: 2.3]

Seleção contará com 2.750 vagas para Delegado, Investigador, Agente, Papiloscopista, Investigador e Auxiliar.

A rodada de editais da Polícia Civil do Estado de São Paulo está completa. Ao todo, são 2.750 vagas para ingressar na corporação. As oportunidades são para Polícia Civil do estado de São Paulo e contam com cargos de nível médio e superior. O salário mais alto é para o cargo de Delegado da Polícia Civil, onde o salário inicial bate os R$ 10,5 mil por mês.

Veja abaixo maiores informações sobre as carreiras específicas.

Delegado da Polícia Civil do Estado de São Paulo (PC/SP):

As inscrições para o concurso público no cargo de delegado vão até o dia 11 de maio. Serão 250 vagas ofertadas, com salário inicial de 10,5 mil por mês.

O candidato deve ser formado em direito, ter habilitação (CNH) categoria “B” ou superior e ter comprovadamente 2 anos de atividade jurídica e ou dentro da Polícia Civil.

Investigador da Polícia Civil (Investigador PC/SP):

Para o cargo de investigador da Polícia Civil do Estado de São Paulo as inscrições vão até o dia 15 de maio. Serão, ao todo, 600 vagas. O salário base do investigador é de R$ 4.435 por mês.

Para esse cargo, é necessário ter diploma de ensino superior em qualquer área e CNH “B”.

Escrivão da Polícia Civil (Escrivão PC/SP):

Os interessados na carreira de escrivão da Polícia Civil de São Paulo devem se inscrever no concurso público até o dia 15 de maio. O salário inicial é o mesmo do investigador, R$ 4.435 por mês.

Para essa função também é requerido nível superior em qualquer área do conhecimento e Carteira Nacional de Habilitação “B”. Ao todo, o edital oferece 800 vagas para escrivão PC/SP.

Agente de Telecomunicações da Polícia Civil:

O cargo de Agente de Telecomunicações da PC/SP cobra nível médio completo. As inscrições encerram dia 1º de junho. O salário inicial é de R$ 4.281 mês.

Também, o candidato deve possuir CNH “B”. Além desses pré-requisitos, todos os candidatos a cargos passarão por investigação social e devem ter conduta ilibada e idoneidade moral. No cômputo total, são 300 vagas para agente de telecomunicações da PC/SP.

Papiloscopista da Polícia Civil do Estado de São Paulo:

O cargo de Papiloscopista da PC/SP cobra nível médio completo. As inscrições encerram dia 1º de junho. O salário inicial é de R$ 4.281 mês. Similar ao cargo de Agente de Telecomunicações, é necessário ter CNH “B”. Ao todo, serão 200 vagas para Papiloscopista.

Auxiliar de Papiloscopia da Polícia Civil do Estado de São Paulo:

Para esse cargo as inscrições vão um pouco mais além das restantes, o candidato terá até o dia 8 de junho para se inscrever no concurso público. O salário inicial para o cargo de auxiliar de papiloscopia da PC/SP é de R$ 3.596 por mês. Ao todo, serão 200 vagas para esse cargo. Assim como nos demais, é necessário ter CNH “B” e Ensino Médio completo.

Agente de Polícia PC/SP:

Para o cargo de Agente Policial as inscrições no concurso público podem ser realizadas até o dia 8 de junho. O candidato, além de ensino médio completo, precisará ter Carteira de Habilitação Nacional Categoria “D”.

Ao todo, serão 400 vagas para o cargo de Agente de Polícia da Polícia de São Paulo. O salário inicial para esse cargo é de R$ 3.596 por mês.

Muitas Oportunidades, concurso Público PC/SP:

A rodada de editais para os cargos de Polícias Civis de São Paulo está completa. São 2.750 vagas para entrar na corporação, tanto para quem tem formação de nível médio, como também para aqueles que apostam em concursos públicos com salários mais altos e com maior grau de formação.

Ass: Matheus Griebeler

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 5 Média: 2.2]

Prefeitura Municipal abre 444 vagas com salários de até R$ 4 mil.

A Prefeitura Municipal de Macapá publicou o edital de Abertura do seu concurso público, que tem por objetivo o preenchimento de 444 postos de trabalho na área da saúde.

Além das vagas que serão para início imediato, o órgão também vai formar cadastro reserva de pessoal, para todos os cargos.

A expectativa é de que os candidatos selecionados iniciem suas atividades no 1º semestre de 2019.

Em relação a remuneração, de acordo com o edital, os candidatos aprovados no processo seletivo vão receber salários iniciais a partir de R$ 1.014,00 e podem chegar até R$ 4.000,00 (de acordo com o cargo e formação do candidato).

Inscrições

Os interessados em participar do processo seletivo devem realizar as inscrições através da internet, no site da Banca Organizadora desse concurso, a Fundação Carlos Chagas www.concursosfcc.com.br, entre os dias 10 de maio de 2018 e 8 de junho de 2018, até às 14 horas.

Taxa de Inscrição

Para validar a inscrição, o candidato deve efetuar o pagamento de um boleto referente a taxa de inscrição.

Para candidatos que estiverem concorrendo às vagas de nível médio e técnico, o valor da taxa será de R$ 85,00 e, para os candidatos que estivem concorrendo aos cargos de nível superior, o valor será de R$ 140,00.

É imprescindível que o pagamento seja efetuado dentro do prazo estipulado pelo órgão, pois pagamentos que forem feitos após essa data serão desconsiderados e a inscrição do candidato automaticamente cancelada.

Sobre as provas

O processo de seleção será a partir de uma prova objetiva composta por questões de múltipla escolha.

A prova terá duração máxima de 3 horas e será aplicada no dia 5 de agosto de 2018.

Tantos os locais como os horários das provas ainda não foram informados, mas serão publicados no site da Fundação Carlos Chagas, portanto, os candidatos devem ficar atentos a futuras informações.

Os candidatos que forem concorrer às vagas de nível superior serão submetidos ainda à etapa de avaliação de títulos.

Sobre as Vagas

Vagas de Nível Médio: Para concorrer à essas vagas, os candidatos devem ter concluído o ensino médio, em alguma instituição que seja reconhecida pelo MEC (Ministério da Educação).

  • Cargo: Agente comunitário de saúde – 180 vagas disponíveis
  • Cargo: Agente de combate às endemias38 vagas disponíveis

Vagas de Nível Médio e Técnico: Para concorrer a esses cargos, os candidatos devem ter o Ensino Médio completo e curso técnico específico para a área.

  • Cargo: Técnico em enfermagem – 100 vagas disponíveis
  • Cargo: Técnico em Saúde Bucal – 2 vagas disponíveis
  • Cargo: Técnico em Laboratório – 6 vagas disponíveis
  • Cargo: Técnico em Nutrição – 2 vagas disponíveis

Vagas de Nível Superior: Para concorrer à uma das vagas, os candidatos devem ter formação superior no cargo de interesse.

  • Cargo: Assistente Social – 2 vagas disponíveis
  • Cargo: Biomédico – 3 vagas disponíveis
  • Cargo: Cirurgião dentista – 2 vagas disponíveis
  • Cargo: Endodontista – 2 vagas disponíveis
  • Cargo:Enfermeiro – 35 vagas disponíveis
  • Cargo: Engenheiro sanitarista – 1 vaga disponível
  • Cargo: Farmacêutico – 9 vagas disponíveis
  • Cargo: Fisioterapeuta – 3 vagas disponíveis
  • Cargo: Fonoaudiólogo – 2 vagas disponíveis
  • Cargo: Nutricionista – 4 vagas disponíveis
  • Cargo: Psicólogo – 2 vagas disponíveis
  • Cargo: Terapeuta ocupacional – 1 vaga disponível
  • Cargo: Administrador hospitalar – 2 vagas disponíveis
  • Cargo: Administrador – 1 vaga disponível

Os candidatos formados em Medicina poderão concorrer aos seguintes cargos:

  • Clínico geral – 10 vagas disponíveis
  • Cardiologista – 1 vaga disponível
  • Dermatologista – 1 vaga disponível
  • Endocrinologista – 1 vaga disponível
  • Geriatra – 1 vaga disponível
  • Ginecologista e Obstetra – 13 vagas disponíveis
  • Oftalmologista – 2 vagas disponíveis
  • Neurologista 1 vaga disponível
  • Pediatra – 13 vagas disponíveis
  • Psiquiatra – 2 disponíveis
  • Ultrassonografista – 2 disponíveis

Para obter mais informações sobre o Concurso Público, da prefeitura de Macapá, os interessados devem consultar o Edital no site da Banca Organizadora, o mesmo site informado no início do texto, onde as inscrições devem ser realizadas.

Rosângela Rodrigues

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 4 Média: 2.8]

Seleção conta com 493 vagas. Inscrições poderão ser feitas até o dia 8 de junho de 2018.

Novo certame público foi oficialmente anunciado recentemente na parte leste da Região Centro-Oeste do país. Trata-se do novo concurso público promovido pela Prefeitura de Goiânia, a capital do Estado de Goiás, cujo edital foi divulgado e visa rigorosamente ao preenchimento de 493 postos de trabalho de caráter temporário dentro do quadro de servidores da Secretaria de Educação daquele Estado.

Junto a estas oportunidades de empregos temporários será aberta, também, a formação do cadastro reserva de pessoal. Estas vagas devem ser preenchidas no sentido de substituir servidores que se encontram em licença ou em afastamentos legais dentro da rede municipal de ensino público. Este é um concurso voltado para o sistema educacional público, onde serão avaliadas pessoas idôneas para atuação no setor.

Estão aptos a concorrer ao posto na função de agente em apoio educacional, com 74 vagas disponíveis e remuneração no valor de 961,72 reais, os profissionais que possuam curso efetivo até o sexto ano de nível fundamental acadêmico.

Com relação aos candidatos com diploma de ensino médio, existem oportunidades abertas, neste concurso da Prefeitura de Goiânia, para o setor de assistente administrativo e educacional, com 21 vagas disponíveis e remuneração no valor de 1.045,62 reais, e vagas no setor de auxiliar de atividades educativas, com 74 vagas disponíveis e remuneração no valor de 1.045,62 reais.

Para os candidatos com nível superior de formação acadêmica são 324 postos de trabalho distribuídos para duas carreiras distintas, que incluem a de intérprete de Libras e a de professor nas seguintes áreas: atuação na área de pedagogia; na área de português; na área de matemática; na área de ciências; área de história; área de geografia; área de inglês; área de educação física; área de artes visuais; área de dança; área de artes cênicas. Área de música e área de Libras. A remuneração, neste caso, está no valor de 2.298,47 reais.

Neste processo de seleção as inscrições são totalmente gratuitas e o período para o preenchimento do cadastro se dará entre o dia 1º ao dia 8 de junho de 2018. Todas as pessoas interessadas necessitam realizar a inscrição para este certame por meio do seguinte endereço eletrônico: www.concursos.goiania.go.gov.br. Este é um concurso que, embora ofereça apenas vagas temporárias, abre chances para futuras oportunidades estáveis. Os salários são bastante atraentes.

O processo de seleção de todos os candidatos inscritos se dará por meio da devida análise de todos os currículos cadastrados. Esta avaliação estará fundamentada em dois critérios principais: na formação educacional e na experiência profissional dos concorrentes. O resultado definitivo da avaliação será publicado no dia 24 de julho de 2018.

Conforme as informações contidas no novo edital, este concurso público que provê cargos temporários no quadro de servidores da Prefeitura de Goiânia, no Estado de Goiás, terá um prazo de validade extensível até o dia 23 de julho do ano de 2019, podendo ser prorrogável por até mais um ano, de acordo com a necessidade e os critérios da rede municipal de ensino daquela região. O prazo é longo, portanto, as chances de ingressar são grandes.

Vale a pena conferir e visualizar o grau de interesse que esse processo de seleção pode despertar nas pessoas que residem naquele Estado, dada a crise de desemprego que atinge uma parcela significativa da população brasileira. Mesmo que as vagas sejam de caráter temporário, elas configuram grande chance de se fazer parte do grupo de servidores do órgão.

Paulo Henrique dos Santos

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 1 Média: 4]

Inscrições até o dia 14 de maio de 2018.

A Universidade Federal de Pernambuco ou simplesmente UFPE abriu processo seletivo para contratação de 50 professores substitutos em seus três campi existentes nas cidades de Recife, Caruaru e Vitória.

Com salários que podem variar de R$ 2.425,37 até R$ 5.742,14, dependendo sempre da carga horária de trabalho e da titulação do profissional, a UFPE estará selecionando candidatos para as vagas de auxiliares de docentes, assistentes e adjuntos de docentes.

A principal exigência são títulos de graduação, títulos de especialização, títulos de mestrado e de doutorado para se candidatar.

Um pouco mais sobre a UFPE

Inicialmente criada em 11 de Agosto de 1946, com a fundação da Universidade do Recife, ou simplesmente UR, a UFPE hoje é considerada a melhor instituição de ensino do Norte-Nordeste, de acordo com avaliações do próprio MEC (Ministério da Educação).

No total são três diferentes campi, o primeiro em Recife, o segundo em Caruaru e o terceiro em Vitória de Santo Antão.

Além disto, a Universidade conta com mais de 10 Centros Acadêmicos, um total de 109 cursos presenciais de graduação, 5 cursos a distância de graduação e mais de 140 cursos de pós-graduação, englobando Mestrados Acadêmicos, Mestrados Profissionais e Doutorados.

A Universidade Federal de Pernambuco se orgulha em ter recebido notas de 5 a 6 pelo Capes em quase 40% destes programas, provando a excelência e a qualidade de ensino tanto de seus docentes como alunos.

O total de alunos matriculados na UFPE passa dos 40 mil, somados todas as graduações e pós-graduações, o corpo do docente da Universidade é superior a 2.800 professores, sendo mais de 75% deles com doutorado completo.

Vagas para os docentes

A UFPE oferece as vagas distribuídas de acordo com cada departamento:

  • Departamento de Arquitetura e Urbanismo, 2 vagas disponíveis
  • Departamento de Ciência da Informação, 2 vagas disponíveis
  • Departamento de Design, 1 vaga disponível
  • Departamento de Expressão Gráfica, 2 vagas disponíveis
  • Departamento de Letras, 2 vagas disponíveis
  • Departamento de Teoria da Arte e da Expressão Artística, 1 vaga disponível
  • Departamento da Administração Escolar relacionado ao Planejamento Educacional, 2 vagas disponíveis
  • Departamento Sócio-Filosóficios relacionados a Educação, 2 vagas disponíveis
  • Departamento de Métodos e Técnicas, 6 vagas disponíveis
  • Departamento de História, 1 vaga disponível
  • Departamento de Enfermagem, 1 vaga disponível
  • Departamento de Ciências Farmacêuticas, 2 vagas disponíveis
  • Departamento Materno Infantil, 3 vagas disponíveis
  • Departamento de Nutrição, 1 vaga disponível
  • Departamento de Prótese conjugado a Cirurgia Buco-Facial, 3 vagas disponíveis
  • Departamento de Terapia Ocupacional, 1 vaga disponível
  • Departamento de Ciências Contábeis, 1 vaga disponível
  • Departamento de Hotelaria e de Turismo, 1 vaga disponível
  • Departamento de Serviço Social, 2 vagas disponíveis
  • Departamento de Engenharia Civil e de Engenharia Ambiental, 3 vagas disponíveis
  • Departamento de Engenharia Mecânica, 3 vagas disponíveis
  • Departamento de Núcleo especifico de Ciências da Vida, 1 vaga disponível
  • Departamento de Núcleo especifico de Gestão, 2 vagas disponíveis
  • Departamento do Núcleo especifico de Tecnologia, 2 vagas disponíveis
  • Departamento do Núcleo especifico de Biologia, 1 vaga disponível
  • Departamento do Núcleo especifico de Educação Física, 1 vaga disponível
  • Departamento do Núcleo especifico de Enfermagem, 1 vaga disponivel

As inscrições

São presenciais e tem prazo máximo obrigatório até o dia 14 de Maio, devem ser realizadas no departamento correspondente ao interesse de cada candidato.

O custo é único por inscrição no valor de R$ 150,00.

Provas

Serão quatro respectivamente: uma prova objetiva, uma prova didática, uma prova prática e por fim uma prova de títulos.

O cronograma definitivo destas provas será somente divulgado após o edital ser homologado.

O Edital e as Publicações

Todas as publicações referentes a este processo seletivo podem ser acompanhadas diretamente pelo endereço eletrônico: https://www.ufpe.br/progepe/selecao-simplificada.

Boa sorte aos futuros professores!

Autor: C. B.

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 0 Média: 0]

Seleção contará com 411 vagas.

O concurso público do Iphan – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, que ofertará 411 vagas distribuídas entre 3 cargos, foi autorizado e divulgado por meio de uma publicação no DOU, o Diário Oficial da União, na edição do dia 3 de maio de 2018.

Sobre as vagas, cargos, requisitos e remuneração:

  • Cargo: Auxiliar Institucional
  • Quantidade de Vagas: 131 vagas disponíveis
  • Requisitos: Ensino Médio Completo
  • Remuneração: R$ 3.877,97
  • Cargo: Técnico
  • Quantidade de Vagas: 176 vagas disponíveis
  • Requisitos: Ensino Superior Completo
  • Remuneração: R$ 5.493,29
  • Cargo: Analista
  • Quantidade de Vagas: 104 vagas disponíveis
  • Requisitos: Ensino Superior Completo
  • Remuneração: R$ 5.493,29

OBS: As remunerações informadas, foram baseadas na tabela vigente referente aos salários oferecidos aos servidores federais, além disso, os valores descritos já estão com os auxílios-alimentação inclusos.

Sobre o Edital

O prazo estipulado na autorização desse concurso público, para publicação do Edital é de 6 meses. Baseando-se por essa informação, espera-se que o Edital de Abertura deva ser publicado no início do mês de novembro de 2018.

Sobre a Banca Organizadora

A Banca Organizadora do Concurso ainda não foi definida, mas deve ser escolhida pelo órgão nas semanas seguintes.

Postos de Trabalho

Ainda não se tem informações sobre quais Estados serão contemplados com as oportunidades, porém, espera-se que sejam ofertadas vagas em diversos Estados do Brasil.

Último concurso do Iphan

O último Concurso Público do Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico, que aconteceu no ano de 2009, ofertou 187 vagas e teve como banca organizadora a Universa.

Assim como nesse concurso de 2018, o total de vagas disponíveis também foram distribuídas entre os 3 cargos:

  • Cargo: Analista
  • Total de vagas: 57 vagas
  • Cargo: Técnico
  • Total de Vagas: 60 vagas
  • Cargo: Auxiliar Institucional
  • Total de Vagas: 70 vagas

Dos candidatos que concorreram às vagas para os cargos de Analista e Técnico, foi exigido Ensino Superior Completo, já dos candidatos que concorreram às vagas para o posto de Auxiliar Institucional, foi cobrado o Ensino Médio Completo.

O processo de seleção dos candidatos ocorreu por meio da aplicação de provas objetivas que foram compostas por questões de:

  • Língua Portuguesa; Inglês; Raciocínio Lógico, Fundamentos da administração pública – gestão pública e fundamentos de direito constitucional e administrativo; Fundamentos das atividades relacionadas à Gestão do Patrimônio Cultural e Noções de Informática e/ ou Conhecimentos Específicos.

Dos candidatos concorrentes às vagas de Nível Superior, além da prova objetiva, foi feita também a Análise de Títulos.

Locais contemplados com as vagas do concurso de 2009:

  • São Paulo – São Paulo
  • Belo Horizonte – Minas Gerais
  • Mariana – Minas Gerais
  • Rio de Janeiro – Rio de Janeiro
  • Vitória – Espirito Santo
  • Florianópolis – Santa Catarina
  • Curitiba – Paraná
  • Porto Alegre – Rio Grande do Sul
  • São Miguel das Missões – Rio Grande do Sul
  • Cuiabá – Mato Grosso
  • Campo Grande – Mato Grosso do Sul
  • Goiânia – Goiás
  • Fortaleza – Ceará
  • Aracaju – Sergipe
  • João Pessoa – Paraíba
  • Recife – Pernambuco
  • Maceió – Alagoas
  • Natal – Rio Grande do Norte
  • São Luiz – Maranhão
  • Parnaíba – Piauí
  • Teresina – Piauí
  • Salvador – Bahia
  • Belém – Pará
  • Macapá – Amapá
  • Manaus – Amazonas
  • Boa Vista – Roraima
  • Palmas – Tocantins
  • Porto Velho – Rondônia
  • Rio Branco – Acre
  • Brasília – Distrito Federal

Sobre o órgão

O Iphan – Instituto do Patrimônio Histórico e Artístico Nacional, é uma autarquia federal que foi criado no ano de 1937 e está vinculada com Ministério da Cultura. O Órgão é responsável por zelar pelos elementos culturais do Brasil.

Quem tiver interesse em participar do concurso público deve ficar atento à futuras informações, pois em breve a Banca Organizadora e os membros que vão compor a Comissão serão definidos. Após essas duas etapas serem concluídas, o próximo passo será a publicação do Edital de Abertura.

Rosângela Rodrigues

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 74 Média: 2.8]

Confira aqui mais detalhes sobre concurso da Polícia Federal 2018.

Para quem busca por uma oportunidade de trabalho que ofereça estabilidade e segurança financeira, acaba de surgir uma excelente oportunidade. Estamos falando do novo concurso público da Polícia Federal que irá disponibilizar o total de 500 vagas. Caso essa novidade seja de seu interesse continue lendo este artigo e saiba toas as informações sobre este novo certame.

É isso mesmo, a Polícia Federal vai realizar um concurso público. De acordo com as primeiras informações, os editais com todas as informações sobre o certame devem ser publicados no mês de junho.

O concurso recebeu autorização no dia 20 do mês de abril. A partir de então existe um prazo de até seis meses para que a documentação seja encaminhada para a sua organização. Dessa forma, a data final é o dia 20 do mês de outubro, contudo, de acordo com o que foi declarado pelo atual ministro da Segurança Pública o senhor Raul Jungmann, a organização do concurso deve ser agilizada para que ele possa ser realizado o quanto antes possível.

Embora ainda esteja em fase de elaboração, já foi confirmado que serão disponibilizadas para a concorrência um total de 500 vagas, sendo que desse total 150 são para o posto de Delegado, enquanto que 80 são para o posto de escrivão, 60 são para o posto de perito criminal, 180 são para o posto de agente e as 30 restantes são para o posto de papiloscopista.

A autorização para a realização deste concurso da Polícia Federal vem de encontro com uma Medida Provisória que foi criada no dia 27 do mês de fevereiro deste ano, que prevê investimentos que sejam utilizados no combate ao crime em todos os estados brasileiros.

Embora o concurso tenha recebido autorização somente neste mês de abril, o presidente Michel Temer já havia garantido a sua autorização para a sua realização no mês de janeiro deste ano.

Assim, por meio de um decreto presidencial do ano de 2014, a Polícia Federal tem o aval para a realização de novos concursos uma vez que foi constatado que existe uma defasagem em torno de 5% de servidores.

Em relação ao novo concurso, por horas já se pode dizer que podem concorrer aos postos de papiloscopista, agente e escrivão pessoas com formação de nível superior, independente da área. Já o posto de perito é disponibilizado para pessoas com formação completa em Direito e que possuem o tempo mínimo de três anos de experiencia, seja na atividade policial ou jurídica.

Outro requisito comum em todos os cargos é que os candidatos possuam CNH com categoria a partir da “B”.

Os aprovados no certame serão lotados em diversas regiões do país, preferencialmente em postos de fronteira e nos estados do Amapá, Acre, Amazonas, Mato Grosso do Sul, Mato Grosso, Pará, Roraima e Rondônia.

Haverá aplicação de provas nas capitais de todo o país. Somente o exame oral que deve ser realizado em Brasília.

Profissionais que atuam nos cargos de agente, escrivão e papiloscopista recebem um salário cujo valor é de R$ 12.980, 26, valor este que já tem incluído R$ 458 do auxílio alimentação. Já um perito e um delegado recebem inicialmente uma remuneração no valor de R$ 24.150,74.

Os aprovados em qualquer um dos cargos disponibilizados pela PF deve cumprir semanalmente uma jornada de trabalho no total de 40 horas.

Nesse sentido, se você possui interesse em realizar o novo concurso público da Polícia Federal não eixe de estar atento à novas informações sobre o certame. Afinal, a expectativa é de que em meados de Junho o edital seja publicado e o período de inscrições seja aberto.

Não perca essa oportunidade. Prepare-se para as provas.

Sirlene Montes

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 24 Média: 3.2]

Seleção ofertará vagas para Subprocurador, advogado e engenheiro.

Novo processo seletivo está próximo de ser efetivamente oficializado, no Estado de São Paulo. Trata-se do certame a ser promovido pelo Serviço Autônomo de Água e Esgoto, o SAAE. Este concurso visa ao provimento de vagas na unidade situada na região metropolitana da capital São Paulo, no município de Guarulhos, onde está havendo o preparo definitivo de sua definitiva realização. Este é um dos melhores concursos do Estado.

A meta deste processo de seleção se destina ao preenchimento de diversos postos de trabalho destinados os seguintes cargos: função de subprocurador; função de advogado e função de engenheiro I. Todas essas funções são tipos de carreiras que exigem o mínimo de formação acadêmica em ensino superior completo, nas mais áreas específicas de atuação profissional.

Há poucas semanas o órgão determinou, por meio de um tipo de dispensa, a banca que será responsável pela organização deste novo certame publico. A empresa que foi selecionada, já com contrato a caminho, será o instituto da Fundação Vunesp.

A próxima etapa para a definição e a realização do novo concurso público, para cargos estáveis no departamento do SAAE da cidade de Guarulhos, será a assinatura do contrato que prescreve a prestação de serviços com a futura banca organizadora do evento. Depois dessa etapa, todo o itinerário será elaborado em forma de um cronograma que conterá todas as datas do certame, como o lançamento do edital, o lançamento do período de inscrições e da realização das provas objetivas.

Com relação ao caráter do órgão do SAAE do município de Guarulhos, no Estado de São Paulo, se trata do departamento responsável pela produção da água potável, correspondendo, hoje, a mais ou menos 13% de todo o consumo necessário na cidade como um todo. Com relação aos outros 87%, se trata de encaminhá-los para o órgão da Sabesp, Companhia de Saneamento Básico do Estado de São Paulo. Todos os sistemas de produção próprios e operados por meio do SAAE funcionam em forma de captações tanto superficiais como subterrâneas, realizadas nas próprias Estações de Tratamento de Água, como o ETAs, Cabuçu, de 7,3%, e no Tanque Grande, de 2,45%, junto dos 28 poços artesianos, de 3,25%, instalados em diversas regiões por todo o município.

Assim, a medida realizada na cobertura da coleta de esgotos na cidade de Guarulhos registra em torno de 85,96%, conforme consta no Sistema Nacional de Informações em cima do Saneamento, o SNIS de 2014, que são dados oficiais disponíveis diretamente para o setor do saneamento. Mesmo assim, os sistemas de esgoto domésticos não chegam até as Estações de Tratamento, os ETEs, e acabam despejados “in natura” nos diversos córregos da cidade, causando sérios problemas ambientais. Na cidade de Guarulhos, hoje o tratamento de água atinge positivamente cerca de até 2,5% do esgoto mencionado.

O departamento do SAAE pode contar com auxílio dos subsistemas de tratamento de São João, de Bonsucesso e na Várzea do Palácio, os quais possuem ETEs que, tecnicamente, têm grande capacidade proporcionar um tratamento de, pelo menos, 17% dos dejetos escoados no município. Entretanto, como há grande falta de redes coletoras, o que resulta é que as chamadas ETEs tornam-se razoavelmente subutilizadas. É um problema a ser resolvido.

Portanto, essa é uma das melhores oportunidades de se concorrer a cargos estáveis, cujo preenchimento urge. Pessoas de todo o país poderão concorrer, porém, os residentes da região de Guarulhos terão mais vantagem ao participarem. Vale a pena conferir e manter-se conectado às próximas etapas.

Paulo Henrique dos Santos

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 4 Média: 2.8]

Seleção deverá ofertar vagas para Soldado e edital deverá ser publicado nos próximos meses.

O presidente da Comissão de Segurança Pública da Assembleia Legislativa do Paraná, deputado Mauro Moraes, concedeu entrevista declarando que os trâmites para o concurso da Polícia Militar do Paraná estão adiantados.

Segundo o deputado, existe uma defasagem no contingente de soldados. Moraes ressalta que após execução do certame ainda existem prazos legais para contratação efetiva dos novos policiais.

“Temos que considerar que até a contratação efetiva de um soldado passou um período de até dois anos. Nesse período, inclui a realização das provas, trâmites burocráticos e administrativos, bem como o treinamento dos soldados. Não podemos correr o risco dessa diminuição no efetivo. Certamente um contingente baixo acarreta em aumento de criminalidade”, afirma o Presidente da Comissão de Segurança Pública.

No mês de março, o deputado Mauro Moraes já tinha se reunido com o governador do Estado do Paraná, Beto Richa. Ambos tinham acertado que o concurso público para Polícia Militar/PR sairia até o final do mesmo mês.

A expectativa é que o edital possa sair nos próximos meses. O número de vagas que será ofertado está em torno de 4 mil.

Soldado da Polícia Militar/PR. Escolaridade e Requisitos do Concurso.

Para pleitear uma das prováveis quatro mil vagas do concurso público da Polícia Militar do Paraná, (PM-PR) é preciso estar quite com suas obrigações eleitorais e militares.

Também, ter ensino médio completo e possuir entre 18 e 30 anos. Além disso, os candidatos aprovados na prova objetiva da PM-PR passarão por exame físico, testes de aptidão física, exame psicológico e investigação social.

Além desses requisitos, o candidato deve ter idoneidade moral para cumprir as atividades referentes ao cargo de soldado da Polícia Militar e carteira de habilitação “B”.

No caso do exame de aptidão física, é esperada provas de corrida, barra e apoios. Maiores informações de como se preparar para o exame de aptidão físico das polícias militares pode ser conferido nesse link.

Apesar de ser referente a PM-DF, é tradição das corporações de cada estado manterem testes similares, portanto, a preparação para um estado é também válida para os outros.

O que cairá na prova do concurso da PM-PR?

Antes da publicação do edital de 2018 somente podemos nos basear nos editais anteriores, portanto, ainda não está definido qual a estrutura da prova objetiva. Mas, a corporação tem por frequência cobrar conteúdos semelhantes ao último edital publicado.

O último concurso para soldado da PM-PR contou com um total de 40 questões. A prova foi dividida da seguinte forma:

  • 10 questões de Português
  • 7 questões de Matemática
  • 6 questões de História
  • 6 questões de Geografia
  • 5 questões de Informática
  • 3 questões sobre o Estatuto da Criança e do Adolescente
  • 3 questões de atualidades

Ao todo, no último concurso da Polícia Militar do Paraná foram preenchidas 4445 vagas para o cargo de Soldado PM/PR e 819 para Bombeiros.

Remuneração para o cargo de soldado PM/PR

Atualmente, a Polícia Militar do Paraná conta com um dos maiores salários para o cargo de soldado no país. Segundo informações do portal LoveMondays, um PM soldado recebe um salário de R$ 3.905.

Acrescido a esse valor ainda constam os benefícios de vale-alimentação e vale-transporte. A remuneração cheia para o aprovado nesse concurso poderá chegar próximo aos R$ 5.000.

Resta aguardar a saída do edital e seleção da banca organizadora. Se você pensa em assumir uma das prováveis 4 mil vagas ofertadas no certame da PM/PR pode já começar seus estudos. O concurso público está avançando e o edital sairá em breve!

Lembre-se de se preparar tanto para prova objetiva, como também para o teste de aptidão física. Nos concursos das Polícias, o grande funil da seleção consta exatamente na preparação física.

Ass: Matheus Griebeler

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 10 Média: 3.2]

Seleção oferece 2.033 vagas com salários de até R$ 1.245.

Ainda nesse primeiro semestre de 2018, mais um certame de grande porte está sendo promovido pela Organização do Aluno Consciente, comumente conhecida pela sigla ODAC. Esta instituição publicou recentemente novo edital que abre um processo seletivo destinado ao provimento de 2.033 postos de trabalho, cuja exigência básica é a de nível fundamental completo. O vencimento inicial chega ao valor de 1.245 reais, levando em conta uma jornada de trabalho de 40 horas semanais, em conformidade com a CLT.

De acordo com o edital, são oportunidades destinadas às carreiras de agente recenseador dentro do setor da saúde, com 800 postos; de agente recenseador dentro do setor da educação, com 700 postos; de agente recenseador no setor da habitação, com 267 postos e carreira de agente recenseador no setor do esporte, da cultura e do lazer, com 266 postos.

A distribuição das vagas, entre as unidades federativas do país, segue o seguinte critério: Estado do Acre, 49 vagas; Estado de Alagoas, 20 vagas; Estado do Amapá, 16 vagas; Estado do Amazonas, 10 vagas; Estado da Bahia, 55 vagas; Estado do Ceará, 33 vagas; Estado do Espírito Santo, 22 vagas; Estado de Goiás, 30 vagas; Estado do Maranhão, 24 vagas; Estado do Mato Grosso, 22 vagas; Estado do Mato Grosso do Sul, 30 vagas; Estado de Minas Gerais, 26 vagas; Estado do Pará, 32 vagas; Estado da Paraíba, 20 vagas; Estado do Paraná, 54 vagas; Estado de Pernambuco, 42 vagas; Estado do Piauí, 20 vagas; Estado do Rio de Janeiro, 41 vagas; Estado do Rio Grande do Norte, 40 vagas; Estado do Rio Grande do Sul, 28 vagas; Estado de Rondônia, 15 vagas; Estado de Roraima, 22 vagas; Estado de São Paulo, 1.163 vagas; Estado de Santa Catarina, 35 vagas; Estado de Sergipe, 141 vagas e Estado do Tocantins, 17 vagas. O Distrito Federal está incluso com 26 vagas.

Todas as pessoas interessadas em concorrer precisam se inscrever em um prazo que se estende até, no máximo, dia 12 de junho, acessando o site da instituição ODAC: www.alunoconsciente.com.br. A taxa foi estipulada no valor de 65 reais para todos.

Este processo de seleção seguirá o seguinte itinerário: serão provas objetivas constituídas de questões de múltipla escolha em cima de conhecimentos gerais; sobre língua portuguesa; sobre matemática e sobre as atualidades. O exame será de caráter eliminatório e classificatório. A data e os locais onde serão ministradas as provas serão divulgados a partir do dia 26 de agosto, no site da ODAC.

Com relação aos atributos dos cargos ofertados no certame da ODAC segue a relação abaixo:

O recenseador da instituição ODAC realiza as entrevistas nos domicílios, nas escolas federais, escolas estaduais e nas escolas municipais; atua nas bases de apoio no meio educacional; em comércios de todo tipo; na obtenção de informações imprescindíveis que possibilitam a identificação de todas as características dos municípios na relação com a educação, com a saúde, com a habitação, com o esporte, com a cultura e o lazer.

Dentro destas metas de trabalho, os futuros profissionais atuarão na prestação dos serviços condizentes com as funções específicas estabelecidas em cada setor, dentro do rigor do horário estipulado oficialmente para a aquisição das instruções especiais, sendo que será possível determinar o turno do expediente, se diurno e ou noturno, com relação aos dias comerciais e úteis, ou seja, de segunda-feira a sexta-feira, e nos finais de semana, aos sábados e ou aos domingos, e mesmo nos feriados. Está é uma das melhores oportunidades de conquistar cargo estável.

Paulo Henrique dos Santos

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 2 Média: 1]

Seleção oferta 21 vagas. Inscrições podem ser feitas até o dia 4 de junho de 2018.

Nova oportunidade empregatícia na área do serviço público está aberta, com oferta de cargos estáveis. Trata-se de novo certame público promovido pelo departamento do Serviço Autônomo Municipal de Água e Esgoto, o Samae, no município de Blumenau, interior do Estado de Santa Catarina. Este novo processo seletivo de caráter público tem por meta o preenchimento de um número específico de 21 postos de trabalho, junto da formação do cadastro reserva de pessoas. Os vencimentos iniciais para os cargos ofertados variam entre os valores de 1.180 reais a 3.351,72 reais.

As vagas estão distribuídas para as três classes básicas de acadêmicos, ou seja, nível fundamental, nível médio e nível superior. Com relação aos postos que exigem nível fundamental de escolaridade, os candidatos poderão concorrer ao cargo de agente de obras, com quatro postos disponíveis.

Para os candidatos que possuam ensino médio completo, suplementados em alguns dos casos por uma formação técnica, será possível concorrer aos seguintes postos: de agente administrativo, para cadastro reserva; posto de desenhista, para cadastro reserva; posto de técnico eletricista, com duas vagas; posto de técnico em edificações, para cadastro reserva; posto de técnico em mecânica, com uma vaga; posto de técnico em saneamento, com duas vagas e posto operador de ETA-ETE com 10 vagas disponíveis.

Com relação aos cargos que exigem graduação em curso superior, as oportunidades abertas pelo certame do Samae da cidade de Blumenau são as seguintes: posto de engenheiro civil, com uma vaga; posto de engenheiro eletricista, com uma vaga; posto de engenheiro sanitarista, para cadastro reserva e posto de administrador, para cadastro reserva.

Junto do salário-base pago pelo órgão, todos os candidatos contratados terão direito ao vale-alimentação no valor de 18 reais por dia de trabalho. Apesar de ser um cômputo muito básico, em termos de valor, ainda assim trata-se de um cargo permanente e o servidor contará todos os dias com esse extra.

Este novo processo seletivo promovido pelo Samae Blumenau de 2018 seguirá o seguinte itinerário:

O período de inscrições para o novo concurso do Samae de Blumenau tem um prazo definido entre os dias 2 de maio e 4 de junho de 2018, por meio do preenchimento do cadastro de inscrição no site da banca organizadora: www.ibam-concursos.org.br.

As provas objetivas estão agendadas para o dia 24 de junho. O exame consistirá em um caderno de provas com questões versando sobre língua portuguesa e sobre os devidos conhecimentos técnicos, para todos os cargos concorridos, incluindo a matéria de matemática em relação aos cargos de agente de obras e matérias em cima da legislação municipal com relação os demais cargos ofertados no concurso.

Conforme as informações angariadas do próprio edital, este processo de seleção que provê cargos no departamento do Samae do município de Blumenau possuirá uma validade específica de dois anos, podendo ser prorrogado por até mais dois anos no máximo, de acordo com o critério da própria autarquia que promove este evento. Esta é uma das melhores oportunidades em termos de cargos públicos, dada a estabilidade e a oportunidade de fazer carreira.

Entre as atribuições dos cargos estão as seguintes: trabalhar na manutenção preventiva e na manutenção corretiva em edifícios, em prédios, em calçadas, em pontes e demais estruturas de mesmo porte, atuando por meio de desenhos, de esquemas e de outras especificações, com a utilização dos necessários instrumentos e das ferramentas pertinentes a este ofício, entre outras. São cargos de natureza mais operacional, por essa razão a inclusão de formação técnica nos pré-requisitos

Paulo Henrique dos Santos

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 5 Média: 3.2]

FGV deverá ser a organizadora. Edital deverá ser publicado em breve.

O primeiro semestre de 2018 vai fechar com uma grande quantidade de concursos públicos em aberto. Quase todas as unidades federativas do Brasil abriram oportunidades empregatícias estáveis durante a primeira metade do ano. Neste caso, trata-se do novo processo seletivo promovido pelo departamento do Ministério Público do Estado da Paraíba, o MP-PB. A publicação do novo edital está agendada para o próximo mês, maio, oficializando este concurso público destinado a prover carreiras no setor de promotor. A primeira etapa de elaboração aconteceu recentemente, desde a determinação e a confirmação da contratação da banca responsável pela organização deste próximo certame.

A instituição honrada foi a tão requisitada Fundação Carlos Chagas. O processo seguinte, de estruturação do concurso, se dará por meio da assinatura do contrato definitivo com o citado órgão, já nas semanas vindouras do próximo mês. A partir deste ponto será definida a devida data de publicação do edital específico que estabelece o período de inscrições. Há uma demanda urgente para cargos nesse nível, portanto, todos os interessados podem esperar agilidade na oficialização do concurso.

O processo de seleção foi estruturado no sentido de promover a abertura de dez postos de trabalho; o pré-requisito básico, neste caso, está em comprovar formação em curso superior na área de direito, com registro na OAB e comprovar o mínimo de três anos no exercício da profissão no seio institucional da atividade jurídica.

O valor inicial do vencimento para esta carreira está em torno de 24.818,90 mil reais, incluindo nesse cômputo os benefícios a que os servidores têm direito. Os candidatos aprovados também serão agraciados com o devido auxílio-moradia no valor de 4.377,73 mil reais, além do auxílio-alimentação no valor de 900 reais.

De acordo com que foi auferido do histórico do concurso anterior, no qual o cargo em oferta foi o mesmo, realizado no ano de 2011, o número total de cargos no setor abrangeu 20 postos de trabalho para carreiras. Aquele processo de seleção, na ocasião, havia sido organizado por iniciativa do próprio órgão e consistiu em um caderno de questões que se configurou no receptáculo das perguntas contidas nas provas objetivas; houve também uma avaliação discursiva; foi realizada a devida prova oral; em seguida foi a vez da prática de tribuna e da análise definitiva, sendo que todas essas etapas foram realizadas por meio do curso de formação que é parte integrante deste certame.

No caso das matérias cobradas e do número de questões, o exame consistiu no seguinte:

A seção objetiva do exame foi estruturada em 100 questões de múltipla escolha, as quais versaram em cima dos temas de: direito constitucional; matéria de direito penal; matéria de direito processual penal; matéria sobre o direito civil; matéria sobre o direito processual civil; matéria sobre os direitos difusos; matéria versando sobre os coletivos e os individuais homogêneos na área jurídica; matéria sobre o direito tributário; matéria sobre o direito administrativo; matéria sobre o direito eleitoral; matéria sobre a área de medicina legal; matéria sobre o direito empresarial; matéria sobre a chamada lei orgânica dentro do Ministério Público; matéria sobre a lei de organização judiciária estadual e questões em cima da matéria de língua portuguesa.

Ao que tudo indica, conforme o histórico registrado no concurso anterior, o número de matérias mais cobrado é específico, portanto, voltado exclusivamente para profissionais atuantes na OAB e formados nas melhores universidades. Esta se configura uma oportunidade ímpar na conquista de uma carreira bem paga. Vale a pena conferir.

Paulo Henrique dos Santos

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 1 Média: 1]

Seleção oferta 40 vagas. Inscrições poderão ser feitas entre 20 de junho e 20 de julho de 2018.

Ainda neste primeiro semestre de 2018, mais um edital de novo certame público foi publicado. Trata-se da oficialização do período de inscrições para cargos ofertados no processo seletivo promovido pela Secretaria de Estado de Planejamento e Gestão, a Seplag, no interior do Estado de Minas Gerais. São 40 postos de trabalho à disposição dentro do setor de especialista nas políticas públicas e no departamento da gestão governamental.

O critério que garante a participação neste novo concurso público é o seguinte: as pessoas interessadas em participar necessitarão comprovar a posse de diploma de ensino médio completo e a devida inscrição para o Enem de 2018. O valor do vencimento chega a 5.100 reais, levando em conta o salário base já acrescido dos 100% do direito à Gratificação de Desempenho, de Produtividade Individual e Institucional, a GDPI.

As atribuições que constituem este cargo são, de acordo com a Lei Estadual nº. 18.974/2010, as seguintes: trabalhos na formulação, na supervisão e na avaliação das políticas públicas; trabalhos no exercício das atividades relacionadas a todas as áreas no planejamento e na avaliação; trabalhos na administração financeira e na orçamentária; trabalho de contabilidade; trabalho de modernização na gestão; trabalhos na racionalização de determinados processos; trabalhos na gestão e na tecnologia de informação; trabalhos em cima dos recursos logísticos; dos recursos materiais; dos recursos humanos e em cima da administração patrimonial.

Conforme o que está registrado no edital, todos os postos de trabalho serão lotados no seio do quadro de pessoal do órgão da Seplag de Minas Gerais. O exercício do cargo se dará em qualquer das unidades administrativas dos órgãos e das entidades dessa administração direta, que é autárquica e também fundacional do Poder Executivo Estadual, de pleno acordo com o critério de alocações elaborado pela própria Seplag, no Estado Minas Gerais. Muitos desses postos poderão ser destinados às demais entidades dessa administração direta, de caráter autárquico e também fundacional do Poder Executivo Municipal e Federal, no cerne dos termos da legislação de regência existente em todos os Estado do Brasil.

O procedimento de participação nesse certame será o seguinte:

O período de inscrições se dará entre os dias 20 do mês de junho e 20 do mês de julho de 2018. O cadastro deverá ser preenchido no site da banca organizadora, a Fundação CEFETMINAS: concurso.fundacao@cefetminas.org.br. Será necessário cadastrar os números de CPF e da inscrição para o exame do Enem de 2018. A taxa foi estipulada no valor de 60 reais. O valor é acessível a todas os interessados em se candidatar.

Na primeira fase desse concurso serão ministradas as provas objetivas e a prova discursiva (redação), que correspondem ao exame do Enem de 2018, cujo caráter será eliminatório e classificatório. O candidato que não atingir um escore mínimo de 350 pontos nas provas objetivas e mais 500 pontos na prova discursiva, no exame do Enem de 2018, será eliminado da concorrência.

Já a segunda fase consistirá no processo de graduação no setor de administração pública, o qual será ministrado na Escola de Governo Professor Paulo Neves de Carvalho, que é parte da Fundação João Pinheiro, e que constituirá em teste de caráter apenas eliminatório. Serão em torno de quatro a cinco anos de formação, contando com uma carga horária que totaliza mais ou menos 3.265 horas. As vantagens conferidas pelo programa serão: a gratuidade do próprio ensino e a bolsa de estudo concedida todo mês, a qual está em conformidade com um salário mínimo, a que os acadêmicos terão direito, desde que não sejam servidores públicos. Vale a pena conferir.

Paulo Henrique dos Santos

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 11 Média: 3.4]

Cebraspe será responsável pela organização do certame.

O novo edital do concurso público do Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais – TCE/ MG, será divulgado em breve.

Sobre a Banca Organizadora

A banca organizadora escolhida, foi a Cebraspe – Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação e Seleção e de Promoção de Eventos.

A decisão foi publicada, no Diário Oficial, na segunda-feira, dia 23 de abril de 2018 e a expectativa é de que o Edital seja divulgado em breve.

Sobre o Concurso TCE MG de 2018

Na primeira semana do mês de março, foi divulgado pelo órgão, na sessão ordinária do pleno, uma minuta do Edital e desde então o concurso vem sendo aguardado.

Falta de Pessoal

Atualmente há uma defasagem muito grande em relação a quantidade de profissionais no Tribunal, sendo que cerca de 292 postos de trabalho estão vagos. Somente para o cargo de Analista, são 202 postos em aberto e esse concurso visa preencher esse quadro escasso de funcionários.

Sobre as vagas

Segundo o Portal de Transparência, serão ofertadas pelo menos 196 vagas nesse concurso. Além das vagas para o cargo de analista, veja abaixo quais vagas também serão ofertadas:

  • Agente oficial de controle externo – 56 vagas disponíveis
  • Técnico de segurança do trabalho – 1 vaga disponível
  • Médico – 4 vagas disponíveis
  • Redator de acordão e correspondência – 5 vagas disponíveis
  • Taquígrafo redator – 7 vagas disponíveis
  • Bibliotecário – 2 vagas disponíveis
  • Psicólogo – 3 vagas disponíveis
  • Assistente social – 3 vagas disponíveis
  • Arquivista – 3 vagas disponíveis
  • Comunicador social – 3 vagas disponíveis
  • Dentista – 3 vagas disponíveis

Requisitos

Para concorrer à uma das vagas para o cargo de Analista, os candidatos devem ter ensino superior completo nas seguintes áreas:

  • Direito
  • Administração
  • Ciências Contábeis
  • Ciências Econômicas
  • Ciência da Computação
  • Engenharia
  • Ciências Atuariais

Remuneração

Os candidatos que forem aprovados no concurso público terão uma remuneração inicial no valor de R$ 6.741,84.

Sobre a Comissão

A comissão responsável pela elaboração da proposta do edital e pelo acompanhamento desse concurso público, que visa a contratação de Analista de Controle Externo, para atuarem no Tribunal de Contas do Estado de Minas Gerais, já está formada. Veja abaixo como ela foi composta:

  • Presidente – Wanderley Geraldo de Ávila
  • Analistas de controle: Juliana Cristina Lopes de Freitas Campolina, Milena de Brito Alves, Anderson Tiago Ferreira Santos Sampaio, Joelma Conceição Zeferino de Oliveira e por Priscila Fernandes Poletto.

Sobre o Último Concurso do TCE/ MG

No último concurso, que aconteceu no ano de 2014, o Edital divulgado pelo órgão ofertou vagas para o cargo de auditor.

A remuneração inicial oferecida para os candidatos aprovados foi de R$ 25.260,19.

A banca organizadora escolhida para esse último concurso, que tinha como objetivo a contratação de Auditor, foi a Fundep Gestão Concursos.

A banca organizadora aplicou provas objetivas que exigia dos candidatos conhecimentos nos seguintes conteúdo: Direito Constitucional; Direito Financeiro e Tributário; Direito Administrativo; Controle Externo da Administração Pública; Direito Civil; Direito Penal; Direito Previdenciário; Contabilidade e Economia; Teoria Geral do Processo e Administração.

Quem tiver interesse em participar do concurso público para o Tribunal de contas do Estado de Minas Gerais deve ficar atento e acompanhar o processo de liberação do Edital.

Assim que o Edital for publicado, é de extrema importância que os interessados leiam ele na íntegra, pois só assim será possível saber se atendem a todos os pré-requisitos que serão exigidos dos candidatos.

No Edital também estarão informações mais detalhadas relacionadas aos dias, horários e locais em que as provas serão aplicadas e o conteúdo das mesmas, também terá informações sobre todas as etapas do concurso, sobre os documentos necessários, prazo para realizar inscrições, atribuições de cada cargo, entre outras.

Lorena Ruiz

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 5 Média: 2.8]

Inscrições até o dia 25 de junho de 2018.

O Edital referente ao concurso público da Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro (DPE/ RJ), para a carreira de Defensor, foi divulgado na quarta-feira dia 25 de abril de 2018.

Inscrição

O início das inscrições foi no dia 25 de abril de 2018 e vai até o dia 25 de junho de 2018, às 23h:59min, no horário oficial de Brasília.

Para realizar as inscrições, os interessados devem acessar o site http://www.defensoria.rj.def.br/, clicar na aba “Concurso”, selecionar a opção “Defensor Público” e clicar na opção “Inscreva-se”. Ao lado da opção “Inscreva-se, o candidato verá outra opção “Saiba mais”, nessa aba ele terá acesso ao Edital do Concurso.

Quando o candidato clicar na opção para se inscrever, ele será direcionado para uma página com o formulário de inscrições, onde ele deverá preencher com os dados pessoais e profissionais. Finalizada essa etapa, caso o candidato precise fazer alguma alteração, em relação as informações fornecidas, ele tem até o dia 22 de junho de 2018, pois após essa data as alterações não serão mais aceitas.

Taxa de Inscrição

Assim que o candidato finalizar a etapa de preenchimento da Ficha de Inscrição, será gerado automaticamente um boleto com o valor da taxa de inscrição, no valor de R$ 300,00.

Esse boleto deve ser pago impreterivelmente até o dia 28 de junho de 2018, pois os pagamentos posteriores a essa data serão desconsiderados e a inscrição do candidato será automaticamente cancelada.

Sobre Isenção da Taxa

Há uma política de Isenção de taxas, que isenta o candidato de efetuar o pagamento desse valor em alguns casos específicos. O candidato deve consultar, em quais situações há essa isenção e caso ele atenda as pré-requisitos, poderá fazer o pedido.

Esse pedido deve ser informado no momento em que a Ficha de Inscrição estiver sendo preenchida. Nela há um espaço especifico para esse caso e nele o candidato deve selecionar essa opção, além disso, há também, disponível no site http://www.defensoria.rj.def.br/, um formulário destinado para os pedidos de isenção, que também deve ser preenchido.

Confirmação da Inscrição

A validação da inscrição dos candidatos só ocorrerá após a confirmação do pagamento da taxa de inscrição ou da confirmação do deferimento do pedido, nos casos de pedido de isenção.

Assim que o pagamento for confirmado, será disponibilizado no site, na página de acompanhamento, o cartão de confirmação de inscrição (CCI). O candidato deve imprimir esse cartão, conferir as informações contidas nele e apresenta-lo no dia da aplicação da prova.

Vagas

Esse concurso vai disponibilizar ao todo 20 vagas, sendo que apenas uma delas será para início imediato, as demais vagas são para nomeação que vão acontecer em até dois anos, prazo que pode ser prorrogado para mais dois anos.

Formação

Para atuar no cargo de defensor, será exigido que o candidato tenha formação superior em Direito e experiência de pelo menos dois anos na prática jurídica.

Remuneração

O salário que será oferecido, aos profissionais aprovados no processo seletivo, ainda não foi divulgado, porém na última seleção, que aconteceu em 2014, a remuneração oferecida foi de R$ 19.820,00.

Provas e conteúdos cobrado

O processo seletivo contará com provas escritas, orais e com avaliação de títulos.

De acordo com o Edital, o conteúdo programático das provas conta com Direito Civil; Direito Processual Civil; Tutela Coletiva; Direito Empresarial; Princípios Institucionais da Defensoria Pública; Direito Penal; Direito Processual Penal, Criminologia; Direito de Execução Penal; Direito Constitucional; Direito da Criança e do Adolescente; Direitos Humanos de Pessoas em Situação de Vulnerabilidade e Direito Administrativo

As datas, horários e locais onde as provas serão aplicadas ainda não foram divulgados, portanto, os candidatos devem ficar atentos às informações que ainda serão divulgadas.

Para obter mais informações sobre o concurso, é necessário que o candidato faça uma leitura completa do Edital, que pode ser acessado por meio do link http://concursos.defensoria.rj.def.br/concurso-interna.php?id=MQ== .

Lorena Ruiz

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 1 Média: 2]

Certame oferece vagas para papiloscopista policial e agente de telecomunicação policial.

Chegou ao fim a espera pelos editais do concurso PC-SP 2018, pois foram publicados os editais do concurso para os cargos de papiloscopista policial e agente de telecomunicação policial. Essa é uma ótima oportunidade para quem sonha em ingressar na corporação da Polícia Civil de São Paulo. Agora é só ficar atento a todas as informações dadas aqui nesse texto e se preparar da melhor forma possível, pois as vagas serão bem disputadas e tudo indica que o número de inscrições será alto. Veja as principais informações desse concurso logo abaixo.

Conheça o número de vagas para cada cargo

Foram confirmadas 500 vagas ao todo. E elas serão divididas assim:

– 200 Vagas para papiloscopista policial

– 300 Vagas para agente de telecomunicação policial

Muitas pessoas acham que esse número de vagas ainda é bem pouco, em vista da precisão de funcionários nas vagas citadas acima, porém, esse concurso tem um maior número de vagas, se comparado a muitos outros. O ideal é não deixar esse número causar um impacto negativo aos interessados em realizar a inscrição, pois tudo pode acontecer. Se você deseja entrar para a Polícia Civil de São Paulo, essa pode ser sua grande chance.

Informações sobre a remuneração para ambos os cargos citados acima

Ambas remunerações são boas e trarão estabilidade financeira para quem conseguir passar e entrar para essa corporação. A remuneração para as duas funções é a mesma e tem salário total de R$ 4.281,51, que é a soma do salário de R$3.589,87 somado ao valor de R$691,64 que é referente ao adicional.

Veja as exigências feitas para os candidatos que vão fazer a inscrição para o concurso da Policia Civil de São Paulo

Todos os candidatos devem seguir alguns critérios de inscrição para esse concurso, que são:

– Ter carteira de habilitação na categoria B

– Ter conduta impecável em sua vida privada e pública

– Ter concluído o Ensino Médio e possuir o diploma

Informações sobre a inscrição desse concurso

Os candidatos podem se inscrever a partir do dia 3 de maio e vão até o dia 1º de junho. As inscrições devem ser feitas no site www.vunesp.com.br. A taxa de inscrição tem valor único de R$56,54. Os candidatos devem ficar ligados para não perder a data de inscrição e é preciso muita atenção na hora de preencher a fixa de inscrição, para não colocar nenhuma informação errada.

Veja como serão as provas para os dois cargos do concurso da Polícia Civil de 2018.

Para o cargo de papiloscopista policial as provas terão 80 questões objetivas que serão divididas nas seguintes matérias:

– 20 Questões de noções de informática

– 20 Questões de língua portuguesa

– 5 Questões de noções de criminologia

– 5 Questões de noções de direito

– 8 Questões de noções de identificação

– 7 Questões de noções lógicas

– 5 Questões de noções de biologia

– 5 Questões de noções de medicina e odontologia legal

– 5 Questões de atualidades

Para o cargo de agente de telecomunicação policial as provas terão 80 questões objetivas e vão ser divididas nas seguintes matérias:

– 30 Questões de noções de informática e comunicação

– 30 Questões de noções de língua portuguesa

– 6 Questões de noções de direito

– 4 Questões de noções de criminologia

– 4 Questões de lógicas

– 6 Questões de atualidade

A primeira fase da prova desse concurso será com a prova preambular que é a mais importante e pode eliminar os candidatos e também vai classificá-los. As questões serão de múltipla escolha e os candidatos vão ter o total de 4 horas para conseguir terminar essa prova.

Vale lembrar que todos os candidatos devem chegar com pelo menos 1 hora de antecedência da hora marcada para prova.

Boa sorte a todos os candidatos!

Escrito por Cristiane Amaral

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 12 Média: 3.4]

Concurso ofertará 100 vagas. UFG será a responsável pela organização do certame.

Na última sexta-feira, dia 20 de abril de 2018, foi divulgado pela Câmara Municipal de Goiânia, em Goiás, através de uma publicação no diário oficial, o nome da banca organizadora do seu concurso público.

Sobre a Banca Organizadora

A Banca Organizadora escolhida foi a Universidade Federal de Goiás (UFG) e a expectativa é de que a publicação do Edital aconteça em breve, já que o contrato a empresa já foi assinado.

Sobre a Comissão

A comissão do concurso foi composta da seguinte maneira:

  • Presidente: A comissão é presidida por Herbert de Vasconcelos Barros, o diretor de controle interno da câmara.

Conta também com:

  • Paulo de Tarso Lêda – Diretor legislativo
  • Aderilton Bezerra dos Santos – Diretor de recursos humanos
  • Servidora Marília Roriz Silva de Freitas
  • Ulda de Oliveira – Consultora econômica
  • Osório de Carvalho Oliveira – Agente administrativo
  • Cassandra Arruda de Sousa Araújo – Assessora técnico legislativa
  • Maria Olina Gomes – Assessora técnico legislativa

Sobre o Concurso

A abertura desse processo seletivo vem sendo acelerada desde o dia 28 de novembro, quando foi aprovado o projeto de lei para a criação de vagas, que serão destinadas ao concurso.

De acordo com o vereador Andrey Azeredo do PMDB, além das 75 vagas que serão abertas, foi feita a inserção de um novo cargo, que é o do profissional de Libras. Esse cargo foi criado, para que o órgão se adequasse à Legislação Federal e sendo assim, todas as transmissões feitas pela casa pudessem informar também as pessoas que possuem necessidades especiais, através do trabalho desse profissional.

Sobre as vagas

Conforme citado acima, o projeto de lei aprovou 75 vagas, mas a previsão é de que cerca de 100 postos sejam preenchidos, já que além de vagas para início imediato, também terão vagas destinadas a formação de cadastro reserva de pessoal.

Cargos

Veja abaixo quais os cargos disponíveis e quantas vagas para cada um deles:

  • 8 vagas para Procurador jurídico legislativo
  • 1 vagas para Assessor técnico legislativo – Gestor ambiental
  • 1 vaga para assessor técnico legislativo – medicina – clínica geral
  • 2 vagas para assessor técnico legislativo – medicina do trabalho
  • 1 vaga para assessor técnico legislativo- psicologia
  • 5 vagas para início imediato e 1 vaga para cadastro de reserva para assessor técnico legislativo – contabilidade
  • 8 vagas para assessor técnico legislativo – assessoria geral
  • 1 vaga para assessor técnico legislativo – fisioterapia
  • 1 vaga para assessor técnico legislativo – enfermagem do trabalho
  • 4 vagas para analista de sistemas
  • 2 vagas para início imediato e 2 vagas para formação de cadastro de reserva para gestor público
  • 2 vagas para fotógrafo
  • 4 vagas para início imediato e 2 vagas para formação de cadastro reserva para assessor para assuntos legislativos
  • 8 vagas para agente de segurança legislativo
  • 1 vaga para início imediato e 3 vagas para formação de cadastro de reserva para atendente de recepção e cerimonial
  • 1 vaga para início imediato e 3 vagas para formação de cadastro de reserva para motorista
  • 27 vagas para início imediato e 3 vagas para formação de cadastro reserva para agente administrativo
  • 4 vagas para início imediato e 2 vagas para formação de cadastro de reserva para técnico de informática
  • 2 vagas para técnico em segurança do trabalho
  • 1 vaga para técnico em telecomunicações

Os interessados em participar do concurso público devem ficar atento às publicações com novas informações, sobre o processo seletivo, pois como o contrato com a Banca Organizadora já foi assinado, provavelmente não demora muito até que a data de publicação do Edital seja divulgada, inclusive a publicação do próprio Edital de inscrições não deve demorar muito para ser divulgado.

Assim que o Edital for publicado, os interessados devem lê-lo na íntegra, pois lá estarão todas as informações necessárias para os candidatos.

Lorena Ruiz

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 9 Média: 3.6]

Seleção deverá ofertar 50 vagas para auditor fiscal.

O governador do Rio Grande do Sul, José Ivo Sartori, divulgou na última sexta-feira, dia 20 de abril de 2018, que autorizou um novo concurso público para a contratação de profissionais na Secretaria da Fazenda do Estado (Sefaz/ RS).

Foi divulgado, por meio de Diário Oficial, no dia 24 de abril de 2018, o nome dos membros que vão fazer parte da comissão desse Concurso. Agora a única etapa que falta, para a divulgação da data em que o edital será publicado é a formação da Banca Organizadora.

A comissão foi formada da seguinte forma:

  • Presidente: Cláudio Graziano Fonseca
  • Suplentes: Jocemar Joarez Rodrigues e Antônio César Ohse Varela

Sobre as vagas

O Concurso Público para a Secretaria da Fazenda do Estado do Rio Grande do Sul vai ofertar 50 vagas para o cargo de Auditor Fiscal, porém, de acordo com Luiz Antônio Bins, o secretário adjunto da Fazenda, apesar da autorização ter sido para preencher as vagas de Auditor, poderá ocorrer também, oferta de vagas para outras áreas, nesse caso, a possibilidade de contratação seria para as áreas de técnico tributário e assistente administrativo fazendário.

Requisitos

É necessário que os candidatos que forem concorrer às vagas, para atuarem no cargo de auditor, tenham o ensino superior em áreas específicas.

Ainda não se sabe quais cursos de graduação serão cobrados, mas baseando se por concursos anteriores, provavelmente será exigido do candidato que ele seja formado nas áreas de ciências econômicas, ciências contábeis, ciências jurídicas ou sociais e em administração.

Remuneração

O salário inicial oferecido aos candidatos que forem aprovados, será de R$ 21.400,00

Carga horária

A carga horária de trabalho será de 40 horas semanais.

Sobre oConcurso anterior

O último concurso, que aconteceu no ano de 2014, foram ofertadas 30 vagas para o cargo de Auditor e a banca organizadora escolhida foi a Fundatec.

As provas foram divididas em 3 blocos, sendo ao todo 260 questões objetivas. Na primeira prova, foram 100 questões e nas duas provas seguintes, foram 80 questões dividas entre elas.

A prova aplicada na primeira etapa foi composta por 24 questões de língua portuguesa, 16 questões de matemática e raciocínio lógico, 20 questões de direito empresarial, direito penal e direito civil e 40 questões de tecnologia da informação

Na segunda etapa, a prova foi composta por 30 questões de direito tributário, 20 questões de direito administrativo e direito constitucional e 30 questões de contabilidade.

Na última etapa, a prova foi composta por 80 questões de legislação tributária estadual do Rio Grande do Sul e 80 questões de auditoria contábil e fiscal.

A remuneração oferecida aos aprovados no concurso de 2014, foi de R$ 10.940,00, acrescido ao salário o valor do prêmio de Produtividade e Eficiência na faixa de R$ 8.188,94.

Em 2014 também houve um concurso para Técnico Tributário que ofertou 100 vagas. Na ocasião, o conteúdo cobrado foi Língua Portuguesa, Matemática, Raciocínio Lógico, Direito Administrativo, Direito Constitucional e Penal, Direito Tributário, Tecnologia da Informação e Legislação Tributária Estadual.

As provas também foram divididas em duas partes, a primeira composta por questões de Língua Portuguesa, Matemática, Raciocínio Lógico e Tecnologia da Informação. A segunda composta por Direito Administrativo, Direito Constitucional e Penal, Direito Tributário e Legislação Tributária Estadual

Sobre o Edital

Quem tiver interesse em participar do processo seletivo, deve acompanhar, as informações divulgadas a respeito do processo de escolha, da Banca Organizadora, pois assim que ela for definida, a expectativa é de que sejam publicadas informações sobre a data de liberação do Edital.

Assim que o Edital for publicado, é de extrema importância que ele seja lido na íntegra, pois nele constam as principais informações que o candidato deve estar ciente.

Lorena Ruiz

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 1 Média: 5]

Fundação Carlos Chagas (FCC) é a empresa escolhida para organizar o certame.

Recentemente, na última segunda-feira (23) foi assinado o contrato entre a Procuradoria Geral do Estado do Amapá (PGE/AP) e a Fundação Carlos Chagas (FCC), que foi a banca escolhida para ser responsável pela organização do próximo concurso público da PGE/AP. A partir deste acordo, dentro das próximas semanas deve ocorrer a divulgação do edital e se iniciar o período de abertura das inscrições.

Novo Concurso Público da PGE/AP

Este novo concurso público vem apresentando modificações quanto ao último, realizado no ano de 2006 — que teve 20 vagas oferecidas e preenchidas, sendo uma voltada para o público PcD (Pessoas com Deficiência), com salário inicial no valor de R$ 6.905,42 —, a começar pela banca organizadora, que não é mais a Cespe/UnB.

É previsto que, para este ano, o processo seletivo conte com a oferta de 15 vagas, sendo 10 para cadastro de reserva de pessoal e 5 vagas para preenchimento imediato, direcionadas para o cargo de Procurador do Estado. Os três requisitos para se candidatar à vaga é a graduação, de nível superior, no curso de Direito, a inscrição na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e possuir, ao menos, três anos de experiência jurídica. O salário inicial para esta vaga pode variar entre 10 e 15 mil reais.

Mais informações relacionadas ao Concurso Público do PGE/AP estarão disponíveis após a publicação do edital, que provavelmente estará disponível dentro das próximas semanas no portal de concursos da FCC.

Último Concurso da PGE/AP

No último concurso, o processo seletivo se dividiu em duas provas, uma de questões objetivas e outra com questões discursivas. A prova objetiva continha 130 questões, com conteúdos divididos nas disciplinas de Direito Administrativo, Direito Civil, Direito Constitucional, Direito Ambiental, Direito do Trabalho e Processual do Trabalho, Direito Comercial, Direito Previdenciário, Direito Financeiro e Econômico, Direito Processual Civil, Direito Tributário e Língua Portuguesa.

Já na prova discursiva haviam apenas duas questões onde era solicitada a resolução de casos práticos e era requisitada a aplicação das teorias de Direito, além de possuir questões orais sobre as disciplinas Direito Tributário, Direito Civil, Direito Constitucional, Direito Administrativo e Direito Processual Civil.

Sobre a Procuradoria Geral do Estado do Amapá

A Procuradoria Geral do Estado do Amapá é uma instituição jurídica, de valor imprescindível para a Administração Pública do Estado, pois tem como responsabilidade a defesa dos direitos e interesse estatal, de forma que oferece serviços de consultoria e assessoria jurídica para o Estado.

Dentro desta instituição, existem os profissionais de Procuradoria que têm o dever de atuar na preservação do patrimônio público, de forma transparente, com o objetivo de sempre cumprir as ordens jurídicas, em concordância com a Constituição.

Sobre a Fundação Carlos Chagas

A Fundação Carlos Chagas é uma fundação sem fins lucrativos, de caráter privado, fundada no ano de 1964, com o nome de CESCEM (Centro de Seleção de Candidatos às Escolas Médicas e Biológicas), por um grupo de pesquisadores universitários que tinham como objetivo avaliar e realizar pesquisas na área da educação.

Atualmente, a FCC atua na avaliação de capacidades cognitivas de profissionais, servindo às instituições de caráter federal, estadual ou municipal, com a organização de vestibulares e concursos públicos.

Também volta seu trabalho para pesquisas interdisciplinares, a fim de encontrar soluções para os problemas sociais do país, por meio da educação. Para isso, a FCC tem em seu grupo de pesquisas especialistas qualificados, empenhados em realizar um ótimo trabalho em prol da educação e da sua melhoria.

Para saber mais sobre a FCC, é possível entrar em contato com a Fundação, de segunda a sexta, das 10 às 16 horas, pelos telefones (11) 3723-4388 e (11) 3723-4325 (Fax), ou também por meio do seu site.

Aurenivia Alves Pereira

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 2 Média: 3]

Oportunidades são para profissionais de nível fundamental, médio e superior.

Foi divulgado pelo Ministério do Planejamento, Desenvolvimento e Gestão, nesta quarta-feira, 25/10/2018, uma autorização para contratações temporárias, que visa ao preenchimento de 637 vagas, sendo que desse total, 574 são para vagas de nível fundamental, 50 são de nível médio e 13 para nível superior.

Esses cargos são para atuação junto ao Comando da Aeronáutica e a abertura dessas vagas ocorreu com o objetivo de atender as obras e serviços de engenharia, que estão sendo executados pela Comissão de Aeroportos da região Amazônica.

A seleção será feita a partir da análise dos currículos. A princípio o tempo de contratação dos aprovados será de um ano, mas esse período pode se estender, de acordo com o surgimento de novas necessidades.

O salário que esses profissionais devem receber ainda não foi divulgado, porém, o anúncio do Edital deve acontecer logo.

Veja abaixo as vagas que devem ser preenchidas:

Nível Fundamental

1 vaga para ajudante de estruturas metálicas; 2 vagas para armador de estrutura de concreto armado; 19 vagas para auxiliar de cozinha;14 vagas para auxiliar de limpeza; 4 vagas para auxiliar de manutenção predial; 3 vagas para auxiliar de mecânica de autos; 11 vagas para borracheiro; 12 vagas carpinteiro; 2 vagas para cozinheiro de embarcações; 27 vagas para cozinheiro geral; 4 vagas para detonador; 2 vagas para eletricista de instalações; 10 vagas para eletricista de instalações de veículos automotores; 2 vagas para encanador; 11 vagas para ferramenteiro; 1 vaga para garçom; 3 vagas para lixador de peças de metal; 10 vagas para lubrificador de automóveis; 8 vagas para marinheiro fluvial de máquinas; 3 vagas para mecânico de manutenção de máquinas de construção; 17 vagas para mecânico de manutenção de máquinas em geral; 1 vaga para mestre de soldagem; 2 vagas para mestre fluvial; 2 vagas para montador de estruturas metálicas de embarcações; 62 vagas motorista de caminhão; 7 vagas para operador de betoneira; 3 vagas para operador de britador de mandíbulas; 2 vagas para operador de jato abrasivo; 3 vagas para operador de maquinas de perfuratriz; 72 vagas para operador de máquinas de construção civil e minerações; 2 vagas para operador de motosserra; 11 vagas para pedreiro; 2 vagas para piloto fluvial; 19 vagas para pintor de obras; 2 vagas para prático de portos; 180 vagas para servente de obras; 7 vagas para soldador; 1 vaga para soldador elétrico e 30 vagas para vigia.

Nível Médio

2 vagas para almoxarife; 1 vaga para apontador de mão de obras; 18 vagas para assistente administrativo; 2 vagas para mecânico de refrigeração; 1 vaga para técnico de arquivo; 3 vagas para técnico de laboratório de análise físico-químicas; 3 vagas para técnico de obras civis; 1 vaga para técnico de manutenção de equipamentos de informática; 10 vagas para técnico em segurança do trabalho; 1 vaga para telefonista e 8 vagas para topógrafo.

Nível Superior

2 vagas para administrador; 1 vaga para analista de desenvolvimento de sistemas; 1 vaga para arquiteto urbanista; 1 vaga para bibliotecário; 2 vagas para contador; 1 vaga para engenheiro eletricista; 1 vaga para engenheiro sanitarista;1 vaga para geólogo e 3 vagas para nutricionista.

Conforme informado no início, o Edital ainda não foi divulgado, mas a expectativa é de que ele seja publicado em breve, portanto, os interessados em participar do processo seletivo devem ficar atentos a publicação do mesmo, para saber mais sobre o processo seletivo.

Vale ressaltar que, uma vez publicado, o Edital deve ser lido na íntegra, para que o candidato se atente as informações relacionadas aos pré-requisitos, para candidatar-se às vagas e, saber se atende a todos eles, além do mais, todas as informações sobre os cargos, como carga horária, remuneração, benefícios, funções que deverão ser desempenhadas, entre outras estarão especificadas no Edital.

Lorena Ruiz

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 27 Média: 3.1]

Certame contará com vagas imediatas e para formação de cadastro reserva. Inscrições podem ser feitas até o dia 28 de maio de 2018.

O primeiro semestre do ano de 2018 vai terminar com uma série de grandes concursos abertos ao público. No Estado de São Paulo, mais precisamente no município de Diadema, um novo certame público está sendo promovido pelo Instituto de Previdência do Servidor Municipal da cidade de Diadema, o Ipred. Trata-se da recente divulgação do edital do processo seletivo cuja meta está no preenchimento imediato de quatro postos de trabalho disponíveis, e para a formação de cadastro reserva de pessoas para mais seis cargos a serem ocupados futuramente.

A carreira em questão é a de agente de serviços, para formação do cadastro reserva, cuja remuneração chega a 1.187,87 reais, e o grau de exigência para sua concorrência está em nível fundamental de escolaridade.

Com relação às oportunidades cujo pré-requisito é o de nível médio completo, os postos de trabalho são os seguintes: cargo no setor de agente administrativo, com duas e salário de 1.831,91 reais; posto de motorista com CNH na categoria C, para cadastro reserva e remuneração de 1.433,55 reais e cargo no posto de técnico em contabilidade para cadastro reserva e salário no valor de 2.741 reais. Essa última função também possui o pré-requisito da formação técnica.

Para os cargos que exigem graduação em curso superior, estão disponíveis oportunidades nas funções de procurador, com uma vaga e remuneração no valor de 4.412,50 reais; posto de assistente social com uma vaga e remuneração no valor de 4.412,50 reais; posto de analista de sistemas, para cadastro reserva e com remuneração no valor de 4.412,50 reais; posto de contador, para cadastro reserva e remuneração no valor de 4.412,50 reais e posto de médico perito, para cadastro reserva e remuneração no valor de 7.071,26 reais.

A responsabilidade da organização deste novo certame público está nas mãos da empresa Dédalus Concursos. Assim, o período de inscrições inicia a partir do próximo dia 27 de abril, sexta-feira. A ficha de cadastro necessita ser preenchida no próprio site da instituição: www.dedalusconcursos.com.br. O prazo de inscrição se estenderá até o dia 28 de maio de 2018, precisamente às 23h59. O valor estipulado para a taxa é unitário de 8,87 reais.

O critério adotado para a realização das provas objetivas deste novo processo de seleção para o Ipred Diadema de 2018 são os seguintes: o exame se dará no dia 1º de julho de 2018, a empresa avaliadora realizará a aplicação da prova objetiva para a totalidade dos cargos em concorrência. Haverá um teste à parte, de caráter prático-profissional ministrado apenas para os candidatos ao cargo de procurador.

As provas objetivas consistem no seguinte: um caderno com questões em número de 40, de 50 ou mesmo 60. As disciplinas cobradas serão nas matérias de língua portuguesa; questões em cima de matemática; questões versando sobre raciocínio lógico; questões em cima da matéria de informática; versando sobre conhecimento de atualidades e sobre os demais conhecimentos gerais e conhecimentos específicos, variando estes de acordo com a função concorrida e a classe acadêmica dos candidatos.

Este novo processo de seleção abrange, no caso dos candidatos concorrendo ao posto de motorista, uma rigorosa avaliação prática, agendada para realização no dia 27 de julho de 2018. A publicação da convocação para esta fase sairá no dia 24 do mesmo mês indicado.

Conforme as informações contidas no edital, este certame para cargos no Ipred será válido por um período de dois anos, podendo ser prorrogável por até mais dois anos, de acordo com o critério do próprio instituto. Vale a pena conferir.

Paulo Henrique dos Santos

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 2 Média: 2]

O tão esperado edital do concurso para o Ministério Público da União pode ainda sair publicado no mês de outubro. O secretário-geral, Alexandre Camanho, divulgou esta informação na última entrevista dada essa semana, em uma reunião com todo o SindMPU (Sindicado do MPU). Anteriormente ele já havia declarado que a seleção sairia para ingresso de analistas, técnicos de segurança e técnicos administrativos, e levando em consideração que todos os cargos formarão cadastro reserva. O órgão também divulgou, no dia 30 de agosto, sobre a portaria 84, fixando todas as atribuições e os requisitos mínimos para ingresso nos cargos de analistas e também técnicos, que estarão oferecidos no concurso.

Para o cargo de técnico basta somente possuir a conclusão do ensino médio e o salário base inicial é no valor de R$ 6.708,53. Já o cargo de analista precisa ter formação em nível superior e seu salário inicial é no valor de R$ 11.006,83.

É importante também ressaltar que os salários contarão ainda com três reajustes até o ano de 2019. O cargo de técnico passará de R$ 6.862,73 no mês de junho, depois R$ 7.080,21 no mês de novembro e por fim R$ 7.591,37 até janeiro no ano de 2019. Já o de analista vai para R$ 11.259,81 no mês de junho, R$ 11.616,61 no mês de novembro e R$ 12.455,30 até janeiro do ano de 2019.

Sua comissão para o concurso do MPU foi instituída no mês março do ano de 2017 e seu presidente é o servidor Blal Y. Dalloul e seus participantes são: Eloá T. Junqueira, Sandra Roberta S. Oliveira, Denise C. Recedive, Tatiane Diniz Silva e por fim Rayza M. de Paula.

Se você está procurando um cargo com um ótimo salário essa é sua grande oportunidade, fique atento a todos os detalhes e não perca nenhum prazo, faça sua inscrição e estude bastante, se prepare e entre para essa tão sonhada e disputada carreira.

Sobre as Atribuições dos cargos

Segundo a portaria, as atribuições do cargo técnico são essas: Auxiliar, tanto dentro como fora do seu ambiente da sede, dar suporte aos membros e também as chefias nos processos judiciais e nos administrativos e em todos procedimentos extrajudiciais; atuar também em processos judiciais e nos administrativos e em todos procedimentos extrajudiciais; estar auxiliando os membros e as suas chefias nos eventos oficiais, nas audiências e também diligências; elaborar e analisar todas as informações, as certidões, as declarações, os relatórios e por fim documentos congêneres; e também elaborar minutas de atos administrativos e os normativos; poder atuar em planos, projetos, programas e convênios; estar atuando na gestão dos contratos quando for formalmente designado; poder realizar estudos, as pesquisas e os levantamentos de dados; estar também presente em reuniões, as comissões, de grupos e de equipes de trabalho; estar participando do planejamento estratégico de toda instituição e em relação aos planos da sua atual unidade; estar observando e zelando pela segurança da instituição no âmbito da sua área que esteja atuando; atender também o público interno e o externo através do telefone, por correio eletrônico ou presencialmente se for o caso; prestar todas informações sobre localização e a tramitação de todos processos e seus documentos; também orientar à aplicação das normas ou da sua área de atuação; estar contribuindo na melhoria dos processos e das rotinas de trabalho; poder orientar e supervisionar se for o caso os estagiários e seus aprendizes; inserir quando necessário os dados e utilizar no caso os sistemas de informação da instituição; estar observando e zelando pelo cumprimento de todos os prazos; realizar as tarefas dentro do expediente; realizar qualquer atividade relativa à instrução, a tramitação e o movimentação de processos, de procedimentos e dos documentos; estar sempre mantendo a ordem e controlar todo o arquivo por seu setor; executar qualquer atividade necessária a todo o desempenho do cargo ou qualquer outra que possa eventualmente ser determinadas por uma de suas autoridades competentes, sempre respeitar, os limites impostos por qualquer órgão da classe.

Ricardo Ferreira Rodrigues

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 8 Média: 3.1]

Profissionais interessados podem se inscrever até o dia 15 de maio de 2018.

Teve início na última segunda-feira, dia 16 de abril, o prazo para as inscrições nos editais do concurso público da Polícia Civil do Estado de São Paulo, a PC/SP. As carreiras em aberto são as de investigador de polícia e de escrivão.

No total, o processo seletivo busca o preenchimento de 1.400 oportunidades, sendo que dessas 70 estão reservadas para as pessoas com algum tipo de deficiência. A distribuição das ofertas se dará da seguinte forma: 600 vagas para investigador de polícia e outras 800 para o cargo de escrivão de polícia.

Ficou interessado e quer saber mais sobre o certame? Nós te damos todas as dicas que você precisa saber para não ficar de fora. Vamos a elas.

Pré-requisitos das vagas

Podem participar do concurso da PC/SP os candidatos que tiverem um diploma de conclusão de curso em ensino superior, não importando qual a sua área de conhecimento. Além disso, é fundamental a carteira de habilitação em categoria “B” e uma conduta correta tanto na vida pública como na privada.

Como faço para me inscrever?

As inscrições podem ser feitas no site da empresa que é responsável por toda a organização e pela execução do processo seletivo, a Fundação Vunesp. O endereço eletrônico, portanto, é o www.vunesp.com.br.

Vale lembrar que as inscrições somente são válidas até o dia 15 de maio, não sendo disponibilizado um local físico para a realização delas. Além disso, para efetivar a participação é cobrada uma taxa simbólica para ambas as funções no valor de R$ 84,81. O pagamento dessa é realizado por boleto bancário, devendo ser efetuado na data limite de seu prazo, sempre observando o horário de funcionamento da instituição bancária.

Processo seletivo do concurso

Serão diversas etapas que compõe o concurso da PC/SP. A primeira é a prova preambular, sendo ela de caráter eliminatório e classificatório.

Com 100 questões de múltipla escolha, sua aplicação será no dia 10 de junho, nas seguintes cidades: Bauru, Araçatuba, Campinas, Ribeirão Preto, Presidente Prudente, Santos, São José dos Campos, São José do Rio Preto, Piracicaba, São Paulo (região metropolitana e capital) e Sorocaba.

Para o cargo de investigador de polícia, o exame será distribuído em: 30 questões sobre noções de Direito, 30 de língua portuguesa, 10 de lógica, 10 de criminologia, 10 de atualidades e 10 de noções de informática.

Já para o escrivão de polícia, a prova preambular terá: 36 questões sobre a língua portuguesa, 30 sobre noções de Direito, 18 sobre noções de criminologia, atualidades e noções de lógica e 16 de informática.

Quem passar por essa etapa será convocado para realizar a prova escrita, de caráter eliminatório e classificatório.

O concurso da Polícia Civil de São Paulo também contará com outras etapas. São elas: comprovação sobre a idoneidade e a conduta correta do candidato mediante a investigação social (caráter eliminatório), prova oral (eliminatória e classificatória) e, por fim, a análise de títulos (classificatória).

Remuneração dos cargos

Tanto a remuneração inicial do investigador de polícia como a do escrivão é de R$ 4.435,62. Esse inclui o salário, que é de R$ 3.743,98 e corresponde à soma total dos valores baseados no salário e na gratificação do Regime Especial de Trabalho Policial, e o adicional referente à insalubridade, no valor de R$ 691,64.

Outro concurso da PC/SP

Além das oportunidades já mencionadas, a Polícia Civil de SP também está com as inscrições abertas em outro edital, para o preenchimento de 250 vagas como delegado. Dessas, 13 serão reservadas para pessoas com deficiência.

Com salário de R$ 10.579,71, as inscrições também são realizadas pela Fundação Vunesp e seguem até o dia 2 de maio. A carreira possui como exigência o diploma em nível superior no curso de Direito, bem como CNH categoria B ou superior e, ainda, a comprovação mínima de dois anos em atividade jurídica ou no exercício de um cargo como policial civil.

Kellen Kunz

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 6 Média: 3.7]




CONTINUE NAVEGANDO: