Certame oferta 29 vagas de emprego imediatas e mais 200 vagas para cadastro de reserva em diversas funções.

Nova oportunidade de concurso público está oficialmente aberta. Trata-se do período de inscrições aberto para o novo concurso público destinado ao provimento de cargos na Agência de Fomento do Amapá, ou o Concurso da AFAP. São 29 postos imediatos e mais 200 para formação do cadastro reserva de pessoas. São cargos para níveis médio e superior.

Este certame tem como banca organizadora a Fundação Carlos Chagas, a FCC. Todos os concorrentes nomeados e convocados neste concurso serão contratados conforme os preceitos da Consolidação das Leis do Trabalho; da Legislação Trabalhista Federal Complementar e da Legislação Estadual pertinente.

A remuneração inicial está em R$ 3.319,77, já acrescido do benefício de auxílio-alimentação.

A taxa de inscrição está estipulada em 100 reais. São seis horas diárias de jornada, num total de 30 horas semanais.

Cargo de Analista de Fomento, na função de Advogado, com três vagas imediatas e mais 20 para cadastro reserva. Requisitos: possuir certificado de curso de graduação na área de Direito em instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação e da Cultura, MEC; além do registro regular em Órgão de Classe competente.

Cargo de Analista de Fomento, na função de Contador, com três vagas imediatas e mais 20 para cadastro reserva. Requisitos: possuir certificado de curso de graduação na área de Ciências Contábeis em instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação e da Cultura, MEC; além do registro regular em Órgão de Classe competente.

Cargo de Analista de Fomento, no setor de Tecnologia da Informação, com uma vaga imediata e mais 20 para cadastro reserva. Requisitos: possuir certificado de curso de graduação na área de Análise de Sistemas; em Sistema da Informação; em Ciência da Computação; em Processamento de Dados ou em Gerenciamento de Redes e em Informática, conferido por instituição de Ensino Superior devidamente reconhecida pelo Ministério da Educação e da Cultura, MEC.

Cargo de Analista de Fomento, na função de Economista, com uma vaga imediata e mais 20 para cadastro reserva. Possuir certificado de curso de graduação na área de Ciências Econômicas em instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação e da Cultura, MEC; além do registro regular em Órgão de Classe competente.

Cargo de Analista de Fomento, setor de Crédito, com uma vaga imediata e mais 20 para cadastro reserva. Possuir certificado de curso de graduação nas áreas de Administração; em Ciências Econômicas; em Ciências Contábeis ou em cursos das áreas de Ciências Exatas, em instituição de ensino superior reconhecida pelo Ministério da Educação e da Cultura, MEC; além do registro regular em Órgão de Classe competente, e mais a posse de Carteira Nacional de habilitação na categoria B, com situação regular.

Para candidatos com ensino médio, o vencimento inicial está em R$ 2.074,11, já suplementado com o benefício do auxílio-alimentação.

A taxa de inscrição está estipulada em 85 reais. São seis horas diárias de jornada, num total de 30 horas por semana.

Cargo de Assistente Administrativo de Fomento, com 10 vagas imediatas e mais 50 de cadastro reserva. Possuir diploma de conclusão de Ensino Médio conferido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação e da Cultura, o MEC.

Cargo de Agente de Fomento Externo, com 10 vagas imediatas e mais 50 de cadastro reserva. Possuir diploma de conclusão de Ensino Médio conferido por instituição de ensino reconhecida pelo Ministério da Educação e da Cultura, o MEC, além da Carteira Nacional de habilitação na categoria AB, com situação regular.

O período de inscrições se dará do dia 19 de novembro de 2018 ao dia 10 de janeiro de 2019, por meio da internet.

Para mais informações, bem como acesso ao link de inscrições, acesse o site: https://www.diariooficialdf.com.br/concurso-afap.

Por Paulo Henrique dos Santos

Concurso

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 11 Média: 2.9]

Seleção contará com 110 vagas.

Nos últimos dias, o Serviço Nacional de Aprendizagem Comercial do Amapá (Senac/AP) realizou a divulgação do edital relacionado ao seu novo processo seletivo. Este novo certame tem o objetivo de preencher 110 vagas. Deste total, apenas 9 vagas serão para preenchimento imediato e as outras 101 são para CR (cadastro reserva).

Confira a seguir mais informações sobre o concurso público do Senac/AP.

Vagas

As vagas abertas, de nível fundamental são referentes aos seguintes cargos:

  • Cargo de Auxiliar de Serviços Gerais: total de 16 vagas (1 vaga para preenchimento imediato e 15 vagas para cadastro reserva), recebendo todo mês o salário de R$ 994,00;

  • Cargo de Vigia: total de 12 vagas (3 vagas para preenchimento imediato e 9 vagas para cadastro reserva), com remuneração mensal no valor de R$ 1.000,00; e

  • Cargo de Motorista: total de 6 vagas (1 vaga para preenchimento imediato e 5 vagas para cadastro reserva), com salário no valor de R$ 1.278,00.

Já as chances para candidatos com escolaridade de nível médio são as seguintes:

  • Cargo de Operador de Caixa: total de 6 vagas (apenas para cadastro reserva), com remuneração mensal de R$ 1.117,00; e

  • Cargo de Auxiliar de Administração: total de 10 vagas (apenas para cadastro reserva), com salário mensal de R$ 1.435,00.

E as oportunidades abertas para nível superior são as seguintes:

  • Cargo de Pedagogo(a): total de 12 vagas (sendo 1 vaga para preenchimento imediato e 10 vagas para cadastro reserva), com remuneração de R$ 2.866,00;

  • Cargo de Cientista Contábil: total de 6 vagas (apenas para cadastro reserva), com salário inicial no valor de R$ 2.866,00;

  • Profissional graduado em qualquer curso de nível superior: total de 10 vagas (apenas para cadastro reserva), com remuneração no valor de R$ 2.866,00;

  • Cargo de Instrutor da área de Farmácia: total de 6 vagas (1 vaga para preenchimento imediato e 5 vagas para cadastro reserva), com salário fixo que pode variar entre R$ 179,00 e R$ 190,00, junto da hora/aula que também pode variar entre R$ 25,57 a R$ 27,15, com direito a ⅙ de DSR (descanso semanal remunerado) sobre o salário-base;

  • Cargo de Instrutor da área de Informática: total de 10 vagas (apenas para cadastro reserva), com salário fixo que pode variar entre R$ 179,00 e R$ 190,00, junto da hora/aula que também pode variar entre R$ 25,57 a R$ 27,15, com direito a ⅙ de DSR (descanso semanal remunerado) sobre o salário-base;

  • Cargo de Instrutor da área de Libras: total de 11 vagas (1 vaga para preenchimento imediato e 10 vagas para cadastro reserva), com salário fixo que pode variar entre R$ 179,00 e R$ 190,00, junto da hora/aula que também pode variar entre R$ 25,57 a R$ 27,15, com direito a ⅙ de DSR (descanso semanal remunerado) sobre o salário-base; e

  • Cargo de Instrutor da área de Estética: total de 5 vagas (apenas para cadastro reserva), com salário fixo que pode variar entre R$ 179,00 e R$ 190,00, junto da hora/aula que também pode variar entre R$ 25,57 a R$ 27,15, com direito a ⅙ de DSR (descanso semanal remunerado) sobre o salário-base;

Todas as oportunidades são para a cidade de Macapá, exceto as vagas para o cargo de Operador de Caixa que é para a cidade de Santana.

O concurso

A banca responsável pela organização deste concurso é a RHS Consult. As inscrições podem ser realizadas por meio do portal da banca, até o dia 26 de junho, mediante pagamento de taxa de inscrição no valor de R$ 35,00 (para vagas de nível fundamental), R$ 45,00 (para vagas de nível médio) ou R$ 55,00 (para vagas de nível superior).

A aplicação da prova está prevista para o dia 15 de junho. Serão um total de 30 questões objetivas, abordando disciplinas como Português, Matemática, Conhecimentos Gerais e Conhecimentos Específicos, com duração de três horas.

Os candidatos aos cargos de nível superior devem entregar, no mesmo dia, documentos que comprovem sua especialização (como diplomas, mestrado e doutorado).

Todos os 20 candidatos com as melhores notas na prova deverão realizar uma avaliação prática, como parte do processo seletivo, porém, a data desta avaliação ainda não foi divulgada.

Este concurso tem validade de um ano, com a possibilidade de prorrogação de mais um.

Felicia Lopes

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 8 Média: 3.4]

Prefeitura Municipal abre 444 vagas com salários de até R$ 4 mil.

A Prefeitura Municipal de Macapá publicou o edital de Abertura do seu concurso público, que tem por objetivo o preenchimento de 444 postos de trabalho na área da saúde.

Além das vagas que serão para início imediato, o órgão também vai formar cadastro reserva de pessoal, para todos os cargos.

A expectativa é de que os candidatos selecionados iniciem suas atividades no 1º semestre de 2019.

Em relação a remuneração, de acordo com o edital, os candidatos aprovados no processo seletivo vão receber salários iniciais a partir de R$ 1.014,00 e podem chegar até R$ 4.000,00 (de acordo com o cargo e formação do candidato).

Inscrições

Os interessados em participar do processo seletivo devem realizar as inscrições através da internet, no site da Banca Organizadora desse concurso, a Fundação Carlos Chagas www.concursosfcc.com.br, entre os dias 10 de maio de 2018 e 8 de junho de 2018, até às 14 horas.

Taxa de Inscrição

Para validar a inscrição, o candidato deve efetuar o pagamento de um boleto referente a taxa de inscrição.

Para candidatos que estiverem concorrendo às vagas de nível médio e técnico, o valor da taxa será de R$ 85,00 e, para os candidatos que estivem concorrendo aos cargos de nível superior, o valor será de R$ 140,00.

É imprescindível que o pagamento seja efetuado dentro do prazo estipulado pelo órgão, pois pagamentos que forem feitos após essa data serão desconsiderados e a inscrição do candidato automaticamente cancelada.

Sobre as provas

O processo de seleção será a partir de uma prova objetiva composta por questões de múltipla escolha.

A prova terá duração máxima de 3 horas e será aplicada no dia 5 de agosto de 2018.

Tantos os locais como os horários das provas ainda não foram informados, mas serão publicados no site da Fundação Carlos Chagas, portanto, os candidatos devem ficar atentos a futuras informações.

Os candidatos que forem concorrer às vagas de nível superior serão submetidos ainda à etapa de avaliação de títulos.

Sobre as Vagas

Vagas de Nível Médio: Para concorrer à essas vagas, os candidatos devem ter concluído o ensino médio, em alguma instituição que seja reconhecida pelo MEC (Ministério da Educação).

  • Cargo: Agente comunitário de saúde – 180 vagas disponíveis
  • Cargo: Agente de combate às endemias38 vagas disponíveis

Vagas de Nível Médio e Técnico: Para concorrer a esses cargos, os candidatos devem ter o Ensino Médio completo e curso técnico específico para a área.

  • Cargo: Técnico em enfermagem – 100 vagas disponíveis
  • Cargo: Técnico em Saúde Bucal – 2 vagas disponíveis
  • Cargo: Técnico em Laboratório – 6 vagas disponíveis
  • Cargo: Técnico em Nutrição – 2 vagas disponíveis

Vagas de Nível Superior: Para concorrer à uma das vagas, os candidatos devem ter formação superior no cargo de interesse.

  • Cargo: Assistente Social – 2 vagas disponíveis
  • Cargo: Biomédico – 3 vagas disponíveis
  • Cargo: Cirurgião dentista – 2 vagas disponíveis
  • Cargo: Endodontista – 2 vagas disponíveis
  • Cargo:Enfermeiro – 35 vagas disponíveis
  • Cargo: Engenheiro sanitarista – 1 vaga disponível
  • Cargo: Farmacêutico – 9 vagas disponíveis
  • Cargo: Fisioterapeuta – 3 vagas disponíveis
  • Cargo: Fonoaudiólogo – 2 vagas disponíveis
  • Cargo: Nutricionista – 4 vagas disponíveis
  • Cargo: Psicólogo – 2 vagas disponíveis
  • Cargo: Terapeuta ocupacional – 1 vaga disponível
  • Cargo: Administrador hospitalar – 2 vagas disponíveis
  • Cargo: Administrador – 1 vaga disponível

Os candidatos formados em Medicina poderão concorrer aos seguintes cargos:

  • Clínico geral – 10 vagas disponíveis
  • Cardiologista – 1 vaga disponível
  • Dermatologista – 1 vaga disponível
  • Endocrinologista – 1 vaga disponível
  • Geriatra – 1 vaga disponível
  • Ginecologista e Obstetra – 13 vagas disponíveis
  • Oftalmologista – 2 vagas disponíveis
  • Neurologista 1 vaga disponível
  • Pediatra – 13 vagas disponíveis
  • Psiquiatra – 2 disponíveis
  • Ultrassonografista – 2 disponíveis

Para obter mais informações sobre o Concurso Público, da prefeitura de Macapá, os interessados devem consultar o Edital no site da Banca Organizadora, o mesmo site informado no início do texto, onde as inscrições devem ser realizadas.

Rosângela Rodrigues

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 4 Média: 2.8]

Fundação Carlos Chagas (FCC) é a empresa escolhida para organizar o certame.

Recentemente, na última segunda-feira (23) foi assinado o contrato entre a Procuradoria Geral do Estado do Amapá (PGE/AP) e a Fundação Carlos Chagas (FCC), que foi a banca escolhida para ser responsável pela organização do próximo concurso público da PGE/AP. A partir deste acordo, dentro das próximas semanas deve ocorrer a divulgação do edital e se iniciar o período de abertura das inscrições.

Novo Concurso Público da PGE/AP

Este novo concurso público vem apresentando modificações quanto ao último, realizado no ano de 2006 — que teve 20 vagas oferecidas e preenchidas, sendo uma voltada para o público PcD (Pessoas com Deficiência), com salário inicial no valor de R$ 6.905,42 —, a começar pela banca organizadora, que não é mais a Cespe/UnB.

É previsto que, para este ano, o processo seletivo conte com a oferta de 15 vagas, sendo 10 para cadastro de reserva de pessoal e 5 vagas para preenchimento imediato, direcionadas para o cargo de Procurador do Estado. Os três requisitos para se candidatar à vaga é a graduação, de nível superior, no curso de Direito, a inscrição na Ordem dos Advogados do Brasil (OAB) e possuir, ao menos, três anos de experiência jurídica. O salário inicial para esta vaga pode variar entre 10 e 15 mil reais.

Mais informações relacionadas ao Concurso Público do PGE/AP estarão disponíveis após a publicação do edital, que provavelmente estará disponível dentro das próximas semanas no portal de concursos da FCC.

Último Concurso da PGE/AP

No último concurso, o processo seletivo se dividiu em duas provas, uma de questões objetivas e outra com questões discursivas. A prova objetiva continha 130 questões, com conteúdos divididos nas disciplinas de Direito Administrativo, Direito Civil, Direito Constitucional, Direito Ambiental, Direito do Trabalho e Processual do Trabalho, Direito Comercial, Direito Previdenciário, Direito Financeiro e Econômico, Direito Processual Civil, Direito Tributário e Língua Portuguesa.

Já na prova discursiva haviam apenas duas questões onde era solicitada a resolução de casos práticos e era requisitada a aplicação das teorias de Direito, além de possuir questões orais sobre as disciplinas Direito Tributário, Direito Civil, Direito Constitucional, Direito Administrativo e Direito Processual Civil.

Sobre a Procuradoria Geral do Estado do Amapá

A Procuradoria Geral do Estado do Amapá é uma instituição jurídica, de valor imprescindível para a Administração Pública do Estado, pois tem como responsabilidade a defesa dos direitos e interesse estatal, de forma que oferece serviços de consultoria e assessoria jurídica para o Estado.

Dentro desta instituição, existem os profissionais de Procuradoria que têm o dever de atuar na preservação do patrimônio público, de forma transparente, com o objetivo de sempre cumprir as ordens jurídicas, em concordância com a Constituição.

Sobre a Fundação Carlos Chagas

A Fundação Carlos Chagas é uma fundação sem fins lucrativos, de caráter privado, fundada no ano de 1964, com o nome de CESCEM (Centro de Seleção de Candidatos às Escolas Médicas e Biológicas), por um grupo de pesquisadores universitários que tinham como objetivo avaliar e realizar pesquisas na área da educação.

Atualmente, a FCC atua na avaliação de capacidades cognitivas de profissionais, servindo às instituições de caráter federal, estadual ou municipal, com a organização de vestibulares e concursos públicos.

Também volta seu trabalho para pesquisas interdisciplinares, a fim de encontrar soluções para os problemas sociais do país, por meio da educação. Para isso, a FCC tem em seu grupo de pesquisas especialistas qualificados, empenhados em realizar um ótimo trabalho em prol da educação e da sua melhoria.

Para saber mais sobre a FCC, é possível entrar em contato com a Fundação, de segunda a sexta, das 10 às 16 horas, pelos telefones (11) 3723-4388 e (11) 3723-4325 (Fax), ou também por meio do seu site.

Aurenivia Alves Pereira

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 2 Média: 3]

Certame deverá oferecer vagas de nível médio, técnico e superior.

A Assembleia do Estado do Amapá permanece realizando o planejamento para o seu próximo concurso público, que deve ocorrer em 2018.

Sabe-se que a Assembleia não realizou qualquer concurso público desde o ano de 1992. Dessa forma, o intuito da instituição é abrir cerca de 300 vagas de emprego, sendo eles divididos em diferentes áreas de atuação.

Pode-se esperar por cargos que exijam diferentes níveis de escolaridade, ou seja, desde o ensino médio completo, até formação superior, além de capacitação específica como cursos técnicos.

De acordo com o deputado Paulo Lemos, que também é o presidente da comissão do concurso, o edital do certame seria publicado em 2017. No entanto, até o momento não foram divulgadas nenhuma das informações que são realmente importantes, como o nome da banca organizadora e o edital, por exemplo. Dessa forma, acredita-se que a divulgação desses dados seja adiada para o primeiro semestre de 2018.

Ainda que não tenha qualquer confirmação a respeito do número de vagas que devem ser ofertadas, bem como quais serão os cargos e as remunerações, já que o edital ainda não foi publicado, estima-se que sejam liberadas cerca de 300 vagas de emprego, distribuídas em cargos como o de técnico, além de muitos outros. No entanto, esse número de vagas é apenas uma estimativa, pois na verdade é necessário que um grupo de funcionários da Assembleia sejam instruídos a fazerem uma pesquisa dentro da instituição com o intuito de verificar a necessidade de novos funcionários nas mais diversas áreas do sistema.

Sendo assim, é preciso fazer um balanço sobre o número de funcionários que se aposentaram, desde 1992 e ainda checar quantos dos profissionais atuais estão entrando com o processo de aposentadoria.

Ao que parece, a realização desse concurso público deverá sofrer por alguns processos de antecipação, logo no início de 2018. Isso porque, como não houve nenhum certame nos últimos 24 anos, a Assembleia/AP já está há muito tempo trabalhando com um grande déficit de funcionários. Desse modo, o número de servidores públicos não acompanhou ao crescimento da população nessa região e acabou por tornar-se um desserviço à população.

Ainda de acordo com o deputado, das 300 vagas que vão ser ofertadas, cerca de 60 delas serão destinadas aos cargos de policiais legislativos, com isso, os policiais militares podem deixar de atuar no local onde fica a Assembleia e, dessa forma, voltarem às suas funções de costume. Sabe-se que na instituição já foi aberta um quadro oficial para policiais legislativos, no entanto, as vagas nunca foram ocupadas antes.

Além disso, pode haver vagas para técnicos, analistas, assessor jurídico, assessor parlamentar e contador.

Vale salientar ainda a importância de ser realizado o concurso público, pois, segundo o presidente da comissão do concurso, dentro da Assembleia há muitos cargos em excesso em que os funcionários são, em grande parte, contratados. De forma alguma o objetivo do certame visa acabar com esses cargos, ao contrário disso, o objetivo é extinguir o excesso de funcionário e manter aqueles cargos que realmente fazem a diferença na instituição, a fim de haver eficiência nos serviços prestados. E os dados só confirmam essa questão, isto é, de acordo com um relatório publicado pela Assembleia, somente 10% do funcionários são efetivados, um número bastante inferior se comparado com outras Assembleias que estão dispostas em outros Estados do território brasileiro.

Ficou interessado? Pois bem, então não deixe de acompanhar as etapas que precedem o dia da prova. Por isso, procure ficar a par de todas as novidades que cercam o processo de validação do certame.

Ana Paula Oliveira Coimbra

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 26 Média: 2.9]

Certame conta com 16 vagas. Inscrições podem ser feitas até o dia 14 de dezembro de 2017.

No Estado do Amapá um novo concurso público foi aberto aos cidadãos. Trata-se do Concurso IFAP, que está ofertando 16 vagas. Os salários podem chegar ao valor de 9,5 mil reais. Os cargos em aberto estão destinados a candidatos que possuem curso superior completo.

Este certame está sendo promovido pelo Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Estado do Amapá, IFAP. Estão abertas as inscrições para o processo seletivo que se destina a contratar professores para atuar no ensino básico, no ensino técnico e no ensino tecnológico. O processo de seleção tem meta de preenchimento de apenas 16 vagas, na profissão docente, em algumas unidades de ensino localizadas nos municípios de Macapá, município de Laranjal do Jari, município de Porto Grande, de Santana, município do Avançado do Oiapoque e no Centro de Referência no município de Pedra Branca do Amaparí.

As vagas disponíveis serão distribuídas em conformidade com os cargos que precisam ser preenchidos e em conformidade com a graduação superior de cada candidato aprovado. Os cargos em aberto abrangem as áreas de conhecimento de agronomia, com uma vaga disponível; na área de biologia há uma vaga disponível; na área de comércio exterior existe uma vaga disponível; na área de direito existe uma vaga disponível; na área de segurança do trabalho há uma vaga disponível; na área de engenharia de transportes há uma vaga disponível; na área de gestão e administração são três vagas disponíveis; na área de gestão do agronegócio existe uma vaga disponível; na área de gestão pública existe uma vaga disponível; na área de história existe uma vaga disponível, na área de ensino de língua estrangeira, inglês, existe uma vaga disponível; na área de meio ambiente há uma vaga disponível; na disciplina de química existe uma vaga à disposição e no setor de contabilidade também há uma vaga disponível.

As pessoas interessadas em se candidatar nesse concurso público estão obrigadas a apresentar certificado, diploma de graduação em curso de nível superior em alguma das áreas acima citadas.

Em relação aos salários iniciais pagos pelo órgão do Instituto Federal de Educação, Ciência e Tecnologia do Amapá, IFAP, os valores começam em torno de 4.864,98 mil reais, podendo atingir o valor de 9.585,67 mil reais. Nestes valores estão inclusas a retribuição de titulação, em conformidade com a carga horária semanal de 40 horas, no regime de dedicação exclusiva.

Portanto, compete aos interessados em disputar alguma das vagas o preenchimento do cadastro de inscrição, por meio do seguinte endereço de rede: http://www.ifap.edu.br. O formulário da inscrição já está à disposição na página do órgão e permanecerá válido até o dia 14 de dezembro de 2017. A taxa de inscrição terá valor único, dado que o concurso está voltado apenas para acadêmicos universitários, e será de 120 reais. O pagamento deste valor será válido até o prazo máximo de 15 de dezembro de 2017, rigorosamente de acordo com o horário do banco.

A prova, que constituirá na primeira fase de concorrência entre os candidatos, consistirá em exame escrito, versando sobre conhecimentos específicos. A outra parte do exame classificatório e eliminatório consistirá na produção de um conteúdo dissertativo, cujo tema ainda está para ser determinado. A extensão dessa redação deve ser de no mínimo duas e, no máximo, de quatro laudas, com introdução, desenvolvimento e conclusão. Os exames terão duração máxima de quatro horas, sendo que os mesmos serão ministrados no Campus Macapá-AP, agendados para o dia 28 de janeiro de 2018. O tempo de preparo para este certame urge. Ainda estão para serem confirmadas a data, o local e o horário das provas, cuja informação será publicada no próprio site do IFAP, que será atualizado no dia 22 de dezembro de 2017. A outra etapa do processo seletivo abrangerá a prova de desempenho didático; prova de conhecimento específico e a devida análise de títulos.

Paulo Henrique dos Santos

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 5 Média: 2.6]

Certames irão ofertar mais de 200 vagas e formar cadastro de reserva.

Na última semana, o governo do Amapá, através da sua assessoria de comunicação, anunciou que ainda em 2017 vai realizar dois concursos públicos um para Polícia Civil e o outro para Polícia Técnico-Científica no estado. Segundo o comunicado, serão oferecidas mais de 200 vagas para as duas entidades e mais de 700 oportunidades para cadastro de reserva.

Na Polícia Civil vão ser ofertadas as seguintes funções:

– Delegado de Polícia: 25 vagas diretas / 76 vagas para cadastro reserva.

– Oficial de Polícia Civil: 60 vagas diretas / 240 vagas para cadastro reserva.

– Agente de Polícia: 120 vagas diretas / 380 vagas para cadastro reserva.

O concurso para a Polícia Civil vai ser composto por diferentes fases, as avaliações vão depender de cada cargo. Mas na maioria dos casos, o concurso vai contar com prova objetiva, um teste prático, a processual, prova oral, exame de aptidão física, exame documental e médico, teste psicológico, avaliação de investigação social, dentre outros. A remuneração varia entre R$ 4.000,00 e R$ 13.000,00. Os interessados para qualquer um desses cargos precisa ter a formação necessária, possuir carteira de habilitação para automóveis.

As inscrições vão ser realizadas, exclusivamente, pela internet através deste endereço: www.concursosfcc.com.br. A inscrição pode ser realizada até o dia 08 de agosto de 2017.

Já para a Polícia Técnico-Científica vão ser ofertados as seguintes funções:

– Perito Médico Legista com Especialização em Psiquiatria: 02 vagas diretas / 08 vagas para cadastro reserva.

– Perito Médico Legista: 18 vagas diretas / 52 vagas para cadastro reserva.

O concurso para a Polícia Técnico-Científica também vai ser composto por etapas, as avaliações também vai depender da função. Mas no caso dessas funções, os candidatos vão ser submetidos a testes como provas objetiva, redação, prova de título, exame documental, exame de saúde, programa de formação, dentre outros. A remuneração gira em torno de R$ 10.000,00 reais para as duas funções. A inscrição também deve ser realizada pela internet, através deste link: www.concursosfcc.com.br. As inscrições já estão abertas e podem ser feitas até o dia 07 de agosto de 2017.

As provas objetivas acontecem em setembro. A banca que vai organizar o concurso será a Fundação Carlos Chagas, a FCC.

Boa sorte!

Por Isabela Castro

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 3 Média: 3.7]

Certames ofertam 981 vagas para cargos imediatos e cadastro de reserva. Inscrições podem ser feitas até o dia 7 ou 8 de agosto de 2017.

Dois editais foram lançados recentemente no Estado do Amapá, com o objetivo de iniciar oficialmente o concurso destinado a Polícia Civil bem como a Polícia Técnico-Científica do referido Estado. Vale destacar que são nada menos que 981 oportunidades, sendo 225 vagas para preenchimento imediato e 750 vagas para formação de cadastro de reserva.

O concurso para as duas instituições é organizado pela Fundação Carlos Chagas. Os interessados nas vagas da Polícia Civil deverão realizar suas inscrições através do site oficial da FCC. O período de inscrições já se encontra aberto e seu encerramento está previsto para 08 de agosto de 2017. A taxa de inscrição é de R$ 120,00 (cargos de Agente e Oficial) e R$ 180,00 (cargo de Delegado).

Para quem pretende se candidatar a uma das vagas de Perito também deverá acessar o site oficial da FCC. O período de inscrições para a Politec já se encontra aberto e seu encerramento se dará em 07 de agosto de 2017. A taxa de inscrição é de R$ 220,00 para todos os candidatos.

O edital nº 001/2017 da Polícia Civil é responsável por 25 vagas imediatas para o cargo de Delegado, além de no máximo 75 vagas para formação de cadastro de reserva para o cargo em questão. Além disso, são mais 120 vagas imediatas para Agentes da Polícia Civil e 380 vagas para formação de cadastro de reserva. Já o cargo de Oficial da Polícia Civil conta com 60 vagas imediatas e até 240 para formação de cadastro de reserva. Os cargos de Agente e Oficial preveem remuneração inicial de R$ 4.139,53, além de auxílio indenização no valor de R$ 700,00. Já o cargo de Delegado conta com remuneração inicial de R$ 13.280,01.

Vale ressaltar que os cargos de Agente e Oficial da Polícia Civil tem como pré-requisito a formação superior em qualquer área de atuação, sendo que o candidato também deverá possuir Carteira Nacional de Habilitação na categoria B. Já os interessados no cargo de Delegado deverão possuir formação superior em Direito.

Outro edital nº 001/2017 também foi publicado para a Polícia Técnico-Científica do Amapá. Neste edital são oferecidas 18 vagas imediatas para o cargo de Perito Médico Legista, além de 52 vagas para formação de cadastro de reserva. O cargo de Perito Médico Legista com especialização em psiquiatria conta com duas vagas imediatas e até oito vagas para cadastro de reserva. Os candidatos aos cargos de Perito deverão possuir diploma de formação superior no curso de medicina, bem como registro no Conselho Regional de Medicina. A remuneração inicial é de R$ 10.067,96.

Por Bruno Henrique

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 6 Média: 2.2]

Edital deverá ser divulgado na próxima semana.

De acordo com informações divulgadas pelo governo estadual do Amapa, será lançado no dia 6 de julho, próxima quinta-feira, o edital para o concurso público que abrirá 900 vagas de cadastro reserva e mais 300 vagas diretas para a Polícia Militar do Amapá (PM).

Para este concurso da PM, o governo afirmou que já foram feitas as etapas "burocrática e financeira". Porém, o Poder Executivo ainda não revelou quais são as datas, os valores de inscrição e os cargos contemplados pelo concurso.

O edital para este concurso será o primeiro dos três que o governo do Amapá anunciou para o setor de segurança pública, no qual, além da Polícia Militar, também serão oferecidas vagas para cargos na Polícia Civil e na Polícia Técnico-Científica (Politec). Na próxima semana serão apresentados os números de vagas ofertadas para as duas corporações.

A quantidade de policiais militares que será ofertada no edital está de acordo com o que foi previsto pelo governo estadual em março deste ano, quando foi apontado um déficit total de 590 servidores no setor de segurança pública.

A época, Ericlaudio Alencar, titular da Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública) do Amapá, informou que o estado teria um déficit de servidores e que necessitava contratar no mínimo 590 pessoas para trabalhar nas polícias Civil, Militar e Técnico-Científica (Politec), com o objetivo de atender às demandas dessas corporações. A partir de então, foi anunciada a previsão de realização de concursos públicos ainda este ano. Os editais de tais concursos passaram pelas análises de comissões da Sead (Secretaria de Estado da Administração) a fim de que, entre outras coisas, fossem estudados os números de vagas a serem oferecidos para cada instituição.

De acordo com o que foi divulgado pela Sejusp na época, a PM necessitaria de 300 novos servidores; a Civil precisaria de 30 delegados, 120 oficiais e 120 agentes. Já a Politec precisaria de 20 médicos legistas para atender às demandas. Todavia, esses números foram apenas uma estimativa e poderão variar de acordo com os estudos do governo, que estão em breve nos editais desses concursos.

Fique atento à previsão de divulgação dos editais e prepare-se para as provas!

Iris Gonçalves

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 2 Média: 4.5]

Seleção irá ofertar 30 vagas para o cargo de Fiscal. Selecionados irão trabalhar em Macapá.

Está sempre de olho nas chamadas para concursos públicos? Pois então, fique sabendo que o Conselho Regional de Administração do Amapá, o CRA-AP, está com as inscrições abertas para o novo concurso público da instituição.

No total, serão selecionados 30 pessoas para o cargo de fiscal com lotação na cidade de Macapá, no Estado do Amapá. Dessas, apenas uma é para contratação imediata. As demais 29 vagas são para a formação de um cadastro reserva para convocação futura.

Quem tiver interesse em concorrer precisa atender alguns requisitos para a função. Sendo assim, os candidatos precisam ter diploma de conclusão em curso de nível superior específico em Administração, bem como carteira de habilitação em categoria B ou em alguma superior, registro no Conselho Regional de Administração (CRA) e disponibilidade para a realização de viagens a trabalho.

Quem quiser se inscrever precisa acessar o portal da organizadora do certame, o Instituto Quadrix, no endereço eletrônico www.quadrix.org.br. O prazo final para as inscrições é o dia 7 de agosto. Ainda, é preciso realizar o pagamento da taxa de participação até o oitavo dia do mesmo mês. O valor dessa contribuição é de R$ 60.

Em relação ao processo para selecionar os concursados, o CRA-AP irá realizar duas etapas distintas. A primeira diz respeito à realização de uma prova objetiva, sendo essa de caráter eliminatório e classificatório. O tempo de duração do exame é de três horas, com aplicação no dia 27 de agosto e local e horário a ser divulgado posteriormente.

No total, serão 50 questões com múltipla escolha e sobre os seguintes assuntos: legislação específica do CFA/CRAs (10 questões), conhecimentos específicos (20 questões), língua portuguesa (10 questões) e ética no serviço público (10 questões).

Já a segunda é a análise de títulos, sendo ela apenas classificatória. A aplicação de ambas as fases será no município de Macapá.

A remuneração dos que forem selecionados será, inicialmente, de R$ 2.100. Além do salário, ainda há benefícios mensais dados pelo conselho, como auxílio transporte de R$ 253 e auxílio alimentação no valor de R$ 300.

O CRA-AP é uma entidade voltada para orientar, disciplinar e fiscalizar o exercício da profissão do administrador. Criado em 9 de setembro de 1965, o mesmo também apóia e auxilia os direitos dos profissionais de Administração.

Kellen Kunz

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 3 Média: 4.7]

Seleção deverá ofertar 240 vagas para Delegado, Agentes e Escrivães.

Para quem reside no estado do Amapá e estava na expectativa de notícias sobre concursos públicos para a Polícia Civil do Estado, as notícias que chegam são animadoras. É que está previsto para o próximo mês o lançamento do edital de abertura do mais novo concurso para a corporação da Polícia Civil do Amapá.

A novidade foi anunciada no dia 29 de maio, por Waldez Góes, governador do estado. O anúncio foi feito durante uma cerimônia em que o governador fez a entrega de uma nova delegacia, a Delegacia Integrada Distrital, a DID, assim como novas viaturas, equipamentos, lanchas e coletes balísticos.

A comissão do Concurso que se encarrega de todos os trâmites relacionados ao certame foi devidamente publicada no Diário Oficial da União no mês de Dezembro do ano passado.

Segundo as primeiras informações, serão disponibilizadas o total de 240 oportunidades, todas para agentes de polícia. Contudo, devido a um elevado número de aposentadorias previstas, o número de oportunidades pode até dobrar.

O documento que diagnostica o número de vagas disponíveis foi elaborado pelo órgão responsável que é a Delegacia Geral da Polícia. Desse modo, a previsão inicial é de que sejam contratados 30 delegados, 120 agentes e 90 escrivães de polícia.

Mesmo sendo realizadas estas contratações que estão previstas, elas ainda não serão suficientes para suprirem o déficit de servidores da corporação, mas pelo menos deve amenizar a carência de agentes que a instituição passa. Afinal, são quase 7 anos sem a realização de novos concursos.

O próximo passo é a contratação de uma banca que se responsabilizará pela organização e aplicação das provas, o que deve ser realizado nos próximos dias por meio de processo licitatório.

Nesse sentido, se você reside no estado do Amapá e deseja prestar o Concurso Público da Polícia Militar, o edital deve ser publicado nas próximas semanas para que as provas sejam realizadas no segundo semestre deste ano.

Desse modo, a recomendação é de que os interessados fiquem atentos à abertura do período de inscrições e que já comecem a se preparar. Para saber o conteúdo pragmático é só consultar editais de concursos já realizados.

Entre para a corporação da PC-AP. Prepare-se e boa sorte!

Sirlene Montes

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 1 Média: 1]

Seleção deverá ofertar 300 vagas para Soldado.

O concurso tão esperado da Polícia Militar do Estado do Amapá (PM/AP) está cada vez mais próximo de acontecer. O concurso será para o cargo de soldado do quadro de praças combatentes. De acordo com Euricláudio Alencar, Secretário Estadual de Segurança Pública do Amapá, a publicação do edital vai sair ainda neste mês com a disponibilidade de 300 vagas. Essas vagas serão para chamada imediata, contudo, segundo Alencar, a PM do Estado também terá formação para cadastro de reserva.

Para acontecer a liberação e por fim a publicação do edital, a Polícia Militar do Estado do Amapá ainda precisa ajeitar algumas informações, principalmente a escolha e inclusão de qual banca organizadora será. O concurso já vinha com uma grande expectativa desde o ano passado, quando já surgia notícias de que o edital poderia ser publicado em breve. Os interessados já estavam a espera da publicação desde o dia 25 de novembro.

A comissão organizadora será composta por profissionais da própria Polícia Militar, além da Procuradoria-Geral do Estado do Amapá, do Departamento de Desenvolvimento Pessoal, do Núcleo Setorial de Pessoal e do Departamento de Recursos Humanos.

Para conseguir angariar uma das 300 vagas de carreira de soldado que estarão disponíveis no concurso, o interessado tem que ter um curso de nível superior completo, altura mínima de 1,65m para homens e 1,60m para mulheres e idade mínima de 18 anos e máxima de 30 anos.

As atividades do policial militar são várias, entre elas fazer o policiamento preventivo e ostensivo de toda a região, além de resolver ocorrências; dirigir os veículos oficiais do comando – caso o soldado tenha a devida habilitação para isso; fazer a fiscalização e policiamento do trânsito da capital e dos municípios regionais; o soldado precisa exercer o policiamento e preservação da ordem pública; proteger a integridade física das pessoas e dos bens públicos e privados de todo o Estado caso ocorra algum ato criminoso; Executar no dia-a-dia as demandas das atividades da Polícia Militar, exercendo ações e operações do órgão, como guardar a sede de quartéis, dos três Poderes do Estado e a segurança externa de penitenciárias; por fim, o soldado também precisa proteger e patrulhar as florestas e mananciais com interação das comunidades envolvidas.

Por Carolina Costa

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 0 Média: 0]

Comissão do concurso é oficializada. Seleção deverá contar com cerca de 300 vagas.

O Deputado Jaci Amanajás, Presidente da ALAP (Assembleia Legislativa do Amapá), oficializou a comissão organizadora do concurso que foi divulgado no dia 16 de Dezembro de 2016. Acredita-se que o edital contará com aproximadamente 300 vagas, o último concurso do órgão foi em 1992.

Apesar de não se saber ao certo quais os cargos que serão abertos e nem suas respectivas remunerações, acredita-se que o foco será nas carreiras de técnicos e outras funções.

O deputado Paulo Lemos afirmou que antes tudo é preciso realizar uma análise minuciosa a respeito das áreas que encontram necessidade de pessoal. Disse ainda que é preciso considerar também tanto as aposentadorias que já foram concedidas como aquelas que estão em vias de efetivação.

Segundo dados divulgados pelo órgão, por meio da assessoria de imprensa, a comissão possui prazo de até 120 dias para a tomada de decisões que finalizarão o edital. Esse prazo pode ser prorrogado por mais 60 dias caso haja necessidade. Sendo assim, o edital para este concurso está previsto para sair ainda em 2017, com maior probabilidade de publicação no segundo semestre.

Das 300 vagas previstas, segundo o presidente da comissão, espera-se ao menos 60 vagas para a polícia legislativa. Dessa forma, a Polícia Militar poderia deixar de atuar no local, pois embora o cargo já exista, este nunca foi ocupado devido à falta de realização de concurso pelo órgão nos últimos anos. Ele adiantou também que o processo seletivo deverá contar com vagas nas carreiras de técnico, analista, assessor jurídico, contador e assessor parlamentar.

A Assembleia Legislativa foi criada há 25 anos e apenas um único concurso para a contratação de pessoal foi realizado em 1992. Por esse motivo, foram criados muitos cargos comissionados que precisam ser preenchidos de forma adequada, ou seja, por servidores ingressados através de concurso. Vale ressaltar que a situação não indica que todos os cargos comissionados serão excluídos, mas sim que o órgão objetiva diminuí-los a fim de regularizar parte do quadro de funcionários.

Segundo levantamento, a ALAP possui apenas 120 servidores que entraram por meio de concurso, esse número equivale a 10% do total de funções existentes hoje em dia.

Por Beatriz

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 11 Média: 3.1]

Seleção oferece oportunidades para profissionais de todos os níveis de escolaridade. Salários chegam a R$ 3.666.

O Instituto Federal Educação, Ciências e Tecnologia do Amapá (IFAP) publicou um edital para 158 vagas que englobam todos os níveis de escolaridade. A carga horária de trabalho é de 40 horas semanais e a remuneração pode chegar a R$ 3.666,54. Há outros benefícios como vale-transporte e alimentação, por exemplo.

A responsável pelo concurso é a Fundação  Universa e as inscrições começam no dia 05 de fevereiro. O prazo de inscrição segue somente até o dia 24 do mesmo mês. O valor da taxa de participação varia de acordo com o nível de escolaridade, entre R$ 50,00 e R$ 80,00.

As provas do concurso da IFAP estão previstas para serem aplicadas no dia 27 de março. Dependendo da função, os candidatos também serão avaliados por meio de prova prática. Para nível superior há oportunidades para a carreira de administrador, contador, revisor de texto, gestão pública, entre outras.

Os interessados em concorrer para nível médio podem tentar para assistente de aluno, técnico em arquivo, administração, entre outras funções. Já para nível fundamental há vagas para auxiliar em administração, operador de máquinas agrícolas, entre outras.

A prova objetiva, primeira fase do concurso, terá 60 questões. Que tal encarar o estudo e fazer a sua inscrição? Então acesse o link http://inscricao.universa.org.br/ e não perca tempo.

Como se preparar para este certame?

A parte específica da prova objetiva tem peso 2, por isso, distribua uma carga horária maior para os conteúdos dentro do seu tempo disponível de estudo. Mas não deixe de estudar a parte básica também.

Faça resumos dos conteúdos. Assim, na semana da prova você pode revisar por meio das suas anotações, economizando e otimizando o seu tempo de estudo.

Estude e encare a rotina com determinação. Faça um quadro de horário e cumpra rigorosamente o planejamento. Estipule metas e confie no seu potencial.

No dia da prova mantenha a tranquilidade. Faça o seu melhor para colher os resultados e conseguir a sua aprovação. Sucesso e boa sorte!

Por Babi

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 0 Média: 0]

Seleção oferece vagas para profissionais de nível médio e superior. Salários chegam a R$ 10 mil.

Quem está em busca de uma oportunidade de concurso para tentar uma vaga no funcionalismo público já pode se programar, pois a partir do dia 08 de janeiro de 2016 estarão abertas as vagas para o novo concurso do Tribunal Regional do Trabalho da 8ª Região, dos estado do Pará e do Amapá.

O novo concurso será voltado para a contratação de profissionais de nível médio e técnico para candidatura aos cargos de Analista Judiciário e de Técnico Judiciário, para que sejam contratados 28 profissionais para início imediato nas vagas disponíveis.

Além das vagas de início imediato, também existirá uma quantidade de vagas para a formação de cadastro reserva de pessoal, sendo que de acordo com o edital publicado, as remunerações previstas aos novos contratados será de R$ 5.365,92 para Técnicos Judiciários e de R$ 8.803,97 para o cargo de Analista Judiciário.

Além das ótimas remunerações, o cargo de Oficial de Justiça Avaliador será o melhor remunerado, sendo pago mensalmente o valor de R$ 10.425,75.

Como já foi descrito no começo da matéria, as inscrições somente começarão a ser recebidas no dia 08 de janeiro e serão estendidas até o dia 27 do mesmo mês, sendo que o endereço eletrônico que será disponibilizado para inscrição é o da Cebraspe (http://www.cespe.unb.br/concursos/trt8_15).

As taxas referentes à inscrição serão cobradas nos valores de R$ 120 para cargos com exigência de nível superior e de R$ 90 para cargos com exigência de nível médio.

A avaliação dos candidatos ficou definida que será executada por meio de provas escritas objetivas versando de questões de múltipla escolha, a serem aplicadas no dia 13 de março de 2016, no período matutino para candidatos aos cargos de nível superior e vespertino para o cargo de nível médio.

As cidades sedes para realização do processo de seleção serão as cidades de Macapá, Marabá, Belém e Santarém.

Por Rodrigo da Silva Monteiro

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 0 Média: 0]

Certame oferece vagas de trabalho para os cargos de Assistente Administrativo, Contador, Auxiliar de Serviços, Psicólogo Fiscal e Auxiliar Administrativo.

O CRP – 10, que é Conselho Regional de Psicologia da 10ª Região, divulgou seu mais novo edital de Concurso Público 2015. A abertura do certame aconteceu nessa semana e busca por novos profissionais que devem atuar no Pará e no Amapá. As inscrições já foram iniciadas e são 180 vagas para cadastro reserva e imediatas.

Segundo o edital do CRP -10 há oportunidades para os cargos de Assistente Administrativo, Contador, Auxiliar de Serviços, Psicólogo Fiscal e Auxiliar Administrativo, além de cadastro reserva para candidatos que se encaixam nos itens especificados no certame público.

Inscrições e Salário:

Os profissionais selecionados pelo concurso público vão atuar em jornadas de trabalho de 6h ou 8h diárias, nas cidades de Macapá – AP ou Belém – PA, como informamos nas linhas acima. O salário deve variar, de acordo com o cargo escolhido, podendo chegar até R$ 2.638,83.

Interessado em participar do concurso? Para isso, é necessário preencher a ficha entre os dias 19 de outubro a 23 de novembro de 2015. As inscrições devem ser feitas pelo site da organizadora Instituto Quadrix: www.quadrix.org.br. A taxa de inscrição apresenta valores variados de R$ 25,00 a R$ 55,00, de acordo com a escolaridade.

Provas:

O Concurso Público informa que a prova objetiva está prevista para acontecer no dia 6 de novembro, sendo de caráter classificatório. Todo o conteúdo para ser estudado está disponível no edital completo do Conselho Regional de Psicologia da 10° Região.

Concurso Público do Conselho tem validade de dois anos, contados a partir da data de publicação da homologação do resultado final. O certame ainda informa que pode ser prorrogado, uma única vez, por igual período.

Vale lembrar que as inscrições já foram iniciadas para o Concurso Público, que vão até 23 de novembro, e que soma mais de 100 vagas para cadastro reserva e imediatas.

Por Flavinha Santos

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 0 Média: 0]

Certame oferece vagas de emprego para os cargos de Técnico Judiciário e Analista Judiciário, com salários que podem chegar a R$ 13.278,95.

Planejamento é uma estratégia fundamental para se alcançar sucesso na vida, independente do que se deseja conquistar, em qualquer área ou segmento, inclusive na área profissional no que diz respeito a participar de concursos públicos, então se você é uma pessoa que gosta de fazer planejamento de estudos preparatórios para prestar um concurso público, prepare-se, pois o TRE-AP (Tribunal Regional Eleitoral do Amapá) anunciou que estará lançando em breve um concurso público cuja remuneração oferecida poderá chegar a R$ 13.278,95.

A notícia da realização do novo concurso do TRE-AP foi divulgada pela assessoria de imprensa do próprio órgão, que também afirmou que o edital normativo do concurso estará disponível para consulta dos interessados a partir do próximo dia 23 de setembro.

A assessoria também divulgou que o concurso visará selecionar profissionais de nível médio e superior que estejam dispostos a concorrer às vagas de Técnico Judiciário (nível médio) e Analista Judiciário (nível superior), sendo que as ofertas de vagas serão as seguintes: 5 vagas para a função de Técnico Judiciário e 4 vagas para a função de Analista Judiciário.

A proposta salarial oferecida aos novos profissionais que forem aprovados no concurso será a seguinte: R$ 8.863,84 a R$ R$ 13.278,95 (valor que poderá chegar com as gratificações inerentes à função e ao final de carreira) para a função de Analista Judiciário e de R$ 5.425,79 que por sua vez, (pelos mesmos critérios da função de Analista) também poderá chegar a R$ 8.116,76, sendo que a jornada de trabalho será de 40 horas por semana.

A data definida para a efetivação de inscrições dos interessados ficou estabelecida para ser iniciada no dia 28 de setembro e ser encerrada no dia 19 de outubro de 2015, sendo que a taxa de participação será recolhida nos valores de R$ 60 para quem se inscrever para concorrer ao cargo de Técnico e de R$ 80 para o de Analista.

A seleção dos candidatos será por meio de provas a serem realizadas no dia 8 de novembro de 2015.

Por Rodrigo da Silva Monteiro

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 0 Média: 0]

Certame oferece vagas para cargos Técnico-Administrativos para Nível Médio, Técnico e Superior de ensino.

A Unifap – Universidade Federal do Amapá – está oferecendo 75 vagas técnico-administrativas, sendo que as inscrições estão disponíveis para candidatos de níveis médio, técnico e também superior.
Os interessados poderão se inscrever a partir do dia 10 de julho, ficando as inscrições em aberto até o dia 10 de agosto.

Para se inscrever o concurso da Unifap 2015, é preciso se inscrever através do formulário disponível no endereço: www.unifap.br/depsec.

Os salários variam entre R$ 1.739,04 e R$ 3.666,54 e a jornada semanal de trabalho é de 40 horas.

Para se inscrever, os candidatos deverão ficar atentos à escolha do cargo que estão disponíveis de acordo com nível de ensino:

– Nível Médio ou Técnico:

  • Auxiliar de Enfermagem: 2 vagas;
  • Assistente em Administração: 22 vagas;
  • Técnico de Tecnologia da Informação: 3 vagas;
  • Técnico de Telecomunicações: 1 vaga;
  • Técnico em Arquivos: 1 vaga;
  • Técnico em Contabilidade: 3 vagas;
  • Técnico em Eletroeletrônica: 1 vaga;
  • Técnico em Equipamentos Médicos e Odontológicos: 1 vaga;
  • Técnico em Química: 2 vagas;
  • Técnico em Segurança do Trabalho: 2 vagas;
  • Técnico de Laboratório para as áreas: Arquitetura (1 vaga), Artes Visuais (1 vaga), Ciências Biológicas (3 vagas), Ciência da Computação (1 vaga), Engenharia Civil (1 vaga), Engenharia Elétrica (1 vaga), Geoprocessamento (1 vaga), Pedagogia (1 vaga), Letras/Educação Física (2 vagas) e Química (1 vaga).

– Nível Superior:

  • Administrador: 5 vagas;
  • Arquivista: 1 vaga;
  • Auditor: 2 vagas;
  • Bibliotecário/Documentalista: 5 vagas;
  • Contador: 1 vaga;
  • Diretor de Imagem: 1 vaga;
  • Diretor de Som: 1 vaga;
  • Engenheiro Civil: 1 vaga;
  • Pedagogo: 1 vaga;
  • Psicólogo: 2 vagas;
  • Técnico em Assuntos Educacionais: 4 vagas.

O valor da taxa de inscrição varia de acordo com o cargo escolhido, podendo ser de R$ 70, R$ 90 ou de R$ 150,00.

Serão realizados testes objetivos, no processo seletivo, com questões de múltipla escolha. Ao todo serão 60 perguntas distribuídas entre questões sobre língua portuguesa, raciocínio lógico e matemático, questões de legislação, noções de informática e também sobre os fundamentos da administração pública, a ser aplicada no dia 6 de setembro às 8h. Os locais ainda serão informados pela Unifap.

Por Russel

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 0 Média: 0]

O Tribunal de Justiça do Estado do Amapá (TJ-AP) publicou o edital visando ao preenchimento de 100 vagas. Além das vagas iniciais, também há formação do cadastro reserva.

As oportunidades contemplam nível médio/técnico e superior. Os interessados em participar deste concurso poderão escolher as oportunidades de Analista e Técnico Judiciário, nas áreas de Administração, Arquitetura, Arquivologia, Contabilidade, Biblioteconomia, Enfermagem, Engenharia Civil e Elétrica, História, Jornalismo, Medicina do Trabalho, Psiquiatria, Museologia, Psicologia, Serviço Social, Taquigrafia e Tecnologia da Informação.

A remuneração inicial, que também é muito atrativa, é de R$ 6.009,16 para os cargos de nível superior e de R$ 4.619,00 para os cargos de nível médio. A jornada de trabalho é de 40 horas semanais e os aprovados serão contratados sobre o regime estatutário, que garante a tão sonhada estabilidade no serviço público.

A banca organizadora do concurso do TJ-AP será a Fundação Carlos Chagas, ou seja, os interessados devem direcionar os estudos por meio da banca. Para conferir o edital e todas as informações é só acessar www.concursosfcc.com.br. A taxa de inscrição é de R$ 92,97 para o cargo de Técnico e de R$ 112,97 para o cargo de Analista.

Os candidatos serão avaliados por meio de provas objetivas que estão marcadas para a data provável de 7 de dezembro em Macapá. Além disso, os classificados serão lotados nos seguintes municípios: Macapá, Santana, Mazagão, Porto Grande, Ferreira Gomes, Cutias do Araguari, Itaubal do Piririm, Tartarugalzinho, Amapá, Pracuúba, Lourenço, Pedra Branca do Amapari, Serra do Navio, Laranjal do Jari, Vitória do Jari e Oiapoque.

O concurso do TJ-AP tem a validade de dois anos, e pode ser prorrogada pelo mesmo prazo. Os participantes devem focar os estudos e procurar conciliar a teoria com a prática de resolução de exercício, que é uma das melhores formas para revisar e treinar o conteúdo cobrado no certame.  

Por Babi

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 0 Média: 0]




CONTINUE NAVEGANDO: