Certame prevê o preenchimento de 15 vagas para o cargo de Juiz Substituto.

Se seu interesse profissional é na área da administração pública, aqui vai uma excelente oportunidade. No estado do Acre, o Tribunal de Justiça (TJ AC) publicou, no dia 19 de dezembro (quarta-feira), o edital que regulamenta seu próximo certame, o qual pretende preencher 15 vagas para o posto de Juiz Substituto. O processo seletivo será composto por 8 etapas. A remuneração oferecida pelo TJ do Acre para quem ingressar nessa carreira é na faixa dos R$ 30 mil. O prazo de inscrições terá início no mês de janeiro de 2019. Saiba outros detalhes do certame a seguir.

Sobre os requisitos exigidos para ingressar no TJ AC

Para concorrer a uma das vagas você deve ter diploma de graduação em ciências jurídicas, o qual documento deve ser emitido por instituição de ensino superior regular junto ao Ministério de Educação (MEC), ser brasileiro, possuir aptidão mental e física, ser aprovado no certame, estar quite com as obrigações da justiça eleitoral e com o serviço militar, se for do sexo masculino, comprovar que possui 3 anos de atividade jurídica, não ter antecedentes criminais, entre outros requisitos.

Informações sobre as inscrições no concurso público do TJ AC

Os interessados em participar do processo seletivo para Juiz de Direito Substituto do Tribunal de Justiça do Estado Acre devem acessar a página eletrônica da Fundação Vunesp (www.vunesp.com.br), que é a banca responsável pela organização do certame, preencher o formulário e pagar o boleto bancário.

O prazo de inscrição terá início em 14 de janeiro de 2019 (segunda-feira) e terminará em 13 de fevereiro de 2019 (quarta-feira).

A taxa de inscrição custa R$ 304,04 e deve ser paga até o dia 14 de fevereiro (quinta-feira).

Se você é registrado no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (Cad Único) pode solicitar isenção do pagamento da taxa até o dia 15 de janeiro (terça-feira).

Sobre as vagas anunciadas no edital do concurso do TJ do Acre

O TJ AC prevê que sejam contratados 15 profissionais de nível superior para ocuparem o cargo de Juiz de Direito Substituto. Desse total de vagas, uma é para pessoa com deficiência (PCD), três são para quem se autodeclarar preto ou pardo e 11 são para ampla concorrência.

Quem for concorrer como cotista PCD deve enviar laudo médico o qual ateste a sua deficiência.

O salário ofertado para quem ingressar nessa carreira é de R$ 30.404,41.

Sobre as fases do concurso do TJ do Estado do Acre

Os candidatos serão examinados nas seguintes etapas do processo seletivo: 1) objetiva dividida em 3 blocos com 100 quesitos no total; 2) prova discursiva – sendo 1 dissertação e 4 questões subjetivas, as quais devem ser respondidas em 5 horas; 3) prova de prática de sentença – com duas questões, sendo uma de natureza cível e outra criminal, que devem ser respondidas em 5 horas de prova; 4) sindicância da vida pregressa e investigação social do concorrente; 5) exames de saúde mental e física; 6) avaliação psicológica; 7) prova oral; 8) prova de títulos.

Confira quais são as disciplinas cobradas por cada bloco da prova objetiva: Bloco I – direito processual civil, civil, criança e adolescente e consumidor; Bloco II – direito eleitoral, penal, constitucional e processual penal; Bloco III – direito ambiental, empresarial, tributário e administrativo.

A data prevista para aplicação da prova de múltipla escolha é no domingo, 7 de abril de 2019. A convocação para essa etapa será publicada pela Fundação Vunesp na data provável de 21 de março (quinta-feira).

A prova discursiva está programada para ocorrer em 28 de junho (sexta-feira). A avaliação prática sobre sentenças deve ser aplicada no sábado e no domingo, 29 e 30 de junho de 2019.

Já a prova oral terá início a partir do mês de março de 2020.

Acesse o site www.vunesp.com.br para saber outros detalhes do concurso do TJ do Estado do Acre.

Por Melisse V.

Concurso


Concurso recebe inscrições dos interessados até entre os dias 15 de outubro e 13 de novembro de 2018.

Novo certame público de grande vulto está oficialmente aberto neste segundo semestre de 2018. Trata-se da publicação, a partir do dia 8 de outubro, dos editais do novo concurso do TJ-SP de 2018, o qual está abrindo postos de trabalho para os cargos na função de Enfermeiro, de Médico, de Administrador e de Contador. Em sua totalidade, estão sendo abertos 34 postos para todos os cargos mencionados.

A partir desta publicação de edital, o período para cadastro de inscrições destinadas a todos os cargos em questão terá início na segunda-feira, dia 15 do mês de outubro e se estenderá até o dia a 13 do mês de novembro de 2018.

Sobre o valor das remunerações iniciais essenciais destes cargos, as mesmas variam entre R$ 6 mil e R$ 8,5 mil, já acrescidos dos benefícios que pode ser listados a seguir: o vale-transporte; o vale-alimentação e um bom plano de saúde. Todos os interessados poderão conferir as informações com maiores detalhes, em relação a cada cargo, por meio dos editais, cujos links estão disponíveis no site do Estratégia Concursos.

Sobre as vagas abertas para este concurso do TJ-SP de 2018, as informações são as seguintes:

São quatro os editais que foram publicados no próprio Diário Oficial do Estado de São Paulo, em sua edição de 8 de outubro. A banca organizadora, ou seja, a Fundação Vunesp, também publicou os editais. Distribuição das vagas é a seguinte:

Na função de Enfermeiro são 7 vagas; na função de Administrador são 5 vagas; na função de Contador são 20 vagas e na função de Médico são 2 vagas.

Deste modo, é muito importante que todos os interessados respeitem o período de inscrição estabelecido, o qual, como foi mencionado, inicia em 15 de outubro e se estenderá até o dia a 13 de novembro de 2018. Todas as inscrições deverão ser realizadas via internet, por meio do site da própria banca organizadora, a Vunesp. As provas objetivas serão ministradas no dia 03 do mês de fevereiro de 2019.

Com relação ao cargo de Contador Judiciário a exigência básica está na posse de certificado de formação em curso em Ensino Superior na área de Ciências Contábeis. O vencimento inicial desta função está em 7.027,51 reais, com carga horária oficial de 40 horas por semana.

Para o cargo de Administrador Judiciário, todos os interessados deverão possuir diploma de curso em Ensino Superior na área de Administração de Empresas. A remuneração inicial está em 6.432,43 reais, e jornada de trabalho oficial é 40 horas semanais.

Com relação ao cargo de Enfermeiro Judiciário, todos os interessados deverão apresentar certificado de curso em Ensino Superior na área de Enfermagem. O valor da remuneração inicial desta função está em 8.100,44 reais, e a jornada oficial de trabalho é em regime de 30 horas por semana.

Para o cargo de Médico Judiciário, todos os interessados deverão possuir certificado de curso em Ensino Superior na área de Medicina, devidamente registrado por meio do Órgão competente e com Registro no Conselho Regional. O valor da remuneração inicial deste cargo de Médico chega a 8.723,57 reais, dentro de um regime de trabalho de 30 horas por semana.

Sumarizando as informações essenciais, segue a relação:

A data prevista da prova objetiva é para 03 de fevereiro de 2019; são 34 postos abertos; os cargos em oferta são no setor de Enfermeiro, de Médico, de Administrador e de Contador; as vagas serão lotadas no Estado de São Paulo; a banca organizadora será a Vunesp e a escolaridade exigida é de Nível Superior.

Por Paulo Henrique dos Santos


Certame da Polícia Civil de Roraima recebe inscrições dos interessados até o dia 16 de outubro.

Você quer trabalhar na área de segurança pública com boa remuneração e residir na Região Norte do Brasil? Então confira aqui uma ótima chance de se tornar servidor público.

No estado de Roraima, o governo anuncia a abertura do período de inscrições para o certame da Polícia Civil (PC RR) que visa prover mais de 300 vagas. Os cargos disponíveis exigem escolaridade de nível superior e também há chances para quem tem ensino médio completo. A remuneração varia entre R$ 3 mil e R$ 18 mil. Veja mais informações sobre o certame da PC RR a seguir.

Sobre as inscrições no concurso da PC de Roraima

Quem está interessado em participar do processo seletivo deve acessar o site www.vunesp.com.br/PCRR1701, preencher o formulário eletrônico, imprimir o boleto e efetuar o pagamento da taxa de inscrição que custa a partir de R$ 120, R$ 160, R$ 240 até R$ 260, a depender do cargo pretendido.

O prazo de início para você se inscrever no certame é 31 de agosto (sexta-feira) e terminará em 16 de outubro (terça-feira).

Se você for doador de sangue com regularidade, pode solicitar isenção do pagamento da taxa de inscrição até a quarta-feira, dia 5 de setembro.

A banca escolhida para ser a responsável por organizar o processo seletivo da PC RR é a Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista (Fundação Vunesp).

Sobre as vagas disponíveis na Polícia Civil do Estado de Roraima

A PC de Roraima visa preencher 330 vagas para as seguintes funções: auxiliar de necropsia, agente de polícia, perito papiloscopista, auxiliar de perito, escrivão de polícia, médico legista, odontologista, perito criminal e delegado substituto.

Para concorrer a esse último cargo você deve ter diploma de graduação em Ciências Jurídicas.

Já para ser perito criminal você deve ser graduado em uma das seguintes especialidades: engenharia mecânica, civil, eletrônica ou elétrica, sistemas da informação ou computação científica, ciências contábeis, farmácia, física, química ou engenharia química, engenharia florestal ou geologia.

Para todos os postos de trabalho a jornada semanal é de 40 horas. O salário inicial para quem ingressar na carreira varia entre R$ 3.035,16 e R$ 18.387,42.

Quem for aprovado pode ser alocado para qualquer município do estado de Roraima, inclusive no interior ou na própria capital, Boa Vista.

Há vagas exclusivas para pessoas com deficiência (PCD).

Confira os requisitos exigidos para tomar posse na Polícia Civil: estar em pleno gozo dos direitos políticos e civis, ter no mínimo 18 anos, ser brasileiro, estar em dia com as obrigações militares, se for do sexo masculino, possuir carteira nacional de habilitação (CNH) de categoria B, estar em dia com as exigências da justiça eleitoral, entre outros.

Sobre as etapas do concurso da PC RR

Os candidatos serão avaliados nas seguintes fases: 1) prova objetiva – que será realizada em dezembro; 2) prova discursiva – sendo estudo de caso para o cargo de delegado e redação para os demais; 3) exame psicológico; 4) avaliação médica; 5) exame de aptidão física; 6) prova oral – apenas para quem concorrer ao cargo de delegado; 7) avaliação de títulos; 8) curso de formação profissional e 9) investigação social.

O curso de formação terá caráter eliminatório e seu prazo de duração é de 6 meses.

Mais detalhes do certame da PC RR

O concurso da Polícia Civil terá validade de 2 anos. Caso seja do interesse da administração pública estadual, pode haver prorrogação desse prazo, pelo mesmo tempo, uma única vez, a contar de quando for homologado.

Veja outros detalhes do edital do processo seletivo e realize sua inscrição no certame da Polícia Civil de Roraima no portal eletrônico da Fundação Vunesp – www.vunesp.com.br/PCRR1701.

Por Melisse V.


Certame oferta 2,7 mil vagas para a carreira de Soldado da PM 2ª Classe QPPM.

Respondendo ás expectativas do público, a Polícia Militar de São Paulo (PM SP) abre um edital de concurso público para o provimento de um número total de 2.700 vagas. De acordo com o certame publicado, o concurso vem para somar 5.400 policiais militares em todo o Estado de São Paulo. A bancada organizadora do concurso é a Vunesp.

Todas as oportunidades mencionadas serão voltadas para a carreira de Soldado da PM 2ª Classe QPPM, ou seja, 2ª Classe do Quadro de Praças da Polícia Militar. As vagas são abertas para candidatos de ambos os sexos, desde que cumpram alguns requisitos básicos como idade entre 17 e 30 anos, certificado de conclusão do ensino médio em mãos, CNH na categoria "B" e altura mínima de 1,60m para candidatos homens e 1,55m para candidatas mulheres.

Atualmente, um soldado da PM recebe a remuneração de R$ 3.143,70 mensais em São Paulo, e este valor já é incluído adicionais de Regime Especial de Trabalho Policial (RETP), insalubridade e o piso salarial básico da categoria.

As etapas do concurso público a serem realizadas incluem prova com questões de múltipla escolha, avaliação dissertativa, teste de aptidão física (TAF), exame psicológico, exames médicos, análises documentais e investigação social. Lembrando que cada uma das etapas são de caráter eliminatório.

As provas objetivas e dissertativas serão realizadas no dia 21 de outubro de 2018, de acordo com a localização escolhida por cada candidato no ato da inscrição. O local e os horários para a realização das provas serão disponibilizados pela Vunesp no decorrer dos dias 10 e 12 de outubro, nesse caso, é necessário que os candidatos fiquem atentos à plataforma de inscrição para não perderem o período das provas.

A avaliação objetiva terá 60 questões de múltipla escolha, distribuídas entre matérias de língua portuguesa, noções de administração pública, matemática, noções de informática, conhecimentos gerais, atualidades, etc. A Vunesp considera como aprovado, candidatos com 50% de acertos em toda a prova. No mesmo dia, os candidatos ainda farão uma avaliação dissertativa, que será uma redação.

Quem se interessar em participar do concurso público da PM SP poderá se inscrever até o dia 10 de setembro de 2018 através do site da Vunesp, pelo link: https://www.vunesp.com.br/PMES1803. O valor da taxa de inscrição é de R$ 50.

Na inscrição, o candidato poderá optar entre diversos locais para realizar as provas, como São Paulo, Campinas, Sorocaba, Presidente Prudente, Araçatuba, São José do Rio Preto, Bauru, Piracicaba, Santos, entre outras.

Além deste concurso, foi publicado também recentemente um certame disponibilizando 270 vagas para o cargo de aluno oficial da Polícia Militar de São Paulo, na Academia do Barro Branco. O concurso foi aberto na última segunda-feira, dia 27 de agosto de 2018, e será voltado para candidatos com idade entre 17 e 30 anos, com ensino médio completo e alturas mínimas de 1,60m para candidatos homens e 1,55m para candidatas mulheres.

Os candidatos aprovados nas etapas do concurso serão convocados para um curso de três anos na academia de Barro Branco, com salário inicial de R$ 3.095,88 mensais, podendo ter reajustes de até R$ 3.690,23 durante os anos letivos.

As inscrições vão até ás 23h59 do dia 24 de setembro de 2018 no site da Vunesp, banca que também organizará este concurso, pelo link: https://www.vunesp.com.br/PMES1804. O valor da taxa de inscrição é de R$ 130.

O processo de inscrição é o mesmo do concurso da PM 2ª Classe QPPM, bem como também as etapas do processo seletivo.

O aluno oficial da PM é encarregado de lidar com todo o processo administrativo do órgão, além de atividades de gerenciamento de processos, resolução de problemas jurídicos e de ordem pública, entre outros serviços pertinentes.

Por Daniela Almeida da Silva


Concurso da Polícia Civil do Estado de Roraima teve o Edital publicado e oferta 330 vagas de emprego em diversos cargos.

Finalmente. O tão esperado edital foi publicado no Diário Oficial do Estado na última sexta-feira, dia 17 de agosto, que oficialmente abre o novo concurso público para cargos no departamento de Polícia Civil do Estado de Roraima, o Concurso PC-RR de 2018. O objetivo está em preencher em torno de 330 postos de trabalho em carreiras. A banca organizadora, já determinada, está por conta da Fundação Vunesp, a qual administrará o certame.

De acordo com os dados registrados no edital, do concurso da Polícia Civil do Estado de Roraima de 2018, a distribuição das vagas se dará para os seguintes cargos: posto de Delegado de Polícia na Classe Substituta, com 35 vagas; posto de Médico Legista, com 6 vagas; posto de Odonto-Legista, com 2 vagas; posto de Perito Criminal, com 14 vagas; posto de Escrivão, com 120 vagas; posto de Agente de Polícia Civil, com 100 vagas; posto de Perito Papiloscopista, com 15 vagas; posto de Auxiliar de Perito Criminal, com 23 vagas e posto de Auxiliar de Necropsia, com 15 vagas. Entre assas vagas muitas estão previamente reservadas para pessoas com deficiência, conforme o documento dispõe.

No caso da carreira de Perito Criminal de Polícia Civil, em Classe Inicial, todas as vagas serão distribuídas de acordo com a especialidade: posto de Engenharia Mecânica, com 2 vagas; posto de Engenharia Civil, com uma vaga; posto de Engenharia Elétrica ou de Engenharia Eletrônica, com 2 vagas; posto de Química, de Engenharia Química ou de Farmácia, com uma vaga; posto de Ciências Contábeis, com 2 vagas; posto de Engenharia Florestal, com uma vaga; posto de Geologia, com uma vaga; posto de Física, com uma vaga e posto de Computação Científica ou Sistemas de Informação, com 3 vagas.

Os pré-requisitos que tornam aptos os candidatos na participação este certame público são os seguintes:

– Ser brasileiro nato; estar, no mínimo, em idade de dezoito anos; estar inteiramente quite com os deveres militares e com as eleitorais; não possuir nenhum antecedente criminal; possuir carteira nacional de habilitação, com autorização especial e legal para a condução dos veículos automotores oficiais, a habilitação na categoria B ou até superior; possuir Curso de Bacharelado na área de Direito, realizado em escola oficial.

Sobre o período de inscrição no Concurso Polícia Civil PC-RR de 2018 as informações são as seguintes:

O cadastro deverá ser realizado entre o dia 31 de agosto e o dia 16 de outubro de 2018, por meio do próprio site oficial da banca organizadora deste concurso: www.vunesp.com.br. O valor da taxa de inscrição está estipulado entre duas somas, 120 reais e 260 reais.

Com relação às fases deste Concurso Polícia Civil do Estado de Roraima de 2018, as informações são as seguintes:

Os cadernos de provas a serem ministrados, na primeira etapa, consistirão em provas objetivas; em provas discursivas; na devida avaliação psicológica; na prova de capacidade física; na prova oral; na prova de títulos e na devida investigação social sobre a vida pregressa do concorrente. Na segunda etapa, todos os selecionados participarão do curso de formação de oficiais.

Sumarizando as informações essenciais:

Concurso público para cargos na Polícia Civil do Estado de Roraima; a banca organizadora será a Fundação VUNESP; o nível de escolaridade cobrado é médio e superior de formação; o número oficial de vagas é de 330; o valor da remuneração chega até a 18 mil reais; o período de inscrições se dará entre o dia 31 de agosto e o dia 16 de outubro de 2018, a taxa de inscrição está entre 120 reais e 260 reais. A realização das provas se dará entre os dias 15 e 16 de dezembro.

Por Paulo Henrique dos Santos


Concurso do Ministério Público do Estado de São Paulo de 2018 terá o Edital liberado em breve e passará a contar com mais vagas para o cargo de Auxiliar de Promotoria I.

Neste segundo semestre de 2018, junto aos novos processos seletivos em andamento e aos que estão próximo da oficialização, houve atualização sobre alguns detalhes de um importante certame. Trata-se do novo edital do processo seletivo para vagas no Ministério Público do Estado de São Paulo, o Concurso Público do MP-SP de 2018. Recentemente, o mesmo certame foi atualizado no sentido de que a distribuição de cargos no setor de Auxiliar de Promotoria I, que recebeu autorização inicial de 28 vagas, passará a contar com 52 vagas no total.

Esta medida foi tomada e publicada no próprio Diário Oficial daquele Estado, em sua edição do dia 28 do mês de julho de 2018. Observação importante: além deste número de postos de trabalho disponíveis, será formado o cadastro reserva de pessoas, destinado a futuras contratações conforme a necessidade do órgão.

Deste modo, o edital atualizado contém as seguintes informações sobre as vagas:

São nove postos de trabalho para o setor de Analista Técnico Científico, também incluídos, totalizando um número preciso de 61 cadeiras a serem preenchidas no órgão. Portanto, a expectativa é a de que este edital inaugural venha a público neste mesmo mês de agosto. Conforme os dados angariados do setor de seleções deste órgão, a intenção do mesmo está em chegar a finalizar todos os trâmites o mais breve possível. Estabelecida a comissão deste certame, assim como a banca organizadora, que estará sob a responsabilidade da Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista, a instituição Júlio de Mesquita Filho, ou Fundação Vunesp, o que resta para finalizar o processo está apenas nos ajustes definitivos dos editais.

Todas as pessoas interessadas em participar deste processo de seleção, destinado ao cargo de Auxiliar, têm o dever de comprovar a posse de diploma de conclusão do nível fundamental de escolaridade. O vencimento inicial do cargo em questão está no valor de R$ 3.765,13, o qual inclui uma remuneração básica e mais um auxílio-alimentação. Sobre o cargo de Analista o mesmo exige que o concorrente possua nível superior de formação acadêmica em áreas como a de administração, de contabilidade e de economia. A remuneração inicial, neste caso, está no valor de R$ 12.875,55. Nos dois cargos em oferta a jornada integral de trabalho é de 40 horas por semana.

Sobre a avaliação objetiva registrada no anterior processo seletivo para cargos no MP-SP, as informações são as seguintes:

A banca organizadora foi a mesma Fundação Vunesp, realizado no ano de 2014, destinado ao cargo de auxiliar de promotoria e no ano de 2015, para o cargo de analista técnico científico.

Todos os concorrentes ao posto de auxiliar passaram por uma avaliação que incluiu uma prova objetiva composta de 60 questões, as quais foram distribuídas entre os seguintes conteúdos: versando sobre Língua Portuguesa, 25 perguntas; sobre conteúdos de Matemática, com 15 perguntas e sobre Conhecimentos Gerais, seis perguntas em História; seis em Geografia; seis em Atualidades; e mais duas em Legislação.

Com relação aos concorrentes aos postos de Analista Técnico-Científico, as provas consistiram em uma avaliação por meio de um caderno com 60 questões, que foram distribuídas entre os seguintes conteúdos programáticos: versando sobre a Língua Portuguesa, com 10 perguntas; sobre conteúdos de Matemática, com 10 perguntas; sobre as Atualidades, com 10 questões e sobre as Noções de Informática e Raciocínio Lógico, com cinco perguntas, todas conforme a área. Em seguida, houve uma avaliação dissertativa, ou redação, junto do desenvolvimento de um estudo de caso.

Os postos na área de Auxiliar de Promotoria I serão destinados a vagas em áreas administrativas, como também na de encanador; de eletricista; de marceneiro; de pedreiro; de pintor e de serralheiro.

No caso do setor administrativo, as lotações se darão nas seguintes regiões: na capital paulista; na Grande São Paulo; em Santos e no Vale do Ribeira. As demais serão lotadas em Campinas; em Taubaté; em Sorocaba; em Piracicaba; em Araçatuba; em Bauru; em Presidente Prudente; em Franca; em Ribeirão Preto e em São José do Rio Preto.

Por Paulo Henrique dos Santos


Certame prevê a contratação de mil profissionais, sendo 880 para o cargo de investigador de polícia, 38 para escrivão de polícia e 82 para o posto de delegado.

Quem tem interesse em seguir carreira na área policial pode saber aqui a respeito de uma boa notícia. No estado da Bahia, a Polícia Civil (PC BA) publicou o edital, no diário oficial do dia 19 de janeiro (sexta-feira), do seu próximo certame. São oferecidas mil vagas para profissionais com escolaridade de nível superior. Confira mais detalhes sobre o processo seletivo a seguir.

Como você pode se inscrever?

Para realizar seu cadastro no concurso público da PC BA é necessário acessar o endereço eletrônico www.vunesp.com.br/?b=concurso e preencher o formulário com seus dados pessoais. O prazo de inscrição terá início em 1º de fevereiro (quinta-feira) e se estenderá até o dia 2 de março (sexta-feira). As taxas custam entre R$ 140 e R$ 160 e o boleto pode ser quitado até o dia 5 de março (segunda-feira). Porém, quem for inscrito no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) poderá solicitar isenção do pagamento.

A banca responsável pela organização do concurso é a Fundação para o Vestibular da Universidade Estadual Paulista (VUNESP).

Oportunidades na PC BA

O edital prevê a contratação de mil profissionais, sendo 880 para o cargo de investigador de polícia, 38 para exercerem a função de escrivão de polícia e 82 para o posto de delegado. Há vagas reservadas para pessoas com necessidades especiais (PNE) e também para quem se autodeclarar negro.

Quem pretende ocupar as funções de investigador ou escrivão deve saber que o principal requisito é possuir diploma de graduação em qualquer área de formação, emitido por instituição devidamente reconhecida pelo Ministério da Educação (MEC). Além disso, para ser investigador ainda é necessário ter Carteira Nacional de Habilitação (CNH) de categoria B, no mínimo, e dentro do prazo de validade. A remuneração inicial para essas funções é de R$ 3.915,85.

Já para ser delegado de polícia, faz-se necessário ser bacharel em Direito. O salário para quem ingressar nessa carreira é de R$ 11.389,96.

A jornada de trabalho para todos os cargos é de 40 horas por semana.

Atribuições de cada cargo

Os aprovados para o cargo de investigador terão como responsabilidade: realizar investigação criminal, planejar, coordenar e fiscalizar atividades administrativas de cada setor, entre outras atividades.

Quem for escrivão na Polícia Civil do estado da Bahia terá como atribuição: expedir certidões conforme solicitações e requerimentos, lavrar atos de inquéritos, entre outras tarefas.

Por sua vez, cabe a quem ocupar o cargo de delegado as seguintes responsabilidades: formalizar ocorrências, instaurar e presidir inquéritos, entre outras atribuições.

Etapas do processo seletivo da PC BA

Os candidatos serão avaliados nas seguintes fases: 1) provas objetivas – sobre conhecimentos gerais (30) e específicos (70); 2) provas discursivas – que consiste em estudos de caso e peça processual para a função de delegado e questões de dissertação para os demais cargos. A data prevista para aplicação dessas duas etapas é 22 de abril de 2018 (domingo); 3) exames biomédicos – para os quais somente serão convocados quem obtiver aprovação na etapa anterior.

Será necessário realizar exames laboratoriais como radiografia do tórax, sorologia parasitológico, entre outros, e também complementares, como eletrocardiograma, teste ergométrico, otorrinolariongológicos, e vários outros; 4) teste de aptidão física – em que os concorrentes farão natação e exercícios em barra e de flexão; 5) exame psicotécnico; 6) prova de títulos – em que serão considerados diplomas de mestrado, doutorado, certificado de especialização, curso de aperfeiçoamento em Direito Administrativo, Penal, Constituição e Processual Penal e experiência na área do Sistema Policial Civil; e 7) investigação social e conduta pessoal.

As disciplinas cobradas em conhecimentos gerais para todos os cargos são: português, raciocínio lógico, atualidades, informática, medicina legal, noções de administração, promoção da igualdade racial e de gênero e leis específicas.

Mais informações

Confira mais detalhes do concurso da PC BA do edital no site da Fundação Vunesp www.vunesp.com.br/?b=concurso.

O certame será válido por um ano e pode ser prorrogado por igual período, uma vez, a partir da homologação e a critério da Administração pública do estado da Bahia.

Por Melisse V.


Concurso da Polícia Militar de São Paulo foi autorizado e terá 2.421 vagas abertas.

Foi autorizado o concurso para Polícia Militar do Estado de São Paulo com 2.421 vagas e a expectativa é que o edital seja divulgado até o fim deste ano. Por isso, os interessados devem começar a estudar e aproveitar a oportunidade. A permissão para a realização do certame ocorreu durante um evento no qual a PM recebeu 72 viaturas no Palácio dos Bandeirantes.

O esperado é que sejam realizados dois certames: 221 vagas para alunos oficiais e 2.200 para o cargo de soldado. Os interessados em participar do concurso devem ter nível médio completo, idade mínima de 17 anos e máxima de 30, além de Carteira Nacional de Habilitação, pelo menos, na categoria B e 1,60m de altura para homem e 1,55m para mulher.

A remuneração inicial para o cargo de solado é de R$ 2.992,54, sendo formada por R$ 1.178,88 referente ao básico, R$ 1.178,88 devido ao Regime Especial de Trabalho Policial e também o valor de R$ 634,00 por insalubridade.

Que tal aproveitar a oportunidade?

Os candidatos serão avaliados por meio de provas objetivas que serão compostas por um total de 50 questões na modalidade múltipla escolha, sendo 18 de português, 10 de conhecimentos gerais, 5 de informática, 12 de matemática e 5 de administração pública. Além disso, o concurso da PM-SP também deve ter provas de redação, exame de aptidão física, exame de saúde, psicológico, análise de documento e investigação social.

Um dos requisitos para ser aprovado na primeira etapa do concurso é acertar, no mínimo, 50% das questões, que contam o mesmo peso: 1 ponto cada uma. O último certame ocorreu em 2016 e teve mais de 2 mil vagas. A banca responsável pelo concurso foi a Fundação Vunesp. Na ocasião, foram aplicadas provas em várias cidades como Araçatuba, Bauru, Campinas, Presidente Prudente, Ribeirão Preto, Santos, São Paulo, Sorocaba e São José dos Campos.

Como estudar para ser PM?

  • Faça um planejamento de estudo de acordo com o último edital publicado e organize o seu cronograma em exercícios, revisão e teoria.
  • Invista em apostilas específicas e atualizadas. Peça indicação de outros estudantes!
  • Organize o seu ambiente de estudo com uma iluminação adequada.
  • Estude com foco e muita determinação.

Boa sorte e não deixe de compartilhar a notícia com os seus amigos!

Por Babi


Certame tem 19 vagas abertas em diversos cargos.

Desde o dia 17 de julho de 2017, a Câmara Municipal de Valinhos, no estado de São Paulo, está com as inscrições abertas para um concurso público que tem como objetivo a contratação imediata de funcionários para vários cargos tanto de nível médio/técnico quanto de nível superior, além da formação do cadastro reserva.

Ao todo, estão disponíveis 19 vagas, tendo em vista que 4 delas se destinam a pessoas com deficiência. Essas vagas estão divididas nos seguintes cargos: Assistente de Recursos Humanos (1 vaga), Assistente de Almoxarife, Procurador, Assistente Administrativo (5 vagas), Técnico em Produção de Áudio, Vídeo e Edição (2 vagas), Assistente de Contabilidade, Contador (1 vaga), Serviços Gerais (2 vagas), Analista Técnico Legislativo (2 vagas), Assistente de Protocolo, Técnico de Informática (1 vaga), Cerimonialista (1 vaga), Assistente de Informática, Jornalista (1 vaga), Arquivista (1 vaga), Assistente de Compras (1 vaga), Controlador Interno (1 vaga) e Oficial de Gabinete.

No que se refere às jornadas de trabalho, de acordo com cada cargo, poderão ter variação de 27 horas a 40 horas semanais, tendo em vista que os salários, também de acordo com a função desempenhada, irão variar de R$ 2.113,16 a R$ 5.907,32. Além disso, os contratados terão benefícios como vale-refeição (no valor de R$ 20,00 por dia trabalhado) e vale-alimentação (no valor de R$ 228,43 por mês).

O processo de seleção contará com uma prova objetiva, que será aplicada aos candidatos que concorrem a todas as vagas, cobrando conteúdos gerais e específicos de cada área. Para quem for concorrer às vagas de técnico em produção de áudio, vídeo e ao cargo de jornalista, será aplicada uma prova prática, que está prevista para ocorrer no dia 1º de outubro de 2017.

O valor da taxa de inscrição que será cobrada para participar do processo seletivo desse concurso é de R$ 49,00 (para cargos os de Nível Médio) e R$ 72,50 (para os cargos de Nível Superior). Os interessados deverão acessar o site da Vunesp (instituição responsável pelo concurso) para fazer sua inscrição. O prazo para se inscrever termina no dia 15 de agosto de 2017.

Confira mais informações do edital (documento.vunesp.com.br/documento/stream/Q1ZBTDE3MDF8MDAwMDUzMTU1) e participe!

Por Iris Gonçalves


Certame prevê a contratação de profissionais para os cargos de Assistente Social Judiciário e Psicólogo Judiciário.

Estamos no terceiro mês do ano que é um período muito favorável para quem deseja prestar provas de concursos públicos. Aliás, os dados apontam que neste ano de 2017 o número de pessoas que realizaram e vão realizar provas de concursos aumentou de forma considerável o que é um reflexo da forte crise que o país vem enfrentando, que levou muitos brasileiros ao desemprego.

Nesse sentido, o concurso público se tornou uma opção mais viável para quem procura um novo trabalho, que ofereça estabilidade e segurança.

Para quem vive em São Paulo surgiu uma excelente oportunidade, é que o Tribunal de Justiça do Estado publicou seu edital de abertura que prevê o provimento de mais de 200 vagas para diversos cargos.

O edital de abertura foi publicado na última quarta-feira, dia 15 do mês de março, e disponibiliza para a concorrência o equivalente a 206 vagas para pessoas que possuam formação de nível superior. Veja o quadro de cargos e vagas:

– Assistente Social Judiciário: 132 vagas;

– Psicólogo Judiciário: 74 vagas.

Além dessas vagas também serão selecionados candidatos para cadastro reserva e também pessoas com necessidades especiais.

A remuneração inicial para os dois cargos disponíveis no certame é no valor de R$ 6.010,24 por uma jornada de trabalho de 30 horas por semana, além de benefícios como vale-transporte e vale-alimentação.

Os interessados em realizar o concurso do TJ do estado de São Paulo podem fazer suas inscrições no endereço www.vunesp.com.br/TJSP1601, que é o site da banca escolhida para organizar e realizar o concurso, que é a Fundação Vunesp.

As inscrições acontecem a partir do dia 15 do mês de março e se encerram no dia 25 do mês de abril. Os inscritos devem pagar o valor de R$85,00 pela taxa de inscrição.

A realização da prova do tipo objetiva está marcada para o dia 11 do mês de junho. Além da prova objetiva, os inscritos devem passar por análise de títulos no dia 10 do mês de setembro.

Nesse sentido, se você tem curso superior e reside no estado de São Paulo, não deixe de fazer a sua inscrição e se prepare para o concurso público do Tribunal de Justiça do estado de São Paulo.

Por Sirlene Montes


Interessados podem se inscrever até o dia 15 de dezembro de 2016.

Quer seguir a carreira militar mas não sabe por onde começar? Pois a Polícia Militar de São Paulo está abrindo uma grande oportunidade para quem quer realizar o seu sonho.

Trata-se da contratação de mais de duas mil pessoas para preenchimento de vagas de Soldado PM de 2ª Classe. Sob a organização da Vunesp, a publicação oficial foi feita no Diário Oficial do Estado de São Paulo.

Porém, é importante ressaltar que o ingresso do candidato ocorre somente após aprovação no Curso Superior de Técnico de Polícia Ostensiva. Portanto, não basta passar no concurso, ainda é preciso realizar a formação específica.

Para o certame podem se candidatar pessoas do sexo feminino e masculino, com idade mínima de 17 e máxima de 30 anos. Além disso, é preciso ter ensino médio completo e altura de 1,60 metros no caso de homens e 1,55 metros em caso de mulheres. É indispensável ainda a Carteira Nacional de Habilitação (CNH) na categoria “B”.

Para quem ficou interessado, pode se candidatar no site da organizadora, no endereço www.vunesp.com.br. O prazo de inscrição começa no dia 16 de novembro e termina no dia 15 de dezembro de 2016. Para efetivar a participação é necessário pagar uma taxa de R$ 50.

Ainda, no momento do cadastro, é preciso optar por uma das cidades para realizar as provas objetivas. São elas: Sorocaba, Bauru, Campinas, Araçatuba, Presidente Prudente, Santos, Piracicaba, Ribeirão Preto, São Paulo, São José dos Campos e São José do Rio Preto.

Além da prova objetiva, que acontece no dia 5 de fevereiro de 2017 e que engloba questões sobre matemática, língua portuguesa, conhecimentos gerais, noções de administração pública e noções básicas de informática, ainda haverão outras etapas para a seleção. São elas: prova de redação dissertativa, exame sobre a aptidão física do candidato, exame de saúde, exame psicológico, investigação sobre a situação social e, por fim, análise de documentos e outros títulos do participante.

Ainda não há data e local certo para a realização das provas. Porém, esses serão divulgados futuramente em edital de convocação para a realização do certame.

A validade do concurso público, contado da homologação do mesmo, é de 90 dias. Em caso de averiguação de necessidade, pela própria administração, o mesmo pode ser prorrogado por mesmo período, se necessário.

Kellen Kunz


Seleção contará com 2 mil vagas. Edital deverá ser divulgado em breve.

A Polícia Militar do Estado de São Paulo publicou através do lançamento no DOU, Diário Oficial da União, na última quarta-feira, dia 26 de outubro 2016, a realização do contrato da banca organizadora do seu próximo processo público de seleção para soldados, o qual foi autorizado no dia 31 de agosto pelo governador Geraldo Alckmin. A Fundação Vunesp foi selecionada por meio de dispensa de licitação, que há algum tempo tem organizado os certames da corporação. Desta forma, o edital estava previsto para ser liberado no mês de dezembro, porém, já será agilizada para que o processo se inicie ainda no mês de novembro.

O governador autorizou 5.400 vagas, porém, o extrato de edital deverá contar com um quantidade menor, cerca de 2 mil oportunidades, reservando o restante para um próximo concurso, o qual está previsto para acontecer no primeiro semestre do ano que vem.

A seletiva para ingresso na categoria deverá seguir as novas regras, determinadas pela lei complementar de número 1.291, que foi sancionada em 22 de julho pelo governador. Neste momento se exigem ter idade mínima de 17 anos e máxima de 30 anos, além de altura mínima de 1,60m para o sexo masculino e 1,55m para o sexo feminino, ensino médio e carteira de habilitação nas categorias entre “B” e “E”. O salário inicial para os futuros soldados será de R$ 2.929,27, sendo o vencimento básico de R$ 2.357,76, mais R$ 571,71 de insalubridade.

Até o último certame da categoria, que aconteceu no primeiro semestre do ano passado, antes desta reestruturação, era cobrado altura mínima de 1,60m para mulheres.e 1,65m para homens, além da idade mínima que era de 18 anos, tendo a máxima como 30.

A lei de número 1.291 define também as condições necessárias para candidatos que possuem tatuagens concorrer aos cargos. Conforme as novas regras, os candidatos não poderão ter tatuagens que estejam enquadradas nestas condições: divulgue inscrição ou símbolo que ofenda os deveres éticos e os valores inerentes aos integrantes da Polícia Militar, ou então faça algum tipo de alusão a ideologia extremista ou terrorista que seja contrária às instituições democráticas, preconceito de raça ou discriminação, origem ou sexo, credo, ou que contenha ato ou contexto libidinoso ou então que seja ofensivo aos direitos humanos.

FILIPE R SILVA


Inscrições podem ser feitas entre os dias 1º de novembro e 2 de dezembro.

Enfim foi liberado o edital. Nesta quinta-feira, 27 de outubro, foi divulgado o concurso público do TMJMSP (Tribunal de Justiça Militar do Estado de São Paulo) para o ano de 2017. O certame é destinado a contração de profissionais dos cargos de Analista e Técnico Judiciário e Escrevente. Segundo o documento que foi publicado, ao todo serão ofertadas 08 vagas, mais a formação de cadastro reserva, os quais serão convocado de acordo com a necessidade do órgão. Serão reservadas vagas para os portadores de necessidades especiais. O processo de seleção será planejado e executado pela Fundação Vunesp.

As oportunidades são ofertadas para os cargos de Técnico de Comunicação, Processamento de Dados, Técnico em Informática Judiciário e Escrevente Técnico Judiciário, todos em nível médio completo. Entretanto, as oportunidades para os formados em nível superior são para a função de Analista de Sistema Judiciário.

O vencimento mensal dos futuros servidores será o seguinte:

  • Técnico de Comunicação e Processamento de Dados – R$ 5.325,92;
  • Escrevente Técnico Judiciário – R$ 4.473,16;
  • Analista de Sistema Judiciário – R$ 6.004,59
  • Técnico em Informática Judiciário – R$ 5.325,92;

Além do vencimento básico mensal, os futuros colaboradores contarão também com Auxílio Saúde no valor de R$ 200, Auxílio Transporte de R$ 6,00 ao dia e auxílio alimentação no valor de R$ 29,00 por dia.

Inscrição para o Concurso TJMSP 2017

Os candidatos interessados em participar do Concurso do Tribunal de Justiça Militar do Estado de São Paulo terão de realizar suas inscrições entre às 10 horas do dia 1º de novembro e às 16 horas do dia 02 de dezembro de 2016, por meio do portal eletrônico da banca organizadora, acessível neste link: http://www.vunesp.com.br/concursos.html. Será necessário recolher uma taxa no valor de R$ 55,00 para cargos de ensino médio e de R$ 82,00 para cargos de nível superior.

Avaliações

Os candidatos deste concurso público serão submetidos a prova prática e objetiva. As provas deverão ser aplicadas, provavelmente, no dia 22 de janeiro de 2017, no período da tarde, na cidade de São Paulo. As avaliações serão compostas pelas seguintes questões:

  • 10 de Matemática;
  • 10 de Língua Portuguesa;
  • 5 de Noções de Informática
  • 20 de Conhecimentos Específicos
  • 5 de Atualidades.

O concurso público será válido por dois anos, podendo ser prorrogado pelo mesmo período, de acordo com a necessidade da instituição.

FILIPE R SILVA





CONTINUE NAVEGANDO: