Certame oferta 27 vagas para diversos cargos.

O Edital para o concurso da Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro foi publicado no Diário Oficial. O certame oferece 27 vagas distribuídas pelos cargos de Técnico Superior Especializado, Técnico Médio da Defensoria e Técnico Superior Jurídico.

As taxas são de acordo com o grau de escolaridade exigida pela vaga em que o candidato pretende ocupar. Para as vagas de Nível Médio, a taxa é de R$ 65,00, já para os cargos de Nível Superior a quantia exigida para a inscrição é de R$ 85,00. As Inscrições poderão ser feitas entre 10 de janeiro de 2019 a 06 de março de 2019.

As vagas estão regionalizadas, sendo que os classificados serão lotados de acordo com a região escolhida na inscrição. Essa medida foi tomada para melhorar o atendimento oferecido ao interior do estado. Os candidatos podem escolher entre 11 regiões de atuação e a capital. Os locais das provas também seguirão a regionalização das vagas, atendendo os inscritos por região.

A banca examinadora do concurso é a Fundação Getúlio Vargas. Acompanhe outros detalhes.

Requisitos e atribuições

Os interessados nas vagas de Técnico Médio da Defensoria devem ter Nível Médio já concluído.

Para aqueles que almejam ocupar os cargos de Técnico Superior Jurídico, precisam apresentar diploma de Ensino Superior de bacharel em Direito.

Para os cargos de Técnico Superior Especializado, os candidatos devem ter cursado as seguintes áreas:

· Psicologia;

· Engenharia Elétrica;

· Estatística.

· Ciências Contábeis;

· Administração de Empresas;

· Economia;

· Biblioteconomia;

· Serviço Social;

· Tecnologia da Informação.

Aplicação das provas

Serão aplicadas aos candidatos, provas objetivas de caráter eliminatório e classificatório de acordo com a área de atuação. Os concorrentes ao cargo de Técnico Médio da Defensoria, responderão uma prova contendo 70 questões distribuídas nas disciplinas de:

· Legislação Institucional

· Língua Portuguesa

· Noções de Direito Administrativo

· Noções de Direito Constitucional

· Noções de Teoria Geral do Processo

A prova para o cargo de Técnico Superior Jurídico consta de 90 questões, que contemplam as seguintes áreas:

· Língua Portuguesa

· Direito Administrativo

· Legislação Institucional

· Direito Penal e Processo Penal

· Direito Constitucional

· Direito Civil e Processo Civil

· Direitos Humanos

Os candidatos aos cargos referentes a Técnico Superior Especializado se submeterão a uma prova contendo 80 questões de:

· Língua Portuguesa

· Conhecimentos específicos na área

· Noções de Direito

Locais de realização das provas

Atendendo os inscritos das regiões interioranas, as provas que serão aplicadas em 14 de abril de 2019, ocorrerão nas cidades abaixo:

· Nova Friburgo

· Niterói

· Petrópolis

· Duque de Caxias

· Cabo Frio

· Volta Redonda

· Itaperuna

· Angra dos Reis

· Macaé

· Capital

· Valença

Benefícios e remuneração DPE RJ

Inicialmente, os servidores de Nível Médio receberão o valor de R$ 3.206,47. Os profissionais de Nível Superior receberão a quantia de R$ 3.948.

Os servidores usufruem de auxílio refeição- alimentação de R$ 535,00, auxílio transporte na quantia de R$ 352,00. Todos os cargos respondem a carga horária de 40 horas semanais.

Requisitos

Os candidatos aos cargos de Técnico Superior precisam apresentar diploma do curso de Nível superior de acordo com as áreas de atuação exigida pelo edital. O Diploma deve ser reconhecido pelo Ministério da Educação.

Para os cargos referentes ao Ensino Médio, os contemplados precisam comprovar conclusão do Ensino Médio, com certificado emitido por Instituição reconhecida pelo MEC.

Cronograma do concurso Defensoria Pública do Estado do Rio de Janeiro

· Cargos: Técnico Médio Defensoria, Técnico Superior Especializado e Técnico Superior Jurídico;

· Inscrições: 10 de janeiro a 06 de março de 2019;

· Escolaridade: Nível Superior e Médio;

· Taxa de Inscrição: R$65,00 ou R$85,00;

· Banca Organizadora: Fundação Getúlio Vargas;

· Vagas: 27;

· Aplicação da prova: 14 de abril de 2019.

Por Fabíola de Moraes

Concurso

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 0 Média: 0]

Certame oferta 123 vagas de emprego em diversos cargos.

Na última sexta-feira, 26 de outubro, foi lançado no diário oficial do estado da Bahia, um edital na praça muito aguardado por aqueles que estudam a fim de obter aprovação em uma seleção pública para garantir estabilidade. Nessa matéria você confere detalhes sobre o certame da Assembleia Legislativa do Estado da Bahia (AL BA). O processo seletivo visa prover 123 vagas para funções de vários níveis de escolaridade. O prazo de inscrição tem início ainda no mês de outubro. Aproveite essa chance de ingressar no serviço público. O salário inicial é de R$ 4 mil.

Quero participar. O que devo fazer para me inscrever no concurso da AL da Bahia?

Os interessados em concorrer a uma das chances de trabalho na assembleia devem seguir o procedimento para efetuar sua inscrição:

1) Acessar o endereço eletrônico fgvprojetos.fgv.br/concursos/alba2018, entre os dias 29 de outubro (segunda-feira) e 16 de novembro (sexta-feira);

2) Preencher o formulário de inscrição;

3) Realizar a impressão e o pagamento da taxa de inscrição até o dia 16 de novembro. Os valores custam entre R$ 66 e R$ 77, a depender do cargo.

A instituição contratada para ser a organizadora do processo seletivo é a FGV – Fundação Getúlio Vagas.

Se você é de família de renda baixa ou tem registro no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (Cad Único), saiba que tem direito a solicitar isenção do pagamento. Mas lembre-se da data limite: 31 de outubro (quarta-feira).

Sobre as vagas anunciadas no edital a Assembleia Legislativa da Bahia

No edital, há disponibilidade para contratação de 123 profissionais. Desse total, 89 são para cargos de nível médio de técnico legislativa na área de polícia legislativa e na área administrativa. Há ainda 3 oportunidades para técnico legislativo do ramo de odontologia e outras 31 para profissionais de nível superior no posto de auditor legislativo, procurador e analista legislativo. Para essa última função há vagas para as seguintes especialidades: analista de sistemas, medicina do trabalho, taquigrafia, nutrição, administração, redação e revisão legislativa, enfermagem, comunicação social – jornalismo e enfermagem.

A remuneração para o cargo de técnico legislativo é de R$ 4,1 mil e de R$ 4,8 mil para as funções de nível superior.

O edital prevê vagas exclusivas para pessoas portadoras de necessidades especiais (PNE).

Sobre os requisitos para o concurso da Assembleia da Bahia

Além de possuir diploma de graduação, você deve ter registro ativo no respectivo conselho de ordem, para concorrer aos cargos de nível superior.

Confira outros requisitos: estar em dia com o serviço militar e com a justiça eleitoral, possuir idade mínima de 18 anos, não possuir antecedentes criminais, possuir nacionalidade brasileira, ter aptidão física e mental, entre alguns outros.

Quais são as etapas do processo seletivo da Assembleia Legislativa da Bahia?

O processo de seleção da AL da Bahia contará com 2 fases: 1) prova objetiva – com 70 a 80 quesitos, a depender do cargo, médio ou superior, respectivamente e 2) prova discursiva – composta de 1 peça processual e 2 estudos de caso.

A previsão é de que ambas as etapas ocorram no dia 16 de dezembro (domingo), sendo a primeira durante a manhã e a segunda, à tarde.

Como faço para saber mais informações sobre a seleção da AL BA?

Se você quer conferir mais detalhes, veja o edital que está disponível na página eletrônica da FGV fgvprojetos.fgv.br/concursos/alba2018.

Caso tenha alguma dúvida, poderá entrar em contato com a banca pelo seguinte número de telefone: 0800 283 4628.

A validade do concurso, conforme é prevista em edital, é de 2 anos. Caso a assembleia do estado da Bahia julgue necessário, poderá prorrogar esse período uma vez, por igual tempo, contando da data em que for homologado.

Não perca essa oportunidade. Estude para conquistar sua vaga no Poder Legislativo.

Por Melisse V.

Concursos

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 19 Média: 3.3]

Concurso da Prefeitura de Niterói, no Rio de Janeiro, oferece 107 vagas de empregos.

A Prefeitura de Niterói, cidade da região Metropolitana do Rio de Janeiro, informa que estão abertas as inscrições para seu concurso que oferece mais de 100 oportunidades de trabalho na área pública para profissionais com escolaridade de nível médio e de nível superior.

Os candidatos que forem aprovados no certame vão trabalhar na Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (SASDH).

Confira a seguir mais informações do edital do concurso, o qual foi publicado na segunda-feira, dia 8 de outubro.

Como posso me inscrever no processo seletivo da Prefeitura de Niterói?

Para concorrer a uma das 107 vagas na administração municipal de Niterói, você deve realizar o seu cadastro no portal eletrônico da FGV – Fundação Getúlio Vargas (fgvprojetos.fgv.br/concursos), banca responsável pelo certame, até a quinta-feira 8 de novembro.

No ato da inscrição, você deve informar seus dados pessoais e escolher o cargo de seu interesse.

Quem for portador de necessidades especiais (PNE) deve informar que deseja concorrer como cotista nessa condição.

Para efetivar sua inscrição, lembre-se de pagar a taxa que custa R$ 48 e R$ 58, respectivamente, para os cargos de nível médio e superior. A data final para realização do pagamento do boleto é 9 de novembro (sexta-feira).

O prazo de inscrição está vigente desde a quarta-feira, dia 10 de outubro.

Confira quem pode solicitar isenção dos custos com inscrição: quem é de família com renda per capita baixa e aqueles que estão no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (Cad Único).

Há chances para quem tem ensino médio completo e diploma de graduação

Quem tem diploma de graduação emitido por instituição de ensino regular junto ao Ministério da Educação (MEC) podem concorrer para trabalhar nas seguintes áreas: psicologia, assistência social e pedagogia. O salário é de R$ 1,9 mil.

Já se você concluiu o ensino médio, poderá se candidatar ao posto de trabalho de auxiliar administrativo, que oferece ganhos de R$ 954.

Para essa função, o edital prevê 10 vagas.

A jornada de trabalho semanal para ambas as carreiras corresponde a 40 horas.

No total, 10 vagas são exclusivas para PNE.

Quais são os requisitos para participar do concurso da SASDH?

Além de possuir escolaridade compatível com o cargo de seu interesse, você deve atender às seguintes exigências: estar em dia com o serviço militar, se for homem, não ter quaisquer pendências junto à justiça eleitoral, ter mais de 18 anos de idade na data da posse, não ter antecedentes criminais, ser considerado apto quanto às capacidades mentais e físicas, estar em pleno gozo dos direitos civis e políticos, entre outros requisitos.

O processo seletivo da Prefeitura de Niterói será composto por 2 fases

No certame para a Secretaria Municipal de Assistência Social e Direitos Humanos (SASDH) os candidatos serão avaliados em duas fases. Na primeira, que será uma prova objetiva, prevista para a data de 16 de dezembro (domingo), os concorrentes ao cargo de auxiliar responderão a 60 questões no turno da manhã. Já os outros devem responder a 70 quesitos no turno vespertino.

A segunda fase será apenas para os candidatos de nível superior. Essa etapa corresponde à avaliação de títulos. Para pontuação serão considerados: certificado de especialização, diploma de mestrado ou doutorado. Todos esses documentos devem ser entregues juntamente com o histórico escolar.

Os municípios onde as provas serão realizadas são: na capital Rio de Janeiro e em Niterói.

Outras informações do concurso

Para saber mais detalhes do edital acesse o site da FGV (fgvprojetos.fgv.br/concursos). Aproveite essa chance.

O concurso será válido por 2 anos, mas como é previsto no edital, poderá ser prorrogado uma vez por esse mesmo período de tempo, caso a Prefeitura julgue necessário.

Por Melisse V.

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 17 Média: 4]

Certame prevê o preenchimento de 63 vagas de emprego.

Alcançar a estabilidade profissional é o objetivo principal da maioria das pessoas. Por isso, para conquistar um cargo público, os chamados "concurseiros" dedicam dias, meses e até mesmo anos de estudos para conseguir uma vaga em órgãos públicos.

Para a alegria dessas pessoas, só em 2018, o número de vagas disponíveis em certames, no Brasil, passa de 20 mil. São oportunidades para todos os níveis escolares, distribuídas em praticamente todos os estados do país.

Vagas na Compesa

A Companhia Pernambucana de Saneamento, Compesa, iniciará as inscrições para concurso público na próxima segunda-feira, dia 30 de maio de 2018. O certame tem por objetivo o preenchimento de 63 vagas, sendo 24 para profissionais de nível superior, 11 para pessoas de nível técnico e 28 para profissionais com segundo grau completo.

Além das vagas efetivas, haverá oportunidades para a formação do cadastro reserva. Os candidatos aprovados atuarão nos municípios de Serra Talhada, Caruaru, Recife, Vitória de Santo Antão, Gravatá, Petrolina, Paudalho, Garanhuns e Salgueiro. O trabalhador poderá ser direcionado às vagas em quaisquer das unidades da Companhia Pernambucana de Saneamento em Pernambuco. Para isso, a empresa ressalta que o candidato, se aprovado, precisa ter disponibilidade para viajar.

Processo seletivo

As inscrições serão aceitas do dia 30 de maio ao dia 4 de junho de 2018, no site da instituição organizadora do Certame – www.fgv.br/fgvprojetos/concursos/compesa2018. Os candidatos deverão efetuar o pagamento de uma taxa de inscrição até o dia 06 de junho, prazo limite. Após a data, os candidatos que não tiverem realizado o pagamento terão sua inscrição cancelada automaticamente.

A FGV, Fundação Getúlio Vargas, responsável pela banca organizadora do concurso Compesa (PE) 2018, selecionará os candidatos por meio da aplicação de uma prova objetiva. Candidatos de nível técnico, médio e superior serão submetidos ao exame, que será realizado no estado de Pernambuco, no dia 22 de julho de 2018, das 8h às 12h, para candidatos de nível superior e das 14h30 às 18h30, para candidatos de nível médio técnico e nível médio.

Para os cargos que exigem nível médio ou médio técnico, as provas serão compostas por 60 questões de múltipla escolha. Os candidatos de nível superior serão submetidos à prova objetiva contendo 70 questões de múltipla escolha.

Valores das taxas de inscrição

Os valores das taxas de inscrição variam de acordo com o nível do candidato. Os profissionais que almejam ocupar os cargos de nível superior deverão desembolsar R$ 79 para o pagamento da taxa de inscrição. Para os empregos de nível médio e médio técnico, os candidatos precisarão pagar a taxa de inscrição no valor de R$ 69.

Vale lembrar que o prazo para requerimento de isenção foi encerrado no dia 03 de maio deste ano. Quem perdeu o prazo não poderá mais solicitar a isenção da taxa de inscrição para o concurso da Companhia Pernambucana de Saneamento 2018.

Cargos e salários

Para os cargos de Analista de Gestão, que exige nível superior, a remuneração salarial é de R$ 6.107,67, para a carga horária de duzentas horas mensais. As vagas de Assistente de saneamento e gestão, destinadas a profissionais de nível técnico, terão remuneração de R$ 2.108,48, para a carga horária de duzentas horas mensais e para os cargos de Assistente de Saneamento e Gestão, com nível médio, o salário será de R$ 1.442,36, para as mesmas duzentas horas mensais trabalhadas.

É imprescindível que os candidatos estejam atentos aos prazos e etapas apresentados em Edital. Além disso, a inscrição só é recomendada após o candidato se certificar de que corresponde aos requisitos exigidos em edital. O referido Edital está disponível em http://netstorage.fgv.br/compesa2018/RETIFICADO_1-portaria_Conjunta_SAD__COMPESA_no_63,_de_23_de_abril_de_2018.pdf .

Boa sorte!

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 2 Média: 3]

Certame visa selecionar 110 profissionais em diversas vagas.

Caso você esteja estudando para ser aprovado em um certame, pois deseja ser servidor público, saiba nessa matéria sobre uma grande oportunidade. No estado de Rondônia, a Assembleia Legislativa do Estado (ALE RO) publicou o edital do seu próximo concurso no diário oficial no dia 8 de maio (terça-feira). No total, são ofertadas 110 chances para quem tiver formação de nível médio e superior. Veja mais informações sobre o processo seletivo a seguir.

Como posso me inscrever no concurso da ALE RO?

Os candidatos interessados devem acessar o endereço eletrônico da Fundação Getúlio Vargas (FGV) – fgvprojetos.fgv.br/concursos/alero, que é a banca escolhida para organizar o certame da instituição. Você deve efetuar o cadastro a partir do dia 14 de maio (segunda-feira). O prazo terminará em 4 de julho (quarta-feira). O boleto deverá ser quitado até o dia 5 de julho (quinta-feira). O valor da inscrição varia entre R$ 75, R$ 95, R$ 115 e R$ 130, conforme o cargo de interesse.

Quem é registrado no Cad Único – o Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal, pode ser isento de pagar a taxa. Aqueles que fazem doação de sangue com regularidade e os que tenham trabalhado como mesário também podem solicitar isenção.

Sobre os cargos disponíveis na Assembleia de Rondônia

O edital prevê que sejam contratados 110 profissionais para provimento efetivo do quadro de servidores da organização do Poder Legislativo Estadual.

As chances para quem tem ensino médio completo são de assistente legislativo das seguintes especialidades: Tradução e Interpretação de Libras, Eletroeletrônica, Desenho de Construção Civil, Contabilidade, Edificações, Logística, Produção de Áudio e Vídeo, Informática e Segurança do Trabalho. A remuneração é de R$ 3.898,11.

Para quem tem escolaridade completa de nível superior pode concorrer aos seguintes cargos: consultor legislativo e analista legislativo. As áreas oferecidas são: Assessoramento em Orçamentos, Comunicação Social – Jornalismo, Administração, Assessoramento Legislativo, Arquitetura, Engenharia de Segurança do Trabalho, Assistência Social, Estatística, Tecnologia da Informação – Infraestrutura de Redes e Comunicação, Pedagogia, Engenharia Civil, Psicologia, Banco de Dados, Análise e Desenvolvimento de Sistemas, Advogado, entre outras especialidades.

Os salários para quem iniciar nas carreiras de nível superior variam entre R$ 5,2 mil, R$ 11,3 mil e R$ 18,7 mil.

A carga horária semanal para todos os postos de trabalho é de 40 horas.

Há vagas exclusivas para quem é portador de necessidades especiais (PNE).

Os aprovados ainda terão direito aos seguintes benefícios: vale-alimentação, auxílio transporte e auxílio saúde.

Quais são os requisitos?

Possuir idade mínima de 18 anos, estar em dia com as obrigações militares e eleitorais, ser brasileiro, estar em pleno gozo dos direitos políticos, não ter antecedentes criminais e apresentar comprovante de escolaridade compatível com o cargo.

Quem concorrer para o cargo de advogado deve possuir registro ativo na ordem de advogados do Brasil (OAB).

Sobre as atribuições

O assistente legislativo tem como responsabilidade: organizar documentos, processos, controlar arquivos, entre outras atividades.

O técnico em contabilidade deve realizar registros, elaborar relatórios financeiros, compilar dados contábeis, entre outras tarefas.

Por sua vez, o advogado deve defender atos dos parlamentares e dos servidores da casa, prestar consultoria jurídica, representar em ações judiciais e extrajudiciais, entre outras atribuições.

Sobre o processo seletivo da ALE de Rondônia

Os candidatos serão avaliados nas seguintes fases: 1) prova objetiva – prevista para o dia 19 de agosto (domingo); 2) prova discursiva; 3) prova prática – a ser aplicada na capital e exclusivamente para quem pretende exercer a função de técnico em Libras, Porto Velho; 4) avaliação de títulos e 5) prova oral.

A avaliação de múltipla escolha está programada para aplicação nas seguintes cidades: Vilhena, Ariquemes, Guajará-Mirim, Ji-Paraná, Cacoal e Porto Velho.

Para saber mais acesse o site da FGV fgvprojetos.fgv.br/concursos/alero.

Por Melisse V.

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 4 Média: 2.8]

Certame oferta vagas para profissionais com escolaridade de Nível Superior e Médio de escolaridade.

Se você quer trabalhar no Banco do Estado do Espírito Santo (BANESTES) saiba que o edital para seu processo seletivo foi divulgado. O prazo de inscrições encontra-se aberto desde 9 de março (sexta-feira) e se encerrará em 5 de abril (quinta-feira). Acesse o site fgvprojetos.fgv.br/concursos/sistemafinanceirobanestes/banestes para se cadastrar no concurso. Há vagas para profissionais com escolaridade de nível superior e médio. Saiba mais detalhes a seguir.

Sobre as vagas anunciadas

As oportunidades disponíveis para atuação no banco são: Técnico em Segurança do Trabalho, Técnico Bancário, Analista de Comunicação, Assistente Social, Analista em Tecnologia da Informação da área de Suporte e Infraestrutura e de Desenvolvimento de Sistemas Analista em Tecnologia da Informação e também para Analista Econômico Financeiro de Gestão Financeira e ainda de Gestão Contábil.

A jornada de trabalho corresponde a 40 horas para o posto de técnico em segurança do trabalho e de 30 horas semanais para as demais funções. O salário varia entre R$ 2.741,10, R$ 2.972,34, R$ 3.746,04 e R$ 3.849,59.

Quem for aprovado ainda vai ter direito aos seguintes benefícios: assistência odontológica, participação nos lucros, vale-transporte, cesta alimentação, auxílio creche, previdência privada, assistência médica e auxílio refeição.

A taxa de inscrição é de R$ 39 para os cargos de técnico e de R$ 43 para o cargo de nível superior e poderá ser pago até dia 6 de abril (sexta-feira). Quem estiver registrado no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CADÚnico) poderá solicitar isenção do pagamento.

A banca escolhida para ser organizadora do concurso é a Fundação Getúlio Vargas (FGV).

O certame servirá para formar cadastro reserva e há oportunidades reservadas para pessoas com necessidades especiais (PNE). Quem se enquadrar nessa situação deverá enviar laudo médico por Carta Registrada com Aviso de Recebimento ou via Sedex para o seguinte endereço: Caixa Postal número 205 – Muriaé, Minas Gerais – CEP: 36880-970. No envelope deve contar "CONCURSO BANESTES" e o cargo ao qual deseja concorrer.

Sobre os requisitos

Caso você tenha ensino médio completo poderá concorrer ao cargo de técnico bancário. Já para ser técnico na área de segurança do trabalho, deve possuir curso técnico nessa área. Para as outras funções, exige-se graduação completa. Veja outros requisitos para ocupar os cargos no BANESTES: ter nacionalidade brasileira, possuir no mínimo 18 anos, estar em pleno gozo dos direitos políticos, ter escolaridade compatível com o cargo pretendido, estar em dia com as obrigações eleitorais e militares, nesse último caso se o candidato for do sexo masculino, possuir aptidão física e mental, entre outras exigências.

Sobre as atribuições

O técnico bancário é responsável por realizar a contabilização das contas, arquivar as informações e os documentos, atender o público, realizar a cobrança de clientes, elaborar relatórios, conferir documentação dos clientes, efetuar transação de venda e de compra de moedas estrangeiras, entre outras atividades.

O analista econômico financeiro da área de gestão financeira tem por atribuição: planejar as estimativas de receitas e despesas, analisar a política do mercado financeiro, analisar demonstrações contábeis, monitorar os níveis de exposição do Banco, analisar balanços, acompanhar os processos de manutenção, entre outras tarefas.

Sobre as provas

Os candidatos serão avaliados em prova objetiva prevista para ocorrer no dia 6 de maio (domingo), no período da tarde, das 15h às 19h, para as funções de nível médio/técnico e pela manhã, das 8h às 13h, para os demais postos do BANESTES previstos no edital.

Os municípios onde haverá as avaliações de múltipla escolha são: Guarapari, Linhares, Cachoeiro de Itapemirim, Vila Velha, Venda Nova do Imigrante, São Mateus, Colatina e na capital do estado do Espírito Santo, Vitória.

As disciplinas cobradas para o cargo de técnico bancário são: conhecimentos específicos, matemática financeira, português e raciocínio lógico.

Para mais detalhes acesse o endereço eletrônico fgvprojetos.fgv.br/concursos/sistemafinanceirobanestes/banestes.

Por Melisse V.

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 5 Média: 4]

Certame oferta 131 vagas de trabalho em diversos cargos.

Após a publicação do edital oficial de abertura nº 01/2017 tivemos o início oficial do concurso público do Tribunal de Justiça de Alagoas (TJ-AL). O certame tem como principal objetivo o preenchimento de 131 vagas para a recomposição do seu quadro efetivo de funcionários. Em relação ao número total de vagas, 20% serão reservadas a candidatos com deficiência e outros 20% serão destinadas aos candidatos negros.

Sob a organização da Fundação Getúlio Vargas (FGV), esse é um dos certames mais aguardados de Alagoas. Confira outras informações na continuação desta matéria.

Confira abaixo os cargos disponíveis no concurso e seus respectivos números de vagas:

· Técnico Judiciário na área Judiciária: 100 vagas.

· Analista Judiciário (Oficial de Justiça Avaliador): 15 vagas.

· Analista Judiciária (área Judiciária): 15 vagas.

· Analista Judiciário (área de Estatística): 01 vaga.

Com remuneração inicial de R$ 5.101,92 o cargo de Analista Judiciário exige nível superior completo. Já o cargo de Técnico Judiciário é oferecido aos candidatos nível médio e dispõe de remuneração inicial no valor de R$ 2.550,96. Todas as oportunidades são oferecidas para carga horária de trabalho de 30 horas semanais.

Inscrição

O período de inscrições terá seu início em 08 de janeiro e se estenderá até o dia 15 de fevereiro de 2018. É importante destacar que o procedimento de inscrição deve ser efetuado por meio exclusivo da internet. Sendo assim, o candidato deverá acessar o site oficial da FGV (fgvprojetos.fgv.br/concursos/tjal) que é a instituição responsável pela organização bem como execução do concurso público aqui destacado.

Em relação à taxa de inscrição, saiba que a mesma será de R$ 80,00 (cargo de nível técnico) e R$ 100,00 (cargo de nível superior). Estarão aptos a solicitar isenção da taxa de inscrição os candidatos doadores de sangue além daqueles que residem há, pelo menos, dois anos no Estado de Alagoas e declararem hipossuficiência de recursos financeiros no ato da inscrição. Vale destacar que a condição de carência financeira deverá ser devidamente comprovada de acordo com termos estabelecidos no edital oficial de abertura.

Processo seletivo

O processo seletivo para o cargo de Analista Judiciário prevê a aplicação de prova escrita objetiva de múltipla escolha e prova escrita discursiva. Ambas serão de caráter eliminatório e classificatório e serão aplicadas na cidade de Maceió, capital de Alagoas, na data provável de 25 de março de 2018, das 08h00 às 13h00. A prova escrita objetiva será composto por: 20 questões de Língua Portuguesa e 10 questões de Legislação Específica compondo o módulo de conhecimentos básicos; além de 50 questões de Conhecimentos Específicos. A prova escrita discursiva, por sua vez, é composta por duas questões discursivas, sendo que cada uma delas valerá 10 pontos.

O cargo de Técnico Judiciário terá seu processo seletivo composto apenas de prova escrita objetiva de múltipla escolha de caráter eliminatório e classificatório. Essa prova também será realizada na cidade de Maceió, capital de Alagoas, na data provável de 25 de março de 2018, das 15h às 19h0. A prova será formada por: 30 questões de Língua Portuguesa e 70 questões de Conhecimentos Específicos.

Além disso, os candidatos autodeclarados pessoas com deficiência física no ato da inscrição serão convocados para perícia médica de forma a comprovar sua situação. A condição de pessoa com deficiência será apurada pelo Núcleo de Perícia da FGV.

Os candidatos devidamente inscritos no concurso deverão ficar atentos ao site oficial da FGV (fgvprojetos.fgv.br/concursos/tjal) pois é através desse portal que serão divulgados os locais para realização das provas.

Para demais detalhes referente a este concurso público é de extrema importância que o candidato leia atentamente o edital de abertura nº 01/2017. É através deste documento que você irá encontrar todos os tipos de informações, detalhes, normas e exigências que regem esse certame. Ele se encontra disponível através da página da FGV referente ao certame do TJ-AL: fgvprojetos.fgv.br/concursos/tjal.

Por Bruno Henrique

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 6 Média: 2.5]

Certame terá o período de inscrições aberto no dia 4 de janeiro.

O Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE) publicou um edital visando ao preenchimento de 600 vagas, sendo 460 para o cargo de Técnico, que exige nível médio para concorrer.

As inscrições começam no dia 4 de janeiro e o concurso vai ser organizado pela Fundação Getúlio Vargas (FGV).

Para o cargo de Técnico, a remuneração inicial é de R$ 3.471,85 e este valor pode subir para R$ 5.011,01 de acordo com a titulação. Em relação ao cargo de Analista e Tecnologista, a remuneração inicial é de R$ 7.373,49 e este valor pode chegar a R$ 9.107,88 de acordo com a titulação. Os aprovados serão contratados sob o regime estatutário, que garante a estabilidade. Além disso, para alguns cargos também haverá provas discursivas e prática.

Ficou interessado em participar da seleção? O valor da taxa de inscrição é de R$ 49,00 para nível médio e R$ 69,00 para nível superior. Os candidatos serão avaliados por meio de provas objetivas que estão previstas para serem aplicadas no dia 10 de abril, para o cargo de Tecnologista e Analista, e 17 para nível médio. O certame tem a validade de um ano, e pode ser prorrogado pelo mesmo prazo.

O site da organizadora do concurso pode ser acessado por meio deste link: fgvprojetos.fgv.br/concursos.

Que tal conferir algumas dicas de estudo para este concurso?

Como falta pouco tempo para a prova, o candidato deve ter foco e procurar dar o melhor de si nesta reta final. Ele deve procurar melhorar os pontos fracos, reforçar o que sabe e treinar por meio de resolução de questão, sobretudo da FGV, que é a organizadora.

Planejamento também é imprescindível. Por isso, além da teoria, o candidato deve procurar fazer revisão dos conteúdos, para manter o que sabe na memória e não esquecer detalhes importantes.

Depois destas dicas, que tal começar os seus estudos para o IBGE?

Boa sorte e sucesso!

Por Babi

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 0 Média: 0]

As vagas são destinadas para candidatos com nível superior. Os salários podem chegar a R$ 15.836,91.

Recentemente, o Tribunal de Contas do Município de São Paulo (TCM/SP) informou que já se encontra recebendo as inscrições dos candidatos interessados em participar de mais um concurso público que está sendo promovido pelo referido órgão. De acordo com as informações divulgadas, esse concurso público terá suas inscrições em aberto no dia 5 de junho de 2015. Já o número total de vagas oferecidas é de 40 postos para a função de agente de fiscalização. O principal requisito para o cargo é formação de nível superior.

Conforme as informações constantes no edital que dispõe sobre as regras para a realização desta seletiva, dentre outros detalhes, as vagas apontadas anteriormente estarão sendo distribuídas entre as seguintes especialidades: tecnologia da informação, engenharia civil, economia, ciências jurídicas, ciências contábeis, biblioteconomia e administração.

Vale destacar que, do total de ofertas, duas vagas estão sendo reservadas para candidatos que sejam portadores de necessidades especiais e sete para negros e afrodescendentes.

– Salários e jornada de trabalho:

Os profissionais que forem selecionados e contratados irão desempenhar suas respectivas funções em uma jornada de trabalho composta de 40 horas por semana. O salário básico é no valor de R$ 9.098,98. Também haverá a Gratificação de Incentivo à Especialização e Produtividade – GIEP. Esta poderá ser concedida ao profissional após seis meses no cargo. Com isso, o salário mensal poderá atingir a cifra de R$ 15.836,91.

– Como participar:

Os concursandos que atenderem todos os requisitos exigidos para a participação nessa seletiva pública poderão se inscrever até a data limite do dia 5 de julho no endereço eletrônico da organizadora do certame, a Fundação Getúlio Vargas – FGV: www.fgv.br/fgvprojetos/concursos/tcm-sp. O valor a ser cobrado como taxa de inscrição é de R$ 148.

A seleção dos participantes compreenderá diversas etapas. Serão aplicadas provas objetivas e provas discursivas.

A previsão é de que essa etapa da seleção ocorra no dia 09 de agosto na própria capital de São Paulo.

Consultas ao edital e possíveis retificações podem ser feitas através do site informado.

Por Denisson Soares

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 0 Média: 0]




CONTINUE NAVEGANDO: