Certame tem 100 vagas abertas para o cargo de Juiz Substituto.

A região sudeste do Brasil concentra boa parte das oportunidades de emprego oferecidas em todo o país. Consequentemente, nesta parte do território nacional se tem diferentes ofertas de concursos públicos. E um dos últimos certames a serem divulgados no sudeste foi o Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais, o TJMG. São mais de 100 vagas para a função de Juiz de Direito Substituto do TJMG. Se você se interessou e quer saber mais informações sobre este processo de contratação leia o texto abaixo.

A respeito do novo processo de admissão do Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais

Os concursos realizados pelo Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais costumam ser um dos mais concorridos de todo o estado. Pois, o órgão oferece boas condições de trabalho para os aprovados no certame. Para este novo processo de contratação vai ser oferecido um total de 120 vagas. Como explicado anteriormente, as oportunidades são para o cargo de Juiz de Direito.

Das 120 vagas, 84 ocupações são para ampla concorrência. Além disso, 24 oportunidades são para candidatos negros e 12 colocações são para pessoas portadoras de necessidades especiais. Para ocupar uma das vagas oferecidas pelo TJMG, o interessado precisa atender alguns dos seguintes requisitos:

– possuir formação acadêmica em direito há pelo menos 03 anos. A instituição precisa ser reconhecida e é necessária a apresentação do diploma que assegura a formação superior.

– ser brasileiro ou possuir a nacionalidade.

– não possuir pendências judiciais.

– as obrigações eleitorais precisam estar corretas. Além disso, os homens também não podem ter pendências com as obrigações militares.

– apresentar condições físicas e intelectuais para cumprir as exigências do cargo.

Para a verificação de todos os requisitos, é de extrema importância que o candidato leia o edital do certame, que pode ser consultado na seguinte página: https://d3du0p87blxrg0.cloudfront.net/concursos/493/1_569399.pdf. Item “4 – DOS REQUISITOS PARA O INGRESSO NA CARREIRA”, página 03.

Sobre o processo seletivo adotado pelo TJMG em seu concurso público de 2018

A instituição estabeleceu que os inscritos vão ser submetidos a cinco seletivas distintas: avaliação de múltipla escolha, teste escrito, inscrição definitiva, avaliação oral e prova de títulos. A terceira etapa, que consiste na inscrição definitiva vai ser desmembrada em quatro tipos de avaliação sendo elas: investigação social, sindicância da vida pregressa, teste psicológico e exames médicos.

A primeira etapa, ou seja, a avaliação de múltipla vai ter ao todo 100 perguntas. Além disso, ela vai ser dividida em três blocos. Confira agora o número de questões para cada matéria presente nos blocos:

Bloco Um:

05 perguntas sobre Direito da Criança e do Adolescente.

05 perguntas sobre Direito do Consumidor.

10 perguntas sobre Direito Processual Civil.

10 perguntas sobre Direito Civil.

Bloco Dois:

10 perguntas sobre Direito Eleitoral.

10 perguntas sobre Direito Constitucional.

10 perguntas sobre Direito Processual Penal.

10 perguntas sobre Direito Penal.

Bloco Três:

05 perguntas sobre Direito Ambiental.

05 perguntas sobre Direito Tributário.

10 perguntas sobre Direito Empresarial.

10 perguntas sobre Direito Administrativo.

A primeira fase acontece na cidade de Belo Horizonte, no dia 02 de setembro de 2018. E os inscritos vão ter quatro horas para responder a todas essas questões. Os locais em que acontece esta primeira fase vão ser divulgados posteriormente nos seguintes endereços eletrônicos: http://www.consulplan.net/home.aspx e http://www.tjmg.jus.br/portal-tjmg. Para conferir o conteúdo programático da primeira etapa, acesse: https://d3du0p87blxrg0.cloudfront.net/concursos/493/1_569399.pdf. O conteúdo está no Anexo II, página 54.

Já as demais etapas também tiveram uma expectativa de datas divulgadas, segundo o documento oficial.

Segunda etapa: 11/11/2018.

Terceira etapa: 12 e 13/11/2018.

Quarta etapa: 09 a 13/09/2019.

Quinta etapa: 30/09/2019.

E para consultar como elas vão ser caracterizadas para isso acesse o edital que foi disponibilizado anteriormente a partir do item “14 – DA SEGUNDA ETAPA: PROVAS ESCRITAS” página 28.

Inscrições concurso TJMG

Para efetuar a inscrição no concurso público do Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais, o interessado deve acessar: www.consulplan.net. As inscrições são válidas por apenas um mês, entre os dias 25 de maio a 26 de junho de 2018. A taxa de inscrição está fixada em R$ 260,00.

Por Isabela Castro


Concurso tem 15 vagas abertas. Inscrições podem ser realizadas até o dia 28 de junho.

O Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais (TJMG) anunciou a abertura para concurso público com exigência de profissionais com ensino médio. O edital está regulado pelo número 1/2017 e segundo as especificações, uma parte dos aprovados serão contratados de forma imediata e outra parte para formar cadastro de reserva dos quadros de pessoal do Tribunal de 1ª Instância de Minas Gerais, que é composto pela Justiça Comum e Juizados Especiais.

No primeiro momento, para o trabalho imediato estão abertas 15 vagas. Cinco delas são para trabalhar como Oficial Judiciário, Classe D – Comissário da Infância e da Juventude; Dez vagas são para a função de Oficial de Apoio Judicial, Classe D também.

As vagas também contam reserva para pessoas com deficiência e para negros. Para se inscrever é preciso ter ensino médio completo. As provas serão realizadas pela organizadora Consulplan e pela Escola Judicial Desembargador Edésio Fernandes (EJEF).

Os interessados em participar do processo seletivo precisam se inscrever entre os dias 19 de junho e 28 de junho de 2017. A taxa para a conclusão da inscrição custa no valor de R$ 60 reais para qualquer um dos cargos. O cadastro deve ser feito pelo site da empresa organizadora Consulplan: www.consulplan.net.

Os aprovados e convocados para assumirem o cargo terão uma carga horária de 40 horas semanais e o salário de R$ 3.457,01. Os profissionais poderão ser convocados para trabalhar em qualquer comarca do Estado de Minas Gerais.

As provas são elaboradas com questões de múltipla escolha e deverá ser aplicada no dia 24 de setembro de 2017, das 14h às 18h, na capital Belo Horizonte, Diamantina, Varginha, Governador Valadares, Uberlândia, Montes Claros e Juiz de Fora. O certame também contará com uma prova prática de digitação e todos os candidatos irão participar desta prova específica em Belo Horizonte, porém a data ainda não foi divulgada.

O resultado final do concurso será divulgado pelo Diário do Judiciário Eletrônico (DJE). O concurso é valido por 2 anos, podendo ser prorrogado uma vez por igual período. O candidato que ainda tiver alguma dúvida sobre o concurso poderá entrar em contato com a organização por e-mail atendimento@consulplan.com ou pelo telefone 0800 2834628.

O edital completo do Concurso do Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais – 2017 está disponível em: https://goo.gl/2ekIaa.

Por Carolina Costa


Em breve o Tribunal de Justiça de Minas Gerais irá divulgar o Edital de abertura de seu novo Concurso Público que ofertará vagas para os cargos de oficial de apoio judicial e oficial judiciário (especialidade da infância e da juventude).

A divulgação da data definitiva para a publicação do edital do concurso público que está sendo previsto para o Tribunal de Justiça do Estado de Minas Gerais (TJ/MG) ainda segue sem definição. A informação é de que a demora se deve em especial pelo fato de que o órgão ainda está trabalhando na elaboração do documento. Veja mais informações logo abaixo:

Segundo as informações divulgadas até agora pela assessoria de imprensa da banca organizadora escolhida para essa seletiva (Consulplan), a liberação do edital ainda depende de alguns trâmites burocráticos específicos para que possa de fato ser lançado. Com isso em vista, a expectativa é de que o documento seja apresentado no ano que vem.

O concurso público do TJ de Minas Gerais terá o principal objetivo de promover o preenchimento de vagas para dois cargos que, por sua vez, exigem dos candidatos formação de nível médio completo.

No edital que será divulgado em breve serão disponibilizadas vagas para as funções de oficial de apoio judicial e oficial judiciário (especialidade da infância e da juventude).

De acordo com informações que se encontram disponíveis no próprio site do TJ/MG os salários oferecidos para essas funções se situam na faixa de R$2.439,54. Além dos vencimentos estão previstos alguns benefícios tais como o auxílio-alimentação. Sendo assim, o valor total subirá para R$3.238,54.

Conforme as informações contidas no documento de licitação, por meio do qual foi definida a banca organizadora, todos os candidatos que se inscreverem neste concurso deverão ser submetidos à aplicação de provas objetivas. Os exames contarão com questões de língua portuguesa, noções de informática, noções de direito além de atos de ofício.

Resumo das atribuições para o cargo de Oficial Judiciário:

O oficial judiciário atua na detenção ou na apreensão do menor abandonado ou infrator. Ele deverá apresentar o mesmo em caráter imediato diante do juiz ou a outra autoridade competente previamente estabelecida.

Também é de sua responsabilidade lavrar autos de infração respeitando a lei de assistência e proteção ao menor. A fiscalização dentro dos termos da lei a entrada bem como a permanência do jovem em diversos âmbitos tais como emissores de rádio ou de televisão, bares, casas de diversão, cabarés e ginásios esportivos.

Por fim, ele ainda executa atividade gerais que são previamente identificadas pelo superior imediato.

Por Denisson Soares


Oportunidades são para os cargos de Técnico e Analista Judiciário. Inscrições podem ser feitas até o dia 21 de dezembro de 2016.

Recentemente foi publicado no Diário Oficial da União, em sua edição de quarta-feira, dia 23 de novembro, o edital que determina a abertura das inscrições para a realização de mais um concurso público para o Tribunal Regional Federal da 2° Região (TRF2). Confira os principais detalhes logo a seguir e como fazer para participar:

Segundo as informações constantes no documento que dispõe sobre as regras para a realização deste concurso público, há vagas sendo oferecidas para candidatos que tenham formação de nível médio. Neste caso as chances estão sendo oferecidas para a função de Técnico Judiciário. As áreas são as seguintes: Informática, Enfermagem (apoio especializado), Eletricidade, Telecomunicações e Segurança do Trabalho

Para os concursandos que tenham formação de nível superior a informação é de que eles podem se inscrever para a função de Analista Judiciário. As especialidades com vagas são as de Oficial de Justiça Avaliador Federal. O foco dessas vagas são ás áreas administrativas e de apoio especializado em Serviço Social, Psicologia, Odontologia, Medicina Psiquiatria, Medicina do Trabalho, Medicina Clínica, Informática/ Infraestrutura, Informática/ Desenvolvimento, Estatística, Mecânica, Engenharia, Engenharia Eletrônica, Engenharia Elétrica, Engenharia Civil, Enfermagem do Trabalho, Enfermagem, Contadoria, Biblioteconomia, Arquivologia e Arquitetura.

Os profissionais que vierem a ser contratados por meio deste concurso irão desempenhar suas funções em uma jornada de trabalho que será composta de 40 horas por semana. Sobre os salários oferecidos a informação é de que para os cargos que exigem o nível médio serão de R$ 6.167,99. Já para as funções de nível superior a remuneração será de R$ 10.119,93.

Vale destacar também que os novos contratados ainda terão direito a diversos adicionais tais como Auxílio-transporte, Auxílio-alimentação, Auxílio pré-escolar, Adicional de Qualificação, Gratificação de Atividades Externas, entre diversas outras.

Para garantir a participação os interessados devem se inscrever via internet, no site da organizadora da seletiva. O endereço eletrônico é www.consulplan.net. O período de atendimento aos candidatos permanecerá em aberto entre os dias 23 de novembro e 21 de dezembro de 2016.

Os valores estipulados para as taxas ficam entre R$60,00 (nível médio) e R$70,00 (nível superior).

A seleção será composta por provas objetivas, provas de redação, estudo de casos, provas práticas e prova de capacidade física de acordo com o cargo. Os exames objetivos estão previstos para ocorrerem entre os dias 05 e 12 de março de 2017.

Este concurso do TRF 2° Região tem como finalidade a formação de cadastro de reservas.

Para conferir o edital completo e demais informações clique aqui.

Por Denisson Soares


Certame deverá ofertar vagas para os cargos de Técnico e Analista. Remuneração pode chegar a R$ 9 mil.

A organizadora do Concurso do Tribunal Regional Federal da 2ª região já foi definida e será a Consulplan. O órgão, que abrange os estados do Rio de Janeiro e Espírito, deve publicar edital visando ao preenchimento de cadastro reserva e ainda não há data definida. O extrato do contrato foi publicado no Diário Oficial da União, no dia 1º de novembro.

A expectativa é que o concurso contemple oportunidades para nível médio (técnico) e superior (analista). A remuneração é de R$ 6.309,79 e R$ 9.747,84, respectivamente. Nestes valores já estão inclusos o vale alimentação de R$ 884,00.

O último concurso realizado pelo Órgão foi organizado pela Fundação Carlos Chagas e contou com cadastro reserva para os cargos de técnico e analista. O certame teve a validade encerrada no ano de 2016 e os candidatos foram avaliados por meio de provas objetivas objetivas, redação e estudo de caso.

Que tal direcionar os seus estudos para o concurso do TRF da 2ª região? Confira algumas dicas de estudo, a fim de garantir uma boa classificação no certame:

Comece a estudar antes da publicação do edital. Não adianta deixar para aprender na véspera da prova. Encarar uma prova de concurso público exige planejamento e dedicação. Faça um quadro de horário de acordo com último edital publicado, que pode ser acessado por meio deste link: http://www.concursosfcc.com.br.

Como a organizadora já foi escolhida – Consulplan – é necessário manter o foco e fazer muitas resoluções de questões, a fim de conhecer a banca responsável pelo certame. Desta forma, é possível estudar de forma estratégica e mapear as questões mais recorrentes.

O edital foi publicado? Refaça o planejamento com as novas disciplinas. Foque em revisão e resolução de exercício.

Estude por meio de materiais atualizados e de acordo com a banca do certame. Peça indicação de outros estudantes para concurso público.

Durante o estudo, mantenha a alimentação saudável e a prática de atividade física. Tenha o hábito de caminhar, por exemplo. Isso facilita a aprendizagem e alivia o estresse gerado.

Estude com confiança e convicção de que conquistará uma vaga. Faça tudo por merecer e confie no seu potencial. Use o tempo a seu favor e muito sucesso no seu caminho.

Por Babi





CONTINUE NAVEGANDO: