Concurso TJ-RS 2019 – Autorização para Vagas de Oficial e Assistente Social




Edital do certame deverá ser publicado em breve.

A notícia é muito boa para quem reside no Rio Grande do Sul e está de olho nos concursos públicos em diferentes áreas. Isso porque o Tribunal de Justiça do Estado deu na última terça-feira, dia 26 de março, a autorização oficial para a realização do novo concurso público do órgão. A confirmação foi feita durante uma importante reunião do Conselho de Magistratura. Ao que tudo indica, serão ofertadas inicialmente 30 oportunidades de carreira, sendo dessas quatro para a área de assistente social e outras 24 para a função de oficial de justiça.

Para a corregedora-geral de justiça e relatora de expediente no Conselho, a desembargadora Denise Oliveira Cezar, o trabalho que é desempenhado pelos assistentes sociais e oficiais de justiça se faz fundamental para a prestação jurisdicional, não sendo abrangido pela já esperada redução da necessidade no quadro de pessoas com a implementação do Eproc. Esse se refere ao novo sistema de processos relacionado à Turma Nacional de Juizados Especiais Federais. Assim, para Denise, as tarefas realizadas não são passíveis de uma automatização. A autorização do Conselho se fez muito conveniente em um momento como esse para que seja dado o início a todas as providências necessárias para a formatação de um edital e para a posterior abertura de inscrições de um concurso público para os cargos em destaque.


Pré-requisito necessário e salários

Para concorrer aos cargos do concurso público do TJ RS, é necessário atender a somente um pré-requisito importante. Trata-se da formação em ensino médio. Por esse motivo, os interessados já podem se preparar, pois a disputa será grande e acirrada devido à grande procura.

Para a função de assistente social, a remuneração inicial será de R$ 9.676,90. Já para os oficiais de justiça, a remuneração inicial será de R$ 9.305,55, considerando nesse valor o adicional para risco de vida (R$ 1.973,91) e o auxílio com condução (R$ 845,96).

Vale lembrar que as oportunidades são destinadas principalmente para a classe PJ-H, grupo atuante em comarcas e que incluem as cidades no interior do Estado e cuja validade do último certame teve o seu encerramento no mês de dezembro do ano de 2018.


Sobre as atribuições de um oficial de justiça

Um oficial de justiça é o responsável pelo cumprimento de forma pessoal a diligências e mandados, bem como em fazer as citações, pregões, intimações e notificações, executando todas as tarefas que lhe são destinadas por regulamentos e pelas leis. Não bastasse isso, o mesmo atua também nas diligências ordenadas, bem como em arrestos, penhoras e prisões, lavrando autos e certidões relacionadas às atividades que porventura exercer. Também precisa efetuar todas as demais atribuições que são determinadas pelo Juiz.

Último certame do TJ RS

O último concurso público feito pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande do Sul para os cargos em questão foi realizado no ano de 2014. Na ocasião, foram ofertadas 116 vagas.

A Fundação de Apoio relacionada à Universidade Federal do Rio Grande do Sul, a Faurgs, foi a organizadora do certame.

As cidades envolvidas foram: Santo Ângelo, Santa Maria, Porto Alegre, Pelotas, Passo Fundo, Alegrete e Caxias do Sul.

A avaliação foi realizada por meio de prova objetiva, contando essa com um total de 80 questões voltadas para os mais diferentes assuntos. Assim, a distribuição foi feita da seguinte forma: 40 questões de conhecimentos específicos e tópicos sobre legislação com a necessidade mínima de 24 acertos; 30 questões de língua portuguesa com a necessidade mínima de 18 acertos; e, ainda, dez questões de microinformática com a necessidade mínima de seis acertos.

Apesar de ainda não termos muitos detalhes sobre esse novo processo de seleção, já é possível ter uma dica sobre como ele irá transcorrer. Portanto, fique ligado nas futuras notícias para não perder essa oportunidade de construir uma carreira de sucesso.

Kellen Kunz

Comentários