Concurso TJ-AM 2019 – Banca Organizadora é Selecionada





Certame ofertará 480 vagas para os cargos de Assistente e Analista Judiciário.

Aos concurseiros de plantão que aguardam pela publicação do edital de abertura de um novo concurso público do Tribunal de Justiça do estado do Amazonas, as últimas notícias são bastante animadoras. É que acaba de ser divulgada a assinatura oficial do contrato com a empresa que irá organizar o certame. Dessa forma, a realização do concurso está confirmada, de modo que os interessados já podem começar a se preparar. Leia o artigo completo e saiba de todas as informações sobre este novo concurso.

Nesta última sexta-feira, dia 31 do mês de maio, foi divulgada a notícia de que foi realizada a publicação no diário oficial do documento de contrato assinado entre o governo e a empresa que será encarregada de organizar e executar o novo concurso público do TJ/AM de 2019.




Segundo as palavras do presidente do TJ/AM, Yedo Simões Oliveira, o processo de seleção de novos servidores irá disponibilizar um total de 480 oportunidades. Deste total 160 serão para o preenchimento de vagas imediatas, as restantes 320 serão para formação do cadastro de reservas.

Dessa forma, das 160 vagas de lotação imediata, 140 serão para o posto de assistente judiciário. Função esta que exige dos candidatos apenas formação de nível médio. Já as demais 20 vagas serão para o posto de analista judiciário, que por sua vez é a função que exige formação de nível superior.


A confirmação aconteceu em um evento realizado para que fosse feito a assinatura do contrato com a empresa organizadora, que neste caso é o Cebraspe.

De acordo com as primeiras informações, os 160 nomes aprovados devem ser nomeados em seus postos já no início do ano que vem. Contudo, com esse quantitativo de vagas no cadastro de reservas o órgão poderá suprir novas necessidades de pessoal caso exista necessidade.

A previsão inicial é de que a publicação do edital de abertura deste novo concurso seja realizada no início deste segundo semestre de 2019. Assim como será aberto o período de inscrições. Se tudo ocorrer conforme o previsto as provas devem ser realizadas até o mês de novembro. A programação inicial, segundo as palavras do presidente, era dar início aos trabalhos do certame no mês de janeiro, o que não pode ser realizado. Este concurso será realizado para selecionar servidores que irão substituir os contratados temporários.

Este concurso foi anunciado no ano passado, mais precisamente no dia 4 do mês de julho, quando o presidente foi empossado em seu cargo e juntamente realizou o anúncio.

A organização do concurso já está acontecendo, para isso uma comissão foi formada contando com diversos membros do TJ/AM e tendo como presidente Yedo Simões.

Os interessados em realizar o concurso deverão pagar uma taxa de paraticipação cujo valor será diferente de acordo com o cargo pretendido. Dessa forma, os valores já foram definidos, sendo R$90 para o posto de assistente judiciário, que exige formação de nível médio e R$150 para cargos de analistas judiciários, que exigem formação de nível superior.

A seleção dos novos servidores será realizada em um processo dividido em duas etapas. Uma delas será a realização de uma prova objetiva e a segunda será a análise de títulos dos classificados na primeira fase. Ainda não foi confirmado, mas a previsão inicial é de que a prova seja realizada em um domingo, em data ainda a se definida.

O último oncurso público realizado pelo Tribunal de Justiça do estado do Amazonas aconteceu no ano de 2015. Na época foram disponibilizadas o total de 51 oportunidades todas elas para a função de Notário de cartório, que puderam ser dispotadas entre candidatos com formação de nível superior.

Nesse sentido, se você possui interesse em realizar este concurso, já pode começar a se preparar.

Sirlene

Comentários