Concurso SEFAZ-CE 2019 é Confirmado





Edital do Concurso deve ser divulgado ainda neste primeiro semestre de 2019.

O primeiro trimestre de 2019 já está se encerrando e neste período foram anunciados diversos processos seletivos para a contratação de servidores por meio de concursos públicos. Além disso, nessa temporada também foram informados que outros processos de contratações podem acontecer durante o ano. E, esse último caso foi justamente o que aconteceu com a Secretaria de Fazenda do Estado do Ceará, a Sefaz/ CE. De acordo com o responsável pelo estado do Ceará, a instituição foi autorizada a realizar um novo concurso público em 2019. Para saber mais os detalhes sobre essa notícia, confira o texto abaixo.

As primeiras informações a respeito do concurso público da Secretaria de Fazenda do Estado do Ceará

A última vez que a Sefaz realizou um processo de contratação foi no ano de 2006. Devido a todo esse tempo, desde 2018 estava sendo discutida a possibilidade de abertura de um novo edital. E no mês de março foi revelado que o responsável pelo estado autorizou que o órgão realizasse a abertura de um novo certame que visa à contratação de 50 novos funcionários para atuarem na função de auditor-fiscal. É importante reforçar que essas informações iniciais são expectativas que ainda nenhum dado foi concretizado. Uma vez, que todo esse concurso público se encontra na fase inicial.




Todas as informações como o número correto de vagas, cargos ofertados, valor da remuneração, benefícios, vencimento do concurso, localidades em que os postos vão ser ocupados, período de inscrições, fases avaliativas, datas das provas, conteúdo programático das avaliações e outros pontos, devem ser informados com exatidão apenas com a divulgação do edital. Mas, antes desse primeiro processo, a Secretaria de Fazenda do Estado do Ceará precisa encontrar e contratar uma banca organizadora para fechar todos esses pontos mencionados acima.

A respeito do último concurso público realizado pela Sefaz/ CE

Como mencionado no primeiro parágrafo do tópico anterior, a Sefaz cearense realizou seu último certame em 2006. Mesmo após mais de uma década desde aquele concurso público, é importante analisar os principais pontos daquele edital. Uma vez que ele é o documento mais recente sobre um processo admissional da instituição e também não deixa de ser uma base mais certeira para saber o que o órgão pode cobrar durante o processo seletivo e também o que a Sefaz/ CE pode oferecer aos novos funcionários.


De acordo com o edital de 2006, a Secretaria de Fazenda do Estado do Ceará ofereceu 270 novos postos de trabalho. As vagas foram divididas da seguinte forma: 20 oportunidades para Analista Jurídico; 40 para Analista Contábil Financeiro; 60 para Analista de Tecnologia da Informação e 150 para Auditor-Fiscal da Receita Estadual. Todas as vagas tinham oportunidades para portadores de necessidades especiais.

Segundo o documento, como um dos pré-requisitos iniciais, a Sefaz/ CE pediu que os interessados tivessem diploma superior, em graduações como: Economia, Ciências da Computação, Administração de Empresas, Direito e Ciências Contábeis, para a maioria dos cargos. Já para a função de Auditor-Fiscal da Receita Estadual eram aceitas graduações em outras áreas. Na época, a remuneração inicial era de R$ 2.610,03. Entretanto, o salário poderia ser acrescido graças às gratificações. Com isso, o pagamento podia chegar a R$ 9.112,00. A carga horária era de 40 horas semanais.

Outro ponto muito importante é sobre a banca organizada e quais avaliações foram utilizadas em 2006. Sobre a banca, a instituição escolhida foi a Escola de Administração Fazendária – ESAF do Ministério da Fazenda. Já sobre os tipos de avaliações, para todos os cargos, os inscritos iam realizar três provas, sendo elas divididas da seguinte forma:

-Prova 1: teste de múltipla escolha de conhecimentos gerais.

-Prova 2: teste de múltipla escolha de conhecimentos específicos.

-Prova 3: teste de múltipla escolha de conhecimentos especializados.

Todas as provas ainda tinham caráter classificatório e eliminatório. O que diferenciava era o número de questões de acordo com cada função. A taxa de inscrição foi de R$ 100,00. A aplicação da prova ocorreu em 17 de dezembro de 2006, em Fortaleza, no Ceará. Para saber novas informações sobre o concurso da Sefaz acesse: https://www.sefaz.ce.gov.br/.

Isabela Castro.

Comentários