Concurso Previsto da Polícia Federal em 2018





Concurso foi autorizado e terá vagas para os cargos de Escrivão, Agente de Polícia, Perito Criminal e Delegado.

Após seis anos, a Polícia Federal anunciou que vai realizar um novo concurso público. Segundo o órgão, o novo certame vai oferecer 500 vagas para diferentes postos de trabalho dentro da instituição. Com um trabalho de extrema importância para a sociedade, a PF precisa renovar e aumentar o seu quadro de oficiais. Este certame ainda está em fase inicial e poucas informações foram divulgadas ou até mesmo confirmadas. Confira agora os dados iniciais para se preparar para este processo admissional caso seja do seu interesse.

Primeiros informes a respeito do concurso público da PF

Há algum tempo se tinha o rumor de que a Polícia Federal iria realizar um novo certame. Mas, a confirmação mesmo só veio no final do mês de fevereiro. Como o último concurso foi realizado no ano de 2012, a instituição precisa se preparar e atualizar este certame para que ele tenha o menor número de erros possíveis. Já que são muitas vagas para serem oferecidas.


A expectativa é que este processo admissional ocorra nos próximos meses. Esta informação só vai se confirmar quando o edital ou outros documentos oficiais forem divulgados. Levando-se em consideração os cargos que mais precisam de novos servidores, a PF vai abrir vagas para as seguintes ocupações: Escrivão, Agente de Polícia, Perito Criminal e Delegado.

Para todos os postos de trabalho que foram citados é necessário que os interessados tenham se formado em um curso superior. Para as vagas de Agente de Polícia, Escrivão e Perito são aceitos diferentes cursos de graduação. Já para a função de Delegado, o indivíduo precisa ter se formado em Direito.

Os salários podem variar entre R$ 10.000,00 e R$ 24.000.00. Não foram informadas quantas vagas vão ser destinadas para cada ocupação, nem os benefícios para cada cargo e também não foi divulgada a jornada de trabalho para cada posto de serviço. Ainda não se tem informações sobre as cidades que os aprovados no certame vão atuar. Sobre a validade do concurso também não se tem nenhum dado confirmado.


Possíveis etapas do processo seletivo

Grandes organizações como a Polícia Federal costumam seguir alguns preceitos para a realização de um processo admissional com a ideia citada acima de ter o menor número de equívocos. Dessa forma, se tem a expectativa que a PF deve adotar os seguintes critérios de avaliação para os candidatos:

01ºª etapa: avaliação de múltipla escolha.

02ª etapa: teste discursivo.

03ª etapa: prova para avaliar as condições físicas dos inscritos.

04ª etapa: exame médico.

05ª etapa: teste psicológico, dentre outros.

Levando em consideração as características das provas, as duas primeiras avaliações devem ser de caráter classificatório e eliminatório e as demais devem ser apenas de caráter eliminatório. Além dessas etapas, a PF também deve avaliar os antecedentes criminais dos participantes do concurso além de verificar se eles possuem pendências eleitorais, judiciais e se os candidatos homens estão em dia com a sua situação com o exército brasileiro.

Exame anterior

Como mencionado no tópico “Primeiros informes a respeito do concurso público da PF”, a instituição realizou no ano de 2012 o seu último concurso público. Na época foram disponibilizados 600 postos de trabalho. A banca organizadora do concurso foi o Centro de Seleção e de Promoção de Eventos, o CESPE/UnB. As vagas foram divididas da seguinte maneira:

100 oportunidades para Papiloscopistas.

100 oportunidades para Perito Criminal.

150 oportunidades para Delegado.

350 oportunidades para Escrivão.

500 oportunidades para Agente de Polícia.

Os inscritos foram avaliados por meio das seguintes fases:

– Prova de múltipla escolha com 120 questões contendo os seguintes conteúdos: noções de arquivologia; legislação; direito constitucional; direito administrativo; direito processual penal; direito penal; noções de administração; raciocínio lógico; atualidades; noções de informática e língua portuguesa.

– Prova Discursiva. O candidato precisava escrever uma resposta de até 30 linhas sobre um tema divulgado na hora.

– Avaliação de aptidão física.

– Exame médico.

– Teste psicológico.

– Prova de digitação.

Mais de 100 mil pessoas se inscreveram no concurso. Para acompanhar as novidades deste certame acesse: http://www.pf.gov.br/servicos-pf/concursos.

Por Isabela Castro

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 33 Média: 2.8]

Compre aqui apostila para este Concurso Público!




Um comentário sobre “Concurso Previsto da Polícia Federal em 2018

  1. Boa tarde! Eu me formo no curso superior no final de 2019, caso eu for aprovada na prova da PF, será se da tempo de me formar antes de ser nomeada? Em qual etapa tenho que apresentar meu comprovante de curso superior?

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *