Concurso PC-SE 2018 – Previsão de Edital para Delegado




Edital deverá ser publicado no segundo semestre deste ano.

Está previsto para o segundo semestre de 2018 um novo edital que anuncia o próximo processo seletivo, destinado a prover cargos no departamento de Polícia Civil do Estado de Sergipe, a PC-SE, na Região Nordeste do Brasil. O concurso está em fase de estruturação final, portanto, a divulgação deste mesmo certame público está próxima de acontecer, agendada para as semanas vindouras, que iniciam o segundo semestre desse ano. Este será um dos melhores concursos realizados em 2018.

Trata-se de um dos concursos mais aguardados, devido a uma longa demanda e ao bom salário pago. Este processo de seleção se destina ao provimento de vagas para o cargo de delegado. Entretanto, depois de solicitada a liberação o evento depende, ainda, de diversos acertos finais sobre o documento oficial, cujos procedimentos estão sendo realizados em conjunto com a banca que será responsável pela organização deste novo certame, a qual ficará por conta do Centro Brasileiro de Pesquisa em Avaliação, em Seleção e na Promoção de Eventos, o conhecido Cebraspe.


Com relação ao critério adotado para a organização distributiva das vagas e a quantidade das mesmas, a informação lançada ao público foi a de que são dez postos de trabalho disponíveis, sendo que para participar deste processo seletivo será necessário que as pessoas interessadas apresentem o diploma de formação em curso de nível superior na área de direito. A remuneração paga aos servidores do cargo em questão está no valor de 11.500 mil reais.

O histórico registrado sobre o último concurso promovido para o mesmo cargo de delegado, realizado no ano de 2005, indica que a quantidade de vagas ofertadas chegou ao número de 61. Naquela ocasião a banca responsável pela organização foi a instituição Cespe da unB, ou seja, o Centro de Seleção e de Promoção de Eventos, que consiste no órgão que integra a Fundação Universidade de Brasília, o qual está encarregado da realização de diversos concursos públicos no Brasil.

O itinerário de organização e realização dos exames classificatórios e eliminatórios foi o seguinte:


As provas objetivas consistiram em um caderno composto de 120 questões de múltipla escolha, das quais 50 versaram sobre os conhecimentos básicos e as demais 70 questões versaram sobre diversos conhecimentos específicos.

Houve uma segunda etapa na avalição, em que todos os participantes estavam obrigados a se submeter a prova discursiva (redação), na qual foi necessário dissertar sobre uma típica petição inicial, sobre um parecer ou uma dissertação abrangendo o tema a respeito do direito penal ou do direito processual penal, além de uma final avaliação oral, em que os candidatos dissertaram sobre matérias de direito penal e direito processual penal.

Em seguida, depois dos testes classificatórios e eliminatórios, foram realizados os devidos exames admissionais, ou seja: a avalição psicológica; e a devida análise sobre os títulos. A fase seguinte consistiu na realização do curso de formação profissional, no sentido de efetivação dos candidatos nomeados e convocados.

Com relação à estrutura da prova objetiva, em termos de conteúdo programático, o caderno com questões sobre conhecimentos básicos abrangeu os seguintes temas: matéria de língua portuguesa; questões versando sobre conhecimentos específicos, como a matéria de direito administrativo; matéria de direito constitucional; matéria de direito penal; matéria de direito processual penal; matéria de legislação especial e matérias versando sobre os conteúdos de medicina legal.

Este concurso ainda está em fase de oficialização, portanto, todas as pessoas interessadas poderão observar bem as matérias que compõem o conteúdo programático e começar a preparar-se desde agora, no sentido de ganhar tempo e conhecimento. Vale a pena conferir.

Paulo Henrique dos Santos

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 3 Média: 2.7]

Comentários