Concurso PC-MG 2018 – Banca Organizadora Definida



Concurso contará com 119 vagas para Escrivão.

Ontem, dia 26 de junho, a Polícia Civil de Minas Gerais (PC/MG) realizou a divulgação, por meio do seu diário oficial, da banca escolhida para ser a organizadora de seu novo concurso público, destinado para o cargo de escrivão de polícia. A banca eleita foi a Fumarc (Fundação Mariana Rezende Costa).

Agora, com a decisão da banca, é esperado que a publicação do edital ocorra nos próximos dias, junto do período de abertura das inscrições. Serão oferecidas um total de 119 vagas e o requisito básico para concorrer é a conclusão da formação superior, em qualquer área do conhecimento.



A remuneração inicial prevista para o cargo de Escrivão de Polícia é no valor de R$ 4.098,43, junto de demais benefícios, trabalhando numa jornada de 40 horas por semana. O chefe da Polícia Civil, Joã o Octacílio Silva Neto se pronuncia otimista com o concurso, satisfeito com os avanços que estão ocorrendo na Polícia Civil de Minas Gerais.

Novo concurso para Escrivão de Polícia da PC/MG: Atribuições ao cargo

O servidor público do cargo de Escrivão de Polícia está encarregado de prestar seus serviços mediante condições adversas de segurança — colocando sua vida em risco — de modo que pode vir a cumprir horários normais ou irregulares, podendo estar sujeito a ser chamado a qualquer hora do dia ou para realizar plantões noturnos para efetuar as diligências policiais.

Novo concurso para Escrivão de Polícia da PC/MG: último concurso

O último concurso realizado pela PC/MG para o cargo foi no ano de 2011. Nesse processo seletivo foram oferecidas um total de 349 vagas, sendo 205 para o cargo de Escrivão da Polícia e 144 para Delegado. Nesta época, a banca selecionada para organizar o certame também foi a Fundação Mariana Resende Costa (Fumarc).



O processo seletivo do ano de 2011 era composto pelas seguintes fases:

  • Etapa 1: prova objetiva;

  • Etapa 2: prova de digitação;

  • Etapa 3: avaliação psicológica;

  • Etapa 4: exames biomédicos e biofísicos;

  • Etapa 5: investigação social; e

  • Etapa 6: curso de formação policial.

A prova objetiva continha 60 questões de múltipla escolha e o conteúdo programático cobrado se distribuía da seguinte forma:

  • Conhecimentos básicos na disciplina de Língua Portuguesa — 10 (dez) questões;

  • Conhecimentos básicos na disciplina de História — 10 (dez) questões;

  • Conhecimentos básicos na disciplina de Geografia — 10 (dez) questões;

  • Conhecimentos básicos na disciplina de Informática — 10 (dez) questões;

  • Conhecimentos básicos na disciplina de Direitos Humanos — 5 (cinco) questões;

  • Conhecimentos básicos na disciplina de Direito — 10 (dez) questões; e

  • Conhecimentos básicos na disciplina de Medicina Legal — 5 (cinco) questões.

Novo concurso para Escrivão de Polícia da PC/MG: previsão para 2018

Como visto, ainda não há previsão da data de publicação do edital oficial, nem da abertura do período das inscrições. No entanto, como no momento a banca já foi escolhida, o próximo passo é que as duas partes assinem o contrato. Após a assinatura do contrato, a banca recebe mais alguns dias para finalizar o certame e, logo em seguida, ele é publicado.

Por isso, acompanhe sempre o portal da Fundação Mariana Resende Costa (Fumarc) e também o da Polícia Civil de Minas Gerais para estar por dentro das informações e ter acesso ao edital assim que ele for publicado.

Vale ressaltar também a importância de ler todo o edital e, se possível, mais de uma vez, para que tenha a certeza de que absorveu todas as informações necessárias do certame. Além disso, também é importante ficar atento às datas para não perder nenhuma das etapas do processo seletivo.

O edital poderá ser publicado no portal da Fumarc ou no site da PC/MG.

Felicia Lopes

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 2 Média: 1]

Compre aqui apostila para este Concurso Público!




Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *