Concurso para Médicos 2018 – Programa Mais Médicos




Selecionados irão substituir os médicos cubanos que trabalhavam no programa.

Com o intuito de suprir a saída dos médicos cubanos do Programa Federal Mais Médicos, o governo divulgou um edital para todos os médicos com formação no Brasil, interessados em participar do programa.

O prazo para as inscrições será até o dia 25 de Novembro e podem ser realizadas através do website do programa: http://maismedicos.gov.br.


O valor estipulado para a bolsa será de R$ 11.865,60 e a seleção dos aprovados será feita através de análise curricular previamente enviada.

O governo tem pressa, após o encerramento das inscrições, toda a validação e análise de documentos será feita entre os dias 27 e 30 de Novembro, uma vez aprovados os candidatos podem ser apresentar nos locais escolhidos entre os dias 3 e 7 de Dezembro.

Fora este edital, haverá um novo processo de seleção para o mesmo programa federal (Programa Mais Médicos), porém, destinados especificamente para médicos com nacionalidade brasileira, com CRM e sem CRM, além de habilitar inscrição para médicos estrangeiros também. Neste novo edital em específico não existe prazo para encerramento das inscrições.


O próprio Ministério da Saúde alertou em nota no último dia 14 de Novembro a necessidade do Governo Federal em suprir a recente saída dos médicos cubanos em vista do encerramento dos seus contratos, possibilitando suprir o atendimento as populações carentes em todo país.

Como será a distribuição das Vagas

A oferta inicial de postos supera inclusive a quantidade de vagas anteriormente ofertadas que somavam 8.322 postos de trabalho, a distribuição para cada Região e Estado será oferecida da seguinte forma:

Região Norte

Estado do Acre: terá um total de 102 vagas a serem ofertadas;

Estado do Amazonas: terá um total de 292 vagas a serem ofertadas;

Estado do Amapá: terá um total de 73 vagas a serem ofertadas;

Estado do Pará: terá um total de 537 vagas a serem ofertadas;

Estado de Rondônia: terá um total de 152 vagas a serem ofertadas;

Estado de Tocantins: terá um total de 92 vagas a serem ofertadas;

Estado de Roraima: terá um total de 152 vagas a serem ofertadas.

Região Nordeste

Estado do Alagoas: terá um total de 131 vagas a serem ofertadas;

Estado da Bahia: terá um total de 822 vagas a serem ofertadas;

Estado do Ceará: terá um total de 429 vagas a serem ofertadas;

Estado do Maranhão: terá um total de 457 vagas a serem ofertadas;

Estado da Paraíba: terá um total de 126 vagas a serem ofertadas;

Estado de Pernambuco: terá um total de 414 vagas a serem ofertadas;

Estado do Piauí: terá um total de 201 vagas a serem ofertadas;

Estado do Rio Grande do Norte: terá um total de 139 vagas a serem ofertadas;

Estado de Sergipe: terá um total de 94 vagas a serem ofertadas.

Distrito Federal e Região Centro-Oeste

Estado do Distrito Federal: terá um total de 20 vagas a serem ofertadas;

Estado de Goiás: terá um total de 198 vagas a serem ofertadas;

Estado do Mato Grosso do Sul: terá um total de 110 vagas a serem ofertadas;

Estado de Mato Grosso: terá um total de 131 vagas a serem ofertadas;

Região Sudeste

Estado do Espírito Santo: terá um total de 210 vagas a serem ofertadas;

Estado de Minas Gerais: terá um total de 596 vagas a serem ofertadas;

Estado do Rio de Janeiro: terá um total de 220 vagas a serem ofertadas;

Estado de São Paulo: terá um total de 1.394 vagas a serem ofertadas.

Região Sul

Estado do Paraná: terá um total de 452 vagas a serem ofertadas;

Estado do Rio Grande do Sul: terá um total de 617 vagas a serem ofertadas;

Estado de Santa Catarina: terá um total de 253 vagas a serem ofertadas.

Autor: Carlos. B

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 3 Média: 3.7]

Comentários