Concurso Detran-ES 2019 – Previsão




Seleção deverá ofertar 94 vagas com salários de até R$ 5 mil.

O Detran do Estado do Espirito Santo (ES) – Departamento Estadual de Trânsito, na última semana, informou a comissão multidisciplinar que está sendo formada para seu concurso público, o qual foi anunciado através de Paulo Hartung, o governador do estado, no dia 20 de agosto deste ano. O processo de seleção irá contar com 94 oportunidades que se encontram vagas, onde 80 destas serão destinadas ao posto de assistente de trânsito e as outras 14 vagas serão destinadas aos analistas de trânsito. Para a oportunidade de assistente, é preciso ter diploma de nível médio para concorrer e os aprovados farão jus a uma remuneração mensal que iniciará em R$ 2.409,75, enquanto que para a vaga de analista de trânsito, os concorrentes necessitam ter diploma de graduação em nível superior nas mais variadas áreas e os mesmo irão receber uma salário mensal que inicia no valor de R$ 5.179,94.

Esta referida comissão multidisciplinar possui como finalidade executar o processo para escolha da empresa organizadora do processo seletivo. Apenas depois que for definido a banca que irá organizar o certame que então será possível realizar a confirmação da data em que será liberado o extrato de edital para abertura das inscrições.


Para o cargo de analista de trânsito, geralmente as áreas que se exigem para que o concorrente ingresse são as de análise de sistemas, administração, ciências da computação, economia, arquitetura, serviço social e psicologia.

Sobre a comissão para o concurso do DETRAN (ES) 2018

Esta comissão multidisciplinar formada pelo Detran é composta por duas servidoras, sendo Paula Mageski e Tamara Matos de Moura e não se pode confundir com comissão do próprio concurso, a qual já tinha sido formada e possui como principal fim a confecção do edital do mesmo.

O concurso possui uma comissão geral e tem a funcionária Ana Claudia Passos (da Seger) como presidente e ainda conta com os servidores a seguir: Ana Maria F. Deorce, Claudine Horta, Kamilla Mota Neiva, Taisa Andrade Soares, Ticiana Lilian Zaupa, Heloiza da Rocha Rodrigues, sendo estes, todos pertencentes a Secretaria de Gestão e Recursos Humanos, também conhecida como SEGER.


Já do IASES participam Jorge Eduardo Cardoso e Joseani Martins Cardoso, da ARSP participam Marleide Rodrigues da Silva e Alieda Alves Coutinho, o Iema indicou Chander Rian Freitas e Jacqueline Miceli Chicralla, Carlos Danielli Nogueira e a servidora Indiana Nascimento de Oliveira pertencem ao IPEM, o servidor Rodrigo Borges Ramalho e a servidora Camila Rodrigues Lobo são do IOPES e por fim pertencentes ao próprio Detran, são Paula Mageski Cardoso e a servidora Tamara Matos de Moura.

Sobre o último processo seletivo do DETRAN – ES

A última seletiva realizada pelo Detran do Estado do Espírito Santo aconteceu no ano de 2010. Na época, o oferecimento era de 50 oportunidades, onde 20 era para o posto de assistente técnico de trânsito e as outras 30 eram para técnico de nível superior, com formações em direito, administração, análise de sistemas, estatística, contabilidade, psicologia e jornalismo. Naquela circunstânia a banca organizadora do processo era o Cespe/UnB.

O processo de seleção, para todos os postos, contava com 120 perguntas objetivas, onde 50 eram de conhecimentos básicos e as 70 restantes eram de conhecimentos específicos. Para os cargos que exigiam formação em nível superior foram cobradas também duas perguntas discursivas que versavam sobre conhecimentos específicos.

Para a função de técnico de nível médio, a seção de conhecimentos gerais possuía temas que tratavam sobre informática, raciocínio lógico e língua portuguesa.

Enquanto para cargos de nível superior, a seção de conhecimentos básicos tratou de informática, língua portuguesa, raciocínio lógico, legislação de trânsito e também administração pública.

FILIPE R SILVA

Gostou deste artigo? Vote abaixo.
[Total: 14 Média: 3.4]

Comentários